GUMARC
AGORA EU SEI (NOTÍCIAS DO DIA A DIA)

fonte: Fontoura Notícias Online - 14.03.2019
ROBERTO CARLOS NA FLÓRIDA

O rei Roberto Carlos, fez seu primeiro show da última turnê internacional, em Miami, no dia 9 de março, na American Airlines Arena. No dia 10 o show aconteceu em Orlando, e a turnê nos Estados Unidos incluiu New York, Los Angeles e Dallas, antes de seguir para Argentina e Europa.
Em Miami Roberto ganhou o ticket “sold out” com 12.000 ingressos vendidos.
O show “Amor Sin Límite” faz parte da divulgação do primeiro álbum do rei gravado em espanhol em 25 anos.


fonte: Diario del Cauca - 25.02.2019
ROBERTO CARLOS PROTAGONIZÓ EL MOMENTOS MÁS EMOTIVO EN LOS PREMIOS 'LO NUESTRO' 2019

El talento latino volvió a contagiar a Miami con la fuerza de su música y la presencia de los más destacados exponentes de la música quienes cumplieron la cita en el American Airlines Arena.
Allí uno de los artistas más esperados era el barsilero, Roberto Carlos, y quien recibió el premio Excelencia por su carrera musical.
El cantante del 'Millón de amigos' interpretó varios de sus temas populares con apoyo de Alejandro Sanz, Joss Favela y el grupo Reik.
Actualemente, el cantante, está promocionando su gira 'Amor sin límites' de su primer disco en español en 25 años.
El momento más emotivo fue cuando el español cantó con el brasilero 'Un millón de amigos' y quienes con la ayuda de los asistentes revivieron este clásico.


fonte: Aleteia Online - 23.02.2019
ROBERTO CARLOS, EL "EMBAJADOR DE LA AMISTAD" QUE OTRA VEZ HIZO VIBRAR A LATINO AMÉRICA
El cantante reapareció en escena y se consagró ganador del Premio Lo Nuestro a la Excelencia

El legendario cantautor Roberto Carlos, uno de los brasileños más influyentes de los últimos tiempos, lo hizo de nuevo. Esta vez sucedió en el escenario de Lo Nuestro, evento musical latino que se desarrolló en Miami en la noche del jueves 21 de febrero y que contó con la participación de artistas famosos y aclamados del continente.
Fue ahí donde la música de Roberto Carlos, que volvió a sonar fuerte, hizo disfrutar a millones de espectadores, en especial cuando reapareció junto al español Alejandro Sanz e hizo retumbar el clásico “Un millón de amigos”.
Para Roberto Carlos fue una verdadera noche de emociones y no en vano la alegría lo colmó con la distinción que le fue otorgada: “el Premio a la Excelencia”.
El “embajador de la amistad” que también le canta a la Virgen La larga trayectoria de este cantante brasileño lo ha posicionado como un verdadero “embajador de la amistad” con muchas letras que brindan un auténtico homenaje. Cómo olvidar otro de sus grandes temas: “Amigo”.
Pero para los más memoriosos, la vida artística de este cantautor estuvo marcado por innumerables momentos emocionantes. Uno de los más recordados, quizás, haya sido el día que se juntó a Luciano Pavarotti –en el año 1998 en la localidad brasileña de Porto Alegre (Rio Grande do Sol) en el estadio Beira-Río ante unas 50.000 personas– cantó el Ave María por la paz en el mundo.

Y otros también recordarán otro momento sublime en la vida de esta artista. El 5 de octubre de 1997 Roberto Carlos pudo cantar ante el papa Juan Pablo II, quien efectuaba en aquel momento su cuarta visita al país, “Nossa Senhora” y “Jesucristo” .


fonte: Blog Leo Dias - 23.02.2019
ROBERTO CARLOS É OVACIONADO NO PRÊMIO LO NUESTRO EM MIAMI
Cantor recebeu o 'Premio Excelencia a La Musica'

Na noite da última quinta-feira, Roberto Carlos foi ovacionado no AA Arena, em Miami, na homenagem no prêmio Lo Nuestro, transmitido ao vivo pela Univision/USA e Televisa/México. O cantor recebeu o 'Premio Excelencia a La Musica'. Com mais de 50 artistas envolvidos no evento, a direção dedicou um bloco inteiro do programa com a apresentação e vídeos sobre o Rei.


fonte: El Nuevo Herald Online - 20.02.2019
ROBERTO CARLOS ESCOGE MIAMI PARA LANZAR SU PRÓXIMA GIRA INTERNACIONAL
Roberto Carlos en una presentación en la Movistar Arena de Santiago de Chile en octubre del 2018.

La superestrella brasileña Roberto Carlos, quien una vez abrió un espectáculo en su país para Bill Haley and the Comets, lanzará su próxima gira internacional desde la AmericanAirlines Arena de Miami.
El concierto en Miami es el 9 de marzo y le seguirá otro el 10 en el Amway Center de Orlando, antes de presentarse en Nueva York, Boston, Los Ángeles y Dallas; también viajará a Argentina y tiene planeada varias presentaciones en Europa.
La gira de Roberto Carlos es, entre otras cosas, para promocionar Amor sin límites, su primer disco en español en 25 años.
“Yo escucho todo tipo de música, me gusta todo, desde el bossa nova hasta el country, y de vez en cuando me arriesgo”, dijo Roberto Carlos, de 77 años al New York Times, cuando celebró sus 50 años artísticos.
En una crónica publicada en el Nuevo Herald en octubre del 2018, el cantante, de quien se dice ha vendido unos 140 millones de discos en todo el mundo, dijo que el amor es un tema recurrente en su música.
“Las historias de amor son siempre iguales, La forma de hablar del amor es lo diferente de antes. El amor que sientes por una mujer, por una persona, es siempre el mismo. La forma de hablar es la que es diferente. Antes había un poco más de lirismo y romanticismo en las canciones de amor”, dijo la estrella.
Roberto Carlos comenzará su próxima gira internacional desde Miami el 9 de marzo del 2019.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 19.02.2019
ROBERTO CARLOS CONCILIA PROJETO DE DISCO EM ITALIANO COM TURNÊ PELOS ESTADOS UNIDOS E EUROPA
Aos 60 anos de carreira, cantor se apresenta pela primeira vez na Inglaterra, Bélgica e Suíça

Neste ano de 2019, Roberto Carlos completa 60 anos de carreira que começou a engrenar em 1959 quando o cantor e compositor capixaba, então já tentando a sorte profissional na cidade do Rio de Janeiro (RJ), foi contratado para cantar na boate carioca Plaza e, na sequência, conseguiu gravar o primeiro disco – no caso, um disco de 78 rotações por minuto com as músicas Fora do tom (Carlos Imperial, 1959) e João e Maria (Carlos Imperial e Roberto Carlos, 1959).
Contudo, a julgar pela agenda e pelos planos do Rei, tudo indica que Roberto Carlos atravessará o ano sem festejar oficialmente essas seis décadas de consagradora carreira que extrapolou as fronteiras do Brasil já nos anos 1960.
Além do já anunciado projeto de gravar um disco em italiano, o cantor cumpre neste primeiro semestre de 2019, a partir de março, extensa agenda de shows pelos Estados Unidos e pela Europa, cantando inclusive em países onde nunca se apresentou ao longo desses 60 anos.
A turnê Amor sin límite – baseada no homônimo álbum em espanhol lançado pelo artista em 2018 – levará Roberto a se apresentar pela primeira vez na Inglaterra, na Bélgica e na Suíça.
O show em solo inglês está programado para 29 de maio na SSE Arena, em Wembley, Londres. Já a apresentação belga está agendada para 1º de junho, no Vorst Nationaal, em Bruxelas. Por fim, o show na Suíça acontece em 2 de junho, no Hallenstadion Zurich, na cidade de Zurich.
Quanto ao álbum em italiano, a intenção do cantor é começar a gravar o disco sem pressa e prazo neste ano de 2019, o que leva a crer que, pelo tempo habitual do artista, o lançamento não acontece antes de 2020.
Nada foi divulgado sobre o repertório desse álbum. De todo modo, no roteiro do show que fez em alto-mar neste fim de semana, Roberto incluiu canções em italiano como Champagne (Mimmo Di Francia, Salvatore de Pasquale – o Depsa – e Sergio Iodice, 1973), Non ti scordar di me (Ernesto De Curtis e Domenico Furnò, 1935) e Tu sei così(Massimo Guantini e Luigi Albertelli, 1973).


fonte: Metro Online - 19.02.2019
A BORDO DE NAVIO, ROBERTO cARLOS OPINA SOBRE PORTE DE ARMA E ANTECIPA DETALHES DE SEU FILME

O coro uníssono das centenas de fãs que lotavam o teatro do navio Costa Favolosa, no último domingo, ecoava uma coletiva declaração de amor. Em meros segundos, porém, aquelas vozes se transformariam em um ensurdecedor turbilhão de gritos.
Era a reação à chegada de Roberto Carlos, 77, que, com uma camisa social rosa, subira ao palco para falar com jornalistas a bordo do navio, ancorado no Rio para a 15ª edição do “Emoções em Alto Mar”. O cruzeiro zarpou no sábado, de Santos, e segue pelo litoral até esta quarta-feira (20).
As referências às declarações da ministra Damares de que “menino usa azul e menina usam rosa” foram inevitáveis. “Estou querendo fugir do azul, que virou um TOC, e estou vestindo rosa porque me garanto como homem”, brincou o cantor.
Política
Durante a entrevista, o rei fez questão de não se esquivar de nenhuma pergunta. Sobre os planos do presidente Jair Bolsonaro para flexibilizar o porte de arma no país, citou a crise na segurança pública para indicar apoio à proposta. “Vivemos em uma guerra com um dos lados armado e o outro desarmado”, disse, explicando que cresceu com um pai com acesso a armas.
Comumente acusado de ter se mantido neutro durante a ditadura militar, ele também falou da música “Debaixo dos “Caracóis dos Seus Cabelos”, que lançou em 1971 em homenagem ao então exilado Caetano Veloso.
Segundo ele, a canção não deve ser interpretada pelo viés político. “Caetano é um grande compositor e artista, mas politicamente nós temos ideias completamente diferentes”, explicou. Veloso é conhecido por defender propostas alinhadas à esquerda.
Projetos
No ano em que completa 60 anos de carreira, Roberto Carlos tem vários projetos em mente, mas não faz ideia de quando os lançará. “Comigo, as coisas não andam muito rápido”, admitiu.
Focado no mercado hispânico, para o qual acaba de lançar o álbum “Amor Sin Límite”, Roberto agora quer lançar um material para os brasileiros. “Estou tentando fazer um disco em português há mais de cinco anos. Quero gravar também em italiano”, revela.
O longa sobre sua vida, dirigido por Breno Silveira (“2 Filhos de Francisco”), está em fase de pré-produção. “O filme está seguindo uma linha de total verdade sobre minha história. Queremos fazer algo muito bem feito, o que demanda tempo. A pressa é a inimiga da perfeição”, afirma.
Com a voz embargada, o Rei elogiou o filme “Minha Fama de Mau”, sobre o amigo Erasmo Carlos. No longa dirigido por Lui Farias, Roberto é intepretado pelo ator Gabriel Chalita. “Me emocionei e me emociono quando falo nele. O Gabriel e o Chay [Suede, que dá vida ao protagonista] mandaram muito bem”, diz.
À noite, ele subiu ao mesmo palco para cantar seus maiores sucessos. Como é tradição, distribuiu flores ao final – para delírio das centenas de fãs apaixonadas.


fonte: Em Neon Online - 19.02.2019
ROBERTO CARLOS VESTE ROSA E DIZ QUE É 'POR SE GARANTIR MUITO COMO HOMEM'










Na tarde do último domingo, 17/02, à bordo do navio Favolosa, durante a turnê “Emoções em Alto Mar” (que completa 15 anos), o cantor Roberto Carlos, 77 anos, deu entrevista coletiva e falou sobre música, política, projetos, cinema e é claro amor e mulheres.
O cantor que sempre se apresenta em tons de azul e branco, desta vez quebrou seu próprio protocolo e apareceu vestindo uma camisa rosa. Seria uma provocação à polêmica envolvendo a ministra Damares Alves? Tudo indicava que sim, mas Roberto saiu pela tangente dizendo que estava fugindo um pouco do azul porque já estava enjoando, e que estava vestindo rosa por se garantir muito como homem. O que parecia ser uma provocação do cantor aos rumos da nova administração presidencial, ele logo revelou sua verdadeira posição política ao responder em outra pergunta, que admira muito o trabalho do amigo Caetano Veloso, apesar de discordar dos “ideais políticos do cantor baiano”. E ao ser perguntado por uma jornalista, que foi vaiada pela plateia, sobre sua posição quanto à flexibilização do porte de armas, Roberto respondeu: “Vivemos uma guerra com um lado armado e outro desarmado... Meu pai tinha uma arma em casa, que ficava trancada em uma gaveta e essa era a forma dele proteger a família... Mas para se ter uma arma é preciso critérios muito rígidos”, finalizou o cantor.
Polêmicas à parte, o Rei Roberto falou de seus projetos, um álbum de inéditas em português e ainda dois internacionais, um em espanhol e outro em espanhol. Falou que o “Emoções em Alto Mar” poderá acontecer em Cancun, no México e que o projeto de um filme sobre sua vida está bem adiantado, apesar de ainda não terem escolhido o ator que o representará no cinema.
Roberto Carlos disse que está com o coração aberto a um novo e grande amor. Foi perguntado ao cantor se as mulheres teriam chance de encontrá-lo em um aplicativo, como o Tinder, o Rei riu e disse “Sempre existem chances. Seja pelo Tinder, passando na rua, no navio, enfim… Isso é uma questão de afinidades, às vezes a gente olha alguém e se interessa“. Roberto disse que está pronto para engatar um relacionamento, só aguarda que a pessoa certa apareça, mas, respondendo a uma jornalista sobre uma reconciliação amorosa com Myriam Rios, o cantor disse que eles são apenas bons amigos.
Após a coletiva, os jornalistas permaneceram no navio para o show que aconteceu por volta das 23h.
Sem roupa rosa, Roberto se apresentou com suas tradicionais cores branco e azul. Cantou e encantou a plateia, que aplaudia, gritava e declarava seu amor ao Rei em frases soltas, algumas maliciosas como “gostoso” ou simplesmente a romântica “eu te amo”. Perto do fim do show, cantou a música “Champagne”, eternizada por Peppino di Capri e a plateia recebeu a bebida para brindar com ele. Para finalizar Roberto enlouqueceu suas fãs, ávidas por pegar uma rosa, das dúzias que o Rei jogou para seu público.
Na plateia estavam famosos como Thais Araújo, Renata Ceribelli, Renata Capucci, Paula Toller, Tom Cavalcanti, Eri Johnson e Fafy Siqueira.
Enquanto Roberto Carlos se apresentava no palco principal, o cantor Tiago Abravanel fazia show no 9º andar para quem iria ver o show do Rei outro dia.


fonte: Quem Online - 17.02.2019
ROBERTO CARLOS FALA SOBRE ENCONTRAR NOVO AMOR: "É UMA COISA IMPREVISÍVEL"
Cantor falou a respeito da sua vida de solteiro e dispensou reviver um romance a atriz Myrian Rios durante a coletiva do 'Emoções em Alto Mar', na noite deste domingo (17), no Rio de Janeiro.





Aos gritos de “lindo” e “eu te amo”, Roberto Carlos fez declarações sobre sua vida amorosa, sua carreira e até sobre o decreto que facilita a posse de armas de fogo assinado pelo presidente Jair Bolsonaro na coletiva de imprensa da 15a edição do Projeto Emoções em Alto Mar, no navio Costa Favolosa, ancorado no Pier da Praça Mauá, neste domingo (17).
“Desculpe se vou decepcionar alguns, mas vivemos numa guerra e nessa guerra um lado está armado e o outro desarmado. Cresci vendo o meu pai tendo uma arma em casa, numa gavetinha. Ele protegia nossa casa dessa forma”, declarou ele. “Logicamente para se ter uma arma os critérios são severos”, salientou.
Sobre encontrar um novo amor em redes sociais: "Olha, sempre existem chances. Seja pelo Tinder,
passando na rua, no navio, enfim.. Isso é uma questão de afinidades, às vezes a gente olha alguém e se interessa. É uma coisa imprevisível."
Balanço 15 anos do Projeto:
"Tem sido maravilhoso, é um projeto que me dá muito prazer em fazer. Só tenho a agradecer ao público que me prestigia. Trinta por cento das pessoas que estão aqui já vieram a outras edições."
Coração aberto e possiblidade de reatar com a Myrian Rios:
"Meu coração está aberto realmente! Mas não existe nada entre a Myrian (Rios) e eu hoje em dia com todo respeito. Foi bom enquanto durou."
Como mantém a humildade:
"Não faço nada. Sou simplesmente o que sou. Sou assim desse jeito."
Vida blindada:
"Você não sabe o trabalho que dá manter minha vida privada assim. Acho que tenho conseguido. Minha vida privada é a que passa na minha casa."
Homens vestem azul e mulheres usam rosa:
"Estou querendo fugir do azul por causa do TOC. E uso rosa porque me garanto como homem."
Filme sobre o Erasmo
"Gostei muito. O Gabriel Leone mandou muito bem, o Chay também. O filme me emocionou também, me fez chorar e só de lembrar me dá vontade de chorar de novo."
Sensação de ir ao cinema (ele foi para ver o filme do Erasmo):
"Tive uma sensação maravilhosa de ir ao cinema. O filme mais recente que assisti ao cinema foi Titanic (risos). Fiquei maravilhado! Como é maravilhoso ver um filme no cinema! Fiquei animado em armar um esquema para ir ao cinema mais vezes e vou. Tenho que combinar antes, entrar quando a luz do cinema já está apagada."


fonte: Portal Splish Splash Online - 16.02.2019
A EMOÇÃO NA CHEGADA DO REI ROBERTO CARLOS
PARA MAIS UM PROJETO EMOÇÕES EM ALTO MAR


E foi assim, com muito charme, trajando azul e branco e esbanjando simpatia e alegria, que o nosso reiRoberto Carlos, o Comandante dos nossos corações, chegou para mais um Projeto Emoções em Alto Mar.
A chegada do nosso rei no Porto de Santos, em São Paulo, onde embarcou no navio Costa Favolosa, foi o momento marcante que todos esperam e que dá inicio a uma viagem de muitas emoções.
Chegou o tão aguardado dia! Ao nosso rei Roberto Carlos e sua Equipe, e a todos os Robertodepentes que estão a bordo, desejamos uma viagem maravilhosa!
O Projeto Emoções 2019 realiza-se até quarta-feira (20).


fonte: A Tribuna Online - 13.02.2019
CRUZEIRO TRAZ ROBERTO CARLOS AO PORTO DE SANTOS NO PRÓXIMO SÁBADO
Rei fará quatro noites de apresentações a bordo do navio Costa Favolosa

Roberto Carlos estará no Porto de Santos no próximo sábado (16), para embarcar no navio Costa Favolosa, onde realizará seu tradicional cruzeiro 'Emoções em Alto Mar'. Estão previstas quatro noites de shows do Rei a bordo.
A primeira apresentação está prevista para começar no próprio sábado, às 23h30. O projeto existe há 15 anos e tem o intuito de reunir fãs e admiradores do artista.
O Costa Favolosa está previsto para atracar às 8h no cais santista, para desembarque e embarque de turistas. Após zarpar, por volta das 18h, seguirá viagem para Ilhabela (SP) e, depois, Rio de Janeiro, Búzios (RJ) e Ilhabela novamente, retornando a Santos na próxima quarta-feira (20) para encerramento da programação.


fonte: Lance Online - 11.02.2019
DINAMITE ENCONTRA ROBERTO E ERASMO CARLOS EM PRÉ-ESTREIA DE FILME
Em seu perfil no Facebook, ex-jogador do Vasco agradece ao convite
para prestigiar o filme 'Minha Fama de Mau', que conta a história do 'Tremendão'

O ex-jogador Roberto Dinamite prestigiou um vascaíno ilustre na noite de segunda-feira. O eterno ídolo do Cruz-Maltino foi um dos convidados para a pré-estreia de "Minha Fama de Mau", filme dirigido por Lui Farias e que conta a história de Erasmo Carlos.
Dinamite ainda registrou no Facebook o encontro que teve com cantores que são vascaínos declarados: Roberto Carlos e Erasmo Carlos.
"Que dupla, bicho! Obrigado pelo convite da pré-estreia do superfilme "Minha Fama de Mau", que conta a vida do "Tremendão" Erasmo Carlos. Na foto, Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Carlos Roberto".
O filme "Minha Fama de Mau" entra em cartaz nesta quinta-feira nos cinemas.


fonte: Na Mídia Online - 11.02.2019
ROBERTO CARLOS COM AGENDA LOTADA DE SHOWS INTERNACIONAIS

Além do cogitado Show no Radio City Hall em Manhattan , NY, o cantor segue o ano de 2019 com um grande comprometimento com seu público e uma agenda lotada nos Estados Unidos e Europa.
A imprensa americana notifica que Roberto Carlos irá realizar um show no Radio City Music Hall no dia 14 de março, em Nova Iorque.
O criador de mais de 600 baladas românticas promete fazer um show inesquecível, onde seus fãs poderão cantar suas canções clássicas como “Cama e mesa,” “Lady Laura” e “Um milhão de amigos”, bem como seus mais recentes sucessos de seu mais novo álbum, “Amor sin límite ” como “Llegaste” ( gravada com Jennifer López) e “Esa mujer”(com Alejandro Sanz).


fonte: Quem Online - 11.02.2019
ROBERTO CARLOS PRESTIGIA ERASMO CARLOS EM PRÉ-ESTREIA DE FILME SOBRE AMIGO
Rei e Tremendão se encontraram para sessão de "Minha Fama de Mau"

Roberto Carlos e Erasmo Carlos sentaram lado a lado para assistir a pré-estreia do filme "Minha Fama de Mau", que conta a vida do Tremendão, na noite desta segunda-feira (11) no Rio de Janeiro.
Em suas redes sociais, o Rei compartilhou uma série de fotos ao lado do amigo pouco antes do longa começar. "Uma noite no cinema com direito a pipoca e com meu amigo @erasmocarlosbr", foi a legenda escolhida por Roberto Carlos para os cliques.
Baseado no livro homônimo do músico, o filme narra a trajetória do cantor, que se destacou na década de 1960 ao lado de Roberto Carlos e Wanderlea. Chay Suede, Gabriel Leone e Malu Rodrigues estrelam o longa, dirigido por Lui Farias. A estreia está prevista para 14 de fevereiro.



fonte: Acontece Online - 27.01.2019
EM TURNÊ PELOS ESTADOS UNIDOS, ROBERTO CARLOS SE APRESENTA EM MIAMI

No próximo mês de março, o “Rei” Roberto Carlos realizará uma turnê nos Estados Unidos chamada “Amor Sin Limite”. E para a felicidade da comunidade brasileira que reside em Miami, uma das apresentações será aqui. Este ano, o cantor completa 60 anos de carreira. São mais de 50 álbuns lançados e 120 milhões de álbuns vendidos. O sucesso começou cedo e explodiu durante a fase da “Jovem Guarda” na década de 1960. A partir dos anos 1970, o cantor focou mais em canções românticas e passou a ser trilha de incontáveis romances de várias gerações. No próximo mês de março, o “Rei” Roberto Carlos realizará uma turnê nos Estados Unidos chamada “Amor Sin Limite”.
E para a felicidade da comunidade brasileira que reside em Miami, uma das apresentações será aqui. Este ano, o cantor completa 60 anos de carreira. São mais de 50 álbuns lançados e 120 milhões de álbuns vendidos. O sucesso começou cedo e explodiu durante a fase da “Jovem Guarda” na década de 1960. A partir dos anos 1970, o cantor focou mais em canções românticas e passou a ser trilha de incontáveis romances de várias gerações. Além do público brasileiro, o “Rei” também deve atrair fãs da comunidade hispânica que residem em Miami, isso porque o cantor já gravou várias músicas em espanhol e uma parte do show terá canções nesse idioma. São tantos sucessos que seria impossível cantar todos em um único show, mas certamente, na apresentação em Miami, músicas como “Detalhes”, “Outra Vez”, “Emoções” e “Amigo de Fé” não poderão faltar. Aos 78 anos, Roberto Carlos segue com muito pique e quem for ao show desse grande ícone da música brasileira se emocionará. A apresentação do “Rei” em Miami será no dia 9 de março, no American Airlines Arena. Os ingressos vão de US$ 81 a US$ 1.151. Outras informações: vividseats.com.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 09.01.2019
AURINO OLIVEIRA, SAXOFONISTA DA BANDA DE ROBERTO CARLOS ENTRE 1970 E 2015,
MORRE AOS 92 ANOS

O saxofonista baiano Aurino Ferreira de Oliveira (1926 – 2018) tocou e/ou gravou com grandes nomes da música brasileira. Entre eles, Dick Farney (1921 – 1987), Gilberto Gil, Gonzaguinha (1945 – 1991), Jorge Ben Jor, Marcos Valle, Toquinho e Wilson Simonal (1938 – 2000). Contudo, o sopro do sax barítono de Aurino Oliveira estará para sempre e primordialmente associado a Roberto Carlos, com quem trabalhou de 1970 a 2015 como integrante da banda RC-9. Tanto que o cantor fez ontem homenagem ao músico em redes sociais. Aurino saiu de cena na manhã de ontem, 8 de janeiro, aos 92 anos. A morte do músico foi confirmada ao colunista do G1 pela assessoria de Roberto Carlos. Músico profissionalizado em 1945, Aurino se aposentou em 2015, ano em que assistiu da platéia ao especial natalino de Roberto na TV Globo, sendo reverenciado pelo cantor como "um grande músico e pessoa de ótimas qualidades". O primeiro trabalho de Aurino com o Rei foi na gravação de Eu te amo, te amo, te amo (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), música lançada pelo cantor em álbum de 1968. Dois anos depois, em 1970, ingressou como músico fixo no conjunto RC-9 e, como Roberto tem o hábito de jamais demitir um músico, Aurino somente saiu da banda para curtir a vida de aposentado. Nascido em Feira de Santana (BA), cidade do interior da Bahia, Aurino começou na música na capital do estado, Salvador (BA), onde ingressou na Orquestra Acadêmica quando ainda era estudante do Colégio Secundário, tendo como colega de sala ninguém menos do que o conterrâneo João Gilberto.


fonte: Cidade Verde Online - 30.12.2018
ROBERTO CARLOS AFIRMA QUE TEM VONTADE DE GRAVAR EM DISCO COM ZIZI POSSI EM ITALIANO

Durante o seu Especial Muito Romântico, exibido pela Globo, Roberto Carlos cantou em italiano com Zizi Possi e a elogiou muito o disco "Passione" (1998), que ela gravou só canções italianas. Agora, o Rei até pensa em gravar um álbum temático com a cantora.
"Zizi é maravilhosa e me emocionou. Deu vontade de gravar", afirmou o rei a Carlinhos de Jesus durante o programa de rádio Samba Social Clube, da Rádio Tupi, do Rio de Janeiro. A informação é da colunista Marina Caruso, do jornal O Globo.
Durante o Especial, os dois cantaram "A Paz", sucesso de Zizi, e brincaram tentando conversar em italiano antes de repetirem "Non ti Scordar di me" para garantir uma versão final perfeita.
Com o álbum "Passione", Zizi vendeu mais de 100 mil cópias e ganhou o Disco de Ouro. Recentemente, Roberto lançou um disco só com canções em espanhol. Uma delas é uma parceria com o cantor Alejandro Sanz, que marcou presença internacional do especial. Os dois gravaram "Esa Mujer". No Especial, Sanz também apresentou ao vivo, pela primeira vez, sua nova música "No Tengo Nada!".


fonte: Estado de São Paulo - 28.12.2018
IMPÉRIO REAL
O Roberto Carlos Especial, exibido na sexta, 21, registrou 21 pontos de audiência e 41% de participação em São Paulo e 26 pontos e 49% de participação no Rio. Nas redes sociais, a atração também teve alta repercussão. O nome Roberto Carlos ficou por 7 horas nos Trending Topics do mundo e do Brasil, teve mais de 200 mil pesquisas no Google e um Moment sobre a exibição.


fonte: Blog Leo Dias - 29.12.2018
VIRADA EM CASA: ROBERTO CARLOS TERÁ REVEILLON TRANQUILO

Cantor passará a entrada do novo ano em casa.
O Rei Roberto Carlos vai passar uma virada de ano mais tranquila. Ele ficará em sua casa na Urca, na companhia da família.


fonte: Quem Online - 21.12.2018
WEB REAGE AO DUETO DE MARINA RUY BARBOSA COM ROBERTO CARLOS
Atriz subiu ao palco em gravação do especial do 'rei',
que foi ao ar na noite de sexta-feira (21),
e recebeu elogios e críticas de internautas

Marina Ruy Barbosa e Roberto Carlos
"Você não imagina como estou feliz. Sempre sonhei com isso mas nunca imaginei que fosse acontecer", diz Marina Ruy Barbosa ao entrar no palco ao lado de Roberto Carlos. A cena aconteceu durante participação da ruiva no especial do "rei", que foi ao ar na noite desta sexta (21).
No dueto inédito, os dois cantaram Na Paz do Seu Sorriso, um dos sucessos de Roberto, que também dividiu o palco com Zizi Possi, Michel Teló, seu filho, Dudu Braga(tocando com a banda RC na Veia) e com o espanhol Alejandro Sanz na edição 2018 do tradicional especial dele para a TV Globo.
Momentos depois, a web começou a se manifestar sobre o dueto de Marina e Roberto, que até dançaram coladinhos. "Eu te amo, Roberto. Queria que esse momento se congelasse. Com certeza é um dos momentos mais especiais da minha vida", disse ela, com a voz embargada.
Em seguida, pegando carona no sucesso de Léon, o gato preto de O Sétimo Guardião, trama das 9 que tem Marina como a protagonista Luz, os dois ainda cantaram Negro Gato, outro hit do "rei".
"Marina Ruy Barbosa além de ser talentosa pra caralho, ser uma das mulheres mais lindas do mundo, ainda canta bem pra caramba. Como pode????????? Que mulher, meus amigos!!!!!!!", comentou uma seguidora.
"Desnecessário ter uma mulher tão bonita assim no mundo!!", comentou outra. "Marina Ruy Barbosa é uma aparição! Um deslumbre sua beleza!", elogiou outra. "Marina Ruy Barbosa divando ao lado do Rei Roberto Carlos...", postou uma terceira.
Outros, entretanto, criticaram a participação da ruiva. "Gente, por que fizeram isso com a Marina Ruy Barbosa? Que estrago essa voz, música, cabelo e maquiagem. Tá parecendo aquelas velha forrozeira em noite de ano novo", escreveu um.
"Sei que virão haters, mas não vou calar! O que foi esse dueto de Marina Ruy Barbosa e Roberto Carlos? Cheio de efeito na voz dela! Eu achei uma bosta! Queria entender o porquê?", desabafou uma moça.
A repercussão foi tanta que o nome de Marina ficou entre os 10 mais citados no Twitter em todo o Brasil, assim como Alejandro Sanz, Zizi Possi, Michel Teló e mais duas hashtags com o nome do astro da música brasileira.


fonte: Terra Online - 21.12.2018
ROBERTO CARLOS: 44 ANOS DE ESPECIAL RESPALDADO POR AUDIÊNCIA
Em 2017, show de fim de ano na Globo atingiu os maiores números em 12 edições
RIO — Já são 44 anos que Roberto Carlos separa suas canções, faz uma lista de convidados e se apresenta, todo ano (menos um, 1999), na TV Globo. Muito Romântico, o especial deste ano, vai ao ar nesta sexta-feira, 21, às 22h20, depois de O Sétimo Guardião. O programa estreou em 1974 (cinco anos depois do JN, um depois do Fantástico).
Em 2018, foram 500 profissionais envolvidos na logística e produção do show, 4 meses de pré-produção até o dia da gravação (4/12), 7 dias de ensaio.
Além da estreia de Marina Ruy Barbosa com o microfone, Michel Teló, Alejandro Sanz, Zizi Possi e o filho de Roberto, Dudu Braga, participam do show. Foram 3 dias de montagem do palco e estrutura, montados num dos estúdios da Globo no Projac - que em noite de gala recebe estrelas da dramaturgia e jornalismo da emissora (de camiseta e colete de imprensa, o repórter do Estado foi confundido com um dos garçons que serviam bebidas num lounge anexo ao estúdio; ato falho perdoável). O palco esse ano teve 4 painéis de led, totalizando 144 metros quadrados, e um número maiúsculo de 110 mil contas nas cortinas que enfeitaram o palco, mudando de luz de acordo com a música.

