GUMARC
AGORA EU SEI (NOTÍCIAS DO DIA A DIA)

AGENDA... AGENDA ... AGENDA

05.04.2014 - Fortaleza, CE - Arena Castelão
12.04.2014 - Recife, PE - Campo do Arruda
09.05.2014 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
10.05.2014 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
11.05.2014 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
16 de maio - São Paulo, SP – Espaço das Américas
17 de maio - São Paulo, SP – Espaço das Américas

AGENDA ANTERIOR (2014)

08 a 12.02.2014 - Projeto Emoções em Alto Mar 2014 (navio MSC Preziosa)
29.03.2014 - Curitiba, PR - Pedreira Paulo Leminski

AGENDA ANTERIOR (2013)

26 a 30.01.2013 - Projeto "Emoções em Alto Mar"
04.04.2013 - Blumenau, SC - Parque Vila Germânica
06.04.2013 - Florianópolis, SC - Estádio Orlando Scarpelli
10.04.2013 - Santa Cruz do Sul, RS - Ginásio Poliesportivo e Cultural do Parque da Oktoberfest
13.04.2013 - Pelotas, RS - Esporte Clube Pelotas
16.04.2013 - Caxias do Sul, RS - Ginásio do Centro Esportivo do Sesi
19.04.2013 - Porto Alegre, RS - Casa NTX
20.04.2013 - Porto Alegre, RS - Arena do Grêmio
30.04.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
01.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
03.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
04.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
07.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
10.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
11.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
12.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
17.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
18.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
19.05.2013 - São Paulo, SP - Espaço das Américas
25.05.2013 - Belo Horizonte, MG - Mineirinho
28.05.2013 – São Paulo, SP – Espaço das Américas
07.06.2013 - Juiz de Fora, MG - Expominas Juiz de Fora
09.06.2013 - Montes Claros, MG - Ginásio esportivo Tancredo Neves
11.06.2013 - Ribeirão Preto, SP - Centro Esportivo Pereira Alvim
12.06.2013 - São José do Rio Preto, SP - Centro Regional de Eventos
15.06.2013 - Uberlândia, MG - Ginásio do sabiazinho
09.08.2013 - Rio de Janeiro, RJ - Forte de Copacabana
10.08.2013 - Rio de Janeiro, RJ - Forte de Copacabana
11.08.2013 - Rio de Janeiro, RJ - Forte de Copacabana
16.08.2013 = Rio de Janeiro, RJ - Forte de Copacabana
17.08.2013 - Rio de Janeiro, RJ - Forte de Copacabana
23.08.2013 - Brasília, DF - Centro de Convenções Ulysses Guimarães
24.08.2013 - Brasília, DF - Centro de Convenções Ulysses Guimarães
20.09.2013 - Marília, SP - Ginásio de Esportes da Avenida Santo Antônio
21.09.2013 - São Carlos, SP - Ginásio Municipal de Esportes Milton Oldio Filho
22.09.2013 - Franca, SP - Ginásio Poliesportivo Pedro Morilla Fuentes
27.09.2013 - Sorocaba, SP - Clube Recreativo sorocaba
28.09.2013 - Campinas, SP - Expoamérica
29.09.2013 - Campinas, SP - Expoamérica
07.11.2013 - Campo Grande, MS - Ginásio do Guanandizão
09.11.2013 - Cuiabá, MT - Ginásio Aecim Tocantins
28.11.2013 - Maceió, AL - Ginásio do SESI
30.11.2013 - Natal, RN - Teatro Riachuelo
04.12.2013 - Teresina, PI - Theresina Hall
06.12.2013 - Caruaru, PE - Palladium
07.12.2013 - Campina Grande, PB - Spazzio




fonte: G1 Online - 08.04.2014
NOVA PROPAGANDA DA FRIBOI TERÁ ROBERTO CARLOS E TONY RAMOS JUNTOS
Novo comercial está previsto para entrar no ar nas próximas semanas.
Polêmica era prevista e cantor é 'ótimo garoto-propaganda', diz publicitário.

Roberto Carlos e Tony Ramos, durante apresentação de campanha em fevereiro
A propaganda da Friboi com Roberto Carlos dizendo que voltou a comer carne ganhará uma sequência. No novo comercial, previsto para entrar no ar na segunda quinzena deste mês, o cantor aparecerá junto com Tony Ramos. No primeiro filme, que estreou em fevereiro e já saiu do ar, o ator emprestava apenas a sua voz.
"Teremos uma nova etapa, a partir do dia 15 de abril, com o Tony presente", disse ao G1 Luiz Lara, sócio e chairman da Lew'Lara\TBWA, que criou a campanha da marca.
Segundo o publicitário, a polêmica envolvendo o anúncio de que Roberto Carlos voltou a comer carne após 30 anos já era esperada.
"Nós sabíamos, quando escolhemos o Roberto Carlos -- que está em outro planeta, pois é um artista, um mito e faz parte do imaginário coletivo dos brasileiros --, que iria surpreender o fato de ele ter voltado a comer carne bovina. Ele nunca foi vegetariano. Nos últimos 30 anos, comeu peixe e frango e, ao longo dos últimos 2 anos, voltou a comer carne. Sabíamos que ia provocar polêmica. E agora vamos dar continuidade a isso, com Roberto e Tony mostrando não só a pedida 'É Friboi' como a resposta", revelou Lara, sem adiantar detalhes da propaganda.
'Tony Ramos também não comeu carne em comercial'
Ele também rebateu as críticas e insinuações sobre o fato de o cantor não aparecer comendo carne no comercial. "O Tony Ramos também nunca comeu carne, e nem precisa. A gente tem 'n' campanhas vitoriosas com celebridades dando seu testemunhal sem necessariamente comer", explicou.
Para quem tem dúvidas de que Roberto Carlos voltou de fato a comer carne vermelha, o publicitário contou que o cantor "esteve na semana passada numa churrascaria do Rio, comendo carne".
"Não é só uma parceria de campanha. A Friboi se associou ao Roberto Carlos no patrocínio de 40 shows por ano, no show em Las Vegas e no cruzeiro Emoções. É um processo de experiência e ativação de marca", afirmou Lara.
'Roberto é um fenômeno'
Apesar da repercussão negativa nas redes sociais, a agência avalia que a campanha atingiu seu objetivo, agradou o público-alvo da marca e veio coroar a decisão do grupo JBS de fazer um investimento de promoção de marca dentro de uma categoria que até então não tinha a tradição de investir em propaganda para o público consumidor.
"A propaganda teve mais de 82% de lembrança; 67% descrevem a campanha e 54% adoram. Então, o Roberto é um fenômeno", disse o publicitário. "Por tudo que o ele significa, especialmente junto ao público feminino de classes A, B e C de mais de 25 anos, o Roberto Carlos é um ótimo garoto-propaganda", acrescentou.
Procurada pelo G1, a Friboi informou apenas que o novo filme da campanha está previsto para começar a ser veiculado na TV aberta nas "próximas semanas".
No anúncio da chegada de Roberto Carlos como novo garoto-propaganda da marca, o presidente da JBS disse que a empresa espera que as campanhas de marketing com as marcas Friboi e Seara ajudem a empresa de alimentos a aumentar em 20% sua receita líquida global de 2014.


fonte: site oficial RC - 08.04.2014
QUEM NUNCA OUVIU FALAR DELA?
Dona Laura, mãe de Roberto Carlos, inspiração para a música "Lady Laura", matriarca da Família Braga?
Nesta quinta-feira, dia 10, Dona Laura comemoraria mais um aniversário e não poderíamos passar esta data sem uma merecida homenagem.
Laura Moreira Braga nasceu no Espirito Santo, mais precisamente na Fazenda Santa Clara, situada entre Mimoso do Sul e Muqui, no dia 10 de abril de ... imagina... jamais cometeríamos tamanha indiscrição.
Filha caçula de onze irmãos, Laura foi entregue ainda bem pequena por seus pais Ana Luiza (Vovó Don'Ana) e Joaquim Moreira, para ser criada por sua irmã mais velha Jovina. Dindinha, como Jovina era conhecida, já era casada com o marceneiro Humberto Cristhofori quando recebeu Laura em sua casa.
Com a chegada de Ester, filha de Jovina e Humberto, estava formada a família e todos se mudaram para a cidade de Iconha no Espirito Santo. Lá chegando, ao procurarem uma casa para alugar, foram informados de que havia uma casa disponível de propriedade de Robertino Braga.
Robertino, na época ourives, ganhava a vida viajando de cidade em cidade comprando e vendendo joias. Possuía uma casa grande e espaçosa em Iconha. Conheceu Humberto e alugou sua casa para a família Cristhofori. Como ele viajava muito, só precisaria mesmo de um quarto para quando passasse por Iconha.
Laura ainda menina era excelente aluna, uma criança dócil e amável. Com dom para costura aprendeu o ofício com Dindinha que era uma costureira exemplar.
Muito bonita e vaidosa, não custou a chamar a atenção de Robertino que a cortejou. Namoraram e se casaram em meados de 1931.
Após o casamento o jovem casal se mudou para Cachoeiro do Itapemirim por sugestão de Anphilófio, irmão mais velho de Robertino, que os ajudou a construir a casa onde seus quatro filhos nasceriam.
No ano seguinte a família aumentava com o nascimento do primogênito Lauro Roberto, depois mais um menino, Carlos Alberto, seguido mais adiante pela única filha Norma, que ganhou o mesmo nome de uma boneca que Laura teve na infância .
Nove anos após o nascimento do primeiro filho, a família de Laura e Robertino finalmente estaria completa com a chegada do caçula Roberto Carlos.
Robertino firmou-se na cidade com seu ofício de ourives e relojoeiro e se instalou numa pequena loja no centro da cidade. Laura que era costureira, atendia uma vasta clientela, além de costurar as roupas da própria família. O barulho da máquina de costura até altas horas da noite foi canção de ninar para as crianças durante muitos anos.
Dona Laura foi peça de extrema importância para a carreira de Roberto Carlos, sendo responsável por leva-lo ainda criança, aos nove anos de idade, para cantar pela primeira vez na Rádio Cachoeiro. Incentivadora do talento do filho, não poupou esforços para ajudá-lo a realizar o sonho de se tornar cantor. Em comum acordo com o marido, acompanhou Roberto Carlos em sua mudança definitiva para o Rio de Janeiro. Seu Robertino não querendo ficar longe de sua esposa, logo os seguiu. Família reunida em Lins de Vasconcellos, começava a caminhada de Roberto Carlos rumo ao sucesso.


fonte: Jornal de Hoje - 07.04.2014
ESSE CARA (AINDA) É ROBERTO CARLOS
Em apresentação no Castelão no último sábado, Roberto Carlos provou que,
após cinco décadas de carreira - e mesmo quando o som não ajuda -, ainda é o "Rei" da música brasileira

Roberto Carlos: um ídolo de interpretação econômica que sabe provocar reações empolgadas da plateia
Mais uma vez, a Arena Castelão abriu suas portas para um astro da música. E, agora, pela primeira vez, para um nome nacional. Na noite do último sábado, foi Roberto Carlos quem estacionou seu calhambeque em Fortaleza para apresentar o show em que comemora seus mais de 50 anos de carreira junto com os 73 anos de vida, que ele completa no próximo dia 19.
Poucos depois de21h30min, Tom Cavalcante subiu ao palco para dar boa noite ao público e encomendar um coro de “Parabéns pra você”. Em seguida, a banda fazer um pot-pourri de sucessos e, em seguida, Roberto chegou todo de branco e foi recebido com muitas palmas.
Logo no inicio, a qualidade do som mostrou que não estava num bom dia. Microfonias e volume baixo geraram reclamações da plateia. As pessoas sentadas nas arquibancadas superiores até organizaram um pedido para melhorar a qualidade, mas não foram atendidos. Principalmente nos momentos em que Roberto Carlos conversava, pouco era entendido. “Fiquei surpresa com a pouca qualidade do som. A plateia ficou parada por que não conseguia ouvir”, criticou a professora Helena Souza, que estava na plateia superior lateral.
Do palco, o Rei não fez menção às reivindicações e seguiu seu protocolo. Num repertório sem surpresas, ele deu ao público exatamente o que se espera de um show seu. Da abertura como “Emoções” ao encerramento com “Jesus Cristo” e a tradicional distribuição de flores brancas e vermelhas (que ele faz de conta que beija), Roberto intercalou canções com longos diálogos falando sobre seu cachorro Axaxá e bastante sobre o amor. “São duas coisas que podem andar separadas (o amor e o sexo), mas, quando estão juntas, é bem melhor”, comentou. Também aproveitou para elogiar a Arena Castelão. “Que maravilha ficou essa obra. E em tempo”, arrematou o astro, que também fez vários elogios à banda.
Voz firme
Em cerca de duas horas de apresentação, Roberto Carlos percorreu sua história, desde a jovem guarda até o recente estouro de “Esse cara sou eu”. Um destaque fica para o arranjo vigoroso de “O calhambeque”, orquestrado pelo maestro Eduardo Lages. Banhado por uma iluminação belíssima, Roberto rege a multidão como poucos. Mesmo que pareça frio e econômico nas interpretações (apesar da voz firme e muito bem colocada), a plateia responde empolgada a todos os seus gestos. O que mostra que, com mais de cinco décadas de música, o Rei ainda causa muitas emoções.
Antes do show, a trilha sonora ficou por conta de clássicos de Ray Charles. Coincidência ou não, quando a banda executou a introdução de “O calhambeque”, fez uma citação de “Hit the road Jack”, um dos sucessos do ídolo americano.
Para entrar na Arena Castelão, o público tinha que entrar numa fila enorme. Enquanto uns furavam a fila, outros cediam seus lugares para os idosos que se aproximavam.
Pivô de uma polêmica recente entre Roberto Carlos e seus fãs vegetarianos, a marca Friboi fez uma ação durante o show com direito a belas garotas, adesivos e propaganda nos telões.
Na saída do show, muitos carros particulares e táxis formaram filas duplas para esperar seus passageiros, o que formou uma longa fia.
Um dia depois de anunciar que ficaria no Governo do Estado, Cid Gomes foi à Arena Castelão conferir o show de Roberto Carlos. Com um copo de cerveja na mão, atendeu a todos que pediram para tirar uma foto com ele.


fonte: Diário de São Paulo Online - 07.04.2014
ANGÉLICA QUER FAZER CARNE COM ROBERTO CARLOS
Angélica: 'Está até dando uma vontade de ir para a cozinha'

À frente de mais um ano do “Estrelas”, Angélica já tem uma lista dos convidados que ainda faltam pisar em sua atração. Entre eles, estão Rita Lee e Roberto Carlos.
“Agora, seria capaz de ele aceitar, né?”, diz ela, sobre o fato do cantor ser o novo garoto-propaganda da Friboi. “Também quero levar a Fernanda Torres, que é minha amiga e nunca foi.”
Apesar de estar na Globo e ter acesso ao casting do canal, a loira revela que não é tão fácil quanto parece convencer as pessoas a cozinharem no programa. “A maioria prefere vir para dar entrevista. É difícil cozinhar fora de casa, não é? É um desafio grande”, conta. Até por isso, muitas das receitas preparadas pelos convidados não dão certo.
“Fica todo mundo tremendo de nervoso. Tem coisas que ficam boas e outras ruins. Mas eu não fico falando, né? (risos)”, brinca ela, que confessa ter aprendido muita coisa com as panelas da TV. “Está até dando uma vontade de ir para a cozinha (risos).”
Neste ano, aliás, é possível que o formato, finalmente, ganhe transmissão em rede nacional. “A gente recebe muito retorno nas redes sociais. Eu torço para isso. Mas eu ainda não tenho certeza”, adianta.


fonte: O Povo Online - 06.04.2014
MESMO COM CHUVA, 45 MIL PESSOAS ASSISTEM ROBERTO CARLOS NO CASTELÃO

Primeiro artista brasileiro a cantar na arena castelão, Roberto Carlos atraiu 45 mil pessoas para o estádio na noite do último sábado, 5. A turnê do rei passa pelos seus mais de 50 anos de carreira e abre as comemorações do seu mês de aniversario.
Antes da apresentação, uma chuva fina tirou o sossego da plateia. A produção tentou resolver o problema distribuindo algumas capas plásticas, mas não deu pra quem quis. Antes de Roberto, foi Tom Cavalcanti quem subiu ao palco e pediu ao público que cantasse parabéns para o aniversariante. Em seguida, a banda executou um pot-pourri de sucessos e recebeu a grande atração da noite.
Todo de branco, Roberto Carlos chegou coberto pelas palmas da plateia. Mesmo com problemas de som, o que fez parte do publico reclamar, o cantor enfileirou sucessos como emoções, detalhes, o calhambeque, mulher pequena, cama e mesa e lady Laura, que dedicou à mãe.


fonte: Época Online - 04.04.2014
ROBERTO CARLOS EM RITMO DE DITADURA
Como, no auge de suas boas relações com o regime militar, o cantor ganhou a concessão de uma rádio em 1979
Em 1979, um cantor circulava pelos corredores de Brasília causando alvoroço entre as secretárias. Roberto Carlos, aos 38 anos, cabelos cacheados, fazia visitas pontuais a autoridades do governo. Seus passeios pelo Planalto tinham um propósito: conseguir a concessão para uma emissora de rádio. “Ouvi gritos no corredor e, de repente, entrou o Roberto Carlos em meu gabinete. Tomei um susto. Ele tinha vindo fazer uma visita de cortesia. Isso não era necessário, porque as concessões eram dadas pessoalmente pelo ministro ou pelo presidente. Eu cuidava apenas da documentação burocrática”, diz Rômulo Furtado, na época secretário-geral do Ministério das Comunicações. O ministro era o capitão da Marinha Quandt de Oliveira. O presidente era o general Ernesto Geisel.
>> 1964: O ano que não terminou
Roberto Carlos andava em companhia do radialista Cayon Gadia, seu sócio na empreitada. O governo distribuía concessões de rádio e restavam poucas faixas na frequência FM. Entre as grandes capitais brasileiras, havia um espaço atraente em Belo Horizonte. Na época, a distribuição das emissoras não obedecia necessariamente a critérios técnicos. “O nome de Roberto Carlos e o prestígio dele já eram credenciais suficientes para garantir a concessão”, diz Rômulo. O trabalho de lobby só deu resultado mais de um ano depois. No princípio do governo de João Baptista Figueiredo, Roberto Carlos conseguiu autorização para montar a Rádio Terra, que manteve durante 15 anos em Belo Horizonte – sem que o público nem mesmo os empresários do setor soubessem de sua participação.
>> 13 questões sobre a ditadura no Brasil

Proximidade: Roberto Carlos é condecorado pelo general Humberto de Souza Mello.
Ele foi listado entre “artistas que se uniram à Revolução”
Essa passagem desconhecida da biografia de Roberto Carlos foi o ponto culminante de suas boas relações com o poder ao longo de duas décadas de ditadura no país. Nos anos de chumbo, ele foi condecorado com a Medalha do Pacificador, ocupou cargos em conselhos do governo, livrou-se da censura com a ajuda do ministro da Justiça e foi contratado pelo Exército para atuar em inúmeros shows em homenagem à Revolução. Embora sempre tenha levado uma carreira de empresário paralela à de músico – na época da ditadura, ele tinha boate, postos de gasolina e uma locadora de automóveis –, a rádio foi um negócio bastante vantajoso, já que não teve de pagar nem um centavo pela concessão.
Seu sócio na emissora, Cayon Gadia, morreu em 2007. A mulher dele, Regina Blanco Ferreira, de 72 anos, relembra o caso. “Eles iam a Brasília falar com o presidente Figueiredo e com o Golbery (do Couto e Silva). Cayon ficou impressionado de ver o prestígio de Roberto ”, diz. Roberto Carlos nega. Em resposta a ÉPOCA por e-mail, ele informa que apenas aceitou o convite recebido pelo sócio e que não se lembra da ajuda de nenhum político ou militar para conseguir a concessão. “Que eu saiba não. Quem tratou de tudo foi o próprio Cayon Gadia”, diz.
Roberto Carlos já era funcionário do Ministério da Educação e Cultura quando os militares tomaram o poder, em 1964. Tinha 23 anos e trabalhava como assistente de relações-públicas na rádio MEC, no Rio de Janeiro. “Ele fazia serviços diversos. Pegava endereços que eu precisava ou ligava quando eu tinha de falar com alguém. Logo pedia para ir embora, porque precisava fazer seus shows”, diz a jornalista Noemi Flores, sua chefe na época, hoje com 92 anos. Depois que mudou de função, Noemi diz que nunca mais viu Roberto Carlos por lá. O nome dele continuou constando como funcionário até que sua exoneração fosse publicada, em 1970.
Em maio de 1967, Roberto Carlos já era uma espécie de unanimidade nacional, quando foi recebido para uma audiên­cia a portas fechadas com o ministro da Justiça, Luiz Antônio da Gama e Silva. Ele era um revolucionário ardoroso, redator e locutor do AI-5, medida mais dura do regime. Precisamente em 1968, ano do AI-5, o cantor lançou seu primeiro filme, Roberto Carlos em ritmo de aventura. O longa-metragem de ação não trazia nenhuma referência crítica ao regime, mas seu trailer foi barrado pela Censura, por questões burocráticas. Os produtores não conseguiram enviar a tempo uma cópia integral do filme, pré-requisito para que o trailer fosse liberado. Diante do impasse, o ministro Gama e Silva enviou um telegrama urgente à Divisão de Censura da Polícia Federal, que atuava sob seu comando. Ele pedia ao chefe da Censura para “abrir uma exceção” e liberar o trailer sem assistir ao filme. “Se trata de uma história cujo protagonista é o mais admirado e popular artista brasileiro”, afirmou o ministro. O trailer foi liberado no dia seguinte.
Em 1971, Roberto Carlos mandou um telegrama de condolências ao ministro da Aeronáutica, marechal Márcio Melo, lamentando a morte de três militares num acidente, durante um show da Esquadrilha da Fumaça. Nesse mesmo ano, um comunicado do Serviço Nacional de Informações (SNI) criticava a imprensa por “atingir a honra” de diversos artistas por meio de “noticiário difamatório”. “A incidência deste desgaste recai seguidamente sobre determinados artistas que se uniram à Revolução de 1964 no combate à subversão e outros que estão sempre dispostos a uma efetiva cooperação com o Governo”, diz o informe. Entre os artistas, aparece o nome de Roberto Carlos e de seu empresário na época, Marcos Lázaro.
Roberto Carlos realizou shows durante as Olimpíadas do Exército, em 1971 e 1972, na Presidência do general Emílio Garrastazu Médici. Os jogos serviam para aproximar os militares da população, enquanto o regime iniciava ações duras contra opositores. O ano de 1972 marca a desarticulação da Guerrilha do Araguaia, que deixou 62 mortos na região amazônica. Foi também o ano em que Roberto Carlos ganhou sua primeira nomeação no governo, para participar da Comissão Nacional Anti-Tóxico, do Ministério da Educação e Cultura. O objetivo da comissão era elaborar projetos para o combate às drogas. A escolha dos integrantes foi feita pelo então coronel Jarbas Passarinho, ministro da Educação na época. Com 31 anos, Roberto Carlos era o integrante mais jovem. “Nos reuníamos periodicamente em Brasília, para que cada conselheiro apresentasse sua proposta. Não vi o Roberto Carlos em nenhuma reunião”, diz Lygia Maria Bastos, hoje com 94 anos, então deputada estadual pela Arena, o partido do governo.
Em 1973, Roberto Carlos foi agraciado com a Medalha do Pacificador, honraria concedida a militares ou civis que de alguma forma contribuíam com o Exército. Mais tarde, a medalha ficou famosa por homenagear os torturadores do regime. Ele a recebeu em São Paulo, das mãos do general linha-dura Humberto de Souza Mello. Segundo a justificativa publicada no Boletim do Exército, a medalha foi concedida “pela inestimável colaboração prestada ao Exército”, em especial durante a realização de sua IV Olimpíada. Os jogos aconteceram no Recife naquele ano, e Roberto Carlos foi a grande atração do show de encerramento. Depois de receber a medalha, ele se apresentou durante a exposição O Brasil de hoje, que enumerava as realizações do governo ao longo de nove anos de ditadura. O músico Martinho da Vila também participou do evento.
Dois anos depois, o jornalista Vladimir Herzog foi torturado até a morte nas instalações do Exército em São Paulo. Sua morte desencadeou uma onda de insatisfação na classe média. Também em 1975, no mês de março, Roberto Carlos apareceu cantando num programa de televisão comemorativo ao 11º aniversário do golpe militar, transmitido em cadeia nacional. O programa contou com pronunciamento de vários políticos ligados à Arena. Também participaram do programa os músicos Jair Rodrigues e Eliseth Cardoso.

EXCEÇÃO O trailer do filme Roberto Carlos em ritmo de aventura foi liberado pela Censura após intervenção do ministro da Justiça
Em 1976, Roberto Carlos recebeu a Ordem do Rio Branco, reconhecimento do governo brasileiro pelos serviços prestados à nação. Quem entregou a medalha foi o presidente Ernesto Geisel. Naquele mesmo ano, ganhou seu segundo cargo no governo, desta vez no Conselho Nacional de Direito Autoral, que dava a palavra final em disputas relativas a direitos autorais no país. Os conselheiros participavam de reuniões quinzenais em Brasília. Recebiam passagem aérea, hospedagem e um jeton por reunião. Roberto Carlos ficou três anos na função. “Ele não ia a todas as reuniões, mas era um conselheiro frequente. Não abria a boca. Enquanto os outros conselheiros discutiam, ele apenas se sentava na cadeira. No final ia embora, sem falar praticamente nada”, diz Divaina Borges, então secretária do conselho. Um dos projetos apresentados por Roberto Carlos sugeria a criação de uma entidade que representasse os compositores de jingles publicitários. Os pareceres assinados por ele não foram preservados pelo ministério. “Ele olhava as questões com olhos de grande arrecadador que era, já que recebia direitos autorais como compositor, intérprete e editor”, diz o jurista Carlos Fernando Mathias de Souza, então presidente do conselho.
Roberto Carlos continuava na função quando criou a sociedade Rádio Terra Ltda., em fevereiro de 1979. Segundo o contrato de fundação, as transmissões teriam propósito educativo, cultural e informativo, mas também “cívico e patriótico”. O documento diz que a empresa poderia abrir sucursais ou filiais em todo o país. “Nos corredores do ministério, sabia-se que o desejo deles era criar uma rede de emissoras de rádio em algumas capitais brasileiras”, diz Rômulo Furtado, ex-secretário-geral do ministério. A concessão foi publicada no Diário Oficial em agosto de 1980. Os dois sócios conseguiram apenas uma emissora e levaram quatro anos para colocá-la no ar. Antes disso, Cayon Gadia saiu do negócio. “Ele não gostava de falar muito do assunto. Dizia apenas que pessoas próximas ao Roberto Carlos ficaram com ciúme da sociedade”, diz sua viúva, Regina Blanco. Sua parte foi vendida para José Carlos Romeu, radialista que apresentava shows de Roberto Carlos, e Sérgio Orensztejn, sócio de Roberto Carlos em uma locadora de automóveis.
Roberto Carlos foi à missa de inauguração e praticamente não voltou à rádio, que também não tocava músicas suas. “Ele queria deixar claro que era um negócio do empresário, não do artista”, diz Marco Aurélio Jarjour, que entrou na sociedade e hoje é o dono da emissora. Roberto Carlos vendeu sua parte em 1994. “Não houve motivo especial. Marco Aurélio se interessou em comprar minha parte, e aceitei a proposta”, disse Roberto Carlos por e-mail.
Roberto Carlos nunca fez músicas exaltando o regime, como a dupla Dom e Ravel. Ao longo da ditadura, manteve uma postura apolítica. Para o governo, era uma posição conveniente. “O perfil do Roberto Carlos era avaliado como positivo pelo regime. Se os militares conseguissem colar sua imagem à de um grande ídolo popular como ele, que ainda por cima não criticava a ditadura, seria interessante para eles. Mas isso não chega a constituir um apoio ou conivência. Houve ingenuidade política”, diz o historiador Carlos Fico. Uma concessão como a Rádio Terra, nos dias de hoje, vale em torno de R$ 2 milhões, segundo a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão.


fonte: Portal Nacional - 04.04.2014
FORTALEZA RECEBE SHOW DE ROBERTO CARLOS COM AÇÕES DA FRIBOI
A Friboi, do grupo JBS, patrocinadora oficial do cantor em 2014,
promoverá uma experiência diferenciada aos consumidores de Fortaleza.
No próximo dia 5 de abril, a cidade receberá o show do rei Roberto Carlos com várias ações da marca.
Comprando produtos Friboi Friboi, Swift ou Swift Maturatta nos estabelecimentos participantes, o consumidor ganha um ingresso para a apresentação na Arena Castelão. Além da ativação para consumidores, a empresa vai disponibilizar um espaço exclusivo, onde o público poderá tirar fotos divertidas com temática do show e postar direto nas mídias sociais e promotoras distribuirão adesivos alusivos ao evento.
Os principais clientes da região também irão ao show a convite da Friboi, que receberá em um espaço exclusivo próximo ao local do evento. “Roberto Carlos é o maior ícone da música brasileira, fala diretamente ao coração de quem o assiste. Ele é adorado por todos, está no dia a dia da consumidora, tem tudo a ver com Friboi”, afirma Wesley Batista, presidente da JBS no Brasil.
As ações fazem parte de uma ampla ativação de marca durante a turnê de Roberto Carlos e, além dos shows nacionais, a Friboi estará presente também nos eventos prioritários do cantor, como o navio Emoções e nos shows internacionais.
As próximas cidades a receber o artista são: Recife (12/4) e São Paulo (com apresentações entre 9/5 e 11/05).


fonte: Jornal do Commercio (PE) - 01.04.2014
REI APRESSADINHO
Roberto Carlos não vai dormir no Recife, dia 12, quando faz show no Chevrolet Hall. Ele vem no jatinho particular e vai embora assim que acabar. Assim é seu ritual. Sua banda é composta por 16 músicos e ele não é acostumado a grandes atrasos. Para este novo show, o rei só canta músicas de sua autoria. Sim, ele já pediu para a produção local providenciar 12 dúzias de rosas vermelhas e brancas. Uma de suas marcas registradas.


fonte: Gazeta do Povo Online - 01.04.2014
A PEDREIRA E AS CANÇÕES DO REI

Roberto Carlos fez sua parte no sucesso da reabertura
O show de Roberto Carlos na reabertura da Pedreira Paulo Leminski não foi impecável nem surpreendente. Houve um desencontro da banda aqui e ali; a voz do cantor, que pareceu ter problemas com o pedestal do microfone (indefectivelmente tombado), sumiu em momentos de maior intensidade dos arranjos. Não ficaram de fora suas canções mais conhecidas, e tampouco seus maiores clichês – vide o pot-pourri instrumental de gosto duvidoso que deixou a abertura do show com cara de vinheta de final de ano na tevê.
Mas o Rei, mesmo assim, fez exatamente o que se esperava dele: foi um sucesso. Aparentemente, nem estes detalhes, nem aquele infame anúncio de carne que o fez passar vergonha também ali, no telão do palco antes do show, são suficientes para atrapalhar a conexão que Roberto Carlos estabelece entre o palco e a plateia. Nenhum artista brasileiro faz tanto sucesso e tem tanta intimidade com seu público quanto ele. Em meio a canções que percorreram desde a Jovem Guarda até a recente “Esse Cara Sou Eu” – passando por menções pontuais à pegada venenosa de suas ótimas incursões pelo funk entre o fim dos anos 1960 e o início dos anos 1970, como em “Ilegal, Imoral ou Engorda” –, o Rei canta e fala de sua vida, versa sobre o amor, se atreve a falar de sexo. E o público ouve de perto.
Foi isso que o artista emprestou à reinauguração da Pedreira. Um evento também político, amparado por um aparato policial impressionante – talvez até exagerado considerando que o show explorou menos de um terço da capacidade do espaço. E um ensaio para espetáculos maiores – e mais democráticos –, para os quais ao menos o funcionamento do Pedreira Bus, que fez seus clientes da linha Premium esperarem por até uma hora para embarcar, deverá ser melhor planejado.


fonte: Gazeta do Povo Online - 31.03.2014
ROBERTO CARLOS REABRE A PEDREIRA PAULO LEMINSKI
O show de Roberto Carlos, no último sábado, marcou o aniversário de Curitiba e a reabertura da Pedreira Paulo Leminski, com sistema de transporte oficial do evento, batizado de Pedreira Bus. O sistema apresentou problemas para esgotar a longa fila de pessoas que aguardavam pelo ônibus na hora da saída.
O rei abriu o show com a clássica canção “Emoções”. Logo no início, a banda tocou pequenos trechos das músicas do repertório da apresentação, incluindo sucessos como “Detalhes”, “Como é grande o meu amor por você”, “Jesus Cristo”, “Além do Horizonte”, entre outras. A saudação aos curitibanos foi marcada pela comoção do público, que recebeu o rei de pé e cantando em coro. “Que prazer ver vocês de novo, nesse lugar bonito, aos 321 anos de Curitiba, mais velha que eu, bicho”, brincou.
De azul Muitos fãs também vieram vestidos de azul para agradar o rei. As professoras Elisângela Venci, Iara do Amaral, Léa Cunha, Elisabete da Cruz e Sílvia Lúcia Oliveira combinaram o figurino antecipadamente, assim que souberam do show do cantor em Curitiba. Já Suzana Garret, que também veio de azul, conseguiu vir ao show porque ganhou o ingresso. “Eu nem acreditei, porque eu não ia poder pagar.” A professora Berenice Carvalho comprou um vestido especialmente para a apresentação. “O próximo passo é ir ao cruzeiro dele.” Berenice também trouxe uma faixa azul e branca, mas não revelou o que estava escrito. “É surpresa.”
O show marcou a reabertura da Pedreira Paulo Leminski, fechada pela Justiça em 2008 por uma ação do Ministério Público movida em nome de moradores da região. Desde então, o local passou por uma série de readequações que custaram cerca de R$ 17 milhões à empresa que detém a concessão para administrar o local, a DC Set Promoções.
Mobilidade
A entrada dos fãs ocorreu sem tumultos, mesmo com meia hora de atraso para a abertura dos portões da Pedreira. Houve apenas congestionamento na Avenida Mateus Leme por causa do bloqueio na Rua João Gava. A apresentação do rei foi limitada para 8,2 mil pessoas – menos de um terço da capacidade total da Pedreira. O transporte oficial do evento, uma alternativa ao uso do carro, apresentou problemas. A linha Premium, que levou no máximo 44 pessoas por trajeto por permitir apenas passageiros sentados, demorou para esgotar a longa fila que se formou na saída. Os passageiros pagaram R$ 20 pela passagem de ida e volta. Já a linha Express, que levou os passageiros em um ônibus de linha convencional e custava a metade do preço da Premium por permitir a viagem em pé, esvaziou sua fila rapidamente e teve veículos sobrando.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 30.03.2014
O BIS ESTÁ GARANTIDO
Roberto Carlos voltará pela primeira vez ao Radio City Music Hall, em Nova York, desde que recebeu, naquele palco, a notícia da morte de sua mãe, Lady Laura, há quatro anos. Será o show de encerramento de sua turnê internacional, em 3 de outubro. Em 2010, arrasado, o Rei não voltou para o bis, garantido na próxima apresentação.


fonte: O Povo Online (CE) - 30.03.2014
O SHOW DO "REI" EM FORTALEZA
Roberto Carlos volta a se apresentar em Fortaleza. O show acontece no próximo sábado, no Castelão. Maior ícone da música popular brasileira, o “Rei” atravessa gerações renovando sua legião de fãs - apesar de posições e declarações controversas (como as que cercaram a polêmica sobre as biografias não-autorizadas). Ainda que, já há muitos anos, não tenha o mesmo vigor criativo de sua fase áurea (nos anos 60 e 70), o “Rei” é o “Rei” e certamente vai emocionar.


fonte: Último Segundo IG - 30.03.2014
CANTOR PARTICIPOU DA FESTA DE 321 ANOS DA CIDADE
E REINAUGUROU O PARQUE DAS PEDREIRAS, QUE CONTA AINDA COM A ÓPERA DE ARAME
Roberto Carlos se apresentou em Curitiba nesse sábado (29), dia em que a cidade comemorou 321 anos. Às 21h40, com 40 minutos de atraso, o cantor subiu ao palco para se apresentar para um público estimado em 10 mil pessoas na reabertura da casa de shows Pedreira Paulo Leminski. que estava fechada desde 2008.
Perto dos 30 minutos de atraso, parte do público começou a aplaudir e a chamar por Roberto Carlos, mas sem vaias ou tumulto. No palco, a banda RC9 tocou “Como é Grande o Meu Amor Por Você” em versão instrumental. Depois foi a vez de o Rei entrar em cena e arrancar gritos, ainda que contidos,da plateia.
“É um prazer enorme rever todos vocês. Obrigado pelo carinho, é um privilégio me apresentar em um lugar como esse”, declarou o músico logo depois de cantar “Emoções”.

Roberto Carlos fez show na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba (29/03/2014)
Entre as canções consagradas de seu repertório e a mais recente “Esse Cara Sou Eu”, Roberto Carlos fazia suas tradicionais piadinhas dos shows para ver se animava a plateia, que participava, mas com certo distanciamento. Ao final do hit “Outra Vez”, por exemplo, o cantor disse: “Vamos terminar essa canção juntos, mas sem medo, por favor”, falou.
Logo em seguida ele se emocionou na música em homenagem à mãe, Lady Laura, que morreu em 2010. “Não posso cantar essa música com a mesma alegria de antigamente”, lamentou.
As pequenas falhas de microfone e algumas oscilações no volume não prejudicaram a apresentação de quase duas horas. Ao final do show, a plateia deixou a timidez de lado e se aglomerou em frente ao palco para tentar pegar a tradicional rosa do cantor.
Reinauguração
Além de comemorar o aniversário de Curitiba, o show de Roberto Carlos marcou a reabertura da Pedreira Paulo Leminski. Em 2008, os moradores do bairro em que a casa de espetáculos está localizada entraram com uma ação pedindo o término das atividades devido ao barulho e ao tumulto gerado nos dias de shows.
No entanto, em Janeiro deste ano, a Justiça derrubou a ação e a empresa DC Set, de Dody Sirena, sócio de Roberto Carlos, decidiu investir no local e trouxe o músico para o primeiro show.

Roberto Carlos reabre a Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba
“Aqui em Curitiba agora temos o compromisso de levarmos ao mundo a opção para realizar grandes eventos nesse lugar que é mágico. Tivemos grandes desafios nos últimos meses para voltar com Pedreira. Hoje a obra está 75% acabada. Tudo isso sem financiamento, tudo com investimento próprio”, falou Cicão Chies, sócio-fundador da DC Set.
Segundo ele, a intenção é transformar Parque das Pedreiras no “mais belo e mais estruturado centro de entretenimento da América Latina”.
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, também prestigiou o evento e comentou sobre o Parque das Pedreiras. “A reabertura desse espaço é muito importante para a nossa cidade. Está tudo ótimo e com certeza aqui vai receber outros grandes shows”, declarou.


fonte: O Povo Online - 30.03.2014
MUITAS EMOÇÕES
Próximo de completar 75 anos, Roberto Carlos vem a Fortaleza para realizar único show na Arena Castelão.
A emoção está garantida
Depois de Paul McCartney, Elton John e Beyoncé, chegou a vez de um artista nacional se apresentar na Arena Castelão. E poucos poderiam assumir essa responsabilidade como Roberto Carlos. Ícone da música brasileira há mais de cinco décadas, o Rei sobe ao palco no dia 5 de abril, para única apresentação com sua já famosa orquestra.
Desfilando os sucessos que marcaram tantas gerações, desde a Jovem Guarda, ele vem ainda no embalo do sucesso de “Esse cara sou eu”, onde afirma sem modéstia: “Está do seu lado pro que der e vier. O herói esperado por toda mulher. Esse cara sou eu”.
Mais do que cantor e compositor, Roberto Carlos é uma entidade que permeia a cultura brasileira desde o finalzinho dos anos 1950. Fã de Vicente Celestino e Silvio Caldas, o garoto de Cachoeiro do Itapemirim, Santa Catarina, cresceu impressionado pelas vozes que ouvia no rádio e logo começou querer fazer música. Quando veio a Bossa Nova, ele tornou-se um seguidor de João Gilberto, a quem imitava com perfeição. Nessa época, incentivado por Carlos Imperial, gravou dois compactos e o primeiro LP, batizado de Louco por você. Curiosamente, esse primeiro disco tornou-se um apócrifo, que o artista renega alegando pouca qualidade técnica. No entanto, apesar da autocrítica, o disco tornou-se um artigo disputado em sebos nacionais e internacionais. Em tempos de youtube e download ilegal, também não é difícil ouvir o Rei, em seus primeiros passos, cantando roquezinhos antigos como “Mr. Sandman” ou o cha-cha-cha meio ingênuo “Louco por você”. Ainda assim, Roberto prefere considerar sua entrada na Jovem Guarda como a verdadeira estreia. Lançado em 1963, Splish splash injetou um peso maior no seu rock com doses homeopáticas de transgressão. Se bem que, para a época, beijos roubados no cinema ou carrões voando a 120 km por hora já eram suficiente para que os pais desconfiassem do jovem que reproduzia no Brasil a beatlemania britânica.
Mas até da Jovem Guarda Roberto Carlos tem suas restrições. Sucessos como “Negro gato” ou “Que tudo mais vá pro inferno” foram depois banidos do seu repertório. O motivo? O Transtorno Obsessivo Compulsivo o impede de falar palavras negativas, bem como de usar cores escuras ou entrar por uma porta e sair por outra. Também por conta do TOC, que para alguns se confunde com manias, Roberto trouxe uma série de elementos para sua carreira que se tornaram míticos. As roupas sempre em tons de azul, a mesma banda e o mesmo maestro há décadas, os poucos parceiros e as capas de discos praticamente iguais são exemplos.
Tendo há pouco tempo admitido sofrer do TOC, aos pouquinhos Roberto Carlos tenta ousar dentro do seu território. Ele já prometeu que vai voltar a cantar “Quero que vá tudo pro inferno” e teve que se aceitar o “amigo de fé irmão camarada” Erasmo Carlos usando preto no seu especial do fim de ano de 2013. “Ele pode”, tentou minimizar o anfitrião. Transtorno ou mania, tudo que envolve o Rei vira notícia e gera audiência. Inclusive de forma negativa, como a disputa com o jornalista Paulo César de Araújo, autor da biografia Roberto Carlos em detalhes, ou quando vegetarianos criticaram ele ter aparecido num comercial de TV comendo carne vermelha.
São ossos do ofício de quem subiu alto na carreira. Mesmo com biografias, propagandas, TOCs e narizes torcidos para seus últimos sucessos, Roberto Carlos segue como um pedaço da história brasileira. Um criador de melodias tocantes e autor de letras que marcaram gerações. Do início na bossa, passando pelo rock, soul, gospel, country e tantos outros estilos, ele chega, no próximo 19 de abril, aos 73 anos como um ídolo de milhares e um dos raros popstars de sua geração. Em meio a tantas idas e vindas, é ele mesmo quem dá o veredito. “Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi”.
Serviço: Para o espetáculo, estão sendo disponibilizados diversos setores e os ingressos variam de R$ 40 a R$ 420. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br), pelo telefone 4003-1212 ou nos estandes de vendas nos shoppings Via Sul, North Shopping e North Shopping Jóquei e quiosque da Bilheteria Virtual no shopping Del Paseo.


fonte: Quem Online - 28.03.2014
APÓS POLÊMICA, ROBERTO CARLOS VAI A RESTAURANTE ESPECIALIZADO EM CARNES
Depois de protagonizar comercial de carnes, cantor, que sempre alegou ser vegetariano, foi fotografado na madrugada de sexta (28) saindo de estabelecimento carioca

Roberto Carlos foi fotografado na madrugada de sexta (28) saindo de um restaurante especializado em carnes em Humaitá, no Rio de Janeiro, segundo informações do fotógrafo responsável pelas imagens. Simpático, sorriu e acenou ao perceber a presença da imprensa.
Em fevereiro, o "rei" estrelou uma propaganda da marca de carne Friboi e teria recebido R$ 25 milhões para o trabalho. A campanha gerou polêmica, já que o cantor sempre disse ser vegetariano. O cineasta Fernando Meirelles chegou a dizer em seu Twitter que Roberto nao chegou a tocar na carne do comercial, pois ainda era vegetariano.
“Nas agências fala-se que 25 milhões teria sido o cache (SIC) do Roberto Carlos para falar que voltou a comer carne”, tuitou o diretor. “A turma que participou da filmagem garante que ele sequer cortou o bife. Continua veggie como sempre foi”, completou. Posteriormente, os posts, entretanto, foram apagados do microblog de Meirelles.






fonte: Ego Online - 28.03.2014
EM RARA APARIÇÃO, ROBERTO CARLOS É FOTOGRAFADO EM CHURRASCARIA
Na noite desta quinta-feira, 27, cantor esteve em um restaurante especializado em carnes no Humaitá, Zona Sul do Rio.

Em rara aparição, Roberto Carlos foi fotografado na noite desta quinta-feira, 27, durante jantar. De acordo com a agência de fotos, o cantor – que não comia carne desde 2009 - esteve em uma churrascaria no Humaitá, Zona Sul do Rio.
Em fevereiro, o Rei se apresentou para famosos - como Simone Soares e Tom Cavalcante - em cruzeiro. O cantor fez show durante a décima edição do evento “Emoções em alto-mar” em Búzios, no estado do Rio de Janeiro.