Roberto Carlos canta em show
A música
Toda gravação de show ao vivo, seja para DVD, seja para a TV, apresenta uma espécie de artificialidade intrínseca à produção: o set está montado, a plateia sentada, o teleprompter a postos e as interações ensaiadas e escritas - mas o produto final é para a TV, como se verá nesta noite. Eventualmente alguma coisa sai do script, como quando num intervalo Roberto elogiou os cabelos lisos de Zizi Possi. "O seu nasceu assim, o meu precisou de progressiva", riu. "Na Jovem Guarda, a gente usava touca, até ferro de passar. Quando apareceu a progressiva, lamentei que não foi naquela época. Queria ter o cabelo do Paul McCartney, lisinho", riu o cantor.
Detalhes, Como Dois e Dois (1971), Proposta (1973), Você em Minha Vida(1976), Roberto canta sozinho, com a big band orquestrada pelo maestro Eduardo Lage e direção musical de Guto Graça Mello (o programa tem direção artística de LP Simonetti, direção geral de Mario Meirelles).
Michel Teló - que mandou emoldurar o terno que usou na sua primeira participação no especial, em 2012, e o pendurou numa parede de sua casa - sobe para cantar Caminhoneiro, sucesso dos anos 1980. "Quando o motorista cansava nas viagens do Tradição, eu levava. Tenho carteira de ônibus e caminhão, é uma música que me marcou muito", disse o cantor paranaense no camarim, antes do show. Roberto abre depois espaço para sua Humilde Residência.
Lançada esse ano e parte do disco mais recente do Rei, Amor Sin Límite, Esa Mujer é um dueto camarada de Roberto e Alejandro Sanz, interpretado no palco pelos dois: "Suelta, camina, y olvida de alguna manera", aconselha Sanz ao amigo na canção. "Roberto Carlos é como o natal", disse o bem humorado espanhol antes do show. "Esteve sempre com a gente." O convite rolou quando Sanz cantou na homenagem dos Latin Grammy a Roberto Carlos em 2015. "Ele me disse que tinha esse show especial de fim de ano na TV no Brasil... eu sabia!", brincou. Os dois acertaram a participação e Sanz acabou também no disco.
O próprio espanhol prepara um novo álbum para 2019, que terá a participação da popstar Camila Cabello. No especial, ele canta sozinho No Tengo Nada, seu single mais recente.
Zizi Possi canta com Roberto A Paz, de Gil e João Donato, e também o standard italiano Non Ti Scordar Di Me.
Em seguida, depois de dedicar Menina para Marina Ruy Barbosa, o cantor recebeu a atriz no palco para uma performance de Na Paz Do Seu Sorriso(1979). Foi a primeira vez que a atriz cantou para uma audiência assim. "É tão emocionante estar no palco com o Roberto, eu nem sei se vai ficar bom, mas nos ensaios me diverti muito. Realmente são muitas emoções", brincou a atriz, antes do show. Ela não quis prometer um "futuro" na música, mas disse estar grata por poder participar de um momento especial tão jovem - ela tem 23.
O último encontro foi um familiar: Dudu Braga, filho de Roberto, tocou com o pai e com sua banda RC na Veia - que esse ano lançou um disco com versões rock n' roll do repertório do Rei - alguns dos clássicos, como É Proibido Fumar, Lobo Mau e Eu Sou Terrível. "Na verdade, o Dudu é que é meu grande ídolo", disse Roberto, sobre o filho, baterista da banda e deficiente visual.
Não é novidade que o show se encerra com Jesus Cristo e a tradicional entrega das rosas.
A emissora não divulga valores, mas relatos dão conta que são milhões de reais por mês para que Roberto não faça nada em outras redes - e se apresente, enfim, no fim de ano da Globo.


fonte: Folha PE Online - 20.12.2018
ROBERTO CARLOS RECEBE DUDU BRAGA E NETA 'BABY LAURA' EM ESPECIAL
O especial 'Roberto Carlos: Muito Romântico' será apresentado nesta sexta-feira (21)

Dudu Braga e o 'Rei' Roberto Carlos
Roberto Carlos apresenta nesta sexta-feira (21) mais um especial de fim de ano na TV Globo. O show "Roberto Carlos: Muito Romântico", que será exibido após a novela das nove, tem a participação de Michel Teló, de Zizi Possi, da atriz Marina Ruy Barbosa e do cantor espanhol Alejandro Sanz. Pela primeira vez, o filho do rei, Dudu Braga, participou da gravação com a sua banda, "RC na Veia".
Com mais de 60 anos de carreira, o rei mostra que abraçou diversas gerações e já está cativando mais uma. É que a filha mais nova de Dudu Braga, de três anos, chama-se Laura, em homenagem à avó dela, mãe de Roberto que morreu em 2010. Claro que a música preferida da bebê seria "Lady Laura", que Roberto fez para a mãe, mas que a neta teve a liberdade de mudar um pouco a letra. "Sim, ela sabe cantar a música só que ela canta uma nova versão que se chama 'Baby Laura'", brinca Dudu Braga, que tocou pela primeira vez no especial com o pai.
Com a mulher e a filha nos bastidores, Braga subiu no palco do Especial para transformar o tradicional programa de seu pai em um verdadeiro show de rock. Dudu levou para o especial parte de seu último trabalho que traz uma versão ainda mais roqueira de sucessos do Rei da Jovem Guarda, como "Quando", "Lobo mal", "Proibido Fumar" e "Eu sou Terrível". "Gravamos esse disco com o Andreas Kisser, do Sepultura, então podemos dizer que levamos bastante peso para o palco", brinca Dudu.


fonte: O Dia Online - 19.12.2018
ESPECIAL ROBERTO CARLOS VAI AO AR NESTA SEXTA
Romântico como sempre, cantor tirou bailarina para dançar,
se emocionou com o filho Dudu Braga, brincou com o próprio cabelo e o de Zizi Possi,
e fez dueto até com Marina Ruy Barbosa

Rio - A banda toca as primeiras notas de 'Detalhes'. Roberto Carlos, 77 anos, entra no palco, e a plateia aplaude e grita efusivamente. A música e a euforia cessam. O Rei respira fundo e, à capela, canta: "Detalhes tão pequenos de nós dois/ São coisas muito grandes para esquecer / E a toda hora vão estar presentes / Você vai ver". No piano, o maestro Eduardo Lages dá os primeiros acordes e a música segue. Mais aplausos e gritos, e assim começa o especial 'Roberto Carlos: Muito Romântico', que a Globo exibe sexta-feira, às 22h25, gravado direto dos Estúdios Globo, com participação de Marina Ruy Barbosa, Michel Teló, Zizi Possi, Alejandro Sanz e Dudu Braga.
"Boa noite, que prazer rever vocês aqui no meu especial de fim de ano, que maravilha ter vocês aqui nessa plateia e nesse mundo da TV. Obrigado por tudo, por esse carinho, que me alimenta profundamente, com certeza", agradece Roberto Carlos.
Na sequência, as canções 'Se Você Pensa' e 'Como Dois e Dois' antecederam a parceria com Michel Teló, que cantou junto com Roberto 'Caminhoneiro' e também 'Humilde Residência', um dos sucessos de Teló. "A Thaís (Fersoza, mulher de Teló) cantava 'Como É Grande o Meu Amor por Você' toda noite antes de Melinda (filha do casal) dormir. Um dia, minha filha falou: 'Papai, canta a musiquinha do amor'. E pede sempre, agora", conta Teló antes da apresentação. Essa é a segunda vez do cantor no palco com o Rei ele participou do especial em 2012.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 18.12.2018
COMPOSITORA ISOLDA SAI DE CENA
SEM JAMAIS TER SE DISSOCIADO DAS CANÇÕES GRAVADAS POR ROBERTO CARLOS NOS ANOS 1970

Isolda Bourdot (9 de janeiro de 1957 – 16 de dezembro de 2018) deixa obra como compositora que foi além da produção autoral gravada por Roberto Carlos ao longo dos anos 1970. Ainda assim, a artista paulistana saiu de cena na noite de domingo, na cidade natal de São Paulo (SP), aos 61 anos, vítima de infarto, sem jamais ter dissociado o nome das canções imortalizadas na voz do cantor naquela década áurea.
Outra vez, o maior sucesso do majestoso álbum lançado por Roberto em 1977, foi a canção-símbolo desta parceria de sucesso entre compositora e cantor, iniciada em 1973 com a gravação de Amigos, amigos (Isolda e Milton Carlos).
Contudo, em que pese a soberania de Outra vez na preferência dos súditos do Rei, Jogo de damas (Isolda e Milton Carlos, 1974), Elas por elas (Isolda e Milton Carlos, 1975), Pelo avesso (Isolda e Milton Carlos, 1976), Um jeito estúpido de te amar (Isolda e Milton Carlos, 1976) e Tente esquecer (Isolda, 1978) são canções mais ou menos marcantes na memória afetiva dos fãs antigos de Roberto Carlos.
Na década de 1970, Isolda foi gravada com tanta frequência por Roberto Carlos que conseguiu a proeza rara de emplacar duas músicas em um único disco do cantor – no caso, no álbum Roberto Carlos, o LP de 1976 em que o artista apresentou Um jeito estúpido de amar, canção cuja dramaticidade foi mais compreendida e realçada por Maria Bethânia em gravação posterior de 1977.
Foram os cantores românticos que deram voz ao cancioneiro de Isolda a partir de 1970. Alcione (intérprete de Pior é que eu gosto, música de 1988), Claudia Barroso (1932 – 2015), Marcos Roberto (1941 – 2012) e Nalva Aguiar foram alguns cantores que lançaram as músicas mais sentimentais de Isolda, compositora que se tornou parceira de Joanna, Eduardo Dussek – com quem compôs Sou eu, música que batizou em 1992 um dos melhores shows de Simone, transformado em disco em 1993 – e Fhernanda Fernandes.
Cantora bissexta, Isolda registrou 12 músicas autorais no álbum Tudo exatamente assim (2006), editado há 12 anos. Quase todo o repertório era inédito na ocasião. Mas a música que abriu o disco foi Outra vez, carro-chefe da obra autoral de Isolda, compositora para sempre associada ao canto muito romântico de Roberto Carlos.


fonte: 10 Minutos de Arte Online - 17.12.2018
ROBERTO CARLOS: "EU JAMAIS VOU DIZER PRA QUEM EU FIZ ESSA MÚSICA!"

Simone, Gal, Bethânia, Timóteo, Ângela Maria, Cauby, Lulu, Marisa, Frejat, Paula Toller e quase toda a nata da MPB. Todos já gravaram canções da dupla Roberto & Erasmo. Mas nada se compara ao próprio Roberto Carlos entoando seus grandes clássicos.
E na noite do último sábado(com replay no domingo!), no Maracanãzinho, ele mais uma vez fez a plateia delirar com seu show de sucessos. Como de costume, Roberto abriu o show com a bela ‘Emoções’, e daí por diante foi enfileirando um clássico após o outro. ‘Desabafo’, ‘Outra Vez’ (Isolda), ‘Se Você Pensa’, ‘Nossa Senhora’ e a mais recente ‘Sereia’ não ficaram de fora.
Quando cantou ‘Lady Laura’, ele disse lembrar da mãe, já falecida, e por isso se sentir muito emotivo. “Quero Que Vá Tudo Pro Inferno’, renegada durante anos pelo próprio cantor, por conta de sua superstição, foi efusivamente acompanhada pelo público que lotou o ginásio. E a romântica ‘Sua Estupidez’ foi interpretada de forma sublime, mas apresentada pelo cantor como a ‘misteriosa’ canção, cujos versos (“Sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo…”) ele se recusa a dizer para quem foram feitos.
O encerramento, com a habitual distribuição de rosas, foi ao som da religiosa ‘Jesus Cristo’ e sob aplausos calorosos dos seus fiéis súditos.







fonte: NSCTotal Online - 17.12.2018
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EXTRAORDINÁRIO NO MARACANÃZINHO
Foi no Rio de Janeiro, sábado passado, no Maracanãzinho completamente lotado, que escolhi, num show extraordinário de um renovado Roberto Carlos (de cara nova, sorrindo muito e sem os traumas do passado, numa vibe contagiante, inclusive cantando seu maior sucesso, "Quero que vá tudo pro inferno", que ele deixou de lado por muitos anos por causa da palavra inferno), para comemorar, sozinho no meio da multidão, 50 anos de carreira e da qual falarei um pouco no próximo domingo porque essa é, decididamente, a data mais importante da minha vida. Meio século de profissão, uma única profissão.
A que eu quis. E nessa festa Roberto Carlos foi perfeito, dando a impressão que eu escolhi suas músicas do show. Cada uma delas me levando a um momento da vida, em todas ouvindo com emoção e lágrimas, vendo um filme passando no telão do palco. Obrigado Roberto. Obrigado quem ajudou a chegar até aqui. Obrigado meu pai pelo primeiro emprego. Obrigado meu povo pela absurda audiência. Obrigado meu Deus por essa vida linda!


fonte: 40grausalagoasonline - 16.12.2018
ROBERTO CARLOS LEVA FÃS À LOUCURA EM SHOW

A noite do último sábado (15) no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, foi embalada por Roberto Carlos, que se apresentou em um show lotado.
O Rei encantou o público presente com suas canções e uma voz inigualável, além de esbanjar carisma e simpatia aos fãs, que foram à loucura com o carinho demonstrado pelo artista.
Em certo momento, Roberto Carlos chegou a jogar rosas brancas e vermelhas à plateia, que disputou as flores dadas pelo romântico cantor.





fonte: Observatório da Televisão - 10.12.2018
O MAIS ROQUEIRO QUE ELE JÁ FEZ"
REVELA DUDU BRAGA SOBRE ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS NA GLOBO

Dudu Braga e família
No dia 21 de dezembro vai ao ar pela Rede Globo o tradicional especial de fim de ano do Roberto Carlos. As gravações aconteceram na terça-feira (4), nos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro. Este ano a atração conta com nomes como Marina Ruy Barbosa, Michel Teló, Zizi Possi e do filho do cantor, Dudu Braga. Em entrevista ao Observatório da Televisão, Dudu revelou detalhes de como será o especial, falou sobre os pitacos que Roberto Carlos dá em seu trabalho e do lado avô deste ícone do Rock. Confira:

Você gravou um DVD mais roqueiro. Como foi isso?
A gente gravou um potpourri, um medley de 4 musicas. Quando, Lobo Mau, É Proibido Fumar e Eu Sou Terrível, para encerrar. É bem no estilo dele mesmo. Ele gosta do nosso show, e eu estou super feliz.

“Nós acatamos os pitacos sim”, revela Dudu Braga sobre conselhos do pai no seu trabalho:
Este show está indo muito bem, faz tempo que vocês estão fazendo, qual a sua avaliação?
Bom, faz 1 ano e meio que a gente gravou. Passamos por São Paulo, Rio, Paraná e um monte de lugar. O pessoal demora um pouco para entender a proposta, eles pensam que a gente vai fazer igual a Jovem Guarda - eu amo a jovem guarda. Mas a proposta é um Rock In Roll mais pesadão mesmo. Eu estou amando fazer isso, eu sou fã do meu pai. Apesar dos outros me conhecerem como ‘segundinho’, eu sou o ‘primeirinho’ como fã do meu pai.

Qual a música dele que você mais gosta?
É difícil, são tantas. Das românticas é ‘Olha’. E das mais pegadas é ‘Todos Estão Surdos’ e ‘Eu sou Terrível’.

Ele dá pitacos no seu trabalho e sobre suas composições?
Sim, sempre! … é aquela história de músico, né? … a gente sempre tem uma obervação para fazer. O mais legal disso tudo é que quando a gente gravou, ele deixou o nosso som como é. Eu sei que, se fosse ele fazendo, as músicas teriam alguns elementos a mais, o que é natural.

A nossa proposta é quase um ‘power-trio’, claro, somos em quatro, mas em três instrumentos: baixo, bateria e guitarra. Mas ele dá os pitacos dele. Ele gostou pra caramba e sempre que ouve, por exemplo, quando fomos ensaiar nos estúdios dele aqui no Rio, ele adorou. Nós acatamos os pitacos sim, alguns são possíveis e outros não.

Você acha que este é o especial mais roqueiro dele?
Eu acho que pelo que eu vi dos últimos especiais sim. A parte roqueira e da Jovem Guarda que vamos passar é mais Rock In Roll/metal mesmo. Coisas que ele já fez. No nosso disco, inclusive, temos a participação de Andreas Kisser, do Sepultura. Mas é pesado com amor, como eu sempre digo.

Como é o Roberto avô?
Babão!…quando ele quer um abraço e ela (neta Laura) não quer dar abraço, ele finge que está chorando, então ela vem e abraça ele. Ele se derrete todo. Outro dia ele quase perdeu a hora do show, e levou um tombo correndo atrás dela. Ele é um avô babão! O especial Só Para as Mulheres ela começou a dançar e ele olhou para ela no canto do palco e errou a letra. Ele pediu desculpas ao público e explicou que estava olhando para a Laura. Ela ficou morrendo de vergonha. Ela sabe as músicas dele. Ela canta sempre!


fonte: TV Foco Online - 08.12.2018
MARINA RUY BARBOSA DESABAFA SOBRE ROBERTO CARLOS
E EXPLICA O QUE REALMENTE ACONTECEU

Marina Ruy Barbosa cantou com Roberto Carlos
Foi noticiado nesta quinta-feira (6), que a atriz Marina Ruy Barbosa havia levado uma espécie de “cantada” do cantor Roberto Carlos em seu especial de Natal na Globo, no qual ela era a convidada principal.
A fala do músico sobre a ruiva, dizendo que “gostaria de se comunicar com a gata [Marina]”, foi mal interpretada por muitos e acabou tomando uma dimensão ainda maior, ao ser analisada pelos internautas.
Segundo a coluna do jornalista Leo Dias, ele questionou qual era o segredo de Luz, sua personagem na novela O Sétimo Guardião, para se comunicar com o gato Leon na história.
Ela então disse que, se ele quisesse, poderia ensinar como se comunicar com o gato. Prontamente, Roberto disparou: “Com o gato não… Só com a gata”. A partir daí, sua fala deu início a uma pequena polêmica.
Os fãs de Marina foram até o seu perfil no Instagram para questionar o que ela achou de tudo isso e, para a surpresa de todos, ela disse o que realmente aconteceu, deixando claro que não houve nenhuma cantada.
“Ele não me deu cantada nenhuma. Imprensa as vezes gosta de criar um bafafá pra gerar cliques! Não dá pra acreditar em tudo”, explicou.
DESABAFO DA ATRIZ
Marina Ruy Barbosa não gostou nada das imagens de sua apresentação com o cantor Roberto Carlos circulando na internet e nos sites de fofoca. A gravação aconteceu nesta semana para o especial de fim de ano da Globo, mas ela não contava com o vazamento do vídeo, que começou a circular em um perfil no Instagram.
Prontamente, Marina foi até a rede social do jornalista responsável pela publicação e exigiu que as imagens fossem tiradas do ar. Ela só se esqueceu de um detalhe: Caiu na internet, já era… Muitas outras pessoas já haviam feito a captura do vídeo, que rapidamente se espalhou e acabou ganhando ainda mais repercussão. O que ela mais temia.

Marina Ruy Barbosa durante momento com Roberto Carlos
O assunto foi parar na TV e virou pauta no programa A Tarde é Sua, com Sonia Abrão, que ainda exibiu a mensagem enviada pela atriz para o jornalista em questão. No texto, ela mostrou toda a sua revolta e disparou: “Relaxa! Já foi! Já foi semeada a maldade com isso… faz parte do “game” de ganhar cliques. E você conseguiu”.
“Mas um conselho, como uma menina, de 23 anos, que corre atrás pra caramba dos sonhos, mas procura sempre o caminho da verdade e sem prejudicar ninguém. Não queira “usar” sua voz como jornalista de uma forma que machuque as outras pessoas. Se tiver críticas construtivas pra fazer, faça. Mas destrutivas são feias e nem um pouco admiráveis”, finalizou.


fonte: Catraca Livre Online - 07.12.2018
WEB APONTA POLÊMICA ENTRE MARINA RUY BARBOSA E ROBERTO CARLOS
Internauta questionou sobre a suposta cantada que a atriz ganhou do cantor durante show, e a ruiva respondeu na lata

Marina Ruy Barbosa dá chega pra lá em seguidora que aponta polêmica da atriz com Roberto Carlos
Marina Ruy Barbosa é uma das convidadas para cantar junto com Roberto Carlos no tradicional especial de fim de ano da TV Globo. Segundo a coluna de Leo Dias, no jornal “O Dia”, o cantor teria passado uma cantada na atriz durante a gravação no palco, o que gerou alguns desconfortos nas redes sociais.
Após se ver envolvida na polêmica, Marina fez questão de responder uma seguidora, que sequer duvidou se a cantada de fato aconteceu, e prontamente acusou Marina de ser conivente com Roberto Carlos. A internauta ainda perguntou se haveria outra manifestação como houve contra Silvio Santos, em uma clara alusão ao episódio de assédio com Claudia Leitte no palco do Teleton.


fonte: Tribuna do Paraná - 07.12.2018
ROBERTO CARLOS SE ARRISCA ATÉ NO SERTANEJO EM ESPECIAL
E COMOVE MARINA RUY BARBOSA

Michel Teló é um dos convidados do Rei no especial deste ano.
A atriz Marina Ruy Barbosa participou da gravação do especial de fim de ano da Globo, Roberto Carlos: Muito Romântico, na noite da última terça-feira. Ela vai cantar com o Rei no especial que será exibido na noite do dia 21 de dezembro, uma sexta-feira. Como a Tribuna do Paraná já mostrou, além dela, o especial ainda terá participação de Michel Teló, Alejandro Sanz e Zizi Possi – aliás, Teló já esteve lá em 2012, no auge do Ai Se Eu Te Pego. Roberto Carlos cantou o hit em dueto com o paranaense.
Roberto Carlos, com mais de 40 anos de especial na Globo, sempre pegou carona com os sucessos do momento. No auge, até Xuxa cantou na atração, apesar de a apresentadora não ter vocação para cantar. Os discos da Rainha dos Baixinhos vendiam milhões de cópias nas décadas de 1980 e 90. Até as paquitas da Xuxa garantiam participação na noite do Rei – que só foi interrompida em 1999, no seguinte a morte da mulher do cantor, Maria Rita, vítima de câncer. Sem condições emocionais, Roberto Carlos e a Globo decidiram não realizar o especial, que voltou já no ano seguinte e, desde então, sempre aconteceu.
Roberto Carlos, do jeito dele, já se arriscou no funk de Ludmila, no pagode de Zeca Pagodinho, no sertanejo de Chitãozinho & Xororó, no rock dos Titãs, Jota Quest e Skank, no axé de Ivete Sangalo e no tropicalismo de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Ele nunca esquece também alguns sucessos do Jovem Guarda, dos tempos do iê iê iê, com Wanderleia e o amigo Erasmo Carlos. No caso das atrizes, vale destacar que RC já foi casado com Miriam Rios, que fazia sucesso na década de 80. Miriam jamais subiu ao palco com ele, mas era presença certa na plateia do especial. Que venha logo dia 21!


fonte: TV Foco Online - 05.12.2018
ROBERTO CARLOS SURPREENDE EM GRAVAÇÃO DE ESPECIAL DE FIM DE ANO
E COMOVE MARINA RUY BARBOSA

Roberto Carlos durante a gravação do especial de fim de ano 2018 da Globo
Roberto Carlos gravou nesta terça-feira (04) seu tradicional show para a programação de fim de ano da Globo, mas surpreendeu ao receber Marina Ruy Barbosa e comoveu a atriz.
Ao longo de sua trajetória Roberto cantou muito. Mais do que músicas, histórias. Mais do que histórias, histórias de amor. Foi nesse clima de romance, emoção e saudosismo, que foi gravado na noite desta terça-feira, dia 04, nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, o especial ‘Roberto Carlos: Muito Romântico’.
Dono de um extenso repertório, o cantor fez uma apresentação com diferentes ritmos, do rock ao romântico, passando pela MPB e pelo Pop. Em um palco especial, ambientado com uma cenografia moderna com painéis de led e cortina de contas que se iluminavam de acordo com as músicas, o Rei recebeu nomes como Alejandro Sanz, Michel Teló e Zizi Possi. Mas não são apenas os músicos que marcam presença no Especial de fim de ano. A atriz Marina Ruy Barbosa dividiu o palco com Roberto, em uma apresentação especial.
O Rei abriu o show com a música ‘Detalhes’, e em seguida cumprimentou o público: “Que prazer rever vocês aqui novamente. Muito obrigado por todo carinho e por todo amor, que me alimentam profundamente. Falar de amor é o meu negócio mesmo…”, disse, emocionado. Na sequência, as canções ‘Se você pensa’ e ‘Como dois e dois’ antecederam a parceria com Michel Teló, que cantou junto com Roberto ‘Caminhoneiro’ e também ‘Humilde Residência’, um dos sucessos de Teló. “Roberto, estou aqui pela segunda vez realizando meu sonho de cantar com você. Estou muito feliz!”, disse o cantor.
Na plateia, nomes como Agatha Moreira, Giovana Lancelotti, Isabella Santoni, Gloria Maria, Juliana Alves, Jennifer Nascimento, Eri Johnson, Rômulo Estrela, Pâmela Tomé, entre outros, cantaram em coro cada sucesso como ‘O portão’, e ‘Proposta’. O cantor espanhol Alejandro Sanz subiu ao palco para apresentar o seu dueto com o Rei, o single lançado este ano, ‘Esa Mujer’. “É um prazer estar aqui com você e com todo o Brasil. Roberto, estou realizando um sonho que tenho desde menino, de poder cantar com você”, encantou-se o espanhol, que cantou ainda ‘No tengo nada’, sua nova música.
O show seguiu com mais um solo de Roberto com ‘Você em minha vida’, música que antecedeu mais um dueto, desta vez com a convidada Zizi Possi, que cantou ‘A Paz’. Conhecida também por interpretar canções em italiano, ela cantou ainda ‘Non ti scordar di me’. Emocionada por dividir o palco com Roberto depois de 36 anos no especial de fim de ano, Zizi comemorou: “Estou na adrenalina há semanas né? Que honra cantar com você!”. Depois de ouvir elogios do Rei, ela ainda admitiu, rindo: “Agora não vou dormir por um mês”.

Marina Ruy Barbosa durante momento com Roberto Carlos;
atriz cantou com ele em especial da Globo
Roberto cantou também clássicos como ‘Ilegal, imoral ou engorda’ e ‘Romântico’. Ele dedicou ‘Menina’ para Marina Ruy Barbosa, ainda na plateia. Foi a deixa para que a atriz subisse ao palco para soltar a voz com o Rei. A canção escolhida foi um sucesso de 1979, ‘Na paz do seu sorriso’. “Estou tão emocionada. Queria que esse momento se congelasse. Certamente esse é um dos dias mais emocionantes e mais importantes da minha vida”, contou ela, comovida, antes de deixar o palco ao som de ‘Negro Gato’.
Um encontro familiar marcou o fim do espetáculo: Dudu Braga, filho de Roberto, subiu no palco com sua Banda ‘RC na Veia’ e, com muito rock and roll, tocou músicas clássicas de seu pai, como ‘Quando’, ‘Lobo Mau’, ‘É proibido Fumar’ e ‘Eu sou terrível’. “Pra mim é uma honra cantar com a banda do meu filho. Na verdade, o Dudu é que é meu grande ídolo”, resumiu o pai, orgulhoso. A apresentação terminou com uma sequência de ‘Não vou ficar’, ‘Todos estão surdos’ e ‘Jesus Cristo, que embalou a tradicional, e esperada, entrega das rosas.
O show, que será exibido dia 21 de dezembro na Globo, tem direção artística de LP Simonetti, direção geral de Mario Meirelles e direção musical de Guto Graça Mello e do maestro Eduardo Lages.


fonte: Gaúcha Online - 05.12.2018
MICHEL TELÓ CANTA EM ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS
E DIZ QUE FILHA JÁ CONHECE MÚSICA DO REI
Sertanejo gravou duas canções para o programa de final de ano,
mas a menina gosta mesmo é de uma clássica canção romântica

Thaís Fersoza e Michel Teló têm dois filhos juntos, Melinda e Teodoro
Uma das atrações do especial de fim de ano do Roberto Carlos, o cantor sertanejo Michel Teló levou a família para assistir às gravações do programa, realizada nesta terça-feira (4), nos Estúdios Globo. Foi acompanhado da esposa, a atriz Thaís Fersoza, e dos filhos pequenos, Teodoro e Melinda.
No especial, que irá ao ar no dia 21, Teló irá cantar as músicas Caminhoneiro, de Roberto Carlos, e Humilde Residência, canção própria do início da carreira. Mas garantiu que a pequena Melinda, que é a mais velha das duas crianças, gosta mesmo é de outra canção: Como É Grande o Meu Amor Por Você, clássico do Rei.
— A Thais cantou Como é Grande o Meu Amor Por Você, e ela adorou. Começou a pedir para eu cantar antes de dormir, até que ela, um dia, recitou os versos da música para mim. Chorei, mas gravei e mostrei para o Roberto, que também se emocionou — disse Teló ao jornal Folha de S. Paulo.


fonte: Kboing Online - 05.12.2018
TÁ CHEGANDO! ROBERTO CARLOS PREPARA ESPECIAL DE FIM DE ANO

Dezembro chegou e com ele não só as uvas passas, mas também o tão aguardado especial de fim de ano com Roberto Carlos.
Músicas lindas, que cantam histórias e belas histórias de amor são esperadas por milhares de telespectadores.
Bom... sorte maior foi de quem teve a oportunidade de conferir de pertinho a gravação nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, na última terça-feira, 4, durante o "Roberto Carlos: Muito Romântico".
Com um vasto repertório musical, o rei fez uma performance que navegou em todos os estilos: do rock ao pop, do romântico ao MPB.
Entre os convidados deste ano estão Alejandro Sanz, Michel Teló, Zizi Possi e a atriz Marina Ruy Barbosa.
O especial Roberto Carlos vai ao ar no dia 21 de dezembro, depois da novela das 21h, na Globo.
Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui!


fonte: Bastidores da TV Online - 05.12.2018
GLOBO GRAVA ESPECIAL: "ROBERTO CARLOS: MUITO ROMÂNTICO"
Globo grava especial “Roberto Carlos: Muito Romântico” Ao longo de sua trajetória Roberto cantou muito. Mais do que músicas, histórias. Mais do que histórias, histórias de amor. Foi nesse clima de romance, emoção e saudosismo, que foi gravado na noite desta terça-feira, dia 04, nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, o especial ‘Roberto Carlos: Muito Romântico’. Dono de um extenso repertório, o cantor fez uma apresentação com diferentes ritmos, do rock ao romântico, passando pela MPB e pelo Pop. Em um palco especial, ambientado com uma cenografia moderna com painéis de led e cortina de contas que se iluminavam de acordo com as músicas, o Rei recebeu nomes como Alejandro Sanz, Michel Teló e Zizi Possi. Mas não são apenas os músicos que marcam presença no Especial de fim de ano. A atriz Marina Ruy Barbosa dividiu o palco com Roberto, em uma apresentação especial.
O Rei abriu o show com a música ‘Detalhes’, e em seguida cumprimentou o público: “Que prazer rever vocês aqui novamente. Muito obrigado por todo carinho e por todo amor, que me alimentam profundamente. Falar de amor é o meu negócio mesmo…”, disse, emocionado. Na sequência, as canções ‘Se você pensa’ e ‘Como dois e dois’ antecederam a parceria com Michel Teló, que cantou junto com Roberto ‘Caminhoneiro’ e também ‘Humilde Residência’, um dos sucessos de Teló. “Roberto, estou aqui pela segunda vez realizando meu sonho de cantar com você. Estou muito feliz!”, disse o cantor.
Na plateia, nomes como Agatha Moreira, Giovana Lancelotti, Isabella Santoni, Gloria Maria, Juliana Alves, Jennifer Nascimento, Eri Johnson, Rômulo Estrela, Pâmela Tomé, entre outros, cantaram em coro cada sucesso como ‘O portão’, e ‘Proposta’. O cantor espanhol Alejandro Sanz subiu ao palco para apresentar o seu dueto com o Rei, o single lançado este ano, ‘Esa Mujer’. “É um prazer estar aqui com você e com todo o Brasil. Roberto, estou realizando um sonho que tenho desde menino, de poder cantar com você”, encantou-se o espanhol, que cantou ainda ‘No tengo nada’, sua nova música.
O show seguiu com mais um solo de Roberto com ‘Você em minha vida’, música que antecedeu mais um dueto, desta vez com a convidada Zizi Possi, que cantou ‘A Paz’. Conhecida também por interpretar canções em italiano, ela cantou ainda ‘Non ti scordar di me’. Emocionada por dividir o palco com Roberto depois de 36 anos no especial de fim de ano, Zizi comemorou: “Estou na adrenalina há semanas né? Que honra cantar com você!”. Depois de ouvir elogios do Rei, ela ainda admitiu, rindo: “Agora não vou dormir por um mês”.
Roberto cantou também clássicos como ‘Ilegal, imoral ou engorda’ e ‘Romântico’. Ele dedicou ‘Menina’ para Marina Ruy Barbosa, ainda na plateia. Foi a deixa para que a atriz subisse ao palco para soltar a voz com o Rei. A canção escolhida foi um sucesso de 1979, ‘Na paz do seu sorriso’. “Estou tão emocionada. Queria que esse momento se congelasse. Certamente esse é um dos dias mais emocionantes e mais importantes da minha vida”, contou ela, comovida, antes de deixar o palco ao som de ‘Negro Gato’.
Um encontro familiar marcou o fim do espetáculo: Dudu Braga, filho de Roberto, subiu no palco com sua Banda ‘RC na Veia’ e, com muito rock and roll, tocou músicas clássicas de seu pai, como ‘Quando’, ‘Lobo Mau’, ‘É proibido Fumar’ e ‘Eu sou terrível’. “Pra mim é uma honra cantar com a banda do meu filho. Na verdade, o Dudu é que é meu grande ídolo”, resumiu o pai, orgulhoso. A apresentação terminou com uma sequência de ‘Não vou ficar’, ‘Todos estão surdos’ e ‘Jesus Cristo, que embalou a tradicional, e esperada, entrega das rosas.
O show, que será exibido dia 21 de dezembro na Globo, tem direção artística de LP Simonetti, direção geral de Mario Meirelles e direção musical de Guto Graça Mello e do maestro Eduardo Lages.


fonte: O Dia Online - 05.12.2018
ROBERTO CARLOS GRAVA ESPECIAL DE FIM DE ANO
Marina Ruy Barbosa cantou canção ao lado do ídolo: 'Queria que esse momento se congelasse", disse a beldade

Rio - O cantor Roberto Carlos, de 77 anos, gravou na noite desta terça-feira, nos Estúdios Globo, o seu tradicional programa especial de fim de ano. "Roberto Carlos: Muito Romântico" irá ao ar no próximo dia 21, na Rede Globo.
"Boa noite. Que prazer rever vocês nesse meu especial de fim de ano. Obrigado por esse carinho e esse amor. Acho que já nasci falando de amor. Esse amor que nos faz vivos. É sempre uma grande alegria estar com vocês", disse o artista antes de começar "Detalhes".
Durante a apresentação de Michel Teló, que cantava a música "Humilde Residência", Roberto Carlos não perdeu tempo e puxou para junto de si uma dançarina cheia de gingado, que sambava ao lado dele. Juntos dançaram enquanto ele segurava a cintura da moça. A plateia foi ao delírio.
Outro ponto alto da noite foi a apresentação de Marina Ruy Barbosa na canção "Na Paz do Seu Sorriso". A atriz foi se soltando aos poucos no palco e mostrou segurança ao cantar ao lado do ídolo.
"Estou tão emocionada. Queria que esse momento se congelasse. Certamente esse é um dos dias mais emocionantes e mais importantes da minha vida”, contou ela, comovida, antes de deixar o palco fazendo uma dancinha sexy ao som de "Negro Gato".
O bom humor de RC também roubou a cena. O Rei brincava com os erros dele e até mesmo com o próprio cabelo. No momento em que esperava a hora de começar o dueto com Zizi Possi, ele elogiou o cabelo da cantora, que disse que era liso demais. Foi quando Roberto devolveu:
"O meu é com progressiva", arrancando risos de todos. "De anteontem. Já estava ficando meio sarará (risos). Na Jovem Guarda a gente fazia touca de todo jeito. Nosso sonho naquela época era que existisse progressiva de hoje. Quando apareceu a progressiva, por que não foi na época da Jovem Guarda? Queria tanto ter o abelo do Paul McCartney", continua para alegria geral.
Além de Michel Teló, Zizi Possi e Marina Ruy Barbosa, completam a lista de convidados musicais da edição 2018 do programa: Alejandro Sanz e o filho de Roberto Carlos, Dudu Braga, que se apresentou com a banda RC Na Veia.
Ao contrário dos anos anteriores, o número de famosos na plateia foi mais singelo; destacam-se as presenças de Marina Ruy Barbosa - que dividiu número musical com Roberto -, Glória Maria, Giovanna Lancellotti, Agatha Moreira, Jeniffer Nascimento, Monique Alfradique, Luís Miranda, Bruna Griphao, Isabela Santoni, Eri Johnson, Rômulo Estrela e Pâmela Tomé, entre outros.


fonte: Cláudia - 30.11.2018
MARINA RUY BARBOSA ESTÁ CONFIRMADA EM ESPECIAL COM ROBERTO CARLOS
Também cantarão ao lado do rei artistas como Michel Teló e Zizi Possi

Após um boato de que Roberto Carlos teria desconvidado Marina Ruy Barbosapara seu especial de fim de ano, o dueto vai sim acontecer e já foi confirmado pelo rei.
Em seu Instagram, o cantor publicou uma foto ao lado da atriz e confirmou sua participação. “Fiquei emocionada quando ele me ligou convidando pra cantar com ele. Vai ser um momento muito especial na minha vida”, contou Marina ao jornal O Globo.
Segundo a coluna da jornalista Patrícia Kogut, o Roberto Carlos teria desfeito o convite por conta de seu lado supersticioso. Ele teria achado a personagem de Marina em O Sétimo Guardião “meio bruxa”.
O especial será gravado no dia 4 de dezembro nos estúdios Globo, no Rio. Provavelmente Roberto e Marina cantarão juntos a música ‘Na paz do seu sorriso‘. Michel Teló e Zizi Possi também estão confirmados para cantar ao lado do rei.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 28.11.2018
ROBERTO CARLOS REENCONTRA ZIZI POSSI E MICHEL TELÓ
NO ESPECIAL QUE VAI AO AR EM DEZEMBRO

Personagem meio bruxa da atriz teria assombrado Roberto Carlos
Em 1982, uma das músicas mais tocadas nas emissoras de rádio do Brasil foi Asa morena (Zé Carapidia), lançada na voz cristalina de Zizi Possi em gravação que ampliou a visibilidade da intérprete na cena nacional.
Não por acaso, naquele ano, a cantora paulistana foi uma das convidadas de Roberto Carlos no tradicional programa apresentado desde 1974 pelo cantor na TV Globo, na semana do Natal. Na ocasião, Zizi interpretou a canção Como é grande o meu amor por você(Roberto Carlos, 1967) diante do anfitrião.
Neste ano de 2018, Zizi vem fazendo alguns shows pelo Brasil sem emplacar um sucesso nas paradas dominadas pelo sertanejo pop. Por isso mesmo, causa surpresa a presença da cantora na lista de convidados do especial de Roberto que a TV Globo vai exibir em 21 de dezembro com a gravação que será feita na próxima terça-feira, 4 de dezembro, no Projac.
A participação de Zizi está oficializada, como foi anunciado ontem nas redes sociais do cantor. Uma foto de Roberto com Zizi, tirada durante os ensaios, confirmou que, após 36 anos, a artista volta a participar do programa de fim de ano do cantor.

Roberto Carlos e Michel Teló ensaiam para o especial de 2018 do 'Rei'
Cabe lembrar que, em 26 de maio de 2009, Zizi integrou o elenco feminino do show Elas cantam Roberto Carlos, gravado ao vivo na cidade de São Paulo (SP) para gerar CD duplo e DVD lançados ainda naquele ano de 2009. Nesse tributo feminino, a cantora fez Proposta(Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1973) e, em dueto com a filha Luiza Possi, intepretou Canzone per te (Sergio Endrigo e Sergio Bardotti, 1968).
Além de Zizi Possi, Roberto Carlos recebe o cantor Michel Teló no programa que começou a ensaiar esta semana no estúdio Amigo, mantido pelo cantor em casa do bairro da Urca, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Com Teló, Roberto bisa encontro que sobressaiu no especial exibido em 2012, 30 anos após o programa de 1982 do qual participou Zizi Possi.


fonte: O Globo - 23.11.2018
ALEJANDRO E O REI
As primeiras atrações musicais para o especial de Roberto Carlos deste ano já estão confirmadas. Alejandro Sanz vai dar uma pegada latina para o show, que também terá Michel Teló e Zizi Possi. O filho do Rei, Dudu Braga, vai tocar bateria com o RC na Veia. O “quase convite” para Marina Ruy Barbosa continua um mistério.


fonte: Catraca Livre - 17.11.2018
SUPERSTIÇÃO DE ROBERTO CARLOS MIRA ATÉ MARINA RUY BARBOSA
Personagem meio bruxa da atriz teria assombrado Roberto Carlos

Um dos destaques da TV Globo, Marina Ruy Barbosa pode ficar de fora do especial de fim de ano da emissora. A atriz que havia sido convidada para fazer um dueto com Roberto Carlos agora é incerta, segundo a colunista Patricia Kogut, do jornal “O Globo”. Tudo isso por conta da superstição do Rei.
A atriz atualmente está interpretando Luz, sua personagem na novela das 21h, “O Sétimo Guardião”. Acontece que Roberto Carlos estaria achando o papel da atriz místico demais e teme que a presença da atriz no palco deixe o clima carregado e, por isso, estaria repensando a participação dela no especial.


fonte: Estado de São Paulo - 14.11.2018
ROBERTO CARLOS: "NÃO ACREDITO NO AMOR COMO POSSE"
Para o cantor, o sentimento não muda com o tempo
e o único que varia é a maneira como se fala dele

CIDADE DO MÉXICO - Roberto Carlos não gosta de posse; pelo menos não no campo do amor, como revelou o cantor nesta terça-feira, 14.
"Não acredito no amor como posse. Amor é para dar e receber, é a doação do outro para a gente. Assim deve ser enxergado: dar e receber. Às vezes não recebemos, mas é importante continuar dando. A posse não funciona no amor", afirmou o rei à Agência Efe.
Em entrevista concedida à Agência Efe e mais três jornais mexicanos, Roberto Carlos não conseguiu evitar falar do tema mais recorrente em sua obra, o amor. Para ele, o sentimento não muda com o tempo e o único que varia é a maneira como se fala dele.
"As histórias de amor são sempre iguais. A forma de falar do amor é que muda. O amor que você sente por uma mulher, por uma pessoa, é sempre igual, a maneira de falar é que é diferente. Antigamente, existia um pouco mais de lirismo e romantismo nas canções", argumentou.
Segundo o rei, no entanto, todas as formas são respeitáveis.
"Sabemos que existe uma forma diferente de falar do amor hoje. Não significa que o amor seja diferente", enfatizou.
No último fim de semana, o cantor lotou o Auditório Nacional, na Cidade do México, com capacidade para 10 mil pessoas, onde apresentou Amor sin límite. A turnê do novo álbum também passou pelas cidades de León e Monterrey.
Aos 77 anos, Roberto Carlos mostra uma vitalidade surpreendente e, ao ser perguntado sobre sexo, não pensou duas vezes.
"Para mim, o sexo é bom a qualquer idade. Não importa se é aos 20 anos ou aos 77; é sempre uma coisa muito boa e com amor é até melhor. É o que eu penso, mas prefiro não entrar em detalhes", declarou.
Ganhador em 2015 do prêmio Billboard Lifetime Achievement em reconhecimento à sua carreira, no mesmo ano foi eleito Personalidade do Ano nos prêmios Grammy Latino, quando recebeu uma homenagem em Las Vegas.
Autor de mais de 500 canções, o rei disse à Efe que o seu processo criativo varia e às vezes as músicas saem casualmente.
"A musa às vezes é uma situação, uma pessoa que vemos ou ouvimos. A minha principal musa para fazer canções é a vida. Tenho um olhar atento do que passa diante de mim e das histórias dos outros. Observo a vida com os detalhes, como diz a música. Na vida, temos o necessário para fazer uma canção", concluiu.
Roberto Carlos se apresentará na quinta em Puebla e na sexta-feira estará em Guadalajara. No domingo, a turnê pelo México chega ao fim, com uma apresentação em Querétaro.
O disco apresentado, um LP azul produzido pela Sony Music, tem dez faixas, incluindo Llegaste e Esa mujer, com Jennifer Lopez e Alejandro Sanz, respectivamente.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 11.11.2018
ROBERTO CARLOS SEGUE TRADIÇÃO
E ELEGE O AZUL PARA COR DO VINIL DO PRIMEIRO LP QUE LANÇA EM 22 ANOS

Para Roberto Carlos, o azul é sempre a cor mais quente. Desde o álbum de 1980, o azul é cor recorrente – e geralmente dominante – nas capas dos discos do cantor e compositor capixaba.
Por isso mesmo, soa natural que o Rei tenha seguido a tradição e determinado que o azul seria a cor do vinil da edição em LP do álbum em espanhol Amor sin límite, lançado em setembro em CD e em edição digital.
A edição em LP do álbum Amor sin límite chega às lojas do Brasil a partir da próxima sexta-feira, 16 de novembro.
É a primeira vez em 22 anos que o artista tem lançado um álbum em LP. O último, Roberto Carlos, saiu em 1996.

Roberto Carlos lança LP na próxima sexta-feira, 16 de novembro
Cores à parte, a edição em LP de Amor sin límite traz dez das 12 faixas do álbum. Saíram as versões em português das canções Llegaste e Esa mujer, compostas por Kany García para o disco.
Gravadas por Roberto com Jennifer Lopez e Alejandro Sanz, respectivamente, Llegaste e Esa mujer figuram no LP somente nas versões originais em espanhol ao lado da balada Regreso (Carlos Lopez, Ricardo Lopez e Julio Reyes Copello) – destaque do lote de músicas inéditas – e de Que yo te vea (José Abraham).


fonte: Folha de São Paulo - 09.11.2018
CANTARE
Cantare O cantor Roberto Carlos apresentará uma canção em italiano no especial de fim de ano da TV Globo, que será gravado no dia 4 de dezembro, no Rio. Ele quer lançar um disco inteiro na língua, retomando o mercado fonográfico no país europeu.


fonte: Observatorio da Televisão Online - 31.10.2018
ROBERTO CARLOS INICIA TRATAMENTO CONTRA CALVÍCIE
Roberto Carlos libera música para o Teleton; saiba quais famosos estão confirmados

Ivete Sangalo e Roberto Carlos estão confirmados no Teleton e Roberto Carlos libera canção para a campanha

O SBT bateu o martelo e marcou para os dias 9 e 10 de novembro a edição deste ano do Teleton, maratona solidária que arrecada uma quantia para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).
Uma das grandes novidades de 2018 será o uso da canção Eu Quero Apenas, composição de Erasmo Carlos e Roberto Carlos que é cantada pelo Rei e que foi liberada para a atração.
Lives especiais serão usadas pelas redes sociais e o uso de aplicativos como o WhatsApp servirão para fazer uma corrente que intensifique as doações. A meta dessa vez é de R$ 30 milhões.
Além dos famosos do canal de Silvio Santos, alguns artistas de outras emissoras estão confirmados: Ronnie Von, Luciana Gimenez, Nívea Maria, Joyce Ribeiro, Rodrigo Faro e Tiago Abravanel, neto do dono do Baú.
Contudo, Ivete Sangalo, que recentemente esteve como jurada do The Voice Brasil, também marcará presença. Ludmilla, Naiara Azevedo, Claudia Leitte são outros nomes da música que farão parte da corrente de solidariedade.
SBT e AACD iniciam arrecadação do Teleton 2018 com grandes novidades.
A saber, foi oficialmente aberta, no último dia 14, a campanha de arrecadação em prol da 21ª edição do Teleton.
Contudo, desta vez, a ação vai além da maratona solidária, que dura mais de 24 horas e será transmitida pelo SBT nos dias 9 e 10 de novembro. O Teleton agora é uma campanha, cujo o tema é “vamos juntos fazer um Teleton extraordinário”, e acontecerá de 14 de outubro até 12 de novembro. Ao longo desse período, já é possível doar para a causa da AACD por meio de diversas plataformas.
A meta para a 21º edição do Teleton é surpreendentemente de R$ 30 milhões, pouco acima do que a arrecadação da última edição, que ultrapassou a meta de R$ 28 milhões atingindo R$ 29,6 milhões.
Todavia, as doações ajudam na manutenção dos nove Centros de Reabilitação, além das cinco Oficinas Ortopédicas e do Hospital Ortopédico AACD.


fonte: Quem Acontece Online - 29.10.2018
ROBERTO CARLOS INICIA TRATAMENTO CONTRA CALVÍCIE
Cantor, de 77 anos, fará tratamento capilar de dois anos com médico queridinho dos famosos


Roberto Carlos está com 77 anos, mas ainda não abre mão da vaidade. O cantor iniciou um tratamento contra a calvície o doutor Thiago Bianco, responsável pelo tratamento capilar de famosos como a dupla Marcos e Belutti, o sertanejo Frederico, dupla de João Neto, Kaká Diniz, marido da Simone, dupla de Simaria, e do humorista Tom Cavalcante.
Em entrevista para QUEM, o médico falou do procedimento estético adotado para tratar os fios do Rei. "Ele realiza o procedimento de micro infusão de medicamentos na pele, que é um método capaz de inserir medicamentos ativos diretamente no local onde é necessária a aplicação. É utilizado para evitar a queda de cabelos, e pode também ser opção para quem já realizou o transplante capilar", explica.
O cantor fará um acompanhamento com o médico de aproximadamente dois anos. "É um tratamento que para ter os primeiros resultados são necessárias três ou quatro aplicações, cerca de seis meses."

Dr Thiago Bianco e Roberto Carlos


fonte: O Globo - 28.10.2018
REFORÇO NO TIME
O filme que vai contar a vida de Roberto Carlos recebeu um reforço: Gloria Perez, que trabalhará em cima do roteiro feito por Nelson Motta e Patrícia Andrade. A obra dirigida por Breno Silveira e que começa a ser filmada no ano que vem, ganhou ainda um desdobramento - uma minissérie que será exibida pela Globo.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 25.10.2018
ROBERTO CARLOS TEM ÁLBUM LANÇADO EM LP PELA PRIMEIRA VEZ DESDE 1996


Para os súditos de Roberto Carlos, 2018 já é um ano especial pelo fato de o cantor e compositor ter lançado em 28 de setembro um álbum gravado em estúdio – algo que não acontecia desde 2005, embora o álbum em questão, Amor sin límite, seja cantado em espanhol e direcionado primordialmente ao mercado latino formado pelos países de língua hispânica.
Para esse público que conserva o cantor entronizado no posto de Rei da canção popular do Brasil há cerca de 50 anos, o ano vai se tornar mais especial em novembro com a edição do álbum Amor sin límite no formato de LP. É a primeira vez desde 1996 que Roberto Carlos tem um álbum lançado com som de vinil.
Na edição em LP, Amor sin límite apresenta dez das 12 faixas do CD e da edição digital. Ficaram de fora as versões em português das canções Llegaste e Esa mujer, compostas pela porto-riquenha Kany García especialmente para o disco em espanhol de Roberto.
Gravadas pelo cantor brasileiro em duetos com Jennifer Lopez e Alejandro Sanz, respectivamente, Llegaste e Esa mujer figuram no LP somente nas versões originais em espanhol ao lado da bonita Regreso(Carlos Lopez, Ricardo Lopez e Julio Reyes Copello) – balada de estilo tradicional à moda das canções do Roberto que sobressaiu como o grande destaque do lote de músicas inéditas – e de Que yo te vea (José Abraham).

* Informação do Grupo Um Milhão de Amigos: aqui você pode comprar o seu LP
https://loja.bileskydiscos.com.br/lp-vinil-roberto-carlos-amor-sin-limite-novo-lacrado


fonte: Migalhas Online - 16.10.2018
ECAD NÃO PODE COBORAR DIREITOS AUTORAIS POR SHOWS DE ROBERTO CARLOS EM NAVIO
Decisão é da 3ª turma do STJ.
A 3ª turma do STJ negou provimento a recurso por meio do qual o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – Ecad cobrava direitos autorais decorrentes de apresentações do cantor Roberto Carlos no cruzeiro "Emoções em Alto Mar", realizado em 2010, em um navio de bandeira italiana.
As instâncias ordinárias julgaram a ação improcedente ao fundamento de que competia ao Ecad comprovar que os shows ocorreram dentro dos limites marítimos brasileiros, já que o navio era estrangeiro. O entendimento foi ratificado pelo STJ.
Ônus da prova
No recurso ao STJ, o Ecad afirmou que a prova era tecnicamente impossível, visto que os planos de navegação e outros documentos indicadores do trajeto efetivamente percorrido se encontrariam em poder exclusivo dos réus. Sob esse argumento, o Ecad solicitou a inversão do ônus da prova, sustentando que caberia aos responsáveis pelo cruzeiro demonstrar, em sua defesa, que o navio se encontrava em águas internacionais.
Segundo o relator do caso, ministro Villas Bôas Cueva, a mera dificuldade de comprovar que o navio estava em mar territorial brasileiro não justifica a inversão do ônus da prova, visto que o autor da ação dispõe de meios legalmente admitidos para demonstrar o fato constitutivo de seu direito, tais como a requisição de documentos em poder dos réus, a oitiva de testemunhas, a realização de fiscalização presencial ou de perícia técnica.
Limites da jurisdição
“Sendo incontroverso que as apresentações do cantor Roberto Carlos aconteceram em navio estrangeiro, só seria viável acolher a pretensão do Ecad caso comprovado que os fatos geradores ocorreram dentro das divisas marítimas brasileiras, mais especificamente no mar territorial, haja vista os limites espaciais da jurisdição, da legislação e da própria soberania nacional”, disse o ministro.
Villas Bôas Cueva destacou que não há dúvidas a respeito da ocorrência do evento em si, o que não foi comprovado é se ele ocorreu ou não no Brasil. Ele destacou que não houve sequer pedido de produção de provas, pois o próprio Ecad requereu o julgamento antecipado da demanda.
“Acolher a tese do recorrente equivaleria a atribuir à referida entidade, por vias transversas, o poder de demandar a contrapartida por direitos autorais de toda e qualquer embarcação estrangeira, dentro ou fora dos limites marítimos brasileiros, criando uma espécie de inversão de ônus da prova sem previsão legal, nem proporcionalidade, e que poderia, em última análise, implicar ofensa a compromissos assumidos pelo Brasil no âmbito internacional.” Com isso, votou por negar provimento ao recurso. O voto foi seguido à unanimidade pela 3ª turma do STJ.


fonte: Quem News Online - 15.10.2018
ROBERTO CARLOS COMEMORA ANIVERSÁRIO DA NETINHA EM SP
Laura, filha do músico e radialista Dudu Braga,
ganhou festa em buffet no bairro de Moema no domingo (14)


Roberto Carlos prestigiou o aniversário de 3 anos da neta Laura Braga, filha do músico e radialista Dudu Braga e de Valeska Sostenes, na noite de domingo (14), no Buffet infantil Planet Mundi, localizado no bairro de Moema, em São Paulo.
A festa teve como tema o filme Frozen - Uma Aventura Congelante. A aniversariante se vestiu como a princesa Anna para a hora do Parabéns. Carinhosa, ela deu um beijinho carinhoso no avô. Paizão, Dudu se fantasiou de príncipe para a comemoração.
Animada, Laura se divertiu nas atrações da festa e posou para fotos enquanto brincava em um carrossel.







fonte: Caras Online - 15.10.2018
ROBERTO CARLOS FAZ RARA APARIÇÃO NO ANIVERSÁRIO DA NETA
O Rei prestigiou a festinha de 3 anos da pequena Laura Braga, com o tema 'Frozen'


Roberto Carlos fez uma rara aparição neste domingo, 14, no aniversário de 3 anos da neta, Laura.
A menina é fruto do casamento de Valeska Sostenes com o radialista Dudu Braga, filho do Rei.
O luxuoso evento foi realizado em um buffet na Grande São Paulo e contou com o tema do filme Frozen – Uma Aventura Congelante.
O cantor chegou ao local vestindo sua característica camisa azul clara e posou sorridente ao lado dos familiares.
A aniversariante, que estava fantasiada de Anna, apesar de estar com o braço engessado, também brincou muito com os amiguinhos e fez caras e bocas na hora das fotos.


fonte: AGBNews Online - 14.10.2018
NETA DE ROBERTO CARLOS É A 'CARA' DO REI!
A sétima neta de Roberto Carlos, filha de Dudu Braga e Valeska? Sóstenes,
comemora o seu 3º aniversário neste domingo, dia 14 de outubro, em São Paulo.



A pequena Laura, que foi batizada com o nome da avó paterna, é muito parecida com o Rei, quando pequeno. Compare...
Dudu Braga comentou no programa Luciana By Night como foi a reação do pai ao saber qual seria o nome de sua netinha.
"Estávamos no avião e uma pessoa que já trabalha com ele há muito tempo perguntou se sabíamos o sexo do bebê. Eu não queria falar nada naquele momento, mas fui contando e ela quis saber qual seria o nome da menina. Respirei fundo e revelei que seria Laura. Foi um chororô dentro do avião, uma emoção incrível. Nunca pensei que meu pai ficaria tão emocionado e feliz."


fonte: Sapo 24 Online - 04.10.2018
ROBERTO CARLOS DE REGRESSO A PORTUGAL
Roberto Carlos está de regresso a Portugal, em 2019, para dois concertos:
a 17 de maio na Altice Arena, em Lisboa,
e a 25 de maio no Multiusos de Gondomar.

Com quase seis décadas de carreira e mais de 125 milhões de álbuns vendidos, o "Rei", como é chamado, é detentor de vários êxitos como “Detalhes”, “As Baleias”, “Mulher de 40”, “O Calhambeque”, “Esse Cara Sou Eu”, entre outros, transversais a várias gerações.
"Estes espetáculos estão inseridos naquela que poderá ser a última tournée europeia do rei da música brasileira", refere a promotora em comunicado.
Os bilhetes para os espetáculos de Lisboa e Gondomar estarão à venda a partir de dia 6 de outubro nos locais habituais.


fonte: Gente - Ig Online - 02.10.2018
APÓS 25 ANOS, ROBERTO CARLOS SOLTA VOZ EM ESPANHOL COM CANÇÕES INÉDITAS
“ Amor Sin Límite ” é mais uma joia na discografia do rei Roberto Carlos,
sendo o primeiro de canções inéditas em espanhol em 25 anos.


"Amor Sin Límite" é o novo álbum de Roberto Carlos, que soma 10 canções inéditas em espanhol após 25 anos. Alejandro Sanz e Jennifer Lopez fazem parte das participações especiais do disco romântico do cantor.
Com um total de dez músicas no idioma, o novo álbum de Roberto Carlos possui quatro novas composições e outras seis que, pela primeira vez, foram gravadas em espanhol e, claro, prometem muito sucesso entre os fãs do cantor romântico.
O álbum produzido pelo CEO e Presidente da Sony Latino Ibérica, Afo Verde, teve seu primeiro single Regreso , lançado no dia 8 de junho, e já é popular entre os fãs do cantor. A canção traz piano e arranjo de cordas. Já o som que mistura violão, percussão, toques de salsa e mambo, que soam como um clássico na terceira faixa do trabalho, Que Yo Te Vea , foi lançado em dezembro passado pelo Rei.
Embora “Amor Sin Límite” seja o primeiro álbum de inéditas em espanhol após 25 anos, Roberto é nome comum na região Latino Ibérica. Por lá ele marcou presença com dois grandes projetos nos últimos anos, além de uma grande turnê em 2016, com um total de 19 shows em países como Argentina, Chile, Colômbia, México e Uruguai.
Além de todo o romantismo típico de Roberto, o novo álbum do Rei também conta com grandes nomes mundiais da música. Alejandro Sanz, por exemplo, participa da segunda faixa do álbum, Esa Mujer , sobre os arranjos de Tim Mitchell e do pianista Pete Wallace.
Já Jennifer Lopez solta voz com Roberto Carlos em Llegaste , canção que mistura o pop e o romântico, que traz os vocais dos artistas se entrelaçando na ponte e refrão. No Brasil, ambas as canções ganharam uma versão em português, Essa Mulher e Chegaste , respectivamente.


fonte: Correio do Povo Online - 02.10.2018
ROBERTO CARLOS RETORNA A PORTO ALEGRE EM DEZEMBRO
Show ocorrerá no Anfiteatro da Arena do Grêmio
e ingressos começam a ser vendidos nesta quarta

Roberto Carlos já tem data para voltar a Porto Alegre: no dia 8 de dezembro, a partir das 21h, o artista se apresenta no Anfiteatro da Arena do Grêmio (Av. Padre Leopoldo Bretano, 110). Os ingressos custam entre R$ 90 e R$ 750 e podem ser adquiridos a partir das 10h desta quarta-feira.
Ídolo da canção latino-americana, Roberto Carlos dispensa apresentações. O artista promete, mais uma vez, encantar o público gaúcho ao lado de sua orquestra e coral. Além dos sucessos que marcam os quase 60 anos de carreira, o show na Capital também deve incluir faixas do recém-lançado "Amor Sin Límite", álbum com canções cantadas em espanhol e participações de artistas como Alejandro Sanz e Jennifer Lopez. "Regresso" é o primeiro single do novo disco, que já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.
Ingressos
Top Class - R$ 750
Setor Azul - R$ 460 (inteira) / R$ 230 (meia)
Setor Amarelo – R$ 290 (inteira) / R$ 145 (meia)
Setor Branco - R$ 220 (inteira) / R$ 110 (meia)
Cadeira Inferior - R$ 200 (inteira) / R$ 100 (meia)
Cadeira Gold - R$ 240 (inteira) / R$120 (meia)
Anel Superior - R$ 90 (inteira) / R$ 45 (meia)
Camarotes - R$ 300 (valor por ingresso e dependendo da capacidade do camarote)
Pontos de venda:
Online
Bilheteria do Shopping Praia de Belas (Avenida Praia de Belas, 1181 - 2º piso, ala sul


fonte: Cidade Verde Online - 01.10.2018
ROBERTO CARLOS LANÇA "AMOR SIN LÍMITE",
SEU PRIMEIRO ÁLBUM INÉDITO EM ESPANHOL DEPOIS DE 25 ANOS

Roberto Carlos, vencedor de quatro Grammy Latinos e um Grammy como melhor cantor latino-americano, lançou seu aguardado álbum “Amor Sin Límite” - o primeiro de inéditas em espanhol em 25 anos. Com mais de 140 milhões de álbuns vendidos, Roberto Carlos é o artista solo brasileiro que mais vendeu discos na história, superando os Beatles e Elvis Presley.
“Amor Sin Límite” foi produzido pelo CEO e Presidente da Sony Latino Ibérica, Afo Verde, e tem dez canções inéditas em espanhol: quatro de nova composição e outras seis que, pela primeira vez, são gravadas em espanhol - com a assinatura inconfundível do maior artista brasileiro de todos os tempos. Junto ao lançamento, o cantor estreou “Que Yo Te Vea”, terceiro single de trabalho que chegou ao Brasil no último dezembro - uma música inédita para a região, que traz violão, percussão, toques de salsa e mambo e que, ainda assim, soa como um clássico.
Além do conteúdo inédito, o novo disco de Roberto Carlos também traz grandes estrelas mundiais. Alejandro Sanz colabora em “Esa Mujer”, segundo single do álbum, em uma canção-diálogo entre os dois artistas, que traz a força das duas vozes e o clima romântico característico das músicas de Roberto Carlos sobre os arranjos e Tim Mitchell e do pianista Pete Wallace. E Jennifer Lopez colabora em “Llegaste”, canção tanto pop, quanto romântica, que traz os vocais dos artistas se entrelaçando na ponte e refrão. No Brasil, as duas canções ganharam versão em português, “Essa Mulher” e “Chegaste”, respectivamente.
“Amor Sin Límite” teve seu primeiro single, “Regreso”, lançado no dia 8 de junho. Já conhecida pelo público, é uma balada inédita sobre piano e arranjo de cordas que contempla a essência de Roberto Carlos.
Mesmo que “Amor Sin Límite” seja o primeiro álbum de inéditas em espanhol depois de 25 anos, Roberto Carlos esteve presente na região Latino Ibérica com dois grandes projetos nos últimos anos e uma grande turnê em 2016, com 19 shows pela Argentina, Chile, Colômbia, México e Uruguai.
Em 2015, quando o artista comemorou o aniversário de 50 anos de sua primeira gravação em espanhol, lançou o álbum “Primera Fila”, gravado em Abbey Roads Studios, que se tornou um sucesso em toda a região Latino Ibérica, alcançando também as marcas de Disco de Ouro no México e Chile e Platina no Brasil.
O ano de 2015 também importante internacionalmente na história de Roberto Carlos, quando o artista recebeu o prêmio Billboard Lifetime Achievement em reconhecimento a sua notável carreira, e ainda foi eleito como Personalidade do Ano 2015 pela Academia Latina de Gravação, onde realizou uma homenagem repleta de artistas em Las Vegas.
Com uma carreira de destaque de mais de 55 anos e vendas superiores a 25 milhões de álbuns somente na região Latino Ibérica, Roberto Carlos leva mais de 500 canções como compositor e continua sendo um dos artistas latinos mais vendidos no mundo, sendo relevante por sua contribuição artística e pessoal, com influência que marcou o desenvolvimento da música latina no mundo. O cantor mais proeminente da música brasileira recebeu diversos prêmios latinos como os 3 do Festival Internacional da Canção de Viña del Mar e outros.
Mais sobre Roberto Carlos desde a década de 1960 até a década de 1990
Roberto Carlos iniciou uma importante revolução musical no Brasil na década de 1960, alcançando o sucesso em um período que coincidia com o movimento juvenil iniciado pelos Beatles, e que estava conquistando o mundo. Ele foi o líder da Jovem Guarda, a qual começou como um programa de televisão com audiência recorde entre os jovens, e se converteu em uma denominação genérica de um estilo musical que foi uma mudança de cara definitiva para música brasileira.
No fim da década 1960, Roberto Carlos mudou seu estilo para se converter no artista romântico de maior sucesso no Brasil, colaborando na composição de algumas das mais belas canções desse estilo, as quais se converteram em clássicos na América Latina, como “Detalhes”, “Jesus Cristo”, “Emoções” e “Como Vai Você”. Ao fim da década de 1970, havia se transformado no músico brasileiro que mais vendeu na história.
Na década de 1980, Roberto Carlos começou a gravar em inglês e francês, já havendo lançado álbuns em espanhol, italiano e português, concedendo-lhe uma sólida carreira internacional, com altas posições nos rankings latinos da Billboard. Em 1986, foi sucesso no Radio City Music Hall de Nova Iorque, e três anos mais tarde, ganhou o primeiro de seus quatro Grammys Latinos, desta vez como Melhor Cantor Pop da América Latina. Na década de 1990, Roberto Carlos se transformou no primeiro artista latino a vender mais discos que os Beatles.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 30.09.2018
ÂNGELA MARIA FICA ENTRONIZADA COMO GRANDE CANTORA POPULAR
QUE DEU VOZ ÁS EMOÇÕES DO BRASILEIRO

A cantora Angela Maria e Roberto Carlos: afinidades entre o 'Rei' e a 'Rainha' da era do rádio
É sintomático que o 48º e último álbum de Angela Maria tenha sido inteiramente dedicado ao cancioneiro de Roberto Carlos – grande admirador, aliás, da voz desta cantora fluminense. Como Roberto Carlos, Angela Maria soube traduzir no canto as emoções do povo brasileiro.
Por isso, ele é o Rei para o público adulto que vem acompanhando a trajetória do cantor. Por isso, ela sai de cena aos 89 anos, mas fica como eterna rainha do canto popular nacional. Reinado que começou na era do rádio, nos anos 1950, e enfrentou declínios de popularidade, sobretudo na década de 1960, mas terminou soberano, vitalício.
A artista nasceu com o nome de Abelim Maria da Cunha (13 de maio de 1929 – 29 de setembro de 2018) e morreu no fim da noite de ontem, em hospital da cidade de São Paulo (SP) como Angela Maria, uma das cantoras mais populares do Brasil em todos os tempos.


fonte: CA Notícias Online - 29.09.2018
ROBERTO CARLOS: "AMOR SIN LÍMITE" É O NOVO ÃLBUM EM ESPANHOL DO CANTOR BRASILEIRO

“Amor Sin Límite” é o novo de originais em espanhol de Roberto Carlos e que conta com a participação de Alejandro Sanz e de Jennifer Lopez.
"Regreso” é uma balada original que soa como um clássico e contempla a essência de Roberto Carlos, serve como single de apresentação de “Amor Sin Límite”.
Roberto Carlos vendeu mais de 125 milhões de discos em todo o mundo na sua consagrada carreira, Roberto Carlos está de regresso com um álbum em espanhol 25 anos depois. “Amor Sin Límites” inclui 4 temas originais e novas regravações em castelhano. Alejandro Sanz no novo single “Esa Mujer” e Jennifer Lopez no tema “Chegaste” são alguns dos convidados e que chegam nesta versão em Português com duas faixas extra também cantadas na língua de Camões.


fonte: G1 Porto Alegre Online - 27.09.2018
ROBERTO CARLOS FARÁ SHOW EM PORTO ALEGRE EM DEZEMBRO
Apresentação vai ocorrer na Arena do Grêmio.
Venda dos ingressos começa no dia 2 de outubro e os valores variam de R$ 90 a R$ 750.


O cantor Roberto Carlos fará show em Porto Alegre no dia 8 de dezembro. A apresentação vai ocorrer na Arena do Grêmio. A venda dos ingressos começa no dia 2 de outubro exclusivamente pelo site. Os valores variam de R$ 90 a R$ 750.
Aos 77 anos, a discografia de Roberto Carlos é extensa: de 1959 a 2018, o músico lançou cerca de 100 álbuns. Ele já esteve outras vezes na capital gaúcha, como em 2016, quando se apresentou no Auditório Araújo Vianna.
Serviço
Data: Sábado, 8 de dezembro, às 21h
Abertura dos portões: 18h
Local: Arena do Grêmio
Valores dos ingressos
· Top Class - R$ 750
· Setor Azul - R$ 460 / meia entrada: R$ 230
· Setor Amarelo – R$ 290 / meia entrada: R$ 145
· Setor Branco - R$ 220 / meia entrada: R$ 110
· Cadeira Inferior - R$ 200 / meia entrada: R$ 100
· Cadeira Gold - R$ 240 / meia entrada: R$120
· Anel Superior - R$ 90 / meia entrada: R$ 45 · Camarotes - R$ 300 (valor por ingresso e dependendo da capacidade do camarote)


fonte: Sistema OP9 Online - 27.09.2018
CINCO ANOS DEPOIS, O REI ROBERTO CARLOS VOLTA A ALAGOAS COM NOVA TURNÊ
Cantor se apresenta ao lado de orquestra e coral no Ginásio do Sesi. Os ingressos ainda estão à venda.

Cinco anos depois, o rei Roberto Carlos volta a Alagoas em sua nova turnê nesta sexta-feira (28). O show vai ser no Ginásio do Sesi, no bairro do Trapiche, em Maceió. Os fãs alagoanos vão poder matar as saudades do cantor e compositor, que se prepara para lançar o 33º álbum da carreira, com músicas inéditas em espanhol.
No concerto, o rei irá apresentar um novo repertório, como a inédita Regresso, primeiro single do novo álbum. E também o recente sucesso Sereia, que conquistou o público como trilha sonora da novela A Força do Querer, exibida no horário nobre da Rede Globo, em 2017. Mas o público alagoano também vai se emocionar com os grandes e antigos sucessos que marcaram os 50 anos de carreira do rei da música popular brasileira. Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral.
O show está marcado para começas às 21h. Os ingressos custam de R$ 60 a R$ 440 e estão disponíveis online e no Maceió Shopping e Mangabeiras, em Maceió, e no Parque Shopping Maceió, em Cruz das Almas.


fonte: Quem Acontece Online - 21.09.2018
RENATO ARAGÃO SE ENCONTRA COM ROBERTO CARLOS: "MEU ETERNO REI"

Renato Aragão posa com Roberto Carlos
Renato Aragão e Roberto Carlos se encontraram e fizeram questão de registrar o momento no Instagram. "O reencontro eu e meu eterno rei e amigo do coração", se derreteu o humorista. Os fãs do eterno Didi se emocionaram. "Ídolos", comentou um. "Muita felicidade em uma só foto!", festejou outro.
Recentemente, Roberto Carlos precisou cancelar um de seus shows em São Paulo por causa de uma forte gripe. O Rei, porém, já se recuperou e se apresenta no Espaço das Américas neste sábado (22).


fonte: Surgiu Online - 17.09.2018
EM NOITE MAIS QUE ESPECIAL, REI ROBERTO CARLOS REALIZA SHOW EM SP COM INGRESSOS ESGOTADOS
Na noite do último sábado (15), grande público e com ingressos esgotados, lotaram a casa de shows Espaço das Américas, situada no bairro da Barra Funda, em São Paulo, onde foram prestigiar o espetáculo musical do Rei Roberto Carlos.
Um dos nomes mais ovacionados por sua voz, carisma, amor e toda a emoção ao cantar suas canções que são consideradas sucessos por todos, o rei realizou a primeira noite entre cinco das apresentações especiais que irá realizar no local, sendo que uma delas será dedicada exclusiva apenas para as mulheres.
Com início às 22 horas, o público foi ao delírio com a entrada do astro cantando “Emoções”, ao vivo e acompanhado de seu maestro e banda, composta por 14 integrantes.
Na platéia entre os milhares de fãs, encontrava-se no gargarejo a cantora Simony, que estava acompanhada de seu marido Patrick Silva, os quais cantaram e vibraram todas as músicas do astro.
Exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira, Roberto Carlos prepara-se para lançar o 33º álbum da carreira, com músicas inéditas em Espanhol, e com previsão para o segundo semestre. “Regresso”, uma balada inédita que soa como um clássico e contempla a essência do rei, é o primeiro single do novo álbum que já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.
No ano de 2017 Roberto conquistou o público com o seu último sucesso “Sereia”, composta especialmente para Ritinha, personagem de Isis Valverde em “A Força do Querer”, novela de Glória Perez, exibida ás 21:00h pela rede Globo.
O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família.
Um dos momentos mais esperados pelos fãs é a tradicional distribuição de rosas, onde na última canção do show, todos se reúnem a beira do palco e carinhosamente o astro beija um botão de rosa que pode ser na cor branca ou vermelha e entrega para algumas poucas sortudas que saem ao delírio por terem recebido tal recordação.





fonte: Piacabuçu News Online - 17.09.2018
ROBERTO CARLOS VOLTA A MACEIÓ E REALIZARÁ UM SHOW INESQUECÍVEL

Artista que dispensa apresentações, o ídolo da canção latino-americana se apresenta no Ginásio do SESI, no bairro do Trapiche, em Maceió, para uma noite inesquecível com seus fãs e admiradores às 21h, do próximo dia 28 de setembro.
Exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira, Roberto Carlos prepara-se para lançar o 33º álbum da carreira com músicas inéditas em espanhol.
Regresso, uma balada inédita que soa como um clássico e contempla a essência de Roberto Carlos, é o primeiro single do novo álbum que já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.
No ano de 2017, Roberto conquistou o público com o seu último sucesso “Sereia”, da novela das 21h da rede Globo “A Força do Querer”, de Glória Perez.
O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família.
Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. A realização é da DC Set Promoções.


fonte: R7 Online - 16.09.2018
ROBERTO CARLOS VOLTA AOS PALCOS DEPOIS DE CANCELAR SHOW
Cantor adiou apresentação da quinta-feira (13) por causa de uma gripe,
mas retomou a agenda neste sábado (15), em São Paulo

O cantor Roberto Carlos voltou aos palcos neste sábado (15), em São Paulo, depois de adiar a apresentação de quinta-feira (13)


fonte: RD1 Online - 16.09.2018
ROBERTO CARLOS E BONINHO SE REÚNEM PARA DEFINIR ESPECIAL DE NATAL
Roberto Carlos em seu especial de 2017; tradição será mantida este ano

O tradicional especial de Roberto Carlos, como não poderia deixar de ser, está garantindo na programação de fim de ano na Globo. Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, o diretor artístico Boninho e sua equipe já discutem o formato do programa deste 2018 com o “Rei”.
O “Roberto Carlos Especial” está no ar há 44 anos. Só deixou de ser exibido em 1999, quando o cantor se dedicou exclusivamente à esposa Maria Rita; ela faleceu em 19 de dezembro, acometida por um câncer na região pélvica.
Em todo este tempo, o “Rei” surpreendeu o público com apresentações inusitadas, como vestido de Charles Chaplin em 1982, conduzindo um caminhão em 1984 ou entrevistando celebridades como Lima Duarte e Regina Duarte em 1985 – os dois eram astros de “Roque Santeiro”, novela das 20h – e Ayrton Senna, em 1988.
Nos últimos anos, o espetáculo se concentrou em números musicais, com contratados da Globo na plateia. Em 2010, o show foi ao vivo e aberto ao público, na Praia de Copacabana, reunindo milhares de pessoas.


fonte: Line Rockers Online - 11.09.2018
ROBERTO CARLOS VOLTA AO ESPAÇO DAS AMÉRICAS PARA MEGA NOITE
A voz, o carisma, o amor e toda a emoção do rei em cinco noites: 13, 15, 16, 20 e 23 de setembro


Artista que dispensa apresentações, Roberto Carlos – ídolo da canção latino-americana – está de volta ao Espaço das Américas nos dias 13, 15, 16, 20 e 23 de setembro para mais uma noite especial! Exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira, Roberto Carlos prepara-se para lançar o 33º álbum da carreira, com músicas inéditas em Espanhol, e com previsão para o segundo semestre. “Regresso”, uma balada inédita que soa como um clássico e contempla a essência do rei, é o primeiro single do novo álbum que já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.
No ano de 2017 Roberto conquistou o público com o seu último sucesso “Sereia”, composta especialmente para Ritinha, personagem de Isis Valverde em “A Força do Querer”, novela de Glória Perez, exibida ás 21:00h pela rede Globo.
O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família.
Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. A realização é da DC Set Promoções.
Os ingressos já estão disponíveis. Para efetuar a compra, basta ir pessoalmente às bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou acessar o site My Ticket.
Os preços vão de: Setor TOP CLASS – Área Vip com mesas: R$ 780,00 – não possui meia entrada | Setor Azul – Mesas de 4 lugares: R$ 560,00 inteira – R$ 280,00 meia entrada | Setor Amarelo – fileiras C, D e E mesas de 4 lugares: R$ 420,00 inteira – R$ 210,00 meia entrada |Setor verde – fileiras F, G, H e I – Cadeira teatro: R$ 260 inteira – R$ 130,00 meia entrada | Setor branco – fileiras J, K e L – Cadeira teatro: R$ 160,00 inteira – R$ 80,00 meia entrada.
Serviço – Roberto Carlos | Espaço das Américas
Show: Roberto Carlos
• 13 de setembro de 2018 (quinta): 19h30 – Abertura da casa | 21h30 – Início do show
• 15 de setembro de 2018 (sábado): 19h30 – Abertura da casa | 21h30 – Início do show
• 16 de setembro de 2018 (domingo): 18h00 – Abertura da casa | 20h00 – Início do show
• 20 de setembro de 2018 (quinta): 19h30 – Abertura da casa | 21h30 – Início do show
• 23 de setembro de 2018 (domingo): 15h30 – Abertura da casa | 17h00 – Início do show (SÓ PARA MULHERES)
Censura: 16 anos
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: sim
Ingressos: Setor TOP CLASS – Área Vip com mesas: R$ 780,00 – não possui meia entrada | Setor Azul – Mesas de 4 lugares: R$ 560,00 inteira – R$ 280,00 meia entrada | Setor Amarelo – fileiras C, D e E mesas de 4 lugares: R$ 420,00 inteira – R$ 210,00 meia entrada | Setor verde – fileiras F, G, H e I – Cadeira teatro: R$ 260 inteira – R$ 130,00 meia entrada | Setor branco – fileiras J, K e L – Cadeira teatro: R$ 160,00 inteira – R$ 80,00 meia entrada Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site My Ticket (https://goo.gl/8u9FAP )
Capacidade da casa para este evento nos dias 13 a 20/09: 3.507
Capacidade da casa para este evento no dia 23/09: 3.949
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.


fonte: Painel Notícias Online - 10.09.2018
ROBERTO CARLOS VEM A MACEIÓ PARA APRESENTAÇÃO ÚNICA NO GINÁSIO DO SESI

Em boa forma
Depois de cinco anos, Roberto Carlos volta à Maceió para apresentação única no ginásio do SESI, no próximo dia 28. Aos 77 anos, o “Rei” demonstra estar em boa forma . Chegará a capital de Alagoas após uma maratona de shows em São Paulo. Após a apresentação em Aracajú (dia 29), RC segue para o México onde fará mais oito shows.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 01.09.2018
ROBERTO CARLOS INCLUI DUETO EM PORTUGUÊS COM ALEJANDRO SANZ
COMO BÔNUS DA EDIÇÃO BRASILEIRA DE ÁLGUM EM ESPANHOL

Lançado em single em 20 de julho, o dueto de Roberto Carlos com o cantor espanhol Alejandro Sanz na música Esa mujer – composta originalmente em castelhano pela porto-riquenha Kany García para o inédito encontro em estúdio dos dois astros latinos – também foi gravado em português.
A versão em português do dueto, intitulada Essa mulher, é uma das duas faixas-bônus da edição brasileira de Amor sin límite, álbum em espanhol que o cantor brasileiro lança em 28 de setembro no mercado fonográfico de língua hispânica.
A outra música-bônus da edição nacional do disco é Chegaste, a já conhecida versão em português do dueto gravado por Roberto com a cantora norte-americana Jennifer Lopez na música também originalmente intitulada Chegaste e também composta por Kany García, tendo sido lançada em dezembro de 2016.
Também programada para 28 de setembro pela gravadora Sony Music, a edição brasileira do álbum Amor sin límite totaliza 12 faixas. Presidente do braço latino-ibérico da companhia fonográfica, Afo Verde é o produtor do disco gravado no Brasil por Roberto desde 2016.