Roberto Carlos em restaurante na Zona Sul do Rio


fonte: O Fuxico - 28.03.2014
ROBERTO CARLOS VAI A RESTAURANTE ESPECIALIZADO EM CARNES, NO RIO DE JANEIRO
Em rara aparição pública, Rei saiu para jantar com a equipeRoberto Carlos vai a restaurante especializado em carnes, no Rio de Janeiro

“Você voltou a comer carne, Roberto?”, diria o garçom que serve o prato ao Rei no polêmico comercial da Friboi. A curiosidade dos fãs vai ficar ainda mais atiçada com os registros de um paparazzo.
Nesta quinta-feira (27), Roberto foi clicado na entrada e na saída de um restaurante especializado em carnes. O estabelecimento fica em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.
De fato, resta saber se, lá dentro, o Rei saboreou um dos suculentos cortes de origem argentina, os mais servidos no local. Aliás, boa parte das carnes da Friboi vem de frigoríficos hermanos.
Muitas pessoas ficaram revoltadas com o comercial, especialmente em razão de Roberto deixar o vegetarianismo em função de publicidade. No entanto, o empresário Dody Sirena esclareceu os fatos:
“Roberto Carlos nunca foi vegetariano, apenas não comeu carne vermelha durante muitos anos. Desde 2005, Roberto Carlos investe em gado, fato amplamente divulgado pela imprensa, com objetivo de produção de carne de qualidade. Em 2006, ele começou a falar em voltar a comer carne e de fato voltou”, comunicou.


fonte: Bem Paraná Online - 28.03.2014
PEDREIRA REABRE COM O REI ROBERTO
Para garantir conforto no show de Roberto Carlos, a plateia irá se acomodar em cadeiras, distribuídas por três setores no local

No set list do show, os maiores sucessos românticos do Rei Roberto Carlos, rosas para as fãs e muita emoção
No dia em que Curitiba comemora o aniversário de 321 anos, a cidade será presenteada em dose dupla: a reabertura da Pedreira Paulo Leminski (R: João Gava, s/n), que ficou fechada desde agosto de 2008, e com o show do mito da música latino-americana Roberto Carlos. Neste sábadp,, a capital paranaense irá retomar seu palco principal, destinado à apresentação dos maiores artistas do mundo e grandes espetáculos. A abertura dos portões ao público será às 18 horas e o show tem início às 21 horas.
“A reabertura do Parque das Pedreiras, além de devolver a cidade um patrimônio histórico, cultural e turístico, que é a Pedreira Paulo Leminski, desempenhará um papel fundamental na reinclusão de Curitiba no roteiro de grandes eventos nacionais e internacionais”, afirma Hélio Pimentel, sócio-gerente da DC Set Promoções, empresa responsável pela administração do Parque das Pedreiras, que contempla também a Ópera de Arame. “Roberto Carlos é um ícone nacional e internacional. É um artista unânime, por isso a escolha para a reabertura do espaço. Será uma forma grandiosa de comemorar o aniversário de 321 anos de Curitiba”, finaliza.
Para garantir conforto no show de Roberto Carlos, a plateia irá se acomodar em cadeiras, distribuídas por três setores pelo local – Azul, Amarelo e Branco.
Outra novidade fica por conta do lançamento do Pedreira Bus, um novo modelo de sistema de transporte prático, seguro e confortável, que facilita a locomoção do público em dias de shows em direção à Pedreira Paulo Leminski, com desembarque exclusivo no Portal da Pedreira, já que as vias próximas ao espaço estarão bloqueadas para o tráfico de veículos. A linha especial terá duas categorias e sairá de quatro pontos estratégicos de Curitiba. O Pedreira Bus - Premium (ônibus especiais de turismo com poltronas soft reclináveis, para maior conforto dos passageiros com limite de 40 pessoas – todas sentadas) terá saídas da Praça 29 de Março e do Museu do Olho – R: Manuel Eufrásio. O custo para ida e volta é de R$20,00 por pessoa. Já, o Pedreira Bus – Express (ônibus urbanos com número limitado de passageiros – 60 pessoas -, que poderão ir em pé ou sentados) terá saída das praças Rui Barbosa e da Eufrásio Correa – R: Barão do Rio Branco. O custo para ida e volta é de R$10,00 por pessoa.
SERVIÇO
O quê: Show Roberto Carlos – Reabertura Pedreira Paulo Leminski
Quando: 29 de março de 2013 (Sábado)
Horários: abertura dos portões – 18h / Início dos show: 21h
Onde Pedreira Paulo Leminski (R: João Gava, s/n)
Valores: variam de R$150,00 (meia-entrada) a R$600,00 (inteira), de acordo com o setor.
Setor Azul - R$600,00 (inteira) e R$300,00 (meia-entrada);
Setor Amarelo - R$400,00 (inteira) e R$200,00 (meia-entrada)
Setor Branco – R$300,00 (inteira) e R$150,00 (meia-entrada). Pontos de Venda: Disk Ingresso


fonte: TITITI (Coluna Dudu Braga) - 28.03.2014
EM RITMO DE FESTA
Depois de regravar a musica “Cartas de Amor” para a novela “Em família”, tema de Helena e Laerte, e gravar seu quinto álbum em espanhol, o paizão, Roberto Carlos, fará uma maratona de shows. Já em comemoração ao seu aniversário, dia 19 de abril, as apresentações se iniciam neste sábado, 29, em Curitiba (PR), na Pedreira Paulo Leminski. Dia 5 de abril, o show será em Fortaleza (CE), no Arena Castelão, e dia 12, em Recife (PE), no Estádio José do Rego Maciel (Estádio do Arruda).


fonte: Folha Web - 27.03.2014
PEDREIRA REABRE COM SHOW DE ROBERTO CARLOS
Espaço considerado único por artistas, a Pedreira Paulo Leminski volta a receber shows em Curitiba após cinco anos de fechamento
Curitiba - após ficar cinco anos fechada, a Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, um dos palcos de show mais importantes do Paraná, reabre neste fim de semana. Para a reestreia da Pedreira, que agora foi reformada e terá horários diferentes para shows, a empresa responsável pelo espaço traz o rei Roberto Carlos. A apresentação será neste sábado, no aniversário de 321 anos de Curitiba.
Em 2008, a Pedreira foi fechada após uma ação na Justiça movida pelo Ministério Público (MP) do Paraná. Os moradores no entorno do bairro Pilarzinho reclamavam da perturbação de sossego e transtornos durante os shows.
Durante cinco anos o caso se arrastou na Justiça até que um acordo com base em uma proposta apresentada pela prefeitura permitiu a revogação da liminar concedida em 2008 e, dessa forma, autorizou a reabertura. O acordo prevê a realização de, no máximo, dois eventos a cada 30 dias. Quando os shows ocorrerem nas segundas, terças, quartas e quintas-feiras, o término deverá ser, no máximo, às 23h; nas sextas, sábados e vésperas de feriado o evento termina 1h da manhã do dia seguinte; nos domingos e feriados, o encerramento deve ocorrer no máximo às 20h.
Outra exigência para a reabertura foi a garantia da empresa responsável em oferecer serviços de ambulatórios, ambulâncias e módulos sanitários, de acordo com a dimensão do evento. No acordo assinado, foram aprovadas as melhorias estruturais realizadas na Pedreira, que garantem acesso do público a saídas de emergência.
Local diferenciado
O espaço cultural já foi um local de mineração, que também abrangia a área atualmente utilizada pela Ópera de Arame – juntos os espaços formam o Parque das Pedreiras. Em 1989, as extrações de pedras cessaram para dar lugar ao Parque. Até 2008, foram vários grupos e cantores nacionais e internacionais que passaram pelo espaço, como AC/DC, Paul Mccartney, Ramones, Caetano Veloso e Rita Lee.
O ex-gerente da Pedreira e atual coordenador das regionais da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Crisanto Mendes, que trabalhou por 13 anos no local, lembra que os artistas se impressionavam com o visual do espaço, que permite contato entre o lado artístico e a natureza. "Os artistas estão acostumados com locais adaptados. Ao chegarem a Pedreira mesmo para o ensaio eles paravam para admirar, entravam no clima".
Na opinião de Mendes, a Pedreira sempre foi um atrativo à parte nos shows, o que fez com que apresentações de artistas no local tivessem mais público do que shows dos mesmos em outros espaços da cidade. "A Pedreira sempre trouxe muitos visitantes, até mesmo fora dos shows". Segundo Mendes, a interdição foi frustrante e trouxe um impacto muito grande para os funcionários da Pedreira, o que fez eles se mobilizarem. "Cada um deu o seu apoio para a reabertura, porque não é só a questão cultural que conta, mas toda a região perde economicamente sem a Pedreira", explica.
Roberto Carlos
O show do cantor ocorre às 21h deste sábado, com 1h30 de duração. Os portões da Pedreira serão abertos às 18h30. Os ingressos variam de R$ 150 a R$ 600, a venda nos sites www.diskingressos.com.br e www.ingressorapido.com.br.
No sábado, às 18h30, a empresa responsável pela Pedreira vai disponibilizar o "Pedreira Bus", ônibus que vai levar os espectadores direto para o show. A passagem (ida e volta) varia entre R$ 10 – ônibus com saída das praças Rui Barbosa e Eufrásio Correia - e R$ 20 – veículo com mais conforto, que saem da Praça 29 de Março e do Museu Oscar Niemeyer.


fonte: Economia IG Online - 26.03.2014
"ROBERTO CARLOS VAI VOLTAR", DIZ LUIZ LARA, PRESIDENTE DA LEW'LARA\TBWA
À frente da agência de publicidade que atende a Friboi, Lara fala sobre a polêmica do frigorífico e analisa o mercado publicitário brasileiro
O cantor Roberto Carlos contou para todo o Brasil que voltou a comer carne em um momento muito peculiar: um vídeo publicitário do frigorífico Friboi, do Grupo JBS. Houve quem questionasse, chamasse a propaganda de mentirosa ou até dissesse que o Rei estava fazendo qualquer coisa por dinheiro. A polêmica foi grande e até hoje reverbera nas redes sociais.
Erra quem pensa que tantos questionamentos prejudicaram a empresa ou propaganda. O presidente da agência Lew’Lara\TBWA, Luiz Lara, acha o frisson positivo e garante: “Ele vai voltar”. Na última terça-feira (25), a Friboi já se anunciou patrocinadora oficial do cantor neste ano – para eventos dentro e fora do Brasil. “Tudo que envolve o Roberto, que entra na categoria do artista mito, tem maior reverberação.”
Entre as últimas campanhas publicitárias que tomaram conta das redes sociais e da internet, você lembrará de algumas da Lew'Lara\TBWA. Quem não viu os Pôneis Malditos da Nissan, não passou imune ao ator Tony Ramos com a pergunta “É Friboi?” ou com a “certeza” do cantor Roberto Carlos ao encarar um prato de carne.
Em entrevista exclusiva ao iG, Lara analisa o mercado publicitário nacional, fala sobre ética na propaganda e sobre a mania dos vídeos virais. O executivo ressalta que o consumidor está cada vez mais exigente e que muito mudou no mercado publicitário com a expansão da internet.


fonte: Grandes Nomes da Propaganda Online - 26.03.2014
FRIBOI REALIZA AÇÕES PARA ATIVAR A MARCA EM TURNÊ DE ROBERTO CARLOS

A Friboi, do grupo JBS, reforça sua presença no mercado brasileiro por meio de uma ampla ativação de marca durante a turnê de shows do cantor Roberto Carlos. Como patrocinadora oficial do artista em 2014, a empresa promoverá uma experiência diferenciada a clientes e convidados no dia dos shows. As ativações têm início no próximo dia 29 de março, durante a apresentação do cantor na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba.
Para promover uma experiência inesquecível aos consumidores paranaenses, a Friboi organiza sua primeira ação promocional durante a turnê 2014: nas compras acima de R$300, em produtos Friboi ou Swift Maturatta, o participante ganha um ingresso para o show na Pedreira. Além da ativação para consumidores, os principais clientes da região também irão ao show a convite da Friboi, que receberá os clientes em um espaço exclusivo próximo ao local do evento.
“Roberto Carlos é o maior ícone da música brasileira, fala diretamente ao coração de quem o assiste. Ele é adorado por todos, está no dia a dia da consumidora, tem tudo a ver com Friboi”, afirma Wesley Batista, presidente da JBS no Brasil. Além das ações nos shows de todo o país, a Friboi estará presente no evento prioritário do cantor, como o navio Emoções e também nos shows internacionais.
Os próximos shows acontecem em Fortaleza (dia 5/4), Recife (12/4) e São Paulo (com apresentações entre 9/5 e 11/05).


fonte: Surgiu Entretenimento Online - 25.03.2014
PRIMEIRA CNH DO CANTOR ROBERTO CARLOS FOI EMITIDA PELO DETRAN-PA
Roberto Carlos, após aprovação nos exames, recebeu a CNH de número 30.510
Muita gente não sabe, mas o cantor Roberto Carlos tirou a sua primeira Carteira Nacional de Habilitação no Detran do Pará. No dia 12 de maio de 1964 o cantor procurou a então Delegacia Estadual de Trânsito para realizar os exames necessários e assim tirar o seu documento. Nesse ano, o titular do órgão era o senhor Hermínio Calvinho, que solicitou ao Auxiliar de Divisão Célio Jorge Corrêa, para que atendesse ao jovem artista. Roberto Carlos, após aprovação nos exames, recebeu a CNH de número 30.510.
Quando questionado como se sente ao relembrar do fato, Célio Jorge não consegue esconder a emoção. Ele lembra que Roberto Carlos lhe disse na época que tinha muita fé e convicção que seria um cantor de sucesso. De acordo com Célio Jorge, naquele ano já dava para se fazer uma projeção do sucesso que o ” Rei” teria. ” Eu acreditava nele, na potencialidade dele. Na época eu pertencia ao Trio Sayonara e nós cantávamos muitas músicas da Jovem Guarda, inclusive as dele”, disse.
Roberto Carlos era apenas um artista que caminhava para a carreira de sucesso, conquistada curiosamente por uma canção relacionada com o trânsito: ” Parei na contra-mão”. Como muitos outros artistas, conquistava um público pequeno e tinha que visitar os colégios para distribuir convites gratuitos para os estudantes e assim ter um bom número de gente na plateia.
Para os curiosos e fãs aqui vão alguns dados fornecidos pelo cantor para o preenchimento de seu prontuário:
Nome: Roberto Carlos Braga
Natural: Espírito Santo
Data de Nascimento: 19/04/1941
Pai: Robertino Braga
Mãe: Laura Moreira Braga
Cor: branca
Cabelos: Castanhos
Carteira de Identidade: nº 287.634
Número da carteira de Habilitação recebida:30.510
O curioso, é que no ato da retirada da sua habilitação, Roberto Carlos forneceu o seguinte endereço: Central Hotel – apartamento 303. A fotografia que consta no prontuário do cantor foi tirada num ” lambe-lambe” que trabalhava em frente ao Complexo dos Mercedários. Quem quiser ver de perto o prontuário do cantor Roberto Carlos, pode fazer uma visita ao Memorial do Trânsito no Detran.


fonte: Tryd3 Online - 25.03.2014
RC SEGUE NA FRIBOI PARA ATIVAR A MARCA
Nas compras acima de R$300, em produtos Friboi ou Swift Maturatta,
o participante ganha um ingresso para o show
A Friboi, do grupo JBS, reforça sua presença no mercado brasileiro por meio de uma ampla ativação de marca durante a turnê de shows do cantor Roberto Carlos. Como patrocinadora oficial do artista em 2014, a empresa promoverá uma experiência diferenciada a clientes e convidados no dia dos shows. As ativações têm início no próximo dia 29 de março, durante a apresentação do cantor na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba.
Para promover uma experiência inesquecível aos consumidores paranaenses, a Friboi organiza sua primeira ação promocional durante a turnê 2014: nas compras acima de R$300, em produtos Friboi ou Swift Maturatta, o participante ganha um ingresso para o show na Pedreira. Além da ativação para consumidores, os principaisclientes da região também irão ao show a convite da Friboi, que receberá os clientes em um espaço exclusivo próximo ao local do evento.
“Roberto Carlos é o maior ícone da música brasileira, fala diretamente ao coração de quem o assiste. Ele é adorado por todos, está no dia a dia da consumidora, tem tudo a ver com Friboi”, afirma Wesley Batista, presidente da JBS no Brasil. Além das ações nos shows de todo o país, a Friboi estará presente no evento prioritário do cantor, como o navio Emoções e também nos shows internacionais.
Os próximos shows acontecem em Fortaleza (dia 5/4), Recife (12/4) e São Paulo (com apresentações entre 9/5 e 11/05).


fonte: Pure People Online - 25.03.2014
ROBERTO CARLOS VAI ASSUMIR A OPERAÇÃO BRASILEIRA DE DUAS IMPORTANTES FABRICANTES DE BARCOS

Após estrelar comercial de frigorífico, Roberto Carlos vai entrar em um novo ramo. Ao lado de um grupo de amigos, o rei, que tem paixão por barcos, deve assumir a operação brasileira das marcas Azimut e Benetti Yachts, importantes fabricantes de barcos, alguns dele de luxo.
De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo" desta terça-feira (25), entre os amigos que entrarão na empreitada com Roberto Carlos estão a família Senna e seu empresário Dody Sirena.
Após a polêmica propaganda do Friboi , ele ainda vai atuar em mais dos comerciais até o final de 2014, segundo a coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo". O agente do cantor afirma que ele não vai comer carne. "É como se fosse uma cena de sexo e mostrar o ato. Não precisa. É o beijo, o abraço, tudo poeticamente", justificou Dody Sirena.
Ainda de acordo com ele, a polêmica envolvendo o fato de Roberto comer ou não comer carne vermelha não se justifica. "Ele voltou a comer carne, sim, mas pra que botá-la na boca? É deselegante, não há necessidade. Ele não vai baixar o nível, não precisa provar nada para ninguém", afirmou o empresário.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Góis) - 25.03.2014
LADY LAURA
Roberto Carlos, que tem paixão por barcos, e um grupo de amigos, entre os quais a família Senna e seu empresário Dody Sirena, devem assumir a operação brasileira das marcas Azimut e Benneti Yachts. Trata-se de fabricantes importantes de bancos, alguns deles de luxo.


fonte: Paraná Shop Online - 21.03.2014
PEDREIRA PAULO LEMINSKI REABRE COM SHOW DE ROBERTO CARLOS

No dia em que Curitiba comemora o aniversário de 321 anos, a cidade será presenteada em dose dupla: a reabertura da Pedreira Paulo Leminski (R: João Gava, s/n), que ficou fechada desde agosto de 2008, e com o show do mito da música latino-americana Roberto Carlos. No próximo dia 29 de março, a capital paranaense irá retomar seu palco principal, destinado à apresentação dos maiores artistas do mundo e grandes espetáculos. A abertura dos portões ao público será às 18 horas e o show tem início às 21 horas.
“A reabertura do Parque das Pedreiras, além de devolver a cidade um patrimônio histórico, cultural e turístico, que é a Pedreira Paulo Leminski, desempenhará um papel fundamental na reinclusão de Curitiba no roteiro de grandes eventos nacionais e internacionais”, afirma Hélio Pimentel, sócio-gerente da DC Set Promoções, empresa responsável pela administração do Parque das Pedreiras, que contempla também a Ópera de Arame. “Roberto Carlos é um ícone nacional e internacional. É um artista unânime, por isso a escolha para a reabertura do espaço. Será uma forma grandiosa de comemorar o aniversário de 321 anos de Curitiba”, finaliza.
Para garantir conforto no show de Roberto Carlos, a plateia irá se acomodar em cadeiras, distribuídas por três setores pelo local – Azul, Amarelo e Branco.
Outra novidade fica por conta do lançamento do Pedreira Bus, um novo modelo de sistema de transporte prático, seguro e confortável, que facilita a locomoção do público em dias de shows em direção à Pedreira Paulo Leminski, com desembarque exclusivo no Portal da Pedreira, já que as vias próximas ao espaço estarão bloqueadas para o tráfico de veículos. Também é uma maneira de respeito com a comunidade que mora aos arredores, além de causar menos impacto ambiental.
“O Pedreira Bus é uma maneira inteligente e moderna de levar o público comsegurança, conforto e agilidade para os shows que acontecerão na Pedreira. Além dessas questões, a implantação desse plano de mobilidade é um gesto de respeito ao meio-ambiente e aos moradores da região. A ideia é incentivar as pessoas a irem de ônibus e evitar com que elas se preocupem com carro e local para estacionar”, comenta Helio Pimentel.
A linha especial terá duas categorias e sairá de quatro pontos estratégicos de Curitiba. O Pedreira Bus - Premium (ônibus especiais de turismo com poltronas soft reclináveis, para maior conforto dos passageiros com limite de 40 pessoas – todas sentadas) terá saídas da Praça 29 de Março e do Museu do Olho – R: Manuel Eufrásio. O custo para ida e volta é de R$20,00 por pessoa. Já, o Pedreira Bus – Express (ônibus urbanos com número limitado de passageiros – 60 pessoas -, que poderão ir em pé ou sentados) terá saída das praças Rui Barbosa e da Eufrásio Correa – R: Barão do Rio Branco. O custo para ida e volta é de R$10,00 por pessoa. O horário de saída do Pedreira Bus e o número de veículos disponíveis vai depender de cada show. No caso do Roberto Carlos, as saídas serão a partir das 18h30.
As passagens serão vendidas apenas de forma antecipada pelo Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, - e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação - de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9 às 21hs, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e pelo portalwww.diskingressos.com.br) e Ingresso Rápido ((Quiosque instalado no Shopping Omar, de segunda a sexta, das 9h30 às 20h, e aos sábados, das 9h30 às 18h), Call-Center 40031212, e pelo portal www.ingressorapido.com.br) e nos pontos: Loja Multisom (Shopping Palladium), Lojas Claros (Shoppings Mueller e Total), Teatro Regina Vogue (Shopping Estação).
O MITO ROBERTO CARLOS
Além da reabertura da Pedreira Paulo Leminski e do aniversário de 321 anos de Curitiba, a mito, a voz, o carisma, o amor e toda a emoção de Roberto Carlos marca o início de sua turnê em comemoração ao seu próprio aniversário, que acontece em abril.
Artista que dispensa apresentações, o ídolo da canção latino-americana, Roberto Carlos é um exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira. Cantor que desperta todo o carinho, admiração e idolatria nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família. O grande Rei promete mais uma vez mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. Grandes clássicos da carreira, como “Como É grande o meu amor por você”, “Nossa Senhora” e “Esse Cara Sou Eu” devem fazer parte do repertório do show.
INGRESSOS
Os ingressos estão disponíveis e variam de R$150,00 (meia-entrada) a R$600,00 (inteira), de acordo com o setor. Setor Azul - R$600,00 (inteira) e R$300,00 (meia-entrada) / Setor Amarelo - R$400,00 (inteira) e R$200,00 (meia-entrada)/ Setor Branco – R$300,00 (inteira) e R$150,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE). Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 50% na compra de até dois bilhetes por titular. ***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ****No valor do bilhete, não está incluso a taxa de administração Disk Ingressos e Ingresso Rápido. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, - e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação - de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9 às 21hs, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e pelo portal www.diskingressos.com.br) e Ingresso Rápido ((Quiosque instalado no Shopping Omar, de segunda a sexta, das 9h30 às 20h, e aos sábados, das 9h30 às 18h), Call-Center 40031212, e pelo portal www.ingressorapido.com.br e nos pontos: Loja Multisom (Shopping Palladium), Lojas Claros (Shoppings Mueller e Total), Teatro Regina Vogue (Shopping Estação)). É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada da Pedreira.
SERVIÇO:
ROBERTO CARLOS – Reabertura Pedreira Paulo Leminski
Quando: 29 de março de 2013 (Sábado)
Local: Pedreira Paulo Leminski (R: João Gava, s/n)
Horários: abertura dos portões – 18h / Início dos show: 21h
Tempo do Festival: aproximadamente 1h30
Ingressos
Valores: variam de R$150,00 (meia-entrada) a R$600,00 (inteira), de acordo com o setor.
Setor Azul - R$600,00 (inteira) e R$300,00 (meia-entrada);
Setor Amarelo - R$400,00 (inteira) e R$200,00 (meia-entrada)
Setor Branco – R$300,00 (inteira) e R$150,00 (meia-entrada).
***A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE).
***Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 50% na compra de até dois bilhetes por titular.
***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ****No valor do bilhete, não está incluso a taxa de administração Disk Ingressos e Ingresso Rápido.
***É obrigatório a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário.
Não será permitida a troca de ingressos após a compra.
Forma de Pagamento: Dinheiros e cartões de débito e crédito em até 2x Visa, Mastercard.
Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, - e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação - de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9 às 21hs, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e pelo portal www.diskingressos.com.br) e Ingresso Rápido ((Quiosque instalado no Shopping Omar, de segunda a sexta, das 9h30 às 20h, e aos sábados, das 9h30 às 18h), Call-Center 40031212, e pelo portal www.ingressorapido.com.br e nos pontos: Loja Multisom (Shopping Palladium), Lojas Claros (Shoppings Mueller e Total), Teatro Regina Vogue (Shopping Estação).
***Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: 16 anos.
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 40031212/ www.parquedaspedreias.com.br
Realização: DC Set Promoções


fonte: Portal Arcos - 20.03.2014
ROBERTO CARLOS NA E-MUSIC
Se por um lado Roberto Carlos não lança um disco de inéditas há cerca de uma década, por outro ele continua sendo um ditador de tendências no mercado. Em 2012, o Rei resgatou o renegado formato EP, com o lançamento de “Esse Cara Sou Eu“. De lá pra cá, boa parte dos artistas mais famosos da atualidade, como Luan Santana e Zezé Di Camargo & Luciano, seguiram o exemplo de Roberto e gravaram um álbum com repertório reduzido, que varia entre quatro e seis músicas.
No fim do ano passado, Roberto Carlos e sua equipe resolveram arriscar mais uma vez e lançaram um novo EP, dessa vez composto apenas de remixes. “Essa ideia começou há mais de uma década, através de sugestão do produtor Roberto Verta. À época, ele trabalhou várias músicas em parceria com DJs renomados, que focavam em diversas tendências da música eletrônica. Mas engavetamos o projeto. Em 2013, Felipe Venâncio e seus sócios (Aquino e Cia) retomaram o assunto e resolvemos lançar cinco músicas desse projeto – que conta com 27 remixes no total”, comenta Dody Sirena, empresário do músico.
Segundo ele, “Remixed” (Sony Music) obteve êxito e bateu a marca de mais de meio milhão de unidades vendidas até o momento. O preço também ajuda, já que o EP é comercializado por menos de R$ 10 (tanto no formato físico quanto digital). “Podemos dizer que é um sucesso extraordinário. Pode ser que esse resultado nos leve a lançar um ‘Remixed Volume 2'”, complementa o manager.
PRÓXIMO DO ORIGINAL
As músicas presentes no projeto são “Fera Ferida” (DJ Meme Club Mix), “Se Você Pensa” (Erick Morillo, Harry Romero & Jose Nunez Radio Remix), “O Portão” (Felipe Venancio House Mix), “É Proibido Fumar” (DJ Mau Mau Remix) e “É Preciso Saber Viver” (Dexterz Remix). De acordo com os DJs que participaram do EP, o maior desafio foi dar uma roupagem nova às músicas, sem descaracterizá-las do estilo “Roberto Carlos”, cujos arranjos originais estão gravados na memória popular. “Me pareceu natural – e aparentemente também ao Rei –, deixar que os DJs fizessem versões de canções que mostram o quanto elas ainda são atuais e modernas. A idéia por traz dos remixes é sempre mostrar um lado do artista diferente daquele que seu público já conhece”, explica Verta, idealizador da primeira fase do projeto, iniciada em 2002.
Para Felipe Venâncio, mais do que mostrar que a música ainda é atual, os remixes servem para renovar o público daquele artista, pois insere o sucesso de volta nas pistas de dança. “Acredito que um remix bem feito, respeitando o DNA do criador/intérprete, pode ampliar o alcance da sua obra. Posso citar um exemplo que vivi. Quando fiz o remix de ‘Noites Do Prazer’, do Claudio Zoli, notei que o interesse sobre o trabalho do cantor aumentou muito. Algumas pessoas que ouviram a música remixada passaram depois a curti-la na forma original e a frequentar shows do músico”, recorda Venâncio.
Mas Memê, um dos envolvidos no projeto, observa que apenas artistas que têm controle sobre a própria obra, e que acompanham com interesse a produção dos remixes, atingem o resultado esperado no formato. “Roberto é um cantor clássico. E ‘modernidade’ demais, além de descaracterizar o trabalho do artista, pode ferir sua música. Depois, no que se refere à canção, é preciso entender a mensagem que ela passa. Esse código está impresso no arranjo original, na letra e na interpretação que o artista dá a ela. Depois de entender, é necessário habilidade para mudar o arranjo, sem prejuízo à mensagem original”, teoriza o DJ.
Com os resultados atingidos pelo projeto até agora, os DJs envolvidos apostam que o formato remix pode finalmente se tornar popular no Brasil. “Faz tempo que um disco de remixes não movimenta o mercado como estamos observando com este EP do ‘Rei’. Mas vamos lembrar que tal prática não é uma novidade. É algo cíclico e pouco frequente, porque as gravadoras brasileiras não sabem bem como vender tal produto. Eu mesmo produzi um álbum com remix.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Gois) - 16.03.2014
ELE VOLTOU PRA NÃO FICAR
De acordo com secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa,
o gramado, que ficou amarelo após a apresentação de Elton John em Fortaleza, está quase recuperado.
Arena Castelão vai manter o show do Rei para o dia 5 de abril
Roberto Carlos, mesmo após sua saída do Procure Saber, por conta da polêmica das biografias, postou em sua página no Facebook mensagem de apoio a um Ecad “mais justo e transparente”. Essa foi a bandeira que uniu medalhões da MPB no tal grupo. É que amanhã haverá audiência no STF a respeito da nova lei de gestão coletiva dos direitos autorais questionada pelo Ecad.


fonte: Yahoo - 14.03.2014
ROBERTO CARLOSO FAZ SHOW EM LAS VEGAS COM INGRESSO MAIS BARATO A US$ 100

Roberto Carlos está mesmo bombando. O cantor, que chama a atenção no momento no Brasil por conta de um comercial para marca de carnes, faz show no dia 6 de setembro no badalado MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos, pela primeira vez. O espaço - no hotel/cassino MGM - tem capacidade para mais de 16 mil pessoas. Os ingressos para a única apresentação - com direito a orquestra e coral - já estão à venda e o mais barato custa US$ 100 (cerca de R$ 240, sem as taxas de conveniência e sem impostos locais). Há ainda entradas de US$ 135 e a mais cara é vendida por US$ 175. Tá podendo!


fonte: Exame Online - 14.03.2014
FORTALEZA IGNORA FIFA E FARÁ SHOW DO REI NO CASTELÃO
De acordo com secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa,
o gramado, que ficou amarelo após a apresentação de Elton John em Fortaleza, está quase recuperado.
Arena Castelão vai manter o show do Rei para o dia 5 de abril

Fortaleza - Mesmo com recomendação contrária da Fifa, a Arena Castelão vai mater o show do Rei Roberto Carlos para o dia 5 de abril.
De acordo com secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, o gramado, que ficou amarelo após a apresentação de Elton John em Fortaleza, está quase recuperado. "Ainda não está do jeito que eu gosto, mais alguns dias ficará belíssimo!", comentou nas redes sociais.
A Fifa não gostou nada de ver o gramado todo danificado após show do astro Elton John, realizado no início deste mês.
E nesta sexta-feira, no 4.º Seminário de Preparação de Gramados, no Museu de Futebol, no Pacaembu, fez uma recomendação direta: os estádios para o Mundial não devem mais realizar shows de agora até a competição, marcada para começar em junho.
Este foi o terceiro show em Fortaleza e sempre o saldo pós evento foi de gramado danificado.
Elton John também se apresentou na Arena Fonte Nova, em Salvador, mas lá o piso acabou preservado.
Como a maioria das arenas será multiuso, a ordem é que planejem seus shows só após o fim da Copa para dar 100% de condição aos jogadores das 32 seleções de realizarem um trabalho perfeito no meio do ano.
Há uma semana, Feitosa prestou esclarecimentos sobre a coloração amarelada e disse que estavam sendo seguidas recomendações dos técnicos da FIFA em relação aos cuidados com a grama do estádio.
"Foram realizados cortes agressivos verticais e helicoidais, visando o melhor gramado possível para a Copa. Vale lembrar que a não ser pela falta de estética, o gramado encontra-se vivo e sem nenhum problema fitossanitário e em poucos dias teremos o gramado retomando a sua cor original. Lembro que realizamos o show do Paul McCartney no Castelão antes da Copa das Confederações, realizamos o mesmo tratamento e fomos eleito o melhor gramado do evento. Os profissionais sabem o que fazem!", disse.


fonte: O Globo Online - 12.03.2014
INGRESSOS PARA SHOW DE ROBERTO CARLOS EM LAS VEGAS JÁ ESTÃO À VENDA
Cantor segue o caminho de astros internacionais, que escolhem a cidade americana para grandes temporadas de concertos

Roberto Carlos levará seu show "Emoções em alto mar" a Las Vegas
RIO - Os ingressos para o show "Emoções" de Roberto Carlos em Las Vegas já estão à venda. O espetáculo, que acontecerá dia 6 de setembro no MGM Grand Garden Arena, virará um especial da TV Globo e marca a chegada do cantor a um território já há tempos explorado por astros da música internacional. Nomes como Celine Dion, Elton John e Britney Spears reservam parte considerável de suas agendas para apresentações nos grandes hotéis e cassinos da "Sin City".
Cada fã de Roberto Carlos poderá comprar até oito ingresso pelos sitesticketmaster.com e mgmgrand.com, pelo telefone 1 (800) 745-3000, ou nos postos de venda da Ticketmaster em Las Vegas. Os valores, sem taxas e impostos, são US$ 99,50, US$ 134,50 e US$ 174,50. Os interessados também podem comprar ingressos e pacotes pelo e-mail contato@projetoemocoesemaltomar.com.br.
O MGM Grand Garden Arena tem capacidade para 16.800 pessoas. No palco que receberá a versão "terrestre" do "Emoções em alto mar" já viu apresentações de bandas como Rolling Stones e U2 e lutas com Evander Holyfield, Mike Tyson e Anderson Silva. E este ano terá apresentações de peso como Billy Joel (7 de junho), Lady Gaga (19 de julho) e Justin Timberlake (8 de agosto).
Se Roberto Carlos gostar do clima de Las Vegas, pode considerar em fazer como Britney Spears, que vai para sua segunda temporada como artista residente do Planet Hollywood da Strip. Entre os dias 25 de abril e 6 de setembro ela fará 20 apresentações de seu espetáculo "Britney: Piece of me" no palco The Axis.
Outro lugar onde as estrelas se sentem em casa em Las Vegas é o Colosseum at Caesar Park. Lá é o endereço dos shows mais concorridos da cidade, como o de Celine Dion, que se apresenta por lá em 43 datas entre 10 de junho e 31 de agosto. Ou o show "The Hits", de Rod Stewart, com 12 apresentações entre 30 de abril e 17 de maio. A cantora Shania Twain também se apresenta por lá, 21 vezes entre 20 de maio e 27 de julho. E quem correr ainda pode pegar o final da temporada do show "Elton John Million Dollar Piano", até 26 de abril.


fonte: Yahoo Notícias Online - 11.03.2014
PRIMEIRO LIVRO AUTORIZADO SOBRE ROBERTO CARLOS CUSTARÁ R$ 4.500
Roberto Carlos está com tudo e não está prosa. O maior cantor do Brasil vai lançar uma obra especial sobre sua carreira. É o primeiro livro oficial e autorizado pelo "rei". O lançamento acontecerá em Abril, no mês do seu aniversário. Mas, em meio às polêmicas do último ano em relação às biografias não autorizadas, o que está chamando a atenção é o preço do livro. Intitulado "Roberto Carlos", cada exemplar da obra custará R$ 4.500 e terá tiragem de 3 mil unidades. A pré-venda começou durante o cruzeiro comemorativo dos 10 anos do show "Emoções em Alto-Mar" à bordo do navio MSC Preziosa.
A informação é de que, pelo menos, 70 pessoas fizeram reservas do livro, apesar do alto preço. O interesse em torno da obra se justifica, pois não trata-se de um livro qualquer. Publicado pela Editora Toriba, ele faz parte da Collector's Book, e será composto por fotos exclusivas a vida e carreira do "rei", sendo produzido em acabamento artesanal e individual.
A editora responsável pela obra é especializada nesse tipo de publicação e tem no catálogo outros livros. Entre eles está "1283" sobre outro "rei", o Pelé. A obra, que traz 500 fotos históricas do jogador, pesa 15 kg, é limitada a 1.283 exemplares (o número de gols da carreira do "Rei do Futebol"). Cada exemplar é autografado pelo atleta brasileiro.
De acordo com editora cada livro "Roberto Carlos" é uma peça de arte, e os exemplares são numerados e únicos. Ou seja, é uma peça de colecionador. A narrativa é feita a partir de frases de 500 músicas compostas pelo artista como "Emoções", "Detalhes", "Amigo", "Cama e mesa". Em seu site oficial Roberto Carlos afirmou que está trabalhando há 4 anos na edição do livro.
Durante todo esse tempo, o cantor tem pesquisado e selecionado as fotos que serão usadas para contar a sua história profissional e pessoal. A obra deverá ter mais de 400 páginas no tamanho 32 x 44 cm e contará com um estojo especial.
O livro, porém, não pode ser considerado uma biografia completa e definitiva do "rei". Esta ainda está por vir. Recentemente, Roberto Carlos afirmou que ninguém melhor que ele mesmo está apto a escrever sobre sua vida, e que está trabalhando numa autobiografia, ainda sem data de publicação. Ao longo da carreira, o maior ícone da Jovem Guarda proibiu a publicação de pelos menos duas biografias não-autorizadas a seu respeito.
A primeira delas, publicada em 1979 e intitulada "O Rei e Eu", foi escrita pelo seu ex-mordomo Nichollas Mariano. Roberto Carlos conseguiu proibir a circulação da obra, que teve seus 70 mil exemplares recolhidos por conta de uma ordem judicial. Quase 30 anos depois, em 2007, o cantor também conseguiu impedir a publicação de outro livro sobre sua vida, "Roberto Carlos em Detalhes", de Paulo Sérgio de Araújo.
O zelo do cantor em torno de sua carreira e vida pessoal, o levou até mesmo a tentar impedir a publicação de uma obra acadêmica. Em Abril de 2013 a professora Maíra Zimmermann recebeu uma notificação extrajudicial exigindo o recolhimento dos mil exemplares publicados da sua dissertação de mestrado. O livro "Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", editado pela Estação das Letras e Cores, analisa o estilo de vida da juventude brasileira no contexto da jovem guarda. A obra não chegou a ter a venda proibida.
Roberto Carlos chegou a fazer parte do grupo "Procure Saber", composto por grandes nomes da MPB como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Chico Buarque. Esses e outros artistas são contra o projeto de lei que permite a publicação de biografias sem a autorização do biografado. Em entrevista ao programa "Fantástico" em Outubro de 2013, quando indagado se permitiria a publicação do livro "Roberto Carlos em Detalhes", o "rei" respondeu que isso teria que ser discutido. No entanto, não há nenhum sinal de que o cantor estaria disposto a voltar atrás na proibição.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 11.03.2014
O BIFE DE ROBERTO CARLOS
O bife de Roberto Carlos Roberto Carlos vai gravar pelo menos mais duas propagandas para a Friboi até o final do ano. E em nenhuma delas vai comer bife. “É como se fosse gravar uma cena de sexo e mostrar o ato. Não precisa. É o beijo, o abraço, tudo poeticamente”, diz Dody Sirena, empresário de Roberto. “Ele voltou a comer carne, sim, mas pra que botá-la na boca? É deselegante, não há necessidade. Ele não vai baixar o nível, não precisa provar nada para ninguém”. Segundo Dody, Roberto está muito satisfeito com o resultado do comercial, que teve o roteiro previamente aprovado pelo compositor. “A Friboi também deve estar satisfeitíssima. A repercussão é enorme, como em tudo que o envolve”.


fonte: Panrotas Online - 11.03.2014
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA NO MGM, EM LAS VEGAS

Em setembro, com o “Projeto Emoções em Alto Mar”, Roberto Carlos se apresenta pela primeira vez no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, que tem capacidade para receber 16,8 mil pessoas. O show, no dia 6, terá o acompanhamento de orquestra e coral.
Os ingressos já estão disponíveis nos pontos de venda da Las Vegas Ticketmaster (selecione ‘Smith Food and Drug Centers’ e ‘Ritmo Latino’) nos valores de US$ 99,50, US$ 134,50 e US$ 174,50 (sem taxas de serviço e impostos). Também estão disponíveis aqui www.mgmgrand.com e aqui www.ticketmaster.com.


fonte: Veja Online - 10.03.2014
'ROBERTO CARLOS NUNCA FOI VEGETARIANO', DIZ EMPRESÁRIO
Em comunicado publicado em seu perfil no Facebook, Dody Sirena esclareceu
que o cantor apenas deixou de comer carne vermelha por muitos anos

Roberto Carlos em comercial de marca de carne
As restrições alimentares de Roberto Carlos voltaram à tona nesta segunda-feira após o empresário do cantor, Dody Sirena, declarar em sua página em uma rede social que o cantor nunca foi vegetariano, apenas "deixou de comer carne vermelha durante muitos anos". No recado, Dody ainda destaca que o cantor investe em gado e em produção de carne desde 2005 e que há sete anos teria cogitado recolocar o alimento em seu cardápio.
Mais uma contradição na lista de Roberto Carlos, que se mostrou a favor de biografias não autorizadas, mas nunca se moveu para liberar a sua própria.
O vegetarianismo de Roberto Carlos virou alvo de discussão recentemente, quando ele topou virar garoto-propaganda da marca de carne Friboi. No vídeo, o cantor aparece na mesa de um restaurante diante de um prato de carne grelhada. “Você voltou a comer carne, Roberto?”, pergunta o garçom. A resposta afirmativa é seguida pelo refrão de O Portão, que diz: "Eu voltei, agora para ficar".
Confira abaixo o comunicado de Dody Sirena:
“Eu decidi que não ia falar sobre o assunto Roberto Carlos – Friboi. Vários veículos me procuraram e como eu já estava com uma viagem programada para tratar de assuntos do show em Las Vegas, resolvi não responder.
Agora fechando as malas para voltar, quero colocar apenas 3 pontos que ficaram mal explicados:
1- Roberto Carlos nunca foi vegetariano, apenas não comeu carne vermelha durante muitos anos.
2- Desde 2005 Roberto Carlos investe em gado, fato amplamente divulgado pela imprensa, com objetivo de produção de carne de qualidade.
3- Em 2006 ele começou a falar em voltar a comer carne e de fato voltou.
Diante disso qual a surpresa com a relação do Roberto com carne e produção de proteína animal? Está com um ótimo parceiro e o comercial é apenas o início de um longo relacionamento.”


fonte: Extra (coluna Retratos da Vida) - 08.03.2014
TÔ NEM AÍ
Enquanto continua por aqui a polêmica do comercial da Friboi, estrelado por Roberto Carlos, o Rei está em Miami gravando seu disco em espanhol. E gastando os R$ 25 milhões de cachê.


fonte: Pure People Online - 06.03.2014
ROBERTO CARLOS E TONY RAMOS VÃO GRAVAR JUNTOS NOVO COMERCIAL DA FRIBOI

Roberto Carlos continuará como garoto-propaganda da Friboi e terá a companhia de Tony Ramos, que já estrelou anteriormente o filme publicitário e agora participa fazendo a narração.
No novo comercial, que será gravado com Tony em junho, os dois vão aparecer em um churrasco. As informações são do colunista Lauro Jardim da revista "Veja" desta quinta-feira (6).
Na campanha lançada na TV, Roberto anuncia que voltou a comer carne após se alimentar por 30 anos sem o alimento. O filme, que continuará no ar em todo o mês de março, gerou polêmicas entre internautas e chegou a ser bloqueado para comentários, rendendo até uma alfinetada do diretor de cinema Fernando Meirelles, que disse pelo Twitter que Roberto não tocou na carne durante o comercial.
A informação foi logo rebatida pelo advogado do cantor. Em entrevista ao jornal "O Globo", Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que Roberto tem comido carne há pelo menos um ano. "A Friboi o procurou exatamente por isso", afirmou.
Ainda segundo informações do colunista, o empresário de Roberto, Dody Sirena, contou que o artista, atualmente em Miami, EUA, onde grava o novo CD em espanhol, esteve recentemente na churrascaria J&G Grill, em Miami, e pediu carne no jantar.


fonte: Estrelando - 02.03.2014
ROBERTO CARLOS APARECE COM SÍLVIO SANTOS EM FOTO ANTIGA

Cantor publicou em sua página oficial do Instagram
uma imagem de 1995 relembrando momento com o famoso apresentador da TV
Em meio às festividades do Carnaval deste ano, o rei Roberto Carlos abriu seu baú e tirou uma foto antiga para relembrar as festas de 1995 para postar em sua página oficial do Instagram.
Na imagem, que você pode ver ao lado, o intérprete de Esse cara sou eu aparece ao lado do apresentador Silvio Santos. Vale lembrar que em uma entrevista para a revista Veja, o pai de Patrícia Abravanel lembrou-se do cantor como um dos seus ídolos.


fonte: Pure People - 02.03.2014
ROBERTO CARLOS ESTRELA CAMPANHA DE CARNE BOVINA COM FAMA DE VEGETARIANO,
MAS ADVOGADO DIZ QUE CANTOR JÁ VOLTOU A COMER CARNE

A polêmica campanha estrelada por Roberto Carlos para aFriboi ganhou mais um capítulo com a defesa do advogado do cantor, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. Em entrevista ao jornal "O Globo" deste domingo (2), ele rebateu as críticas do cineasta brasileiro Fernando Meirelles, que chegou a alfinetar o artista por ele não ter tocado na carne durante o comercial. "Continua Veggie sempre como foi", disse Meirelles.
Em rebate aos comentários do diretor de cinema, Kakay disse que a informação é "completamente inverídica". O advogado também contou que teve acesso ao contrato de Roberto com a empresa de frigorífico e garantiu que Roberto voltou a comer carne.
"Estive com Roberto na semana retrasada, no navio aqui no Rio, e ali fiquei sabendo do contrato. Ele voltou a comer carne há um ano e a Friboi o procurou exatamente por isso. O que estão dizendo é completamente inverídico", declarou.
Ainda sobre as críticas de Fernando Meirelles, Kakay resolveu levar o nome Jayme Monjardim para a discussão. "Roberto fez o que o diretor do anúncio mandou fazer. Fala para o Fernando criticar o diretor do anúncio e não o Roberto. O diretor era o Jayme Monjardim", diz o advogado. Lembando que Jayme também foi responsável por dirigir shows de Roberto no Brasil e em Jerusalém, além de comandar a direção geral da novela "Em Família", da Globo.
Procurada por Purepeople no último dia 28, a empresa JBS responsável pela marca Friboi rebateu as críticas por meio de nota à imprensa.
"O comercial de TV com o cantor Roberto Carlos é uma representação simbólica da parceria com a Friboi. Reforçamos que a opção de voltar a comer carne já havia sido expressada pelo cantor anos antes deste anúncio", diz o comunicado.
Roberto foi o escolhido para substituir Tony Ramos, que estrelou a primeira campanha da Friboi, e agora faz apenas a narração na propaganda. O comercial com o cantor recebeu muitas críicas de internautas e a página de comentários do vídeo no Youtube sobre o filme publicitário chegou a ser bloqueada.


fonte: Estado de São Paulo - 29.02.2014
CARNE FORTE
O contrato de Roberto Carlos com a Friboi vai muito além de um mero comercial de televisão. A empresa patrocinará 40 shows do Rei somente este ano e outros muitos em 2015. Incluindo o de Los Angeles, ainda em 2014, e outro internacional no ano que vem. Ante o auê nas redes sociais entre os vegetarianos e carnívoros, amigos de RC explicam que ele ensaiava voltar ao churrasco desde 2005 – ano em que comprou um touro King of Africa e começou a criar gado. Mas só se entregou mesmo aos prazeres da carne em 2009 – quando seu médico recomendou uma dieta com mais proteína.


fonte: Paraíba.com.br - 28.02.2014
ROBERTO CARLOS 'SEQUER CORTOU O BIFE', DIZ CINEASTA SOBRE CAMPANHA DA FRIBOI

O cineasta Fernando Meirelles usou o Twitter para contar detalhes da campanha da Friboi com Roberto Carlos. “Nas agências fala-se que R$ 25 milhões teria sido o cachê do Roberto Carlos para falar que voltou a comer carne”, tuitou Meirelles. “A turma que participou da filmagem garante que ele sequer cortou o bife. Continua veggie (vegetariano) como sempre foi”.
Na sexta-feira, o grupo JBS, que mantém a marca Friboi, reuniu a imprensa para mostrar o filme da campanha, criação da agência Lew’Lara/TBWA e produzida pela Conspiração Filmes. Na ocasião, o Rei falou que sentiu falta de comer carne desde o momento em que parou, há 30 anos.
Em recente entrevista durante o cruzeiro Emoções, no início de fevereiro, o cantor, de 72 anos, que foi vegetariano por quase 30 anos, falou sobre ter voltado a comer carne recentemente.


fonte: PB Agora Online - 28.02.2014
ROBERTO CARLOS TERIA RECEBIDO R$ 25 MIL POR COMERCIAL

Segundo informações da coluna Olá, do jornal Agora São Paulo, o cineasta Fernando Meirelles comentou que no mundo publicitário fala-se que o cantor Roberto Carlos recebeu R$ 25 milhões para dizer que não é mais vegetariano no comercial da marca de carnes Friboi.
Meirelles ainda falou que pessoas que participaram da filmagem disseram que o cantor não chegou a tocar no bife. A marca disse que só o cantor pode responder pela sua mudança de comportamento, em relação ao vegetarianismo, e não confirmou o valor do cachê. Roberto Carlos não irá se pronunciar sobre o assunto.


fonte: Diário de São Paulo - 26.02.2014
SÃO TANTAS EMOÇÕES
O cantor Roberto Carlos foi o primeiro consumidor a ter a oportunidade de dar uma mordida no novo chocolate Garoto em formato do troféu da Copa do Mundo Fifa. Ele recebeu o produto, fabricado especialmente para o torneio, antes do seu lançamento oficial


fonte: IG Online - 25.02.2014
O CANTOR ROBERTO CARLOS É INSUBSTITUÍVEL? MÚSICOS E PRODUTORES FALAM AO IG
Para artistas e especialistas, nunca haverá outro "Rei" na música brasileira
porque a indústria fonográfica atual impossibilita a criação de um popstar nos moldes do autor de "Detalhes"
Quem é o novo Roberto Carlos? Surgirá algum dia um substituto para Roberto Carlos? Para diversos artistas e especialistas ouvidos pelo iG, o Rei é insubstituível e seu trono ficará vago quando se aposentar. Não apenas pelo talento do cantor de 72 anos nascido em Cachoeiro de Itapemirim, mas porque as engrenagens da indústria da música atual impossibilitam o aparecimento de um ídolo com a dimensão de Roberto Carlos.
Em 1960, quando Roberto Carlos apareceu para o Brasil, o funcionamento do mercado fonográfico incentivava a criação de popstars. Gravadoras investiam grandes recursos para divulgar seus (poucos) artistas e tinham o apoio de meios de massa como a televisão e o rádio.
Roberto tornou-se conhecido com a ajuda do programa de TV "Jovem Guarda", que ele apresentou ao lado de Erasmo Carlos e Wanderléa a partir de 1965, na TV Record. O programa deu nome ao movimento que popularizou o rock brasileiro entre a juventude dos anos 1960.
Atualmente o funcionamento da indústria da música é completamente diferente. Devido em grande parte às ferramentas digitais, as gravadoras perderam o controle do mercado - e, com menos poder, não conseguem mais investir tanto na divulgação de seus artistas.
O músico Tatá Aeroplano, que vê Roberto Carlos como um "muso inspirador", acredita que os caminhos atuais seguidos pela indústria fonográfica não favorecem o surgimento e a consolidação de um novo "rei". "Há compositores incriveis, mas com o tempo isso necessariamente não dialoga mais com o mainstream e não chega (ao público). Não tem mais uma estrutura milionária que faz você virar uma grande estrela para chegar a um grande publico. Tem de ter muito dinheiro.
" O cantor Nasi diz que "é difícil imaginar um fenômeno como Roberto Carlos novamente". "Hoje as coisas acontecem de uma forma intensa e rápida. O Roberto passou por muitas fases da música brasileira e não foi só um fenômeno da jovem guarda. Ele se reinventou na carreira em épocas em que os meios de comunicação permitiam mais do que hoje, em que temos os fenônemos de internet."
O produtor musical Carlos Eduardo Miranda analisa de outra maneira. O sucesso de Roberto ocorreu muito por causa do "carisma do artista". "Esse tipo de fenômeno brota sozinho. Esse cara aparece, começa a cantar e o bairro o projeta para a cidade, que o projeta para o Estado. Com certeza, teremos mais alguem assim."
Mas onde estaria o próximo Roberto Carlos? "Quem sabe a Ivete Sangalo não seja isso hoje?", responde Miranda. "É o mais próximo disso, mas mesmo assim alguns elementos faltam a ela, que não fala tão amplamente com o público quanto o Roberto."
"Ninguém quer ser Roberto Carlos"
"Será muito difícil encontrar um cantor com todo o poder artístico de Roberto", afirma o produtor musical Rafael Ramos, que não descarta a possibilidade de esse artista aparecer e se tornar "tão grande quanto".
"Não é a indústria fonográfica que faz o novo Roberto Carlos, mas acho que nenhum artista quer ser o novo Roberto Carlos. Talvez seja o cúmulo da pretensão artística brasileira tomar o lugar do Roberto, e isso não faz parte das características de um 'rei'."
Experiente como jurado por cinco anos no programa de talentos "Ídolos", o produtor musical Marco Camargo sugere que se busque um "novo Roberto Carlos" por todo o País.
"Falta uma seleção, de fato, pelo Brasil inteiro. Os que se inscrevem (nos programas de talentos) são aqueles que têm condição de ir até onde é a inscrição. Eu fico pensando: 'E se o novo Roberto Carlos estiver lá no interior do Amapá? Como a gente poderia descobrir?'. Ainda acho que tem gente muito boa que ainda não foi descoberta."
O funkeiro Mr. Catra se diz fã de Roberto Carlos e considera o cantor como uma referência para as canções sensuais que escreve. "A primeira música sobre sexo que eu ouvi na vida foi 'Cavalgada', que descreve o ato sexual", conta, relembrando a letra. Para Catra, o aparecimento de um novo Roberto Carlos é "impossível" por causa da mudança no cenário musical. "Hoje é diferente. O Roberto é um mito, é movimento, é da jovem guarda. Antes (o mercado fonográfico) era outra coisa."


fonte: A Tarde online - 24.02.2014
FRIBOI BLOQUEIA COMENTÁRIOS EM VÍDEO APÓS CRÍTICAS A ROBERTO

Roberto foi criticado por fazer propaganda de carne, que não comia há 30 anos
O frigorífico JBS, responsável pela marca Friboi, bloqueou nesta segunda-feira, 24, os comentários em seu canal no YouTube que mostra o comercial estrelado por Roberto Carlos.
O vídeo estava sendo muito criticado por vegetarianos que reclamam da postura do cantor, que voltou a comer carne após 30 anos e, agora, protagoniza uma campanha publicitária de uma marca de carnes.
"O Rei se vendeu", dizia um comentário postado em outro vídeo não bloqueado para postagens.


fonte: D 24AM online - 23.02.2014
EMPRESÁRIO DIZ QUE ROBERTO CARLOS TERÁ DOIS SHOWS NA GLOBO

Além do especial de Natal, ele fará uma apresentação em Las Vegas.
Manaus - O empresário do cantor Roberto Carlos anunciou que o Rei fará dois shows por ano na Globo. Além do tradicional especial de Natal, fará outro, a pedido da emissora. Em setembro deste ano, ele toca em Las Vegas. Em 2015, o especial será gravado na Itália.
A Itália na realidade deveria vir antes. A ideia de tocar no país, e de fazer dois especiais por ano na Globo, não é de hoje. Começou a ser pensado logo após o evento em Jerusalém, show inicialmente planejado para ser um especial de Natal, mas que foi antecipado devido ao clima.
"Faz muito frio por lá em dezembro, impossível realizar qualquer coisa ao ar livre", disse, em entrevista ao Portal UOL.


fonte: Site Uol - 22.02.2014
ROBERTO CARLOS TERÁ DOIS SHOWS POR ANO NA GLOBO, DIZ EMPRESÁRIO
Roberto Carlos fará dois shows por ano na Globo, afirma Dody Sirena, empresário do artista, em entrevista ao UOL. Além do tradicional especial de Natal, fará outro, a pedido da emissora. Em setembro deste ano, ele toca em Las Vegas. Em 2015, o especial será gravado na Itália.
A Itália na realidade deveria vir antes. A ideia de tocar no país, e de fazer dois especiais por ano na Globo, não é de hoje. Começou a ser pensado logo após o evento em Jerusalém, show inicialmente planejado para ser um especial de Natal, mas que foi antecipado devido ao clima. "Faz muito frio por lá em dezembro, impossível realizar qualquer coisa ao ar livre".
O show acabou acontecendo em setembro de 2011, e com o sucesso do evento, Globo e Roberto decidiram prosseguir com as viagens pelo mundo. O segundo, que seria na Itália, em 2013, não aconteceu. "Roberto não quis por causa do número 13", diz Sirena.
Devido ao TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) de Roberto Carlos, o show foi transferido para 2014, mas teve novamente a data alterada, desta vez por razões mais comerciais.
"A Itália representa tanto para a carreira dele, que Roberto achou por bem gravar um disco todo em italiano antes desse show nos moldes do que foi feito em Jerusalém", explica o empresário.
Para que ele tenha tempo de produzir e preparar esse trabalho, que será lançado simultaneamente na Itália e no Brasil, show foi reagendado para 2015, em junho ou setembro, de acordo com Sirena.
Roberto Carlos anda trabalhando (e viajando) mais do que nunca. No início do ano durante a décima edição do cruzeiro "Emoções em Alto Mar", que aconteceu entre 8 e 12 de fevereiro, já anunciou o próximo destino: Las Vegas.
Chamado de "Emoções em Las Vegas", o pacote inclui cinco dias em Las Vegas na primeira semana de setembro deste ano, com direito a shows e passeios.