Roberto Carlos canta 'Essa mulher' com Alejandro Sanz na edição nacional do álbum 'Amor sin límite'
Na edição internacional, o repertório é formado por quatro músicas em espanhol compostas para o disco – com destaque para Regreso, balada feita no estilo das clássicas canções de amor do Roberto, no lote que inclui Que yo te vea (José Abraham) – e por seis versões em espanhol de músicas compostas em português por Roberto (sendo quatro em parceria com Erasmo Carlos) e já previamente gravadas nos discos feitos pelo cantor para o Brasil.
Amor sem limite (Roberto Carlos, 2000), Comandante do seu coração(Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1996), Luz divina (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1991), Mulher de 40 (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1996), Quando digo que te amo (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1996) e Pra sempre (Roberto Carlos, 2003) são as seis músicas vertidas para o espanhol com os respectivos títulos de Amor sin límite, Comandante de tu corazón, Luz divina, Mujer de 40, Cuando digo que te amo e Por siempre.


fonte: Quem Acontece Online - 27.08.2018
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW ROMÂNTICO E CHEIO DE SENSO DE HUMOR EM SP
Cantor fez duas apresentações no Credicard Hall, em São Paulo, no fim de semana




Roberto Carlos voltou ao palcos de São Paulo nessa sexta-feira (24) e sábado (25) com shows no Credicard Hall e provou que só melhora com o tempo. "Quero dizer uma coisa para vocês. Que prazer estar aqui!", disse ele, todo de azul com camiseta branca, arrancando gritos da plateia feminina: "Lindo", "casa comigo", "te amo, Bebeto".
"Obrigada pelo carinho e coisas lindas que recebo de vocês desde que nasci. E faz tempo, não precisam me falar. Eu poderia falar muita coisas aqui, mas meu negócio é, entre outras coisas, cantar", brincou ele, fazendo todos rirem.
O senso de humor de Roberto Carlos é notável e ele faz piada até com o TOC, transtorno obsessivo compulsivo que ele sofre há muitos anos. Além de usar apenas as cores azul e branco, ele por muitos anos não disse certas palavras, como "inferno", e nem se apresentou no dia 13. Desde o fim de 2016, ele voltou a cantar o hit Quero que vá tudo pro Inferno: "E não é que a terapia deu certo!?", brincou. Roberto Carlos ainda tem um show marcado para 13 de setembro esse ano, no Espaço das Américas, provando que melhorou bastante do TOC.
Ao cantar Lady Laura, em homenagem à sua mãe, Laura Moreira Braga, que morreu em abril de 2010, Roberto Carlos emocionou a todos ao dizer: "Essa música eu canto sem felicidade alguma, mas com muito amor. Porque o amor só aumenta".
O ícone da música colocou duas canções novas em seu setlist: Chegaste, dueto com Jennifer Lopez, e Sereia, trilha da novela A Força do Querer. "Ano passado foi um ano de muitas alegrias. Primeiro esse dueto com Jennifer Lopez, ou JLo, para os íntimos, depois o convite da Glória Perez para fazer uma canção para a novela das 9h. Eu nunca tinha feito uma canção encomendada. Quando perguntei quem era a sereia e ela disse Isis Valverde, a música estava pronta em 5 dias. JLo e Isis Valverde no mesmo ano... imagina como ficou a minha cabeça", riu.
Acompanhado de orquestra e backing vocals, Roberto Carlos fez questão de agradecer e elogiar os músicos que estão com ele desde o início da carreira. "Esse é um dos três melhores do mundo", repetia ao apresentá-los. Para encerrar, cantou em coro com a plateia Como É Grande o Meu Amor por Você e terminou a noite mágica com Jesus Cristo, distribuindo suas famosas rosas à plateia.

Confira o set list do show:
Emoções
Como Vai Você
Além do Horizonte
Ilegal, Imoral ou Engorda
Detalhes
Desabafo
Outra Vez
Lady Laura
Nossa Senhora
O Calhambeque
Quero que vá tudo pro inferno
Olha
Sua estupidez
Mulher Pequena
Chegaste
Sereia
Se Você Pensa
Esse cara sou eu
Como É Grande o Meu Amor por Você
Jesus Cristo






fonte: Blog Mauro Ferreira - 25.08.2018
ROBERTO CARLOS QUER COMANDAR CORAÇÕES LATINOS COM ÃLBUM EM ESPANHOL
QUE LANÇA EM SETEMBRO COM 10 MÚSICAS


Roberto Carlos decidiu dar nova chance a uma das músicas menos conhecidas da obra que ergueu em parceria com Erasmo Carlos desde 1964.
Apresentada por Roberto no álbum que lançou no Brasil em 1996, Comandante do seu coração ganha versão em espanhol, Comandante de tu corazón, gravada pelo cantor no álbum Amor sin límite, cantado inteiramente em espanhol e programado para ser lançado em 28 de setembro no mercado latino dos países de língua hispânica.
Em Amor sin límite, disco que também sai no Brasil, Roberto canta versões em espanhol de outras duas músicas lançadas no álbum brasileiro de 1996, Mulher de 40 (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) e Quando digo que te amo (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), que viraram Mujer de 40 e Cuando digo que te amo nas traduções literais dos títulos.
Produzido por Afo Verde, um dos comandantes do braço latino-ibérico da gravadora Sony Music, o álbum Amor sin límite reúne dez músicas. A composição-título é a versão em espanhol da canção romântica de autoria somente de Roberto que deu nome ao álbum editado pelo artista no Brasil em 2000, Amor sem limite.
Já Esa mujer é a composição de autoria da porto-riquenha Kany García gravada por Roberto em dueto com o cantor espanhol Alejandro Sanz e lançada previamente em single em 20 de julho, sucedendo os singlesanteriores Llegaste (lançado ainda em 2016 com a gravação da balada da compositora Kany García em dueto de Roberto com Jennifer Lopez), Que yo te vea (editado em dezembro de 2017 com a música que abre o álbum) e Regreso (lançado em 8 de junho deste ano de 2018 com bela balada que reproduz o estilo das clássicas canções românticas de Roberto).
Essas quatro músicas já lançadas em singles são as inéditas gravadas por Roberto no álbum Amor sin límite. As outras seis são composições da obra em português de Roberto vertidas para o espanhol, casos de Luz divina (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1991) e de Pra sempre (Roberto Carlos, 2003), apresentadas em Amor sin límite como Luz divina e Por siempre.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Góis) - 25.08.2018
DETALHES TÃO PEQUENOS
Além da narração em off na voz de Roberto Carlos, o filme sobre o Rei, dirigido por Breno Silveira, terá gravações especiais com ele cantando várias canções. O longa, que vai até o fim da Jovem Guarda e o início da carreira solo do cantor – espécie de Frank Sinatra brasileiro –, deve terminar com a cortina do finado Canecão abrindo para um show do RC em 1970.


fonte: Extra Online - 23.08.2018
DUDU BRAGA FAZ O PAI ROBERTO CARLOS VOLTAR AOS VELHOS TEMPOS
EM DVD DA BANDA RC NA VEIA



Naiara AndradeTamanho do textoA A AComo deixar clássicos de Roberto Carlos com cara de novidade? Afastar-se daqueles acordes românticos e apostar numa pegada mais rock and roll seria a grande sacada, pensou e arriscou Dudu Braga. O resultado dessa reviravolta musical está no CD e DVD “RC na Veia”, o primeiro da banda homônima, que tem o primogênito do Rei como seu baterista.
— Eu queria fazer uma “releitura virgem” da obra do meu pai. E convidei músicos que não fossem muito chegados a ele, para não serem influenciados pelo próprio — explica Dudu, que convocou Digão, da banda Raimundos; Toni Garrido, do Cidade Negra; Rogério Flausino, do Jota Quest; e Andreas Kisser, do Sepultura, para a gravação do show, na Casa Natura Musical, em São Paulo.
A maior atração daquela noite de 9 de outubro de 2017, no entanto, ficou guardada para o fim. Vestido a caráter — calça jeans e colete de couro —, Roberto Carlos voltou aos tempos de Jovem Guarda ao dar o ar de sua graça no palco.
— Convidar meu pai para participar do DVD foi uma merda pra mim, num português bem claro. Eu fiquei num conflito! Queria muito que ele topasse, mas não por eu ser filho dele, e sim pela questão profissional em si. Temos um respeito mútuo, e eu não pretendia colocá-lo numa situação constrangedora, de não poder me dizer “não” — lembra Dudu: — Quando liguei para fazer o convite, disse que ele podia ficar absolutamente à vontade para negar, porque eu, mais do que ninguém, sei o quanto ele preza por sua carreira e suas escolhas.
O paizão não só topou na hora (“Vambora, mas qual é a música?”, respondeu, curioso) como não se mostrou nem um pouco invasivo:
— Achei que ele fosse dar muito palpite, porque ambos somos palpiteiros natos. Mas não mexeu em absolutamente nada. Expliquei que a sonoridade era bem diferente da que ele estava acostumado, queríamos baixo, bateria e guitarra, rock raiz — conta o músico: — A verdade é que meu pai é roqueiro, né? Quem já foi nunca deixa de ser. É claro que a gente não vai ver Roberto Carlos cantando com aquela voz gutural dos vocalistas de heavy metal, mas se deixar ele brinca direitinho.
Não deu outra: o Rei se mostrou super à vontade diante da plateia, composta tanto por senhorinhas, fãs suas de longa data, quanto por garotões.
— Quando o vi ali, curtindo adoidado, pensei: “É nós!” — comemora Dudu, orgulhoso do feito: — Além de uma banda inclusiva (por ter um deficiente visual como baterista), a RC na Veia quebra paradigmas: colocamos as românticas para ouvirem rock e os roqueiros para curtirem Roberto Carlos.
Momento emotivo no repertório
Em setembro, os cariocas vão poder conferir, em quatro shows (nos dias 6, 7, 13 e 14) no Teatro XP Investimentos, na Gávea, o repertório da RC na Veia, pela primeira vez no Rio. “Esse cara sou eu” ganhou roupagem punk rock; “Além do horizonte” e “Não vou ficar”, distorções de guitarra em alto e bom som; “Lobo mau” e “Ciúme de você”, uma pegada soul-funk. “As curvas da Estrada de Santos”, “Quando”, “Eu sou terrível”, “Splish, splash”, “Ilegal, imoral ou engorda”, “Você não serve pra mim”, “Parei na contramão” e “É proibido fumar” também estão com arranjos ainda mais vigorosos.
— Ao ouvir tudo, meu pai me falou: “Eu não lembrava que tinha feito tanto rock ‘n’ roll na vida” — acha graça Dudu, de 49 anos.
Uma canção em especial não poderia ficar fora do DVD: “As flores do jardim da nossa casa”, feita por Roberto Carlos quando Dudu tinha poucos dias de vida.
— As tais flores, na verdade, não eram do jardim lá de casa, mas do hospital na Holanda onde eu fui operado com 15 dias de nascido. Essa música foi uma escolha emocional. É tão importante, tão significativa pra mim! No início, quando eu a tocava, era uma baquetada e um lenço de papel para enxugar o choro. Do repertório do RC, é a que mais me emociona, ao lado de “Nossa Senhora”. Mas esta não tem como fazer na versão metal, né? — brinca o músico, sempre bem-humorado.
Mesmo quando o assunto é sua deficiência visual, Dudu demonstra leveza.
— Não quero voltar a enxergar, senão perco o emprego, deixa do jeito que está! — brinca ele, emendando: — Passei por 14 cirurgias. Depois dos 23 anos, a cegueira não teve mais jeito, a retina descolou. Teve um momento de dor, de achar que tudo estava perdido, mas hoje isso não é mais um problemão. Eu rio, conto piada de cego mesmo. Se me impedem, digo que é censura (risos).


fonte: Isto é dinheiro Online - 17.08.2018
O REI ESTÁ DE VOLTA
Fundada em 2011, a Incorporadora Emoções, a empresa do ramo imobiliário do rei Roberto Carlos em sociedade com Ubirajara Guimarães, Dody Sirena e Jaime Sirena, lançou um prédio atrás do outro até 2014. “Quando a crise começou, em 2015, paramos com os lançamentos por prudência”, diz Jaime Sirena, sócio da empresa. Mas, agora, o rei voltou. Depois de lançar um residencial em Goiânia, em maio deste ano, com um Valor Geral de Vendas de R$ 190 milhões, a incorporadora vai pôr no mercado dois novos empreendimentos no início de 2019: um prédio residencial na Vila Madalena e outro na Vila Nova Conceição, ambos em São Paulo. Cada um terá um VGV de R$ 140 milhões.


fonte: GPS Online - 13.08.2018
JANTAR DE REI: A PEDIDA DE ROBERTO CARLOS EM BRASÍLIA


O rei Roberto Carlos desembarcou em Brasília para show no último sábado, 11. Hospedado no Meliá Brasil 21, o cantor aproveitou a estadia na capital para caprichar no quesito gastrô. PS descobriu que ele encomendou um jantar do Tejo Restaurante, preparado especialmente por Manuelzinho Pires. O rei já era cliente do chef há décadas, no Rio de Janeiro e, desta vez, pediu seu prato preferido: bacalhau à lagareiro, sem alho. De sobremesa, sericaia e o rocambole de laranja.


fonte: Correio Braziliense - 11.08.2018
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA NESTE SÁBADO NO ESTÁCIO MANÉ GARRINCHA
Roberto faz o espetáculo da turnê de 2018, iniciada em São Paulo,
no primeiro semestre, acompanhado por orquestra de 15 músicos,
sob a batuta do amigo e maestro Eduardo Lages

IR
A relação do Rei com Brasília vem de muito tempo. Ele comandava o programa Jovem Guarda, na TV Record, na primeira metade da década de 1960, quando cantou pela primeira vez aqui, no inacabado Teatro Nacional.
Inquestionavelmente o maior ídolo da música popular brasileira, Roberto Carlos está longe dos palcos da cidade há três anos. O último show do cantor por aqui foi em 26 de setembro de 2015, no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Neste sábado (11/8), às 21h, ele se reencontra com os fãs brasilienses ao se apresentar em anfiteatro montado no Estádio Nacional Mané Garrincha.
A relação do Rei com Brasília vem de muito tempo. Ele comandava o programa Jovem Guarda, na TV Record, na primeira metade da década de 1960, quando cantou pela primeira vez aqui, no inacabado Teatro Nacional. Depois voltaria várias vezes e, na grande maioria delas, ocupou o Ginásio Nilson Nelson. Mas, foi na Esplanada dos Ministérios, em abril de 1981, que reuniu o maior público, quando comemorou 40 anos com 200 mil pessoas.
Na noite de hoje, Roberto faz o espetáculo da turnê de 2018, iniciada em São Paulo, no primeiro semestre. Acompanhado por orquestra de 15 músicos, sob a batuta do amigo e maestro Eduardo Lages (leia entrevista abaixo), interpreta canções que são emblemáticas em sua obra, entre as quais Como é grande o meu amor por você, Como vai você, Detalhes, Esse cara sou eu, Jesus Cristo, Outra vez, Proposta e, obviamente, Emoções.
Embora, hoje em dia, o número maior de fãs de Roberto esteja em faixas etárias a partir dos 40 anos, há também entre jovens quem curta o romantismo das canções do cantor e compositor capixaba, nascido em Cachoeiro do Itapemirim. São pessoas que costumam ouvi-las por meio de serviços de streaming.

Francisco Martins Fernandes: fã desde os tempos em que morava no Ceará
Felipe Jordan de Almeida, de 29 anos, é um deles. “Ouço as músicas do Roberto desde a adolescência. Antes em CDs, mas atualmente pelo Spotify. Ele, que ainda nunca havia assistido a um show do ídolo, irá hoje ao Mané Garrincha, na companhia da avó Maria de Lourdes Ferreira, de 81 anos.
“Recentemente, entrei para o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, com o dinheiro do meu primeiro salário comprei os ingressos e vou para assistir ao show com a minha avó”, comemora Felipe. Foi o presente de aniversário dela, que é fã do Roberto desde sempre. Somos de diferentes gerações, mas gostamos de música de qualidade”.O pianista, compositor e arranjador Eduardo Lages venceu vários festivais, dirigiu programas musicais da Rede Globo e trabalhou com artistas consagrados como Cauby Peixoto, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Ângela Maria, Alcione, Daniela Mercury. Mas foi como maestro da orquestra que acompanha Roberto Carlos que esse fluminense de Niterói se tornou conhecido nacional e internacionalmente. A parceria entre Roberto e Lages em estúdios e no palco dura 40 anos. O músico é ouvido pelo cantor na concepção dos arranjos para as canções que grava nos discos e interpreta nos shows.
Carioca, pensionista do Banco Central, moradora do Sudoeste, Dona Lourdes — como é mais conhecida —, lembra que costumava assistir aos shows de Roberto Carlos no Canecão (Rio de Janeiro). “Certa vez, consegui pegar uma das rosas que ele distribui ao final das apresentações. Guardei esta rosa, que já está seca, dentro de uma revista, com o autógrafo de Roberto. Quem conseguiu o autógrafo foi meu filho, Júlio Cesar, ao se deparar com meu ídolo no aeroporto, acrescenta. “Já fui ver o Roberto algumas vezes no Ginásio de Esportes, agora vou revê-lo, no estádio, com meu neto querido”, comemora.
Criança
Quem está igualmente “felicíssima” com a possibilidade de estar pela primeira vez frente a frente com o Rei é a enfermeira brasiliense Nathália Portela, 26 anos, residente em Ceilândia. “Desde criança ouço o Roberto, pois meus pais colecionam LPs, CDs e DVDs dele, além dos filmes. Finalmente vou poder ouvi-lo cantar ao vivo, pois meu pai, Carlos Antônio, 57 anos, comprou ingressos para o show no Mané Garricha”, diz. “Não vejo a hora de ouvir aquela voz belíssima, interpretando Como é grande o meu amor por você”, destaca.
O representante comercial Francisco Martins Fernandes, 61 anos, cearense que mora em Valparaíso, é outro “estreante” em show do Rei. “Minha preferência pelas músicas do Roberto vem desde a juventude, quando morava no sítio de Tipi, em Aurora, no interior do Ceará. Costumava escutá-las no rádio dos vizinhos”, recorda-se. “Sei cantar umas 100 músicas do Roberto. Tenho certeza de que todas as que estiverem no repertório do show eu conheço. A minha preferida é Detalhes”, afirma. Francisco deixa claro que é grande a expectativa de ver e ouvir o artista ao vivo. Ele estará no estádio na companhia da mulher, Francisca.
Entrevista com Eduardo Lages
O pianista, compositor e arranjador Eduardo Lages venceu vários festivais, dirigiu programas musicais da Rede Globo e trabalhou com artistas consagrados como Cauby Peixoto, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Ângela Maria, Alcione, Daniela Mercury. Mas foi como maestro da orquestra que acompanha Roberto Carlos que esse fluminense de Niterói se tornou conhecido nacional e internacionalmente. A parceria entre Roberto e Lages em estúdios e no palco dura 40 anos. O músico é ouvido pelo cantor na concepção dos arranjos para as canções que grava nos discos e interpreta nos shows.
Quando e em que circunstância se aproximou de Roberto Carlos?
Nas décadas de 1960 e 1970, era ligado à MPB. Participei do Movimento Artístico Universitário (MAU) e de vários festivais, e fui premiado em alguns. No Festival Internacional da Canção, de 1971, me classifiquei em 4º lugar com Razão de paz para não cantar, que compus em parceria com Alézio Barros, defendida por Cláudia. Posteriormente, fui por 10 anos diretor musical e arranjador de programas da Rede Globo, como Globo de Ouro, do qual Roberto tomava parte assiduamente. Foi lá que nos aproximamos.
O convite para trabalhar com o Rei foi feito nessa época?
Sim. Nos encontrávamos com frequência e, certo dia, Roberto me disse que pretendia ser acompanhado por uma orquestra, à qual incorporaria músicos do seu conjunto, o RC7. Como gostava do meu trabalho na TV Globo, me convidou para ser o maestro. A minha estreia foi em 1978, num show que ele fez no Canecão — numa temporada de seis meses, com apresentações, sempre lotadas, de quarta-feira a sábado, quando tinham duas sessões.
A convivência com o cantor nos ensaios, em shows e nas turnês foi determinante para vocês se tornarem amigos?
Com certeza. Naquele período, o Roberto fazia 120 shows por ano, no Brasil e no exterior. Como vivíamos muito tempo juntos, nas frequentes viagens, passei a ficar sabendo dos anseios e das expectativas dele, com quem sempre tive ótima convivência. O surgimento da amizade foi algo natural. Além de amigos, somos compadres, pois ele é padrinho da minha filha Christine Lages, que é jornalista. Antes de começar a gravar meus discos, conversamos sobre o assunto e recebi apoio dele. Os dois primeiros CDs tiveram como títulos Emoções e Proposta e só gravei músicas do Roberto e do Erasmo Carlos.
O roteiro dos shows do Roberto é formado por músicas que vêm sendo cantadas ao longo dos anos. Por que ele evita fazer mudanças?
Roberto tem 100 grandes sucessos e 10 clássicos. Como o repertório é composto de 17 canções, ele opta por agradar aos fãs que querem ouvi-las sempre. Geralmente, uma ou duas músicas novas se juntam às 15 consagradas, entre elas Detalhes, Proposta, Outra vez, Como é grande o meu amor por você, Jesus Cristo e claro, Emoções.
Qual é sensação de dividir o palco com o maior ídolo da música brasileira?
Antes do Roberto surgir em cena, a orquestra, sob a minha regência, toca um pot-pourri de sucessos e a reação da plateia é de muito entusiasmo. Aí fico pensando, que bom que eu estou aqui.


fonte: Jornal de Brasília Online - 10.08.2018
ROBERTO CARLOS DESEMBARCA NA CAPITAL NESTE FIM DE SEMANA
Show inaugura anfiteatro do Estádio Mané Garrincha

A calça azul acompanha uma camiseta branca, apoio para a estampa especial, uma foto de um dos encontros com o ídolo. E assim, a roupa adianta: Márcia Fernandes é fã fervorosa de Roberto Carlos. O sorriso é semblante da professora aposentada, que aos 70 anos acumula, além de carinho singular, uma coleção de objetos e lembranças de uma paixão que já dura mais de 50 anos.
Foi em sua cidade natal, Patos de Minas (MG), que, aos 12, Márcia ouviu pela primeira vez o nome que marcaria sua vida. “Vizinhas me perguntaram: ‘você viu o cantor novo, lindo, que saiu agora?’ Escutei e não deu outra. Foi neste momento que a gente se apaixonou”, relata. Na época, pôsters vendidos em revistas recheavam o quarto da então adolescente, pronunciando seu futuro. Em 1972, a fã se mudou para Brasília, após passar no concurso da Fundação Educacional.
Cinco anos depois, outra conexão seria formada com o Rei, desta vez por Eduardo Lages, em solo carioca. Trabalhando como maestro na TV Globo, um convite mudou o rumo de sua vida. “Fiquei surpreso porque não era minha linha de música. Nao era minha ‘tchurma’”, brinca o músico que acompanha o cantor em seus shows, em entrevista ao JBr.
Subindo ao palco do anfiteatro do Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental), amanhã, a partir das 21h, Roberto Carlos – que soma quase 60 anos de carreira e 77 de vida – interpreta os clássicos Como é Grande o Meu Amor Por Você, Como Vai Você, Esse Cara Sou Eu, entre outros.
A parceria entre Lages e o Rei já completa quatro décadas. Marcada pela amizade, a colaboração entre o maestro e o cantor chega a 3 mil shows. “Nunca pensei em me afastar, sempre me empenhei muito e doei muito do meu tempo. Me sinto muito feliz de ser maestro do Rei. Somos todos muitos amigos, como uma família”, destaca.
Enquanto o maestro está no palco, ao lado de Roberto, a fã Márcia, quase sempre, pode ser encontrada na primeira fileira da plateia. Aliás, foi em um show, na Festa do Milho, em sua cidade natal, que a mineira se apaixonou de vez pelo cantor capixaba. De lá para cá, a fã garante que vai aos shows sempre que pode, e que já perdeu as contas de quantas vezes o viu cantar. “Já devo ter ido, por alto, em mais de 50 shows, mas acho que foi muito mais”, calcula.
Tiete internacional
E a aposentada não se limita a acompanhar o ídolo somente na capital. São Paulo, Uberlândia, Cabo Frio e Salvador são só algumas das cidades por onde ela já passou para assistir ao Rei. “Fui, agora, para Belém do Pará, no aniversário dele. Entrei no camarim e ganhei bolo, o bolo do Rei”. Até em solo estrangeiro a fã já pisou para assistir ao seu ídolo. Além das já visitadas Las Vegas e Portugal, Chile está na lista da eterna tiete, que em outubro viaja para país vizinho para ver Roberto.
Em 2019, Emoções em Alto Mar também está no roteiro de Márcia, que já participou do cruzeiro 13 vezes. “Eu nem almoço direito. Quando entro (no navio), corro para o terceiro andar, para ver ele chegar, o que acontece por volta das 16h”.
Para o show de amanhã, na capital, ainda não é sabido se o clássico Emoções continuará como protagonista da abertura dos shows do artista. Música preferida de Márcia, que garante: a composição faz jus ao título. É provável que outra das muitas tradições do Rei não mude: a entrega de rosas ao final das apresentações. “Ele nunca deixou de me dar uma (rosa). Como sou baixinha, muita gente quer tomar a rosa da gente”, explica. Acumulando 58 ramos, a fã as guarda juntamente com sua coleção.
Aos domingos, a maior companhia da fiel admiradora são as apresentações do cantor, que embalam a casa por meio de seus DVDs. Entre discos de vinil, CDs, camisetas, quadros, calendários e muito mais, Márcia aponta o livro de colecionador como um dos itens mais especiais.
Serviço
Roberto Carlos em Brasília
Amanhã, a partir das 21h. No Anfiteatro do Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental). Abertura dos portões: 18h. Ingressos entre R$ 40 e R$ 900. Informações: 3248-5221. Não recomendado para menores de 16 anos.


fonte: O Globo - 25.07.2018
A VOLTA DO REI
Roberto Carlos aceitou o convite da Beija-Flor para voltar à Sapucaí em 2019, no desfile que relembrará apresentações históricas da agremiação.O Rei foi tema em 2011, quando a escola foi campeã.


fonte: Finíssimo Online - 24.07.2018
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW NO ESTÁDIO MANÉ GARRINCHA

Roberto Carlos está de volta a Brasília no dia 11 de agosto, no Anfiteatro do Estádio Nacional Mané Garrincha. O cantor desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road. E, ano passado fez cinco apresentações lotadas em Portugal.
O show, que terá palco no centro do gramado, contará com diversas modalidades de ingressos, incluindo o espaço Top Class – uma área limitada na lateral do palco com entrada exclusiva, estacionamento privativo e serviços especiais de bebidas e buffet.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 20.07.2018
ROBERTO CARLOS TRAVA DIÁLOGO SEM EMOÇÃO COM ALEJANDRO SANZ NO SINGLE 'ESA MUJER'

Roberto Carlos lança hoje o segundo single oficial do 33º álbum em espanhol desse cantor e compositor brasileiro de atuais 77 anos. Com capa que repete o padrão gráfico da arte do singleanterior que revelou em 8 de junho a bonita balada Regreso, canção de estilo tradicional à moda do Rei, o single com a canção Esa mujer apresenta o primeiro dueto de Roberto com Alejandro Sanz.
Para quem não liga o nome à música, Sanz é o cantor espanhol que faz 50 anos em dezembro e que ganhou projeção no Brasil há 20 anos com o sucesso da música autoral Corazón partío (1997) na trilha sonora da novela Torre de Babel (TV Globo, 1998).

Capa do single 'Esa mujer', de Roberto Carlos com Alejandro Sanz
Música inédita, composta pela porto-riquenha Kany García especialmente para o dueto dos cantores, Esa mujer tem letra que versa sobre um papo de amigos. Na canção, Roberto encarna desiludido homem abandonado pela mulher amada e consolado pelo amigo a que Sanz dá voz na parte que lhe cabe nos versos da letra escrita inteiramente em espanhol.
Contudo, falta emoção no diálogo. Talvez por conta do arranjo de Pete Wallace (pianista, compositor e produtor musical) e de Tim Mitchell (guitarrista e também compositor e produtor musical). Esa mujerbalança, mas não cai no suingue. Mesmo assim, o arranjo contrasta com o tom da letra.
Estratégico, o encontro dos dois astros latinos de diferentes gerações na gravação de Esa mujer tem como missão ampliar o público de Roberto Carlos no mercado fonográfico latino formado por países de língua hispânica.
Nas plataformas digitais do Brasil e do exterior a partir desta sexta-feira, 20 de julho, o single Esa mujer precede o lançamento – programado para setembro deste ano de 2018 pela gravadora Sony Music – do álbum Amor sin límite.
Batizado com o nome da versão em espanhol de Amor sem limite(Roberto Carlos, 2000), canção romântica que deu nome ao álbum editado por Roberto Carlos no Brasil em 2000, o álbum Amor sin límitetem produção assinada por Afo Verde, presidente do conselho diretor da Sony Music latino-ibérica.
O repertório do álbum Amor sin límite é formado por dez músicas gravadas por Roberto em espanhol. Quatro, como Regreso e Esa mujer, são inéditas. As outras seis são versões em espanhol de músicas já pré-existentes do cantor e compositor, mas nunca editadas no mercado hispânico.


fonte: Extra Online - 19.07.2018
ROBERTO CARLOS REVELA NOME DE MÚSICA EM ESPANHOL COM ALEJANDRO SANZ

Prestes a lançar um novo CD em espanhol, Roberto Carlos convidou Alejandro Sanz para dividir os vocais de uma nova música: “Esa mujer”, que chega às plataformas digitais a partir desta sexta, dia 20.
Como o colunista Lauro Jardim, de O Globo, adiantou, Roberto Carlos vai lançar um CD em espanhol com quatro canções inéditas, inclusive no Brasil, e cinco versões de músicas ainda não lançadas em espanhol.
A música “Regresso”, lançada em junho deste ano, foi a primeira do novo trabalho. Roberto Carlos não lança um disco em espanhol desde 1993.


fonte: Nortão Online - 19.06.2018
REI ROBERTO CARLOS SE APRESENTA EM CUIABÁ EM AGOSTO

Ele já passou pelo samba-canção, bossa nova, rock’n’roll, e hoje encanta os corações com suas músicas românticas. São mais de 50 anos de carreira, diversos sucessos que estão na ‘ponta da língua’ não só dos brasileiros, mas mundo afora. No próximo dia 15 de agosto, Roberto Carlos vem a Cuiabá para cantar. O local e início das vendas ainda não foram divulgados.
A realização do evento é da AC Music Entretenimento. Roberto Carlos já esteve na capital mato-grossense em outubro de 2015, e em novembro de 2013.
Trajetória
Roberto Carlos nasceu no Espírito Santo, na cidade de Cachoeiro do Itapemirim, em 1941. Cantou pela primeira vez aos nove anos de idade, em um programa infantil da Rádio Cachoeiro. No início da carreira, nos anos 60, integrou o programa ‘Jovem Guarda’, ao lado de Erasmo Carlos e Wanderléa, em seu momento mais rock’n’roll.
Foi nos anos 70 que se transformou em um cantor basicamente romântico. Dentre seus maiores sucessos, estão ‘Emoções’, ‘Detalhes’, ‘O Portão’, ‘Calhambeque’, ‘É proibido fumar’ e muitas outras. Roberto Carlos, aos 77 anos, continua fazendo shows pelo país e, anualmente, apresenta um especial de final de ano na Rede Globo.
Serviço
Roberto Carlos em Cuiabá
Data: 15 de agosto (quarta-feira)


fonte: Na Mira Online - 13.06.2018
ROBERTO CARLOS CANTA CLÁSSICOS E EMOCIONA PLATEIA LOTADA EM SÃO LUÍS
Várias gerações se reuniram para aplaudir a passagem do Rei da música brasileira pela capital maranhense.

Quem tem um ídolo sabe que toda oportunidade de senti-lo de perto é valiosa. Quando se trata de um ídolo unânime como Roberto Carlos, então, cada espaço na platéia é disputadíssimo. Não foi à toa que a passagem do Rei da música brasileira por São Luís, nessa terça-feira (12), Dia dos Namorados, contou com lotação máxima e um forte coro em, praticamente, todas as músicas do repertório.
"Eu sou fã desde a década de 70, comprei todos os discos que ele lançou na época. Meu namorado tinha cabelo grande, o Roberto Carlos também, eu também... As músicas dele sempre lembram muitos momentos da vida, nas reuniões de família, nas paqueras, até quando a gente ouve sozinha também. São muitas lembranças, admiro muito ele [Roberto Carlos] e queria pegar a rosa que ele joga sempre", disse a aposentada Lucy Costa.
Com a marca de mais de 600 músicas gravadas, Roberto Carlos – nascido na cidade de Cachoeiro do Itapemirim (ES) – contabiliza 70 álbuns lançados no Brasil, três EPs e 11 DVDs, tendo às mãos um leque de sonoridades marcado por inúmeras fases: da época roqueira da Jovem Guarda (ao lado de Erasmo Carlos e Wanderléa), nos anos 1960, às canções mais de cunho romântico, Cama e Mesa, Côncavo e Convexo, que vão da conquista ao ápice da sensualidade e do amor maduro, a partir da década de 1980.
Em São Luís, a plateia que se formou para assistir ao Rei contou com a presença de fãs das mais variadas idades. "São poucos artista que conseguem passar de geração em geração como o Roberto consegue. Eu aprendi a gostar dele naturalmente, porque minha família inteira escuta muito as músicas dele. Em todas as oportunidades, num churrasco que seja, tem uma música dele tocando e todo mundo cantando junto", disse a jovem Muranna Lopes, de 24 anos, que foi ao show do Rei junto com uma prima mais nova.
Com um palco gigantesco e staffs em todos os setores para orientar o público, o show de Roberto Carlos foi repleto de hits. Entre eles, "Emoções", "Como Vai Você", "Detalhes" até as mais recentes "Esse Cara Sou Eu" e "Chegastes", cantada em parceria com a estrela internacional Jennifer Lopez. Além disso, em um momento de descontração, o Rei brincou usando o nome "Praia do Caolho" e, sempre que podia, incentivava a plateia a cantar suas canções.
"Uma sensação de gratidão, de dever cumprido, uma noite emblemática. A gente está finalizando uma turnê de quatro shows (Imperatriz, Teresina, Fortaleza e São Luís), com São Luís tendo a maior estrutura, com o maior público. Está todo mundo impressionado com a produção do evento, está todo mundo encantado. A sensação é de que vale a pena fazer bem feito, porque lá em cima tem alguém olhando para a gente", conta Marcelo Aragão, Diretor da 4Mãos Entretenimento, lembrando que no dia 29 de junho ocorrerá o próximo show produzido pela 4Mãos: Jota Quest acústico, no Centro de Convenções.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 08.06.2018
ROBERTO CARLOS MOSTRA QUE AINDA É O CARA
AO LANÇAR SINGLE 'REGRESO' COM BELA BALADA EM ESPANHOL

Roberto Carlos mostra que ainda é o cara com o lançamento do single Regreso, disponível nas plataformas digitais a partir de hoje, 8 de junho. Regreso é inédita balada em espanhol que integra o repertório do 33º álbum em castelhano da discografia do cantor e compositor capixaba, Amor sin límite, programado para ser lançado no segundo semestre deste ano de 2018 – em princípio, em setembro – no mercado latino dos países de língua hispânica e também no Brasil.

Capa do single 'Regreso', de Roberto Carlos
Com letra que versa sobre amor do passado revivido no presente, Regreso é bela balada de melodia e atmosfera clássicas – inclusive por conta do arranjo, calcado no piano à moda tradicional e aditivado com cordas à medida que a gravação cresce em intensidade – bem ao gosto dos admiradores do Rei da canção romântica brasileira.
Batizado com o nome da versão em espanhol da canção-título de álbum lançado por Roberto Carlos no Brasil em 2000, o álbum Amor sin límitereúne canções compostas originalmente em espanhol – caso de Que yo te vea, lançada em single em dezembro de 2017 – e versões em castelhano de composições recentes do artista. A produção musical é assinada por Afo Verde. Eis a letra romântica de Regreso:
Regreso
Nunca fuiste pasado
Siempre ha sido presente
Y aunque me haya alejado
Nunca estuve ausente
Sé que has esperado
No te vas de mi mente
Recorrimos los años
Sabiendo en silencio que yo volvería
Regreso a tu puerta, mi amor
Vuelvo al amor que esperó
Traigo este abrazo guardado de toda la vida
Regreso a los días, amor
Que compartimos tu y yo
Calles, lugares que cuentan historias vividas
Hoy regreso a tus brazos, amor
Yo no he sido perfecto
Cometi mis errores
Pero tuve un acierto
Encontrarte en mis noches
Y aunque el tiempo ha pasado
Entendí de repente
Que vivimos confiando
Sabiendo en silencio que yo volvería
Regreso a tu puerta, mi amor
Vuelvo al amor que esperó
Traigo este abrazo guardado de toda la vida
Regreso a los días, amor
Que compartimos tu y yo
Calles, lugares que cuentan historias vividas
Hoy regreso a tus brazos, amor
Regreso a tu puerta
Regreso a tus días, amor
Un viaje de vuelta
Al amor que nos soñó
Este amor que te espera
Que esta vez no se pierda
Regresa este sueño de un amor eterno guardado en mi corazón
Regreso a tu puerta, mi amor
Vuelvo al amor que esperó
Traigo este abrazo guardado de toda la vida
Regreso a los días, amor
Que compartimos tu y yo
Calles, lugares que cuentan historias vividas
Hoy regreso a tus brazos, amor


fonte: Revista Zelo Online - 07.06.2018
ROBERTO CARLOS CONHECE DECORADOS DO HORIZONTE

Decorado Horizonte Flamboyant
Roberto Carlos conhece decorados do Horizonte Flamboyant
“Elegante, sofisticado e sutil” esses foram alguns dos adjetivos usados pelo cantor Roberto Carlos para descrever os decorados do Horizonte Flamboyant, empreendimento em Goiânia que tem a participação da Emoções Incorporadora, empresa que tem o artista entre seus sócios.
No papel de empresário, o cantor Roberto Carlos esteve recentemente em Goiânia para um coquetel avant-première de um lançamento imobiliário, em um dos bairros mais nobres da cidade, o Jardim Goiás. No itinerário da noite, conhecer projeto dos decorados do Horizonte Flamboyant, condomínio de alto padrão recém-lançado em Goiânia e que leva a marca de Roberto.
O cantor é um dos sócios da Emoções Incorporadora, empresa que integra o grupo empreendedor responsável pelo empreendimento juntamente com a GMP Incorporação, GPL Incorporadora e TG Core Asset. Após o momento solene, de apresentação dos incorporadores e de suas empresas, da palhinha aos convivas, Roberto Carlos fez questão de conhecer pessoalmente os decorados das plantas de 177 e 204 metros quadrados.
Interessado em cada detalhe, o cantor andou por todos os ambientes, questionou detalhe por detalhe do projeto e elogiou a proposta da decoração, marcada pelos tons de azul, cor preferida de Roberto e que está presente em objetos como muranos, armários, papéis de parede e poltronas. “Nunca imaginei uma cozinha azul”, disse o cantor ao conhecer esse ambiente no decorado de 177 metros com paredes e armários no tom acinzentado. “Ficou elegante, sofisticado e sutil”, elogiou.
Sempre muito gentil e interessado, Roberto Carlos se demonstrou impressionado, principalmente, com os itens tecnológicos e sustentáveis, como as persianas automatizadas, a luminosidade e a ventilação natural dos ambientes graças ao projeto que privilegiou uso de janelas amplas. Destacou também os recursos de reaproveitamento de água que prevê o uso das águas das máquinas de lavar nas bacias sanitárias e limpeza das áreas comuns.
A passagem pelos decorados incluiu um brinde, que foi feito, é claro, em um quarto de sua matiz preferida. Apesar de essa ser a cor favorita do cantor, durante o trajeto, uma revelação sobre suas preferências: ao entrar em um dos quartos idealizados para um menino, ele se deparou com uma decoração forte, de mistura de tons azul royal e laranja bem marcados na escrivaninha e no rack do quarto. O clima foi de dúvida entre aqueles que o acompanhavam. Será que o ambiente iria agradá-lo? Ele esclareceu: “Adorei ”, falou em tom bem-humorado.

Decorado Horizonte Flamboyant

Quarto do decorado do Horizonte Flamboyant citado por Roberto Carlos


fonte: facebook do Padre Antônio Maria - 31.05.2018
PADRE ANTÔNIO MARIA, AMIGO DE ROBERTO CARLOS

facebook do Padre Antônio Maria

Para ajudar:
Banco Bradesco
agência 2627
conta corrente 6474-2
CNPJ 04.659.048/0001-67


fonte: O Globo - 30.05.2018
ALIENADO EM QUESTÕES POLÍTICAS, ROBERTO CARLOS MOSTROU DE NOVO QUE, COMO POLÍTICO...

Alienado em questões políticas, Roberto Carlos, como se sabe, apoiou a greve dos caminhoneiros, a quem chamou de “nossos heróis”. Como o movimento, apesar de algumas justas reivindicações, causa grande sofrimento ao nosso povo e flerta com o autoritarismo, pode-se dizer que o Rei, como político, continua sendo... um grande artista.


fonte: Blog do Esmael - 28.05.2018
ROBERTO CARLOS DEFENDE GREVE DOS CAMINHONEIROS DURANTE SHOW EM SP

Os caminhoneiros em greve há sete dias contra aumentos abusivos nos combustíveis receberam declaração de apoio do cantor Roberto Carlos, neste sábado (26), durante um show realizado em São José do Rio Preto.
“Às vezes os fins justificam os meios”, afirmou Roberto Carlos.
“Meu carinho e meu respeito por todos os caminhoneiros que estão fazendo todo esse movimento. E as causas que eles estão reivindicando com certeza não são causas só deles. São nossas causas. Meu abraço e meu carinho para esses nossos heróis caminhoneiros de todas as estradas.”
Roberto Carlos foi ovacionado pela plateia e, na sequência, cantou a música “Caminhoneiro” para o delírio dos fãs.


fonte: G1 Rio Preto e Araçatuba Online - 27.05.2018
ROBERTO CARLOS FALA EM SHOW SOBRE GREVE DOS CAMINHONEIROS: 'NOSSOS HERÓIS'
Discurso durante show em São José do Rio Preto (SP) recebeu aplausos do público.

Roberto Carlos defendeu greve durante show
O cantor Roberto Carlos falou sobre a paralisação dos caminhoneiros durante um show realizado em São José do Rio Preto (SP), na noite deste sábado (27). Em um breve discurso, o rei declarou apoio à categoria e se referiu aos trabalhadores como "nossos heróis", sendo aplaudido pelo público.
O discurso foi feito pelo artista durante a introdução da música "Caminhoneiro", escrita por ele e o amigo Erasmo Carlos em 1984.
"Meu carinho, meu respeito a todos os caminhoneiros que estão fazendo esse movimento. As causas que eles estão reivindicando, com certeza, não são causas só deles, são nossas causas. Meu abraço, meu carinho para esses nossos heróis caminhoneiros de todas as estradas."


fonte: JB Online - 27.05.2018
ROBERTO CARLOS DEFENDE GREVE DOS CAMINHONEIROS DURANTE SHOW EM SP

Roberto Carlos defendeu greve durante show
O cantor Roberto Carlos defendeu a greve dos caminhoneiros, que entra em seu sétimo dia, durante show, ontem (26), em São José do Rio Preto (SP).
Roberto, que raramente tece comentários sobre política, foi aplaudido pelo público.
"Às vezes, os fins justificam os meios", disse o rei. Meu carinho e meu respeito por todos os caminhoneiros que fazem esse movimento", completou.
Empolgado com a reação do público, Roberto prosseguiu: "As causas que eles estão reivindicando com certeza não são só deles, são também nossas causas. Meu carinho para todos nossos heróis caminhoneiros. Um abraço para estes nossos heróis de todas as estradas".
O rei também aproveitou para elogiar os caminhoneiros que fazem parte de sua equipe. "Para gente realizar esse show, por exemplo, tivemos o trabalho de caminhoneiros valentes, que enfrentam coisas incríveis", comentou. Depois, Roberto citou nominalmente um por um.
"Esses caminhoneiros estão mostrando para nós como eles são importantes na nossa vida", finalizou o cantor.


fonte: Veja Online - 26.05.2018
INCORPORADORA DE ROBERTO CARLOS JÁ VENDEU R$ 1 BILHÃO EM IMÓVEIS
São muitas emoções
A incorporadora de Roberto Carlos, a Emoções, já vendeu mais de 1 bilhão de reais em imóveis. Seu mais novo cliente é outro cantor, o sertanejo Leonardo. Ele acaba de comprar uma cobertura de 500 metros quadrados num lançamento da empresa em Goiânia.


fonte: Brasil Fashion News Online - 20.05.2018
ROBERTO CARLOS E SEUS SÓCIOS INVESTEM R$ 150 MILHÕES
EM LUXUOSO EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO

No evento de pré-lançamento do prédio Horizonte Flamboyant, de 152 apartamentos, realizado na última quinta-feira (17/05), à noite, em Goiânia, o cantor demonstrou otimismo por uma provável retomada de crescimento econômico no país. Principalmente porque o seu novo condomínio residencial já vendeu 60 unidades e irá proporcionar 400 novos empregos com o início das obras de construção.
O cantor Roberto Carlos é sócio da Emoções Incorporadora, empresa criada em 2011, junto com o empresário Ubirajara Guimarães e os irmãos Dody e Jaime Sirena. O residencial de alto luxo é o quinto empreendimento que será construído pela Emoções Incorporadora no Brasil. O investimento está estimado em R$ 150 milhões e conta ainda com a parceria de duas importantes incorporadoras de Goiás: a GMP Incorporação e a GPL Construtora e Incorporada.

Durante o lançamento do Horizonte Flamboyant, o sócio e cantor Roberto Carlos adiantou que o empreendimento será “o melhor possível. Sou muito detalhista em tudo que eu faço, olho tudo pessoalmente. Digo que se não fosse cantor e compositor seria engenheiro ou arquiteto. Tenho paixão pela área”. O evento, restrito para convidados, teve ainda a presença do cantor Leonardo, de Goiânia, que confirmou até interesse na aquisição de um apartamento.

“Vim aqui prestigiar o meu amigo Roberto Carlos por estar fazendo uma obra a mais na minha cidade. Vai ser o prédio top de Goiânia. Como qualquer um dos convidados aqui presente também teria vontade de adquirir um dos apartamentos”, adiantou Leonardo.

Também se destacou no evento a compradora da primeira unidade do condomínio por ter recebido no palco de apresentação uma chave simbólica da futura residência das mãos de Roberto Carlos. A contadora Lucimeire Souza de Melo, de 47 anos, explicou que “fiquei tão encantada com o projeto que quando abriram o estande, no início de abril, já reservei o meu. O que me chamou a atenção foi o tamanho e a grande quantidade de itens de sustentabilidade que ajudam a economizar no condomínio”.

Num terreno de 3.795 metros quadrados e com duas privilegiadas vistas para o Parque Flamboyant e a Praça das Artes, na rua H, do Jardim Goiás, o empreendimento de alto luxo terá uma torre única, com duas alas independentes. Os apartamentos serão de três e quatro suítes com metragem que variam de 177 a 204m². O prédio contará com quatro penthouses que variam de 444m² a 507,55m². Além da tradicional área de lazer no mezanino, uma segunda área de lazer e convivência será construída no 33º andar, o Sky Club, um espaço com vista panorâmica da cidade.
O belíssimo projeto imobiliário de alto padrão que foi lançado oficialmente por Roberto Carlos em Goiânia contará também com inovações de sustentabilidade, tecnologia e segurança. Segundo o cantor, a escolha da cidade e deste condomínio foi o resultado de uma série de fatores, desde encontrar os parceiros certos, o mercado propício e a localização adequada.
“Goiânia oferece condições da gente fazer um trabalho como esse. É um projeto incrível. Tenho um carinho especial pela cidade. Foi uma das primeiras para onde viajei no início de minha carreira. As pessoas podem esperar o melhor, estamos fazendo tudo com muito carinho e cuidado”, finalizou Roberto Carlos.


fonte: G1 Goiás Online - 17.05.2018
ROBERTO CARLOS DIZ QUE EMPREENDIMENTO DE LUXO EM GOIÂNIA DO QUAL É SÓCIO
SERÁ 'O MELHOR POSSÍVEL'
Pré-lançamento mostrou detalhes do Horizonte Emoções Flamboyant,
que será construído em área nobre do Jardim Goiás.
Cantor Leonardo compareceu ao evento
e brincou dizendo que ia 'pedir desconto' par comprar apartamento no local.


Leonardo participa de evento de lançamento do empreendimento do Roberto Carlos em Goiânia


Durante pré-lançamento do condomínio Horizonte Parque Flamboyant nesta quinta-feira (17), sócio e cantor Roberto Carlos afirma que o empreendimento será "o melhor possível". O evento, restrito para convidados, teve ainda a presença de cantor Leonardo, que brincou dizendo que iria "pedir um desconto" ao rei para comprar um apartamento no local (assista abaixo).
"Sou muito detalhista em tudo que eu faço, olho tudo pessoalmente. Digo que se não fosse cantor e compositor seria engenheiro ou arquiteto. Tenho um paixão pela área", declarou.
A capital é uma das primeiras a receber um empreendimento da incorporadora. Segundo Roberto, a escolha foi o resultado de uma série de fatores, desde encontrar os parceiros certos, o mercado propício e a localização adequada.
"Goiânia oferece condições da gente fazer um trabalho como esse. É um projeto incrível. Tenho um carinho especial pela cidade. Foi uma das primeiras para onde viajei no início da minha carreira. As pessoas podem esperar o melhor, estamos fazendo tudo com muito carinho e cuidado", declarou.
O projeto é o primeiro, perto do Parque Flamboyant, em seis anos e já vendeu mais de 40 das 152 unidades antes do lançamento. O empreendimento de luxo fica em uma área de cerca de 4 mil metros quadrados e tem apartamentos de 177 e 204 metros quadrados, localizado na região nobre do Jardim Goiás, na Avenida H.
Cordenador do marketing do Horizonte e especialista no mercado imobiliário, Adriano Carrijo afirmou que identificou uma demanda por um condomínio com o padrão e as características deste. Segundo ele, este ano os lançamentos começaram a mostrar respostas mais otimistas do que aqueles do ano passado, quando a crise ainda dificultava os investimentos.
"Estamos com taxas de juros baixas, há uma retomada do cresimento econômico na região, então tudo favorece o mercado imobiliário, que é um dos investimentos mais seguros atualmente. Do ano passado para cá vemos o cenário aquecido e boa aceitação dos lançamentos", avaliou. A primeira compradora foi a contadora Lucimeire Souza de Melo, de 47 anos. Ela disse que já mora na região, mas ficou encantada com o projeto e espera poder se mudar nos próximos quatro ou cinco anos.
"Quando abriu o estande já reservei o meu. O que me chamou a atenção foi o tamanho e a grande quantidade de itens de sustentabilidade que ajudam a economizar no condomínio", afirmou.
Um dos sócios do empreendimento, Guilherme Pinheiro destacou que um dos principais chamativos da obra é exatamente a série de novidades sustentáveis. Ele destaca que os compradores em potencial podem conhecer os projetos de uso de energia solar e reaproveitamento de água e entender como funcionam. “O Horizonte é um produto que, mesmo sendo de alto padrão, atende à demanda da sustentabilidade. Temos soluções inteligentes para tratamento e aquecimento de água além de economia de energia”, afirmou.
Também sócio do empreendimento, José Marcos Pimentel destacou que o projeto foi criado a partir de pesquisas com o público. Segundo ele, um fator importante foi criar um condomínio que traduzisse o estilo de vida que o goiano busca.
“Pensamos o tamanho dos apartamentos baseado em entrevistas com a família goiana. Além disso é um projeto novo, versátil, temos o maior lobby de entrada da cidade, elevadores exclusivos para todas as torres. É um empreendimento criado para o alto padrão goiano”, detalhou.
Ambientes decorados abertos à visitação durante pré-lançamento do Horizonte Parque Flamboyant


fonte: Blog do Callado - 16.05.2018
ROBERTO CARLOS VAI SER ATRAÇÃO EM GOIÂNIA, MAS COMO EMPRESÁRIO
Cantor é sócio de incorporadora imobiliária
e vai participar de lançamento de residencial de luxo na capital goiana

O cantor Roberto Carlos ampliou os horizontes além da música e vem atuando como empresário há alguns anos. O artista é sócio da Emoções Incorporadora, empresa criada em 2011, junto com o empresário Ubirajara Guimarães e os irmãos Dody e Jaime Sirena. Dody cuida também da carreira do artista há muitos anos.
Amanhã (17 de maio), às 19 horas, Roberto Carlos estará presente no evento oficial de lançamento do prédio Horizonte Flamboyant, em Goiânia (GO). O residencial de alto luxo é o quinto empreendimento que será construído pela Emoções Incorporadora no Brasil. O investimento está estimado em R$ 100 milhões.
“Fico muito feliz de poder participar de um projeto que está gerando cerca de 400 empregos diretos e indiretos para a cidade de Goiânia e que ajudou na criação da Praça Horizonte, um espaço público que coloca o tema sustentabilidade no dia a dia das pessoas, de forma agradável. Sem contar que a praça vai estar aberta para as escolas que queiram dar aulas ao ar livre”, destaca o cantor Roberto Carlos.
Cerca de 200 pessoas – a maioria formada por clientes que já reservaram a compra ou estão interessados na aquisição de apartamentos – participarão do evento de lançamento do Horizonte Flamboyant, com a presença de Roberto Carlos no próprio show-room do prédio, localizado na rua H, do Jardim Goiás. Dois dias depois deste lançamento, no dia 19 de maio, às 21 horas, o cantor fará show especial para seus fãs na Goiânia Arena.
“A bela cidade de Goiânia é uma capital muito próspera, produtiva e acolhedora. Em razão das excelentes relações que mantemos nesta cidade, surgiu esta oportunidade de empreender com este projeto imobiliário”, detalha Ubirajara Guimarães, sócio de Roberto Carlos na Emoções Incorporadora.
Até o momento, apenas São Paulo (com três prédios) e Sergipe receberam empreendimentos com chancela de Roberto Carlos, que, segundo seus sócios, sempre foi um entusiasta sobre arquitetura e construção.
Novo Horizonte para o setor imobiliário
As expectativas para o mercado imobiliário goiano são animadoras. As vendas de imóveis no Estado de Goiás, por exemplo, cresceram 127% em 2017, na comparação com o ano anterior. O levantamento foi feito pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO). De acordo com a entidade, as vendas movimentaram R$ 2,5 bilhões – o valor é maior do que o dobro da soma das vendas do ano anterior: R$ 1,1 bilhão.
Já a Associação das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (ACBIP) apontou crescimento de 12% no número de lançamentos em Goiânia, em 2017, puxado pelo bom desempenho do agronegócio, setor determinante para região, e que elevou o ânimo das construtoras. No País, a safra foi recorde (mais de 237 milhões de toneladas de grãos) entre 2016 e 2017, segundo estimativa de janeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)..
De olho neste novo horizonte para o mercado, a Emoções Incorporadora lança o Horizonte Flamboyant. O empreendimento terá uma torre única, com duas alas independentes. Os apartamentos serão de três e quatro quartos com metragem que variam de 177 a 204m².
O empreendimento também contará com quatro penthouses que variam de 444m² a 507,55m². Além da tradicional área de lazer no mezanino, uma segunda área de lazer e convivência será construída no 33º andar, o Sky Club, um espaço com vista panorâmica da cidade. As empresas goianas GMP Incorporação e GPL Construtora e Incorporadora são parceiras nesse projeto.
“Nossa capital possui um público com perfil e renda adequados para demonstrar alto interesse no empreendimento projetado. Ele possuirá características arquitetônicas únicas e será construído em um dos melhores lugares da cidade”, diz José Marcos Pimentel, diretor da GMP Incorporação.
A solidez econômica das empresas GMP Incorporação e GPL Construtora e Incorporadora também foram ponto crucial no desenvolvimento da parceria, considera Jaime Sirena, também sócio da Emoções Incorporadora. “Estamos preparando juntos este belíssimo projeto imobiliário de alto padrão, com inovações de sustentabilidade, tecnologia e segurança que apresentaremos aos goianienses”, disse.


fonte: Fator Brasil Online - 16.05.2018
ROBERTO CARLOS FAZ A ABERTURA OFICIAL DOS APARTAMENTOS DECORADOS
DO HORIZONTE FLAMBOYANT

Muitas emoções aguardam os goianienses no dia 17 maio (quinta-feira), quando Roberto Carlos fará a abertura oficial dos apartamentos decorados do Horizonte Flamboyant, empreendimento que traz a sua assinatura como empresário para Goiânia, através da Emoções Incorporadora ao lado da GMP Incorporação e GPL Incorporadora. O evento para convidados reunirá clientes que já fecharam contrato e que receberão das mãos do cantor, uma chave simbólica da futura residência.
A avant-première do Horizonte Flamboyant acontecerá dias antes do lançamento oficial do empreendimento, agendada para o dia 19 de maio(sábado). Serão duas plantas decoradas, que usa detalhes em tons de azul, cor predileta do cantor. O estande de vendas está instalado na orla do Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, onde será erguido o residencial.
O empreendimento de alto padrão é o quinto que será construído pela Emoções Incorporadora, empresa criada em 2011, em São Paulo, pelo cantor e seus sócios Ubirajara Guimarães e os irmãos Dody e Jaime Sirena. O empreendimento Horizonte Flamboyant ficará num terreno de 3.794,60 m2 e terá duas privilegiadas vistas, o Parque Flamboyant e a Praça das Artes. De elevado padrão, seguirá os modernos conceitos de sustentabilidade e bem viver. As empresas goianas GMP Incorporação e GPL Incorporadora são parceiras nesse projeto.
Com projeto arquitetônico assinado por Alexandre Leite, o residencial será construído em torre única com 46 pavimentos. Os apartamentos serão de três e quatro quartos com metragem que variam de 177 a 204m². Os últimos andares contarão com quatro penthouses com tamanhos que variam de 444m² a 507,55m².
Além da tradicional área de lazer no mezanino, um segundo espaço para diversão e convivência será construído no 33º andar, o Sky Club que terá vista panorâmica da cidade. Os itens de sustentabilidade e lazer são completados com projetos exclusivos de segurança e serviços.
O investimento está estimado em R$ 150 milhões e deve gerar de 350 a 400 empregos diretos e indiretos durante a obra. “A bela cidade de Goiânia é uma capital muito próspera, produtiva e acolhedora. Em razão das excelentes relações que mantemos nesta cidade, surgiu esta oportunidade de empreender este projeto imobiliário”, detalha Ubirajara Guimarães, sócio de Roberto Carlos na Emoções Incorporadora.
Até o momento, apenas São Paulo (com três prédios) e Sergipe receberam empreendimentos com chancela de Roberto Carlos, que, segundo seus sócios, sempre foi um entusiasta sobre arquitetura e construção. “O grupo estava procurando outras capitais para levar o seu nome e seus diferenciais. Houve, então, um encantamento imediato pela área e uma sinergia com o grupo local, que tem como principal objetivo o alto padrão na qualidade da entrega”, explica Guilherme Pinheiro da GPL.
José Marcos Pimentel, diretor da GMP Incorporação, reforça o potencial econômico de Goiânia que vai ao encontro da filosofia de elevado padrão da Emoções. “Nossa capital possui um público com perfil e renda adequados para demonstrar alto interesse no empreendimento projetado. Ele possuirá características arquitetônicas únicas e será construído em um dos melhores lugares da cidade”.
A solidez econômica e o histórico das empresas GMP Incorporação e GPL Construtora e Incorporadora também foram ponto crucial no desenvolvimento da parceria, considera Jaime Sirena, também sócio da Emoções Incorporadora. “Estamos preparando juntos este belíssimo projeto imobiliário de alto padrão, com inovações de sustentabilidade, tecnologia e segurança que apresentaremos aos goianienses”, disse.
Comodidade e segurança — O projeto do Horizonte Flamboyant segue as mais modernas tendências tecnológicas, como entrega de um Key Page, que integra o sistema de automação, e permite o controle da iluminação dos apartamentos. Além de tomadas para USB, dentro das unidades e amplamente distribuídas nas áreas comuns do empreendimento.
No quesito segurança, os futuros moradores do residencial contarão com guarita de serviço com passa volumes, guaritas social e de serviço com vidro blindado nível II, sistema de biometria nos elevadores, monitoramento com 20 câmeras e previsão para mais instalações, entre outros itens.


fonte: Diário de Goiás Online - 15.05.2018
COMO EMPRESÁRIO, ROBERTO CARLOS CHEGA A GOIÂNIA
PARA LANÇAMENTO DE APARTAMENTOS DECORADOS

O cantor Roberto Carlos estará em Goiânia na próxima quinta-feira (17) para o lançamento oficial dos apartamentos decorados do Horizonte Flamboyant, que trazem sua assinatura como empresário.
Os agendamentos para visitas começam a partir do próximo sábado (19). Serão duas plantas decoradas, com detalhes em tons de azul, que é a cor favorita do cantor. O estande de vendas foi instalado na orla do Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, onde será construído o residencial.
De alto padrão, este será o quinto empreendimento construído pela Emoções Incorporadora, criada em 2011, em São Paulo. O Horizonte Flamboyant ficará em um terreno de 3.794,60 metros quadrados e terá duas vistas privilegiadas: do Parque Flamboyant e da Praça das Artes.
As empresas goianas GMP Incorporação e GPL Incorporadora garantiram parceria nesse projeto arquitetônico assinado por Alexandre Leite. O residencial terá uma torre com 46 pavimentos.
Os apartamentos terão três e quatro quartos e o tamanho varia entre 177 a 204 metros quadrados. Os andares mais altos contarão com quatro penthouses e variam entre 444 e 507,55 metros quadrados.
O residencial também terá mezanino e um segundo espaço para diversão e convivência, que será construído do 33º andar, chamado de Sky Club, com direito a vista panorâmica de Goiânia. O investimento total será de aproximadamente R$ 150 milhões. A expectativa é de que a obra gere entre 350 e 400 empregos diretos e indiretos.


fonte: O Hoje.com - 14.05.2018
ROBERTO CARLOS LANÇA PRÉDIO NO FORMATO DE FLOR EM GOIÂNIA
Projeto é da Emoções Incorporadora e consumirá R$ 140 milhões em investimentos.
Ele faz parte do projeto de expansão da empresa pelo país

O cantor Roberto Carlos chega a Goiânia na próxima quinta-feira (17) para o lançamento do residencial Horizonte Flamboyant, no Setor Jardim Goiás. A ideia do empreendimento é construir um prédio de luxo que possui o formato de uma rosa, com 152 apartamentos de tamanhos entre 177 e 204 m². O edifício também contará com quatro coberturas, com 444 a 507,55 m². O projeto é da Emoções Incorporadora, empresa criada pelo artista com os sócios Ubirajara Guimarães e os irmãos Jaime e Dody Sirena.
A empreitada traz nos bastidores uma relação de amizade de longa data que alimenta o empreendedorismo. A Incorporadora de Roberto Carlos tem divisão societária de 30% para o cantor e outra porcentagem igual para Ubirajara Guimarães e Dody, ficando o irmão Jaime Sirena com os 10% restantes do negócio. O prédio em Goiânia, que consumirá R$ 140 milhões em investimentos, faz parte do projeto de expansão da incorporadora pelo país. Até então, a empresa tinha negócios apenas em São Paulo e Sergipe.
História
Existe um elo principal entre os sócios de Roberto Carlos: Ubirajara Guimarães, conhecido como Bira. Amigo de longa data do cantor, o empresário estimulou a ampliação dos negócios dele. A primeira das parcerias de ambos foi numa rede de concessionárias de automóveis no interior de São Paulo.
É conhecida a paixão de Roberto pelos automóveis, na música e na vida e foi essa paixão que aproximou os dois, segundo Bira. “Quando nos conhecemos, eu havia produzido um carro modificado: uma limusine sobre a base de um Landau”, relembra. O empreendedor começou como office boy no Grupo Souza Ramos, à época maior revendedor Ford do país, e chegou a destacado empresário do setor, tendo sido representante da Audi no Brasil por anos.


fonte: Extra Online - 14.05.2018
ROBERTO CARLOS LAMENTA MORTE DO CIENASTA ROBERTO FARIAS: 'UM CARA MUITO BACANA'
Roberto Carlos atuou em três filmes dirigidos por Roberto Farias


O rei Roberto Carlos lamentou a morte do cineasta Roberto Farias, nessa segunda-feira (14). Ele lutava contra um câncer de próstata há cerca de cinco anos. Farias dirigiu os três filmes que Roberto Carlos estrelou, entre 1968 e 1971: "Roberto Carlos em ritmo de aventura", "Roberto Carlos e o diamante cor de rosa" e "Roberto Carlos a 300 quilômetros por hora".
Em um comunicado, o rei afirmou: "Roberto Farias foi responsável pela direção dos três filmes em que atuei no final dos anos 60, começo dos anos 70. Desse convívio, nasceu uma amizade e um respeito muito grande entre nós. Além de grande diretor, era uma pessoa de muitas qualidades, amável, espirituoso, enfim, um cara muito bacana. Que nosso Deus de bondade te proteja e te abençoe".


fonte: Extra Online - 14.05.2018
'PESSOAS DA MINHA IDADE NÃO TÊM OPORTUNIDADES', DIZ ROBERTO CARLOS A JORNAL PERUANO

Com 77 anos, Roberto Carlos não parece pensar em aposentadoria. Tanto é que acaba de lançar um novo CD em espanhol: “Amar sem limites”. Continuar trabalhando é uma forma de inspirar pessoas de sua geração.
“Às vezes, as pessoas da minha idade não têm oportunidades, esse é um problema grande e é algo muito triste. Mas elas não têm que desanimar, precisam sempre continuar tentando, negociando outras coisas e seguir fazendo o que a nossa idade nos permitir. Não nos deixarmos levar por tristeza ou qualquer outra coisa”, disse o cantor ao jornal peruano Reforma


fonte: Blog Mauro Ferreira - 10.05.2018
VERSÃO DE CANÇÃO ROMÂNTICA DE 2000 BATIZA ÁLBUM EM ESPANHOL DE ROBERTO CARLOS

Canção romântica que deu nome ao álbum editado por Roberto Carlos em 2000, Amor sem limite também batiza o disco em espanhol que o cantor e compositor lança em junho no mercado fonográfico hispânico através da gravadora Sony Music. Intitulada Amor sin límite na versão em espanhol, a canção foi composta por Roberto para expressar devoção eterna à mulher do artista, Maria Rita Simões Braga (1961 – 1999), morta há 19 anos.
Produzido por Afo Verde, o álbum Amor sin límite é o 33º título da discografia em espanhol do cantor, se contabilizadas as coletâneas. Gravado ao longo de 2017, o disco foi apresentado esta semana por Roberto à Sony Music em convenção latina realizada pela gravadora em Cancún, no México. O cantor lança discos em espanhol desde 1965.
Ainda mantido sob sigilo, o repertório do álbum Amor sin límite seria supostamente composto por dez músicas, sendo que uma traria a voz do cantor espanhol Alejandro Sanz como convidado. Dessas dez músicas, três seriam inéditas. Outras seriam versões em espanhol de músicas já gravadas em português por Roberto, caso da música-título Amor sin límite.
Uma das composições, Que yo te vea, já foi lançada em single no Brasil em dezembro, tendo sido veiculada na trilha sonora da novela O outro lado do paraíso (TV Globo). A propósito, o álbum Amor sin límitetambém tem lançamento previsto no Brasil.


fonte: Instagram Oficial RC - 08.05.2018

10ª Convenção Latino Ibérica - Sony Music. Roberto Carlos apresenta seu novo álbum em espanhol AMOR SIN LÍMITE para a equipe mundial Sony Music. Neste momento (23:30) audição das músicas com os comentários do produtor Afo Verde, do diretor artístico Alex Gallardo, de Fernando Cabral e do próprio Roberto Carlos


fonte: Jornal do Commércio Online - 07.05.2018
ROBERTO CARLOS NO ANO EM QUE A JOVEM GUARDA SAIU DO AR
O Rei reinventou-se atento às mudanças do conturbado 1968