Troca de navio
O empresário de Roberto Carlos também comentou a troca de navio do cruzeiro "Emoções em Alto Mar". Até 2012 aconteceu no Costa Victoria, este ano para a edição comemorativa de dez anos, a escolha foi pelo Preziosa.
Segundo Sirena, desde o início do projeto, opção sempre foi pela melhor e maior embarcação. "Até 2012, o navio da Costa era o maior, mas desde o ano passado começou a ter como concorrente a MSC (empresa que administra o Preziosa)".
Com o crescimento do turismo náutico, outros navios devem chegar ao mercado. Ainda assim, de acordo com Sirena, em 2015, o cruzeiro de Roberto Carlos deverá ser novamente no Preziosa. "Como negócio, o Preziosa é muito mais interessante, o Costa tinha capacidade para 2.700 pessoas, aqui estamos com mais de 4 mil".
O empresário afirma ter recebido de Roberto Carlos e de convidados um retorno positivo em relação ao transatlântico, mas passageiros ouvidos pela reportagem reclamaram do tamanho.
"Achei muito grande para conhecer em quatro dias", reclamou Miguel Elias, 65, que esteve em todos os cruzeiros com exceção do primeiro.
Pela terceira vez no cruzeiro, Luiz Fernando Capela, 52, também não gostou do tamanho do navio. "O outro por ser menor, era mais aconchegante", diz.
O empresário de Roberto Carlos nega boatos de que a mudança de navio esteja relacionada à saída do comandante Michele De Gregório.
Amigo do artista, desde a segunda edição, ele esteve à frente do cruzeiro "Emoções". Após o acidente com o Costa Concorde na ilha italiana de Giglio, em 2012, ele não esteve mais em cruzeiros no Brasil.
"Reconhecemos a amizade, soube que ele havia sido transferido para a área de cargueiros da empresa, mas nossa decisão de troca não teve nenhuma relação com isso".
Neste ano, Gregório recebeu Roberto Carlos no porto de Santos, antes do embarque no cruzeiro e o presenteou com um quepe.

Falso alarme
O empresário Dody Sirena também comentou o falso alarme durante o último cruzeiro de Roberto Carlos, no dia 10 de fevereiro. Segundo o MSC Cruzeiro, foi um alarme falso e que um passageiro teria avistado um objeto que poderia ser um corpo, mas a companhia identificou como sendo apenas lixo.
Sirena elogiou a rapidez no atendimento ao alarme dado por um passageiro de que alguém teria caído do navio. "Foi uma demonstração de o quanto a empresa prioriza a segurança".
Ele, no entanto, reclamou da forma que o comandante deu a noticia, que causou transtorno e tumulto entre passageiros. "Comunicado poderia ter descrito o que de fato aconteceu, que um passageiro avistou algo no mar, e que poderia ser alguém, informando sobre manobras que seriam feitas para prestar socorro, ao invés de levantar suspeitas de que alguém teria caído do navio", finaliza Sirena.


fonte: JB online - 22.02.2014
FRIBOI ABRE O COFRE E PAGA R$ 10 MILHÕES PARA ROBERTO CARLOS

Roberto Carlos teria ganho R$ 10 milhões para participar da nova campanha da Friboi
Por questões contratuais, a JBS - dona das marcas Friboi e Seara - não comenta os cachês milionários de seus garotos-propaganda. Mas comenta-se no mercado que a empresa pagou R$ 10 milhões para ter Roberto Carlos em sua nova campanha ao lado de Tony Ramos.
O cachê de Tony seria de R$ 2 milhões. Fátima Bernardes, que estreia neste sábado (22), como novo rosto do relançamento da marca Seara, teria embolsado R$ 5 milhões. Nada mal, hein?


fonte: Alagoas 24 Horas Online - 21.02.2014
TONY RAMOS ENSINA PARA ROBERTO CARLOS O SIGNIFICADO DE 'MEME'

Roberto Carlos e Tony Ramos se encontraram nesta sexta-feira (21) para lançar a nova campanha da Friboi, do grupo JBS, em São Paulo. O cantor é o novo rosto da marca, que virou sucesso desde que Tony Ramos assumiu os comerciais.
O momento mais divertido do encontro foi quando Roberto foi questionado se estaria preparado para as brincadeiras e "memes" após se tornar garoto propaganda e não entendeu a pergunta: "Que e-mail? Depende do e-mail".
Atencioso e acostumado com o assédio após protagonizar os reclames, Tony tratou logo de esclarecer para o colega. "E-mail não, meme", disse o ator, em meio às gargalhadas de todos presentes.
"Tem brincadeiras, tem ironias, tem ataques e tem também alguns elogios. É a repercussão que dá, 'memorization, maybe', 'mema coisa'", brincou Tony. E todos aplaudiram e riram novamente. "Eu acho que a gente tem que estar sempre preparado para o que acontece na internet, né? Enfim...", concluiu o Rei tímido.


fonte: Grupo Um Milhão de Amigos - 21.02.2014
Anova campanha da Friboi, que tem Roberto Carlos como garoto-propaganda já está no YouTube:
http://www.youtube.com/watch?v=q4QXJPk12l8


fonte: Blog Mauro Ferreira - 21.02.2014
O single de Roberto Carlos posto à venda esta semana no iTunes pela gravadora Sony Music é uma gravação de 1984. Trata-se de Cartas de amor, versão em português (escrita por Lourival Faissal) de Love letters (Victor Young e Edward Heyman), canção norte-americana de 1945. A versão de Faissal é antiga, tendo sido lançada pelo cantor mineiro Agnaldo Timóteo em 1967 e regravada por Roberto Carlos em seu álbum de 1984. Pela ideia inicial, o cantor faria outra gravação da música para inclusão na trilha sonora nacional da novela Em família - recém-estreada na TV Globo - só que, na última hora, o Rei optou por reutilizar o fonograma de 1984.


fonte: Info Money - 21.02.2014
POR CRESCIMENTO DE 20%, JBS CONTRATA EX-VEGETARIANO ROBERTO CARLOS PARA CAMPANHA
Ao som de "O Portão", o "Rei" do pop nacional anuncia sua volta ao consumo de carnes após 30 anos de vegetarianismo
SÃO PAULO - Em evento realizado em São Paulo na tarde desta sexta-feira (21), a JBS (JBSS3) anunciou um novo garoto propaganda para dividir espaço com o já protagonista Tony Ramos em seus comerciais em 2014: o cantor Roberto Carlos, que não comia carne há 30 anos e recentemente anunciou o abandono do vegetarianismo por questões, segundo ele, de saúde, após conselhos de seu médico, além da vontade de consumir esse tipo de alimento.
Com pano de fundo o memorável refrão "eu voltei", da canção "O Portão", o "Rei da Jovem Guarda" estrela o novo comercial da maior processadora de carnes do mundo, que foi transmitido durante o evento realizado hoje, no qual o InfoMoney esteve presente. Na peça, o cantor aparece almoçando com família e amigos em um restaurante. O garçom coloca um prato de massa na frente dele e um prato com carne para a pessoa sentada ao seu lado. Roberto intercepta dizendo que o prato que estava com seu colega era, na verdade, dele, solicitando que o garçom destroque os pratos. Ao final da propaganda, Tony Ramos, conhecido como "embaixador da marca", discursa sobre a qualidade do produto e conclui com o já conhecido slogan: "Peça Friboi. Carne confiável tem nome".
Em release entregue a jornalistas, a agência de publicidade Lew'Lara\TBWA conta como foi feita a escolha da nova estrela de uma das mais importantes marcas da JBS. "Depois que batalhamos tanto para virar sucesso nacional, assumimos o desafio de buscar uma nova abordagem junto ao consumidor. Quando Roberto Carlos decidiu voltar a comer carne, só poderia ser Friboi, claro!",
destaca Márcio Oliveira, presidente da agência.

Roberto Carlos é a nova celebridade a acompanhar Tony Ramos como garoto-propaganda da Friboi, marca da JBS (/Marcos Mortari)
Vale lembrar que, no ano passado, a JBS já havia investido pesadamente - acredita-se que o montante gasto gire em torno de R$ 50 milhões - em uma campanha estrelada pelo ator Tony Ramos, vencedora do prêmio Caboré de publicidade. Na ocasião, a companhia buscava contornar as adversidades criadas por um cenário de grandes riscos, após o programa "Fantástico", da Rede Globo, apresentar uma reportagem que expunha o descaso dos frigoríficos quanto ao cumprimento das normas estabelecidas para o setor e revelar que cerca de 30% de toda carne consumida pelas famílias brasileiras vêm de locais inadequados.
A solução encontrada pela equipe de marketing da companhia e agências contratadas foi diferenciar a Friboi das concorrentes, alegando que carne não é tudo igual - uma aposta curiosa, que busca transformar uma commodity alimentícia em produto de marca, diferenciado. E surtiu efeito: depois da campanha com Tony, um dos atores de maior credibilidade no mercado publicitário brasileiro, a companhia viu suas vendas no Brasil crescerem em 30%.
Para este ano, a equipe do presidente Wesley Batista espera ampliar a receita da JBS em 20%, mostrando desde então o foco em investimentos publicitários. Vale lembrar que a Seara - divisão de de aves, suínos e processados comprada do Marfrig (MRFG3) na segunda metade do ano passado - anunciou recentemente contrato com a apresentadora global Fátima Bernardes como garota-propaganda para divulgação.
A aposta com Roberto Carlos parece mais um acerto da companhia da família Sobrinho, do estado de Goiás, tendo em vista o apelo que o artista tem com as donas de casa - grandes consumidoras de carne. "Essas mulheres cozinham ouvindo suas músicas. Ele é um sinônimo de confianças e, por isso, tem tudo a ver com a marca Friboi. Ao saber da notícia [de que ele voltou a consumir carne], começamos uma conversa, que veio a se concretizar agora. No nosso ponto de vista, é casamento perfeito”, concluiu o CEO (Chief executive officer) da empresa.


fonte: Campanha da Friboi - 21.02.2014
ROBERTO CARLOS NA NOVA CAMPANHA PUBLICITÁRIA DA FRIBOI
Acessando o link você poderá assistir ao vídeo de divulgação da nova campanha da Friboi, que tem Roberto Carlos como seu garoto-propaganda. Participam também Dudu Braga e sua esposa Valeska Sostene e o empresário Dody Sirena e sua esposa Fernanda Sirena.
http://bit.ly/1fHVSJO


fonte: Blog Mauro Ferreira - 21.02.2014
NOVO 'SINGLE' DE ROBERTO CARLOS, 'CARTAS DE AMOR', ESTÁ Á VENDA NO ITUBES

Single inédito de Roberto Carlos foi posto à venda esta semana no iTunes pela gravadora Sony Music. Trata-se de Cartas de amor, versão em português (escrita por Lourival Faissal) de Love letters (Victor Young e Edward Heyman), canção norte-americana de 1945. A versão é antiga, já tendo sido lançada pelo cantor mineiro Agnaldo Timóteo em 1967 e regravada pelo próprio Roberto Carlos em seu álbum de 1984. Mas é nova a atual gravação do Rei disponibilizada no iTunes e incluída na trilha sonora nacional da novela Em família, recém-estreada na TV Globo.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Góis) - 21.02.2014
A música “Cartas de amor”, na voz de Roberto Carlos, toca, pela primeira vez, hoje, na novela “Em família”. Será pano de fundo para uma cena de Helena, já adulta.


fonte: Extra - 21.02.2014
ROBERTO CARLOS É O GAROTO-PROPAGANDA DA MARCA FRIBOI
Roberto Carlos será garoto-propaganda da Friboi, ao lado de Tony Ramos. A marca do frigorífico JBS promove um evento hoje, em São Paulo, com a presença do cantor, que deixou de ser vegetariano.


fonte: Paraíba.com - 20.02.2014
EX-VEGETARIANO, ROBERTO CARLOS SE JUNTA A TONY RAMOS EM CAMPANHA DA FRIBOI
Tony Ramos foi o garoto propaganda mais comentado em 2013 à frente das campanhas publicitárias da Friboi,
marca do grupo JBS.

Agora, Roberto Carlos se junta ao ator para promover a marca. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (20) por uma fonte ligada à empresa. Apesar do novo garoto propaganda, Tony continua sendo o principal rosto da Friboi e teve seu contrato renovado até o final de 2014.
Em recente entrevista durante o cruzeiro Emoções, no início de fevereiro, o cantor, de 72 anos, que foi vegetariano por quase 30 anos, falou sobre ter voltado a comer carne recentemente.
Na sexta-feira (21), Tony e Roberto estão confirmados em um evento promovido pelo grupo para apresentar as novidades em São Paulo. Em 2010, Roberto Carlos fez campanha para a comemoração dos 90 anos da Nestlé no Brasil, mas o artista não costuma emprestar sua imagem à publicidade com frequência.


fonte: Mde Mulher Online - 20.02.2014
ROBERTO CARLOS DESMENTE ROMANCE COM LAURA MULLER
O cantor causou polêmica na palestra da sexóloga durante o seu cruzeiro.

No último dia 10, um encontro inusitado entre Roberto Carlos e a sexóloga Laura Muller, do Altas Horas, durante uma palestra dela no cruzeiro Emoções em Alto Mar, que o cantor faz todo início de ano, gerou muuuito ti-ti-ti. Quem estava no navio garante: rolou, sim, uma química além entre os dois.
As especulações começaram quando o Rei entrou no auditório já lotado com 1800 pessoas. Sem nenhuma vergonha, ele levantou a mão e fez perguntas sobre orgasmo feminino. "Eu tenho um amigo, ele é cantor, sabe?", e todos os presentes caíram na gargalhada porque, lógico, esse amigo era ele mesmo. E continuou: "É verdade ou mito a ejaculação feminina durante o orgasmo? Eu vi na internet que sai um jatinho, em alguns (vídeos, parece) uma cachoeira. Isso é fake (falso)?"
Laura respondeu prontamente que é possível, sim, devido à lubrificação da vagina, mas que o caso ainda estava sendo estudado pela classe médica.
Roberto não ficou encabulado e foi logo emplacando outra pergunta. Desta vez sobre piercing genital: "Esse mesmo amigo me falou que o piercing no clitóris tem a função de ajudar a mulher a chegar mais fácil ao orgasmo. É isso mesmo?", e ninguém segurou as risadas.
A sexóloga informou que o objeto é perigoso nessa região e não recomendado pelos médicos. Mas que psicologicamente pode causar uma sensação diferente, permitindo, eventualmente, à mulher chegar mais rápido ao orgasmo.
Depois da palestra, Laura agradeceu a oportunidade de participar do Cruzeiro de RC pela primeira vez. E, principalmente, pela presença do ídolo na palestra.
TITITI conversou com Laura, que levou numa boa a boataria sobre um affair com o Rei. "Imagina. Não rolou nada entre a gente. As pessoas gostam é de formar casais e sempre inventam alguma coisa. Mas fiquei feliz em vê-lo ali, participando... Disse ser um admirador do meu trabalho e do Altas Horas. Ouvir isso do Rei, Roberto Carlos, é gratificante", contou Laura.


fonte: Diário de Pernambuco - 18.02.2014
DIVULGADOS VALORES DOS INGRESSOS PARA O SHOW DE ROBERTO CARLOS NO RECIFE
Show que comemora o aniversário de 73 anos do Rei será no dia 12 de abril

No palco, orquestra e coral vão acompanhar o cantor.
Roberto Carlos vai se apresentar no dia 12 de abril (sábado), às 22h, no Estádio do Arruda. O show comemora o aniversário de 73 anos do Rei. No palco, orquestra e coral vão acompanhar o cantor.
O público ficará dividido em sete setores, com ingressos entre R$ 40 e R$ 460 (confira abaixo). As entradas estão à venda nas lojas Esposende (nos shoppings do Recife) e no site:www. ingressorapido.com.br.
Serviço:
Show Roberto Carlos
Quando: 12 de abril (sábado), às 22h
Onde: Estádio do Arruda (Avenida Beberibe, 1285)
Entrada:
Cadeira azul - R$ 460 e R$ 230 (meia)
Cadeira amarela - R$ 300 e R$ 150 (meia)
Cadeira branca - R$ 220 e R$ 110 (meia)
Cadeira cativa - R$ 300 e R$ 150 (meia)
Plateia inferior - R$ 120 e R$ 60 (meia)
Plateia inferior lateral - R$ 160 e R$ 80 (meia)
Plateia superior - R$ 80 e R$ 40 (meia)
Pontos de Venda: Lojas Esposende (shoppings do Recife) e no site: www.ingressorapido.com.br
Informações: (81) 4003 1212


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 18.02.2014
CANZONE PER TE
Roberto Carlos quer gravar um CD só com músicas italianas no ano que vem. O xodó com o país vem de longa data, desde que ele ganhou o festival de San Remo, em 1968, com “Canzone per te”. Os planos italianos de RC incluem também uma escala em Roma do Projeto Emoções.


fonte: G1 Ceará Online - 17.02.2014
PRÉ-VENDA PARA SHOW DE ROBERTO CARLOS COMEÇA NESTA TERÇA-FEIRA
Roberto Carlos faz show no dia 5 de abril em Fortaleza, na Arena Castelão.
Venda geral dos ingressos começa no dia 24 de fevereiro.

A pré-venda dos ingressos para o show de Roberto Carlos em Fortaleza começa no dia 18 de fevereiro. A partir desta quarta-feira (18) até 22 de fevereiro, poderão adquirir exclusivamente os ingressos clientes dos cartões Credicard. A venda geral dos ingressos poderá ser feita a partir do dia 24 de fevereiro. O show de Roberto Carlos será no dia 5 de abril na Arena Castelão.
Na pré-venda e venda, a compra deve ser feita pelo site do Ingresso Rápido ou telefone (85) 4003-1212. O limite de compra é quatro ingressos por pessoa.
Os valores dos ingressos variam de R$ 580 a R$ 40. O setor mais caro é a inteira do Cadeira Azul, custando R$ 580. O show terá três tipos de camarote. O mais caro será o “Camarote Emoções” com o valor de R$ 420. O lugar mais barato é a plateia superior com R$ 80, a inteira, e R$ 40, a meia. Todos os setores possuem meia-entrada, com exceção dos camarotes.

Confira todos os valores dos ingressos:
Plateia superior - R$ 40 (meia) R$ 80 (inteira)
Plateia superior lateral - R$ 70 (meia) R$ 140 (inteira)
Plateria inferior R$ 80 (meia) R$ 160 (inteira)
Cadeira branca R$ 90 (meia) R$ 180 (inteira)
Cadeira amarela R$ 170 (meia) R$ 340 (inteira)
Cadeira azul R$ 290 (meia) e R$ 580 (inteira)
Camarote N2 R$ 400 (individual)
Camarote N3 R$ 400 (individual)
Camarote Emoções R$420 (individual)


fonte: GShow - 16.02.2014
SEXÓLOGA COMENTA PALESTRA COM ROBERTO CARLOS: 'NÃO TEVE CONSULTA PARTICULAR'
Laura Muller afirma que cantor foi a presença mais ilustre que já teve em uma de sua palestra:
'Ele fez perguntas com bom humor'

Laura Muller comenta palestra em cruzeiro do cantor Roberto Carlos
Falar sobre sexo nem sempre é uma atividade fácil. Agora, imagina falar de sexo com o cantor Roberto Carlos. Pois é, Laura Muller palestrou no cruzeiro “Emoções em Alto Mar” e teve a honra de ter o “Rei” em sua plateia.
“Certamente, ele foi a presença mais ilustre das minhas palestras. O mais interessante foi que ele fez perguntas com bom humor, interagiu e ajudou a plateia a se soltar”, comentou a sexóloga nos bastidores do Altas Horas.
Laura Muller afirmou que a presença do cantor não a intimidou em nenhum momento do bate-papo com os participantes do cruzeiro. “Eu sabia que ele poderia aparecer. Achei muito bacana a presença dele fazendo perguntas”, declarou.
A sexóloga, que tem um quadro fixo no programa de Serginho Groisman, também contou que Roberto Carlos não fez nenhuma pergunta em off. “Depois da palestra, a gente fez uma foto, conversou um pouquinho, mas não teve nenhuma consulta particular”, revelou.

Laura Muller tieta Roberto Carlos após a sua palestra
Segundo Laura, celebridades são muito importantes na disseminação de informações sobre sexualidade. “Quando uma pessoa, como o Roberto Carlos, faz uma pergunta sobre sexo de uma forma tão tranquila, divertida e aberta, isso ajuda a quebrar esse tabu com relação ao assunto sexo”, explicou.
De acordo com a sexóloga, o “Rei” tirou duas dúvidas durante a palestra: uma sobre ejaculação feminina e a outra sobre o uso de piercing na região genital. “As perguntas foram muito interessantes e sobre sexualidade feminina”, contou Laura Muller.


fonte: G1 Espírito Santo - 14.02.2014
CASA QUE FOI DE ROBERTO CARLOS É ASSALTADA PELA QUARTA VEZ, NO ES
Desta vez, um móvel e um ventilador foram levados pelo criminoso.
Assaltante atuou à luz do dia, e arrastou o móvel roubado pela rua.

A estrutura da casa é original e todos os objetos foram doados por fãs de Roberto Carlos
A Casa de Cultura Roberto Carlos, que fica em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, foi assaltada novamente na tarde desta quinta-feira (13). Um móvel e um ventilador foram levados. Esta é a quarta vez que o local é arrombado. A subsecretária de Cultura informou que um sistema de videomonitoramento já foi solicitado. A Prefeitura está investigando o que aconteceu.
Segundo a administradora Fátima Narvarro, o assaltante arrastou o móvel pela rua e não se incomodou em ser visto. "Eu olhei para fora e vi um rapaz descendo, empurrando um móvel. Achei estranho. Cheguei a cogitar a possibilidade de a casa estar sendo assaltada, mas achei muito absurda a situação. Ele ainda olhou, deu um sorrisinho meio desconfiado e continuou descendo a rua. Não levei a sério, só que quando eu saí e retornei, a polícia já estava aqui", contou.
O criminoso arrombou a fechadura e entrou pela porta dos fundos. Foram levados um móvel e um ventilador. O piano que fica na casa chegou a ser arrastado e deixou marcas no chão, mas não foi roubado.
Diante dos assaltos cometidos anteriormente, a secretária de Cultura disse, no ano passado, que já havia solicitado à Secretaria de Administração um sistema de alarme. Mas até o momento, nada foi implantado. Para tentar impedir os crimes, pedaços de madeiras são colocados para fechar portas e janelas da residência. "A respeito da segurança da Casa Roberto Carlos, já está sendo providenciada a parte de videomonitoramento", informou a Subsecretária de Patrimônio Cultural, Marta Profeta.
Ainda de acordo com a subsecretária, a Prefeitura está investigando o que aconteceu. Um boletim de ocorrência foi encaminhado para a Secretaria de Administração.
A casa de Roberto Carlos A Casa da Cultura Roberto Carlos fica na Rua João de Deus Madureira, no bairro Recanto, em Cachoeiro de Itapemirim. Ela abriga retratos e objetos que recordam a infância do rei. Em uma das paredes da residência é possível encontrar a certidão de nascimento do cantor, que morou no local com pais e irmãos até os treze anos de idade. Em 2012, também foi inaugurado o Corredor Cultural Roberto Carlos, que dá acesso ao museu.
Quem visita a casa encontra retratos, o piano em que Roberto fazia aulas na infância e o transmissor da Rádio Cachoeiro prefixo ZYL-9, primeira rádio em que o rei cantou, aos nove anos, em um programa infantil. O cantor visitou a casa em 2009 durante sua ida à Cachoeiro de Itapemirim para o show de 50 anos de carreira e disse que também pretendia fazer um acervo da Jovem Guarda lá. Além disso, a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim chegou a investir mais de R$ 800 mil em obras de revitalização no entorno da casa.


fonte: G1 Paraná - 13.02.2014
PEDREIRA PAULO LEMINSKI VAI REABRIR COM SHOW DE ROBERTO CARLOS
Apresentação será no dia do aniversário de Curitiba, 29 de março.
Local estava fechado para espetáculos desde 2008.

Show será no dia do aniversário de Curitiba<
Foi divulgado nesta quinta-feira (13) que a Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, vai reabrir no aniversário da cidade, dia 29 de março, com show do cantor Roberto Carlos. A informação foi confirmada pela empresa responsável pelo local, a DC Set Eventos. Mais detalhes sobre o show ainda não foram divulgados. Na data, a capital paranaense vai completar 321 anos.
A Pedreira Paulo Leminski foi fechada para shows em 2008, após o Ministério Público (MP) ter obtido na Justiça o acolhimento de uma liminar da 2ª Promotoria do Meio Ambiente, que exigia adequações do local. A ação foi movida em nome de moradores do Abranches, bairro da Pedreira, que reclamavam do tumulto e barulho gerados em dias de shows e apresentações.
Em janeiro, a Justiça do Paraná revogou a liminar que mantinha a pedreira fechada para shows. A decisão do juiz da 4ª Vara de Fazenda Pública, Eduardo Bana, considerou que foram cumpridas as exigências feitas pelo Ministério Público (MP) para que o local pudesse voltar a receber shows, de acordo com a Prefeitura de Curitiba.
Acordo
O acordo prevê um limite de até dois shows de grande porte a cada intervalo de 30 dias; que as apresentações marcadas entre segundas e quintas-feiras terminem até as 23h; que os shows às sextas, sábado e vésperas de feriados terminem até a 1h do dia seguinte; que as apresentações aos domingos terminem até as 20h; que os eventos não coincidam com clássicos ou decisões de futebol na cidade; e que haja atuação expressiva das entidades de segruança e sáude pública durante os eventos.
As adequações foram feitas pela empresa DC Set Eventos, que venceu a concorrência para reformar e administrar, além da Pedreira, a Ópera de Arame e o Parque Náutico do Iguaçu. As intervenções envolvem reformas nos sanitários, palco, pista, pista, camarins e instalações elétricas. Além disso, os equipamentos e acessos precisaram ser estruturados para atender às leis atuais de acessibilidade. A capacidade de público para eventos foi fixada em 25 mil pessoas.

Pedreira Paulo Leminski estava fechada para shows desde 2008


fonte: G1 Turismo Online - 13.02.2014
ROBERTO CARLOS REPETE FÓRMULA DE SUCESSO EM CRUZEIRO DE 4 MIL PESSOAS

Roberto Carlos brinda com fãs em show no navio
Como de costume, Roberto Carlos ficou a maior parte do tempo dentro de sua cabine no cruzeiro "Emoções em Alto Mar" deste ano. Mesmo assim, o cantor era onipresente dentro do enorme navio MSC Preziosa, onde foi realizada a décima edição da viagem temática pelo litoral brasileiro entre os dias 8 e 12 deste mês.
Ao chegarem às cabines, os passageiros encontraram em cima da cama um impresso com a história do cruzeiro do Rei e folhetos com propagandas de produtos diversos: um livro com edição limitada vendido por R$ 4 mil no navio, os pacotes de viagem para um show que ele fará em Las Vegas em setembro, um cartão de crédito temático e uma parceria com uma empresa de milhagens.
As TVs da recepção mostravam imagens das apresentações de Roberto Carlos. Suas músicas eram tocadas nos alto-falantes dos corredores e embalavam as noites na discoteca em versões remixadas. Também serviram de trilha sonora para a tradicional aula de dança com Carlinhos de Jesus na beira da piscina.
A "overdose" do artista agradou à maioria dos passageiros, que foram para o navio esperando não só ver o show do cantor como sentir que "dividem a mesma casa" com ele, como Roberto Carlos gosta de se referir à experiência.
Primeira classe

Público lota área da piscina para participar de aula de dança com Carlinhos de Jesus
Os aposentos do Rei, porém, estavam bem preservados da euforia dos fãs - especialmente das fãs, que se acotovelavam para pegar as rosas jogadas por ele no fim do show (veja vídeo acima) e pediam insistentemente aos funcionários do cantor para entrar no camarim -- quase sempre, em vão.

Passageiros relaxam em uma das piscinas do navio
Roberto Carlos ficou no 16º andar, na primeira classe do navio, no último quarto de um corredor, para não ser incomodado pelo vaivém de pessoas. Sua cabine tinha ambientes independentes, com mesa de jantar para que ele fizesse as refeições lá mesmo.
Segundo um funcionário do navio que não quis se identificar, ele pediu para ser atendido por uma camareira do sexo feminino, e o hondurenho que havia sido destacado para servi-lo inicialmente foi trocado por uma brasileira.
Roberto levou alguns convidados, como seu motorista e outros funcionários de sua casa e de seus escritórios, o ex-Trapalhão Dedé e Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, seu advogado no imbróglio sobre a biografia não autorizada.
Sempre que o cantor saía do camarim, montava-se uma operação para isolar a área e colocá-lo nos elevadores internos do navio, que não paravam em nenhum andar.
Perguntas sobre sexo

Roberto Carlos entrega troféus a vencedores de concurso de karaokê no navio
Neste ano, além de fazer shows no sábado, no domingo e na terça-feira à noite, ele apareceu de surpresa na palestra da sexóloga Laura Muller e levou a plateia ao delírio ao fazer perguntas sobre piercing genital e ejaculação feminina.
Roberto Carlos apareceu de surpresa na palestra da sexóloga Laura Muller e fez perguntas sobre piercing genital e ejaculação feminina.
Também foi, como nos demais anos, ao show do humorista Tom Cavalcante, à entrevista coletiva aberta a alguns fãs e à entrega de prêmios do karaokê com o público do navio. Outros boatos sobre aparições surpresa do cantor não se confirmaram. Neste ano, por exemplo, ele não foi ao cassino, aonde costumava ir de madrugada em viagens anteriores.
O artista também era esperado pelos passageiros nas varandas do navio durante o embarque e o desembarque. Como nas outras edições, ele foi o último a entrar no navio e o primeiro a descer.
Camisetas e unhas temáticas
Segundo a produção de Roberto Carlos, as mais de 4 mil vagas para o Emoções em Alto Mar deste ano se esgotaram entre julho e agosto. A lista de espera tinha aproximadamente 300 pessoas. As cabines custaram entre US$ 1.735 (cerca de R$ 4,2 mil) e US$ 4.560 (R$ 11 mil).
Entre os passageiros havia pessoas de vários estados do Brasil e até alguns estrangeiros, como uma britânica que costuma ir todos os anos e um equatoriano que venceu o concurso de karaokê cantando "Amante à moda antiga" em espanhol.

Irmãs fizeram camiseta em homenagem a Roberto Carlos
Muitos foram com grupos de amigos ou familiares e fizeram camisetas especialmente para a viagem. Houve até uma fã que usou adesivo de unha que retratava a foto que tirou ao lado do cantor.
Os passageiros com menos de 30 anos de idade estavam visivelmente em menor número e, via de regra, haviam ido para acompanhar pais, tios ou avós que gostam do cantor há décadas.
Aqueles que vão todos ou quase todos os anos acabaram se conhecendo e aproveitam a ocasião para se reencontrar. Um dos hóspedes assíduos é Robson Carvalho, sósia de Roberto Carlos, que era constantemente abordado pelos passantes que queriam tirar foto com ele.

Fã fez adesivo de unha em homenagem a Roberto Carlos
Por ser a edição de 10 anos, muitos fãs esperavam que o cruzeiro de 2014 trouxesse surpresas em relação aos anteriores.
No entanto, além da mudança de navio da companhia Costa para a MSC, não houve muitas novidades. Da chegada de Roberto em sua Lamborghini conversível ao karaokê dos passageiros, da aula de dança com Carlinhos de Jesus ao show de Tom Cavalcante, o roteiro foi basicamente o mesmo de anos anteriores.
Mas os fãs pareciam não se importar com isso. Muitos preferiam não descer nas paradas -- que foram em Búzios, Angra dos Reis e Ilhabela -- para poder aproveitar a programação a bordo, e vários já fizeram sua reserva para o cruzeiro de 2015. "Todo ano é igual, mas é diferente", resumiu uma passageira que já esteve seis vezes na "casa" do Rei em alto mar.


fonte: Último Segundo Online - 12.02.2014
EM CRUZEIRO, ROBERTO CARLOS CANTA, PARTICIPA DE KARAOKÊ E FREQUENTA CASSINO
Apesar de pouco interagir com os fãs, a presença do cantor é notada em todos os cantos do navio

A bordo do cruzeiro Emoções em Alto Mar, que finalizou sua décima viagem nesta quarta-feira (12), o cantor Roberto Carlos gosta de repetir: “Aqui é como se estivéssemos morando na mesma casa. Só não dormimos na mesma cama”.
De um jeito curioso, há bastante verdade na afirmação. No cruzeiro, o Rei é, ao mesmo tempo, ausente e onipresente. Não anda pelos corredores do navio e raramente deixa a cabine, localizada em uma área VIP e fechada à maior parte dos passageiros. Gosta de ir ao cassino, mas apenas durante a madrugada, e quando de fato está perto do público, em eventos especiais, permanece separado dele, chegando depois e se sentando em área reservada.
Ainda assim, é como se, de fato, aquela casa fosse a do Rei. Em praticamente todos os ambientes se ouve músicas das diferentes fases da carreira (geralmente em sua própria voz, às vezes covers de outros artistas); nos corredores há sempre alguém vestindo azul e branco ou grupos usando camisetas uniformizadas com a foto do ídolo; os pôsteres colocados pelo navio estão sempre com uma fila para fotos (“se a gente não tem o Rei em carne e osso, né?”); e a todo momento o assunto, de algum modo, volta para ele.

O público na piscina do cruzeiro Emoções em Alto Mar
No elevador e nas áreas comuns, é fácil ouvir os atestados de fã. “Tenho 48 rosas”, “Fui a 43 shows só no ano passado”, “Participei de todos os cruzeiros”, “Gosto dele há mais de 50 anos”, “Recorto até quadradinho que sai na revista" e o famoso "Tenho tudo dele".
Quando o empresário Dody Sirena teve a pioneira ideia de inserir Roberto no mercado de cruzeiros temáticos, temeu que os fãs quisessem encontrá-lo a todo momento. Rapidamente, percebeu que não. “É um pouco como criança na Disney: tem tudo ali à disposição, não há cobrança de se estar toda hora com o Mickey”.

Anni Lourenço Rios e família na primeira fila para assistir ao show de Roberto Carlos
Os passageiros
O público do cruzeiro de Roberto Carlos é mais velho, em geral tem mais de 50 anos e viaja principalmente em casal ou em turma de mulheres. Como estão ali principalmente para ver o Rei, apenas uma pequena parte costuma descer do navio nos pontos de parada, e cerca de 40% retorna outras vezes. É o caso de Anni Lourenço Rios, que está no sexto cruzeiro consecutivo. Aos 35 anos, ela é um caso de passageira mais jovem que não apenas acompanha a mãe, mas herdou dela a paixão pelo Rei. “Venho por ele”, contou. “O cruzeiro é bacana, mas não é a razão de vir”.
Sentada na primeira fila do show de terça-feira (11), ela chorou muito, cantou mais ainda e saiu de lá com duas rosas. Para conseguir um lugar tão bom, foi preciso escolher uma cabine mais cara, na mesma área onde Roberto se hospeda. “Tudo tem um preço. Estamos pagando esse preço”, disse a mãe de Anni, Márcia, que já acertou o cruzeiro de 2015.

Denise Lemos de Oliveira no cruzeiro Emoções em Alto Mar
Para outras fãs, porém, a viagem pode ter sido a primeira e a última. Cleusa Marchi Costa, 53 anos e fã do Rei há 49, acha que vai ser difícil voltar: o marido não gosta de navios e ela demorou para ter condições financeiras e companhia. A bordo com as três irmãs, todas devidamente uniformizadas, ela define a ida ao cruzeiro como “um sonho”.
“O Roberto tem alguma coisa, uma luz que eu vejo. Não é amor carnal, não é desejo, é uma coisa que eu não consigo explicar”, disse, com os olhos cheios de lagrimas.
Também no time das novatas, Denise Lemos de Oliveira, 49 anos, superou o medo do mar para ver o Rei. “Vim porque era o navio dele. Sabia que se não fosse seguro, ele não viria. Ele gosta que as coisas estejam no controle dele”, afirmou Denise, que ganhou a passagem de presente do marido, e no ano que vem voltará com a sogra e a mãe, que trabalhava em frente à Rádio Nacional nos anos 1960 e desde então acompanha o artista.
A viagem
Com tanta reincidência, o projeto Emoções em Alto Mar muda pouco a cada ano. A grande novidade, na verdade, costuma ser o navio (neste ano, pela primeira vez a embarcação era da MSC, e não da Costa Cruzeiros). “Quando o time está ganhando, só tem que continuar jogando bem”, brincou Sirena.

O navio do cruzeiro Emoções em Alto Mar
O cruzeiro de dez anos não teve grandes comemorações, o que surpreendeu e até decepcionou alguns passageiros. Na manhã de segunda-feira (10), a suspeita de que alguém teria caído no mar causou tensão, mas tratava-se de alarme falso e não chegou a atrapalhar a festa.
A bordo, Roberto e sua equipe anunciaram vários projetos: um disco de inéditas em 2014 e outro de canções em italiano no ano seguinte; a publicação de um luxuoso livro de fotografias que será vendido a R$ 4,5 mil; um show em Las Vegas em setembro e o plano de outro na Itália em 2015, fortalecendo ainda mais o braço operadora de turismo da marca Roberto Carlos.

O equatoriano Andres, ganhador do karaokê no cruzeiro Emoções em Alto Mar
No navio, os shows são mais intimistas e trazem pequenas alterações no setlist tradicional. Incluem, ainda, a entrada de um Cadillac inflável no palco e a distribuição de 1,6 mil taças de champanhe que as fãs pegam correndo para então se aglomerar em frente ao palco e tentar brindar com o Rei.
Atrações de outros anos, como a missa com o Padre Antônio Maria, a aula de dança com Carlinhos de Jesus e o show de stand-up comedy de Tom Cavalcante foram repetidas. Também foi realizada uma tradicional e animada competição de karaokê, com apresentação de Miéle e músicas tocadas por parte da banda de Roberto Carlos.
“Quando” e “Emoções” eram as músicas mais pedidas pelos passageiros sorteados para subir ao palco, mas foi a versão em espanhol de “Amante à Moda Antiga”, cantada pelo equatoriano Andres, 60 anos, que levou o prêmio, entregue pelo próprio Roberto.
“Foi emocionante, ele é meu ídolo”, contou Andres, que foi cantor durante 17 anos, mas deixou a carreira de lado para ser empresário musical. Ele disse ter ido ao navio para tentar acertar um show de Roberto no Equador, “onde muita gente o ama”. E explicou a escolha da música: “Era a única que eu sabia de cor.”
A concorrente mais invejada foi Larissa Antunes, 24 anos, que ficou com o segundo lugar, mas foi chamada pelo Rei para dançar, juntinho, “Como é Grande o Meu Amor Por Você”. “Me apaixonei por ele. Vou sair do cruzeiro muito fã”, afirmou a jovem, que estava no navio a convite da avó.
Maior novidade da programação da viagem deste ano, a sexóloga Laura Muller respondeu a perguntas do público sobre sexo - e também do próprio Roberto, que quis saber mais sobre ejaculação feminina e piercing no clitóris. Os passageiros tinham a opção de enviar dúvidas por escrito e de forma anônima, mas muitos preferiram o microfone e falaram com sinceridade e coragem impressionantes sobre questões bastante pessoais.
Da mesma forma, uma conversa entre estranhos à beira da piscina ou na mesa do jantar rapidamente caía na vida pessoal: histórias de amores do passado, de problemas familiares ou dos tempos de juventude. No Emoções em Alto Mar, Roberto Carlos é mais do que um gosto em comum: é a chave para uma súbita e bem-vinda intimidade.


fonte: O Dia (Coluna Leo Dias - 12.02.2014
A imprensa que foi cobrir o show de Roberto Carlos no cruzeiro “Emoções em Alto Mar” não pode assistir o Rei até o fim.A MSC Cruzeiros disse que o mar estava revolto e pediu que os jornalistas se retirassem antes. Mas os profissionais ficaram mais de meia hora esperando o barco que ia levá-los à terra firme zarpar. É que o prefeito de Búzios – onde o navio estava ancorado – quis ficar até a hora do bis. Vai entender...


fonte: Portal G1 - 11.02.2014
'ELE É QUENTE E CARINHOSO', DIZ JOVEM QUE DANÇOU COM ROBERTO CARLOS
Passageira de 24 anos ganhou prêmio em karaokê de navio temático.
Cantor dançou colado com ela durante música romântica.

Dá emoção estar ao lado dele', disse Larissa após dançar com Roberto Carlos.
"Hoje você representou todas as mulheres. Todo mundo queria estar no seu lugar.” A psicóloga e atriz Larissa Antunes, de 24 anos, ouviu essa frase de uma fã de Roberto Carlos nesta terça-feira (11), após realizar o sonho de muitas admiradoras do artista: dançar com ele.
Cantando a música “Olha”, Larissa ficou em segundo lugar em um concurso de karaokê realizado nesta terça-feira (11) no cruzeiro temático “Emoções em Alto Mar”. Como de costume, Roberto Carlos apareceu para entregar os prêmios. Enquanto cantava “Como é grande o meu amor por você”, ele pegou Larissa pela mão e dançou com ela.
“Fiquei muito emocionada, o coração disparado, a boca seca. Ele falou 'você é linda' e pegou na minha mão”, conta ela, que veio ao cruzeiro para acompanhar a avó, que é fã do músico. “Ele é quente, tem a pele quente. E é carinhoso”, descreve a garota.
“Dá emoção estar do lado dele, mas me tocou mais ainda ver a maneira que as pessoas olham pra ele, o amor que elas têm. É muito forte o que ele causa nas pessoas”, afirma ela, que quer começar a cantar profissionalmente. “Já comecei no palco com a banda do rei. Isso é abençoado”, completa.