Roberto Carlos, coletiva na volta de San Remo
Ano favorabilíssimo para o Rei da Jovem Guarda, pois Júpiter ocupa a casa astral do amor, da felicidade, das artes e da alegria. Roberto pode contar também com o êxito e a tranquilidade que seu signo lhe promete para 1968”, previsões do mais popular astrólogo da época, para o mais popular dos cantores do País, do signo de Áries. Só no item “tranquilidade” ele não acertaria. 1968 foi o ano decisivo na carreira de Roberto Carlos. O programa que comandava, na TV Record, com Erasmo Carlos e Wanderléa, dava sinais de exaustão.
Depois do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, da contracultura, da psicodelia, a música pop não seria mais a mesma. Nela não cabiam mais as tolas canções de amor que os astros do iê-iê-iê entoavam nas adolescentes tardes de domingo. Em janeiro de 1968, Roberto Carlos se despedia do Jovem Guarda, que continuaria no ar comandado por Erasmo e Wanderléa. A última música que cantaria como integrantes do programa seria E Que Tudo Mais Vá Pro Inferno.
Com 27 anos, Roberto Carlos estava noivo (e de uma mulher desquitada e mãe de uma filha), não tinha mais o perfil de ídolo de “música jovem”. Os produtores da TV Record queimavam as pestanas para enquadra-lo em outro formato, para o público adulto. De início, Roberto Carlos faria dupla com Chico Anísio, no horário noturno, num programa, batizado de O Rei e Eu. Os dois não se afinaram, e o Rei acabou apresentando sozinho o Roberto Carlos à noite.
Outro problema a tirar a tranquilidade de RC e da CBS (atual Sony Music), sua gravadora, atendia pelo nome de Paulo Sérgio, o mais bem-sucedido dos seus imitadores. Paulo Sérgio surgiu de repente, por uma gravadora pequena, a Caravelle, com uma balada, Benzinho, que escalou as paradas no final de 1967. Empatou com Roberto Carlos e Eu Daria a Minha Vida (de Martinha), e chegou ao primeiro lugar exatamente quando O Rei abdicava do trono de rei do iê-iê-iê. Atropelou também outro ídolo jovem, Chico Buarque, bom vendedor de discos desde que A Banda (de 1966) se tornou um hit internacional.
Paulo Sérgio deixou Roberto Carlos para trás, exatamente quando ele lutava para se firmar no horário nobre, e o programa Jovem Guarda despencava no Ibope. Para não perder o reinado e a majestade, RC apelou. Pela primeira vez lançaria um álbum que não teria seu nome por título. Para não deixar dúvida que estava disposto a brigar, seu LP anual foi batizado de O Inimitável, um recado direto ao “imitador”, que por sinal era também capixaba, de Alegre (onde nasceu em 1944), a uma hora de distância da cidade natal de RC, Cachoeiro do Itapemirim.
BAGUNÇA
A Intervalo, a mais importante das revistas sobre TV na época, publicou desabafos de Erasmo Carlos e de Wanderléa sobre o fim iminente do Jovem Guarda, uma batata quente não apenas para eles, como também para o produtor Carlos Manga, o mais bem pago produtor da TV brasileira. “A verdade é que ninguém se sentiu bem com as modificações feitas no Jovem Guarda. Todos ali passando de um lado pro outro, o palco acabou em bagunça. O desinteresse dos artistas era total, depois o programa ficou praticamente seis domingos sem produção”, queixas do Tremendão à revista.
Os novos direcionamentos estéticos da cultura pop não defenestraram apenas a Jovem Guarda. Enquanto Erasmo e Wanderléa tentam segurar o programa, Ronnie Von, que dois anos antes ameaçava o reinado de Roberto Carlos, perdia o seu Pequeno Mundo de Ronnie, na TV Excelsior, substituído por Hoje Quem Paga Sou Eu, um programa de prêmios. Embora a bossa nova tivesse virado nosso mais sofisticado produto de exportação, com Frank Sinatra, “o maior cantor do mundo”, curvando-se antes ao Brasil dividindo um álbum com Antonio Carlos Jobim, outra vozes brasileiras, fora do País, quando muito, alcançavam a América Latina.
Porém, em de fevereiro de 1968, a Europa se rendia à nossa música. No então badalado festival de San Remo, na Itália, a canção vencedora foi Canzone Per Te, interpretada por Roberto Carlos. A volta do Rei foi comparável à consagração da gaúcha Ieda Maria Vargas, primeira brasileira a conquistar o concurso Miss Universo, em 1963. San Remo foi o passaporte para Roberto Carlos ingressar no universo musical para adultos.
A ida à Europa mexeu com a cabeça do cantor, o que se refletiu na música que gravaria para seu álbum anual. Nas letras ele persistia na canção de amor, sem sair muito do lugar comum. Na sonoridade, no entanto, mudou. O soul da Stax, de Aretha Franklin, Otis Redding, Wilson Pickett ganhara o mundo, e nele Roberto Carlos se inspirava. Seu cantar tornou-se mais agressivo, com guitarras mais pesadas, e metais. O Inimitável foi um divisor de águas na sua discografia.
Com o aval dos tropicalistas, que não apenas se derramavam em elogios às qualidade até então insuspeitas do Rei, como participariam do seu programa de TV, ele seria finalmente aceito pelos intelectuais (Glauber Rocha, um dos mais influente, foi exceção. Achava RC e sua turma “lixo cultural”). Pouco depois do final da Jovem Guarda, Roberto Carlos foi a Porto Alegre e causou espanto, ao se declarar hippie: “Não sou apenas a favor do movimento hippie: sou um deles. Também quero um mundo melhor, um mundo sem guerras, sem ódio, sem luta, cheio de paz, compreensão e felicidade”.
Na entrevista, concedida no Aeroporto Salgado Filho, na capital gaúcha, falou também em “som universal”, e elogiou o casal John & Yoko, que escandaliza com um nu frontal no álbum Two Virgins, proibido no Brasil, claro), e anunciou que iria fundar sua própria gravadora. Wanderléa e Erasmo Carlos demorariam mais um tempo para mudar de faixa. O barco da Jovem Guarda soçobrava, e os executivos da TV Record não depositavam mais esperança no programa.
Foi melancólica a última das jovens tardes de domingo. Um incêndio na TV Record, levou o programa a ser realizado no Teatro Paramount, muito grande para a quantidade de fãs que ainda queriam assisti-lo ao vivo. Na apresentação final do programa, Erasmo e Wanderléa, e até Carlos Manga, o diretor do JG, foram pegos de surpresa. Paulo Machado de Carvalho, o então presidente da TV Record simplesmente tirou o programa do ar. Foi substituído por Domingo Especial, com três horas de duração apresentado pelo hoje esquecido Hélio Ansaldo.


fonte: Isto É Gente Online - 30.04.2018
"A GENTE PODIA VOLTAR", DIZ MYRIAN RIOS SOBRE ROBERTO CARLOS

participou do quadro “Jogo das 3 Pistas”, junto com a atriz Suzana Alves, ex-tiazinha. Questionada pelo apresentador sobre o relacionamento na década de 1980 com o cantor Roberto Carlos, ela respondeu: “Nós ficamos juntos por 12 anos, na época nós nos considerávamos casados mesmo só morando juntos.”.


fonte: Blog Lauro Jardim - 29.04.2018
ROBERTO CARLOS LANÇARÁ DISCO DE INÉDITAS EM ESPANHOL

Roberto Carlos vai gravar uma composição inédita de sua autoria em dueto com o espanhol Alejandro Sanz. A canção fará parte do CD em espanhol que RC lança em junho.
Desde 1993, Roberto não grava um disco de inéditas no mercado latino. Serão quatro canções inéditas (inclusive no Brasil) e cinco versões de músicas ainda não lançadas em espanhol.


fonte: Quem Online - 27.04.2018
MYRIAN RIOS ELOGIA PERFORMANCE DE EX-MARIDO ROBERTO CARLOS NA CAMA: "MUITO BEM"
Atriz, que está solteira, disse que o cantor guarda boas lembranças de seu relacionamento com ela

Roberto Carlos e Myrian Rios já fornaram um casal
Myrian Rios, que foi casada com Roberto Carlos, não se intimidou com as perguntas ousadas de Silvio Santos durante o seu Programa Silvio Santos. Ao ser questionada se o cantor era bom de cama, a atriz não fez rodeios.
"Otimamente. Muito bem. Tanto é que ele me fez uma música, Silvio, 'Tudo para quando a gente faz amor'", contou aos risos.
Silvio então questionou em tom de brincadeira: "O que que ele vai pensar quando você falar que foi namorada dele durante doze anos e que essa música ele fez para você? Você acha que ele vai ficar com saudades, ele vai dizer 'graças a Deus eu me livrei dela', o que você acha que ele vai pensar?".
Aos risos, Myran, que atualmente está solteira, afirmou que o rei tem boas lembranças de seu relacionamento e que seria legal retomar o romance. "Ele vai falar 'puxa, foi uma época tão boa, a gente se amava tanto, a gente vivia sorrindo'. Ele está solteiro e eu também. A gente poderia voltar, não podia?", brincou ela, que relacionou com o cantor de 1980 a 1989.


fonte: TV Foco Online - 27.04.2018
SÍLVIO SANTOS CONSTRANGE EX DE ROBERTO CARLOS E FAZ PERGUNTA POLÊMICA

Silvio Santos não tem papas na língua no seu programa no SBT e resolveu fazer uma pergunta inusitada para uma de suas convidadas no Jogo das 3 Pistas. Na gravação que vai ao ar no próximo domingo, ele questionou Myrian Rios sobre o seu relacionamento com Roberto Carlos.
“Essa menina mente para todo mundo que foi namorada do Roberto Carlos. Onde é que já se viu? O Roberto Carlos foi meu vizinho… Eu ficava de binóculos, fiscalizando a casa dele. Nunca vi essa moça na casa do Roberto”, iniciou o apresentador, que foi esquentando o nível das perguntas.
“Agora, fala pra nós, o Roberto é bom de cama? Fiz alguma pergunta errada? Perguntei se ele dorme bem”, disparou, mas para a surpresa de todos, ela respondeu com muito bom humor. “Otimamente. Muito bem. Tanto é que ele me fez uma música, Silvio, ‘Tudo para quando a gente faz amor’”, revelou ela.
“O que que ele vai pensar quando você falar que foi namorada dele durante doze anos e que essa música ele fez para você? Você acha que ele vai ficar com saudades, ele vai dizer ‘graças a Deus eu me livrei dela’, o que você acha que ele vai pensar?”, perguntou ainda ele.
“Ele vai falar ‘puxa, foi uma época tão boa, a gente se amava tanto, a gente vivia sorrindo’. Quando questionada sobre o estado civil de Roberto, a convidada ainda responde: “Ele está solteiro e eu também. A gente poderia voltar, não podia?”, respondeu a convidada.
Na ocasião, ela disputou os prêmios com Suzana Alves, a ex-Tiazinha dos anos 90, que era conhecida por usar uma máscara. “A máscara na verdade fui eu, porque eu queria me proteger. Foi uma estratégia… Eu também queria me esconder do meu pai”, revelou ela no programa.
“Falei ‘bom, é o seguinte: estou com a faculdade atrasada, vocês me pagam mil reais? Eu faço só um piloto, não ia para o ar, e tá tudo certo’. Só que o piloto foi um sucesso. E aí a plateia ficava batendo o pé, chamando a Tiazinha” que foi um nome também improvisado ali na hora”, explicou.
“Eu falo que a Tiazinha é uma composição do universo”, finaliza a artista. O Programa Silvio Santos vai ao ar a partir das 20h no SBT.


fonte: Quem Online - 20.04.2018
ROBERTO CARLOS CELEBRA OS 77 ANOS NO PALCO, COM DIREITO A BOLO E CHAMPANHE
Cantor completou mais um ano de vida
e lotou casa de show em Belém, na noite de quinta-feira (19)

Aniversariante dessa quinta-feira (19), Roberto Carlos comemorou mais um ano de vida do jeito que mais gosta: soltando a voz ao público. O "rei" completou seus 77 anos diante da multidão que lotou uma casa de show em Belém.
Ao lado do irmão, o cantor, uma das lendas da música brasileira, ganhou bolo e champanhe, brindando diante do público e dando o primeiro pedaço a Carlinhos, que foi à apresentação acompanhado da mulher.
O show ainda contou com a presença da cantora Solange Almeida, que estava acompanhada do marido, Leandro Andriani. Durante o show pra lá de especial, Roberto Carlos prestou uma homenagem ao Pará, cantando um carimbó, tradicional gênero da região.
Ele ainda brincou durante o bate-papo com o público ao dizer que iria surfar nas praias da Ilha de Mosqueiro, um dos mais conhecidos pontos turísticos da capital paraense, que tem praias de água doce.
Roberto, como faz tradicionalmente em suas apresentações, presenteou fãs com rosas, que foram disputadas pela multidão. O bolo do cantor, inclusive, como forma de homenagear seu gesto, trazia rosas de açúcar.
























fonte: Extra Online - 20.04.2018
EM BELÉM, ROBERTO CARLOS OFERECE PRIMEIRO PEDAÇO DO BOLO DE ANIVERSÁRIO AO IRMÃO

Roberto Carlos oferece fatia de bolo ao irmão Carlinhos
O cantor Roberto Carlos festejou a chegada de seus 77 anos em Belém. No show realizado na noite de quinta-feira (19), o Rei foi surpreendido pela entrada de um bolo no palco. Emocionado, ele ouviu a plateia cantar "Parabéns pra você" e ofereceu o primeiro pedaço ao irmão Carlinhos.

Roberto ganha abraços e beijos do irmão Carlinhos

Roberto recebe os parabéns da cantora Liah Soares
Entre os "súditos" que saudaram Roberto estavam as cantoras Solange Almeida (acompanhada do marido, Leandro Andriani) e Liah Soares, finalista do primeiro "The Voice Brasil". Em homenagem a Belém, o cantor interpretou um carimbó, ritmo típico da região: "Curió do bico doce", tema da novela "A força do querer"


fonte: Glamurama Online - 19.04.2018
ROBERTO CARLOS COMEMORA ANIVERSÁRIO EM BELÉM
E CONFIRMA PROJETO EMOÇÕES NO INTERIOR DE SP

Roberto Carlos comemora nesta quinta-feira mais um ano de vida do jeito que mais gosta: trabalhando. Neste ano, seu show de aniversário acontece em Belém do Pará, onde o rei desembarca acompanhado de toda a família. Perto do fim da apresentação a plateia pode esperar por um “Parabéns a Você” pelos 77 anos do cantor e bolo, como sempre acontece. O sabor escolhido é o favorito do Rei: massa branca com recheio de coco com abacaxi. A primeira fatia vai para uma das fãs. Para acompanhar, um brinde com champagne como ele gosta.
Em tempo: Roberto Carlos anunciou há pouco a segunda edição do projeto Emoções (em terra), que depois do sucesso da edição do ano passado, que aconteceu na Praia do Forte, na Bahia, ganha novo endereço. Este ano será no interior de São Paulo, no resort Club Med Lake Paradise, em Mogi das Cruzes. A viagem acontece entre os dias 6 e 9 de setembro e os cerca de 800 hóspedes vão assistir a uma apresentação intimista do cantor.


fonte: Blog Leo Dias - 18.04.2018
REI ROBERTO CARLOS ESTÁ EM NOVO PROJETO
'EMOÇÕES LAKE PARADISE' ACONTECE ENTRE 6 E 9 DE SETEMBRO

Em breve, a equipe de Roberto Carlos vai lançar um novo projeto. Mas a coluna conta em primeira mão sobre o que se trata: é o 'Emoções Lake Paradise'. De 6 a 9 de setembro, os fãs vão poder viajar até o interior de São Paulo para passar o feriadão da Independência junto com o Rei. O resort Lake Paradise tem apenas 300 quartos disponíveis e Roberto, acostumado a arrastar uma multidão em seus shows vai se apresentar para uma plateia formada por, no máximo, mil felizardos.


fonte: G1 Online - 13.04.2018
CONFIRA OS BASTIDORES DOS SHOWS DE ROBERTO CARLOS EM VITÓRIA
Produtor técnico que acompanha o cantor há mais de 50 anos
contou sobre as exigências do 'rei' com as cores e também com o som.
Quase tudo pronto para os shows do cantor Roberto Carlos em Vitória, que acontecem neste sábado (14) e domingo (15). Mais de 250 pessoas estão trabalhando para que tudo esteja perfeito para as apresentações, que também contam com o rigoroso acompanhamento do "rei".
O produtor técnico Genival Barros acompanha o cantor há mais de 50 anos. Ele contou que a maior exigência de Roberto Carlos é quanto ao som.
"Ele tem um ouvido perfeito. Então a qualidade do som, a mixagem, têm que estar 100% para ele se apresentar", contou.
Sobre as já conhecidas superstições do "rei", principalmente com as cores, Genival brincou que é importante não contrariar. Marrom é a cor que o cantor odeia, a preferência é por branco e azul.
"A gente sabe do que ele não gosta e tenta evitar que essas coisas apareçam no dia a dia dele, mesmo na roupa, a gente usa um azul, usa um tom que não saia do gosto dele por total respeito", disse.
'Fã de carteirinha'
No total, as duas apresentações do "rei" terão um público de 10 mil fãs. Uma delas é a secretária Maura Souza, que viajou de Minas Gerais a Vitória para assistir a mais uma apresentação do ídolo. Ela já perdeu as contas de quantos shows assistiu.
"Se eu pudesse, eu viajaria o mundo inteiro. Onde ele estivesse apresentando, eu estaria lá", disse.
Além de fã, ela contou que já teve a oportunidade de conviver de perto com Roberto Carlos por alguns anos, graças a uma amiga em comum.
"Ele me convidou para passear no Lady Laura, o barco dele. Já andei na mercedinha dele, ele dirigindo, me apresentava a vários amigos dele, vários cantores. Tive o prazer de conhecer a dona Laura, mãe dele. Roberto Carlos é uma pessoa muito simples, muito carismático e muito humano", contou.


fonte: Blog do PCO Online - 08.04.2018
O REI É SEMPRE MAJESTADE

Passam os anos e hoje aos 77 anos – que comemora neste mês – o Rei Roberto Carlos é mesmo o cantor mais completo e admirado do país. Ontem o Mineirinho – com mais de vinte mil pessoas o aplaudindo – lotou com o tradicional show que faz em Belo Horizonte. Desta vez com belíssimo cenário de cores e luzes e a magnífica RC 7 regida pelo elegante maestro Eduardo Lages que praticamente acompanha o Rei desde o seu início. Roberto Carlos cantou as musicas que são o seu “must” a anos. Roberto Carlos é um artista correto e nunca se ouviu que tenha envolvido em qualquer escândalo. Quando canta Emoções a plateia entra em orgasmo. Apenas relembro que Roberto Carlos por volta de 1.965 ainda na Jovem Guarda e sem ser o mito e nem assediado foi dar um show no Clube Montes Claros e era no meu aniversário. Depois do show foi assentar-se na nossa mesa e ficou até cinco da manhã. Depois tive com ele quando o saudoso governador Francelino Pereira entregou a ele a Medalha da inconfidência no Palácio das Mangabeiras e eu era um dos poucos presentes. Jack Correa, que a muitos anos mudou-se para Brasília era o chefe do cerimonial.
O camarote de Tim Soier
Como faz tradicionalmente no show do Rei no Mineirinho, o empresário Tim Soier faz o camarote que é o mais prestigiado da noite. A primeira dama de Minas, Carolina Pimentel, com um grupo de amigos, aplaudia o Rei. O prefeito Alexandre Kalil, muito assediado. A sua toda poderosa secretaria Adriana Branco com sua mãe. O deputado federal e candidato ao governo Rodrigo Pacheco distribuindo cumprimentos. O vice presidente da Câmara, deputado Fabio Ramalho, muito assediado. Também por lá o presidente da Rádio Itatiaia, Emanuel Carneiro, e seu diretor Carlos Rubens Doné, o casal Maria do Carmo e o presidente do Sintram, Rubens Lessa, o publicitário Paulo Assumpção, Juliana e o advogado Flavio Bernardes, Socorro Almeida, Ana Daher, Eliana Paula e mais milhares de pessoas.
Não fala em política
Nos inúmeros shows que vi de Roberto Carlos nunca vi ele falar em política e nem se envolver com políticos. E ontem não deixou por menos. O pau quebrando por todo lado e ele nem tocou na prisão de Lula. Imaginem outros tantos artistas a favor e contra devem ter falado da prisão de Lula. O que será que andou dizendo o Chico Buarque?
O melhor show do rei
A opinião foi unânime: foi o melhor show em Belo Horizonte. Estava descontraído e falante como nunca esteve, até contando histórias. Uma verdadeira simpatia, foi o comentário geral. Um detalhe: na apresentação dos músicos fez a maior justiça com o maestro Eduardo Lages: é um dos três melhores do mundo.


fonte: Culturadoria Online - 08.04.2018
ROBERTO CARLOS REAFIRMA TÍTULO DE REI E EMOCIONA O PÚBLICO EM SHOW EM BH



Cinquenta e dois anos se passaram desde Roberto Carlos pisou em Belo Horizonte pela primeira vez. Foi em 15 de setembro de 1966, no auditório da Secretaria de Saúde, o atual Minascentro, que o cantor emocionou e encantou o público mineiro. Na noite desse sábado, dia 07, não foi diferente. Em show no Mineirinho, o artista trouxe a BH um repertório variado, com canções da Jovem Guarda, dos anos de 1970 e atuais. Um espetáculo de mais de uma hora e meia, bonito e inesquecível.
Foi justamente em 1966 e no show deste sábado as duas únicas vezes que a Maria Caifa, de 70 anos, pode ver o ídolo de perto. “Meu amor por Roberto Carlos começou desde quando ele apareceu. Estou emocionada. Amo tanto ele que coloquei o mesmo nome no meu filho. Nem acredito que o vi novamente. De lá pra cá, o show continua com a mesma emoção, entretanto o amor mudou, agora é muito maior”, contou a dona de casa.
O show em BH foi o primeiro neste ano no Brasil. Roberto Carlos voltou de uma série de cinco apresentações em Portugal. O Rei escolheu a capital mineira para abrigar o evento às vésperas de completar 77 anos, no dia 19. A última apresentação do cantor na cidade foi em 2015. Sendo assim, os fãs já estavam ansiosos, tanto que os ingressos se esgotaram semanas antes. A apresentação foi linda, nada que o som com alguns problemas pudesse atrapalhar.
EMOÇÕES E GRANDES SUCESSOS
O Maestro Eduardo Lages e os músicos da orquestra abriram a apresentação com o tradicional pout purri. Roberto Carlos chegou ao palco cantando “Emoções”. Foram tantas… os gritos dos fãs ecoaram no ginásio e por onde se olhava via-se senhoras derramando lágrimas.
“Como vai você” e “Além do Horizonte” deram continuidade. Em seguida, o cantor sentou e, tocando violão, cantou “Detalhes”. Foi ovacionado em “Desabafo”. “Não é na hora que nós homens queremos, e sim, na horas que vocês mulheres querem. Durante minha vida cheguei a conclusão que não adianta lutar para dar certo, pois tudo acontece quando e na hora que elas querem”, brincou o Rei.
O AMOR NAS CANÇÕES
Emocionado e muito aplaudido Roberto deu sequência ao show com mais discurso. “Quando se ama verdadeiramente, quem foi o amado, sempre será. Fiz essa canção de um amor que existiu, as vezes existe até hoje, pois o verdadeiro amor sempre existe”, disse antes de “Outra Vez”.
No final da canção ainda completou: “Muitas as vezes o amor rima com dor. Quando vocês cantam essa música comigo, tenho a sensação que vocês já viveram ou estão vivendo situação como essa”. Brincou e disse que não precisava levantar a mão, pois não queria expor ninguém. Pediu para que todos respirassem fundo, se não, ele não aguentaria de tanta emoção.
Antes “Lady Laura”, canção que o cantor homenageia a mãe, Roberto disse que sentia muita alegria e amor, mas que hoje não canta mais a canção com alegria, pois sente saudades de sua mãe. Emendou com “Nossa Senhora”. “Cadillac” deu sequência.
Em “Olha” Roberto disse que tem dias que olha para a plateia e da vontade de cantar para alguém em especial. As mulheres logo levantaram da cadeira e clamaram que fossem para elas. Roberto respondeu de maneira surpreendente: “Olha, desse jeito eu nem volto mais para o Rio”. “Sua Estupidez” foi a próxima. O cantor disse que por elegância não diria para quem fez essa canção, mas que ela tem dona.
NOVOS SUCESSOS
O cantor parou o show e disse que 2017 foi um ano de muitas emoções. Antes de cantar “Chegaste” falou sobre a música. “Gravei dueto com Jennifer Lopez, J.Lo para os íntimos. Foi uma honra muito grande. Ela é incrível”.
Em seguida, comentou sobre o sucesso mais recente, “Sereia”, da novela das 21 da Globo “A Força do Querer”. “Nunca fiz música por encomenda, mas foi um convite da Glória Perez. Ela pediu uma música e disse que a personagem seria uma sereia e seria para a Isis Valverde. Em cinco dias a canção ficou pronta. Imagina como ficou minha cabeça”, contou.
Já no fim do show, Roberto apresentou a orquestra e lembrou a história de muitos deles. O percussionista Dedé chorou quando cantor contou sobre a transição da bateria para o novo instrumento. Antes de “Esse Cara sou Eu” o artista disse que fez a música falando de um cara que toda mulher queria ter e de um cara que todo homem gostaria de ser.
ROSAS A ELAS
Após “Como é Grande o Meu Amor Por Você”, “Jesus Cristo” encerrou a noite. Foi a hora mais esperada pelas fãs, que foram para frente do palco em busca das rosas. Durante e após a canção Roberto Carlos distribuiu várias dúzias das flores. Era uma disputa grande para ver quem conseguia uma, ou um pedaço. Esse também foi o momento que os fãs aproveitaram para entregar presentes ao rei, que foi embora em seguida.
Lana Medeiros foi uma das felizardas que conseguiram uma rosa vermelha jogada por Roberto. “Ele me entregou na mão e piscou. Agora eu vou entregar para sogra. Ela, eu e meu maridos somos muito fãs. Estou emocionada e muito feliz”.
Maria Lucia também saiu emocionada e sem palavras do show. Desde de 1964 acompanha o trabalho do cantor e já até tirou foto com ele. “Eu conheci o Roberto quando eu vendia LP e me apaixonei. Acompanho a carreira dele, já perdi as contas de quantos shows já fui, estive três vezes no cruzeiro dele e tenho até foto. Quando eu estou chateada eu ouço o Roberto para me acalmar. Só daqui 500 anos vai aparecer outro”, conta.
Depois de Belo Horizonte, Roberto Carlos passará por outras cidades brasileiras com seu novo show. Estão previstas duas apresentações em Vitória, no Espírito Santo, nos dias 14 e 15 de abril, uma em Belém, no dia 19 e outra em Manaus, no 21. Na sequência o Rei parte para o Panamá e para a Costa Rica, antes de retornar ao Brasil em maio para shows em Goiânia, Uberlândia e São José do Rio Preto.


fonte: Uai Online - 06.04.2018
ERASMO CARLOS DESCOBRE DOENÇA E FAZ IMPLANTE DE URGÊNCIA DE MARCA-PASSO
Cantor e compositor foi diagnosticado com uma anomalia no coração que causava desmaios.
'Que tiro foi esse?', brincou em postagem no Instagram

Cantor falou sobre o episódio em rede social
O cantor Erasmo Carlos, 76 anos, usou o Instagram para anunciar ter feito um implante de marca-passo, na noite de quinta-feira, nas redes sociais. O artista mostrou uma cicatriz no peito e brincou com a canção Que tiro foi esse?, de Jojo Todynho, ao apontar para a marca e se fingir de 'morto'.
Na publicação, Erasmo conta ter descoberto uma anomalia que o levava a desmaiar com certa frequência. "Gente que me ama… os amigos médicos descobriram que eu tenho hipersensibilidade na carótida, anomalia que ultimamente me causava indesejáveis desmaios. Após o último, fui obrigado a colocar um marca-passo com urgência, o que imediatamente foi feito com sucesso. Estou passando bem, graças a Deus, e voltando à forma. Obrigado a todos pela força!", diz na legenda.
O cantor, compositor e parceiro de Roberto Carlos circula no país com a turnê do disco Gigante gentil, lançado em 2014 e vencedor do Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock Brasileiro. Um dos ícones da Jovem Guarda, o artista terá sua trajetória narrada em uma cinebiografia protagonizada por Chay Suede, intitulada Minha fama de mau. O longa-metragem deve estrear ainda em 2018.


fonte: Huffpost Brasil Online - 05.04.2018
BH, VITÓRIA, BELÉM E MAIS: OS DETALHES DA NOVA TURNÊ DE ROBERTO CARLOS PELO BRASIL
ROBERTO ESCEOLHEU CAPITAL MINEIRA PARA ABRIGAR SEU SHOW NO MÊS EM QUE COMPLETA 77 ANOS

Ingressos para o show do Rei Roberto Carlos em BH estão esgotados.
Quem é rei nunca perde a majestade. O dito popular pode ser antigo, mas, no caso de Roberto Carlos, está mais atual do que nunca.
Prova disso é que não há mais ingressos disponíveis – pelo menos nos canais oficiais – para o show que o Rei da música popular brasileira fará em Belo Horizonte no próximo sábado, dia 7 de abril.
Roberto Carlos volta ao Brasil após uma série de 5 shows em Portugal, todos com casa cheia, e novamente cantará para uma plateia numerosa. O Rei escolheu a capital mineira para abrigar o evento às vésperas de completar 77 anos – faz aniversário no dia 19.
As músicas que farão parte da apresentação de Roberto Carlos no ginásio Mineirinho não foram divulgadas, mas é bastante provável que o Rei execute algumas do último álbum, Que Yo Te Vea, gravado totalmente em espanhol em 2017.
Maratona pelo Brasil
Depois de Belo Horizonte, Roberto Carlos passará por outras cidades brasileiras com seu novo show. Estão previstas duas apresentações em Vitória, no Espírito Santo (dias 14 e 15), uma em Belém (19) e outra em Manaus (21). Na sequência o Rei parte para o Panamá e para a Costa Rica, antes de retornar ao Brasil em maio para shows em Goiânia, Uberlândia e São José do Rio Preto.
A aproximação com a data do show tem mexido bastante com os fiéis fãs do cantor que há gerações conquista o País com seus sucessos românticos.


fonte: Blog Poder (Joyce Pascowitch) - 01.04.2018
O PREMIADO CINEASTA BRENO SILVEIRA REVELA QUE
FILMAR A VIDA DE ROBERTO CARLOS É O MAIOR DESAFIO DE SUA CARREIRA

Era começo de 2017. O diretor Breno Silveira rodava “Entre Irmãs”, no sertão alagoano, quando recebeu um convite irrecusável: filmar a vida de Roberto Carlos. Foi o próprio cantor quem o escolheu para contar sua história no cinema. Silveira conhecia Roberto desde a produção de “À Beira do Caminho”, de 2012, filme baseado nas canções do Rei. Na verdade, Silveira conhece Roberto há muito mais tempo, só que de outro jeito. Aos 19 anos (hoje, tem 54), depois de uma decepção amorosa, recebeu do pai um disco de Roberto e um conselho: “Para você aprender que todo mundo sofre”. Começava ali a admiração que se mantém até hoje.
Para conhecer em detalhes o biografado, foram longas horas de reuniões nos estúdios do cantor, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro. O mais popular artista brasileiro contava sua vida a Nelson Motta e a Patrícia Andrade, que assinam o roteiro do filme. Segundo o diretor, Roberto foi sincero e aberto, sem fugir de temas delicados – o episódio do acidente na infância que o fez perder uma perna, por exemplo, vai ser contado por ele pela primeira vez. “O que eu sinto nele é uma vontade muito genuína de relatar o que aconteceu”, diz Silveira. E completa: “Não é uma biografia não autorizada ou uma pesquisa, mas Roberto contando o que viveu pelo próprio olhar” [em 2006, o jornalista Paulo Cesar de Araújo lançou a biografia Roberto Carlos em Detalhes, impedida de circular por conta de uma ação civil movida pelo cantor.
RECORDAÇÕES
São as canções que guiam as memórias de Roberto. “Esse cara cantou o que viveu”, diz Silveira, que conta ter ouvido histórias de um homem que experimentou os amores e as angústias das letras que compôs. “Quando você descobre as fases e interliga as músicas, é muito emocionante. Eu chorei várias vezes porque, quando você vai à música e começa a entender o porquê daquela letra, entende também a vida do Roberto. Isso é lindo.”
A primeira leitura do roteiro aconteceu em dezembro do ano passado. A expectativa é que a produção – que envolve um complexo trabalho de caracterização de diversa épocas – avance até 2019, quando se espera que o filme seja lançado. “É um dos maiores desafios da minha vida”, diz Silveira, que, em 2006, dirigiu “2 Filhos de Francisco”, cinebiografia da dupla Zezé di Camargo e Luciano e nona maior bilheteria da história do cinema nacional. “Estou morrendo de medo e ao mesmo tempo de vontade. Quero que seja algo que transforme a visão que a gente tem do Roberto, alguma coisa que fique para sempre.” (por Luís Costa)


fonte: Blog Mauro Ferreira - 24.03.2018
RC NA VEIA DÁ PESO AO SOUL POP DE ROBOERTO CARLOS NO PULSO DA GUITARRA DE KISSER

O maior sucesso do repertório do álbum lançado por Roberto Carlos em 1975, Além do horizonte, pode ser caracterizado como o derradeiro flerte do cantor com a soul music norte-americana. O arranjo orquestral da gravação original diluiu um pouco o espírito soul dessa luminosa canção composta por Roberto em parceria com Erasmo Carlos. Mas, em essência, Além do horizonte é soul. Tanto que a composição ganharia sintomaticamente registros posteriores de Tim Maia (1942 – 1998) – em tremendo dueto com Erasmo gravado para álbum gregário lançado em 1980 pelo parceiro de Roberto – e do grupo Jota Quest, que reviveu Além do horizonte em 2005.
Contudo, a abordagem de Além do horizonte lançada em single neste fim de semana pelo RC na Veia – quarteto paulistano formado pelo baterista Dudu Braga, filho de Roberto, com Alex Capella (voz), Fernando Miyata (guitarra) e Juninho Chrispim (baixo) – é fiel à proposta do grupo de revisitar o cancioneiro de Roberto Carlos com pegada roqueira. No caso, o RC na Veia dá peso adicional ao derradeiro soul de Roberto, tocando Além do horizonte com o pulso da guitarra de Andreas Kisser. O músico do grupo mineiro Sepultura foi um dos convidados da gravação ao vivo de show captado em outubro de 2017, em apresentação na cidade de São Paulo (SP).
Já disponível nas plataformas digitais, o single Além do horizonte é a primeira amostra oficial desse registro ao vivo que chega ao mercado fonográfico em abril em CD, DVD e em edição digital. Andreas Kisser, aliás, também participa da regravação do funk Não vou ficar (Tim Maia, 1969) feita com a adesão de Rogério Flausino, vocalista do grupo Jota Quest. O próprio Roberto Carlos entra em cena e se junta ao RC na Veia e em Se você pensa (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1968) e no número coletivo que encerrou a apresentação com o recado de É preciso saber viver (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1969). Rafael Ramos assina a produção musical da gravação do show do grupo RC na Veia.


fonte: Metrópole Online - 24.03.2018
SEPARADA HÁ QUASE 30 ANOS, MYRIAN RIOS SE DECLARA PARA ROBERTO CARLOS
"O ÚNICO AMOR DA MINHA VIDA", DISSE A ATRIZ AO FALAR SOBRE O REI



Separada há quase 30 anos de Roberto Carlos, Myrian Rios — atualmente com 59 anos — disse que o rei continua sendo o grande amor de sua vida. Em entrevista inédita ao TV fama, a atriz e apresentadora falou sobre o relacionamento com o cantor e como encarou o divórcio.
Myrian foi casada com Roberto Carlos por mais de 10 anos.
Os dois tem 17 anos de diferença de idade. Segundo a atriz, isso atrapalhou o relacionamento dos dois.
No início do ano, ela postou uma foto ao lado do rei, durante um show.
No Instagram, ela postou várias declarações ao ex-marido.
Em entrevista ao TV Fama, ela disse que ele é o "único amor da minha vida".
“Conheci o Roberto com 16 anos, muito menina, e me separei aos 30. Ele me ensinou tanta coisa. É romântico, engraçado, acorda rindo. Eu tinha um mau humor danado e com ele aprendi a acordar de bom humor”, disse ela.
Segundo Myrian, durante o relacionamento, a a diferença de idade entre os dois (17 anos) passou a incomodar os amigos mais próximos. “Eles diziam: ‘amiga, você é tão nova, aproveita sua vida. Roberto não sai, não vai ao cinema’. E aquilo começou a mexer comigo. Essa coisa de viver, viajar”, comentou. “Sou cristã, católica de verdade, e se nossa separação foi permitida, com ele, o único amor da minha vida, é porque tinha que ser, para eu amadurecer, aprender, educar e criar meus filhos com valores.”


fonte: 24 Horas News Online - 12.03.2018
ROBERTO CARLOS SE PREPARA PARA LANÇAR PRÉDIO DE ALTO PADRÃO EM FORMATO DE ROSA

Focado na sustentabilidade, com sistemas de reaproveitamento de água e uso de energia solar, empreendimento, em Goiânia, contará com serviço de concierge e com alta tecnologia de automação de iluminação e som
Para quem ainda não sabe, Roberto Carlos é um dos sócios da Emoções Incorporadora, que já entregou quatro empreendimentos pelo Brasil. A novidade prevista para maio de 2018 será o lançamento do Horizonte Parque Flamboyant, um residencial com design inspirado nas flores que o cantor distribui para as fãs nos shows. Serão 152 apartamentos entre 177 e 204 m² e quatro coberturas, que vão variar de 444 a 507,55 m², no Jardim Goiás.
“Assim como outros empreendimentos que já entregamos, o nome do prédio é inspirado na música “Além do Horizonte”, de Roberto Carlos e de Erasmo. A ideia é imprimir um pouco da personalidade dele, no nome da torre, no uso da cor azul e agora com esse desenho em formato de rosa, criado pelo arquiteto Alexandre Leite ”, afirma Jaime Sirena, sócio da Emoções.

Além de Roberto Carlos ter uma simpatia muito grande pela cidade, Ubirajara Guimarães, também sócio da Emoções, revela a escolha da Incorporadora pela capital de Goiás.
“Temos bons parceiros na cidade, como a GMP e a GPL Incorporadoras que estão com a Emoções neste projeto. Além disso, todos os sócios gostam muito de Goiânia e veem como uma capital que está crescendo rápido. Estamos apostando nossas fichas nesta próspera cidade”, conclui.