Larissa dança com Roberto Carlos

Larissa dança com Roberto Carlos


fonte: Portal Overtube online - 11.02.2014
ROBERTO CARLOS LANÇA LIVRO QUE CUSTARÁ 4500 REAIS

O cantor Roberto Carlos prepara uma surpresa milionária para seus fãs. Ele lança em abril um livro com fotografias inéditas e mais de 500 letras originais. A publicação será comercializada em tiragem mínima e custará (pasmem!) 4 500 reais a unidade.
Roberto apresentou o livro ao público que o acompanha na décima edição do cruzeiro “Emoções em Alto Mar”, que está acontecendo nesta semana. A tiragem total será de 3 mil exemplares, impressos na Itália e vendidos nas melhores lojas do Brasil. 500 exemplares a mais foram disponibilizados para reserva aos presentes no cruzeiros, que poderão adquirir a publicação por um valor um pouco menor, de 4 mil reais.


fonte: Terra Online - 11.02.2014
ROBERTO CARLOS DANÇA COLADINHO COM FÃ EM KARAOKÊ, EQUATORIANO VENCE
Tradição de seu cruzeiro 'Emoções em Alto Mar',
karaokê com passageiros do MSC Preziosa contou com presença de Roberto Carlos em evento

Já tradição do cruzeiro Emoções em Alto Mar, que chega a sua décima edição, o karaokê dos hóspedes do navio MSC Preziosa foi realizado na tarde desta terça-feira (11) com a embarcação atracada em Ilhabela. Os competidores foram sorteados após uma pré-inscrição e cantaram sucessos de Roberto Carlos. O próprio cantor entregou os prêmios aos três melhores colocados. O passageiro equatoriano foi o vencedor e chegou a pedir que o Rei faça um show em seu país: "todos o amam lá, faz vinte anos que você não canta no Equador". "Vamos lá então", retrucou Roberto.
A jovem que ficou na segunda posição ganhou mais que um troféu. A cantora foi chamada pra dançar e ficou coladinha no astro de 72 anos.
Quase
Um grande momento do karaokê foi a participação de Robson Carlos, sósia de Roberto Carlos que circula pelo navio e atrai sua própria corrente de fãs. O cantor prestou sua homenagem executando Esse Cara Sou Eu. Muito perspicaz, o apresentador Miele fez uma piada ao fim da música: "esse quase sou eu".


fonte: Terra Online - 11.02.2014
TOM CAVALCANTE SE APRESENTOU NA NOITE DESTA SEGUNDA-FEIRA (10) NO MSC PREZIOSA DURANTE O CRUZEIRO EMOÇÕES EM ALTO MAR, DE ROBERTO CARLOS

Tom Cavalcante brinca com cruzeiro e homenageia Roberto Carlos
Tom Cavalcante se apresentou na noite desta segunda-feira (10) no MSC Preziosa durante o cruzeiro Emoções em Alto Mar, de Roberto Carlos. O humorista homenageou o cantor e a décima edição do evento e fez questão de encaixar em seu texto algumas piadas sobre um incidente ocorrido durante a manhã, quando um alarme falso foi disparado após uma suspeita de que alguém teria caído da embarcação. “Fiquei muito triste. Acordei assustado com aquele apito de manhã e depois me disseram que não foi minha sogra que caiu”, brincou. Mais tarde, já com o famoso personagem João Canabrava, lembrou novamente o episódio: “pulei rapidinho pra nadar”.

Roberto Carlos conversa com jornalistas em cruzeiro temático
O humorista cearense revisitou seus principais personagens e algumas imitou alguns músicos, como Lulu Santos e Cauby Peixoto. Já na reta final, se vestiu como Roberto Carlos e desceu até a plateia para entregar uma rosa ao cantor e lhe deu um beijo. “Um dos dez artistas mais importantes do mundo. Um orgulho para a América Latina”, definiu.


fonte: G1 Online - 11.02.2014
FÃS JÁ RESERVAM INGRESSOS PARA CRUZEIRO DE 2015 DE ROBERTO CARLOS
Pré-venda está sendo feita durante a viagem deste ano.
Passageiros querem ir mesmo sem saber roteiro e detalhes.
O cruzeiro temático do cantor Roberto Carlos de 2014 ainda não chegou ao fim e os fãs já estão fazendo as reservas para a edição de 2015.
No domingo (9) -- segundo dia da viagem que partiu de Santos no dia 8 e retorna no dia 12 --, às 9h30, começou a ser feito no próprio navio o cadastro dos interessados em participar na edição do “Emoções em Alto Mar” no ano que vem.
Ainda não há informações sobre a data da viagem, o roteiro ou o navio onde ela será realizada, mas isso não impediu que as mesas dos sete representantes de vendas ficassem cheias já no início do período cadastro. O importante, dizem os fãs (e, especialmente, as fãs), é navegar com o ídolo e ter o direito a escolher as melhores cabines.
“Todo ano compramos a passagem do ano seguinte no próprio navio”, contam as irmãs Marlene e Marta de Souza, de São Paulo, e a amiga Maria Arleide Iraha, de Santos. Elas estiveram em todas as edições do cruzeiro de Roberto Carlos até hoje – esta é a décima.
Os vendedores explicam que o que está sendo feito neste momento é um cadastro, e que já no início de março entrarão em contato com os interessados para confirmar a compra dos pacotes.
Segundo a produção de Roberto Carlos, cerca de metade das mais de 4 mil passagens para 2014 foram vendidas durante o cruzeiro de 2013, a bordo.
O restante se esgotou entre julho e agosto. A lista de espera tinha aproximadamente 300 pessoas. As cabines custaram entre US$ 1.735 e US$ 4.560.
Participando do cruzeiro pela primeira vez, o comerciante Eliomar Amorim e a bacharel em direito Mirian Cavalcante, de Teresina, já decidiram se apressar também. “Era um sonho nosso. Foi presente de Dia dos Namorados”, diz ela. Em 2013, eles compraram o pacote em junho, quando já restavam as últimas cabines. Agora, colocaram o nome na lista e já pensam em trazer os três filhos.


fonte: Fátima News Online - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS LIBERA MÚSICA QUE FALA DE INFERNO E DIZ ESTAR MELHOR DO TOC
Roberto Carlos, 72, contou que vai voltar a cantar a música "Quero que Vá Tudo Pro Inferno".
O sucesso de 1965 estava banido de seu repertório desde a década de 1980.
"Estou melhor do TOC [Transtorno Obsessivo Compulsivo]", revelou o cantor no cruzeiro "Emoções em Alto Mar".
A informação é da coluna Olá, assinada por Vivian Masutti e publicada no jornal "Agora" desta segunda-feira (10).


fonte: Terra - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS LANÇARÁ CD EM ITALIANO EM 2015; CANTOR EVITOU ENO DE 2013
Ainda neste ano, no mês de setembro, Roberto Carlos fará um show em Las Vegas, no MGM Arena
e a apresentação possivelmente entrará na programação de fim de ano da Globo

Na manhã desta segunda-feira (10), o empresário Dody Sirena conversou com jornalistas a bordo do MSC Preziosa para falar sobre o incidente envolvendo um alarme falso na décima edição do cruzeiro Emoções em Alto Mar. Aproveitando o encontro, ele falou sobre os projetos que o cantor lançará em breve.
Ainda neste ano, no mês de setembro, Roberto Carlos fará um show em Las Vegas, no MGM Arena. A apresentação possivelmente entrará na programação de fim de ano da TV Globo, que tem contrato de exclusividade com o cantor. O show terá cerca de 7 mil pessoas, sendo que dois mil serão formados por brasileiros que irão para lá.
Mas a agenda internacional do Rei também já conta com um projeto para 2015, um álbum em italiano e um show na Itália, que deve acontecer na cidade de Verona ou Taormina. A escolha de uma das duas cidades foge das escolhas óbvias - como Roma, por exemplo - pela vontade de Roberto Carlos de não ter nenhum carga negativa no palco escolhido, como os assassinatos e execuções em cenários históricos, a exemplo do Coliseu. Outra possibilidade, ainda em Roma, seriam as Termas de Caracalla, onde inclusive houve uma apresentação dos Três Tenores. Posteriormente descobriu-se que o local, em determinado período, era palco de orgias, o que não não deixou o cantor satisfeito com o palco.
O projeto deveria ter acontecido em 2013, mas o próprio empresário do cantor brincou com superstição de Roberto Carlos, que na hora de dar pontapé ponderou sobre o número "13": "pensando bem…", disse na ocasião.
A escolha da Itália partiu do próprio cantor, que optou pelo local em função da importância do país em sua carreira. Dado esse destaque, o projeto cresceu e passou somente de um show para o lançamento de um álbum todo cantado em italiano. Há planos de que um cruzeiro também faça parte deste projeto.


fonte: Terra Online - 10.02.2014
EM CRUZEIRO, SHOW DE ROBERTO CARLOS TEM CHAMPAGNE E CADILLAC INFLÁVEL
Show em navio reuniu 1,6 mil; Rei cantou músicas como "Detalhes", "Amante à Moda Antiga" e "Calhambeque"

Não é segredo para ninguém que os shows de Roberto Carlos seguem o mesmo formato há anos: setlist parecido, arranjos conhecidos, momentos de conversa com o público e o clímax no ritual da entrega das rosas. A fórmula serve de base também para o cruzeiro do cantor, que comemora dez anos com a viagem que começou no sábado (8) e vai até quarta-feira (12). Mas o clima da apresentação do navio é um pouco diferente: mais intimista e menos arrebatador do que o normal.
No décimo ano do Projeto Emoções em Alto Mar, Roberto faz três shows no MSC Preziosa, todos em um teatro com capacidade para 1,6 mil pessoas. Na apresentação de domingo (9), a segunda da viagem, ele subiu ao palco às 23h35, vestindo terno branco e uma gravata com detalhes em vermelho. Começou seguindo o mesmo script de sempre: cantou “Emoções” e saudou a plateia: “Que prazer rever vocês”.
Rever, neste caso, é o verbo mais apropriado, já que a maioria dos presentes no cruzeiro do Rei já viajou outras vezes com ele – algumas fãs, aliás, não perderam uma única edição do Emoções em Alto Mar. O público de Roberto conhece o formato dos shows e não se incomoda em colaborar com ele, rindo das histórias como se as ouvissem pela primeira vez e gritando a cada provocação que o cantor faz no palco.
Conforme passa pelo setlist, o cantor repete as histórias de sempre. Antes de cantar “O Portão”, conta sobre o cachorro que tinha na infância (aquele que sorriu latindo); antes de “Proposta”, fala sobre a decisão de abordar o sexo em suas letras; antes de “Lady Laura”, homenageia a mãe; antes de “Esse Cara Sou Eu”, o hit mais novo, diz que ele também está tentando ser o homem ideal. Com tudo tão programado, um pequeno erro de Roberto ao cantar “Detalhes” saltou aos ouvidos – mas ele seguiu em frente, e ninguém se manifestou.
O show incluiu canções que nem sempre entram no setlist, como a ótima “É Ilegal, É Imoral ou Engorda”, “Amante à Moda Antiga”, “Calhambeque” e “O Cadillac” (durante a qual um enorme carro inflável foi colocado no palco), além de “Comandante do Seu Coração”, que pelo tema náutico foi escolhida para encerrar a noite no lugar da tradicional “Jesus Cristo”.
A batalha pelas rosas foi antecedida pela batalha do brinde, depois que garçons entraram no teatro com 1,6 mil taças de champagne. As fã se aglomeraram em frente ao palco para fazer tintim com o Rei, já armando o circo pela luta pelas flores, que é violenta: muito aperto, gritos e pisões no pé (com salto alto, pois o figurino no navio é de festa). Desta vez, houve o adicional dos copos de champagne caindo nos vestidos.
Foi o momento em que a plateia do navio mais se pareceu com a dos shows normais de Roberto Carlos, que a vibração e a impressionante paixão do público pelo artista pôde ser sentida com mais força. Em geral, a sensação é a de que o público é mais comportado e formal no navio,talvez pela pretensa sofisticação do ambiente.
Roberto, por sua vez, está totalmente confortável no palco, cantando muito bem e sem fazer esforço, dando ao público a gostosa sensação de estar em casa. Para alegria de todos, continua o mesmo.


fonte: Terra Online - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS TIRA DÚVIDA SOBRE PIERCING ÍNTIMO E DIVERTE SEXÓLOGA

Além dos shows de Roberto Carlos, o cruzeiro Emoções em Alto Mar, que completa sua décima edição neste ano, possui diversas atividades paralelas para seus hóspedes. Nesta segunda-feira (10), a sexóloga Laura Muller respondeu dúvidas sobre sexo e contou com uma presença ilustre na sua plateia: o próprio Rei.
Ovacionado, Roberto Carlos participou da palestra e levantou duas questões, uma sobre o orgasmo feminino e outra sobre piercing nas partes íntimas.
“Sou seu fã. Eu e a torcida do Flamengo. Te acompanho no Altas Horas. Tem um amigo meu…ele canta", começou o cantor, arrancando risadas dos presentes. "A questão da ejaculação feminina. Eu já vi na televisão, mas quero saber se é mito ou realidade. Vi dois tipos na TV: um que é o esguicho e outro que é a cachoeira”, indagou, curioso e sorridente.
“Excelente pergunta”, respondeu Muller, que abordou o assunto e explicou as etapas do processo. “Algumas mulheres se lubrificam muito e esse líquido cria essa cachoeira na cama”, disse a sexóloga. “Mas o que eu vi era muito líquido”, retrucou o Roberto, causando histeria entre as fãs presentes.
Na questão seguinte, o cantor falou sobre o piercing íntimo, no clitóris. “A gente vê em todas as partes do corpo. Um amigo meu viu. O mesmo amigo. Eu queria saber se o piercing tem alguma função pra ajudar a mulher a chegar ao orgasmo. Umas dizem que sim. Ou é só um enfeite?”
“Esse piercing pode causar uma série de infecções", respondeu Muller. "A classe médica odeia, pois pode causar uma série de problemas. Algumas mulheres podem, psicologicamente, se sentir mais confiantes com a região. Mas, para muitas, acaba causando uma certa dor e incômodo”, ela explicou.



fonte: G1 Online - 10.02.2014
SUSPEITA DE QUEDA DE PASSAGEIRO FAZ NAVIO DE ROBERTO CARLOS DESACELERAR
Segundo a MSC Cruzeiros, foi 'alarme falso' e cruzeiro segue viagem.
Objeto no mar foi fotografado por um passageiro, diz a companhia.

Passageiros que viajam no cruzeiro “Emoções em alto mar”, com o cantor Roberto Carlos, foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira (10) com um anúncio do comandante do navio MSC Precioza no sistema de alto falantes dizendo que havia a suspeita de que uma pessoa havia caído no mar. Segundo a MSC Cruzeiros, operadora no navio, foi um “alarme falso”: um passageiro fotografou um objeto no mar que poderia ser um corpo, mas a companhia operadora não confirmou. O navio reduziu a velocidade mas não chegou a parar totalmente. Ele segue de Búzios para Angra dos Reis (RJ).

Adrian Ursilli, diretor de comunição e marketing da MSC Cruzeiros no Brasil, disse que foi um “alarme falso”. Um passageiro tirou uma foto de um objeto que parecia um corpo. O comandante manobrou o navio para verificar e fez os anúncios segundo os protocolos. Em seguida, o comandante identificou que o objeto fotografado foi confundido com um corpo. De acordo com a assessoria de imprensa da companhia italiana MSC Cruzeiros toda vez que há a suspeita de queda de um passageiro no mar o procedimento de segurança inclui o anúncio do comandante para averiguação.
Por volta das 10h30 o comandante anunciou que havia a suspeita de um passageiro ao mar. Ele disse que o navio iria parar e fazer manobras para tentar confirmar e localiza-lo.
Alguns minutos depois ele se dirigiu aos passageiros novamente pelo microfone pedindo que as pessoas verificassem em suas cabines para ver se percebiam a falta de alguém. Por volta de 11h10, o comandante anunciou ter recebido a informação de que um passageiro teria tirado uma foto de “algo parecido com uma pessoa” no mar.
Dodi Sirena, empresário de Roberto Carlos, disse que o cantor ficou preocupado com o alarme e pediu para ele fazer vários telefonemas.

Dez anos de cruzeiro temático
Este é o décimo cruzeiro temático do cantor Roberto Carlos. O passeio começou neste sábado (8) e vai até quarta-feira (12), partindo de Santos e com paradas em Búzios, Angra dos Reis e Ilhabela. A programação inclui três shows de Roberto Carlos. O cantor se apresentou no sábado e na noite deste domingo (9), quando fez uma apresentação cheia de hits, que incluiu “Emoções”, “Detalhes”, “Amante à moda antiga”, “Lady Laura” e a recente “Esse cara sou eu”, lançada em 2012. No palco foi apresentado um Cadillac inflável, em alusão à música “Calhambeque”. O último show está previsto para esta terça-feira (11).
A viagem acontece em um navio da empresa MSC, o Preziosa, que estreou no Brasil nesta temporada. Os fãs pagaram entre US$ 1.735 e US$ 4.560 para embarcar.
Com capacidade para 4.345 hóspedes em 1.751 cabines, o transatlântico tem quatro piscinas, 12 jacuzzis, academia, discoteca, solarium, spa e um toboágua que é, segundo a empresa, o maior do mundo a bordo de um cruzeiro. Na primeira edição do projeto, em 2005, foram cerca de 2 mil passageiros.


fonte: Mundo do Marketing Online - 10.02.2014
SMILES DÁ BENEFÍCIO PARA O SHOW DE ROBERTO CARLOS
Clientes terão o benefício exclusivo de realizar a compra de ingressos para shows do artista usando milhas do programa,
além de um dia especial de venda

O Smiles cria uma parceria com Roberto Carlos como parte das comemorações dos 20 anos do clube de fidelidade. Com essa iniciativa, clientes Smiles poderão comprar ingressos para shows do cantor utilizando milhas. Além disso, também terão um dia exclusivo de vendas de ingressos antes da abertura ao grande público. Clientes associados ao Clube Smiles - o clube de benefícios do Smiles – terão ainda 20% de desconto na compra com milhas para os shows do Rei. As vendas serão feitas pelo site www.ingressorapido.com.br/smiles e cada consumidor poderá comprar até seis unidades utilizando suas milhas a partir de abril, dependendo da agenda de shows no Brasil a ser divulgada pelo artista. A parceria reforça o pioneirismo da empresa e colabora para a reaproximação com seu público e o crescimento da marca no mercado.


fonte: Diário 24 Horas Online - 10.02.2014
'TENHO MEDO QUE AS FÃS SENTEM NO MEU COLO', DIZ ROBERTO CARLOS EM SHOW EM CRUZEIRO

Na noite deste domingo (9) Roberto Carlos fez uma apresentação especial em alto-mar no cruzeiro "Emoções em Alto-Mar" em Búzios, no Rio de Janeiro, no navio MSC Preziosa, e interpretou vários sucessos de sua tão bem sucedida carreira.
Entre as canções do repertório estavam "Eu te Amo", "Mulher Pequena", "Detalhes" e "Lady Laura", e entre os espectadores estava o humorista Tom Cavalcanti.
Além da bela e emocionante apresentação, Roberto participou de uma coletiva de imprensa dentro do navio, e com muito bom humor, respondeu as perguntas dos jornalistas. Questionado sobre o motivo de sempre cantar em pé, mesmo em apresentações mais íntimas, o cantor riu e brincou: "Tenho medo das fãs sentarem no meu colo. O problema de sentar é depois alguém não conseguir tirar".
Sobre sua vida pessoal, Roberto preferiu manter a descrição: "Não estou namorando, namoraaando...", disse ele, mantendo o mistério. Segundo informações do site Purepeople, o artista mantem um romance secreto com a cearende Iara Andrade há mais de dez anos.
Também na coletiva, foi apresentado o livro de fotos "Roberto Carlos", com apenas 3 mil exemplares e com valor de R$ 4 mil! "A biografia escrita por mim já vai sair daqui a pouco. Nela, vocês vão ver as alegrias, tristezas. Podem ter certeza que não vou esconder nada. Eu sou a melhor pessoa para contar minha historia. Já cheguei na época dos meus 25 anos... Falta mais um pouco ainda", explicou.
O cantor ainda surpreendeu a todos revelando que um "rei", mesmo sendo "rei", também sabe cuidar da casa: Sei fazer tudo: lavar louça, roupa e passar. Já usei muito meu ferrinho de passar no início da carreira".


fonte: Mídias News Online - 10.02.2014
SHOW DE ROBERTO CARLOS EM CRUZEIRO TEM CALHAMBEQUE INFLÁVEL E BRINDE
Cantor faz 3 apresentações nos 4 dias a bordo

Quero navegar com você nos mares da emoção”, cantou Roberto Carlos para os 1.600 fãs que lotaram o teatro do navio MSC Preziosa, ancorado em Búzios (RJ). A música “Comandante do seu coração” foi escolhida por ele para começar e encerrar o show deste domingo (9) no cruzeiro “Emoções em Alto Mar”, que está completando 10 anos.
'Acompanhei de perto', diz Roberto Carlos ao lançar livro autorizado.
Roberto Carlos chega a Santos para cruzeiro com fãs pelo litoral brasileiro.
O repertório cheio de hits incluiu “Emoções”, “Detalhes”, “Amante à moda antiga”, “Lady Laura” e a recente “Esse cara sou eu”, lançada em 2012.
Em uma sequência em que o artista tocou “O Calhambeque” e “Cadillac”, as luzes se apagaram e um Cadillac inflável foi colocado no palco.
Champanhe e rosas
No final da apresentação, que começou às 23h30 e durou cerca de uma hora e meia, o cantor emendou trechos de “É proibido fumar”, “Namoradinha de um amigo meu”, “E por isso estou aqui” e “Jovens tardes de domingo”.
Em seguida, cantou em italiano “Champagne”, de Peppino di Capri, enquanto garçons serviam 1.600 taças de espumante para o público que lotava o teatro do navio. Roberto brindou com algumas das fãs que se aglomeravam na frente do palco à espera do momento que se repete em todo show do artista: a entrega de rosas para o público.
Na hora em que o cantor começou a beijar as rosas e a jogá-las, uma infinidade de mãos se levantaram em busca da lembrança. Na confusão, as fãs se empurravam e pisavam nos pés umas das outras. Uma mulher perdeu o brinco. Outra tentava catar as pétalas de uma flor que havia se despedaçado. Quem conseguia pegar uma das rosas vibrava. Em shows desse tamanho, o artista costuma distribuir de cinco a seis dúzias.
Este é o maior navio em que o “Emoções em Alto Mar” já foi realizado, e também o teatro com maior capacidade nesses 10 anos. O artista faz três shows no cruzeiro deste ano, que começou no dia 8 e vai até o dia 12. O primeiro deles foi no sábado, o segundo no domingo e o próximo será na terça-feira (11).


fonte: Cariri Notícias - 10.02.2014
'EMOÇÕES EM ALTO MAR': ROBERTO CARLOS EM 10º CRUZEIRO

Roberto Carlos a bordo do navio MSC Preziosa, onde acontece a 10ª edição do cruzeiro “Emoções em Alto Mar”, entrou descontraído e bem humorado, vestido como de costume, todo de azul, o rei não economizou palavras para expressar a gratidão e felicidade de ver mas um ano seu público em alto mar.
O cantor falou de sucessos recentes e também apesar de supersticioso e tendo deixado a música “Quero que vá Tudo pro inferno ” de escanteio desde 1980, disse que esse ano tornará a cantar essa música, afinal foi um dos seus maiores sucessos.
O rei também falou sobre a questão das biografias em torno da sua vida, disse não ser contra, mas declarou que ninguém melhor que ele para falar de sua biografia. O cantor disse que, hoje, é a favor da biografia não autorizada desde que obedeça a esse equilíbrio. “Eu me considero dono da minha história. Isso é propriedade minha. A comercialização das coisas em torno da minha história tem que passar por mim”. afirmou que ja está escrevendo sua biografia e que nada escapara da sua vida, e que os fãs saberão de suas alegrias e tristezas, momentos vivido por ele e que somente ele pode descrever.
No cruzeiro, Roberto divulgou o lançamento do livro “Collection Book”, um álbum de fotografias com 400 páginas que foi anunciado em 2009, mas que só será lançado oficialmente em abril deste ano, no mês do aniversário de 73 anos do cantor. “Fiquei emocionado porque estou revendo meu passado e reencontrando coisas que eu nem lembrava”, disse ele. O livro, que tem tiragem limitada de 3.000 exemplares, custa R$ 4.500, mas está em pré-venda no navio com “desconto especial” ao preço de R$ 4.000.


fonte: Diário 24 Horas Online - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS LAMENTA INCIDENTE ENVOLVENDO CINEGRAFISTA DA BAND EM MANIFESTAÇÃO NO RIO
O cantor Roberto Carlos comentou sobre o incidente envolvendo o cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, que foi ferido ao ser atingido por um rojão na cabeça durante manifestações contra o aumento da passagem do transporte urbano no Rio de Janeiro.
"Sobre o acidente com o cinegrafista, é preciso que alguma coisa seja feita para acabar com esse vandalismo. É isso que acaba estragando o verdadeiro propósito dessas manifestações", comentou o cantor, que cobrou também uma ação mais eficaz das autoridades. "As autoridades precisam fazer alguma coisa para que não haja acidentes como este nesses eventos. Para que ninguém se prejudique como aconteceu com esse rapaz", lamentou. "Temos que respeitar o propósito dessas manifestações, são propósitos relevantes. A gente respeita porque são boas e bem intencionadas", finalizou.
Na manhã desta segunda-feira (10.2.2014), a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro anunciou a morte cerebral do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, da TV Bandeirantes. Andrade sofreu afundamento do crânio e foi submetido a uma cirurgia após ser levado para o Hospital Souza Aguiar, também no Centro do Rio. Desde então, estava em coma induzido no CTI da unidade.


fonte: O Dia Online - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS FALA SOBRE BIOGRAFIA E ELOGIA BEIJO GAY
No cruzeiro ‘Emoções em Alto-Mar’, Rei diz estar escrevendo sua própria história e conta ter achado elegante o final de ‘Amor à Vida’

Rio - Pareciam as velhas tardes de domingo da Jovem Guarda, mas era a 10ª edição do Cruzeiro ‘Emoções em Alto-Mar’, de Roberto Carlos. O cruzeiro do Rei zarpou sábado, de Santos (SP) — onde Roberto chegou para embarcar em grande estilo, pilotando uma Lamborghini branca — e termina quarta-feira, às 12h. Neste domingo, Roberto Carlos deu entrevista coletiva com o navio atracado em Armação de Búzios.
Da Jovem Guarda para cá pouca coisa mudou: as fãs continuam a gritar o seu nome e a cantar os seus sucessos na entrada do teatro da embarcação. Porém, um aspecto da personalidade do Rei parece ter mudado bastante. “Estou bem melhor do TOC, porque estou sentado em uma cadeira roxa e ninguém me avisou nada. Na próxima vez, deve ser marrom”, brincou o cantor.
“Estou lutando muito contra o TOC. Penso até em voltar a cantar ‘Quero que vá...’”, revelou Roberto, ainda sem mencionar o nome completo da canção ‘Quero que vá tudo pro inferno’. Descontraído, opinou sobre o beijo gay na novela das nove: “Foi feito com elegância. Vejo essas coisas com naturalidade, afinal, duas pessoas que se amam beijam na boca”.
Roberto também anunciou seus planos para 2014: um show no palco do MGM Arena, em Las Vegas (EUA), no dia 6 de setembro, um CD de músicas inéditas e o lançamento de um livro de 400 páginas, com edição de luxo e apenas 3 mil exemplares, que jamais serão reimpressos. A publicação vai custar R$ 4 mil. “Esse livro é repleto de fotos históricas, que nem eu me lembrava, junto das letras das minhas canções. Não é uma biografia. Um lançamento como esse nem precisaria da minha autorização. Mas fui consultado, adorei o projeto e me envolvi totalmente”, contou Roberto, referindo-se à polêmica das biografias não autorizadas.
“Estou escrevendo a minha biografia. Ninguém vai contar melhor a minha história do que eu. Pensam que, por ser escrita por mim, vou esconder algo, mas não. Vou escrever tudo, o que sofri e as minhas alegrias. Essa biografia, provavelmente, vai virar um filme ou uma peça de teatro no futuro”. Questionado se está namorando, Roberto abriu um sorriso encabulado e falou: “Namoraaaaaando, não estou”, deixando no ar que tem uma relação ainda não assumida.


fonte: O Globo Online - 10.02.2014
ROBERTO CARLOS: "NINGUÉM VAI CONTAR A MINHA HISTÓRIA MELHOR DO QUE EU"
Em coletiva de imprensa, cantor revela que está escrevendo uma autobiografia e fala de sua separação do grupo Procure Saber.
Sobre o beijo gay de "Amor à vida": "Os gays têm direito. Não causou problema a ninguém. Todo ser humano tem direito a ser feliz".

O Rei na entrevista coletiva em Búzios: "Não tenho lavado louça, não. Mas, se pintar, eu lavo. Não tenho problemas em fazer coisas comuns".
ARMAÇÃO DOS BÚZIOS - Solteiro, prestes a lançar um livro de fotografias com tiragem limitada e comemorando 10 anos do projeto Emoções em Alto Mar, Roberto Carlos chegou com uma hora de atraso à coletiva de imprensa que concede todo início do ano, marcada para as 17h deste domingo, no navio ancorado em Búzios, e fazendo piada.
— Acho que estou melhor do TOC (transtorno obsessivo compulsivo). Sentei numa cadeira roxa. A próxima deve ser marrom... — gargalhou.
Num papo descontraído com os jornalistas, o Rei revelou que está escrevendo uma autobiografia, falou de sua separação do grupo Procure Saber — “Não estamos tão distantes assim” —, e contou ainda que deve lançar este ano um álbum com canções inéditas. Em setembro, ele vai se juntar ao rol de estrelas do quilate de Frank Sinatra e Barbra Streisand, quando pisar pela primeira vez no palco do MGM Arena, em Las Vegas, que deve virar especial da TV Globo.


fonte: G1 Online - 10.02.2014
SHOW DE ROBERTO CARLOS EM CRUZEIRO TEM CALHAMBEQUE INFLÁVEL E BRINDE
Cruzeiro temático do artista completa 10 anos.
Cantor faz 3 apresentações nos 4 dias a bordo.

Roberto Carlos faz show em cruzeiro temático
“Quero navegar com você nos mares da emoção”, cantou Roberto Carlos para os 1.600 fãs que lotaram o teatro do navio MSC Preziosa, ancorado em Búzios (RJ). A música “Comandante do seu coração” foi escolhida por ele para começar e encerrar o show deste domingo (9) no cruzeiro “Emoções em Alto Mar”, que está completando 10 anos.
O repertório cheio de hits incluiu “Emoções”, “Detalhes”, “Amante à moda antiga”, “Lady Laura” e a recente “Esse cara sou eu”, lançada em 2012.
Em uma sequência em que o artista tocou “O Calhambeque” e “Cadillac”, as luzes se apagaram e um Cadillac inflável foi colocado no palco.
Champanhe e rosas
No final da apresentação, que começou às 23h30 e durou cerca de uma hora e meia, o cantor emendou trechos de “É proibido fumar”, “Namoradinha de um amigo meu”, “E por isso estou aqui” e “Jovens tardes de domingo”.

Roberto Carlos brinda fãs e distribui flores
Em seguida, cantou em italiano “Champagne”, de Peppino di Capri, enquanto garçons serviam 1.600 taças de espumante para o público que lotava o teatro do navio. Roberto brindou com algumas das fãs que se aglomeravam na frente do palco à espera do momento que se repete em todo show do artista: a entrega de rosas para o público.
Na hora em que o cantor começou a beijar as rosas e a jogá-las, uma infinidade de mãos se levantaram em busca da lembrança. Na confusão, as fãs se empurravam e pisavam nos pés umas das outras. Uma mulher perdeu o brinco. Outra tentava catar as pétalas de uma flor que havia se despedaçado. Quem conseguia pegar uma das rosas vibrava. Em shows desse tamanho, o artista costuma distribuir de cinco a seis dúzias.
Este é o maior navio em que o “Emoções em Alto Mar” já foi realizado, e também o teatro com maior capacidade nesses 10 anos. O artista faz três shows no cruzeiro deste ano, que começou no dia 8 e vai até o dia 12. O primeiro deles foi no sábado, o segundo no domingo e o próximo será na terça-feira (11).

Show do Roberto Carlos em cruzeiro temático teve calhambeque inflável


fonte: Boa Informação online - 09.02.2014
ROBERTO CARLOS DÁ ENTREVISTA EM NAVIO E FALA SOBRE BIOGRAFIA

Todo de azul – para não fugir à tradição -, Roberto Carlos chegou bem-humorado ao encontro que tinha marcado com a imprensa na tarde deste domingo, 9. O cantor recebeu os jornalistas a bordo do navio MSC Preziosa, na décima edição do projeto “Emoções em alto-mar”.
A embarcação, que deixou no fim de sábado, 8, o porto de Santos, chegou a Búzios, no litoral do Rio, neste domingo. No auditório reservado para o bate-papo, o Rei também foi recebido por fãs que fizeram cartazes com declarações.
Para delírio de seus admiradores, Roberto aparecer no porto de Santos pilotando um Lamborghini branco. Simpático, logo acenou para os fãs e ainda posou com o comandante do navio.


fonte: G1 Online - 09.02.2014
'ACOMPANHEI DE PERTO', DIZ ROBERTO CARLOS AO LANÇAR LIVRO AUTORIZADO
Livro do cantor terá tiragem limitada e vai custar R$ 4.500.
'Não é uma biografia', disse o artista durante cruzeiro temático.

O cantor Roberto Carlos durante coletiva de imprensa realizada neste domingo
O primeiro livro autorizado sobre a carreira de Roberto Carlos é uma edição de colecionador com tiragem limitada de 3 mil exemplares e preço de R$ 4.500.
Com mais de 400 páginas, o livro “Roberto Carlos” (Editora Toriba) foi divulgado oficialmente neste domingo (9) durante entrevista coletiva que o cantor deu na décima edição do cruzeiro temático “Emoções em alto mar”. A obra é composta por fotos da carreira do artista e entremeadas por versos de mais de 500 de suas canções.
“Não é uma biografia”, deixou claro o cantor, que depois defendeu mais uma vez o direito de opinar sobre o relato de sua vida e disse que teve total envolvimento com o processo de edição. “Nem precisava da minha autorização, mas eles me perguntaram sobre todas as fotos. Tudo que foi publicado foi visto por mim. Acho que todos deveriam ter esse cuidado”, afirmou.
O lançamento oficial do livro será em abril, mês de aniversário do cantor. O navio MSC Preziosa, onde ocorre o cruzeiro deste ano, está realizado uma pré-venda promocional ao preço de R$ 4 mil, valor que pode ser dividido em seis vezes.
Detalhismo de Roberto atrasou obra
Segundo o presidente da editora Toriba, Pedro Sirotsky, 70 reservas foram feitas nos dois primeiros dias. “O livro de colecionador é um conceito já consagrado fora do Brasil. Quando termina a edição, eles nunca mais são reimpressos. Eles são numerados, auditados e autenticados. Quem os adquire passa a fazer parte de uma confraria”, disse Sirotsky, que afirma que este é o primeiro livro do tipo no país.
O acompanhamento minucioso de Roberto Carlos acabou atrasando o processo de lançamento em 5 anos. “O Roberto é conhecido pelo detalhismo”, diz Sirotsky. “Eu sou lento mesmo”, admitiu o cantor.
Roberto Carlos voltou a afirmar que está escrevendo uma autobiografia. Ele disse que tem gravado depoimentos que serão entregues a um escritor futuramente.
“Já escrevi até os meus 25 anos. Faltam mais dois terços”, contou, rindo. “Ninguém vai contar a minha história melhor do que eu. Muita gente pensa que vou esconder alguma coisa, mas vou escrever tudo”, continuou.
Show em Las Vegas
Outra novidade anunciada na coletiva é a realização de um show de Roberto Carlos em Las Vegas, nos Estados Unidos, na primeira semana de setembro deste ano, nos moldes do concerto realizado em Jerusalém em 2011.
Os pacotes para uma semana de viagem já são comercializados no navio. O cantor disse ainda que prepara um novo disco com músicas inéditas, ainda sem data de lançamento.
Durante a entrevista, Roberto Carlos foi questionado sobre sua vida pessoal e sobre sua opinião a respeito de temas da atualidade.
Ele afirmou que não está namorando e que voltou a comer carne. Disse que as manifestações pelo país lutam por causas justas, mas são maculadas por vândalos. "Alguma coisa tem que ser feita para acabar com o vandalismo, que prejudica a ação dos manifestantes bem-intencionados", disse.
O cantor comentou ainda que gostou da cena do beijo gay da novela "Amor a Vida". "Foi feita com muita elegância. Pessoas que se amam se beijam na boca. Os gays têm direito a essa felicidade, a essa alegria que não faz mal a ninguém."
Como de costume, a entrevista coletiva foi acompanhada por 400 fãs, sorteados entre os passageiros do navio. Além disso, neste ano, pela primeira vez foram transmitidas perguntas que fãs enviaram pelo Instagram.


fonte: Extra Online - 09.02.2014
LIVRO COM FOTOS INÉDITAS E LETRAS DE ROBERTO CARLOS VAI CUSTAR R& 4.500

Roberto Carlos dá entrevista coletiva a bordo do cruzeiro MSC Preziosa
A bordo do cruzeiro Costa Preziosa, para comemorar o décimo ano do projeto "Emoções em alto mar", o cantor Roberto Carlos apresentou, neste domingo, um livro com fotografias inéditas e mais de 500 letras originais do Rei, que será lançado em abril. Impresso na Itália, a publicação, com pouco mais de 400 páginas, terá uma tiragem limitada de 3 mil exemplares e vai custar R$ 4.500, a unidade. Para os felizardos que participavam do cruzeiro, foram selecionados 500 exemplares para reserva, a um preço mais baratinho: R$ 4 mil. E até a noite deste domingo, 70 fãs já haviam garantido a reserva do seu exemplar.

Apresentação do livro de fotos de Roberto Carlos

Auditório do navio, lotado para a coletiva de Roberto Carlos
Durante entrevista coletiva, Roberto Carlos comentou a polêmica sobre sua biografia não-autorizada, escrita por Paulo Cesar de Araújo. A venda está proibida por uma decisão judicial.
- A grande questão da biografia é equilibrar o direito de privacidade e a liberdade de expressão. É preciso que isso seja muito bem estudado. Eu concordo com a biografia não-autorizada desde que ela respeite o direito à privacidade. Mas também tem uma coisa: eu me considero o dono da minha história. Um biógrafo, por melhor que ele escreva, aquilo que eu vivi é propriedade minha. Logicamente, ele tem direito à vendagem de livros, mas a comercialização da minha história não é direito do biógrafo, é um direito meu.
O cantor deu pistas de que, a partir do livro, podem surgir um musical e até um filme. Adiantou, também, que, em setembro, fará um show em Las Vegas (EUA), que vai virar um especial para a Globo, nos mesmo moldes do que foi feito com sua apresentação em Jerusalém. Ele confirmou, ainda, que já está escrevendo a sua própria biografia, mas ainda sem data para lançamento.

Roberto Carlos, todo de azul, diz estar bem melhor em relação a suas manias
- Ninguém vai contar a minha história melhor do que eu. E as pessoas acham que, por eu ser o autor, vou omitir fatos. Vou falar de tudo - garante ele.
Roberto Carlos ainda comentou sobre a cena do beijo gay entre Niko e Félix, no último capítulo de novela "Amor à vida". O cantor apoiou o desfecho do casal.
- Eu acho que a cena foi feita com muita elegância. E não me chocou. Vejo as coisas com muita naturalidade. E duas pessoas que se amam, se beijam na boca - conta ele, que também falou sobre as manifestações de rua, inclusive sobre o caso do cinegrafista da Band Santiago Andrade, ferido por um morteiro na semana passada, durante protesto na Central do Brasil: - Eu apoio as manifestações, mas alguma coisa precisa ser feita para acabar com o vandalismo, porque isso prejudica as próprias manifestações.
o Rei revelou que não está "namorando, namoraaaando", mas também não disse estar solteiro. Logo no início da entrevista, ele brincou até com o seu TOC, de que sofre há anos.
- Eu estou bem melhor do TOC, porque estou sentado numa cadeira roxa. Espero que eu continue. A próxima deve ser marrom (cor preterida pelo cantor) - se diverte ele, que usava a sua típica camisa azul.
Este ano, alguns fãs fizeram perguntas selecionadas no Instagram do artista. Uma delas deixou Roberto um pouco constrangido, mas ele rapidamente revertou a situação. Uma mulher indagou se Roberto tinha medo de alguma fã sentar no seu colo no meio do show.
- Imagina se eu tenho medo de uma fã sentar no meu colo? Vai ser difícil tirar do meu colo.


fonte: G1 - 08.02.2014
ROBERTO CARLOS CHEGA A SANTOS PARA CRUZEIRO COM FÃS PELO LITORAL BRASILEIRO
Cantor participa da décima edição do projeto 'Emoções em alto mar'.
Embarcação terá paradas em cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

O cantor Roberto Carlos chega ao Porto de Santos para participar de cruzeiro marítimo
O cantor Roberto Carlos chegou ao terminal marítimo de Santos às 17h deste sábado (8) em sua Lamborghini Gallardo conversível. Como de costume, cumprimentou o comandante do navio que abrigará seu cruzeiro temático e colocou o quepe na cabeça. Das varandas das cabines, os passageiros acenavam e gritavam para o cantor.
Com algumas variações, a cena se repete todo ano desde 2005, quando começou o projeto "Emoções em Alto Mar", que já levou mais de 25 mil pessoas ao longo dos últimos anos.
Em 2014, a expectativa entre os passageiros é ainda mais alta: eles esperam surpresas a bordo pela comemoração dos dez anos do cruzeiro, considerado pioneiro em viagens temáticas de artistas no Brasil. "Todas são especiais para mim", disse o cantor ao ser questionado sobre qual das viagens foi a mais marcante.

Fãs do cantor Roberto Carlos acenam de dentro do navio e são correspondidos pelo artista
Fãs do cantor Roberto Carlos acenam de dentro do navio e são correspondidos pelo artista
O passeio começa neste sábado e vai até 12 de fevereiro, com paradas em Búzios, Angra dos Reis e Ilhabela.
Desde sua inauguração, o cruzeiro temático era realizado na frota da Costa Cruzeiros. Em 2014, a viagem acontece em um navio da empresa MSC, o Preziosa, que estreou no Brasil nesta temporada.
Os fãs pagaram entre US$ 1.735 e US$ 4.560 para embarcar.
Infraestrutura
Com capacidade para 4.345 hóspedes em 1.751 cabines, o transatlântico tem quatro piscinas, 12 jacuzzis, academia, discoteca, solarium, spa e um toboágua que é, segundo a empresa, o maior do mundo a bordo de um cruzeiro. Na primeira edição do projeto, em 2005, foram cerca de 2 mil passageiros.
Fã do mar e de navegação, Roberto Carlos fará shows nas quatro noites da viagem – o teatro tem capacidade para 1.600 pessoas. Todo ano, o roteiro costuma contar ainda com apresentações de humor e de escolas de samba, missa, concurso de karaokê e aulas de dança de salão.
Também são chamados convidados famosos. Gloria Pires, Luciano Huck, Luana Piovani, Galvão Bueno e Luma de Oliveira são algumas celebridades que já pisaram a bordo desde 2005.

Navio MSC Preziosa, com capacidade para 4.345 hóspedes, que abriga a viagem temática com o cantor Roberto Carlos


fonte: Último Segundo - 08.02.2014
CRUZEIRO CONSOLIDA MARCA ROBERTO CARLOS COMO OPERADORA DE TURISMO
Pioneiro no setor, Projeto Emoções em Alto Mar completa dez anos com viagem que começa neste sábado (8);
leia entrevista com o empresário do cantor, Dody Sirena
Quando o navio MSC Preziosa zarpar do Porto de Santos na tarde deste sábado (8), dará início às comemorações dos dez anos do Projeto Emoções em Alto Mar, também conhecido como "cruzeiro do Roberto Carlos", que recebeu mais de 35 mil passageiros em 11 viagens pela costa brasileira (veja dados abaixo).
Pioneiro na onda de cruzeiros temáticos, o projeto representa um novo e lucrativo braço na carreira do cantor. Hoje, Roberto Carlos tem uma equipe que se dedica exclusivamente a projetos semelhantes, como Emoções em Jerusalém, que ofereceu pacotes para os fãs assistirem ao show do Rei no Oriente Médio.
"Somos também uma operadora de turismo voltada apenas para atender a demanda dos nossos sonhos", disse Dody Sirena, empresário de Roberto Carlos, em entrevista por e-mail ao iG.

Roberto Carlos se apresenta no cruzeiro de 2013
Foi Sirena quem criou o Emoções em Alto Mar, em 2003, atento ao potencial dos cruzeiros no Brasil. Artistas como Zezé Di Camargo e Luciano, Daniel e Roupa Nova também entraram nesse mercado que, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, movimentou R$ 1,4 bilhão na temporada 2010/2011, a última sobre a qual há dados disponíveis.
De acordo com Sirena, Roberto recebeu a ideia com entusiasmo porque "tem relação muito antiga com o mar". "Apesar de ter nascido em uma cidade banhada por um rio (Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo), a sua paixão pelo mar sempre foi muito grande", disse. "Tanto que, quando começou a fazer sucesso, seu primeiro investimento em lazer foi adquirir um barco ao qual deu o nome de Lady Laura, em homenagem à mãe".
Ainda segundo Sirena, para Roberto o projeto representa a oportunidade de passar cinco dias e quatro noites "no mesmo espaço" em que amigos e admiradores. "É como uma grande família, uma oportunidade única para o artista estar bem perto das pessoas que o querem bem."
Edição 2014
A viagem deste ano, realizada entre este sábado (8) e quarta-feira (12), será a primeira em um navio da empresa MSC, e não da Costa Cruzeiros. Navegar com o Rei não custa barato: desta vez, os pacotes foram vendidos com preços entre US$ 1.735 (R$ 4.128) e US$ 4.560 (R$ 10,8 mil), dependendo da qualidade da cabine.