Dody Sirena, Roberto Carlos, Ubirajara Guimarães e Jaime Sirena (sócios da Emoções Incorporadora)


fonte: Época Negócios Online - 12.03.2018
ROBERTO CARLOS PLANEJA CONSTRUIR PRÉDIO EM FORMATO DE ROSA
Condomínio residencial está nos planos da Emoções Incorporadora, da qual o cantor é sócio

O cantor é sócio de empresa no ramo imobiliário
e está inverstindo em construção inusitada
Não é de hoje que o gosto do cantor Roberto Carlos por rosas é conhecido pelo público. É comum vê-lo distribuindo flores aos fãs durante algumas apresentações, mas desta vez, ele planeja construir um prédio no formato da flor.
O condomínio residencial deve contar com 152 apartamentos no bairro Jardim Goiás, em Goiânia, e está nos planos da Emoções Incorporadora, empresa do ramo imobiliário da qual Roberto Carlos é sócio.
Recentemente, Roberto Carlos chamou atenção por processar um corretor chamado Roberto Carlos que utilizava seu nome em uma imobiliária, mas acabou perdendo o processo na Justiça.


fonte: O Globo - 11.03.2018
A VOZ DE ROBERTO CARLOS...
O Rei vai dublar as músicas no filme de Breno Silveira , que conta a história de sua vida. “Assim, não será preciso um ator cantor. Apenas, um excelente ator”, diz Dody Sirena, empresário de Roberto. O compositor gostou do que leu na primeira versão do roteiro, assinado por Nelson Motta e Patrícia Andrade. O filme mostrará desde a infância do cantor, com o acidente que o fez perder uma das pernas, até a consolidação de sua carreira depois da Jovem Guarda.


fonte: O Globo - 09.03.2018
ROBERTO CARLOS E O PROJETO IMOBILIÁRIO INSPIRADO EM ROSAS

Roberto Carlos vai dar início, em maio, à construção de um conjunto residencial de alto padrão em Goiânia. Ou melhor, o empreendimento será tocado por sua empresa, a Emoções Incorporadora.
O investimento da empresa, cujos sócios são o próprio Roberto Carlos, seu empresário, Dody Sirena, Ubirajara Guimarães e Jaime Sirena, será de R$ 100 milhões na obra e R$ 50 milhões em campanha publicitária, terreno e equipe de vendas.
Trata-se de uma torre de 33 andares com apartamentos de três e quatro quartos, que será inspirada nas rosas que o Rei joga para plateia depois de seus shows.


fonte: Glamurama Online - 09.03.2018
ROBERTO CARLOS VAI LANÇAR EDIFÍCIO ECO-FRIENDLY COM ARQUITETURA INSPIRADA NA ROSA

Uma das personalidades mais discretas do showbiz, Roberto Carlos é um empresário e tanto no ramo da construção civil como sócio da Emoções Incorporadora, que já entregou quatro empreendimentos pelo Brasil. E a nova sacada do grupo, que será lançada em maio, é o Horizonte Parque Flamboyant, residencial com projeto inspirado nas rosas que o Rei distribui para as fãs no fim de seus shows. O edifício terá 152 apartamentos entre 177 e 204 m² e quatro coberturas, que vão variar de 444 a 507,55 m², no Jardim Goiás, em Goiânia.
“Assim como outros empreendimentos que já entregamos, o nome do prédio é inspirado na música ‘Além do Horizonte’, de Roberto e Erasmo Carlos. A ideia é sempre imprimir um pouco da personalidade dele, seja no nome da torre, no uso da cor azul e agora com esse desenho em formato de rosa criado pelo arquiteto Alexandre Leite”, afirma Jaime Sirena, sócio da Emoções.
Focado na sustentabilidade, com sistemas de reaproveitamento de água e uso de energia solar, o edifício na capital de Goiás contará com serviço de concierge e alta tecnologia de automação de iluminação e som.


fonte: Cenário Minas Online - 28.02.2018
A VOZ, O CARISMA, O AMOR E TODA A EMOÇÃO DE ROBERTO CARLOS
EM BELO HORIZONTE NO DIA 07 DE ABRIL
Artista que dispensa apresentações, o ídolo da canção latino-americana está de volta ao país, após temporada de grande sucesso realizada em Portugal, com as casas de espetáculo lotadas em todas as apresentações. Foram 5 shows nas cidades de Lisboa e Porto em comemoração ao seu aniversário e o cantor conquistou os Portugueses com o seu sucesso mais recente, Sereia, da novela das 21 da Globo “A Força do Querer”, de Glória Perez. É um exemplo do sucesso mundial da Música Popular Brasileira. O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família. Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. A realização é da DC Set Promoções.
A CARREIRA
Roberto Carlos nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, uma cidade no Estado do Espírito Santo e começou a cantar na rádio aos nove anos. Na juventude sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde ele formou com amigos de escola o conjunto vocal The Sputnicks, depois em um outro grupo, The Snakes, já com a presença de Erasmo Carlos, seu parceiro na maioria de sua obra. Roberto Carlos passou a se apresentar em clubes e festas tanto sozinho como no grupo, e aos poucos estava na televisão no programa “Clube do Rock”, sendo anunciado ao público como o “Elvis brasileiro” ao cantar “Jailhouse rock”. Roberto também cantava na boate do Hotel Plaza seguindo a linha bossa-nova de João Gilberto enquanto percorria o caminho de artista iniciante atrás de gravadora.
Sua primeira gravação foi em 1959 pela Polydor, em 1960 gravou um novo disco de 78 RPM, e com o primeiro LP a música “Louco Por Você” estourou rapidamente. Com aparições frequentes em programas da TV, começava ali um caminho de sucesso sendo reconhecido em todo o país. Em 1963 com o lançamento do disco Splish Splash, se transforma num dos mais populares artistas jovens da época. O ano seguinte é marcado pelo lançamento de É Proibido Fumar, cheio de canções que se tornariam clássicos da música brasileira, como “O Calhambeque”.
Com a explosão mundial dos Beatles, o rock estava chegando ao Brasil, manifestando-se através de um movimento que o colocaria pela primeira vez no trono de Rei: a Jovem Guarda, recordista de audiência entre os jovens e um dos maiores sucessos da TV brasileira até hoje. Em novembro de 1965 veio o LP Jovem Guarda, revolucionando a linguagem musical da época através de canções como “Quero que vá tudo pro inferno”, cuja letra era ousada para época.
Tendo a companhia dos amigos e parceiros Erasmo Carlos e Wanderléa na linha de frente da Jovem Guarda, Roberto ditava a moda, inspirando roupas e adereços utilizados pelos jovens brasileiros. Em 1967 a Jovem Guarda atingia seu auge. A dupla Roberto-Erasmo, definitivamente consagrada, popularizava expressões que se tornavam referencia para os jovens. E a fama de Roberto chegava à França, apresentando-se no MIDEM, em Cannes. Seu novo disco, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, traria mais sucessos e proporcionaria sua estreia no cinema no ano seguinte. Impulsionado pelo disco, o filme “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura”, de Roberto Farias, estrelado pelo Rei e com participações de Wanderléa e Erasmo, bateu recordes de bilheteria.
Roberto continuava ampliando seus horizontes. Foi à Itália e voltou vencedor do Festival de San Remo, onde defendeu a música “Canzone per te”, de Sérgio Endrigo e Bardotti. Foi o primeiro estrangeiro a conseguir esta façanha. O ano seguinte começa com o lançamento de um novo filme “Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa”, que mais uma vez arrastou multidões aos cinemas. Musicalmente, Roberto já não estava mais em ritmo de aventura. Seu amadurecimento como compositor e intérprete começava a ficar evidente no novo álbum. Músicas como “Sua estupidez” e “As curvas da estrada de Santos” são uma prévia do Roberto romântico das próximas décadas.
O ano de 1970 foi marcado com a estreia de um supershow “Roberto Carlos a 200 km por hora”, na maior casa de espetáculos do Rio de Janeiro. Lançou seu terceiro filme, “Roberto Carlos a 300 km por hora”, o Rei virava ídolo também no exterior, principalmente nos países de língua latina. Recordista de vendas em todo o Brasil, recebendo Discos de Ouro a cada lançamento, em 1972, a cantora Ornella Vanoni chegou ao primeiro lugar das paradas europeias com versões em italiano para suas músicas.
Em 1974, Roberto Carlos gravou o primeiro especial de Natal para a Rede Globo de Televisão. Inaugurava ali uma tradição que se repete até hoje, sempre com a participação de convidados especiais, mostrando que o Rei sempre teve muito mais que “um milhão de amigos”.
Roberto foi o primeiro artista brasileiro a atingir a marca de mais de um milhão de discos vendidos a cada lançamento. A década de 70 reservaria ainda mais dois momentos importantes: sua campanha em prol do Ano Internacional da Criança, através da Rede Globo de Televisão, foi um sucesso estrondoso e a música “Amigo” serviu de tema para a visita do Papa João Paulo II ao México, cantada por um coro de crianças em transmissão ao vivo para todo o mundo.
Com suas músicas regravadas por artistas como Júlio Iglesias e Ray Conniff, Roberto finalmente grava um LP totalmente em inglês. Como resultado: a CBS lhe confere o Globo de Cristal, prêmio que distingue oferecido aos artistas que atingem a marca de 5 milhões de discos vendidos fora de seu país de origem. Seus LPs foram lançados em espanhol, italiano, inglês e francês. Em Portugal e Espanha, “Cama e Mesa” chegou aos primeiros lugares das paradas.
Em 1983, com uma equipe de 110 pessoas, incluindo uma orquestra de 42 músicos, Roberto Carlos realiza o Projeto Emoções e percorre 18 cidades de 14 estados do Norte/Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Nos anos seguintes, Roberto Carlos conferiria novos parâmetros aos padrões de execução de músicas nas rádios. “Caminhoneiro” (1984), “Verde e amarelo” (1985) e “Apocalipse” (1986) bateram recordes consecutivos, com respectivamente 3.287, 3.577, 3.608 execuções em um só dia. Para se ter uma ideia da grandiosidade destes números, as dez músicas do LP de 1983, somadas, alcançavam 5.981 execuções.
No começo de 1986, reuniu mais de 100 mil pessoas em quatro apresentações no Ginásio do Maracanã (Rio de Janeiro) e neste mesmo ano subiu ao palco do Radio City Music Hall, em Nova York, com enorme repercussão. Em 1988, coube a ele a honra de ter sido o primeiro artista nacional da CBS com um CD lançado no Brasil. A consagração definitiva no mercado latino viria com o Grammy de Melhor Intérprete de Música Pop Latina, pelo sucesso “Se o amor se vai”.
Nos anos 90 Roberto Carlos consolidou o sucesso com turnês nacionais e internacionais, lançamentos em discos com recordes de venda e em 2001 Roberto Carlos deliciou seu público com a gravação de seu disco acústico MTV. Roberto Carlos recebeu em 2002 do Presidente da República do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, a mais importante insígnia brasileira, a comenda Ordem do Mérito Cultural na classe de Grã-Cruz.
Em 2005, Roberto Carlos iniciou o Projeto Emoções em Alto Mar, um cruzeiro anual pela Costa Brasileira em um sofisticado transatlântico, onde o artista reúne seus admiradores, amigos e jornalistas e se apresentada em show intimista todas as noites. Este cruzeiro se tornou referencia em turismo náutico diferenciado.
Em 2009, na celebração dos seus 50 anos de carreira realizou 50 shows em todo o país para uma plateia de mais de 700 mil pessoas. Foi homenageado em dois espetáculos especiais que se transformaram em especiais de TV, CD e DVD: Elas Cantam Roberto, com 20 das mais importantes cantoras brasileiras interpretando seus sucessos, e Emoções Sertanejas, com 18 artistas/duplas expressivas da música sertaneja apresentando suas canções neste estilo musical. Estes dois espetáculos tiveram a renda beneficente. E ainda foi montada uma exposição com a trajetória de sua carreira num dos mais destacados espaços para arte na cidade de São Paulo, a OCA, no Parque do Ibirapuera. Mais de 100 mil pessoas tiveram acesso a pertences pessoais do artista (roupas, presentes, troféus, prêmios, automóveis e outros objetos pessoais) e a toda a obra musical, vídeos, retrospectiva de filmes em um formato altamente tecnológico e contemporâneo.
O ano de 2010 também foi marcado pela turnê internacional de Roberto Carlos que passou por diversos países das Américas como Estados Unidos, Canadá, México, Colômbia, Guatemala, Peru, entre outras. Em Nova York foi homenageado pela gravadora Sony Music e recebeu um prêmio por mais de 100 milhões de produtos (discos, CDs, DVDs) vendidos em todo o mundo. Ainda realizou o show único “Roberto Carlos Só Para Mulheres” dia 21 de novembro no Palácio do Anhembi, em São Paulo, para uma plateia exclusivamente feminina. No final deste ano, o artista recebeu uma das maiores demonstrações de carinho no Rio de Janeiro: o tradicional especial de final de ano da Rede Globo foi transmitido da Praia de Copacabana, onde ele se apresentou para uma plateia de aproximadamente um milhão de pessoas.
Começou com a sétima edição do Projeto Emoções em Alto Mar, no navio Costa Serena, e em março a homenagem da Escola de Samba Beija Flor com o enredo contando a trajetória do artista e se sagrou campeã do Desfile da Escolas do Grupo Especial. No dia 07 de setembro, concretizou o grande desafio que foi o Projeto Emoções em Jerusalém, show realizado no anfiteatro Sultan´s Pool em Jerusalém, e que se transformou em especial para a Rede Globo com direção de Jayme Monjardim. Em 2012, reafirmou seu sucesso no exterior, fazendo turnê com ingressos esgotados em diversas cidades. Foram 19 shows, passando por diversos países, como México, Peru e pelos Estados Unidos. Acaba de finalizar duas músicas inéditas que fazem parte da trilha sonora da novela “Salve Jorge”, de Glória Perez: “Esse Cara Sou Eu” e “Furdúncio”, lançadas num Extend Play (EP) com quatro faixas, que comprovam o sucesso de Roberto, ultrapassando a marca de 2 milhões de cópias vendidas.
Ele acaba de receber em 2014 uma homenagem pelos 12 milhões de discos vendidos no México, em toda a sua carreira e pelo primeiro lugar em 15 países com o EP “Esse tipo soy yo” pela Sony/ Itunes, além de ter gravado um DVD em Las Vegas, que será lançado no natal deste ano. Ele percorreu ao todo quatro países: Equador, México, Estados Unidos e Canadá. Os shows aconteceram em Guayaquil, Quito, Cidade do México, Veracruz, Guadalajara, Monterrey, Queretano, Puebla, Mérida, Las Vegas, San Diego, Los Angeles, San José, McAllen, Miami, Chicago, Toronto, Nova York e Boston. Somando um total de público de 127.656 pessoas que assistiram a última turnê internacional do Rei, que teve início no dia 24/07, no Equador e terminou em Boston no dia 4 de outubro.
Esta superprodução exigiu logística para levar 90 toneladas de equipamentos em 4 carretas de 20 metros de comprimento. 10 toneladas de backline foram transportadas via aérea do Brasil, incluindo equipamentos particulares do RC e de seus músicos. 14.743 km foram percorridos até o último show da turnê, sendo 4.343 km somente no interior do México.O jato particular do RC percorreu 16 horas e 45 minutos, sendo 11 horas somente no deslocamento no interior do México entre as cidades da turnê. 40 brasileiros fizeram parte do staff: técnica, músicos do RC, somando com outros 20 profissionais de produção do México, que viajam para todos os shows, além de 150 pessoas em cada cidade (cenário, segurança e produção)
PRÊMIOS RECEBIDOS
– Festival de San Remo (1968);
– 03 Grammy’s;
– 01 Grammy INTERNACIONAL em 1989 como melhor cantor;
– 01 Grammy Latino em 2005 como melhor álbum de musica romântica (Álbum Pra Sempre AO VIVO – Gravado no Pacaembu);
– 01 Grammy Latino em 2006 como melhor álbum de música romântica (Álbum “Roberto Carlos” 2005);
– Lifetime Achivement Award (1991 – concedido aos artistas que por mais tempo têm permanecido no topo do sucesso);
– Latin Music Awards 2006 com a música Detalhes e No Te Apartes de Mi;
– 15 Troféus Imprensa;
– Prêmio Sharp;
– Prêmio Shell;
– Prêmio Multishow de melhor cantor (2002);
– Marcas de Confiança da Readers Digest de melhor cantor (2005 e 2006);
– Prêmio Tim de 2003 e 2006 para citar apenas alguns dos prêmios recebidos.
Serviço Show Roberto Carlos em Belo Horizonte
· Local: Ginásio Mineirinho
· Dia: 07 de abril (sábado)
· Endereço: Av. Antonio Abrahao Caram 1000
· Início do show: 21h
· Abertura dos Portões: 19h
· Classificação: 16 anos. Menores só acompanhando dos dos pais/responsável legal.
Bilheterias Oficiais:
· Shopping 5ª Avenida
· Rua Alagoas 1314 – Savassi
· Funcionamento:
· Segunda à sexta = 10hs às 19hs
· Sábado = 10hs às 16hs
· Domingo = não funciona
Telefone: (11) 4003-6860
Valores dos Ingressos:
PISTA: CADEIRAS GOIANAS (PLÁSTICO) SEM NÍVEL NENHUM
AZUL NUMERADO – PORTAO 301 / CADEIRAS NUMERADAS
· R$ 560,00 (INTEIRA) / R$ 280,00 (MEIA ENTRADA)
*Obs: Cadeiras numeradas, a primeira fila esta há 3 metros do palco, possui meia entrada. Possui espaço para cadeirantes no 2 bloco, cadeiras numeradas.
VIP AMARELO NUMERADO – PORTÃO 201 / CADEIRAS NUMERADAS
· R$ 360,00 (INTEIRA) / R$ 180,00 (MEIA ENTRADA)
*Obs: Cadeiras numeradas, possui meia entrada, 40% meia.
VIP BRANCO NUMERADO – PORTÃO 201 / CADEIRAS SEM NUMERAÇÃO
· R$ 180,00 (INTEIRA) / R$ 90,00 (MEIA ENTRADA)
*Obs: Possui espaço para cadeirantes. 40% Meia, cadeiras não numeradas.
CADEIRA PREMIUM – PORTÃO 300 E 304
· R$ 180,00 (INTEIRA) / R$ 90,00 (MEIA ENTRADA)
*Obs: Não possui espaço para cadeirantes. Cadeiras não numeradas, possui meia entrada, 40% Meia. Cadeiras Fixas do Mineirinho.
ARQUIBANCADA – PORTÃO 701, 401 E 402 / CADEIRAS NÃO NUMERADAS
· R$ 120,00 (INTEIRA) / R$ 60,00 (MEIA ENTRADA)
*Obs: Pessoas com necessidades especiais devem usar o portão 701. Cadeiras não numeradas. Possui meia entrada, 40% meia.
** Meia entrada válida para estudantes e idosos acima de 60 anos.
Será exigida a carteira de estudantes na entrada com o pagamento da ultima mensalidade e, do idoso, a Carteira de Identidade.
No ingresso do estudante devera constar : ESTUDANTE
No ingresso de idoso devera constar : IDOSO
ATENÇÃO, CLIENTES PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS QUE UTILIZAM CADEIRAS DE RODAS DEVEM ADQUIRIR OS INGRESSOS PRÓPRIOS PARA ELES, E DEVERÃO SE INSTALAR NAS ÁREAS RESERVADAS DE CADA SETOR.


fonte: Quem Online - 16.02.2018
ROBERTO CARLOS POSTA FOTO FUMANDO CACHIMBO NOS ANOS 60 E ALERTA:
"FAZ MAL À SAÚDE"
Imagem publicada no Instagram oficial do rei, que deixou o vício em 1985, nesta sexta-feira (16)

Roberto Carlos
Aos 76 anos, Roberto Carlos resolveu resgatar uma foto de quase 60 anos atrás. No perfil oficial do cantor foi publicada nesta sexta-feira (16) uma imagem em que o rei aparece fumando um cachimbo e cheio de colares e anéis. Roberto parou de fumar cachimbo em 1985. "#MemóriaRC#Anos60#fumarfazmalasaude", dizia a legenda do clique.
No início deste mês, Roberto se apresentou na 14ª edição do Projeto Emoções em Alto Mar, a bordo do luxuoso transatlântico Costa Favolosa, de bandeira do Italiana, no Porto do Rio de Janeiro. Em entrevista à QUEM, ele divertiu a imprensa ao ser questionado se acreditava que era possível amar duas mulheres ao mesmo tempo.
O rei citou um psicólogo para dar sua resposta. "Uma vez conversei com um psicólogo muito famoso e ele falou que era possível amar não só duas mulheres ao mesmo tempo como muitas mais. Mas essa pergunta não deveria ser para mim, mas para o Mr. Catra, que deve ser um mestre nisso aí", brincou ele em referência ao funkeiro que tem 33 filhos com mulheres diferentes.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 14.02.2018
BANDA RC NA VEIRA LANÇA DVD COM SHOW QUE REUNIU ROBERTO, FLAUSINO, DIGÃO E GARRIDO

A banda RC na Veia com os convidados do show
Formada em 2014 com o objetivo de tocar músicas do repertório de Roberto Carlos na batida do rock, a banda paulistana RC na Veia se prepara para lançar em março o primeiro produto fonográfico dos quatro anos de carreira. Trata-se da gravação ao vivo do show realizado em outubro de 2017, em casa de shows da cidade de São Paulo (SP), com a participação do próprio Roberto Carlos, entre outros convidados estelares.
A presença generosa do Rei – em Se você pensa (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1968) e no número coletivo É preciso saber viver(Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1969), feito no fim do show – se deve ao fato de o filho de Roberto, Dudu Braga, ser o baterista do RC na Veia. Além de Dudu, o quarteto é formado por Alex Capella (voz), Fernando Miyata (guitarra) e Juninho Chrispim (baixo).
O repertório do show captado ao vivo, para edição de CD e DVD, inclui músicas como É proibido fumar (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1964) e Eu sou terrível (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1967). Antes de se reunirem no número coletivo que encerrou o show, os convidados tiveram um momento para o brilho individual.
O cantor carioca Toni Garrido pegou As curvas da estrada de Santos(Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1969). Vocalista do grupo brasiliense Raimundos, Digão cantou Esse cara sou eu (Roberto Carlos, 2012). Rogério Flausino deu voz ao funk Não vou ficar (Tim Maia, 1969), turbinado com o toque da guitarra de Andreas Kisser. O músico do Sepultura, aliás, também tocou guitarra em Além do horizonte (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1975). A produção do primeiro DVD do grupo RC na Veia é de Rafael Ramos.


fonte: Ego Brasil Online - 05.02.2018
CASSINO, KARAOKÊ E SHOWS ESPECIAIS DE ROBERTO CARLOS MARCAM
PROJETO EMOÇÕES EM ALTO MAR 2018
Roberto Carlos não abriu mão da diversão a bordo da décima quarta edição do Projeto Emoções em Alto Mar. Após duas horas de show no último sábado (03/2), o artista convidou Dody e Fernanda Sirena, seu empresário e a mulher dele, e Tom Cavalcante para lançarem a sorte nos tabuleiros do cassino do Costa Favolosa.
E não é à toa que Roberto Carlos jamais deixará o posto de maior artista da música brasileira. Perto de completar 60 anos de carreira, a proximidade do cantor com seus fãs é ainda mais evidente quando se está no meio do oceano. A edição de 2018 do já tradicional projeto colocou outra vez Roberto cara a cara com seu público durante quatro dias dentro do mais luxuoso transatlântico a navegar pelo litoral brasileiro.
Além dos três shows de Roberto, muitas atrações emocionaram e divertiram os passageiros que embarcaram no Costa Favolosa na última quarta-feira, 31 de janeiro. A começar pela apresentação de humor de Tom Cavalcante, que não poderia deixar de fazer sua famosa imitação de Roberto Carlos. E o próprio fez questão de prestigiar o amigo e assistiu Tom imitá-lo da fila do gargarejo do teatro, na sexta-feira (02/2). Ao final da apresentação, o humorista desceu do palco e abraçou o cantor.
No sábado (03/2), um momento para exercitar a fé. Padre Antônio Maria, amigo pessoal de Roberto Carlos e já presença garantida no projeto, rezou uma missa com a bênção especial das alianças, dedicadas aos muitos casais que aproveitam o Cruzeiro para celebrar suas uniões.
Depois, Carlinhos de Jesus foi uma atração à parte na área da piscina do transatlântico. O dançarino e coreógrafo deu uma aula de dança e fez a galera chacoalhar o esqueleto. O ator Eri Johnson ainda comandou o famoso karaokê de quase duas horas, em que foram sorteados 15 mulheres e 7 homens para subirem ao palco e cantarem músicas de Roberto Carlos. No final, apenas três felizardos foram eleitos os melhores pelo júri. Alessandra Sabino, de Fortaleza (CE), foi a grande vencedora do karaokê após cantar “Se Você Pensa”. Emocionada, ela ganhou das mãos de Roberto Carlos a discografia completa de CDs e DVDs do ídolo. O segundo lugar foi para a carioca e moradora do Recreio dos Bandeirantes Nilzete Vianna, com o hit “Força Estranha”, enquanto que Welton Teles, de Goiânia (GO), foi escolhido o terceiro melhor ao interpretar o clássico “Como Vai Você”. Os dois levaram para casa CDs e DVDs de Roberto.
Thiago Abravanel também marcou presença no Cruzeiro e soltou o vozeirão no seu famoso baile. Já o sambista Naninha comandou o grito de Carnaval dentro do navio. Provando ser um sucesso absoluto, a edição 2019 do Projeto Emoções Em Alto Mar já está com 47% dos bilhetes reservados.













fonte: O Dia Online - 06.02.2018
A cinebiografia de Roberto Carlos, sob direção de Breno Silveira (2 Filhos de Francisco), deverá banhar as salas de cinema somente no primeiro semestre de 2019. O elenco ainda está sendo formado. O projeto, encomendado pelo próprio Rei, vai ter início com o acidente que ele sofreu quando tinha 6 anos.


fonte: AGB News Online - 05.02.2018
ROBERTO CARLOS EM RITMO DE AVENTURA

E não é que Roberto Carlos deixou de lado a camisa azul para se aventurar de polo branca em uma das mesa do cassino, a bordo do navio Costa Favolosa!
Foram cinco dias e quatro noites de muita música e diversão para os passageiros que embarcaram na décima quarta edição do cruzeiro "Emoções em Alto Mar".
Até o rei se divertiu, junto de seu empresário Dody Sirena e do amigo Tom Cavalcanti em meio a suas fichas azuis.
Para alegria dos passageiros, na maioria feminino, um champanhe com votos de boas vindas, assinados pelo anfitrião do transatlântico, foi colocado em cada cabine para brindar o encontro com o ídolo.

As fãs não têm acesso direto a Roberto Carlos, a não ser amigos e parentes.

Na foto vemos o humorista Tom Cavalcanti, sua filha, vlogueira, Maria, ao lado do rei, a atriz e cantora Júlia Gomes, que ganhou uma rosa ao final do show e Ana Vitória Zimmermann, que ficou conhecida por protagonizar a novela 'Carrossel'.

Padre Antônio Maria, a mãe e a irmã da apresentadora Eliana, Eva e Helena, os pais de Angélica, dona Angelina e seu Francisco, Faustão, entre outros, curtiram a presença de Roberto Carlos que ainda promete muitas aventuras. Vem por aí um disco de inéditas, um em espanhol, Pablo Vittar pode participar de seu especial de fim de ano, a 15ª edição do projeto 'Emoções' não está descartada...

Aos 76 anos, com aparência jovial, de camisa florida em tons de azul, o cantor comentou na coletiva de imprensa, diante de 120 jornalistas, que não tem medo da velhice.
"Eu não tenho medo da velhice, tenho pânico, horror, um medo filha da p***"
Pois é, mas ídolo não envelhece!


fonte: Minas 1 Online - 04.02.2018
ROBERTO CARLOS AFIRMA QUE RECEBE NUDES E QUE GUARDA AS IMAGENS
Cerca de 2000 pessoas assistiram à apresentação, que vai se repetir na noite deste sábado (3)

O show de Roberto Carlos no "Projeto Emoções em Alto Mar 2018" teve um número especial. Ao cantar "Champagne", música em italiano de seu repertório, o rei mandou distribuir taças da bebida para a plateia.
Cerca de 2.000 pessoas assistiram à apresentação, que vai se repetir na noite deste sábado (3) no transatlântico Costa Favolosa. A embarcação partiu do Porto de Santos, no litoral sul de São Paulo, no dia 31 de janeiro e no dia 1° de fevereiro ancorou no Píer da Praça Mauá, no Rio. Segundo a assessoria de Roberto Carlos, havia cerca de 4.000 pessoas a bordo nesse trecho.
A euforia do público já podia ser vista horas antes do show na última quinta (1°). "Roberto, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver", gritava um grupo de senhoras antes da entrevista coletiva do rei. Durante o bate-papo com os jornalistas, o cantor disse que mesmo depois de 14 anos consecutivos ainda fica emocionado com o projeto."Essa emoção é diferente por si mesma. Não programamos coisas tão diferentes, mas tenho certeza de que a cada vez a emoção é maior." Roberto Carlos, que se considera "um homem do mar", diz que adora navegar.
'TEM QUE CHEGAR DEVAGAR'
"É muito bom. Sempre gostei de ter barco. O mar me inspira e me dá muita paz. Mas nunca escrevi canções no mar. Quando estou ali, não penso em nada."
Aos 76 anos, o rei não deixou de responder nem as mais ousadas perguntas, como se recebe "nudes", se é possível amar duas mulheres ao mesmo tempo, como se age durante a conquista? E ele respondeu tudo.
Sobre as fotos ousadas, ele garante, aos risos, que recebe e que guarda tudo. No quesito "coração grande", ele leva nota dez. "Uma vez falei com um psicólogo muito importante e ele me disse que é possível amar duas mulheres ao mesmo tempo. Até mais. E também acho possível sim."
E para se aproximar das mulheres, o negócio, segundo ele, é apostar no romantismo. Roberto afirma que cada situação exige um tipo de abordagem e aproveitou para dar seu recado aos homens machistas.
"Acho que o cara que entende de mulher sabe chegar de muitas formas. Sem ofender, sem chocar, sem agredir. Ele tem que entender bem, estudar? e chegar devagar. Chegar de uma forma que seja agradável a ela. Não podemos agredir uma mulher de jeito nenhum."
Amante de um bom vinho e de whisky, o cantor diz que busca ser uma pessoa saudável, sem grandes restrições, mas também sem excessos. "Procuro ter uma alimentação saudável. Evito carboidratos para não engordar e faço musculação, mas não sou radical."
Ao final da conversa, Roberto Carlos ei se emociona e solta um choro tímido. "Eu me emociono e às vezes até choro com o carinho das pessoas."
RETORNO ÀS ORIGENS
O "Projeto Emoções em Alto Mar" acontece desde 2004 e é conhecido como "o navio de Roberto Carlos". Em 2017, no entanto, o projeto ocorreu em terra firme, em um resort na praia do Forte, na Bahia. Por conta da conjuntura política e financeira daquele ano, que encareceria exacerbadamente o valor dos pacotes do navio, o cantor preferiu apostar em um formato economicamente mais acessível.
"Roberto achou injusto com os fãs cobrar um valor tão acima do normal", explicou a assessoria do cantor. Agora, em 2018, tudo parece ter voltado ao normal. Com informações da Folhapress.


fonte: Flor Santa Online - 04.02.2018
SOLTEIRO, ROBERTO CARLOS AMITE: "CONTINUO ESPERANDO PELO MEU GRANDE AMOR"

O cantor Roberto Carlos, que já foi casado três vezes, concedeu uma entrevista ao TV Fama, e, durante o bate-papo, o famoso contou que aos 76 anos ainda continua à espera do grande amor de sua vida.
“Continuo esperando (pelo meu grande amor), qualquer hora ela chega”, disse Roberto Carlos, rindo. Ao ser informado sobre a declaração de amor feita a ele por Myrian Rios, sua ex-mulher, nas redes sociais, o cantor contou que não sabia do post, mas descartou a possibilidade de uma reconciliação.
“Ah, eu não sabia não, mas muito obrigado. Da minha parte, sinceramente, não penso, nisso (em uma reconciliação), não. Ela também não pensa nisso, não, acho. Somos só bons amigos”, afirmou ele.
ROBERTO CARLOS QUER DUETO COM PABLLO VITTAR
O ano mal começou e já tem gente pensando no especial de final de ano do cantor Roberto Carlos na TV Globo. O rei fez uma apresentação em alto mar no Rio de Janeiro e conversou com a imprensa em sua chegada. Na oportunidade, o cantor falou sobre a possibilidade de ter Pabllo Vittar fazendo uma participação especial no seu especial.
“Convidaria, por que não? No meu especial sempre colocamos quem está em evidência e também penso em quem faria um bom número comigo. Ano passado tivemos o Tiago Iorc . Não tenho nenhum problema em relação ao Pablo, não tenho preconceito algum”, disse ele.
Por fim, Roberto comentou a sua relação com as mulheres e ensinou o que deve-se fazer na hora da conquista. “Acho que o cara que entende de mulher sabe como chegar de muitas formas. Sem ofendê-la, sem chocá-la, sem agredi-la. Tem que estudar e chegar de uma forma que seja sempre agradável a ela. A gente não pode agredir uma mulher de jeito nenhum”, disse.


fonte: Dabeme Online - 04.02.2018
ROBERTO CARLOS FALA SOBRE SER CHAMADO DE "REI!: "FUI ME ACOSTUMANDO"

Na última quinta-feira, Roberto Carlos recebeu jornalistas na 14ª edição do projeto ‘Emoções em Alto Mar’, no navio Costa Favolosa. Na coletiva, ele revelou que ficava sem graça sobre ser chamado de “rei'”.
“É complicado. Até porque não me considero um rei. Quando começaram a me chamar de ‘rei’ eu ficava sem graça e sem saber como reagir. Tinha medo que pensassem que eu estava me achando se respondesse e ao mesmo tempo tinha medo que me achassem metido se não respondesse. Com o tempo, fui me acostumando. Se gritam: ‘Fala aí, rei’, eu respondo: ‘Oi, e aí!’. Mas ainda hoje me considero só um cara comum que compõe e canta”.
Durante a entrevista, o cantor contou que não se imagina fazendo show só para homens. “Não me imagino fazendo show para uma plateia só para homens. Gosto de cantar para mulheres, me sinto no paraíso”. Roberto Carlos conta que se considera um feminista.


fonte: G1 Online - 02.02.2018
ROBERTO CARLOS NÃO DESCARTA DUETO COM PABLLO VITTAR: 'ESTÁ EM EVIDÊNCIA'
Cantor elogiou Tiago Iorc e disse acreditar ser possível amar mais de uma pessoa ao mesmo tempo.
Entrevista foi na 14ª edição do cruzeiro Emoções em Alto Mar.

Roberto Carlos comenta música atual e não descarta dueto com Pabllo Vitar
Roberto Carlos comentou sobre a possibilidade de um dueto com a drag queen Pabllo Vittar em um de seus especiais de fim de ano da TV Globo e elogiou novos nomes como Tiago Iorc. Ao ser perguntado sobre o sucesso da cantora pop, nesta quinta-feira, ele disse:
“Por que não? No meu especial a gente tem colocado sempre quem está em evidência e fazendo sucesso e, muitas vezes, vários artistas estão fazendo sucesso e a gente acaba escolhendo só um. Eu uso o critério de quem faria um bom número comigo. Esse ano convidamos o Tiago Iorc. E eu gostei muito do número que nós fizemos”, destacou o cantor.
A declaração foi dada durante uma entrevista concedida no cruzeiro “Emoções em alto mar” atracado no Pier Mauá, na Zona Portuária do Rio.
Ainda sobre as canções do momento, ele contou que ainda não escutou a música “Que tiro foi esse”, sucesso de Jojo Toddynho que ganhou as redes sociais.

Roberto Carlos e Pabllo Vittar
Roberto Carlos acredita que as suas canções são bem aceitas pelos jovens. Como sintomas de que a sua música não estaria desgastada pelo tempo, ele leva em consideração os números dos serviços de streaming e os pedidos de regravações de suas músicas.
“Eu vejo artistas jovens gravando músicas minhas. Eu acho que isso é um sintoma muito bom. Se os jovens gravam a minha música é porque eles querem agradá-los. Se eles fazem isso é porque os jovens gostam”, contou.
Roberto revelou que acompanha os destaques nas estações de rádio no carro e na TV quando está em casa. Mas não abandona os clássicos: “Meu mestre é o Frank Sinatra e eu me influenciei muito nele e em Elvis Prestley”.
O estigma do Rei
O cantor revelou que, quando foi chamado de Rei pela primeira vez ficou sem graça. Ele contou que se enxerga como um homem comum que compõe e canta.
“Se o cara me chamava ‘Ei, Rei!’ e eu atendia, eu pensava que ele poderia estar achando que eu me achava um rei porque respondia. Quando eu não respondia, eu pensava que ele poderia me achar besta. No princípio foi difícil. Com o tempo eu fui me acostumando”, explicou.

Navio Costa Favolosa, onde é realizada a 14ª edição do projeto Emoções em Alto Mar
Contra as cantadas agressivas
Com um grande público feminino, Roberto se declarou contra cantadas agressivas e afirmou que as mulheres têm o direito de se manifestarem contra abordagens que consideram inadequadas.
“O cara que entende de mulher sabe chegar de muitas formas. Sem ofendê-la, sem chocá-la, sem agredi-la. Enfim, tem que saber chegar devagar, estudar. E sempre usar uma forma que seja agradável a ela. A gente não pode agredir uma mulher, de jeito nenhum”, ressaltou.
Para ele, a mulher não pode ser tratada sem dignidade de nenhuma maneira. Perguntado sobre como chega nas mulheres, ele usou as próprias músicas para fazer uma analogia. "Tem que saber a hora de dizer 'Te amo, te amo, te amo' e a de dizer 'Eu te proponho'"
Poliamor
Questionado sobre escolhas amorosas, Roberto contou que acredita que é possível amar mais de uma mulher ao mesmo tempo, mas fez questão de passar a responsabilidade de possíveis consultas sobre o assunto para um cantor com muito mais experiência na área do poliamor.
“Eu conversei com um psicólogo muito importante e ele falou que sim, que é possível. Não só amar duas ao mesmo tempo como também muito mais. Mas eu acho que sim. Essa pergunta não deveria ser para mim, mas para o Mr. Catra”, destacou.


fonte: O Fuxico - 01.02.2018



fonte: Estado de São Paulo Online - 01.02.2018
'Tem que chegar devagar', diz Roberto Carlos sobre assédio a mulheres.
O cantor recebeu a imprensa a bordo de seu cruzeiro Emoções em Alto Mar, no qual falou por 45 minutos sobre política, velhice e um novo disco que pensa em lançar este ano·
Roberto Carlos faz cerca de 50 shows por ano, e, em geral, dá apenas uma entrevista: a bordo do cruzeiro “Emoções em alto mar”, que realiza desde 2005. Nesta quinta-feira, 1º, o cantor falou por 45 minutos a jornalistas – e a cerca de mil fãs, que lotaram o teatro a bordo destinado ao encontro com a imprensa – sobre assuntos tão variados quanto a política nacional (voltou a exaltar o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Lava Jato), a velhice (“não tenho medo, tenho pânico”, brincou, aos 76 anos) e a possibilidade de chamar Pabllo Vittar para seu especial de fim de ano na TV Globo (“Por que não? Não tenho preconceito algum”).
Para aplausos entusiasmados das fãs, ele comentou as demandas feministas contra assédios e abusos que têm vindo à tona no mundo artístico. “O cara que entende de mulher sabe como chegar de muitas formas, sem ofendê-la, sem chocá-la, sem agredi-la. Chegar devagar, estudar como é. Usar uma forma que seja agradável a ela. A gente não pode agredir uma mulher de jeito algum”, defendeu.
Ao falar da velhice, disse que tem “horror, um medo filho da p...” do avanço do tempo. “Mas fazer o quê? A gente tem que fazer tudo para ter sempre uma aparência um pouco mais jovem do que a idade que a gente tem. Pelo menos consola, ajuda a ir em frente. A minha velhice ainda falta muito tempo para chegar”, zombou.
Na entrevista, dada com o navio ancorado no porto do Rio, o cantor discorreu até sobre os escândalos de corrupção que vêm levando políticos aos tribunais e à cadeia, e também sobre as próximas eleições – ele costuma evitar falar de temas tidos como áridos.
“Eu ainda voto, embora não precise votar, e vejo tudo isso com muito otimismo, as coisas sendo resolvidas. O trabalho do (juiz federal) Sergio Moro e de todas as instituições é uma coisa maravilhosa, que nos consola, que nos anima. Ele merece todo o nosso apoio, carinho e aplauso”.
Roberto então puxou palmas para o juiz, sendo acompanhado pelo público (parte dos passageiros se inscreve para assistir à entrevista). Moro ainda não foi a um show do “rei” depois de se tornar conhecido em todo o País, mas já mandou uma mensagem de áudio declarando que a admiração é mútua.
O projeto “Emoções em alto mar” é um sucesso comercial desde que zarpou pela primeira vez, há 14 anos. Mais de 50 mil pessoas já embarcaram. O que atrai o público é a ideia de ter “intimidade” com o cantor: o show é realizado para mil pessoas por noite, número ínfimo se comparado aos grandes estádios e casas de espetáculos por onde passa. Roberto reforça essa sensação de proximidade ao subir ao palco e dizer, com malícia: “É muito bom estarmos mais uma vez sob o mesmo teto”.
“Meu marido não gosta e eu resolvi vir sozinha mesmo, parcelando em quatro vezes a passagem”, contava nesta tarde Silvia Dias, de 44 anos, gerente de um hotel em Atibaia (SP). “Sou fã do Roberto desde os meus 5 anos e comecei a tocar violão para aprender suas músicas. Hoje meu filho toca também. Já ganhei uma rosa num show no meio de 6 mil mulheres.”
Este ano, o passeio, que sai de Santos e passa por Ilhabela, Rio e Búzios, está sendo realizado no navio Costa Favolosa. O transatlântico, de bandeira italiana, tem mais de 1.500 quartos e partiu com 4 mil passageiros (lotação máxima). Anunciado como um “castelo sobre a água”, tem cinco restaurantes, 13 bares, piscinas, spa, cinema ao ar livre, cassino e discoteca, sendo a apresentação de Roberto a atração principal.
Para o verão de 2019, ano em que ele completa 60 anos de carreira, foram vendidos 30% das cabines em doze horas, entre quarta-feira e esta quinta-feira, mesmo sem navio e datas anunciados (sabe-se apenas que o cruzeiro sempre é uma ou duas semanas antes do carnaval).
“Nunca temos reclamação. A única é ‘não consegui tirar uma foto com o Roberto’”, brincou o empresário do cantor, Dody Sirena, que já planeja versões para os mares do México, da Itália e também em Miami. Em 2017, por causa da crise, que afastou os transatlânticos da costa do Brasil, a série de shows foi realizada em terra firme, num resort na Bahia.
No Costa Favolosa, as cabines mais caras, com varanda e área total de 42 metros quadrados, custam R$ 42,8 mil (para quatro pessoas); as mais baratas, internas, saem por R$ 9,4 mil (para duas pessoas). “Não acho caro. O clima é de amizade no navio, todas temos o Roberto em comum”, elogiava a dona-de-casa Meire Bronzin, de 49 anos.
Há décadas dando voz a músicas do passado em seus shows, Roberto promete lançar ainda em 2018 seu aguardado CD de inéditas. O cantor já tem “algumas começadas”, mas, obcecado por perfeição, admite publicamente que sente dificuldade de dar o trabalho como encerrado.
“Estou muito entusiasmado com esse próximo disco. Não acho que a pressa seja inimiga da perfeição. A pressa é amiga dos defeitos. Fazer coisas com pressa é aceitar os defeitos que vão acontecer”, ele declarou na entrevista.
“Eu termino um disco, mas gostaria de trabalhar nele por um ano mais. Aprendi isso com Sting, quando ele disse que nunca entrega um disco, mas o abandona. O que eu tenho feito tem tido bom resultado, ‘Esse cara sou eu’, ‘Sereia’... Fico muito tempo num disco, ouço, penso ‘está faltando isso’, ‘traz o músico de novo, vamos gravar de novo a parte dele’. Quanto está pronto, eu digo ‘ainda não está’.”
O CD em espanhol que gravou para o mercado latino, prometido para maio, já está finalizado, “mas ainda faltam umas coisinhas”, fez graça. Para o segundo semestre é que é esperado o de inéditas em português, com versões em português, feitas por ele mesmo, das canções em espanhol (de compositores latinos), além de outras de sua autoria, com e sem Erasmo Carlos.
Um projeto ainda em desenvolvimento é o filme de Breno Silveira, com roteiro de Nelson Motta e Patricia Andrade, que deve chegar aos cinemas no ano que vem. São, na verdade, dois filmes, que abarcam toda a sua trajetória artística. “O ator (que o interpretará) ainda não foi escolhido. Eu pensei no Brad Pitt, mas ele tem olhos azuis...” O ator será dublado – uma preocupação a menos para o perfeccionista Roberto.
Setenta e sete anos em abril, o “rei” sente-se feliz ao ver sua música chegar a um público mais jovem do que a mulher-de-sessenta que forma seu público óbvio – o que é nítido no público do navio, que vai da infância aos 90 anos. “Se jovens gravam, é porque os jovens gostam. Vejo com muita alegria o resultado da minha música esse tempo todo em todas as camadas.”
Ainda sendo gestada, a comemoração dos 60 anos de música poderá incluir shows com convidados pelo Brasil, nos moldes dos especiais da Globo. O ritmo e o número de apresentações não devem aumentar. “Recebemos mais de 400 convites para o Roberto cantar. Meu trabalho é escolher onde ele vai”, contou Dody Sirena. “A disposição é impressionante, de um jovem de 20 anos caindo na estrada para fazer shows”.


fonte: MSN Online - 01.02.2018
'TEM QUE CHEGAR DEVAGAR', DIZ ROBERTO CARLOS SOBRE ASSÉDIO A MULHERES

coletiva de imprensa em navio no Rio
Roberto Carlos faz cerca de 50 shows por ano, e, em geral, dá apenas uma entrevista: a bordo do cruzeiro “Emoções em alto mar”, que realiza desde 2005. Nesta quinta-feira, 1º, o cantor falou por 45 minutos a jornalistas – e a cerca de mil fãs, que lotaram o teatro a bordo destinado ao encontro com a imprensa – sobre assuntos tão variados quanto a política nacional (voltou a exaltar o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Lava Jato), a velhice (“não tenho medo, tenho pânico”, brincou, aos 76 anos) e a possibilidade de chamar Pabllo Vittar para seu especial de fim de ano na TV Globo (“Por que não? Não tenho preconceito algum”).
Para aplausos entusiasmados das fãs, ele comentou as demandas feministas contra assédios e abusos que têm vindo à tona no mundo artístico. “O cara que entende de mulher sabe como chegar de muitas formas, sem ofendê-la, sem chocá-la, sem agredi-la. Chegar devagar, estudar como é. Usar uma forma que seja agradável a ela.
A gente não pode agredir uma mulher de jeito algum”, defendeu.
Ao falar da velhice, disse que tem “horror, um medo filho da p...” do avanço do tempo. “Mas fazer o quê? A gente tem que fazer tudo para ter sempre uma aparência um pouco mais jovem do que a idade que a gente tem. Pelo menos consola, ajuda a ir em frente. A minha velhice ainda falta muito tempo para chegar”, zombou.
Na entrevista, dada com o navio ancorado no porto do Rio, o cantor discorreu até sobre os escândalos de corrupção que vêm levando políticos aos tribunais e à cadeia, e também sobre as próximas eleições – ele costuma evitar falar de temas tidos como áridos.
“Eu ainda voto, embora não precise votar, e vejo tudo isso com muito otimismo, as coisas sendo resolvidas. O trabalho do (juiz federal) Sergio Moro e de todas as instituições é uma coisa maravilhosa, que nos consola, que nos anima. Ele merece todo o nosso apoio, carinho e aplauso”.
Roberto então puxou palmas para o juiz, sendo acompanhado pelo público (parte dos passageiros se inscreve para assistir à entrevista). Moro ainda não foi a um show do “rei” depois de se tornar conhecido em todo o País, mas já mandou uma mensagem de áudio declarando que a admiração é mútua.
O projeto “Emoções em alto mar” é um sucesso comercial desde que zarpou pela primeira vez, há 14 anos. Mais de 50 mil pessoas já embarcaram. O que atrai o público é a ideia de ter “intimidade” com o cantor: o show é realizado para mil pessoas por noite, número ínfimo se comparado aos grandes estádios e casas de espetáculos por onde passa. Roberto reforça essa sensação de proximidade ao subir ao palco e dizer, com malícia: “É muito bom estarmos mais uma vez sob o mesmo teto”.
“Meu marido não gosta e eu resolvi vir sozinha mesmo, parcelando em quatro vezes a passagem”, contava nesta tarde Silvia Dias, de 44 anos, gerente de um hotel em Atibaia (SP). “Sou fã do Roberto desde os meus 5 anos e comecei a tocar violão para aprender suas músicas. Hoje meu filho toca também. Já ganhei uma rosa num show no meio de 6 mil mulheres.”
Este ano, o passeio, que sai de Santos e passa por Ilhabela, Rio e Búzios, está sendo realizado no navio Costa Favolosa. O transatlântico, de bandeira italiana, tem mais de 1.500 quartos e partiu com 4 mil passageiros (lotação máxima). Anunciado como um “castelo sobre a água”, tem cinco restaurantes, 13 bares, piscinas, spa, cinema ao ar livre, cassino e discoteca, sendo a apresentação de Roberto a atração principal.
Para o verão de 2019, ano em que ele completa 60 anos de carreira, foram vendidos 30% das cabines em doze horas, entre quarta-feira e esta quinta-feira, mesmo sem navio e datas anunciados (sabe-se apenas que o cruzeiro sempre é uma ou duas semanas antes do carnaval).
“Nunca temos reclamação. A única é ‘não consegui tirar uma foto com o Roberto’”, brincou o empresário do cantor, Dody Sirena, que já planeja versões para os mares do México, da Itália e também em Miami. Em 2017, por causa da crise, que afastou os transatlânticos da costa do Brasil, a série de shows foi realizada em terra firme, num resort na Bahia.
No Costa Favolosa, as cabines mais caras, com varanda e área total de 42 metros quadrados, custam R$ 42,8 mil (para quatro pessoas); as mais baratas, internas, saem por R$ 9,4 mil (para duas pessoas). “Não acho caro. O clima é de amizade no navio, todas temos o Roberto em comum”, elogiava a dona-de-casa Meire Bronzin, de 49 anos.
Há décadas dando voz a músicas do passado em seus shows, Roberto promete lançar ainda em 2018 seu aguardado CD de inéditas. O cantor já tem “algumas começadas”, mas, obcecado por perfeição, admite publicamente que sente dificuldade de dar o trabalho como encerrado.
“Estou muito entusiasmado com esse próximo disco. Não acho que a pressa seja inimiga da perfeição. A pressa é amiga dos defeitos. Fazer coisas com pressa é aceitar os defeitos que vão acontecer”, ele declarou na entrevista.
“Eu termino um disco, mas gostaria de trabalhar nele por um ano mais. Aprendi isso com Sting, quando ele disse que nunca entrega um disco, mas o abandona. O que eu tenho feito tem tido bom resultado, ‘Esse cara sou eu’, ‘Sereia’... Fico muito tempo num disco, ouço, penso ‘está faltando isso’, ‘traz o músico de novo, vamos gravar de novo a parte dele’. Quanto está pronto, eu digo ‘ainda não está’.”
O CD em espanhol que gravou para o mercado latino, prometido para maio, já está finalizado, “mas ainda faltam umas coisinhas”, fez graça. Para o segundo semestre é que é esperado o de inéditas em português, com versões em português, feitas por ele mesmo, das canções em espanhol (de compositores latinos), além de outras de sua autoria, com e sem Erasmo Carlos.
Um projeto ainda em desenvolvimento é o filme de Breno Silveira, com roteiro de Nelson Motta e Patricia Andrade, que deve chegar aos cinemas no ano que vem. São, na verdade, dois filmes, que abarcam toda a sua trajetória artística. “O ator (que o interpretará) ainda não foi escolhido. Eu pensei no Brad Pitt, mas ele tem olhos azuis...” O ator será dublado – uma preocupação a menos para o perfeccionista Roberto.
Setenta e sete anos em abril, o “rei” sente-se feliz ao ver sua música chegar a um público mais jovem do que a mulher-de-sessenta que forma seu público óbvio – o que é nítido no público do navio, que vai da infância aos 90 anos. “Se jovens gravam, é porque os jovens gostam. Vejo com muita alegria o resultado da minha música esse tempo todo em todas as camadas.”
Ainda sendo gestada, a comemoração dos 60 anos de música poderá incluir shows com convidados pelo Brasil, nos moldes dos especiais da Globo. O ritmo e o número de apresentações não devem aumentar. “Recebemos mais de 400 convites para o Roberto cantar. Meu trabalho é escolher onde ele vai”, contou Dody Sirena. “A disposição é impressionante, de um jovem de 20 anos caindo na estrada para fazer shows”.


fonte: Blog Anna Ramalho - 01.02.2018
ROBERTO CARLOS ELOGIA SERGIO MORO EM COLETIVA NO PROJETO EMOÇÕES EM ALTO MAR
Descontraído e muito sorridente, Roberto Carlos recebeu jornalistas em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 1° de fevereiro, a bordo do navio Costa Favolosa, na décima quarta edição do Projeto Emoções em Alto Mar. O ponto alto da entrevista foi quando um repórter perguntou se ele ainda vota e como vê as coisas no país. O Rei disse que mesmo não precisando mais, faz questão de ir votar e que vê tudo que vê o que juiz Sergio Moro esta fazendo com muito otimismo. “A gente dá um crédito a ele. Ele merece todo nosso apoio e nosso aplauso. Vamos contribuir para que tudo que ele esta fazendo tenha o sucesso que esperamos. As coisas já estão mudando”, disse o cantor sob muitos aplausos.
Temas como amor, mulheres, idade e dieta também estiveram na pauta, e o Rei, claro, respondeu a todas as perguntas com muita espontaneidade.
Quem mora no coração do Rei hoje? “Vocês, todos vocês moram e passeiam em meu coração de chinelo e pijama”.
Você tem medo da velhice? ” Medo não, pânico! Tenho um medo filho da p… da velhice. Mas a gente tem que fazer tudo para ter uma aparência um pouco melhor do que a idade que se tem. Temos que viver todas as fazes da vida. Eu estou conseguindo fazer as coisas todas direitinho”.
Como se cuida, o que faz para manter a forma? “Cortei o carboidrato para não engordar e faço musculação. Como tudo, mas com limite e claro, tomo meu vinho e meu Whisky. Sorvete agora só diet porque não se pode abusar do açúcar”.
Roberto disse ainda que ouve de tudo para ficar por dentro do que esta surgindo na musica. Mas que seus grandes mestres continuam sendo Frank Sinatra e Elvis. Quando perguntaram se ele levaria Pabllo Vittar para participar de um especial de fim de ano, ele respondeu que sim. “Por que não? Se acharmos que pode ser um bom numero, não vejo problema nenhum. Por mim tudo bem”. Já sobre Jojo Todynho ele disse que ainda não ouviu.


fonte: G1 Online - 01.02.2018
ROBERTO CARLOS DIZ QUE VAI LANÇAR ÁLBUNS DE INÉDITAS EM ESPANHOL E PORTUGUÊS EM 2018
'Estou muito empolgado com próximo disco', disse.
Antes de shows em navio, ele falou com fãs e jornalistas sobre vários assuntos:
disse que recebe e guarda 'nudes' e que apoia a Lava Jato.

O ano de 2018 promete ser de lançamentos para Roberto Carlos. Na agenda estão um álbum em espanhol, que já está pronto, e outro em português. "Estou muito satisfeito com o material que tenho nas mãos. Eu estou muito empolgado com o próximo disco", disse Roberto.
Ele respondeu a perguntas da imprensa e dos fãs sobre temas variados na tarde dessa quinta-feira (1) no teatro do transatlântico Costa Favolosa, atracado no Pier Mauá, na Zona Portuária do Rio.
O navio, que faz parte da 14ª edição do projeto Emoções em Alto Mar, leva quatro mil pessoas, de acordo com a organização da viagem, entre cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.
Noveleiro assumido
Fã de telenovelas, Roberto Carlos comentou o enredo de "O outro lado do paraíso". Ele revelou que acompanha a história. Apesar de ser contrário à ideia de vingança, ele entende o sofrimento de Clara.
"O enredo de uma novela é sempre modificado. É uma obra aberta. A gente tem que entender que ela foi maltratada. Temos que respeitar o que ela sofreu. A gente pode até pensar que ela está indo longe demais, mas foram muito mais longe com ela, que ficou 10 anos em um manicômio", destacou o cantor.
Apoio à Lava Jato
Questionado sobre as suas posições políticas, Roberto Carlos destacou que ainda vota, apesar de pela idade ser liberado pela lei. Ele manifestou apoio ao trabalho da Operação Lava Jato e vê as investigações com otimismo.
"Embora não precise votar, eu ainda voto. Gosto de ver as coisas sendo resolvidas e o trabalho do Sérgio Moro é maravilhoso. Eu apoio", destacou Roberto.
Recebe e guarda nudes Discreto em relação à vida pessoal, Roberto Carlos desconversou se está namorando. Mas disse que o assédio das fãs segue firme, mais de 50 anos após o início da carreira.
Sobre os avanços tecnológicos, ele contou que costuma receber 'nudes'. "Eu recebo. E guardo".
Emoções em Alto Mar
A viagem começou na quarta-feira (31) no Porto de Santos e terminará o domingo (4) à noite.
Antes da chegada do Rei, as fãs ocupavam os 1,3 mil lugares do local e entoavam o tradicional coro "Alô Roberto, cadê você? Eu tô aqui só para te ver".
Ao longo de cada resposta, elas gritavam e tentavam chamar a atenção do Rei.
De acordo com a organização do cruzeiro, o passageiro mais novo tem 5 anos e o mais velho tem idade que ultrapassa os 90 anos.
Roberto Carlos vendeu mais de 150 milhões de álbuns e lançou 101 discos, sendo 62 em língua portuguesa e 39 internacionais.
Atualmente, o cantor faz cerca de 45 shows por ano. Nesta edição, o projeto Emoções em Alto Mar recebeu 4 mil passageiros.


fonte: Extra Online - 01.02.2018
ROBERTO CARLOS FALA SOBRE ASSÉDIO E DIZ QUE RECEBE NUDES: 'GUARDO TUDO'

Roberto Carlos não fugiu das perguntas mais quentes dos fãs na estreia do projeto “Emoções em alto mar”, em que canta sucessos num cruzeiro marítimo pelo litoral fluminense. Diante de uma plateia entusiasmada, o artista abriu o verbo sobre detalhes mais íntimos da vida. À vontade, o músico de 76 anos comentou até sobre seus status amoroso: apesar de solteiro, o Rei continua com suas conquistas. É o que ele garante.
— Uma vez, eu conversei com um psicólogo importante, e ele falou que, sim, é possível não só amar duas mulheres ao mesmo tempo, mas até muito mais. Essa questão tinha que ser respondida pelo Mr. Catra, né? — brincou ele, referindo-se aos incontáveis casamentos do famoso funkeiro que é pai de 33 filhos.
Vaidoso, ele não nega que se assusta com o passar do tempo. Mas isso não é problema:
— Estou conseguindo fazer as coisas direitinho — afirma, arrancando risadas ao não especificar a tais “coisas”: — Não tenho medo da velhice. Tenho pânico e horror! É um medo filho da put*... Ops, é um medo muito grande! (risos) Mas fazer o quê? A gente tem que fazer tudo para não envelhecer tanto quanto a idade. É bom ter a aparência sempre um pouquinho mais jovem. Ao menos isso nos consola.
Usuário ativo de redes sociais como Twitter e Instagram, o ícone da Jovem Guarda recebe um sem-número de “nudes” diariamente em sua conta. O assédio das admiradoras é, realmente, um fenômeno misterioso. Basta uma palavra a mais para contagiá-las com gritos histéricos.
— Olha, continuo recebendo “nudes”. E sigo guardando tudo! — responde, sob o barulho estrondoso da multidão de senhoras.
Para o público feminino, o carinho é mesmo especial. Após mais de 50 anos de carreira, o ilustre morador da Urca, na Zona Sul, se considera um bom especialista do sexo oposto. Sobre letras que desmerecem a posição da mulher na sociedade, como a recente canção “Só surubinha de leve” — o funk foi criticado ao fazer apologia ao estupro —, Roberto prefere não dar atenção.
— É difícil dizer o que tem que ser feito para melhorar isso ou aquilo. Faço o meu trabalho da melhor forma e também vejo muitos compositores fazendo o mesmo. Acho que, em todo setor da música, há canções muito boas e não tão boas. A única coisa que posso contribuir é fazer a minha música do jeito que fiz sempre, tentando ser melhor. E, vou repetir, sempre com a preocupação de tratar a mulher da melhor form: — discorre, acrescentando: — Acho que o cara que entende de mulher sabe como chegar de muitas formas, sem ofendê-la e sem agredi-la. Tem que entender bem de mulher para saber chegar devagar. A gente não pode agredir uma mulher, de jeito nenhum.
Cinebiografia à vista
Em 2019, a vida de Roberto Carlos estará nos holofotes. Nas livrarias, uma biografia inédita (e oficial) esmiuça a trajetória pessoal do cantor. Nas telonas, um filme dirigido por Breno Silveira (o mesmo de “Dois filhos de Francisco”, de 2005), com roteiro de Nelson Motta e Patrícia Andrade, transforma a história do Rei em cinema. O ator que interpretará o protagonista ainda não foi escolhido:
— Sempre pensei num cara mais bonito do que eu. Podia ser o Brad Pitt, né? — opina Roberto.






fonte: Pure People Online - 01.02.2018
ROBERTO CARLOS CONSIDERA CONVIDAR PABLLO VITTAR PARA ESPECIAL: 'POR QUE NÃO?'
Roberto Carlos vai lançar um filme sobre sua carreira:
'O roteiro está em fase de finalização para depois aprovarmos o elenco'

Em coletiva nesta quinta (01), o cantor falou sobre seus novos projetos na música em 2018
Roberto Carlos chegou ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira (01) no navio Costa Favolosa, no qual embarcou em Santos na tarde de quarta para o projeto "Emoções em Alto Mar". Em terras cariocas, o rei concedeu uma coletiva de imprensa. Questionado se Pabllo Vittar era uma opção para seu próximo especial de fim de ano, ela garantiu que poderia convidar a cantora que divide o hit "Paraíso" com Lucas Lucco. "Convidaria, por que não? No meu especial sempre colocamos quem está em evidência e também penso em quem faria um bom número comigo. Ano passado tivemos o Tiago Iorc . Não tenho nenhum problema em relação ao Pablo, não tenho preconceito algum", conta o astro, que também dividiu palco com Simone e Simaria e a atriz Isis Valverde em seu especial de 2017.
'CARA QUE ENTENDE DE MULHER SABE COMO CHEGAR', ACONSELHA ROBERTO
Roberto explicou ainda que, a cada novo cruzeiro, se sente renovado. "Essa emoção é diferente por si mesma. Temos tendo tudo de uma forma muito emocional e não tratamos de mudar muita coisa todo ano, mas tenho certeza que cada vez que o projeto sai temos uma nova emoção", comemora o cantor, cujo dueto com Jennifer Lopez foi elogiado na web. Dono de canções românticas, ele destaca a importância de um homem ter respeito na hora da conquista. "Acho que o cara que entende de mulher sabe como chegar de muitas formas. Sem ofendê-la, sem chocada, sem agredi-la. Tem que estudar e chegar de uma forma que seja sempre agradável a ela. A gente não pode agredir uma mulher de jeito nenhum", garante.
CANTOR TERÁ HISTÓRIA RETRATADA NOS CINEMAS: 'ROTEIRO EM FASE DE FINALIZAÇÃO'
Interpretado por Gabriel Leone no longa sobre a vida de Erasmo Carlos, Roberto revela ainda dos projetos que será realizado este ano é seu filme, com lançamento previsto para 2019. Em tom bem-humorado, garantiu não ter preferências sobre quem o viveria nas telonas: "Pensei no Brad Pitt, mas ele tem olhos azuis e é complicado.. (risos) O Breno (Silveira, diretor do filme) é cuidadoso e vamos escolher juntos. O roteiro está em fase de finalização, para depois aprovarmos o elenco", detalha. Ele ainda relembra como surgiu o apelido pelo qual o Brasil o chama: "Quando começaram a me chamar de rei ficava sem graça e sem saber como reagir, se respondia ou não. No princípio foi muito difícil. Se respondia reconhecia que era rei, se não respondia passava de metido. Mas, hoje, é natural. Fui me acostumando. Eu não me considero assim... Me considero um cara comum que canta".


fonte: Cidade Verde Online - 31.01.2018
ROBERTO CARLOS CHEGA EM CARRO AVALIADO EM R$ 1,6 MILHÃO PARA CRUZEIRO

Roberto Carlos chegou em sua Lamborghini branca (avaliada em R$ 1,6 milhão) no Porto de Santos, na tarde desta quarta-feira (31). O rei embarcou no transatlântico Costa Favolosa - com 290 metros de comprimento por 32 metros de largura - para dar início à 14ª edição do projeto "Emoções em Alto Mar".
Nesta quinta-feira (1º), o navio vai ancorar no Píer da Praça Mauá, no Rio de Janeiro, onde Roberto fará uma entrevista coletiva e depois se apresentará às 23h.
Título de uma das canções de maior sucesso do rei, "Emoções" tornou-se a marca do "Emoções em Alto Mar". O projeto começou em 2005 com o objetivo de reunir amigos e admiradores do cantor para compartilharem momentos especiais. Tudo muito exclusivo, criado sob medida para quem sonha em cantar junto com o ídolo e se emocionar lembrando as histórias de vida pontuadas com canções do rei.











fonte: Pure People Online - 31.01.2018
ROBERTO CARLOS CHEGA A CRUZEIRO DE LAMBORGHINI E ESCOLTADO POR POLICIAIS

Roberto Carlos deixa o carro acompanhado por sua equipe
O veículo escolhido pelo cantor é um dos queridinhos dele em sua coleção
Roberto Carlos iniciou, nesta quarta-feira (31), seu projeto "Emoções em Alto Mar". O cantor chegou ao porto de Santos em uma Lamborghini branca do modelo Gallardo S, escoltado por quatro batedores da guarda portuária local. O veículo escolhido é de 2012 e é avaliado em R$ 780 mil em lojas online de carro: a Lamborghini, aliás, é uma das queridinhas do artista, que emocionouSimone e Simaria durante o ensaio para o especial de fim de ano: Roberto já foi clicado em anos anteriores chegando ao cruzeiro com ele. O navio escolhido é o Costa Favolosa e o pacote de cinco dias tem preços variáveis de R$ 9,4 mil a R$ 42 mil, dependendo da cabine escolhida pelo fã.


fonte: Ego Brasil Online - 31.01.2018
ROBERTO CARLOS EMBARCA NO PROJETO EMOÇÕES EM ALTO MAR 2018
O rei foi recebido com festa por fãs e jornalistas
antes de entrar em transatlântico de luxo no Porto de Santos

O Porto de Santos (SP) recebeu um passageiro para lá de especial na tarde desta quarta-feira, 31 de fevereiro. Roberto Carlos chegou ao tradicional cais para mais uma edição do Projeto Emoções em Alto Mar, em que o rei e seus súditos embarcam no mais luxuoso transatlântico a navegar pelas águas brasileiras. Conforme já virou tradição, o próprio artista, no volante de seu famoso Lamborghini branco, estacionou ao lado do navio Costa Favolosa e foi recebido por jornalistas e fãs sortudos. Em seguida, Roberto Carlos recebeu o cap naval das mãos do comandante do transatlântico e posou para fotos.
No cruzeiro do rei, como é conhecido popularmente, passageiros de todo o Brasil e do exterior têm a chance de assistir a concertos de Roberto Carlos em um teatro com capacidade para mais de mil convidados, além de shows de música e humor inesperados, festas tematizadas, palestras, encontros exclusivos e DJs convidados. O Projeto Emoções em Alto Mar 2018 acontece entre os dias 31 de janeiro a 04 de fevereiro.
Mauricio Aires
Kassu Produções







fonte: O Foco Online - 23.01.2018
ROBERTO CARLOS SURGE EM OUTRA EMISSORA E DECIDE FAZER REVELAÇÃO

Amaury Jr e Roberto Carlos
Como é de conhecimento, Roberto Carlos possui um contrato bastante restrito à Globo. Por conta disso, ele não pode aparecer em programas que não sejam da própria emissora. Caso queira participar de algum fora do canal carioca, tem que avisar com antecedência para poder receber a possível autorização da alta cúpula.
E, em se tratando de bastidores da TV, isso deve ter acontecido recentemente. É que neste último domingo, 21 de janeiro, o cantor gravou uma entrevista para Amaury Júnior e, sem segredos ou trava, falou abertamente do seu momento atual: contou, entre outras coisas, que está “aberto a um novo amor”.
De acordo com informações do colunista Flávio Ricco, o e encontro dos dois será um dos pontos altos da estreia do Amaury, sábado, dia 27, na Bandeirantes.
Após a morte de Maria Rita, em 1999, o cantor não voltou a se casar e nem mesmo tornou público algum relacionamento. Volta e meia surgem nomes de supostas namoradas do artista, que completa 77 anos em 19 de abril, mas nunca nada foi confirmado. Agora, de acordo com declarações dele mesmo, parece que existe o desejo de mudar essa situação.


fonte: Blog Canal 500 - 14.01.2018
OS 10 CANTORES QUE MAIS VENDERAM DISCOS NO BRASIL
A Discussão dos mais vendidos do Brasil continua, analisando os sites especializados chegamos a conclusão que absolutamente nenhum tem dados Oficiais, os calculo é feito por repercussão de vendas, usando este mesmo método o canal 500 notícias apresenta os números, aliado a uma pesquisa de rede, juntando com números apresentados pelas antigas gravadoras, sendo assim nosso Ranking ficou assim:


1º Tonico e Tinoco - Essa sem dúvida foi a grande surpresa da lista. Alguns não contam, mas a dupla sertaneja é a mais importante da história do Brasil e vendeu entorno de 150.000.000 Milhões de Discos em mais de 60 anos de carreira, gravando a incrível marca de 1000 Mil Musicas.

2º Teixeirinha - Esquecido da mídia, mas quase imbatível nas vendas, não tem o reconhecimento devido, mas sua obra ficou marcada, não se tem um número oficial mais calcula-se que ele vendeu mais de 130.000.000 Milhões de Cópias.

3º Roberto Carlos - Apesar de não ser surpresa pra ninguém o "Rei da Música" tem mais de 50 anos de carreira e uma lista interminável de sucessos e se consagra como um dos maiores cantores da América Latina, com mais de 120.000.000 Milhões de Discos Vendidos.

4º Nelson Gonçalves - Outro rei (do Boêmio) que sempre aparece nas listas dos cantores que mais venderam discos do Brasil. Muitos podem até não conhecer alguma música dele (seu auge foi nas décadas de 40,50 e 60), arrebatando mais de 70.000.000 Milhões de exemplares.

5º Rita Lee - A "Rainha do Rock" é um dos grandes representantes do gênero no Brasil de todos os tempos, ela batel a marca fantástica de 55.000.000 Milhões de Cópias vendidas.

6º Xuxa - Tida como a rainha (a dos baixinhos) entra no top 5 com um estilo bem inusitado, a música infantil, e com isso ela vendeu mais de 32.000.000 Milhões de Discos.

7º Chitãozinho e Xororó - A dupla fez história e saiu do Paraná e ganhou o Brasil. Seu estilo romântico inspirou duplas como Zezé di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, entre outros, sendo a Campeã da Nova Geração Sertaneja com mais de 30.000.000 Milhões de Cópias vendidas.

8º Raça Negra - O grupo que foi um dos pioneiros do estilo pagode-romântico, tem mais de 25 anos de estrada e é influenciador de vários grupos que existem hoje e vendeu mais 28.000.000 Milhões de Discos.

9º Leonardo/Leandro e Leonardo (entre 23 e 35 milhões) - A imprecisão está no fato de que até 1998, quando ainda fazia dupla com seu irmão que morreu nesse ano, a vendagem de discos fica entre 20 e 25 milhões e como cantor solo entre 10 e 12 milhões de discos vendidos.

10º Maria Bethânia - A diva da MPB também é a única de seu estilo a está no top 10. Com uma voz inconfundível, a irmã de Caetano Veloso toca até nas rádios portuguesas, batendo a casa de 25 Milhões de Discos.

Obs: Na 10º Posição a uma discussão tremenda entre três artistas, pelo fato de não ter dados oficializados e os números indicam para uma aproximação entre Legião Urbana, Milionário e José Rico e Maria Bethânia, seguindo a lista abaixo com os Trinta Mais (30) vendidos do Brasil.
11) Daniel - 20 milhões
12) Zezé Di Camargo & Luciano - 20 milhões
13) Fábio Júnior - 16 milhões
14) Gretchen - 15 milhões
15) Sepultura - 15 milhões
16) Sandy & Júnior - 15 milhões
17) Roberta Miranda - 14 milhões
18) Ivete Sangalo - 12 milhões
19) Zeca Pagodinho - 12 milhões
20) Alexandre Pires - 10 milhões
21) Diante do Trono - 10 milhões
22) Lulu Santos - 10 milhões
23) Marisa Monte - 10 milhões
24) Turma do Balão Mágico - 10 milhões
25) Wando - 10 milhões
26) Kid Abelha - 9 milhões
27) Bruno & Marrone - 9 milhões
28) Padre Marcelo Rossi - 8 milhões
29) Shirley Carvalhaes - 8 milhões
30) Só pra Contrariar - 8 milhões


PÁGINA INICIAL VOLTAR MENU AGENDA