O navio MSC Preziosa, que este ano abrigará o projeto Emoções em Alto Mar
Com paradas previstas em Búzios, Angra dos Reis e Ilha Bela, o navio tem capacidade para 4.345 hóspedes em 1.751 cabines, uma equipe de 1.388 tripulantes, sete restaurantes, cinco piscinas e a infraestrutura habitual dos cruzeiros.
Roberto Carlos fará três apresentações a bordo, todas em um teatro com capacidade para 1,6 mil pessoas. "É um show preparado especialmente para o navio", afirmou Sirena. "Roberto cuida com carinho de cada detalhe do projeto."
O cantor também ficará em contato com o público ao entregar os prêmios de um concurso de karaokê e durante uma entrevista coletiva marcada para domingo (9). A novidade deste ano é que, além de falar com jornalistas, o Rei também responderá a perguntas feitas por fãs no Instagram.
Questionado pelo iG sobre futuros empreendimentos, Sirena apenas indicou que vem mais por aí: "Sobre os novos projetos você vai saber a bordo."
Veja quantos passageiros embarcaram no navio do Rei:
Embarque
Navio
Passageiros

Fevereiro de 2005
Costa Vitória
2.008

Fevereiro de 2006
Costa Vitória
4.593 (em duas viagens)

Fevereiro de 2007
Costa Fortuna
3.116

Fevereiro de 2008
Costa Mágica
3.250

Fevereiro de 2009
Costa Mágica
3.358

Janeiro e fevereiro de 2010
Costa Concordia
6.800 (em duas viagens)

Fevereiro de 2011
Costa Serena
3.400

Fevereiro de 2012
Costa Pacífica
3.400

Janeiro de 2013
Costa Favolosa
3.400


fonte: A Tribuna Online (Santos) - 08.02.2014
PASSAGEIROS EMBARCAM PARA O CRUZEIRO EMOÇÕES EM ALTO MAR NESTE SÁBADO
O Terminal de Passageiros Giusfredo Santini terá um clima especial na tarde deste sábado, com a passagem do rei Roberto Carlos pela instalação. Ele vai embarcar para o cruzeiro Emoções em Alto Mar no navio MSC Preziosa. Junto com ele, milhares de turistas seguem para uma das viagens mais esperadas da temporada. Há quem compre o pacote com um ano de antecedência para garantir uma vaga no show, que acontece a bordo.
A chegada de Roberto Carlos está prevista para às 16h30. Ainda não se sabe como será a sua aparição. Em outras edições, o cantor já chegou guiando um Audi vermelho, um calhambeque, entre outros veículos. O cruzeiro vai durar quatro noites com escalas em Búzios, no litoral fluminense, e Ilhabela, em São Paulo. Este ano, será comemorado 10 anos do projeto.
Além do Preziosa, estão hoje no terminal o Costa Fascinosa e o Sovereign.


fonte: Diário de Pernambuco Online - 06.02.2014
ROBERTO CARLOS VAI RESPONDER PERGUNTAS DOS FÃS POR MEIO DAS REDES SOCIAIS
O rei quer ficar mais próximo dos admiradores de todo o país
Roberto Carlos quer ficar mais próximo dos fãs. O rei responderá perguntas postadas nas redes sociais com a marcação #rcresponde. Os questionamentos serão respondidos durante uma coletiva de imprensa no próximo domingo (9).
De acordo com informações da assessoria de imprensa do cantor,as perguntas fazem parte do Projeto Emoções 10 anos e as melhores perguntas serão respondidas em um vídeo, que será gravado na coletiva de imprensa
As questões e respostas serão postadas no Facebook e Instagram oficiais do artista, no período entre os dias 8 e 12 de fevereiro.
Os que se interessarem em participar e forem selecionados também ganharão um EP Roberto Carlos Remixed, autografado pelo cantor. O detalhe é que o perfil do Instagram dos fãs precisa ser desbloqueado para visualizações de imagens e vídeos.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 06.02.2014
PROCURE SABER
Principal personagem da polêmica das biografias, Roberto Carlos vai falar no domingo pela primeira vez sobre esse assunto, desde a polêmica entrevista ao “Fantástico”, em outubro do ano passado. Roberto dará uma coletiva para mais de cem jornalistas, em Búzios, no navio que fará seu cruzeiro anual. Segundo o empresário do cantor, ele “está preparado” para encarar as perguntas sobre a censura ao livro que conta sua história e a batalha na Justiça contra o autor, Paulo Cesar de Araujo. “É claro que vão perguntar sobre isso”, diz Dodi Sirena. Ele garante que não haverá assunto proibido. “Nem teria razão para isso. O Roberto sempre falou abertamente sobre essa questão”.


fonte: Rondônia Dinâmica online - 31.01.2014
ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS PODE SER GRAVADO EM LAS VEGAS
Produção deve ficar a cargo de Jayme Monjardim

SÃO PAULO - Conhecida como a cidade do pecado, lar de grandes shows e artistas norte-americanos, Las Vegas, nos Estados Unidos, pode se tornar palco para Roberto Carlos em 2014.
Isso porque o local é um dos prováveis cenários para a gravação do especial de final de ano do cantor para a Globo, segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco.
Contudo, a ideia de quebrar a tradição e realizar a apresentação fora do Brasil ainda está sendo estudada e deve ficar sob os cuidados de Jayme Monjardim.


fonte: Boa Informação online, Paraná - 31.01.2014
ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS TERÁ SHOW INTERNACIONAL; SAIBA ONDE

A Globo já começa a pensar no próximo especial de final de ano do cantor Roberto Carlos, que no ano passado completou 40 anos como contratado da emissora e, por isso, ganhou um especial com ares de Oscar, com direito a ‘blue carpet’.
A ideia, depois do sucesso de seu show em Jerusalém, que teve até reprise na emissora, é promover outra gravação fora do país e, dessa vez, Roberto Carlos deve reunir fãs em Las Vegas.


fonte: Ego online - 31.01.2014
ROBERTO CARLOS 'CAI NA REDE' E RESPONDE FÃS PELA INTERNET
O cantor vai selecionar as melhores perguntas feitas em vídeo e conversar com internautas diretamente do navio em que faz seu cruzeiro

Esse garoto é papo firme! Roberto Carlos caiu na "rede" e no próximo dia, 9, diretamente de seu cruzeiro em um navio - que já virou tradição no início dos anos - irá responder a perguntas dos interneutas mais criativos gravadas em vídeo.
Para fazer o Rei escolher a pergunta, o vídeo deverá ser postado no Instagram com a hashtag #RCResponde. As respostas serão postadas no Facebook Oficial e os autores escolhidos vão ganhar um EP Roberto Carlos Remixed autografado.
Os vídeos precisam ser postados até o dia 05 de fevereiro. As perguntas serão respondidas a bordo do MSC Preziosa durante a coletiva de imprensa do Projeto Emoções 10 Anos, que acontece no fim da tarde de domingo, dia 9 de fevereiro.


fonte: Site Oficial RC - 31.01.2014
ANUNCIADOS OS INDICADOS PARA O PAVILHÃO DA FAMA DE COMPOSITORES LATINOS 2014

Em uma coletiva de imprensa realizada em Miami, na última terça-feira, 28 de janeiro de 2014, foram anunciados os compositores e cantores indicados para a segunda premiação do Pavilhão da Fama de Compositores Latinos (Latin Songwriters Hall Of Fame, ou LSHOF, por sua sigla em Inglês ), e seu prêmio: La Musa.
O período de votação terá início na terça-feira 28/01, e terminará à meia-noite do dia 27 de abril . Os candidatos selecionados para ingressarem no Pavilhão serão anunciado numa coletiva de imprensa no dia 28 de abril.
Abaixo , a lista completa dos indicados 2014 :
CANTORES:
Alberto Cortez (Argentina)
ROBERTO CARLOS ( Brasil )
Gloria Estefan (Cuba)
Alvaro Torres ( El Salvador)
Joan Manuel Serrat (Espanha)
Ricardo Arjona (Guatemala)
Juan Gabriel (México)
Rubén Blades (Panamá)
Gian Marco (Peru)
Willie Colon ( Porto Rico)
Juan Luis Guerra (República Dominicana)
Franco De Vita (Venezuela)

COMPOSITORES:
Robert Livi (Argentina)
Lalo Schifrin (Argentina)
Hector Ochoa Cardenas (Colômbia)
Jorge Luis Piloto (Cuba)
Alejandro Jaén (Espanha)
Rafael Perez Botija (Espanha)
Rubén Fuentes (México)
Lolita De La Colina (México)
Omar Alfanno (Panamá)
Johnny Ortiz (Porto Rico)
Rafael Solano (República Dominicana)
José Enrique " Chelique " Sarabia (Venezuela)

LSHOF : fundação sem fins lucrativos criada em Miami Beach em 2012 pelos renomados produtores musicais Rudy Perez e Desmond Child para educar, preservar , honrar e celebrar o legado dos maiores compositores latinos de todo o mundo e sua música em todos os gêneros. O Hall da Fama concede aos escolhidos o prêmio La Musa.


fonte: Yahoo - 30.01.2014
ROBERTO CARLOS DEVE SUBSTITUIR TONY RAMOS EM COMERCIAIS DE FRIGORÍFICO

Roberto Carlos, 72, foi escolhido para substituir Tony Ramos, 65, em uma famosa campanha de uma marca de frigorífico.
De acordo com informações do jornal "Diário de São Paulo", praticamente já está tudo acertado para o Rei ser o novo garoto-propaganda da empresa. Faltam apenas alguns pequenos detalhes para finalizar o contrato.
Por enquanto, ainda não foram divulgados os motivos da marca ter trocado o ator global pelo cantor em suas publicidades.


fonte: Uol Online - 29.01.2014
ROBERTO CARLOS VAI FAZER COMERCIAL NO BRASIL E SHOW EM LAS VEGAS
Substituição nos comerciais da Friboi: depois de vários trabalhos seguidos, Tony Ramos vai sair de cenapara dar lugar a Roberto Carlos. Foi tudo praticamente acertado nos últimos dias. Faltam apenas alguns pequenos detalhes.
Outra grande novidade do RC para os próximos tempos, é o seu especial de dezembro na Globo. Ao contrário do que normalmente acontece, o programa será realizado fora do Brasil. A ideia é gravar em Las Vegas. O assunto está sob os cuidados do diretor Jayme Monjardim.


fonte: G1 Espírito Santo - 27.01.2014
"ROBERTO CARLOS" VIRA PONTOTURÍSTICO EM BAR DE BEIRA DE ESTRADA NO ES
Estátua foi feita para outra cidade, mas prefeito desistiu da compra.
Peça tem cinco metros de comprimento e pesa quase uma tonelada.


Uma estátua do cantor Roberto Carlos está fazendo sucesso em um restaurante localizado nas margens da BR-259, na altura de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. A peça feita em homenagem ao Rei tem cinco metros de altura e pesa quase uma tonelada. Após ser rejeitada pelo prefeito de uma cidade que desistiu da compra, ela foi comprada pela proprietária do restaurante e se transformou em uma espécie de ponto turístico local.
Nascido em Cachoeiro de Itapemirim, Roberto Carlos foi homenageado no outro extremo do Espírito Santo. A estátua foi encomendada para enfeitar outra cidade do estado, mas o prefeito do município acabou desistindo da compra. Fã do cantor, a empresária e dona do restaurante, Keuda Gobetti, decidiu adquirir a peça. “Eu me lembro que tinha um programa na difusora de Colatina que tinha um programa que era o “Momento do Rei” e todos os dias minha mãe ligava. Foi aí que eu comecei a aprender as músicas e a me apaixonar pelo Rei”.
Para ela, a chegada da estátua foi repleta de emoções. “A todo momento a gente ligava para o motorista para saber em que localidade ele estava, porque a ansiedade estava a flor da pele. Muita emoção. Eu não sabia se eu chorava, se eu sorria…”, disse.
Agora, o restaurante parece ter um atrativo a mais. Com a novidade, várias pessoas param para fotografar a estátua. “Eu sou fã de Roberto Carlos, e ele é uma pessoa da nossa terra. Achei linda essa recordação aqui”, disse a promotora de Justiça, Márcia Jacobsen. Nos próximos dias, uma estátua do Cristo Redentor também vai ser colocada ao lado da de Roberto para enfeitar o pátio do estabelecimento.


fonte: Jornal do Povo on line, Paraná - 20.01.2014
O REI NA PEDREIRA? BOATO COLOCA ROBERTO CARLOS NA REABERTURA DA PAULO LEMINSKI

Pode gerar ódio de muita gente, e delírio de outros tantos, mas a primeira atração da “nova” Pedreira Paulo Leminski em Curitiba pode acontecer com um super show do rei Roberto Carlos. Desde que foi autorizada pela justiça a reabrir, os boatos de nomes de atrações vem tomando as mentes da cidade, bandas de rock, duplas sertanejas, tem de tudo um pouco no imaginário popular, mas desta vez a coisa parece séria. Funcionário do alto escalão da empresa que administra a Pedreira, DC7, sentencia: será o rei!


fonte: Expresso MT Online - 18.01.2014
CASA O NDE ROBERTO CARLOS MOROU É ARROMBADA PELA 3ª VEZ NO ES
residência de infância do cantor funciona atualmente como museu.
Nada do acervo histórico foi levado, apenas um livro de ata foi furtado.
A Casa de Cultura Roberto Carlos, que fica em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, foi arrombada durante a madrugada desta sexta-feira (17). Nada do acervo histórico foi levado, apenas um livro de ata foi furtado. Essa é a terceira vez que o museu é arrombado no período de um ano. A Secretaria de Cultura de Cachoeiro informou que já licitou um sistema de videomonitoramento para casa e que vai investigar onde o vigia responsável pela segurança do local estava no momento do incidente. O local foi casa do cantor durante sua infância.
Durante a ação, a janela foi arrombada e a porta de trás, que dá acesso ao interior da casa, foi forçada pelos criminosos, segundo a polícia. O acervo de fotos, os instrumentos e os quadros não sofreram danos. A suspeita inicial é de que os suspeitos entraram pelo portão de acesso principal à casa, que não fica trancado.
Em nota, a Secretaria de Cultura de Cachoeiro disse que há uma previsão de que até o final do mês o sistema de videomonitoramento seja instalado. Sobre o vigia, a secretaria informou que ele assinou o ponto noturno e está sendo investigado sobre onde estava no momento do ocorrido. As visitas não estão suspensas e acontecem das 7h às 13h.

A casa de Roberto Carlos
A Casa da Cultura Roberto Carlos fica na Rua João de Deus Madureira, no bairro Recanto, em Cachoeiro de Itapemirim. Ela abriga retratos e objetos que recordam a infância do rei. Em uma das paredes da residência é possível encontrar a certidão de nascimento do cantor, que morou no local com pais e irmãos até os treze anos de idade. Em 2012, também foi inaugurado o Corredor Cultural Roberto Carlos, que dá acesso ao museu.
Quem visita a casa encontra retratos, o piano em que Roberto fazia aulas na infância e o transmissor da Rádio Cachoeiro prefixo ZYL-9, primeira rádio em que o rei cantou, aos nove anos, em um programa infantil. O cantor visitou a casa em 2009 durante sua ida à Cachoeiro de Itapemirim para o show de 50 anos de carreira e disse que também pretendia fazer um acervo da Jovem Guarda lá. Além disso, a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim chegou a investir mais de R$ 800 mil em obras de revitalização no entorno da casa.


fonte: Blog João Alberto - 16.01.2014
UM REI EM LAS VEGAS

Pela primeira vez, Roberto Carlos vai se apresentar em Las Vegas. O contrato já está assinado para um show, dia 6 de setembro, no Hotel cassino Bellagio, um dos mais luxuosos daquela cidade.


fonte: Diário Catarinense - 15.01.2014
LIVRO DO REI ESTÁ PRONTO
Revisora de Floripa disputada por poderosas editoras nacionais, Daise Carpes, está no momento em uma delas, a Toriba, finalizando o livro Rei, sobre a obra de Roberto Carlos. A equipe está finalizando a revisão nesta semana, fazendo as últimas alterações e ajustes para fechar o arquivo que será levado para impressão na Itália. Muita gente estão trabalhando na obra – só diretores de arte foram sete profissionais – e o resultado será um deleite para os fãs do Rei. Um trabalho primoroso feito por uma equipe dedicada.


fonte: Paran@shop Online - 14.01.2014
ROBERTO CARLOS INSPIRA NOVA FRAGRÂNCIA DA RACCO

"Eu sou aquele amante à moda antiga, do tipo que ainda manda flores..."- Inspirada na canção de Roberto Carlos, a Racco lança mais uma fragrância para integrar a linha de perfumes "Emoções" - desenvolvida pela marca, em 2009, em parceria com o Rei. A Deo Colônia "Emoções Rosa" é uma explosão floral leve e moderna, que transmite a delicadeza feminina.
Cultivada desde a antiguidade, a rosa é uma das flores mais populares do mundo, tornando-se sinônimo de carinho e uma marca registrada nos shows de Roberto Carlos. Na nova fragrância da Racco, a palavra é utilizada em todos os sentidos: desde a cor da embalagem e do líquido ao aroma encantador.
A fragrância requintada é exalada como cristais de rosa espalhados pela pele, com um top frutado que traz frescor e requinte com notas tropicais e adocicadas, valorizando o equilíbrio e a harmonia da mulher. As notas de saída levam bergamota, laranja, acorde verde, manga, cassis e abacaxi. O corpo é composto por um buquê de notas florais: jasmim, lírio, muguet, cravo e rosa (em homenagem ao Rei). Já as notas de fundo são quentes e adocicadas: baunilha, caramelo, sândalo, patchouli e âmbar.
A elegância das flores, alinhada com o fundo doce oriental, deixa a fragrância "Emoções Rosa" mais encorpada e robusta, com facetas de conforto e sofisticação. A nova integrante da única linha de perfumes assinada por Roberto Carlos foi desenvolvida pelos perfumistas Philippe Roques e Isaac Sinclair, especialmente para as súditas do Rei.


fonte: O Povo Online - 13.01.2014
CONFIRMADO SHOW DE ROBERTO CARLOS EM FORTALEZA
O cantor se apresenta na capital cearense no mês de abril

A “Artes e Produções”anunciou nesta segunda-feira, 13, que o Rei Roberto Carlos fará um show em Fortaleza no mês de abril.
Ainda sem data divulgada para o show, a produtora apenas confirmou pelo Facebook a presença do cantor na capital cearense. O show poderá ser realizado na Arena Castelão.
A Arena Castelão tem sido palco de muitos artistas nacionais e internacionais. No dia 26 de fevereiro, o espaço recebe Elton John com a turnê "Follow the Yellow Brock Road".


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 12.01.2014
"FURDÚNCIO" EM ESPANHOL
Roberto Carlos está em Miami, onde começou a gravar as versões em espanhol de seu EP lançado no ano passado. A grande dificuldade tem sido traduzir as letras e os nomes das cinco músicas do disco. “Furdúncio” é o maior desafio de todos. “Este cara sou eu” foi fácil: virou “Este tipo soy yo”. O disco vai ser lançado em maio, para o Dia das Mães.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 09.01.2014
PRÓXIMA PARADA
Vai ser em Las Vegas, em setembro, a próxima edição do Projeto Emoções de Roberto Carlos. A primeira versão foi em Jerusalém, em 2011.


fonte: A Tarde Online - 09.01.2014
MÚSICA DE ROBERTO CARLOSO É A NACIONAL MAIS TOCADA EM 2013
Roberto Carlos emplacou Esse Cara Sou Eu como a nacional mais tocada nas rádios

Esse Cara sou Eu, de Roberto Carlos, foi a música nacional mais tocada em 2013 nas rádios AM e FM do Brasil. A canção foi tema principal da novela Salve Jorge, da Rede Globo, e ficou em terceira na lista geral.
A campeã em execução foi 93 Million Miles, de Jason Mraz, Daly Michael e Natter Michael Lee, seguida por Don´t You Worry Child, de Axwell, Sebastian Ingrosso, Steve Angello, Michel Henry Allan Zitron e Martin John Lindstrom.
O destaque foi a ausência da música baiana na lista das 20 mais executadas. Nenhum cantor baiano emplacou na lista.
Confira as músicas mais executadas no País:
1. 93 Million Miles - Jason Mraz / Daly Michael / Natter Michael Lee
2. Don't You Worry Child - Axwell / Sebastian Ingrosso / Steve Angello / Michel Henry Allan Zitron / Martin John Lindstrom
3. Esse Cara Sou Eu - Roberto Carlos
4. Vidro Fumê - Carlos Colla / Kaliman Chiappini
5. Vagalumes - Léo Cunha / Ivo Mozart / Tomim / Adr
6. Diamonds - Storleer Eriksen Mikkel / Tor Erik Hermansen / Sai / Benny Blanco
7. Amor De Chocolate - Naldo Benny
8. Te Esperando - Bruno Caliman
9. Sogrão Caprichou - Marcia Araújo / Bruno Caliman / Luan Santana / Cristiano Savatti
10. Locked Out Of Heaven - Phillip Lawrence / Bruno Mars / R E
11. When I Was Your Man - Andrew Wyatt / Phillip Lawrence / Bruno Mars / R E
12. Show Das Poderosas - Anitta
13. Vai E Chora - Thiaguinho / Gabriel Barriga
14. I Follow Rivers - Rick Nowels / Lykke Li / Peter Bjorn John
15. A Thousand Years - David Hall Hodges / Christina J Perri
16. Quando Você Some - Victor Chaves
17. Stay - Justin Parker / Mikky Ekko
18. Fala Baixinho - Marquinho Índio / Claudemir/Diney
19. Tempos Modernos - Lulu Santos
20. Meu Novo Mundo - Chorão / Thiago


fonte: Folha de São Paulo - 03.01.2014
ECOLÓGICO
Nascido em 19 de abril, Dia do Índio, Roberto Carlos está programando um show especial na Amazônia na data em 2015. “Roberto vai comemorar o aniversário no meio da floresta e cercado de índios com espetáculo transmitido para o mundo todo”, diz Dody Sirena, empresário do cantor.


fonte: Revista Quem Online - 03.01.2014
ROBERTO CARLOS QUER FAZER SHOW CERCADO POR ÍNDIOS
cantor nasceu em 19 de abril, Dia do Índio

Nascido em 19 de abril, Dia do Índio, Roberto Carlos está programando um show especial na Amazônia na data em 2015. A informação é da colunista Mônica Bergamo do jornal Folha de S. Paulo desta sexta-feira (3).
"Roberto vai comemorar o aniversário no meio da floresta e cercado de índios com espetáculo transmitido para o mundo todo", diz Dody Sirena, empresário do cantor.


fonte: Blog do Schaun - 03.01.2014
ROBERTO CARLOS NÃO PERDEU A MAJESTADE POR TER CANTADO COM ANITTA
Seria egoísmo demais falar que só existe música boa no meu pen drive? Seria. Mas o egoísmo entre nós, humanos, é tão natural que periga ser virtude. De qualquer forma, seria puro egoísmo afirmar que no meu pen drive estão as melhores canções. Bem, já que a nata da boa música não está comigo, onde estaria então? No seu pen drive? Na playlist da Joven Pan? No escritório trancado e mofado do Belchior? Onde?
Ligue não. A gente não sabe mesmo onde estão elas, as boas canções. Por isso que os ruídos momentâneos usurpam nosso bom gosto até ficarmos egoístas, ao ponto de dizer que só existe música boa em nosso pen drive.
Muitas pessoas criticaram a participação da cantora Anitta, (a sensação de 2013 com sua única canção de sucesso Show das Poderosas) no show do Roberto Carlos, em Dezembro do ano passado na Globo. Todos sabem que o Roberto faz um show anual no final do ano na TV Globo. E nos últimos 40 anos, diversosartistas do momento cantaram com o rei.
Todas as pessoas de bom coração e bons ouvidos, (ou não) sabem da importância que o Roberto Carlos tem para com a cultura brasileira. Suas canções embalaram romances, filmes, novelas, ideias… Ele é uma lenda nacional e merece ser reverenciado como um dos maiores compositores do mundo.
A Anitta surgiu de repente. Sim, ela tem uma voz meio nasal. Sim, ela só tem uma canção. Porém, se voltarmos no tempo, quantos cantores ou bandas, que só fizeram sucesso por pouco tempo com uma canção, já cantaram com o Rei? Sim, vários, amigos e amigas. Vocês lembram bem!
Roberto é como se fosse um patrimônio nacional. Todos os brasileiros o conhecem ou sabem alguma canção dele. Ele sempre demonstrou ser um homem de paz, com bom caráter, original. Roberto Carlos é perpendicular. É rei. E o rei tem que ser justo e estar com todos.
Teoria meio besta, essa minha. Já que ele é rei, então, cante com qualquer um. Clássico bestial. Na verdade esse é o pensamento mesmo. Não que Anitta seja qualquer uma. Não aprecio a música que ela faz, mas não posso dizer que, pelo fato de O Show das poderosas não estar no meu pen drive, a música dela é ruim. Posso até dizer que é ruim, porém, é a minha opinião. E as leis que crio só eu posso seguir.
No final deste ano, Roberto Carlos fará mais um show de fim de ano na Globo. Daqui pra lá surgirão outros cantores e cantoras do momento. Um deles estará no palco cantando com ele. E criticarão de novo, dizendo que ele foi vendido para a Globo. Minha gente, isso já tem 40 anos. Se ele foi realmente vendido a Globo, possivelmente foi pago em Cruzeiros.
E outra, a Anitta não cantou tão mal assim. Já vi macacos velhos passando vergonha no palco. Alguém falou? Não, porque é politicamente correto ficar quieto quando se descobre que o mito nem sempre tem fundamento.
Fico a imaginar a seguinte cena: Rei, tu aceitarias cantar com a Anitta? Roberto:Não. Jamais. O que a sociedade iria falar? Que ele não era humilde. Que gente pior já tinha dividido o palco com ele, enfim. Uma minoria metida a intelectual iria dizer que ele tem todo o direito de cantar com quem ele quiser e que a Anitta poderia manchar a carreira dele. Ainda bem que essa minoria não fede nem cheira. Conhecem um bocadinho de Chico, Baden, João Gilberto e Hermeto Pascoal e se acham espermatozoides do Nelson Motta. Coitados…
Seria egoísmo demais falar que o Roberto Carlos não poderia cantar com a Anitta? Seria. Mas o egoísmo entre nós, humanos, é tão natural que periga ser virtude. O Roberto Carlos não deixou de ser o Rei por ter dividido o palco com uma coqueluche musical. Chega a ser ridículo a humilhação que fazem com a pobre da Anitta. Calma aí, gente. Eu não curto a música que ela faz. E isso não é orgulho. É gosto. Aprendi a ouvir boas canções e guardá-las no pen drive. Sei separar o joio do trigo. Acho que vocês também sabem, queridos. Só acho.


fonte: Pure People Online - 28.12.2013
ROBERTO CARLOS COBRA ATÉ R$ 6,5 MILHÕES PARA SE APRESENTAR EM DATAS COMO O RÉVEILLON

Roberto Carlos está faturando bastante com os shows que tem feito pelo país. Segundo informações da coluna Ancelmo Gois, do jornal carioca "O Globo" deste sábado (28), o rei está cobrando cerca de R$ 3 milhões para subir ao palco no que considera um 'dia comum'. Caso a apresentação caia em uma data especial, como Réveillon, o valor do cachê dobra e chega a R$ 6,5 milhões.


fonte: Boa Informação Online - 27.12.2013
ROBERTO CARLOS SÓ INOVA NA GRAVATA E EMOCIONA PÚBLICO

O cantor Roberto Carlos, durante o especial de fim de ano da Rede Globo
“Você continua com a mesma voz jovem e cristalina”, disse Jô Soares para Roberto Carlos. “E vamos esperar pelo menos que venham mais 40 anos!”, completou, no final de “Roberto Carlos – 40 anos. Juntos”, anteontem.
No indefectível terno branco, inovando apenas na gravata branca com bordas vermelhas, o rei diz com humildade: “Estou aqui como se fosse a primeira vez”.Na plateia, o elenco da emissora.
O primeiro convidado foi Lulu Santos. Cantaram “As Curvas da Estrada de Santos” e “Como uma Onda”.
Depois, homenagem a Tim Maia, com o ator Tiago Abravanel, e “Não Quero Dinheiro”. Juntos, cantaram “Negro Gato”, de Getúlio Cortes.
Um Roberto simpático e gentil recebeu a divertida Valdirene (Tatá Werneck), que invadiu os bastidores. Ela dependurou-se no pescoço de Roberto e arriscou cantar uma de suas canções.
Só que estava apenas dublando a funkeira Anitta.
Na sequência, Roberto, com a voz embargada, cantou “Como é Grande o Meu Amor por Você”. Com Erasmo Carlos, cantou “Meus Amores da Televisão”.
Fátima Bernardes entra em cena para entregar ao rei um troféu pelos 40 anos de especiais na Rede Globo. Roberto Carlos é agraciado com uma retrospectiva em vídeo. Foi seguramente a parte mais emocionante do especial.
Roberto sugere então um brinde ao som de “Champagne”, de Peppino di Capri. E, para encerrar: “Jesus Cristo”, com as costumeiras rosas para a plateia.


fonte: Ache Belém - 26.12.2013
ANITTA É CRITICADA POR PARTICIPAÇÃO NO ESPECIAL ROBERTO CARLOS

O especial de Roberto Carlos, “40 Anos. Juntos”, foi exibido pela TV Globo na última quarta-feira (25) e mostrou presenças ilustres como Lulu Santos, Tiago Abravanel e Anitta. Esta, por sua vez, recebeu inúmeras críticas em redes sociais, por causa da falta de técnica vocal, e pela música que foi escolhida para que o rei cantasse junto a ela.
Até mesmo o site “Momento Verdadeiro” ousou e publicou uma notícia com o título “Especial de Roberto Carlos seria melhor sem Anitta”, e dispara diretamente à Globo: “foi uma escolha infeliz da emissora”.
Contudo, vários outros internautas, sobretudo os que são fãs de Anitta, gostaram bastante da performance da cantora, que esbanjou sua beleza e elegância no palco, que também teve a presença da atriz e comediante Tata Werneck, ex-MTV e atual integrante do elenco de “Amor à Vida”, como intérprete de Valdirene.
Neste ano, o repertório de Roberto Carlos misturou alguns dos antigos sucessos, como “Fera Ferida” e “É Proibido Fumar” com hits mais recentes, como é o caso de “Esse Cara Sou Eu”.
A orquestra que acompanhou o rei era composta por músicos de alto escalão, listados a seguir: Norival DAngelo (bateria), Darcio Ract (baixo), Anderson Marquez (percussão), Elias Almeida e Paulo Coelho (guitarras e violão), Artur Borba (teclados), Luiz Ismail, Ana Lucia Heringer e Jurema Candia (coral), Nahor Gomes e João Lenhari (trompete), Jorge Berto (trombone), Clecio Fortuna (sax alto), Aurino Oliveira (sax barítono), Ubaldo Versolato (sax tenor), Todos eles comandados pelo maestro Eduardo Lages.


fonte: Blog Mundo da TV - 26.12.2013
ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS CELEBRA 40 ANOS EM BUSCA DE RENOVAÇÃO, MAS SEM GRANDES NOVIDADES

Roberto Carlos, no especial da Globo: gravata chamou a atenção
Não é difícil entender porque ano após ano Roberto Carlos se mantém entre as tradições de fim de ano na televisão. Seu especial já virou parte do calendário de parte dos espectadores e fãs mais ardorosos. É a chance de parte dos admiradores verem o cantor, que já não faz aparições tão constantes ao longo do ano em programas de auditório. Este ano, sua atração celebrou sua quadragésima edição e contou com convidados ilustres da MPB como Erasmo Carlos e Lulu Santos e revelações do humor e damúsica, como Anitta, Tiago Abravanel - desnecessariamente fantasiado de Tim Maia - e Tatá Werneck, que, aliás foi o grande destaque da noite, rendendo boas piadas com timing sempre certeiro.
É explícita a tentativa do Rei de se modernizar, o problema é que, embora a embalagem ganhe algumas alterações, o conjunto segue o mesmo. Assim como em anos anteriores, Roberto surgiu dirigindo um carro esportivo. Desta vez, o figurino incluiu uma gravata com tons de vermelho, o que chegou a render nas redes sociais maldosas comparações com as usadas por Renato Aragão nos tempos dos Trapalhões. No repertório, uma ousadia: não cantou detalhes. E, numa parceria com o Dexterz, cantou alguns de seus hits remixados, num número transformado em pot-pourri pela edição. Com Anitta, fez um mash up, misturando uma música dela com uma sua.
Num ano de ardorosas discussões em torno da liberdade de expressão e da liberação das biografias, o cantor não convidou nenhum dos integrantes da associação Procure Saber, com quem se alinhou em parte do ano. A parceria foi pressurosamente varrida para baixo do pano. Os fãs incondicionais podem não admitir, mas a imagem de Roberto já não é a mesma entre alguns de seus antigos admiradores após o surgimento desta questão.
Assim como o peru de Natal, o Rei é tradição nesta época do ano. Dificilmente será mudada. Há que se perceber, no entanto, que a renovação não ocorre com pequenos ajustes. Ou o cantor assume a ousadia e promove uma releitura de sua carreira com novas cores ou deve aceitar que seu especial na TV mostrará exatamente o que se espera dele. E que fique claro: apesar da impressão de já ter visto isso antes ou de qualquer sensação déja vú ou reprise, o programa tem seu valor.


fonte: Boa Informação Online - 25.12.2013
ASSISTIR ROBERTO CARLOS 40 ANOS JUNTOS

O Natal promete ser ainda mais emocionante com o Especial Roberto Carlos 40 anos. Juntos. Na noite de quarta-feira, dia 25, o público acompanha pela Globo o show que teve a participação de convidados especiais e de astros e estrelas. Gravado no dia 23 de novembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, o espetáculo celebra a parceria de quatro décadas entre o Rei, a emissora e o público. Para ter acesso à Grande Sala, os convidados passaram pelo “Blue Carpet” – tapete azul – e deram um show à parte, lembrando a noite de gala do cinema americano.
Entre as participações que dividem o palco com Roberto Carlos, Lulu Santos interpreta um de seus grandes sucessos, “Como Uma Onda”. Tatá Werneck diverte com o esquete no qual interpreta uma fã e participa de brincadeira ao lado de Anitta. Com a “poderosa”, Roberto mescla canções de sua autoria com o principal sucesso da cantora. Tiago Abravanel relembra o antigo amigo do Rei, Tim Maia, carinhosamente apelidado por ele como “gordinho”.
Representando a emissora, Fátima Bernardes entrega um presente a Roberto Carlos e apresenta um clipe com imagens inesquecíveis de diversos momentos do cantor na Globo. Entre os arquivos, imagens do Rei vestido de palhaço e de Charles Chaplin. Após a música “Champagne”, Roberto convida a plateia a um grande brinde pelos 40 anos de parceria.
Todos os artistas que se apresentam no palco estão acompanhados pela tradicional Orquestra RC, formada por Norival DAngelo (bateria), Darcio Ract (baixo), Anderson Marquez (percussão), Elias Almeida e Paulo Coelho (guitarras e violão), Artur Borba (teclados), Luiz Ismail, Ana Lucia Heringer e Jurema Candia (coral), Nahor Gomes e João Lenhari (trompete), Jorge Berto (trombone), Clecio Fortuna (sax alto), Aurino Oliveira (sax barítono), Ubaldo Versolato (sax tenor) e o maestro Eduardo Lages, responsável pela regência e pelos arranjos.
O especial 40 anos. Juntos será exibido pela Globo no dia 25 de dezembro, logo após Amor à Vida. O programa tem roteiro de Marcelo Saback e direção geral de Jayme Monjardim e João Daniel Tikhomiroff. A direção de núcleo é de Jayme Monjardim.


fonte: Boa Informação Online - 24.12.2013
ROBERTO CARLOS PEDE AUTORIZAÇÃO PARA USAR FOTO COM SÍLVIO SANTOS EM SUA BIOGRAFIA

Roberto Carlos vai lançar um livro sobre os seus 50 anos de carreira e procurou Silvio Santos para pedir autorização para utilizar uma foto dos dois juntos no palco do SBT.
A imagem mostra o Rei e Silvio em uma das participações do cantor no Troféu Imprensa. O apresentador já liberou a publicação da foto.
Em 2013, Roberto Carlos, que por anos foi contra a publicação de biografia não autorizadas, mudou de posição.


fonte: Site TV Globo - 24.12.2013
EXCLUSIVO: MARCELO ADNET GANHA ABRAÇO DO REI ROBERTO CARLOS

Mestre de cerimônia na gravação do Especial de Roberto Carlos, ator fez a alegria dos convidados famosos
Marcelo Adnet, que é mestre de cerimôninas do Especial do rei Roberto Carlos este ano, garantiu seu presentão de natal. Um abraço do cantor antes do show começar. Antes de Roberto entrar no palco, Adnet fez a alegria dos convidados e arriscou até imitar Cid Moreira e Galvão Bueno, anunciando a entrada do cantor.
Sempre engraçado, o ator e humorista brincou com a plateia e até fez graça com o "aquário" onde fica o baterista da orquestra de Roberto Carlos.
Neste ano, o especial do Rei celebra os 40 anos de parceria entre Roberto Carlos e a Globo. Além de convidados e elenco da emissora na plateia, o espetáculo conta com participações especiais como Lulu Santos, Tata Werneck, Anitta, Tiago Abravanel, Erasmo Carlos e Fátima Bernardes.
'40 anos Juntos' será exibido amanhã 25 de dezembro, logo após 'Amor à Vida'. O programa tem direção de núcleo de Jayme Monjardim, direção geral de João Daniel Tikhomiroff e roteiro de Marcelo Saback.


fonte: O Dia - 24.12.2013
ATÉ A 'PODEROSA' ANITTA TREMEU NA BASE DIANTE DE ROBERTO CARLOS
Cantora ficou nervosa na gravação do especial do Rei, que vai ao ar amanhã à noite

Rio - Até mesmo as celebridades tremem na base quando ficam frente a frente com Roberto Carlos. E Anitta não escondeu o nervosismo ao dividir o palco com o Rei durante a gravação do especial ‘40 anos. Juntos’, na Cidade das Artes, que vai ao ar amanhã, após ‘Amor à Vida’ e celebra a parceria de quatro décadas do artista com a Globo.
“Estou tremendo, bem nervosa. Mas muito feliz de estar aqui. É uma honra”, disparou Anitta, que dublou Tatá Werneck em ‘Força Estranha’ durante uma brincadeira que a atriz fez com o músico.
Anitta ficou nervosa e desafinou. Mas ganhou elogio do Rei: ‘Poderosa, com certeza absoluta’, disse ele
Tamanho nervosismo fez Anitta repetir com o Rei o inusitado número musical que juntou ‘Show das Poderosas’ e ‘Se Você Pensa’. A cantora confessou que quase desafinou cinco vezes, mas que estava se sentindo o máximo. Roberto, que fez o gesto de ‘babando’ para a carioca, fez um afago ao ego da morena: “Poderosa, com certeza absoluta.”
Diretor de núcleo do especial, Jayme Monjardim explicou os detalhes tão pequenos do programa: “O especial está lindo. O cenário é de cair o queixo. A gente fez uma coisa bem Oscar para celebrar esses 40 anos. Tem esse casamento Roberto Carlos e TV Globo, que é incrível. Tem também a participação de todo o elenco da casa. Esse especial é muito quente, humano, bacana. E tem a típica e tradicional homenagem que a gente faz a quem fez muito sucesso no ano, que, nesse caso, foi a Anitta.” Jayme, que também dirigiu o show de Roberto Carlos em Jerusalém, adiantou que no próximo ano o especial do cantor vai ser gravado em Las Vegas.
Lulu Santos, Tiago Abravanel e o parceiro Erasmo Carlos também participaram do show. E só quem é amigo de fé e irmão camarada de Roberto pode fugir das exigências do Rei e usar preto. Foi exatamente o que fez o Tremendão. “Só ele se atreve a vestir preto para cantar comigo”, brincou o Rei. A dupla cantou ‘Além do Horizonte’ junta.
A noite também rendeu declarações de amor a Roberto Carlos. Um dos jurados do ‘The Voice’, Lulu Santos não conteve a emoção e garantiu que sua carreira foi motivada pelo capixaba. “Meu Rei, a gente se conhece desde os meus 21 anos de idade. Fui escalado para tocar sintetizador em 1974 na sua orquestra. Você sempre me tratou com respeito. Mas, antes disso, meu tio Haroldo me levou ao programa ‘Jovem Guarda’ e, desde lá, decidi ser quem eu sou. Sua carreira e sua música se confundem com minha vida. Acho que estou sonhando. Me belisca? Muito obrigado, Rei”, declarou o carioca, que, após incentivar a plateia a gritar “Rei, Rei Rei, Roberto é nosso Rei”, soltou um sonoro ‘eu te amo’ para Roberto.
Por falar em amor, parece que o Rei está mesmo apaixonado. Antes de cantar ‘Esse Cara Sou Eu’, ele — que, embora não assuma, estaria namorando há dez anos a produtora de eventos cearense Iara Andrade — deixou escapulir: “Essa música é sobre o cara que toda mulher gostaria de ter, que todo homem gostaria de ser. O cara que eu tento ser. Um dia ainda chego lá.” No último verso da canção, Roberto ainda disse: “Na verdade, esse cara é todo cara que ama verdadeiramente. Esse cara que eu estou tentando ser.”
A festa ainda contou com a presença de Marcelo Adnet, que animava a plateia com improvisos, e dos DJs Memê, Felipe Venâncio, Mau Mau e a dupla Dexterz. Eles apresentaram as músicas do ‘Roberto Carlos Remixed, EP com cinco sucessos do Rei em versões eletrônicas. Quase no fim do espetáculo, Roberto foi surpreendido por Fátima Bernardes no palco. Representando a TV Globo, a apresentadora exibiu um clipe com imagens de diversos momentos do capixaba na emissora. Fátima ainda presenteou o Rei com um troféu.
No final do evento, Roberto brindou com os convidados durante a música ‘Champagne’, de Pepino di Capri. Susana Vieira, Mateus Solano, Paolla Oliveira e Carol Castro eram alguns dos nomes que estavam na primeira fila do show. A apresentação foi encerrada com ‘Jesus Cristo’. Nesse momento, o cantor distribuiu as já tradicionais rosas vermelhas e brancas para a plateia, e deixou seu recado de fim de ano: “Que 2014, o ano da Copa no Brasil, seja de muitas vitórias. Feliz Natal. Feliz Ano Novo. Que Deus nos abençoe.”


fonte: O Globo Online - 22.12.2013
ROBERTO CARLOS LANÇA DISCO COM HITS REMIXADOS POR DJS
Depois de embalar antigos sucessos em álbuns ao vivo, tributos e duetos, o Rei completa dez anos sem um álbum de inéditas

· · Segundo seu empresário, Roberto Carlos segue buscando novos temas, mas lista de projetos que esperam lançamento é grande
RIO - No jargão da indústria musical, “projeto” é como se chama um disco que não é de material inédito, que pode ser ao vivo, temático, com convidados, conforme a criatividade do artista. Roberto Carlos, por exemplo, curte um projeto: neste ano, com “Roberto Carlos remixed”, em que DJs como Memê, Mau Mau e Felipe Venancio rearranjam clássicos como “Fera ferida” e “É proibido fumar”, o Rei completa uma década desde seu último disco “de carreira”, ou de inéditas: “Pra sempre”, de 2003, era praticamente todo dedicado a músicas novas (tinha uma regravação, “Seres humanos”, mas as outras nove faixas eram inéditas — sendo “Acróstico”, uma homenagem à mulher do cantor, Maria Rita, morta de câncer em 1999, a que ficou mais conhecida). De lá para cá, afora EPs — discos com quatro ou cinco músicas, nos moldes do velho compacto duplo — como o megassucesso “Esse cara sou eu”, de 2012, os projetos se enfileiraram, com discos ao vivo diversos (o mais badalado foi o gravado em Israel, também em 2012), trabalhos temáticos como “Elas cantam Roberto” (2009) e “Emoções sertanejas” (2010) e a homenagem a Tom Jobim ao lado de Caetano Veloso, de 2008.
Apesar da regularidade dos discos a cada fim de ano — assim como o especial da TV Globo, marcado para a noite do dia 25, quarta-feira —, o empresário do Rei, Dody Sirena, esclarece que ele não tem obrigação contratual de colocar um produto nas prateleiras a cada dezembro.
— Em 1994, Roberto Carlos criou o selo Amigo Records e passou a ser dono e comandar sua obra e decidir quando, o que e como quer lançar seu trabalho, sem obrigatoriedade com qualquer empresa — diz Dody. — A Sony Music (antiga CBS) faz parte da família do RC desde o início da sua carreira e tem a responsabilidade da comercialização e distribuição de todos os lançamentos da Amigo Records e de todo o catálogo destas mais de cinco décadas. Eu sou um entusiasta de projetos especiais, seguindo os exemplos de Sinatra, Pavarotti e outros grandes nomes no auge da popularidade. É muito interessante trabalhar com um artista com mais de 50 anos de trajetória que ainda tem muitos projetos a realizar e que nos surpreende com inspiração em obras como “Esse cara sou eu”.
Tendência do mercado
Segundo ele, ainda existem muitos outros projetos na fila. E o próprio “Remixed” esperou um longo tempo para sair do papel.
— Ele foi concebido há mais de dez anos — conta o empresário. — Por não ser do perfil do Roberto uma superexposição, ficamos esperando um momento adequado. Muitos artistas fazem versões mais dançantes de suas músicas, é uma forma de revitalizar obras significativas, permitindo que novas gerações conheçam essas obras. Em 2012, com o enorme sucesso de “Esse cara sou eu” na novela da Gloria Perez (“Salve Jorge”), começou a se pensar num lançamento em formato EP. Roberto era entusiasta da ideia, apesar da resistência do meio fonográfico, mas o resultado foi mais do que positivo. E agora este novo EP segue a tendência do mercado.
Segundo o mercado, o grande concorrente do Rei nas lojas neste Natal é o Padre Marcelo Rossi, marcando presença justamente com um EP, “Já deu tudo certo”. Os dois discos custam em torno de R$ 10, nos formatos físico e digital.
— É tradição não só no Brasil, mas em muitos países, lançar produtos na época do Natal — justifica Dody. — O público do Roberto está acostumado a presentear familiares e amigos com seus discos, e ficamos felizes de estar ao lado de outros artistas.
O público, então, pode esperar por novos projetos do Rei.
— Temos alguns aguardando para ser lançados, como o DVD “Emoções em alto mar”, o CD e DVD “50 anos de música”, com base no show do Maracanã (em 2009), o “Duetos volume 2”, em que ele canta “O sole mio” e “Ave Maria” com Luciano Pavarotti, e, se pensar um pouco mais, posso listar muitos projetos, pois Roberto é um artista com uma obra muito grande — avalia o empresário.
Mas e as novidades?
— Como todo artista, ele está sempre com alguma ideia, buscando um novo tema, criando aquela que ele acha que será a sua grande música.
Enquanto isso, os projetos — sempre eles! — pipocam no reino do cantor capixaba de 72 anos.
— Recentemente a Sony levantou a possibilidade de lançar caixas de LPs, e estamos pensando nisso — revela Dody.
Afinal, haverá sempre um milhão de amigos.


fonte: PB Agora Online - 21.12.2013
ENCONTRO DO REI COM PÂMELA BÓRIO: TIETAGEM E EQUÍVOCO

O show do cantor Roberto Carlos em Campina Grande, no último dia 7, registrou um inusitado fato nos bastidores do Spazzio. Como é natural, logo após a apresentação do "Rei" na casa de espetáculos, o camarim do artista foi alvo de várias tentativas de incursões por parte de abastados fãs. Como ocorre geralmente nesses casos, o processo de seleção foi rigoroso: apenas algumas pessoas tiveram acesso e sob a recomendação de não entrar no local com câmeras fotográficas.
Após intensa negociação nos bastidores, a primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, conseguiu acesso ao camarim do astro e, sob o olhar de censura dos assessores do artista, ainda tirou uma câmera da bolsa após entrar no ambiente. Mas isto nem de longe foi o que causou mais impacto.
Visivelmente radiante com a chance de contato direto com o "Rei", Pâmela foi logo se apresentando:
- Oi, Roberto. Prazer! Sou Pâmela, esposa de RC...
Com ar de surpresa e um sorriso contido, o artista perguntou à jornalista e tiete, baixinho:
- Esposa de RC...de Roberto Carlos?!
Dando-se conta da confusão gerada pelas iniciais, Pâmela tratou de esclarecer, entre risos:
- Não, homem! De RC, Ricardo Coutinho, o governador da Paraíba...sou a primeira-dama do Estado.
Mantendo a elegância de um sorriso calculado, o artista foi lacônico na resposta:
- Ah, tá...
Segundos depois, posou ao lado da primeira-dama e esposa do outro RC para uma foto histórica, tirada por seu fotógrafo oficial.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 19.12.2013
EP "REMIXED" DE ROBERTO CARLOS ESTÁ FORA DE SINTONIA COM PÚBLICO DO 'REI'

Resenha de EP Título: Remixed Artista: Roberto Carlos Gravadora: Sony Music Cotação: * * A vultosa tiragem inicial de 300 mil cópias de Remixed - o EP que reúne cinco remixes de sucessos de Roberto Carlos - deixa claro que a gravadora Sony Music alimenta esperanças de que o disco possa roçar ou mesmo repetir o fenomenal sucesso comercial do EP Esse cara sou eu (2012), campeão de vendas do mercado fonográfico brasileiro no ano passado. Vai ser difícil... Posto nas lojas no início deste mês de dezembro de 2013, o EP Remixed chega às lojas com ar de disco velho. O projeto teria mais sentido e peso em 2002 quando, aliás, Roberto inseriu dois remixes - um de Se você pensa (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1968) e outro deO Calhambeque (Road dog) (John Loudermilk e Gwen Loudermilk em versão de Erasmo Carlos, 1963) - no álbum que lançou naquele ano. Em 2002, tudo ainda poderia soar como novidade. Onze anos depois, Remixed soa como um disco produzido - pelo DJ Felipe Venâncio, sob a direção de Dody Sirena, empresário de Roberto - para cumprir contrato enquanto o cantor não lança (se é que ainda vai lançar...) o disco de inéditas que promete há sucessivos anos. Fora de sintonia com o espírito de um disco de atmosfera em tese jovial, a capa azul de Remixedtraduz na embalagem tradicional o conservadorismo de Roberto. Um apego excessivo às tradições que vem fazendo com que sua obra soe embalsamada desde os anos 1990. E não serão estes cinco corretos remixes - com menção honrosa para a vibrante transposição de Se você pensa para as pistas pelo time formado pelos DJs Erick Morillo, Harry Romero & Jose Nunes - que vão alterar o status dessa obra. Aliás, Remixed corre o risco de ser rejeitado tanto pela plateia jovem que frequenta baladas - antenada com as últimas tendências da cena dance- quanto pelo público idoso que compra os discos de Roberto. Público, aliás, tão conservador quanto seu Rei. Texto enviado pela gravadora Sony Music com a edição promocional de Remixed alardeia que as versões para as pistas de hits do cantor vem fazendo sucesso nos cruzeiros capitaneados por Roberto. Sim, pode até ser que, ao vivo, numa festa pós-show, a execução desses remixes surta algum efeito. No CD-player da casa, tais remixes soam meramente curiosos. Se o DJ Felipe Venâncio cria sua versão house para O portão (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1974), diluindo a melancolia embutida na canção, o DJ Memê usa toda sua experiência para jogar Fera ferida (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1982) na pista na versão Club mix que já vem sendo ocasionalmente apresentada nos shows de Roberto desde 2012. Umas das referências do som techouse nativo, o DJ Mau Mau injeta suingue no rockabillyÉ proibido fumar (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1964), hit seminal do cantor na fase pré-Jovem Guarda. Completa o EP o moderno remix de É preciso saber viver (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1968) feito por Dexterz, o trio paulista de música eletrônica formado por Julio Torres, Amon Lima e Junior Lima. Enfim, a embalagem déjà vu de Remixed é o maior indício de que o EP que joga o Rei na pista não é o que poderia ser. É o que permite ser esse cara chamado Roberto Carlos, atualmente dedicado a reciclar a obra genial que criou de 1963 a 1983. É um caso de apego excessivo às suas tradições que não, já não tem solução.


fonte: O Tempo Online - 17.12.2013
FORBES TRAZ A LISTA DAS 100 CELEBRIDADES MAIS INFLUENTES DO BRASIL

No topo da lista está Pelé, seguido por Paulo Coelho e Neymar. A top Gisele Bündchen ficou em quarto lugar e o cantor Roberto Carlos, em quinto.
A edição de dezembro da Forbes Brasil, pela primeira vez, reúne uma lista de celebridades mais influentes do Brasil. Os critérios de escolha ficaram por conta de atributos como fama, dinheiro e poder.
O Brasil segue mesmo sendo o país do futebol: entre tantos talentos o rei Pelé ocupa o primeiríssimo lugar seguido de Paulo Coelho e Neymar. A top Gisele Bündchen e o idolatrado cantor Roberto Carlos ficaram, respectivamente, na quarta e quinta posição.
A lista dos 100 mais influentes segue com alguns nomes importantes e famosos como Ivete Sangalo, Faustão, Luciano Hulk e sua mulher e apresentadora Angélica. O fenômeno atual Anitta também está presente entre os mais influentes e é destaque por ser a celebridade mais jovem da lista. A estrela mais popular do Facebook com 24,5 milhões e do Twitter 17,4 milhões de seguidores é o jogador de futebol Kaká que atualmente defende o Milan.
Veja abaixo os trinta primeiro nomes da lista:
1° Pelé
2° Paulo Coelho
3° Neymar
4° Gisele Bündchen
5° Roberto Carlos
6° Ronaldo Fenômeno
7° Ronaldo Gaucho
8° Kaká
9° Ivete Sangalo
10° Silvio Santos
11° Fausto Silva
12° Mauricio de Souza
13° Luciano Hulk
14° Luiz Filipe
15° Fernanda Montenegro
16° Alessandra Ambrósio
17° Xuxa
18° Felipe Massa
19° Ana Maria Braga
20° Gilberto Gil
21° Milton Nascimento
22° Chico Buarque
23° Caetano Veloso
24° Romero Britto
25° Michel Teló
26° Alex Atala
27° Rodrigo Santoro
28° Gloria Pires
29° Erasmo Carlos
30° Luan Santana


fonte: O Globo - 15.12.2013
ISSO É INCRÍVEL
Autor da biografia de Glória Pires, Eduardo Nassif escreve agora sobre Chacrinha. Em suas entrevistas para o livro, Nassif conseguiu um feito raro, ainda mais em se tratando de bioagrafia: foi recebido por Roberto Carlos e sua casa, na Urca, para gravar o depoimento do cantor.


· · · · · · · ·
fonte: Pure People Online - 15.12.2013
FERNANDA MONTENEGRO RECEBE TROFÉU MÁRIO LAGO DAS MÃOS DE ROBERTO CARLOS

O ano tem sido de grandes vitórias para Fernanda Montenegro. Após ganhar o Emmy de Melhor Atriz pelo especial "Doce de Mãe", a atriz recebeu o Troféu Mário Lago das mãos de Roberto Carlos, no "Domingão do Faustão", na gravação deste sábado (15). O cantor foi o homenageado de 2012.
Ao entrar no palco, a veterana foi aplaudida de pé pela plateia. "Esta é uma mulher extraordinária, uma pessoa emblemática deste país. A primeira atriz brasileira a ser indicada a um Oscar, a primeira a ganhar o maior prêmio da televisão mundial. São 30 filmes, 24 peças e mais de 40 trabalhos em televisão. Num país carente de exemplos na arte e na vida, aqui está uma figura que nos motiva e nos enche de esperança", disse o apresentador Fausto Silva sobre Fernanda Montenegro.
Ao receber o prêmio, a atriz fez questão de dividir a homenagem com os colegas de profissão com mais de 80 anos.
"Peço licença aos que ainda não chegaram aos 80. Existe um grupo formado por vários atores da Globo, como Nathalia Timberg, Lima Duarte, Laura Cardoso, Eva Todor. Aproveito este momento e quero lembrar esses decanos, dos 80 para cima, é um privilégio trabalhar com alegria, com inteligência. Isso não é muito comum em outras profissões deste país".
Na sequência, atores que já receberam o troféu entraram no palco para prestar suas homenagens a Fernanda. Tony Ramos, Lima Duarte, Glória Menezes e Gloria Pires lembraram trabalhos anteriores com a atriz. A mãe de Cleo Pires
se emocionou ao falar de um passeio que elas fizeram juntas por Atenas, quando gravaram a novela "Belíssima", em 2004.
Além destes, amigos pessoais de Fernanda Montenegro também deram seus depoimentos sobre a atriz. Edson Celulari, Marcello Anthony, Julia Lemmertz, Alexandre Borges, Mariana Ximenes, Maitê Proença, Vera Fischer, Andrea Beltrão, Aracy Balabanian, Rosamaria Murtinho e Nathalia Timberg foram alguns atores que marcaram presença na homenagem.
Depois, foi a vez dos filhos Fernanda Torres e Cláudio Torres, dos atores Eva Todor, Francisco Cuoco e Manoel Carlos enviarem suas mensagens por vídeo. Fernando Torres, marido da atriz, também foi lembrado com uma exibição de um depoimento antigo no qual ele se declara para a esposa. "É como se você fosse o ar que respiro", disse Fernando no depoimento.
Já emocionada, Fernanda Montenegro foi às lágrimas com a chegada de Roberto Carlos, que entregou o Troféu Mario Lago 2013 à atriz. "Eu tenho a honra e o privilégio de entregar o 'Mario Lago' para essa grande mulher. Na sua plateia, Fernanda, eu estou na poltrona número 1, na fileira A", brincou o cantor, que teve a companhia da atriz na música "Emoções". "Eu sei essa letra de cor, mas a emoção é tão grande que me esqueci. Na próxima vez a gente ensaia", disse ela.







fonte: Surgiu Entretenimento Online - 14.12.2013
LUAN SANTANA DIZ QUE SEU GRANDE SONHO É CANTAR COM ROBERTO CARLOS
O cantor relembra sua trajetória e garante: ‘Se parar de sonhar, paro de viver’

c
O programa Viva o Sucesso do canal pago Viva, da Globosat, mostrou um apanhado da carreira de Luan Santana, com direito a cenas dos shows e entrevista exclusiva.
O cantor de Meteoro repassou seu histórico de sucesso e revelou que ainda tem muitos planos e desejos à realizar e um deles é um dia cantar com o Rei. "Se parar de sonhar, paro de viver. Tenho vários sonhos, entre eles, o de cantar com o Roberto Carlos, meu ídolo. Mas o principal é continuar levando minha música. Quero atingir o maior número de pessoas possível com minhas canções".
Com apenas 22 anos, Luan é um dos campeões de execução nas rádios de todo o Brasil. Ele já vendeu 3,5 milhões de CDs e DVDs e sua popularidade é inquestionável. Atualmente ele tem mais de 12 milhões de seguidores nas redes sociais e esse número cresce a cada dia.
Toda essa popularidade não faz com que o jovem encare com naturalidade a histeria das fãs. Ele ainda se surpreende com tanto amor e dedicação. "Essa loucura, essa histeria toda... Nunca imaginei todo esse esforço e sacrifício que elas fazem por mim. Pessoas acampando na frente dos shows, chegando cedo, debaixo de chuva, sem comer. Me preocupa, mas me emociona demais", declarou.


fonte: Ego Online - 12.12.2013
ROBERTO CARLOS É AVÔ PELA SEXTA VEZ, AGORA DE MAIS UMA MENINA

Cora Mei Braga Isaja é filha de Luciana Braga, filha caçula do cantor, e nasceu no dia 1 de novembro, mas anúncio oficial só foi feito agora..
Roberto Carlos não poderia ter melhor presente de Natal. O cantor é avô pela sexta vez. No dia 1 de novembro nasceu Cora Mei Braga Isaja, a mais nova neta do Rei, filha da caçula Luciana Braga com o marido Piero. Luciana já é mãe de Ava, de 3 anos. O anúncio oficial só foi feito nesta quinta-feira, 12, pouco mais de um mês após o nascimento da menina.


fonte: Cruzeiro do Sul Online - Sorocaba - 12.12.2013
ROBERTO CARLOS LANÇA EMPREENDIMENTO DE 3 TORRES NO CAMPOLIM
Serão três prédios: um hotel, um residencial e um para salas comerciais e lojas
Hotel terá 12 pavimentos.

A incorporadora Emoções, que tem o cantor Roberto Carlos como sócio, lançará no ano que vem em Sorocaba o empreendimento imobiliário Horizonte Diamond, com investimento de aproximadamente R$ 100 milhões. Serão três prédios: um hotel, um residencial e um para salas comerciais e lojas. O terreno tem 8.178 metros quadrados e fica entre as avenidas Antônio Carlos Comitre e Mário Campolim, Parque Campolim, ao lado da lanchonete McDonald"s. O projeto das três torres, do arquiteto Itamar Berezin, está em fase de conclusão e deve ser apresentado nas próximas semana à Prefeitura, para análise e aprovação.
Roberto Carlos deve comparecer no lançamento do Horizonte Diamond, previsto para o primeiro semestre de 2014. Ele esteve em Sorocaba no dia 27 de setembro para show na sede campestre do Clube União Recreativo. No dia 25 de julho, Roberto lançou o Horizonte Jardins Offices & Hotel, em Aracaju, Sergipe. A incorporada, que tem como sócios, além do cantor, os empresários Ubirajara Guimarães, Jaime Sirena e Dody Sirena, tem plano de investir R$ 1 bilhão em quatro anos.
De acordo com o empresário Jaime Sirena, o hotel terá 12 pavimentos, o edifício residencial 27 e o edifício de escritórios 22, com seis lojas no térreo. Como o projeto está sendo finalizado, ainda não há desenho disponível para divulgação, mas deverá seguir linhas e padrões de outros empreendimentos da incorporadora, com predominância de tons de azul, preferida do rei. Marrom, nem pensar.
Região valorizada
A partir da aprovação do projeto na Prefeitura de Sorocaba, a incorporadora fará o lançamento no primeiro semestre e a obra deve começar ainda em 2014. O tempo de construção será de 30 meses e o Horizonte Diamond deve ser entregue entre 2015 e 2016, segundo Jaime Sirena. Ele lembra que a região do Campolim vem recebendo grandes investimentos, como o shopping Iguatemi Esplanada, e a localização do complexo foi bem escolhida.
O nome Horizonte Diamond leva em consideração o terreno, em forma de diamante, diz Sirena. O nome provisório era Horizonte Campolim. O hotel ainda não tem bandeira definida, conforme o empresário.
Outras obras
Em São Paulo, no Itaim Bibi, está sendo construído o Horizonte JK, cujos apartamentos já foram todos vendidos. Outros dois empreendimentos foram lançados: o Coletanea Office Square na Vila Carrão, em São Paulo e o Horizonte Jardins Offices & Hotel, em Aracaju. Mais dois devem ser lançados em breve: o Coletanea Vital Brasil, no Butantã, e o Residencial Unifamiliar, em Barueri. O Horizonte Diamond, previsto para ser lançado em Sorocaba no ano que vem, tem maior área.


fonte: SITE OFICIAL RC - 09.12.2013
CORA MEI BRAGA ISAJA, chegou ao mundo no dia 1º de novembro de 2013.
Neta caçula de Roberto Carlos, Cora é a segunda filha de Luciana Braga e Piero Isaja, já pais da pequena Ava de 3 anos.
Mamãe e bebê estão ótimas e se preparam para um Natal maravilhoso em família.


fonte: Pure People Online - 09.12.2013
ROBERTO CARLOS VAI PASSAR O REVEILLON SEU APARTAMENTO, EM MIAMI, NOS EUA

Roberto Carlos vai curtir a virada do ano com a família em seu apartamento, em Miami, nos Estados Unidos. Em conversa com a revista "IstoÉ", o empresário do cantor, Dody Sirena, declarou que o Rei está contente com o imóvel fora do país. "Ele está todo feliz com seu apartamento lá", disse.
Ainda segundo o empresário, Roberto não aceitou uma proposta da TV Globo para fazer uma minissérie sobre sua vida. "Eles ofereceram milhões, mas Roberto não quis. Agora, ele próprio anunciou que fará a trilogia. Vai lançar biografia, depois vem o cinema e aí uma minissérie na tevê", explicou.
Na entrevista, Dody deixou claro que Roberto e Caetano Veloso voltaram a ser amigos após a polêmica sobre biografias. "É uma amizade antiga. Roberto ficou muito sensibilizado depois queCaetano pediu perdão público". Recentemente, Caetano usou a sua coluna no jornal "'O Globo" para criticar a postura de Roberto Carlos em relação ao assunto.
Sobre a vida pessoal, Roberto Carlos parece viver um bom momento. De acordo com uma fonte do Purepeople, ele está namorando a cearense Iara Andrade. O relacionamento já dura dez anos. "Ela é louca por ele, dedica sua vida ao Roberto. Ele também gosta muito dela, então, está na hora de assumir", disse uma pessoa próxima do casal.


fonte: G1 Pernambuco Online - 06.12.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA NESTA SEXTA-FEIRA (6) EM CARUARU, NO AGRESTE
‘Rei’ cantará sucessos a partir das 23h, na casa de shows Palladium.
Apresentação contará com a presença de uma orquestra e de um coral.

O cantor Roberto Carlos se apresenta nesta sexta-feira (6) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O Rei, como é conhecido, cantará sucessos na casa de shows Palladium, a partir das 23h.
Roberto Carlos fará um show repleto de sucessos, entre eles, “Amor perfeito”, “Como é grande o meu amor por você”, “Detalhes”, “Lady Laura” e “Esse cara sou eu”, premiado como Melhor Canção Brasileira pelo Grammy Latino deste ano. A apresentação contará ainda com a presença de uma orquestra e de um coral que acompanham os shows do cantor.
Os ingressos estão sendo vendidos na Banca Terceiro Mundo e no site Ingresso Rápido. Estudantes e idosos pagam meia entrada. A casa de shows Palladium fica no Bairro Nova Caruaru, às margens da BR-104. A classificação indicativa da apresentação é 16 anos


fonte: Diário de Pernambuco Online - 05.12.2013
ROBERTO CARLOS ESCORREGA DURANTE APRESENTAÇÃO EM CIDADE DO PIAUÍ
Os fãs lotaram a casa de festas em show animado

O cantor retornou à cidade após dez anos da última apresentação
Após dez anos sem se apresentar em Teresina, Roberto Carlos voltou à cidade. O show foi realizado nesta quarta-feira (4) na casa de festas Theresina Hall, em comemoração ao aniversário de uma empresa no Nordeste.
No meio do show o cantor quase sofreu uma queda do palco depois de escorregar em um tapete. Os ingressos para a festa esgotaram e mais de 20 mil pessoas compareceram a apresentação do rei.


fonte: Música Online - 03.12.2013
ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS TERÁ TOP DJS NACIONAIS E EP DE REMIXES

Felipe Venâncio e DJ Mau Mau participam de especial de Roberto Carlos e de EP de remixes
Não é de hoje que a música eletrônica rompeu a barreira do underground. A presença de top DJs brasileiros como DJ Mau Mau e Felipe Venâncio, porém, no especial de Natal de Roberto Carlos, soa como algo sem precedente para a exposição do gênero para o grande público.
"Engraçado estar no palco em um especial de Natal porque venho de uma linhagem de DJs que ficavam escondidos dentro de uma cabine arcapetada, cheirando a cigarro e fumaça e que via a pista por uma pequena janela", afirma Venâncio, que assina a direção artística e fez os convites aos produtores. "A música atravessou barreiras e conquistou novas fronteiras", completa Mau Mau.
Também estão no projeto Dexterz, Memê e o norte-americano Erick Morillo. O EP de cinco faixas foi liberado com destaque no iTunes nesta terça-feira, com o seguinte tracklist: 01. É proibido fumar - DJ Mau Mau; 02. Se você pensa - Erick Morillo; 03. É preciso saber viver - Dexterz; 04. O Portão - Felipe Venâncio; 05. Fera ferida - DJ Memê.
"Desde o começo o conceito foi muito bem definido. Pegamos produtores que saberiam trabalhar uma master e que saberiam valorizar a canção. Não queria que os fãs não identificassem as suas músicas favoritas. Outra coisa era que não precisávamos ter um leque de variações eletrônicas. Como vc vai ter um Skrillex do Roberto Carlos? Não é Roberto Carlos, concorda?", pondera Felipe Venâncio, que é um dos principais DJs e produtores de house do país.
"O primeiro grupo de artistas convidados foram os pioneiros em seus estilos, vieram seguidos dos talentos de hoje e fechei com novos nomes que vão ser notícia, ao meu ver, daqui a um tempo. Os fãs antigos vão se sentir homenageados por conta da canção, que foi mantida. Os novos ouvintes já existem e os vi no cruzeiro, Emoções em Alto Mar. Só faltava colocar todos na mesma pista", afirma Venâncio.
Já Mau Mau, expoente e um dos pioneiros do tech-house e tecno no Brasil, ressaltou que a iniciativa não é inédita, mas tem um peso especial por se tratar de Roberto Carlos. "Para quem acompanha o meu trabalho, não é novidade minhas parcerias e participações em outras áreas. Já remixei e trabalhei com vários artistas da mpb, pop e rock nacional, participei do primeiro carnaval eletrônico ao lado de Daniela Mercury, e reconstruí a ópera O Guarani de Carlos Gomes. Com o meu projeto M4J, nos anos 90, misturei ritmos regionais com a eletrônica e ainda levei a bateria da escola Camisa Verde e Branco para um festival na cidade de Istambul", lembra.
Em seguida, Mau Mau falou sobre o convívio com o "rei". "Dividir o palco com o maior artista nacional foi uma experiência espetacular. Roberto Carlos é extremamente educado e atencioso, os cansativos dias de ensaio foram ensinamentos emocionantes, nos quais a música atravessou barreiras e conquistou novas fronteiras", aponta.
Felipe Venâncio também vê a participação e o EP como definidores de um novo tempo para a música eletrônica. "Sem dúvida. Não estamos mais nos anos 90 e hoje a cultura das pistas de dança invadiu todos os cenários."
Venâncio conta também que sentiu um "frio na barriga" e "que estava vivendo uma coisa muito pop" ao relatar o que passou pela sua cabeça durante as gravações. "De repente passou um medley de festas e grandes momentos que vivi quando estávamos passando som. Penso que todo o projeto de remixes é muito corajoso e moderno para um artista como o Roberto Carlos. Ter outros produtores reinterpretando a sua obra é demais e uma prova da sua visão", diz


fonte: G1 Online - 03.12.2013
ROBERTO CARLOS LANÇA EP DE REMIXES E DIVULGA VERSÃO DE 'SE VOCÊ PENSA'
Disco tem 5 faixas antigas remixadas por grupo de Junior Lima e mais DJs.
'Se você pensa' pode ser ouvida no Vevo; álbum completo custa R$ 9,40.

Roberto Carlos lançou nesta terça-feira (3), na loja digital iTunes, um EP com cinco faixas remixadas. O álbum "Roberto Carlos Remixed" tem versões eletrônicas feitas pelo Dexterz, grupo de Junior Lima, irmão de Sandy, e os DJs Memê, Erick Morillo, Felipe Venâncio e Mau Mau. Uma das faixas, "Se você pensa" também foi divulgada na íntegra para audição no site Vevo.
O disco custa US$ 3,99 (R$ 9,40) no iTunes. Não foi divulgado se o disco terá versão física, além das faixas para download no iTunes.
Outro remix de "Se você pensa", assinado por Memê, fez parte do álbum ao vivo de 2002 do cantor. Neste EP, o remix da música é assinado por Erick Morillo, Harry Romero e Jose Nunez. Veja abaixo a lista de faixas do disco:
1 - Fera Ferida (DJ Meme Club Mix)
2 - Se Você Pensa (Erick Morillo, Harry Romero & Jose Nunez Radio Remix)
3 - O Portão (Felipe Venancio House Mix)
4 - É Proibido Fumar (DJ Mau Mau Remix)
5 - É Preciso Saber Viver (Dexterz Remix)
Anúncio em dezembro de 2012
Em dezembro de 2012, Roberto Carlos, em show no Maracanãzinho, no Rio, chamou ao palco o DJ Memê para tocar em novo arranjo a música "Fera ferida". Roberto aproveitou para anunciar o lançamento em 2013 do álbum com músicas remixadas. “Nunca pensei que alguém fosse mexer tanto numa música minha desse jeito. Eu adorei”, disse Roberto ao público.


fonte: Revista Monet - 02.12.2013
Roberto Carlos é um dos ícones da música brasileiro. Pioneiro da Jovem Guarda, o Rei é o artista solo com mais álbuns vendidos na história do país. Ao todo, foram mais de 120 milhões de discos comercializados.


fonte: Umuarama Ilustrada Online - 02.12.2013
ROBERTO CARLOS VAI VIRAR O REI DAS RAVES!

Projeto que espera há anos liberação e aprovação do Rei, "Roberto Carlos Remixed", neste domingo (1º) chega ao mercado essa novidade fonográfica que promete agitar as festas brasileiras de fim de ano... O disco é um EP com cinco músicas e conta com a participação de famosos DJ's convidados, que armam festa dançante em torno de canções de várias épocas do cantor.
O lançamento, marcado para este domingo (1º), está sendo festejado pela mídia como um presentão de Natal para antigões e para a nova geração que curte música eletrônica.
Marcello Mansur, o Memê, um dos convidados do CD, pôs sua batida house no sucesso "Fera Ferida". A canção, já ouvida em shows do próprio Roberto, no início do ano, que contou com a participação de Memê, é um destaques do projeto, junto à épica “É Preciso Saber Viver", um dos primeiros sucessos da carreira do Rei e que é o carro-chefe do CD.
São apenas 5 músicas: "O Portão", "É Proibido Fumar", "Se Você Pensa" - e as citadas "Fera Ferida" e " É Preciso Saber Viver" -, assinadas pelos DJ's Felipe Venâncio, Memê, Dexter e MauMau. A gravadora Sony resolveu lançar “Roberto Carlos Remixed” em formato EP, ou seja, um CD com cinco faixas, para tentar repetir o sucesso de “Esse Cara Sou Eu”, que em 2012 virou coqueluche nacional e agora ganhou o Prêmio Grammy Latino como Melhor Canção.
Quem diria, hein? Canções que embalaram a Jovem Guarda nos anos 60 e 70, agora tocando nas baladas do Século 21??? Pois é justamente isso que vai acontecer: as antigas ‘canções do Roberto’ na era da música robótica, quase hipnótica, pop e dançante, que é o sucesso dos clubes noturnos no mundo inteiro desde os anos 80.
Denominada de música eletrônica, dance music ou techno, ela é o combustível de uma contracultura contemporânea, que, após as gerações dos hippies e dos punks, encontra nos “clubbers” (nome dado a boa parte dos freqüentadores dos clubes e festas de música eletrônica), nas raves e na cultura dos DJs e os seus principais elementos! É isso mesmo: estou com 60 anos bem vividos e ainda não vi tudo messsssmo!


fonte: Rondônia Dinâmica Online - 02.12.2013
APÓS POLÊMICA COM "PROCURE SABER", ROBERTO CARLOS CONTROLA A PRÓPRIA BIOGRAFIA
Cantor não quer deixar ninguém chateado com publicação

SÃO PAULO - Roberto Carlos deixou o "Procure Saber", grupo fundado em parceria com outros artistas para debater a produção de biografias não autorizadas, mas ainda segue regras rigorosas quando é sua história contada em um livro.
E a medida vale até mesmo quando é ele quem escreve a obra. Preocupado com o material que será publicado, o cantor tem adotado uma rotina metódica no uso de suas palavras, segundo o jornal "Agora São Paulo".
Prova disso é que o artista teria contado o número de vezes em que suas ex-mulheres foram citadas nas páginas da biografia, e só teria ficado satisfeito quando chegou à conclusão de que tudo estava equilibrado. Assim, nenhuma delas poderá se chatear.


fonte: Ache Belém Online - 02.12.2013
CRUZEIRO DE ROBERTO CARLOS NÃO CONTARÁ MAIS COM A PRESENÇA DE TOM CAVALCANTE
O próximo cruzeiro do cantor Roberto Carlos, que dessa vez acontece entre os dias 8 e 12 de fevereiro de 2014, contará com uma grande baixa.
De acordo com o colunista Flávio Ricco, o humorista Tom Cavalcante, que esteve presente em todas as edições, não confirmou presença desta vez.
O motivo seria o novo endereço de Tom, que agora mora em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ao que tudo indica, ficaria inviável ao humorista vir ao Brasil para participar do cruzeiro.
A organização do evento, que é sucesso de público e vendas, já está em busca de outro nome para substituir Tom Cavalcante nas apresentações de humor que acontecem a bordo do navio.
Enquanto isso, Roberto Carlos está mesmo preocupado é com sua biografia que, inclusive, teve o número de vezes em que suas ex apareceram no livro revisado pelo próprio cantor, tudo para não gerar problemas entre elas.
Além disso, o rei também prepara um outro livro feito para colecionadores, que vai contar sua vida e obra por meio de fotos e trechos de músicas.
"Há quatro anos estamos trabalhando na edição de um livro de fotografias minhas. Durante todo esse tempo pesquisamos e selecionamos imagens que vão mostrar vários momentos da minha vida profissional e pessoal. Estamos muito próximos da edição deste livro. Estou muito contente com tudo que está sendo feito e o lançamento será em abril de 2014", declarou Roberto.
A narrativa contada no livro será organizada com trechos das mais de 500 músicas que compuseram o repertório do cantor, que começou ainda nos anos 60 e perdura até hoje.
Esta edição aparece depois de o Rei se envolver em polêmicas ao tentar retirar de circulação uma biografia não autorizada sobre sua vida.
Em 2006, a editora Planeta lançou "Roberto Carlos em Detalhes", de Paulo César de Araújo, um compilamento de 16 anos de pesquisas com mais de 200 entrevistas com pessoas que fizeram parte da vida do cantor, mas Roberto repudiou a publicação afirmando que haveriam informações mentirosas. Ele entrou com um processo, pedindo que retirassem de circulação a obra.
Na época, ele venceu a causa e, em 2007, o livro foi retirado das livrarias.


fonte: Agora São Paulo - 01.12.2013
TRAFICANTE CONTRATOU ROBERTO CARLOS PARA FAZER SHOW, DIZ IRMÃO
Imagens de Roberto Carlos vestido de palhaço e de Charles Chaplin (1889-1977) vão aparecer no telão durante o tradicional show de Natal do cantor na Globo. Em 2013, ele completa 40 anos da emissora.


fonte: Fátima News Online - 01.12.2013
TRAFICANTE CONTRATOU ROBERTO CARLOS PARA FAZER SHOW, DIZ IRMÃO
Sem limites para extravagâncias, Pablo Escobar enviou o seu avião particular ao Rio apenas para buscar mulheres e, segundo o irmão, contratou Roberto Carlos para cantar em Medellín.
"Roberto Carlos veio a Medellín para um show trazido por nós, mas em uma discoteca", disse Roberto Escobar, irmão mais velho do traficante, à reportagem da Folha.
Foi numa rápida conversa durante o tour em sua casa --em troca de uma entrevista exclusiva, seu guia de turismo havia pedido US$ 5.000.
Fanático por Roberto Carlos, Escobar tinha em sua fazenda uma jukebox apenas com canções do brasileiro, conforme relatado no livro "Killing Pablo" (matando Pablo), de Mark Bowden.
O Rei fez dois shows em Medellín em fevereiro de 1988. O primeiro ocorreu no luxuoso hotel Intercontinental, alvo de um carro-bomba dois anos depois.
Procurada pela Folha, a assessoria de imprensa de Roberto informou que ele "está em turnê pelo Nordeste e, por esse motivo, não será possível fazer esta consulta".
A reportagem também perguntou a Roberto Escobar sobre uma passagem do seu livro, "Mi Hermano, el Patrón Escobar". Ali, descreve uma festa com "cinco hermosas garotas", escolhidas "por meio de um amigo no Brasil".
"É um famoso cirurgião plástico brasileiro", disse.
A fascinação com as brasileiras começou em 1982, quando Escobar e outros dez integrantes da cúpula do Cartel de Medellín passaram o Carnaval no Rio.
Segundo o livro "La Parábola de Pablo", de Alonso Salazar, o grupo gastou US$ 500 mil durante a estadia.
De volta, Escobar ordenou que o seu piloto fosse ao Rio buscar "garotas". A ordem foi cumprida em 15 horas.
Mas surgiu um problema: a mulher de Escobar, Victoria, estava chegando de helicóptero à fazenda.
"Quando a sua mulher chegou, tudo estava em ordem. E quando finalmente partiu, Pablo ordenou que o avião, que havia dado voltas por três horas sobre os céus da [fazenda] Nápoles com as cabareteiras, aterrissasse de novo"


fonte: Pioneiro Online - 30.11.2013
ROBERTO CARLOS VAI EMPLACAR MÚSICA NA NOVELA 'EM FAMÍLIA'
Canção será mostrada antes no especial de final de ano do Rei

Depois do sucesso de Esse Cara Sou Eu, em Salve Jorge, Roberto Carlos irá apostar em outra trilha romântica na próxima novela das nove, Em Família. O cantor emplacou a música Cartas de Amor, versão da americana Love Letters, de Victor Young e Edward Heyman, no folhetim de Manoel Carlos.


fonte: Zero Hora Online - 30.11.2013
TATÁ WERNECK PARTICIPA DO ESPECIAL DE FIM DE ANO DE ROBERTO CARLOS
O programa vai ao ar no dia 25 de dezembro

Tatá Werneck chamou Roberto Carlos de "Roberts"
Tatá Werneck, toda cheia de intimidade chamando Roberto Carlos de "Roberts", protagonizou um dos momentos mais engraçados da gravação do especial de fim de ano do cantor, sábado passado (23/11).
– Roberts, não sei como vou pagar esta roupa, mas obrigada. Dividi em 10 vezes no cartão de uma tia, mas estou muito feliz. Estou de calcinha-short e não respiro há uma semana, mas estou muito honrada – brincou a atriz.
A plateia adorou. O show teve trajes de gala em comemoração aos 40 anos que o programa completa na Globo. Vai ao ar no dia 25 de dezembro.


fonte: Boa Informação Online - 30.11.2013
GLOBO E CANTOR ROBERTO CARLOS PLANEJAM MEGASHOWS NO EXTERIOR
A Globo e o cantor Roberto Carlos estão planejando realizar outros megashows, a exemplo do que aconteceu em 2011, em Jerusalém.
Segundo informações da colunista Monica Bergamo, o Rei deverá se apresentar em Las Vegas no ano que vem e em Taormina, na Itália, em 2015. A ideia é que os eventos aconteçam sempre na semana doferiado de 7 de setembro.
O show na Europa terá direção artística de Jayme Monjardim e consultoria do cineasta Franco Zeffirelli.
Roberto Carlos deve ainda gravar um CD inteiro em italiano, com versões de sucessos recentes, como “Esse Cara Sou Eu”.
Em tempo:
No dia 25 de dezembro, a Globo exibe mais um tradicional especial de fim de ano com Roberto Carlos.
O show foi gravado no último sábado (23), na Cidade das Artes, zona Oeste do Rio de Janeiro, em clima de festa.
Isso porque em 2013 o especial do Rei completa 40 anos.


fonte: Tribuna do Norte Online - 29.11.2013
ROBERTO CARLOS SEGUE SEU REINADO

O tempo passa, e Roberto Carlos segue ostentando o cetro e a coroa da popularidade musical brasileira. O show que o eterno ‘Rei’ apresentará neste sábado, às 22h, no Teatro Riachuelo, é o tradicional balanço dos seus quase 50 anos de carreira, onde ele canta as canções mais marcantes de décadas passadas, sempre ao lado dos novos sucessos. O tom geral é romântico, para todos os saudosistas cantarem juntos. Roberto será acompanhado pela sua habitual orquestra.
Roberto Carlos tem repertório para muitos shows. Hits do passado e de hoje convivem juntos no palco, como “Como é grande meu amor por você”, “Esse cara sou eu”, “Amor perfeito”, “Nossa Senhora”, “Detalhes”, “Amor sem limite”, “Amigo”, “Furdúncio”, “Emoções”, “A mulher que eu amo”, “Eu te amo, eu te amo, eu te amo”, “Como vai você?”, “Jesus Cristo eu estou aqui”, entre outras, que cobrem várias fases do Rei, da Jovem Guarda até a religiosa.
Roberto Carlos fez sua primeira gravação em 1959. Em 1963, com o lançamento do disco Splish Splash, se transforma num dos mais populares artistas jovens da época. O ano seguinte é marcado pelo lançamento de “É Proibido Fumar”, cheio de canções que se tornariam clássicos do pop nacional. Hoje, consagrado, faz turnês nacionais e internacionais - recentemente fez turnê pelo Peru, México e Estados Unidos.


fonte: Surgiu Entretenimento Online - 28.11.2013
ROBERTO CARLOS AGORA TERÁ DOIS ESPECIAIS POR ANO NA GLOBO
O Rei assinou contrato para shows internacionais

Além do já tradicional especial de fim de ano, Roberto Carlos e a TV Globo fecharam parceria para realizar mais um anualmente. Segundo a coluna de Môncia Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, trata-se de um megashow internacional, que deve ir ao sempre na semana do Sete de Setembro. A exemplo de Jerusalém que o Rei fez em 2011, estão previstos espetáculos em Las Vegas, em 2014, e em Taormina, na Itália, em 2015.
A apresentação italiana terá direção artística de Jayme Monjardim e a consultoria do cineasta Franco Zeffirelli.
"Roberto vai gravar também um disco todo em italiano", disse Dody Sirena, empresário do Rei, à publicação”.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 28.11.2013
ROBERTO CARLOS CONSERVA TRADIÇÃO NA EMBALAGEM E TÍTULO DO EP 'REMIXED'

Era para ser um álbum e com um título bastante criativo, Reimixed, que aludia ao fato de Roberto Carlos ser o Rei para boa parte dos brasileiros. Mas o álbum acabou virando um EP de título Remixed, editado no rastro do sucesso do EP Esse cara sou eu (2012), que teria roçado os dois milhões de cópias vendidas. Nas lojas no início de dezembro de 2013, em edição que vai ser distribuída pela Sony Music, o EP Remixed enfileira versões dançantes de cinco músicas assinadas por Roberto com Erasmo Carlos. Os DJs Dexter, Felipe Venâncio, MauMau e Memê jogam na pista as músicas É proibido fumar (1964), Se você pensa (1968), É preciso saber viver (1974), O portão (1974) e Fera ferida (1982). Quatro remixes são inéditos. O de "Se você pensa" já foi lançado em 2002. Além do título, a capa do EP estampa o conservadorismo do Rei.


fonte: Terra - 28.11.2013
GLOBO PLANEJA SHOWS DE ROBERTO CARLOS EM LAS VEGAS E ITÁLIA

A exemplo de Jerusalém, em 2011, a TV Globo e Roberto Carlos planejam ao menos dois megashows do rei, sempre na semana do feriado de 7 de setembro. De acordo com a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, estão previstos Las Vegas, em 2014, e em Taormina, na Itália, em 2015.
A apresentação italiana terá direção artística de Jayme Monjardim e consultoria do cineasta Franco Zeffirelli. Roberto Carlos deve gravar um álbum inteiro em italiano, com lançamento previsto para 2014, com versões de sucessos recentes, como Esse Cara Sou Eu.


fonte: Jornal de Notícias - 27.11.2013
ROBERTO CARLOS MANTÉM ROMANCE SECRETO HÁ DEZ ANOS

Não se conhece uma única namorada do músico Roberto Carlos de 72 anos, desde 1999, altura em que ficou viúvo. Mas uma fonte próxima do cantor veio agora assegurar que ele namora há dez anos com a produtora de eventos Iara Andrade, de 43 anos.
"Eles são namorados, sim! Estão juntos há dez anos e isso não é novidade para ninguém da família dela ou amigos próximos. Mas esse assunto é particular deles e só eles podem falar a seu respeito", contou um amigo de Iara Andrade ao site brasileiro "Extra Online", da "Globo".
Esta fonte revelou ainda que o casal tem o hábito de se encontrar a bordo dos cruzeiros que Roberto Carlos faz pelo Brasil e na própria casa da produtora, em São Paulo.
"Duvido que ela queira falar sobre esse assunto com os media. A Iara sempre foi muito discreta. E se o namoro deu certo até hoje, foi por isso. Eu até acho que eles deveriam assumir, que ela deveria ser reconhecida como mulher dele... mas não me meto. Esse é um assuntos dos dois", concluiu o amigo."
Apesar de muito se ter especulado, Roberto Carlos nunca assumiu publicamente nenhum relacionamento desde que a sua mulher, Maria Rita, morreu vítima de cancro, em 1999.


fonte: Época (Coluna Bruno Astuto) - 26.11.2013
ROBERTO CARLOS NA PRÓXIMA NOVELA DE MANOEL CARLOS
Roberto Carlos quer emplacar, novamente, uma música no horário nobre da Globo

Pelo visto Roberto Carlos está a fim de repetir o grande sucesso que fez com a canção Esse cara sou eu, que fez parte da novela Salve Jorge e vendeu mais de 2 milhões de cópias. A próxima aposta do Rei estará no folhetim que sucederá Amor à vida. Na trilha de Em família, de Manoel Carlos, Roberto estará presente com a canção Cartas de amor, versão da canção americana Love letters (Victor Young e Edward Heyman), já gravada por ele em 1984. Roberto, inclusive, já inseriu a canção em seu tradicional especial de final de ano, gravado no último sábado (23) na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Entre os convidados do Rei estavam a funkeira Anitta e o veterano Lulu Santos.


fonte: PB Agora Online - 26.11.2013
ROBERTO CARLOS GRAVA COM TATÁ WERNECK

Os funcionários do Projac, complexo de estúdios da Globo localizado em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, preferiram usar roupas claras, em especial o azul, nesta terça-feira (26).
O motivo? O Rei! Roberto Carlos compareceu na emissora para gravar com a divertida Tatá Werneck cenas que farão parte de seu especial de fim de ano, que será exibido na Globo.
A gravação principal com show e participações, foi gravada no ultimo sábado (24), na Cidade das Artes, na Zona Oeste carioca.


fonte: Pure People Online - 26.11.2013
ROBERTO CARLOS ESTARÁ NA TRILHA DA NOVA NOVELA DO AUTOR MANOEL CARLOS, NA GLOBO
Roberto Carlos estará na trilha da nova novela do autor Manoel Carlos, na Globo. Depois do enorme sucesso com a canção "Esse Cara Sou Eu", de "Salve Jorge", o rei pretende emplacar mais uma música no horário nobre. Segundo o colunista Bruno Astuto, desta vez, a aposta de Roberto é a canção "Cartas de Amor", versão da americana "Love Letters", de Victor Young e Edward Heyman. Em 1984, Roberto gravou a música que, agora, servirá de tema para os personagens de "Em Família". Inclusive, ele inseriu a canção em seu especial de final de ano, gravado no último sábado (23), na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.
Durante o especial, Marcelo Adnet animou a plateia e até cantou "Emoções". O primeiro convidado foi Lulu Santos, interpretando "As Curvas da Estrada de Santos" e também "Como Uma Onda". Depois, foi a vez de Tatá Werneck ser recebida por Roberto e arrancar risos da plateia com uma dublagem.
Na sequência, Anitta subiu ao palco. Emocionada, a cantora acompanhou Roberto Carlos na canção "Olha". Um dos pontos altos da noite veio em seguida, com um dueto que mesclou "Show das Poderosas" e "Se Você Pensa".
O show terminou, claro, da forma tradicional: Roberto cantou "Jesus Cristo" e fez a entrega de rosas ao público presente. O especial "40 anos. Juntos" será exibido no dia 25 de dezembro, logo após "Amor à Vida".


fonte: Correio do Povo Online - 26.11.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA EM MACEIÓ NESTA QUINTA

· Roberto Carlos em Maceió – Trazendo os seus maiores sucessos, o cantor Roberto Carlos vai se apresentar nesta quinta-feira (28) no Ginásio do Sesi a partir das 22h. Os ingressos, que já estão disponíveis e podem ser comprados na ótica Diniz da Rua Artur Vital da Silva, na Gruta de Lourdes, estão custando R$ 160,00 (inteira) para Arquibancada, R$ 220,00 Arquibancada Ouro, Setor R$ 300,00 Amarelo Numerado e R$ 380,00 Setor Azul.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 26.11.2013
É MUITA NOVIDADE, BICHO
Roberto Carlos aderiu ao Instagram. Da vida pessoal, não há foto alguma por lá. Ele usa a rede social de compartilhamento de imagem só para fins profissionais. Sem graça.


fonte: Veja Online - 25.11.2013
ROBERTO CARLOS - ACREDITE - QUEBRA PROTOCOLOS EM ESPECIAL
Programa de fim de ano da Globo comemora 40 anos de parceria com o cantor, que respondeu com uma de suas canções o 'Show das Poderosas' de Anitta

Ousada em um vestido curto e transparente, Anitta subiu ao palco disposta a deixar Roberto Carlos "ba-ban-do". E ele, mesmo preocupado em não perder nenhuma curva do corpo da funkeira com os olhos, não se deixou intimidar pelo par de pernas que mais vai dar o que falar na noite de Natal desde Paula Fernandes. Quando ela entoou o já batido "Pre-para", todos começaram a se perguntar se Roberto realmente a acompanharia no funk. Não seria novidade - ele já gravou Ela Só Pensa em Beijar, de MC Leozinho. Mas a surpresa foi geral quando decidiu responder à altura do ego inflado de Anitta, com: "Se você pensa que vai fazer de mim/ O que faz com todo mundo que te ama/ Acho bom saber que para ficar comigo/ Vai ter que mudar" e "Daqui para frente/ Tudo vai ser diferente/ Você tem que aprender a ser gente/ Seu orgulho não vale nada". O público que lotava o teatro da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, reverenciou a dupla, entre gargalhadas e aplausos.
A cena foi o auge da gravação do Especial Roberto Carlos, que a TV Globo apresentará na noite de Natal - este ano comemorando quatro décadas de parceria com o cantor. Cerca de 1.200 convidados foram recepcionados por um tapete azul que os conduzia à Grande Sala, onde foram feitas mais de duas horas de filmagens. Não é novidade que Roberto tem aversão ao vermelho, mas desta vez ele permitiu um detalhe da cor na gravata que chamava a atenção no terno totalmente branco e em detalhes de neon no palco. Só não resistiu à piada quando seu "irmãozinho" Erasmo Carlos entrou vestindo preto da cabeça aos tornozelos - os sapatos eram brancos. "Só ele se atreve a vir de preto no meu programa", disse, para emendar: "Mas, tudo bem, ele pode". "Só tinha esse. Joguei todos os outros fora", brincou o Tremendão, que cantou com o amigo Meus Amores da Televisão, e depois, sozinho, Além do Horizonte, trilha e título da nova novela das sete.
Pouco antes, Roberto Carlos havia apresentado os novos arranjos que algumas das canções mais famosas da dupla ganharão em um novo EP que será lançado em breve. Reimix vai transformar em batidas eletrônicas as clássicas Fera Ferida, O Portão, É Proibido Fumar e É Preciso Saber Viver. DJs dividiram o palco com o cantor para dar uma amostra do que vem por aí. Um Roberto mais descontraído também foi visto na apresentação ao lado de Tiago Abravanel, que em um primeiro momento entrou caracterizado de Tim Maia, cantando Não Quero Dinheiro, em referência ao musical que o alçou ao sucesso. Depois, já como "Tiago de verdade", ele conseguiu tirar da boca do protagonista da noite os versos de Negro Gato, música que há anos ele não cantava - muito menos em seu especial de fim de ano. Ao ator/cantor coube uma coreografia desinibida diante do ídolo a quem fez questão de chamar de "senhor" o tempo todo.
Set list - Já era quebra de protocolos demais para um cantor conhecido pelo fascínio religioso a seus rituais. E no resto da noite eles foram seguidos à risca. Ele abriu o show com Emoções e o encerrou com Jesus Cristo. Entre uma e outra, o repertório de sempre ainda contemplou Como Vai Você, Esse Cara Sou Eu, Detalhes, Proposta, Outra Vez e Como é Grande o Meu Amor Por Você. Anitta ainda fez outro dueto em Olha, antes de participar de uma tentativa de "pegadinha" com Tatá Werneck. A atriz repetia um agradecimento sem fim a Roberto pelo convite, no humor que lhe é peculiar - "Estou sem respirar há horas para entrar nesse vestido, mas muito obrigada" - quando foi convidada por ele a cantar. Ela abriu a boca diante do microfone, mas foi dublada pela funkeira carioca, que apareceu cantando o refrão de Força Estranha. Tatá ao menos não se arriscou em terreno que não conhece, e saiu do palco antes de ver Anitta deixando o nervoso lhe desafinar.
Quem abriu o rol de convidados da noite foi Lulu Santos - em uma clara forma de agradecimento pelo CD recente que lançou só com músicas de Roberto e Erasmo. "Fiz um disco inteiro em sua homenagem, você bem que podia gravar essa", pediu ele, antes do dueto em Como Uma Onda. Lulu entrou com um discurso ensaiado para Roberto, e contou que ainda se lembra da emoção que sentiu quando, aos 11 anos, foi levado por um tio para ver uma apresentação do então astro da Jovem Guarda. "Tenho certeza de que foi naquele dia que eu decidi ser o que sou hoje. De uma certa forma, sua vida se funde com a minha. E isso tudo daria um filme, ou um sonho", declarou, emocionado, o único que teve a participação elogiada pelo dono do programa. "Foi muito melhor do que no ensaio", disse, enquanto Lulu finalizava a participação, depois de cantar também As Curvas da Estrada de Santos.
Nos intervalos em que Roberto saía para conferir como andava a gravação, a missão de entreter os convidados ficou com Marcelo Adnet, que arrancou risos fáceis da plateia. "Vamos fazer uma pausa agora para trocar a fita", anunciou ele, dando mais uma prova de que seu talento está no roteiro improvisado e na total liberdade de criação - e talvez por isso ainda não tenha encontrado lugar na emissora. Quem explicou a escolha dos convidados da noite foi o diretor do especial, Jayme Monjardim: "Roberto faz questão de homenagear as pessoas que fizeram mais sucesso ou deram o que falar nesse ano. Também pensamos sempre em contemplar estilos variados. Afinal, não é fácil fazer um programa diferente a cada ano". Roberto Carlos - 40 Anos Juntos vai ao ar no dia 25 de dezembro, logo após Amor à Vida


fonte: Diário de Pernambuco Online - 25.11.2013
FAMOSOS PARTICIPAM DA GRAVAÇÃO DO ESPECIAL DE FIM DE ANO DE ROBERTO CARLOS

A funkeira cantou as canções Olha, Show das Poderosas e Se você Pensa
O fim do ano se aproxima e as gravações dos especiais de Natal já começaram. As filmagens do show de Roberto Carlos foram feitas no último sábado (23), no Rio de Janeiro. Segundo o colunista Leo Dias, a gravação do programa teve alguns problemas. A apresentação começou com atraso de 50 minutos porque cantor precisou esperar as cadeiras serem ocupadas para iniciar o show. De acordo com a publicação, a emissora precisou contratar figurantes para preencher as poltronas da Cidade das Artes.
Nas redes sociais, a cantora Anitta e a humorista Tatá Wernerk publicaram imagens do encontro. A intérprete do hit Show das Poderosas definiu o momento como "inesquecível". "Ser escolhida, convidada e elogiada pelo rei da nossa música, tudo por conta do meu trabalho, foi inesquecível. Ouvi-lo dizer tudo de lindo que disse pra mim quando me ouviu cantar, e também o que disse sobre minhas musicas, foi a maior prova de conquista que senti na vida. Isso apaga qualquer coisa, pessoa, comentário, pensamento ou desejo ruim que aproximem de mim", comentou. A funkeira cantou as canções Olha, Show das Poderosas e Se você Pensa.
A humorista Tatá Werneck agradeceu a Deus, amigos e família pelo encontro. "Esse momento foi um dos mais especiais da minha vida". O programa está prevista para ser exibido em 25 de dezembro.


fonte: O Dia (Coluna Leo Dias) - 25.11.2013
FIGURANTES OCUPAM LUGAR DE CONVIDADOS NO SHOW DO REI
Na noite deste sábado(23) o cantor Roberto Carlos gravou o seu tradicional especial de fim de ano da Rede Globo.

Roberto Carlos gravou no último sábado seu tradicional especial que a Globo exibe no fim do ano. A gravação aconteceu na Cidade das Artes e, para ocupar todos os lugares da plateia, foi preciso ajuda de… Figurantes! Isso mesmo, caro leitor. Não havia convidados suficientes para preencher todos os lugares. O show, que estava marcado para começar às 20h, foi iniciado com 50 minutos de atraso porque os atores contratados precisavam se acomodar. Em pouco tempo, mulheres com vestidos longos e cheios de paetês, acompanhadas por homens de terno, se acomodavam, ocupando os lugares que faltavam. Antes do Rei se apresentar, a chefe da segurança do local subiu ao palco. Os convidados — os de verdade — estranharam alguém pisar no palco antes de Roberto Carlos. A moça mostrou as saídas de emergência e apresentou sua equipe. Em minutos, um monte de bombeiros e seguranças estavam no palco onde o Rei ainda iria pisar. Cai o pano.
Às 20h50, Roberto Carlos surgiu lindo, de terno branco e gravata branca com detalhe em vermelho. Lulu Santos foi o primeiro convidado e não precisou repetir seu número. Saiu de lá direto para fazer seu próprio show, no Citibank Hall. O cicerone da noite foi Marcelo Adnet. A Globo contratou o humorista e parece não saber o que fazer com ele, então o artista vira até animador de plateia.
Erasmo Carlos apareceu de preto para cantar com o Rei. A cor da vestimenta não passou despercebida por ele. “Você é tão amigo que eu te permito entrar de preto”. Erasmo logo respondeu: “Era o único terno que eu tinha”. Anitta cantou ‘Olha’ com Roberto.
Nervosa na presença do Rei, ela apresentou o ‘Show das Poderosas’ e repetiu. Roberto disse que era um prazer ficar “babando” com Anitta. E ele ainda elogiou ‘Zen’, a nova música de trabalho da cantora. “Essa música é muito boa. Eu ouço no rádio”, justificou Roberto. Na hora de ‘Champanhe’, garçons entram com taças cheias para o brinde coletivo, se atrapalharam, voa bandeja e copo para todo lado. Como consequência, faltou champanhe para todo mundo. O Rei encerrou o show cantando ‘Jesus Cristo’. Apesar dos contratempos, o saldo da noite foi positivo. Roberto estava visivelmente feliz e o especial vai ao ar no dia 25 de dezembro.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 25.11.2013
ROBERTO GRAVA CANÇÃO 'CARTAS DE AMOR' PARA TRILHA DA NOVELA 'EM FAMÍLIA'
Na noite deste sábado(23) o cantor Roberto Carlos gravou o seu tradicional especial de fim de ano da Rede Globo.

Roberto Carlos vai estar presente na trilha sonora da próxima novela das 21h da Rede Globo de Televisão - Em família, prevista para estrear em fevereiro de 2014 - com gravação de Cartas de amor, versão em português de Love letters (Victor Young e Edward Heyman), canção norte-americana de 1945. Lançada pelo cantor Agnaldo Timóteo em 1967 e regravada por Roberto Carlos em seu álbum de 1984, a versão da canção foi incluída pelo Rei no roteiro do especial 40 anos - Juntos, cuja exibição está agendada para 25 de dezembro de 2013 pela TV Globo. Na foto, extraída do Instagram oficial do artista, Roberto é visto na gravação do especial, feita na Grande Sala da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro (RJ), em 23 de novembro de 2013.


fonte: Dez Minutos de Arte Online - 25.11.2013
EM NOITE DE GALA ROBERTO GRAVA ESPECIAL E DIZ QUE SÓ ERASMO TEM DIREITO DE USAR PRETO EM SEU PROGRAMA
Na noite deste sábado(23) o cantor Roberto Carlos gravou o seu tradicional especial de fim de ano da Rede Globo.

Numa cerimônia que remetia à entrega do Oscar, a emissora celebrou os 40 anos de parceria com o rei, que vestido impecavelmente, recebeu os cerca de 1200 convidados que lotaram a Cidade das Artes no Rio de Janeiro.
Boa parte do elenco da emissora estava lá : Paola Oliveira e Joaquim Lopes,Susana Vieira,Mateus Solano,Zeca Camargo,Patrícia Poeta,Serginho Groissman,Julia Lemmertz e Alexandre Borges,Lizandra Souto,Murilo Rosa,Ricardo Pereira,Monique Alfradique,Regiane Alves,Carol Castro,Kadu Moliterno,Marcos Frota,Paula Burlamaqui,Guilhermina Guinle,Marcos Frota e até o recém contratado Marcelo Adnet, que animou a plateia enquanto ajustes eram feitos no palco.
Carol Castro disse que sua canção predileta é “Como é grande o meu por você” e Paola Oliveira afirmou que todos têm ao menos uma canção do rei para lembar de bons momentos da vida.Já a atriz mirim Klara Castanho diz que embora muito jovem,adora ouvir os discos de Roberto, mas que só canta em casa porque se considera muito desafinada.
Como de praxe Roberto entrou no palco acompanhado por uma bela orquestra de músicos, comandada pelo maestro Eduardo Lages, que há anos trabalha com o rei.Após abrir o show com “Emoções”, o cantor, todo de branco(num terno impecável,onde o único contraste de cor que se via era o detalhe em vermelho da gravata) se disse muito confortável por cantar para uma plateia de artistas, o que segundo ele o faz se sentir entre amigos.
Com um poema de Vinicius de Moraes, Roberto deu sequência ao romantismo cantando “Como vai você” e logo após emendou “Esse cara sou eu”, seu mais recente sucesso radiofônico.
Antes de começar a dedilhar no violão os primeiros acordes de “Detalhes”, o rei afirma que quando não inclui a canção no seu repertório o público reclama e quando canta, por vezes é questionado sobre a repetitividade das canções.
O primeiro convidado a ser chamado ao palco é Lulu Santos, que com seu entusiasmo habitual levantou a plateia com “As curvas da Estrada de Santos” e um dueto memorável com Roberto em “Como uma onda”, de sua autoria, cuja canção ele pediu informalmente que o rei gravasse.
Tatá Werneck entrou no palco trazida pelo próprio Roberto e com sua verve cômica provocou muitas risadas, dizendo entre outras coisas que sua mãe adoraria ser a “amada amante” que o cantor fala em sua romântica canção.A atriz , que finge estar cantando, serve de trampolim para a entrada de Anitta, que com seu carisma encanta a todos com sua interpretação de “Olha”, antigo sucesso do rei, que não se fazendo de rogado ainda puxou a moça para uma dança coladinha.E logo em sequência num imprevisível dueto , Roberto cantava “Se você pensa” entremeando com o hit “Show das Poderosas”, que a cantora apresentava junto com suas dançarinas.
Após uma bela interpretação de “Cartas de amor”, versão feita pelo rei para a antiga “Love letters”(Cole Porter), que estará na próxima novela da Globo, Roberto chama ao palco Tiago Abravanel, que entra caracterizado como Tim Maia, canta “Não quero dinheiro” e surpreende fazendo o rei relembrar um sucesso até então adormecido do repertório em virtude de suas superstições, “Negro Gato”.
Outro momento inusitado se deu em seguida quando entraram no palco quatro dj’s renomados que contribuíram para o lançamento do próximo álbum de Roberto (que ainda esse fim de ano deve estar nas lojas), com remixes de alguns sucessos como “Fera Ferida,”O portão”,”É proibibo fumar” e “É preciso saber viver”.Mostrando pouco entrosamento com a tecnologia usada nas pistas de dança, Roberto chegou a repetir o número, mas demonstrou um certo desconforto com o resultado, chegando a sugerir mais uma repetição, o que foi abortado pela direção do programa, que deve editar boa parte do número na exibição.
Como não poderia faltar, o eterno amigo Erasmo Carlos também compareceu e desafiou o rei com um figurino todo preto, que numa bem humorada afirmação disse : ” Só ele mesmo para vir todo de preto no meu programa , mas ele pode”.E juntos deram início à antiga canção da dupla, gravada por Roberto em 1983, “Meus amores da televisão”.
A apresentadora Fátima Bernardes entrou no palco para agradecer em nome da Rede Globo todos os anos de parceria com a emissora, relembrou com um vídeo exibido no telão algumas passagens do rei em especiais antigos e aproveitou para entregar um trófeu simbolizando o carinho da Rede Globo para com ele, que após brindar a todos com entusiasmo, entoou o clássico “Champagne”, de Pepino Di Capri e o seu sucesso “Como é grande o meu amor por você”, que se encarregou de aproximar do palco as mais animadas da plateia, ávidas por uma rosa atirada pelo rei, que encerrou a noite memorável com a tradicional distribuição das flores , desejando a todos um excelente ano de 2014 , ao som de “Jesus Cristo”.




















fonte: Caras Online - 24.11.2013
ANITTA DIZ QUE CANTAR COM ROBERTO CARLOS FOI A SUA GRANDE CONQUISTA
Cantora Anitta conta que a participação no especial de Roberto Carlos compensa os 'contras' da fama.
'Isso apaga qualquer coisa, pessoa, comentário, pensamento ou desejo ruim que aproximem de mim. Não tem explicação', diz

A cantora Anitta ficou emocionada em participar da gravação do especial de fim de ano de Roberto Carlos '40 anos. Juntos'. Ela dividiu o palco com o Rei e interpretou a canção Olha. Os dois ainda fizeram um dueto que mesclou Show das Poderosas e Se Você Pensa.
A artista usou seu perfil no Instagram para falar da emoção que sentiu. "Não tenho palavras pra descrever o que senti não só ontem mas durante toda a experiência de participar desse especial. Ser escolhida, convidada e elogiada pelo rei da nossa música, tudo por conta do meu trabalho, foi inesquecível", disse.
"Ouvi-lo dizer tudo de lindo que disse pra mim quando me ouviu cantar, e também o que disse sobre minhas músicas, foi a maior prova de conquista que senti na vida. Isso apaga qualquer coisa, pessoa, comentário, pensamento ou desejo ruim que aproximem de mim. Não tem explicação", continuou.
O especial será exibido no dia 25 de dezembro, na Globo. "Foi uma apresentação linda, impecável, perfeita pra mim pro resto da vida. Roberto abençoa todos os lugares que chega, é notável, é mágico. Ninguém tem ideia do tamanho da sua grandeza até estar diante dele. Todo respeito e admiração ficaram maiores e gravados pra sempre na minha memória. Cada ensaio uma aula de tudo. Só penso em meus avós que estão no céu, o quanto eles estariam felizes e emocionados com esse momento. Obrigada a todos os envolvidos neste especial pelo convite, por terem realizado um sonho meu e da minha família e pelo carinho com o qual fui tratada. E obrigada aos meus fãs, família e equipe que me fazem chegar a lugares tão especiais como esse", terminou.
Tatá Werneck, outra convidada especial do evento, também usou a rede social para falar do encontro com Roberto. "Obrigada Deus, vida, amigos, família, pessoas, Roberto amado... esse momento foi um dos mais especiais da minha vida!".
O especial, gravado no último sábado, 23, teve ainda participações especiais de Lulu Santos, Tiago Abravanel e Erasmo Carlo


fonte: Terra Online - 24.11.2013
ROBERTO CARLOS BRINDA COM FAMOSOS EM GRAVAÇÃO DE ESPECIAL DE FIM DE ANO
Cantor brinda com atores e atrizes da TV Globo, que exibe o show no final de 2013

O cantor Roberto Carlos emocionou o público na gravação de seu especial de fim de ano da TV Globo, realizada na noite de sábado (23), na Cidade das Artes, zona oeste do Rio de Janeiro. O programa, que traz anualmente ao canal um show do Rei cantando seus maiores sucessos, é exibido desde 1974.
Simpático como sempre, o cantor de 72 anos sorriu, conversou com a plateia, repleta de famosos do quadro de dramaturgia da Globo, e até convidou os presentes a se aproximarem do palco para um brinde. Oferecendo a taça de espumante, o rei brindou com atores como José de Abreu e Susana Vieira e com o apresentador Serginho Groisman.
Durante o espetáculo, Roberto recebeu alguns nomes para acompanhá-lo no palco em duetos. Entre eles estiveram Anitta, Erasmo Carlos, Tiago Abravanel, a atriz Tatá Werneck e Fátima Bernardes.


fonte: Quem Online - 23.11.2013
ROBERTO CARLOS GRAVA ESPECIAL DE FIM DE ANO E REÚNE FAMOSOS NO RIO DE JANEIRO

Roberto Carlos escolheu o sábado (23) para gravar seu tradicional especial de fim de ano, exibido todos os anos na TV Globo. Na Cidades das Artes, no Rio de Janeiro, o Rei cantou seus maiores sucessos e surpreendeu com as participações especiais, que vão de Lulu Santos, Anitta e Tiago Abravanel a Erasmo Carlos e Tatá Werneck.
Com direção de núcleo de Jayme Monjardim, direção geral de João Daniel Tikhomiroff e roteiro de Marcelo Saback, o especial tem previsão de ser exibido na noite do dia 25 de dezembro e marca nada menos que os 40 anos de parceria do cantor com a Globo.
Carol Castro foi um dos artistas que conferiram a apresentação. Sem o namorado, que está em São Paulo, a atriz comentou que se emocionou com o show. "Vim também no especial do ano passado e sou super fã dele. Adoro a música Como É Grande Meu Amor Por Você", disse ela.
"Curto Roberto desde a minha adolescência. Adoro as músicas e já perdi as contas de quantas vezes vim com a Júlia (Lemmerz)", contou Alexandre Borges. Bianca Bin também marcou presença e falou da importância do Rei. "Na verdade o Roberto não é da minha geração, mas conheci e adorei as músicas por causa da mãe e minha avó. Estarei ao lado do marido para assistir", disse antes do show.
Paolla Oliveira foi um dos nomes mais assediados da apresentação e, ao lado de Joaquim Lopes, explicou que estava muito feliz de conferir o especial de fim de ano do cantor. Kiko Pissolato, que interpreta o motorista Maciel em Amor à Vida, contou quem o dia é de comemoração. "É minha primeira vez no especial. Fiz oito anos de relacionamento com a minha esposa, Bruna e hoje a trouxe para comemorar", revelou.

SUSANA VIEIRA

ROBERTO CARLOS

FAMOSOS NO SHOW DE ROBERTO CARLOS

ROBERTO CARLOS

JULIA LEMMERTZ E ALEXANDRE BORGES

RENATA CERIBELLI E ZECA CAMARGO

JULIANA PAIVA

MATEUS SOLANO E PAULA BRAUN

LULU SANTOS

FLÁVIA ALESSANDRA

FERNANDA KEULLA

PAOLLA OLIVEIRA E DAVID BRAZIL

FÁTIMA BERNARDES E ANITTA


fonte: Ego Online - 23.11.2013
ROBERTO CARLOS GRAVA ESPECIAL DE FIM DE ANO COM ARTISTAS
Paolla Oliveira e Joaquim Lopes, Carol Castro, Julia Lemmertz e Alexandre Borges e outros foram assistir ao show do cantor.

Roberto Carlos
Roberto Carlos gravou seu especial de fim de ano da TV Globo neste sábado, 23, na Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio. E vários famosos como os casais Paolla Oliveira e Joaquim Lopes eJúlia Lemmertz e Alexandre Borges foram prestigiar o cantor.
"Onde Roberto Carlos está é especial. Sempre que cruzo com ele, mesmo em programas de TV, é ótimo. Não temos uma música em especial do Roberto. Temos o clima dele', declarou Paolla, dando um abraço romântico em Joaquim.
Júlia, que se prepara para começar a gravar "Em Família", onde fará a protagonista Helena, falou sobre o desafio e mostrou animação. "É um trabalho muito bonito e esperado, um papel delicioso. Estou feliz e ansiosa. Sem dúvida o fato da minha mãe ter sido a primeira Helena do Maneco traz um gosto diferente. Foi um dos personagens que ela mais gostou de fazer. Tinha 16 anos na época e lembro que ela estava sempre estimulada".
Sobre sua parceria com Bruna Marquezine, que irá fazer Helena na segunda etapa da novela, e depois fará sua filha, ela foi só elogios: "Ainda não gravamos juntas, mas tivemos muitos encontros para trocar dicas, ler os textos e criar uma intimidade. Está sendo lindo. A Bruna é fofa, incrível, compenetrada..."
Lisandra Souto, que estava com o namorado, Gustavo Fernandes, não via a hora de assistir mais uma vez ao Rei. "Já perdi a conta de quantos shows eu assisti. Sou a maior fãzona dele, sei todas as musicas. O Gustavo também adora ele. Tem até uma banda chamada Cadillac, que canta as músicas do Roberto em ritmo de rock", contou.
Kiko Pissolato, que faz o motorista de "Amor à vida", estava com a mulher, Bruna, e o clima era de romance. "Hoje completamos oito anos juntos. 'Como é grande nosso amor por voce' foi trilha do nosso casamento."

Roberto Carlos

Roberto Carlos

Roberto Carlos

Roberto Carlos

Roberto Carlos


fonte: Portal O Dia Online - 22.11.2013
CAETANO E ROBERTO CARLOS VENCEM GRAMMY LATINO
O reconhecimento chegou dias após os dois artistas protagonizarem cenas de desentendimento por conta da polêmica sobre a publicação das biografias não autorizadas.
Caetano Veloso e Roberto Carlos foram alguns dos brasileiros que se destacaram no Grammy Latino 2013, realizado na noite da última quinta-feira (21), em Las Vegas, Estados Unidos.
O reconhecimento chegou dias após os dois artistas protagonizarem cenas de desentendimento por conta da polêmica sobre a publicação das biografias não autorizadas.
Brasileiro com mais indicações - em cinco categorias -, Veloso venceu o prêmio de 'Melhor Álbum de Compositor" e 'Melhor Arte de Capa" por sua mais recente obra, o "Abraçaço" (2012).
O "Rei", por sua vez, levou o título de "Melhor Canção Brasileira" pelo hit "Esse Cara Sou Eu", sucesso nas paradas como trilha sonora da novela "Salve Jorge", da Globo.


fonte: TVG - 22.11.2013
VIVA O REI! ROBERTO CARLOS GRAVA ESPECIAL DE FIM DE ANO
Tatá Werneck, Erasmo Carlos e Tiago Abravanel foram alguns dos convidados que participaram

Entregar rosas para os fãs já é tradição nos shows de Roberto Carlos
Todo fim de ano é certo: o Rei Roberto Carlos enche de alegria o público cantando seus sucessos em um show cheio de magia. Neste ano, o especial celebra os 40 anos de parceria entre Roberto Carlos e a Globo. Além de convidados e elenco da emissora na plateia, o espetáculo conta com participações especiais como Lulu Santos, Tata Werneck, Anitta, Tiago Abravanel, Erasmo Carlos e Fátima Bernardes.
‘40 anos. Juntos’ tem exibição prevista para o dia 25 de dezembro, logo após ‘Amor à Vida’. O programa tem direção de núcleo de Jayme Monjardim, direção geral de João Daniel Tikhomiroff e roteiro de Marcelo Saback.


fonte: Plenário - A Notícia Agora Online - 22.11.2013
CAETANO VELOSO E ROBERTO CARLOS LEVAM PRÊMIO GRAMMY LATINO 2013
Caetano, Roberto Carlos e Victor e Leo já venceram em festa nesta quinta. O colombiano Carlos Vive levou três prêmios.
Discos de Caetano Veloso , Roberto Carlos, Victor e Leo e Jota Quest, entre outros, renderam prêmios ao Brasil no Grammy Latino 2013. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira (21) no centro de eventos do hotel e cassino Mandalay Bay, de Las Vegas, nos Estados Unidos.
O colombiano Carlos Vive levou três prêmios: melhor canção e melhor canção tropical, ambos por “Volvi a nacer”, e melhor álbum tropical, por “Corazón profundo”.
O ex-menudo Draco Rosa ganhou o troféu por melhor álbum, com “Vida”, enquanto o norte-americano Marc Anthony faturou o prêmio de melhor gravação, por “Vivir mi vida”.
Nas categorias destinadas exclusivamente à música brasileira, os premiados foram Esse cara sou eu, de Roberto Carlos (melhor música); Salve Gonzagão: 100 anos (disco de raízes); Redescobrir, de Maria Rita (MPB); Eletrosamba, de Alexandre Pires (samba e pagode); Ao vivo em Floripa, de Victor e Leo (música sertaneja); Ao vivo no Rock in Rio, do Jota Quest (rock); Músicas para churrasco, de Seu Jorge (pop); e Profeta da esperança, de Kleber Lucas (música cristã).
Entre os prêmios abertos a todos os artistas latinos, Nelson Freire foi o primeiro músico do Brasil com prêmio anunciado, para Brasileiro, na categoria de música clássica. Já o encarte do álbum Abraçaço, de Caetano, deu a Tonho Quinta-Feira & Fernando Young o prêmio de melhor design de disco. Caetano também ganhou na categoria Melhor disco de cantor e compositor, com Abraçaço.


fonte: Ego Online - 22.11.2013
ROBERTO CARLOS PASSEIA COM SEU CARRÃO CONVERSÍVEL PELAS RUAS DO RIO
Roberto Carlos foi fotografado passeando de carro pelas ruas da Zona Sul do Rio. O cantor dirigia seu Lamborghini conversível branco. Morador da Urca, o Rei tem o costume de deixar seu apartamento de frente para a praia no automóvel e dirigir em direção ao seu estúdio, no mesmo bairro.
Roberto é um apaixonado por carros e não faz enconomia para concretizar seus sonhos automobilísticos. O possante guiado por ele atinge uma velocidade de 325km por hora e custa mais de R$ 1 milhão.

Roberto Carlos ao volante

O Lamborghini do Rei

Roberto Carlos esteve na Zona Sul do Rio

Roberto Carlos

O possante do Rei é fabricado na Itália

O veículo custa mais do que R$ 1 milhão

Roberto Carlos adora passear na cidade com seu carro


fonte: Terra Online - 20.11.2013
ANITTA FALA SOBRE ESPECIAL COM ROBERTO CARLOS: "NÃO SABIA O QUE FAZIA"
A cantora lançou sua coleção de roupas em uma loja na capital paulista

· Anitta continua empolgada com sua participação no especial de fim de ano de Roberto Carlos, da TV Globo. Nesta quarta-feira (20), durante o lançamento da coleção de roupas da cantora para a rede de lojas Marisa, na unidade da avenida Paulista, em São Paulo, ela falou sobre o contato com o músico.
“Fiquei feliz de saber que ele me escolheu. Ele foi um querido no ensaio, tratou muito bem minha família", afirmou. "Dá muito nervoso saber que o Roberto Carlos chegou. Não sabia o que fazia", completou.
Recentemente, Anitta foi apontada como um suposto affair do humorista Fábio Porchat. Ela, no entanto, foi incisiva ao afirmar que não tem nenhum tipo de relacionamento com o ator: "não, gente, estou totalmente solteira".


fonte: Época Online (coluna Bruno Astuto) - 20.11.2013
CENÁRIO DO ESPECIAL DE FIM DE ANO DO "REI" SERÁ EM TONS DE AZUL
Roberto Carlos vai gravar sábado seu especial na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

Aos 45 do segundo tempo Roberto Carlos bateu o martelo: seu especial de fim de ano será gravado no próximo sábado (23), em um local onde ele nunca se apresentou- a Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O programa tem direção de núcleo de Jayme Monjardim, direção geral de João Daniel Tikhomiroff e roteiro de Marcelo Saback e, a princípio, será exibido na noite de 25 de dezembro. O especial vai celebrar os 40 anos de parceria entre o artista e a Rede Globo e, para comemorar a data, nomes como Lulu Santos, Tata Werneck, Anitta, Tiago Abravanel, Erasmo Carlos e Fátima Bernardes vão participar ao lado do Rei. Isso sem contar com grande parte do elenco da emissora, que estará na fila do gargarejo assistindo a gravação. O cenário, a pedido do cantor, será todo em tons de azul.


fonte: Rede Bom Dia Online - 20.11.2013
NAMORADA DO REI DEMOROU PARA DIZER SIM
Produtora de eventos roubou o coração de Roberto Carlos há 10 anos.

A namorada do Rei atende por Iara, tem 43 anos, e mora com os pais no Ceará
Não é a primeira vez que uma moça bonita é apontada como affair de Roberto Carlos. Além da beleza, o que elas têm em comum é que o Rei nunca assumiu publicamente o namoro.
O nome da vez é Iara Santos Andrade, 43 anos. A moça mora no Ceará e trabalha como produtora de eventos no hotel Marina Park e da banda Acaiaca – nesta última desde os 17 anos de idade, quando começou como bailarina do grupo.
A diferença da produtora para as outras supostas companheiras de Roberto é que o romance de 10 anos é real. Uma fonte do DIÁRIO, próxima a Iara, conta como os dois se conheceram: “Ele fez um show no Marina Park, hotel em que ela trabalha, e a chamou para sair. Na época, ela namorava e recusou o convite. Passou um bom tempo, até que eles se reencontraram em um show que ele fez em Recife, promovido pela mesma rede de hotéis. Ela estava solteira e ele insistiu para sair com ela novamente, até que ela aceitou”.
Ainda segundo a fonte, o casal se encontra nos bastidores dos shows do Rei e nas viagens de navio. “Ele convida os pais dela também para ir aos cruzeiros e eles sempre vão.”
Jogo de cintura/ Parece que o segredo para manter o relacionamento, guardado a sete chaves durante todo este tempo, é deixar as notícias esfriarem. “Em 2008, o namoro caiu na mídia, mas eles negaram. E acho que vão continuar negando”, aposta a fonte, que acredita na relação: “É um relacionamento de muito sentimento, uma história linda. Ela doou a vida toda a ele. E acho que ele está com ela até hoje porque teve de insistir no começo. Ela provou que gosta dele e não está com ele pelo dinheiro ou fama. Se fosse outra, ia querer mídia para se promover. Ela é muito reservada”.
Sobre as possíveis namoradas do Rei, a fonte do DIÁRIO diz que Iara não vê problemas: “Todas as vezes que disseram que ele estava com alguém, era ela a oficial. Mas ela não liga”.


fonte: Caras Online - 19.11.2013
ERASMO E ROBERTO CARLOS ENSAIAM DUETO PARA ESPECIAL DE NATAL
Erasmo Carlos é um dos convidados do tradicional especial de fim de ano de Roberto Carlos na Globo

Erasmo e Roberto Carlos ensaiam dueto para especial de Natal
Roberto Carlos encerrou a série de ensaios musicais para o especial de fim de ano da Globo. Erasmo Carlos foi o último a soltar a voz com o Rei no estúdio, no Rio de Janeiro, antes da gravação do show.
E o Tremendão mostrou uma foto do encontro em seu perfil no Facebook. "Ensaiando com meu amigo de fé-irmão-camarada",escreveu. A equipe de Roberto também mostrou os bastidores do ensaio no site do cantor. "Para fechar com chave de ouro as participações musicais, foi a vez de Erasmo Carlos dar o ar da graça no Estúdio Amigo. Parcerias definidas e devidamente ensaiadas. Agora é só esperar a gravação".
Nos últimos dias, ele ensaiou com Anitta, Lulu Santos e Tiago Abravanel. O especial terá direção de Jayme Monjardim e será apresentado por William Bonner e Fátima Bernardes. Tatá Werneck também é uma das convidadas do musical deste ano.


fonte: Pure People Online - 19.11.2013
ROBERTO CARLOS ESTÁ NEMORANDO A PROMOTORA DE EVENTOS IARA ANDRADE HÁ DEZ ANOS

O namoro de dez anos de Roberto Carlos que veio à tona nesta terça-feira (19), pelo visto, é mesmo pra valer.
SegundoPurepeople apurou, a eleita do Rei, a cearense Iara Andrade, mora em Fortaleza, mas os encontros com o cantor acontecem em São Paulo.
A discrição do relacionamento por tanto tempo, no entanto, é só para a mídia.
Para familiares e amigos próximos ao casal, o namoro não é novidade e tem a aprovação de todos.
No Facebook, por exemplo, Iara é amiga de Dudu Braga, filho de Roberto. "O Dudu é louco por ela. Quando vem à Fortaleza, os dois sempre jantam juntos. Ele sabe do romance do pai e aprova. Os pais dela também são a favor. O próprio Roberto sempre convida os sogros a ir nos cruzeiros da temporada 'Emoções em Alto Mar'", diz ao Purepeople uma pessoa próxima à Iara, que pediu para não ser identificada.
A morena e Roberto se conheceram há dez anos quando o cantor fez um show em um famoso hotel localizado na orla de Fortaleza, onde ela trabalha no setor de eventos. "Ela não queria nada com ele, mas o Roberto ficou insistindo. Depois a Iara foi a um show dele em Recife e, nesse reencontro, eles conversaram melhor", relata a fonte, completando que a discrição no namoro é algo que parte dos dois lados.
"Ela é muito reservada. Não gosta de se expôr. Mas a Iara merece o reconhecimento do Roberto. Eles têm um relacionamento de casados mesmo, por dez anos. Ela é louca por ele, dedica sua vida ao Roberto. Ele também gosta muito dela, então, está na hora de assumir", torce.
Ao contrário do que foi divulgado, Iara, de 43 anos, não mora em São Paulo. "É lá que eles se encontram. Pelo menos uma vez por mês ela vai pra lá encontrá-lo. Isso quando não vai aos shows. Todos os músicos da banda do Roberto, por exemplo, a conhecem. Pergunte ao Dedé (Marquez, percussionista), por exemplo", entrega a fonte.
Entre amigos, a escolhida pelo Rei é muito querida. Assim como Maria Rita e Miriam Rios, ex-mulheres do cantor, Iara também é católica fervorosa. "Toda quinta-feira à noite e domingo de manhã vai à igreja que fica ao lado do hotel em que ela trabalha. É uma mulher de princípios, por isso ele a escolheu. Lembra muito o estilo da Miriam Rios, sabe?", compara.
A morena também não faz o estilo ciumenta. Mesmo com tantos supostos romances, Iara confia no Rei. "Quando falaram que ele estava saindo com a Paula Fernandes, ela não ficou com ciúmes. É muito segura no namoro. Nessa época, saiu uma notinha dizendo que ele tinha sido flagrado com a Paula. Na verdade, era a Iara. Ela riu muito e achou graça porque a Paula tem cabelos compridos e ela não", relembra a fonte.
Além de trabalhar no hotel, Iara coordena eventos da Banda Acaiaca, grupo muito conhecido em Fortaleza por se apresentar em feiras, eventos e congressos. Antes, ela já havia trabalhado como dançarina na banda. A morena foi descoberta aos 17 anos em um concurso de balé clássico.
"Mas seu trabalho não fazia o estilo dançarina de axé. Ela participava de danças folclóricas, algo elegante. A Iara é uma menina muito prendada. Não foi só ela que tirou a sorte grande ao conhecer o Rei. Ele também tirou", elogia. Procurada por Purepeople, Iara prefere se manter discreta. "Não quero falar sobre isso, me desculpa. Entendo o trabalho da imprensa, mas me prefiro não me posicionar".


fonte: Pure People Online - 19.11.2013
ROBERTO CARLOS ESTARIA NAMORANDO UMA CEARENSE HÁ DEZ ANO, SEGUNDO O JORNAL 'O DIA' DESTA TERÇA-FEIRA

A vida amorosa de Roberto Carlos é um mistério desde a morte de sua mulher, Maria Rita, em dezembro de 1999. Muitas mulheres foram apontadas como as donas do coração do Rei, mas nenhuma foi oficialmente confirmada. Agora surge mais uma informação.
Segundo a colunista Regina Rito, do jornal "O Dia" desta terça-feira (19), o cantor não está só namorando, como o romance já dura dez anos. A eleita seria uma mulher cearense, identificada apenas como Iara. Ela, atualmente, mora em São Paulo.
O último suposto affair de Roberto foi a produtora baiana Luciana Sobreira. Ele, no entanto, desmentiu a informação por meio de sua assessoria de imprensa. "Me pareceu competente, uma moça bonita, mas nós nunca namoramos. Não sei porque estão dizendo isso", afirmou ele.
Em dezembro do ano passado, Rosiana Beltrão, superintendente do Cais de Porto de Maceió, foi apontada como affair do Rei. Informação também negada. "Não é verdade nem que eu conheça pessoalmente essa pessoa. Sei que ela é supervisora do porto onde estive para receber minha embarcação", disse o cantor.
O irmão mais velho de Roberto, Carlos Alberto, já declarou em entrevista à revista "Caras" que o Rei não está solteiro. "Ele nunca está sozinho, acho que está (namorando), mas gostaria que ele dissesse", contou à publicação.
Há aproximadamente um ano, em entrevista ao "Fantástico", Roberto disse que estava se apaixonando. "Estou ficando", revelou o artista, meio sem jeito. E ainda concluiu: "Ainda não é um novo amor, mas quem sabe", finalizou.


fonte: Caras Online - 18.11.2013
TIAGO ABRAVANEL ENSAIA COM ROBERTO CARLOS PARA ESPECIAL DE FIM DE ANO
Tiago Abravanel é um dos convidados do especial de fim de ano de Roberto Carlos

Tiago Abravanel ensaia com Roberto Carlos para especial de fim de ano
Depois de Anitta e Lulu Santos foi a vez de Tiago Abravan soltar a voz com Roberto Carlos.
Os dois se encontraram no domingo, 17, para ensaiar o número que farão no tradicional especial de fim de ano do Rei, exibido em dezembro na Globo.
O especial terá direção de Jayme Monjardim e será apresentado por William Bonner e Fátima Bernardes. Tatá Werneck também é uma das convidadas do musical deste ano.


fonte: Caras Online - 17.11.2013
LULU SANTOS ENSAIA COM ROBERTO CARLOS PARA ESPECIAL DE FIM DE ANO
Lulu Santos participará do show de fim de ano de ano de Roberto Carlos e já está ensaiando.

Lulu Santos ensaia com Roberto Carlos para especial de fim de ano
Anitta não é a única que já está ensaiando para o tradicional show de fim de ano de Roberto Carlos. O cantor Lulu Santos, que também é jurado do The Voice, registrou o ensaio com o Rei e publicou a imagem no Instagram. Na legenda, escreveu: “Tarde de ensaio”.


fonte: O Diário.com - 14.11.2013
BIOGRAFIA DEVE PRESERVAR INTIMIDADE, DIZ ADVOGADO DE ROBERTO CARLOS
A batalha pela autorização prévia das biografias é página virada. A luta agora, segundo o advogado de Roberto Carlos, Antonio Kakay de Almeida Castro, é pela preservação da intimidade. Algumas palavras mudam no jogo proposto por Kakay: sai " liberdade de expressão", entra "direito à informação". "Estamos falando de biografias, que têm de ter informações, não de livros de ficção (nos quais vale tudo)", diz ele. Sai a desgastada "privacidade", entra a "intimidade". "Elas são a mesma coisa", diz.
Kakay gostaria de incluir ajustes ao projeto de autoria do deputado Newton Lima (PT-SP), que está prestes a ser votado na Câmara dos Deputados. Se for aprovado (depois da Câmara segue para o Senado e para sanção presidencial), os autores de biografias não precisarão mais da autorização dos biografados para lançar livros. Os ajustes propostos por Kakay dizem respeito aos temas saúde, família e amigos dos biografados.
A reportagem destrinchou o tema intimidade (ou privacidade) com biógrafos e advogados especialistas em direitos autorais. Com o próprio Kakay, surgiram os dois primeiros tópicos de uma espécie de tratado informal sobre o assunto:
1) Vida privada: Fatos da chamada vida privada são preserváveis até o momento em que ela interferir em fatos profissionais. Se o artista usa um episódio vivido dentro de sua casa para compor uma canção, ele deixa a esfera da privacidade e se torna pública, portanto biografável.
2) Auto-exposição prévia. Se, em qualquer momento de sua vida, um artista fala a uma publicação (jornais, revistas) sobre um episódio ou uma rotina considerados íntimos (sua vida doméstica, um acidente, um trauma, uma amante), ele mesmo elimina o caráter privativo do fato e o torna passível de ser biografado, sem ônus ao biógrafo por fazê-la recorrendo aos arquivos.
Mais tarde, a reportagem elaborou outros dois itens:
3) Paralelismos biográficos: histórias vividas por mais de um personagem não têm caráter de exclusividade. Se ela ocorre quando o personagem principal encontra-se em grupo, se é testemunhada em espaços públicos e com a participação direta de outros agentes, entende-se que não pertence a um, mas a todos os envolvidos na cena.
4) Terceiros: muitos são os casos de personagens secundários ou terciários citados em biografias. Se eles vivem um momento fundamental na obra do artista, devem ser procurados pelos biógrafos para expor suas histórias. Se não se pronunciarem, podem ter seus nomes e seus episódios citados por outras pessoas que também estiveram na cena, ou por documentos que comprovem fatos.
O biógrafo Ruy Castro, depois de ler os pontos, considerou: "Acho todos os argumentos irrefutáveis. Eu próprio, nos cursos de biografia que dou, sempre enfatizo alguns: 1) Se uma história, delicada ou não, é indispensável para elucidar a trajetória pessoal ou profissional do biografado, ela deve ser usada. Se não, não. 2) A interferência de outras pessoas na vida do biografado só deve ser usada se auxiliar na compreensão do biografado. 3) Uma biografia não trata de uma só pessoa, mas de um grupo, de um lugar e de uma época".
O jornalista e biógrafo de Raul Seixas, Edmundo Leite, não concorda com o detalhamento da intimidade. "Tentar regulamentar esses limites legalmente ou num código de conduta é uma coisa errada, perigosíssima, danosa em qualquer sentido. Estão querendo criminalizar algo que não é crime. Piorará ainda mais a situação." Ele cita um caso prático: "Você não está cometendo um crime, que é o que uma regulamentação provocaria, se falasse de um determinado namorado da Elis Regina na adolescência, antes da carreira, mesmo que teoricamente isso não tenha nada a ver com sua obra. Imagine se esse namoradinho seguiu a vida dele e se tornou uma grande personalidade. E ambos não gostassem de mencionar isso. É uma mera curiosidade na vida de ambos. Uma boa biografia perderia sem isso".


fonte: Ego Online - 14.11.2013
PRE-PA-RA! ANITTA ENSAIA COM ROBERTO CARLOS PARA ESPECIAL DE FIM DE ANO
Cantora postou registro do encontro em seu perfil do Instagram nesta quinta-feira, 14.
Como sempre acontece, Roberto Carlos fica ligadinho em tudo o que foi sucesso durante o ano para levar ao seu especial na TV Globo. E, pelo registro abaixo, o rei ficou de olho em Anitta, e chamou a cantora para cantar com ele. A foto foi parar no perfil da cantora, que contou ainda que se tratava de um registro de um ensaio. "Ensaiando com o Rei Roberto Carlos para o seu especial de fim de ano. Obrigada pelo convite. Amei conhecer Roberto. Que pessoa incrível, transmite a paz no lugar inteiro quando chega. Do bem, alegre, simpático, simples, cuidadoso. Amei!", babou ela. Agora, resta saber se Robertão vai dançar o "Show das poderosas". Será?

Anitta e Roberto Carlos: será que o rei ficou ba-ban-do?

Roberto Carlos e Renan Machado, irmão de Anitta: ele também tietou o rei


fonte: Boa Informação Online - 14.11.2013
GLOBO DEFINE LISTA DE CONVIDADOS DO ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS

Anitta ensaia com Roberto Carlos para especial de fim de ano
Ainda em se tratando de Natal e do especial de Roberto Carlos, a Globo pretende reunir cerca de 1200 convidados na plateia, além daqueles que subirão ao palco para interagir com o rei – como são os casos de Erasmo Carlos, Lulu Santos, Tiago Abravanel, Tatá Werneck, Anitta e Fátima Bernardes. Quatro conhecidos DJs também darão suporte ao programa. No ar, dia 25 de dezembro.


fonte: O Globo - 11.11.2013
CORPINHO DE 30
“40 anos, Juntos” é como se chamará o especial do Roberto Carlos deste ano. No cenário de May Martins estará um lustre feito de metal e cristal tcheco, com seis metros de diâmetro. A gravação será dia 23 de novembro e a exibição, dia 25 de dezembro.


fonte: G1 Online - 09.11.2013
TATUADOS COM MÚSICA CONHECEM ROBERTO CARLOS E FICAM 'EM CHOQUE'
Nathalie e irmão Fernando encontraram Rei após show em Campo Grande.
Estudantes tatuaram a canção 'Como é grande o meu amor por você'.
Irmãos com Roberto Carlos durante encontro.

Unidos pelos laços fraternos e pela tatuagem da música 'Como é grande o meu amor por você', os estudantes e irmãos Nathalie e Fernando Becker, de 23 e 22 anos, conseguiram realizar o sonho de conhecer Roberto Carlos, na quinta-feira (7), dia em que o cantor fez show em Campo Grande.
"Estou em êxtase e em choque até agora. Ainda não consigo acreditar que consegui ir ao show, sentar em frente ao palco e ir ao camarim. Minhas pernas ficaram trêmulas e chorei muito. Ele falava: 'não chora, menina, não chora'”, relata Nathalie sobre o encontro com o Rei. “Falei que ele não sabia o quanto foi difícil estar lá e o quanto ele é importante na minha vida e do Fernando."
Segundo a jovem, Roberto Carlos gostou da tatuagem e até fez fotos com eles mostrando a canção nas costas. "Ele disse que já sabia da nossa história. Isso para mim foi incrível. Fora que ele é carismático, simpático, simples e atencioso. Eu não consegui dormir de tanta emoção", declara.

Canção marcante
A música 'Como é grande o meu amor por você' ficou marcada na história da família Becker Nathalie a cantou para o irmão Fernando no momento em que ele estava em coma. Segundo ela, ele reagiu após ouvir a melodia. Depois disso, resolveram tatuar a letra nas costas.
Nossa amizade e cumplicidade são muito fortes. Ele sabia que eu estava lá, cantando pra ele e segurando na mão dele".
Os dois cresceram ouvindo a música na voz da mãe Évora Becker, que a entoava como canção de ninar.
Gerente administrativa em uma unidade básica de saúde de Campo Grande, Évora contou que sempre foi fã de Roberto Carlos, mas que a canção tem uma importância maior, não apenas por conta da recuperação do filho, mas também porque traz lembranças da mãe, avó de Fernando e Nathalie, que pediu para ouvir a canção, que eles apelidaram de 'o tanto', antes de morrer.
Renascido A família conta que Fernando foi internado depois de cair e fraturar duas vértebras da coluna. Ninguém sabe como o acidente aconteceu. Ele foi encontrado já desmaiado dentro do banheiro na casa da família. Ficou cerca de dez dias em coma.
Nathalie lembra que foi visitar o irmão no hospital. "Minha mãe já tinha pedido para eu cantar ‘o tanto’ [apelido da música par a família] para o meu irmão. Quando vi ele naquela situação, desacordado, só pensei em cantar, porque a gente sempre cantava quanto estava com algum problema, era uma forma de nos unir e mostrar um pro outro que estávamos ali do lado", relata.
Segundo ela, até então o rapaz não estava respondendo bem aos estímulos externos. "Comecei a cantar e segurei na mão dele, e de repente ele respondeu com estímulo, apertou minha mão. Fiquei muito emocionada e continuei cantando, até que ele abriu os olhos pra mim", lembra, emocionada.
A jovem afirma que a música despertou no caçula um pouco da consciência 'adormecida' pelo estado de coma. "Nossa amizade e cumplicidade são muito fortes. Ele sabia que eu estava lá, cantando para ele e segurando na mão dele, mesmo sem me ver. Depois disso ele começou a se recuperar mais a cada dia", explica.
Fernando conta que teve trombose cerebral, hipoglicemia severa e e outras complicações. Depois de voltar do coma, ficou ainda 20 dias internado até receber alta. Do acidente, não restou uma sequela.
Após o episódio, ele e Nathalie tiveram a ideia de fazer a tatuagem. Foi quando decidiram registrar na pele o momento que viveram no hospital. "Tivemos a ideia juntos e resolvemos tatuar, a princípio, só a primeira parte da música. Mas alguma coisa faltava e então tatuamos o restante da letra. O momento foi meu e dele, mas a tatuagem também foi uma homenagem à nossa mãe e nossos avós", relata.
Évora só ficou sabendo sobre a atitude dos filhos seis meses após o procedimento. Quando resolveram contar, levaram bronca. "Não sou fã de tatuagem, por isso não queria que eles fizessem nada que rabiscasse a pele, mas achei bonito o motivo e a homenagem que fizeram um para o outro", disse.


fonte: Cifra Club News Online - 06.11.2013
ROBERTO CARLOS ROMPE COM ASSOCIAÇÃO 'PROCURE SABER'

O cantor Roberto Carlos decidiu romper laços com a associação “Procure Saber”. A organização reúne autores, artistas e pessoas ligadas ao universo musical dedicadas a estudar e informar os interessados e a população em geral sobre regras, leis e funcionamento da indústria da música no Brasil.
Entre os integrantes do “Procure Saber” estão personalidades como Chico Buarque, Caetano Veloso , Gilberto Gil e Paula Lavigne, que a princípio era a porta-voz e articuladora da associação. Paula, inclusive, se envolveu em algumas brigas públicas. A cúpula do “Procure Saber” decidiu, então, deixar a função de articulador a cargo de Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de Roberto, bem como evitar novos confrontos públicos.
No que diz respeito a biografias, o “Procure Saber” entende que há uma necessidade de defesa da privacidade dos biografados, mesmo que isso significasse a necessidade de autorização prévia para a publicação das biografias. Em artigos publicados no jornal O GLOBO, Djavan, Caetano e Chico defenderam esta questão. Para os escritores, jornalistas e biógrafos, a postura da associação representa uma defesa da censura.
Há uma semana e meia, Roberto concedeu uma entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, em que se declarou a favor das biografias não autorizadas, mas “com certos ajustes”. Dois dias depois, o “Procure Saber” publicou um vídeo no qual Roberto, Erasmo e Gil apareciam revendo seus posicionamentos.Não satisfeito com os rumos da situação, Caetano usou sua coluna n’O Globo para manifestar seu ponto de vista. Em texto publicado no último domingo (3), o artista baiano criticou abertamente a postura de Roberto:
“E RC [Roberto Carlos] só apareceu agora, quando da mudança de tom. Apanhamos muito da mídia e das redes, ele vem de Rei. É o normal da nossa vida. Chico era o mais próximo da posição dele; eu, o mais distante. De minha parte, apesar de toda a tensão, continuo achando que estamos progredindo. Assunto global quente, o Brasil não pode tratar tolamente”, escreveu Caetano em um trecho da publicação.
Desde então, a saída de Roberto do “Procure Saber” era apenas questão de tempo. Na noite da última terça-feira (5), Dody Sirena, empresário do cantor capixaba, enviou um e-mail aos demais integrantes da associação informando a decisão de Roberto. Em tom cordial, Dody pontua os progressos que os artistas conquistaram juntos e deu a entender que o Rei não descarta apoiar futuras ações relacionadas aos interesses da associação.

Leia a íntegra do comunicado:

“Caros amigos do Procure Saber,
Este ano ainda não encerrou e vejo quantos movimentos interessantes aconteceram para os artistas brasileiros. Demos um grande passo com o Ecad e trouxemos à tona o tema biografias/privacidade. Falamos sobre direitos e, como administradores/empresários dos maiores nomes da música brasileira, sabemos que no futuro tudo isso será uma grande referência de um movimento coletivo, como outros que estes ícones já participaram. Interessante lembrar que a tropicália e as guitarras andaram em calçadas diferentes, que a imprensa anunciava que a MPB não gostava da Jovem Guarda, e com o tempo todos se uniram no mesmo pensamento.
Caminhamos bastante, divergimos algumas vezes, mas acredito que podemos nos ver como uma seleção de futebol onde os grandes craques se reúnem para defender o país e depois voltam para os seus times. Roberto conversou muito comigo em função dos últimos acontecimentos. Não é bem assim o nosso jeito de trabalhar, somos mais discretos, afinal defendemos também a privacidade no sentido profissional.
Concluímos que neste momento é importante continuar o trabalho que iniciamos há muitos anos sobre biografias, independente de estarmos em uma associação ou grupo. Portanto, a partir de agora, fiquem à vontade com o andamento do Procure Saber sem a presença direta do Roberto. O comitê criado na última reunião na Urca para atender as biografias continuará atuando de forma intensa apenas em nome do Roberto, já que Dr Marco Antonio Campos, Dr Antonio Carlos Almeida/Kakay, Dra Fernanda Gutheil e Dra Ana Paula Barcelos, são profissionais de sua equipe.
Gostaria de sugerir que o Procure Saber nomeie representantes para falar em nome do grupo quanto a liberação das biografias e em defesa da privacidade, principalmente no Congresso Nacional, em razão do pronunciamento coletivo e do comunicado oficial. Sempre que outros assuntos surgirem com tema coletivo, se Roberto entender que a pauta vai de encontro aos seus pensamentos, considerem sua adesão. Como exemplo, a pronta e efetiva participação dele no caso do autoral/Ecad e nos futuros desdobramentos com órgão regulador, como já discutimos em outras ocasiões, bem como as questões trabalhistas e a plataforma digital.
Foi muito importante termos participado deste grupo e desejamos boa sorte para os próximos passos.
Com respeito e admiração por cada um de vocês.”
Dody Sirena
DCSet Promoções”


fonte: Jornal do Brasil Online - 06.11.2013
ROBERTO CARLOS ANUNCIA SAÍDA DO GRUPO PROCURE SABER
O cantor Roberto Carlos informou na noite dessa terça-feira (5), por meio de seu empresário, que não faz mais parte da associação Procure Saber. Dody Sirena enviou um e-mail aos demais integrantes do grupo, entre eles Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil, informando a decisão, de acordo com informações da Globonews.
No ultimo domingo (3) Caetano Veloso atacou o cantor em sua coluna no jornal O Globo. “Roberto Carlos só apareceu agora, quando da mudança de tom. Apanhamos muito da mídia e das redes sociais, ele vem de Rei”, escreveu o baiano.
Segundo a coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S.Paulo, as palavras de Caetano vieram após os integrantes da Procure Saber se reunirem no estúdio do rei, na semana passada, e decidir que Paula Lavigne não falaria mais sobre biografias em nome da entidade. Um comitê, formado por advogados de Roberto Carlos, tocaria a questão, já que a equipe do cantor estava insatisfeita com a forma que Lavigne conduzia o assunto sobre as biografias.
Caetano não teria contestado a decisão no dia da reunião, mas no final de semana, por meio de seu artigo, mostrou a insatisfação. “É o normal da nossa vida. Chico era o mais próximo da posição dele; eu, o mais distante. De minha parte, apesar de toda a tensão, continuo achando que estamos progredindo. Assunto global quente, o Brasil não pode tratar tolamente", escreveu.


fonte: O Globo (Coluna Anselmo Gois) - 06.11.2013
NÃO É SÓ CAETANO
Ontem, Chico, Djavan e Milton Nascimento endossaram a opinião de Caetano Veloso de que o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro não fala em nome do Procure Saber. Aliás, Kakay mandou mensagem que tudo o que fez, na questão das biografias,”foi cuidar dos interesses de Roberto Carlos, meu cliente”.


fonte: O Documento Online - 06.11.2013
BOMBEIROS INTERDITA GINÁSIO E SHOW DE ROBERTO CARLOS PODE NÃO SER REALIZADO

O Corpo de Bombeiros interditou na tarde desta terça-feira o ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, por não cumprir algumas regras contra incêndio e pânico. A decisão pode comprometer a realização do show de Roberto Carlos, marcado para o sábado, dia 9, e um dos mais esperados do ano.
Todavia, o evento pode acontecer caso algumas medidas sejam tomadas pela organização do show ou pela administração do estádio, sob a Secretaria de Esportes. O prazo para que atendam as regras de segurança é até 12 horas antes do show.
"O show não está cancelado, apenas o local está interditado até que os organizadores obedeçam aos critérios pedidos pela corporação e as cumpram", disse a comunicação do Bombeiros.
Após as mudanças, uma vistoria do Bombeiros será feita para que ocorra a liberação do ginásio.


fonte: O Globo Online - 05.11.2013
ROBERTO CARLOS DEIXA A ASSOCIAÇÃO PROCURE SABER
Decisão foi comunicada aos membros do grupo por seu empresário, Dody Sirena, na noite desta terça-feira

RIO - O cantor Roberto Carlos não faz mais parte do grupo Procure Saber. Agora há pouco, por volta das 22h desta terça-feira, Dody Sirena, empresário do Rei, enviou um e-mail aos demais integrantes, entre eles Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil, informando da decisão.
Na mensagem, de tom cordial, Dody compara o grupo a uma seleção de futebol, em que os jogadores se encontram, mas depois retornam a seus times. Ele diz, ainda, que os advogados de Roberto vão continuar atuando na questão das biografias, falando em seu nome. E garante que outros assuntos podem voltar a unir Roberto com os outros artistas do Procure Saber no futuro, como o direito autoral, as questões trabalhistas e as plataformas digitais. "Caminhamos bastante e divergimos algumas vezes. Sabemos que, no futuro, tudo isso será um grande exemplo de movimento coletivo", escreveu Dody.
Mais cedo, também nesta terça-feira, por volta das 14h, Cicão Chies, sócio de Sirena na empresa DC Set, já havia escrito para os integrantes informando que não responderia mais como vice-presidente do Procure Saber. Ambas as mensagens foram encaminhadas para a empresária Paula Lavigne, presidente do grupo, com outros músicos, advogados e empresários em cópia.
As razões que levaram o Rei e sua corte a se desligarem do Procure Saber estão relacionadas às discordâncias geradas pela forma com que foi conduzido o debate sobre as biografias não autorizadas. Desde o início de outubro, artistas do Procure Saber vêm se manifestando publicamente contrários à mudança no Código Civil, cujo artigo 20 permite que biografados proíbam a publicação de biografias na Justiça em casos que “lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais”.
O texto da lei está sendo questionado por uma Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pela Associação Nacional dos Editores de Livros (Anel) no Supremo Tribunal Federal (STF). Por conta da ação, uma audiência pública será realizada em Brasília, nos dias 21 e 22 de novembro, antes que os ministros do STF decidam sobre a matéria.
A mobilização do Procure Saber, expressa em artigos de Caetano, Chico, Gil e Djavan publicados no GLOBO, era em defesa da privacidade dos biografados, mesmo que isso significasse a necessidade de autorização prévia para a publicação das biografias. Para um grupo grande de escritores e jornalistas, porém, a posição do Procure Saber representava uma defesa da censura, o que fez com que os artistas fossem bastante criticados nas redes sociais.
Foi justamente a partir daí que o racha no Procure Saber começou. Roberto, que em 2007 conseguiu retirar das livrarias a biografia "Roberto Carlos em detalhes" a partir do argumento de ofensa à sua honra, vinha se mantendo distante do debate público. O silêncio do Rei irritou os outros integrantes, que passaram a cobrar internamente um posicionamento direto de Roberto.
A resposta, porém, só aumentou a brasa entre eles. Primeiro, a corte real pediu, então, que Paula Lavigne, empresária de Caetano Veloso, parasse de falar pelo grupo sobre as biografias. A ex-mulher de Caetano Veloso vinha, até ali, servindo de porta-voz e articuladora do Procure Saber e, por isso, acumulou algumas brigas públicas, com destaque para sua participação no programa "Saia Justa", da GNT. O papel de articulação seria deixado com Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado do Rei; e evitariam-se novos confrontos públicos até a audiência pública em Brasília.
Em seguida, para coroar as rusgas entre os artistas, Roberto enfim aceitou falar: há uma semana e meia, ele concedeu uma entrevista ao "Fantástico", da Rede Globo, em que se declarou a favor das biografias não autorizadas, mas "com certos ajustes". Dois dias depois, o Procure Saber, sob o comando de Kakay e Dody Sirena, divulgou um vídeo em que o Rei, Erasmo Carlos e Gilberto Gil apareciam revendo sua posição.
Foi o suficiente para Caetano Veloso voltar ao assunto no último domingo, em sua coluna no GLOBO. Caetano, para quem Roberto e Eramos compuseram "Debaixo dos caracóis de seus cabelos" em 1971, época em que o cantor baiano estava exilado em Londres pela ditadura militar brasileira, escreveu: "RC só apareceu agora, quando da mudança de tom. Apanhamos muito da mídia e das redes, ele vem de Rei".
Desde então, o afastamento de Roberto Carlos do Procure Saber era aguardado. O curioso é que o Rei só teria entrado para o Procure Saber por um acordo que levaria o restante de seus integrantes a se juntar a ele na luta contra as biografias não autorizadas. O grupo foi criado no primeiro semestre com uma pauta inicial de batalhar por mudanças na gestão coletiva dos direitos autorais no Brasil, numa luta que vinha sendo travada contra o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad).
Entre os artistas, comenta-se que Roberto só aceitou ir para Brasília em 3 de julho, num movimento coordenado para fazer pressão no Congresso e no Planalto a fim que se aprovasse o projeto de lei 129/2012, porque teriam prometido a ele uma reunião com a presidente Dilma Rousseff sobre a questão das biografias. O encontro, reservado, teria durado 20 minutos.


fonte: Observatório da Imprensa Online - 05.11.2013
O EFEITO ROBERTO
A fala de Roberto Carlos ao programa Fantástico [domingo, 27/10] deve influenciar na votação do projeto que muda a publicação de biografias no país, em trâmite na Câmara dos Deputados. Na fila para ser votada entre esta e a próxima semana, a Lei das Biografias, como estão sendo chamadas as mudanças propostas na Câmara pelo deputado federal Newton Lima (PT-SP), ganhou força depois que Roberto declarou que, agora, é a favor das publicações sem autorização prévia. “O Congresso trabalha sujeito aos humores da sociedade. A posição do ‘rei’ ajuda a criar um clima mais positivo para a aprovação”, diz Lima.
O deputado afirma que já conta com a assinatura de todos os líderes de partidos para a aprovação das mudanças. Se passar pela casa, o projeto segue para o Senado. O preço para o consenso foi a aceitação de uma proposta de Ronaldo Caiado (DEM-GO), que inclui na lei o rito sumário, um dispositivo que agiliza reparações por danos morais em curto espaço de tempo. Por outro lado, em vez da censura prévia, a retirada de trechos considerados ofensivos à honra do biografado esperaria por uma próxima tiragem. Evasivo na maior parte do tempo em que esteve diante da repórter Renata Vasconcellos, Roberto surpreendeu ao dizer que é a favor das publicações sem autorização, postura radicalmente contrária à que defendia até então. Mas, logo depois, completou com um “porém, com certos ajustes”. Questionado sobre quais seriam tais ajustes, voltou ao vazio. “Isso aí tem que se discutir. São muitas coisas. Tem que haver um equilíbrio e alguns ajustes para que essa lei não venha prejudicar nem um lado nem outro. Nem o lado do biografado nem o lado do biógrafo. E que não fira a liberdade de expressão e o direito à privacidade.”
Depoimentos dos artistas
Sem especificar o que de fato queria dizer com “ajustes”, deixou brechas para interpretações. “Os ajustes aos quais ele se refere, eu imagino, é o que já estamos fazendo, com a inclusão deste rito sumário”, disse Newton Lima. Roberto Feith, editor integrante da Anel (Associação Nacional dos Editores de Livros), responsável pela Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) que quer, com mais detalhes, o mesmo que o projeto de Lima, mas no Supremo Tribunal Federal (STF), dá sua opinião: “Acho excelente o Roberto dizer que é contra a exigência de autorização prévia da parte do biografado. Certamente, é um avanço. Melhor ainda seria se ele retirasse a proibição sobre a publicação da excelente biografia escrita pelo Paulo Cesar Araújo, Roberto Carlos em Detalhes), um trabalho da maior seriedade.”
Ao ser questionado sobre a biografia de Paulo Cesar pelo Fantástico, Roberto disse: “Isso aí tem que ser discutido.” Uma postura sua que ainda diverge dos biógrafos é a respeito da propriedade da história. “O biógrafo também pesquisa uma história que está feita pelo biografado. Então, na verdade, ele não cria uma história, ele faz um trabalho e narra aquela história que não é dele; é do biografado. E, a partir do que ele escreve, ele passa a ser dono da história. Isso não é certo.” Feith comentou: “O depoimento do Roberto expressa a convicção de que ele é o único legítimo ‘dono’ da sua trajetória de vida. Ele parece não aceitar o conceito de que, como um grande protagonista da vida brasileira, sua história se mistura com a nossa, pertence um pouco a cada um de nós.”
Como antecipado por Sonia Racy, a divulgação de um vídeo com depoimentos dos artistas da associação Procure Saber (Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Erasmo Carlos e Djavan) gravado ontem, é esperada para hoje. A reportagem procurou Paula Lavigne, presidente da associação. Não houve respostas até o fechamento desta edição. A assessoria de Milton Nascimento informou que “agora, ele só fala de projetos artísticos.” O assessor de Chico Buarque disse que Paula é quem fala pelo grupo. A de Djavan afirmou que o músico está em viagem de turnê, com a agenda lotada. Não houve respostas da assessoria de Gilberto Gil.


fonte: Veja Online - 05.11.2013
CHICO BUARQUE VERSUS ROBERTO CARLOS
Chico: racha

Chico Buarque, ainda em Paris, onde escreve seu novo livro, não pode nem ouvir falar em Roberto Carlos. De acordo com relato de amigos, Chico tem dito que entrou na polêmica das biografias em solidariedade a Roberto, mas o Rei fugiu do confronto no início e depois quis aparecer numa posição mais conciliadora – uma crítica que segue a mesma toada de Caetano Veloso, em seu artigo no domingo n’O Globo. O racha é profundo no grupo Procure Saber – ou, a essa altura, no ex-grupo.


fonte: O Globo (Coluna ancelmo Gois) - 03.11.2013
SÃO TANTAS EMOÇÕES
No meio desta polêmica das biografias, Roberto Carlos encarou um ano conturbado no prédio onde mora, na Urca, em frente à Baía de Guanabara. Nos últimos meses, o Rei foi a cinco reuniões de condomínio para discutir um problema financeiro nas contas do prédio. A última foi semana passada.


fonte: Tribuna Hoje - 03.11.2013
CAETANO CRITICA ROBERTO CARLOS E EVIDENCIA RACHA NO PROCURE SABER
"Apanhamos muito da mídia e das redes, ele vem de Rei", escreveu cantor em coluna no jornal "O Globo" de 02 de novembro

Caetano Veloso e Roberto Carlos, em show conjunto
Críticas de Caetano Veloso a Roberto Carlos evidenciaram um racha entre os artistas do Procure Saber, grupo que é contra a publicação de biografias não autorizadas.
Em sua coluna dominical no jornal "O Globo", Caetano criticou a imprensa por "dar a impressão" de que o Procure Saber mudou de posição contra as biografias. A semana foi marcada por um tom mais ameno do grupo, evidenciado em entrevista de Roberto Carlos ao "Fantástico" e em um vídeo divulgado na internet com a participação dele e de Erasmo Carlos e Gilberto Gil.
"RC só apareceu agora, quando da mudança de tom. Apanhamos muito da mídia e das redes, ele vem de Rei. É o normal da nossa vida. Chico era o mais próximo da posição dele; eu, o mais distante", escreveu Caetano. "De minha parte, apesar de toda a tensão, continuo achando que estamos progredindo."
Caetano também alfinetou Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de Roberto Carlos, dizendo que ele fala pelo cantor, e não pelo Procure Saber.
O músico ainda afirmou que a defesa do equilíbrio entre o direito de livre expressão e à privacidade, defendido no vídeo do Procure Saber, já tinha sido mencionado por Paula Lavigne , sua ex-muilher e presidente do grupo, no programa “Saia Justa”.
"Para mim, ressalta o fato de que não há novidade conceitual nenhuma", escreveu Caetano. "Pode-se dizer que Roberto Carlos esteja se dirigindo ao público num tom de quem admite que o tema seja discutido, não como quem veta a hipótese de qualquer relativização da obrigatoriedade de autorização prévia. Mas isso porque Roberto era tido e sabido como o inimigo número um da invasão da privacidade. É notório que não era o meu caso, mas também ficou claro não ser o de Gil, Paulinha ou Djavan, por exemplo."
Em 2007, Roberto Carlos conseguiu proibir a circulação da biografia “Roberto Carlos em Detalhes”, escrita por Paulo Cesar Araújo. A editora Planeta, que chegou a lançar o livro, teve de recolher toda a tiragem das livrarias.
Na entrevista ao "Fantástico", porém, adotou posição mais flexível. "Tem que se conversar e chegar a um equilíbrio. Sou a favor [da mudança na lei], mas desde que não se prejudique o biografado nem o biógrafo", afirmou Roberto Carlos, negando mudança de posição. "O que não pode é ferir a liberdade de expressão e o direito à privacidade. Juristas precisam estabelecer regras."
Neste sábado (2), a jornalista Mônica Bergamo, da "Folha de S. Paulo", afirmou que os dias do Procure Saber estão contados. A dúvida, segundo a colunista, é o momento em que o Procure Saber será encerrado, já que para participar das discussões sobre o tema que acontecem no fim do mês no Supremo Tribunal Federal (STF) é preciso que os artistas sejam representados por uma associação.


fonte: Diário Catarinense Online - 01.11.2013
"QUEM DERA EU FOSSE NAMORADA DO ROBERTO CARLOS", AFIRMA AMANDA JUNCKES
Rei conheceu Amanda Junckes, de 19 anos, em show realizado em Florianópolis no mês de abril

Jovem de 19 anos nega envolvimento com o Rei após boatos de que os dois estariam namorando
Amanda: "Não sei como essas coisas surgiram, acho que das fotos, ou porque eu sou mais nova".

Após boatos de que estaria namorando o cantor Roberto Carlos, a catarinense Amanda Junckes, de 19 anos, conversou com o Diário Catarinense por telefone na noite de quinta-feira. Na entrevista, a garota, que mora em São Pedro de Alcântara na Grande Florianópolis, negou as afirmações do colunista do DC Cacau Menezes sobre o namoro e disse que sua relação com o Rei é apenas de fã e ídolo.
Procurada novamente nesta sexta, a jovem não foi mais localizada pela reportagem e, segundo a família, não estaria atendendo o celular. No escritório em que trabalha, a atendente foi instruída a recusar ligações da imprensa e disse que Amanda não falaria sobre assuntos particulares no ambiente profissional. Confira abaixo as declarações dadas por ela na quinta-feira.

Diário Catarinense – Você é namorada do cantor Roberto Carlos?
Amanda Junckes – Não. Quem dera eu fosse namorada dele. Sou muito fã dele, mas infelizmente não namoro com ele.

DC – Recebemos a informação de que você foi convidada a ir a shows com ele...
Amanda – Sim, fui a três. A gente tirou uma foto no camarim e só. E saí de lá com isso, ele não pagou nada. Acho que essa história surgiu porque eu sou mais nova, sei lá, maldade.

DC – Seu tio também contou que vocês são próximos, é verdade?
Junckes – Acho que ele falou isso porque meu pai trabalha na Itapemirim, e o dono é amigo do Roberto Carlos. Foi assim que consegui ter acesso ao camarim dele para bater a foto. Pedi isso porque, como eu te disse, sou muito fã mesmo do Roberto.

DC – Você chegou a ir visitá-lo em São Paulo?
Amanda – Nunca.

DC – Como você descreve a relação de vocês?
Amanda – De maneira alguma é um namoro, ou qualquer tipo de relacionamento amoroso. Também não posso dizer que é uma amizade, porque nem sei se ele lembraria o meu nome hoje em dia.

DC – Você ligou para o Roberto Carlos na quinta-feira para avisar do boato sobre vocês dois?
Amanda – Não. Quem dera eu tivesse o telefone dele.

DC – Como você acha que surgiram esses boatos?
Amanda – Não sei. Só sei que fiquei muito chateada, eu namoro um menino há seis meses e não acho justo ele ler isso. Não sei como essas coisas surgiram, acho que das fotos, ou porque eu sou mais nova. Não sei te dizer. Eu idolatro o Roberto, é o único cantor que eu pago para ver em outros Estados do Brasil. Eu até queria ser namorada dele, mas não sou.


fonte: Diário Catarinense - 01.11.2013
BOATO SOBRE NAMORADA DE ROBERTO CARLOS CORRE DESDE ABRIL EM SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA
Rei conheceu Amanda Junckes, de 19 anos, em show realizado em Florianópolis no mês de abril

A jovem chegou a publicar fotos com o cantor no Instagram, mas bloqueou a conta nesta
A próxima biografia não-autorizada de Roberto Carlos, ou aquela que ele prometeu escrever sobre si mesmo, pode fazer referência ao município de São Pedro de Alcântara, colônia alemã de menos de 5 mil habitantes localizada na Grande Florianópolis. Resta saber se os rumores que ligam o Rei à pequena cidade catarinense renderiam um breve parágrafo ou um capítulo inteiro.
Na última quinta-feira, o colunista do DC Cacau Menezes apontou uma jovem de 19 anos, nascida e criada lá, como a atual namorada de Roberto, mencionando inclusive a intenção dele de se casar. O nome da cortejada não apareceu na nota, mas bastaram poucas linhas de jornal para o que o boato de interior ultrapassasse os limites da Praça Leopoldo Francisco Kretzer, no município.
Apesar de o assunto chegar só agora à imprensa e ao público, boa parte da população que circula no Centro de São Pedro de Alcântara, como trabalhadores do comércio e dos raros restaurantes, já ouve rumores sobre uma relação com Amanda Junckes há cerca de seis meses, desde que o Rei se apresentou no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em abril.
De acordo com moradores – a maioria ressabiada em fazer afirmações categóricas – a garota que é fã da música de Roberto desde criança conheceu o ídolo no dia do show. De lá para cá, a relação teria se estreitado. Os dois chegaram a se encontrar em pelo menos outras duas apresentações do cantor fora de Santa Catarina, para as quais ela teria sido convidada pelo próprio Roberto. A garota confirma ter ido aos shows e no camarim, mas nega o convite e diz ter feito as viagens por conta própria.
Ao redor da praça, na loja de roupas, na lanchonete, na agropecuária e na casa lotérica, todos sabem – mas também não sabem; e desconversam com expressão de desconfiança.
Alguns dizem que raramente a veem passar, que ninguém a conhece muito bem. Outros esperam que o boato de namoro se confirme e que a existência de uma "rainha" alcantarense traga bons frutos para a cidade, como a manutenção do caixa eletrônico do Banco do Brasil, quebrado desde um assalto em junho.
Aqui e ali, costurando os pedaços de informação que cada um concorda em ceder, o retrato de uma grande fã de Roberto Carlos começa a se desenhar. Loira e muito bonita, a jovem é descrita como reservada e de poucas amizades.
Filha de um comerciante do ramo de hortifrúti e de uma funcionária da prefeitura, ela trabalha em um escritório de arquitetura em São José e passa a maior parte do dia fora, mas leva uma vida normal – caminha na rua, pega ônibus e vai a eventos familiares.
Na casa da família, uma construção de alvenaria bem cuidada na área central, o clima é de cautela.
Com a publicação da história no jornal e na TV, familiares foram avisados sobre uma possível visita da imprensa e preferem não comentar publicamente o assunto. Um parente próximo, que pediu para não ser identificado, se disse surpreso com a palavra namoro; segundo ele, até a garota, que afirma ter namorado, levou um susto.
No escritório em que trabalha, a atendente foi instruída a recusar ligações da imprensa e disse que Amanda não falaria sobre assuntos particulares no ambiente profissional. Após a entrevista concedida por telefone na noite de quinta-feira ao DC, a jovem não foi mais localizada pela reportagem e, segundo a família, não estaria atendendo o celular.
Coincidentemente ou não, com o aumento do falatório, Amanda deletou a conta no Facebook e bloqueou o acesso ao Instagram, onde havia postado duas fotos suas ao lado do Rei no que pareciam bastidores de show. O DC entrou em contato com a assessoria do cantor, que disse desconhecer a informação sobre um namoro entre os dois.
Apesar da notícia não passar em branco entre os moradores de São Pedro de Alcântara, o ritmo da cidade parece pouco disposto a mudar. No meio de um dia útil, mesmo após a divulgação na mídia, ninguém circulava pelas ruas e a maior parte dos estabelecimentos continuava com as portas fechadas no horário de almoço.


fonte: O Dia - 01.11.2013
Roberto Carlos lançará ano que vem, pela Tribo Editora, o Collector’s Book ‘Roberto’, publicação inédita sobre sua vida e carreira, com os momentos mais marcantes de sua trajetória. A narrativa da obra será contada por meio de frases retiradas das mais de 500 músicas compostas ao longo da vida do artista. Editado pelo próprio cantor, o livro terá edição única e limitada. “Há quatro anos estamos trabalhando na edição de um livro de fotografias minhas. Durante todo esse tempo pesquisamos e selecionamos imagens que vão mostrar vários momentos da minha vida profissional e pessoal. Estamos muito próximos da edição deste livro. Estou muito contente com tudo que está sendo feito e o lançamento será em abril de 2014”, anuncia o Rei.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Gois) - 01.11.2013
Não adianta tapar o sol com a peneira. O grupo Procure Saber está rachado depois da intervenção do staff de Roberto Carlos.


fonte: O Globo (Coluna Ancelmo Gois) - 31.10.2013
O “New York Times” está tentando marcar uma entrevista com Roberto. Quer ouvir a versão do cantor para a polêmica das biografias.


fonte: O Globo Online - 31.10.2013
UM RECUO ESTRATÉGICO NA BATALHA DAS BIOGRAFIAS
Procure Saber tira Paula Lavigne de sua linha de frente, escala advogado de Roberto Carlos
e adota, a partir da divulgação de vídeos de seus integrantes, tom intermediário

No sentido horário: Caetano, Chico, Djavan, Roberto Carlos, Gil e Erasmo Carlos: alguns dos integrantes da Associação Procure Saber
· · RIO e SÃO PAULO — Como foi sugerido pelo depoimento de Roberto Carlos no “Fantástico” e pelo vídeo divulgado na noite de terça-feira com participação do Rei, de Erasmo Carlos e de Gilberto Gil, a estratégia da associação Procure Saber na chamada batalha das biografias mudou. Aos poucos, o grupo formado por algumas das principais estrelas da MPB vem adotando uma postura mais conciliadora, sugerindo um meio termo entre o direito à privacidade e as liberdades de expressão e informação. Esse tom será mantido até os dias 21 e 22 de novembro, quando será realizada, no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, uma audiência pública para debater o tema, e para a qual novos vídeos de artistas podem ser gravados. A estratégia tem sido preparada por advogados de Roberto, que tomaram a frente do debate na semana passada após discordância de como o assunto vinha sendo tratado pela empresária Paula Lavigne e também após uma pressão de Caetano Veloso sobre o Rei.
Caetano teria ficado insatisfeito porque ele, Chico Buarque, Gilberto Gil e Djavan se expuseram publicamente em artigos no GLOBO manifestando-se contrários a mudanças no Código Civil brasileiro, cujo artigo 20 permite que biografados proíbam a publicação de biografias na Justiça em casos que “lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais”. Já Roberto Carlos, justamente o integrante do Procure Saber que há mais tempo levanta a bandeira contra as biografias não autorizadas, vinha se mantendo em silêncio até a semana passada.
As cobranças de Caetano por um depoimento do Rei fizeram, então, que a corte de Roberto Carlos exigisse para si a condução do caso, levando a críticas a Paula Lavigne, empresária de Caetano, que vinha assumindo o papel de porta-voz do grupo. Hoje, Paula continua no Procure Saber, mas se comprometeu a não se manifestar mais sobre as biografias em nome da associação.
Os próximos passos do Procure Saber estão sendo planejados pelo advogado do Rei, Antonio Carlos de Almeida Castro. Para atuar no caso, ele pediu ajuda, conforme informou Ancelmo Gois em sua coluna no GLOBO, ao consultor Mario Rosa, autor do livro “A era do escândalo” (Geração Editorial) e especialista em gerenciamento de crises. Teriam sido eles, em conversa com os artistas, que prepararam o texto gravado por Roberto, Gil e Erasmo Carlos com o novo posicionamento do Procure Saber: no vídeo, eles assumem que tinham adotado “uma posição mais radical” contras as biografias não autorizadas, e falam sobre um novo rumo para o debate, na busca de “um ponto de equilíbrio”.
O vídeo do Procure Saber foi gravado com equipamento e por técnicos da produtora paulista Mixer. Diferentemente do que saiu na imprensa, a Mixer nega que seu diretor-executivo e fundador, João Daniel Tikhomiroff, tenha participado da produção do vídeo. Tikhomiroff, porém, fará a direção do especial de Roberto Carlos para a TV Globo pelo terceiro ano consecutivo.
A posição do Procure Saber, grupo criado este ano e ainda sem organização formal e jurídica, veio em resposta a uma Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pela Associação Nacional dos Editores de Livros (Anel) no STF contra os artigos do Código Civil que abordam a necessidade de autorização para as biografias. Alguns de seus artistas chegaram, até, a defender que se pagassem royalties para os biografados em nome de se liberar os livros, mas a proposta foi logo abandonada, deixando como foco apenas a defesa da privacidade.
— Nos EUA, por exemplo, a liberdade de expressão é superior. Mas no Brasil, não. Liberdade e privacidade estão no mesmo patamar, então considero ideal uma solução intermediária, como me parece ter sugerido o Roberto Carlos — diz Anderson Schreiber, professor de Direito Civil da Uerj e autor de “Direitos da personalidade” (editora Atlas).
A mudança de posição do Procure Saber é vista como um avanço por Gustavo Binenbojm, advogado da Anel. Mas com ressalvas.
— Talvez tenham se convencido de que é censura privada. Eles agora falam em privacidade de outra maneira, a ser decidida pelo Poder Judiciário. Mas parece algo como “mudar para tudo permanecer como está”. Ou seja, biógrafos e historiadores continuarão sob a mira da “espada de Dâmocles”, com a possibilidade de a qualquer momento biografados e seus familiares irem a juízo por algum detalhe que eles consideram privado — afirma. — Acho que o Procure Saber mudou de posição porque foi derrotado no debate público.
Já Antonio Carlos Morato, professor de Direito Civil e Direito de Autor da Universidade de São Paulo, acredita que o erro dos integrantes do Procure Saber não está no conteúdo do que pregam, mas na forma. Morato observa que há diferença entre o que é “interesse público” e o que é “interesse do público”, o que transforma relacionamentos pessoais ou traições de A ou B passíveis de ser questionados na Justiça caso sejam publicados. O professor afirma, porém, que é inadmissível o grupo argumentar que o biógrafo está “ganhando à sua custa”:
— Seria o mesmo se Helô Pinheiro, a Garota de Ipanema, recebesse direitos pela música — explica Morato, que diz ter lido o livro “Roberto Carlos em detalhes”, biografia escrita por Paulo Cesar de Araújo que foi tirada das livrarias em 2007 por ação do cantor. — O Araújo contou na Ordem dos Advogados do Brasil que o Roberto Carlos disse a ele: “Você roubou a minha história”. Mas numa biografia dele é natural que se fale de amor, assunto comum nas músicas. Mas houve o caso de um mordomo que escreveu para contar sobre como era feito o curativo na perna do Roberto Carlos (Nichollas Mariano, que lançou nos anos 70 o livro “O rei e eu”, proibido na Justiça). Isso, sim, não faz sentido. Por isso, é preciso discutir caso a caso, porque a liberdade de expressão tem limite sim. Não se trata de censura, mas de limites de uma sociedade democrática.


fonte: Falando Sério - 31.10.2013

Ela também é personagem de Roberto Carlos em Detalhes, livro de Paulo Cesar de Araújo. Casada por 11 anos com o Rei, Myriam Rios – ou Mirinha, como o cantor a chamava – conheceu RC aos 17 anos, quando ele tinha 34. Foi inspiração para músicas de amor, como Eu Preciso de Você ou Cama e Mesa. Prestes a completar 55 anos, a deputada estadual do Rio – que está em repouso, recuperando-se de cirurgia no ouvido – trocou e-mails com a coluna sobre a polêmica das biografias não autorizadas. “Acusam Roberto de censor. Não acho que seja para tanto.”

Concorda com a publicação de biografias não autorizadas?
Acredito que as pessoas têm, sim, o direito à informação, assim como têm direito à privacidade. O que vai acrescentar a alguém saber detalhes íntimos, mesmo que a pessoa seja pública? Isso não é cultura. Cultura, para mim, é conhecer a carreira, o trabalho que o artista fez em prol da sociedade. Mas saber como suas esposas morreram ou de que maneira o próprio biografado sofreu um acidente, por exemplo, não acrescenta nada. Não podemos dizer que soma algum conhecimento. Trata-se de pura fofoca, isso não é literatura.

Você foi entrevistada e é citada em vários trechos do livro de Paulo Cesar de Araújo. Leu a biografia? Acha que ela deveria ter permanecido nas livrarias?
Não li o livro. Portanto, não posso comentar. Mas se ele (Paulo Cesar de Araújo) faltou com a verdade ou invadiu a privacidade de Roberto, acho que caberia indenização, na linha do que ocorre em países como os EUA.

Acredita que Roberto Carlos está mesmo sendo injustiçado?
Ele se mostrou aberto ao diálogo. Mas a mídia, no geral, gosta de polemizar as coisas. Acusam Roberto de censor. Não acho que seja para tanto.


fonte: Extra (Coluna Retrato da vida) - 31.10.2013
REI SEM LULU
Depois de ser confirmado, Lulu Santos está agora fora do especial de fim de ano de Roberto Carlos, na Globo. O último disco do cantor trazia músicas do Rei.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 31.10.2013
HORA DE MUDAR O DISCURSO
Paula Lavigne não pode mais dizer “nós não temos nem assessoria de imprensa”, como fez três vezes no “Saia Justa”, no último dia 16. Para divulgar o vídeo do Procure Saber, que foi ao ar anteontem pela internet, voltou à cena a assessora Lea Penteado, funcionária da DC Set, de Dody Sirena, empresário de Roberto Carlos.


fonte: site oficial RC - 31.10.2013

"Há quatro anos estamos trabalhando na edição de um livro de fotografias minhas.
Durante todo esse tempo pesquisamos e selecionamos fotos que vão mostrar vários momentos da minha vida profissional e pessoal.
Estamos muito próximos da edição deste livro.
Estou muito contente com tudo que está sendo feito e o lançamento será em Abril de 2014.
Um grande abraço,"
Roberto Carlos


fonte: Boa Informação - 31.10.2013
FALANDO SÉRIO
Ela também é personagem de Roberto Carlos em Detalhes, livro de Paulo Cesar de Araújo. Casada por 11 anos com o Rei, Myriam Rios – ou Mirinha, como o cantor a chamava – conheceu RC aos 17 anos, quando ele tinha 34. Foi inspiração para músicas de amor, como Eu Preciso de Você ou Cama e Mesa. Prestes a completar 55 anos, a deputada estadual do Rio – que está em repouso, recuperando-se de cirurgia no ouvido – trocou e-mails com a coluna sobre a polêmica das biografias não autorizadas. “Acusam Roberto de censor. Não acho que seja para tanto.”

Concorda com a publicação de biografias não autorizadas?
Acredito que as pessoas têm, sim, o direito à informação, assim como têm direito à privacidade. O que vai acrescentar a alguém saber detalhes íntimos, mesmo que a pessoa seja pública? Isso não é cultura. Cultura, para mim, é conhecer a carreira, o trabalho que o artista fez em prol da sociedade. Mas saber como suas esposas morreram ou de que maneira o próprio biografado sofreu um acidente, por exemplo, não acrescenta nada. Não podemos dizer que soma algum conhecimento. Trata-se de pura fofoca, isso não é literatura.

Você foi entrevistada e é citada em vários trechos do livro de Paulo Cesar de Araújo. Leu a biografia? Acha que ela deveria ter permanecido nas livrarias?
Não li o livro. Portanto, não posso comentar. Mas se ele (Paulo Cesar de Araújo) faltou com a verdade ou invadiu a privacidade de Roberto, acho que caberia indenização, na linha do que ocorre em países como os EUA.

Acredita que Roberto Carlos está mesmo sendo injustiçado?
Ele se mostrou aberto ao diálogo. Mas a mídia, no geral, gosta de polemizar as coisas. Acusam Roberto de censor. Não acho que seja para tanto. /THAIS ARBEX


fonte: MSN Entretenimento - 30.10.2013
"O REI": PARA NÃO DESAGRADAR "PROCURE SABER", ROBERTO CARLOS RECLAMA DE EDIÇÃO DA GLOBO
Cantor teria inventado insatisfação com equipe do "Fantástico"

SÃO PAULO - Roberto Carlos não ficou satisfeito com a edição feita com sua entrevista ao "Fantástico", exibida no último domingo (27), e resolveu reclamar.
Segundo o cantor, um trecho crucial de sua opinião sobre as biografias não autorizadas não foi levado ao ar, deixando-o magoado com a Globo.
Mas, nos corredores da emissora o assunto é outro: o artista só teria falado no material não exibido para não criar um mal estar com o grupo "Procure Saber", do qual faz parte, segundo o jornal "Folha de S.Paulo".
Durante a entrevista, o rei disse que não era contra a publicação das biografias de artistas, desde que tivessem 'ajustes'. A declaração vai contra a filosofia do grupo, que deseja proibir esse tipo de livro.


fonte: O Globo (Ancelmo Gois) - 30.10.2013
LEI ROBERTO CARLOS
Dodi Sirena, empresário de Roberto Carlos, contratou o diretor João Daniel para gravar o depoimento dos artistas do Procure Saber sobre a polêmica das biografias. Os artistas receberam de Mário Rosa, consultor da crise, um texto base que começa pedindo desculpas ao Brasil “se não nos fizemos entender.” Até ontem Caetano Veloso, Chico Buarque e Djavan, em viagem fora do Brasil, não tinham gravado os depoimentos.


fonte: Exame Online - 29.10.2013
"ROBERTO CARLOS NÃO MUDOU DE OPINIÃO", AFIRMA BIÓGRAFO
"Ele só colocou suas opiniões de maneira mais branda", disse o autor de Roberto Carlos em Detalhes,
biografia proibida pelo cantor Roberto Carlos:
no domingo, em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, o cantor se disse a favor das publicações sem autorização, mas "com ajustes".
São Paulo - O jornalista e biógrafo Paulo César de Araújo questionou ontem, 28, depoimento dado no domingo, 27, pelo cantor e compositor Roberto Carlos, que se disse favorável à publicação de biografias não autorizadas. Para ele, não houve mudança na opinião do cantor e compositor.
"O que entendi é que, para ele, tudo deve ficar como está. Ele só colocou suas opiniões de maneira mais branda", disse no programa Roda Viva, da TV Cultura, o autor de Roberto Carlos em Detalhes, biografia lançada em 2007 e proibida pelo cantor.
No domingo, em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, Roberto Carlos se disse a favor das publicações sem autorização, mas "com ajustes". Ele, no entanto, foi evasivo quando perguntado sobre que ajustes seriam esses.
"Isso aí tem que se discutir. São muitas coisas. Tem que haver um equilíbrio e alguns ajustes para que essa lei não venha prejudicar nem um lado nem outro. Nem o lado do biografado nem o lado do biógrafo", disse.
Para Araújo, o projeto de lei atualmente no Congresso, que tira a necessidade de autorização para que uma biografia seja publicada, é "claro".
"Você é contra ou a favor. Agora, quando ele diz que é a favor, mas com conversa, está sugerindo, como antes, que o livro só pode sair se for do jeito dele. E isso não é uma mudança de opinião", disse Araújo que, no entanto, reconheceu que pela primeira vez o cantor mostrou-se "menos radical" com relação a seu livro.


fonte: G1 Online - 29.10.2013
EM VÍDEO, ARTISTAAS DIZEM QUE NUNCA QUISERAM CENSURAR BIOGRAFIAS
Integrantes do Procure Saber admitem ausência de autorizações prévias.
Roberto Carlos, Gil e Erasmo falam em vídeo divulgado nesta terça.

Gilberto Gil no vídeo divulgado pelo grupo Procure Saber
Os cantores Roberto Carlos, Gilberto Gil e Erasmo Carlos assumem uma postura diferente da que vinha sendo defendida anteriormente em relação à publicação de biografias, em um vídeo divulgado na noite desta terça-feira (29) pelo grupo Procure Saber, do qual fazem parte, ainda, artistas como Chico Buarque e Caetano Veloso.
Os cantores continuam defendendo seu direito a privacidade e intimidade, mas têm um discurso novo quando abordam a questão das autorizações prévias, e chegam a admitir que já tiveram uma posição mais "radical", de acordo com as declarações no vídeo publicado no perfil do Procure Saber no Facebook.
"Quando nos sentimos invadidos, julgamos que temos o direito de nos preservar, e de certa forma preservar a todos que de alguma forma não tem, como nós temos, o acesso à mídia, ao Judiciário, aos formadores de opinião", diz Gil.
"Julgamos ter o direito de saber o que de privado, de particular existe em cada um de nós, em nossas vidas", afirma Roberto, que ganha um complemento de Erasmo: "Este é um ponto que não podemos delegar a ninguém, decidir o que nos toca, a cada qual, intimamente. Decidir o que nos constrange e nos emociona".
"Nunca quisemos exercer qualquer censura. Ao contrário, o exercício do direito à intimidade é um fortalecimento do direito coletivo. Só existiremos enquanto sociedade se existirmos enquanto pessoas", afirma Gil.
“Se nos sentirmos ultrajados, temos o dever de buscar nossos direitos, sem censura prévia, sem a necessidade de que se autorize por escrito quem quer falar de quem quer que seja”, explica Erasmo. "Não negamos que esta vontade de evitar a exposição da intimidade, da nossa dor, ou da dor dos que nos são caros, em dado momento nos tenha levado a assumir uma posição mais radical", admite Roberto.
"Mas a reflexão sobre os direitos coletivos e a necessidade de preservá-los, não só o direito à intimidade e à privacidade, mas também o direito à informação, nos leva a considerar que deve haver um ponto de equilíbrio entre eles", acrescenta Gil. "Queremos, sim, garantias contra os ataques, os excessos, as mentiras, os aproveitadores", diz ainda.
"Confiamos que o poder judiciário há de encontrar uma maneira de conciliar o direito constitucional à privacidade com o direito também fundamental de informação”, acrescenta Roberto.
"O debate nos faz bem, nos amadurece, nos faz mais humanos, mais humildes. Agradecemos a todos os que se expuseram conosco, que tiveram suas vidas expostas em nome de uma ideia e que por isso foram chamados de censores", diz Gil em outro trecho.
Insistindo no ponto sobre não serem a favor da censura, o vídeo é encerrado por Roberto Carlos, que diz: "não queremos calar ninguém, mas queremos que nos ouçam".

Roberto Carlos no vídeo divulgado pelo grupo Procure Saber
A divulgação do vídeo acontece dois dias após uma entrevista de Roberto Carlos ao programa “Fantástico”, na qual ele disse ser a favor da publicação de biografias sem autorização prévia, mas com “conversas e ajustes” entre autores e biografados ou seus representantes.
Em 2007, o cantor moveu uma ação contra o jornalista e historiador Paulo César de Araújo, autor de "Roberto Carlos em detalhes", e conseguiu que o livro fosse recolhido das lojas e tivesse sua venda proibida.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa)- 29.10.2013
A entrevista do Roberto
Muita coisa ficou de fora da entrevista de Roberto Carlos, domingo, no “Fantástico”. Foram gravados quase 20 minutos de conversa – cinco foram ao ar. Num dos momentos em que foi mais incisivo na defesa da proteção à privacidade do biografado (o “x” da questão, segundo ele), Roberto disse: “Imagine que um estuprador possa descrever todos os detalhes do abuso sexual que cometeu contra a vítima, aumentando ainda mais o sofrimento da família. É justo?”

A entrevista do Roberto/2
Este foi um dos trechos da conversa que ficaram de fora - o que já era esperado: não tinha como levar ao ar toda a longa entrevista com Renata Vasconcellos. Roberto, no entanto, teria ficado magoado com o fato de justamente este pedaço – que ele considera crucial na defesa de sua tese – ter sido cortado. O combinado era que ele teria acesso à edição final do programa antes de sua transmissão. E assim foi.

A entrevista do Roberto/3
A entrevista de Roberto ao “Fantástico” foi o primeiro passo no processo de “unificação do discurso” dos integrantes do Procure Saber. Numa reunião, dias atrás, no estúdio do cantor, ficou decidido que a prioridade agora é focar na questão do respeito à privacidade dos biografados. Todos vão bater na mesma tecla: o fim da necessidade de liberação prévia, mas com a garantia, por lei, de que a privacidade do artista não será “invadida”.

Aliás e a propósito
Os integrantes do Procure Saber vão sair de cena, pelo menos no que diz respeito a este assunto. O último recado será dado em vídeos divulgados hoje, em que cada um deles expõe sua posição sobre a questão. A ideia é não alimentar mais polêmicas. “Vamos expor nossa posição de forma clara e passar a bola para o Poder Judiciário e para o Congresso”, diz um deles.


fonte: O Globo Online - 29.10.2013
ADVOGADOS AVALIAM ARGUMENTOS DE ROBERTO CARLOS EM ENTREVISTA SOBRE BIOGRAFIAS NO 'FANTÁSTICO'
'O que ele falou tem sentido, é uma abordagem mais comum na Europa a busca por um equilíbrio', diz autor de livro sobre direitos de personalidades.
Para Gilberto Gil, há um pensamento de 'vamos nos livrar desses velhos de uma vez por todas'.

Roberto Carlos deu entrevista ao ‘Fantástico’
RIO - A entrevista de Roberto Carlos sobre a polêmica das biografias ao 'Fantástico' de domingo vem despertando reações e desdobramentos. Na mesma noite, um post foi publicado na página da Associação Procure Saber no Facebook, afirmando que as declarações do Rei refletiam a “posição oficial” do grupo formado por Chico Buarque, Caetano Veloso e Djavan, entre outros - o que deve ser reforçado em vídeos com depoimentos deles, programados para esta terça. Mas, para o “Fantástico”, Roberto não foi muito claro quanto à sua posição. Ele afirmou que é a favor de obras sem autorização prévia do biografado, mas “com certos ajustes”. O cantor, porém, não detalhou que ajustes seriam esses. “Isso aí tem que se discutir, são muitas coisas”, disse.
— Juridicamente, o que Roberto Carlos falou tem algum sentido, sim. É uma abordagem mais comum na Europa a busca por um equilíbrio, por uma posição intermediária entre a liberdade e a privacidade. É uma posição que não exige autorização prévia, mas que não permite que uma biografia trate de qualquer assunto — explica o advogado Anderson Schreiber, professor de Direito Civil da Uerj e autor de livros como “Direitos da personalidade” (editora Atlas). — Alguns países, por exemplo, consideram invasão de privacidade quando se divulgam dados de prontuários médicos. É um exemplo de restrição que pode ser colocada ao mesmo tempo em que se liberam as biografias.
Hoje, o artigo 20 do Código Civil brasileiro permite que biografados reclamem na Justiça a proibição de biografias em casos que “lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais”. Foi esse artigo, sobre o qual está em análise uma Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pelas editoras de livros no Supremo Tribunal Federal, usado pelo Rei para proibir, em 2007, o livro “Roberto Carlos em detalhes”, de Paulo Cesar de Araújo — a obra saiu das livrarias num acordo judicial entre o cantor e a editora Planeta.
Leia a reação do biógrafo à entrevista no "Fantástico" aqui. — Eu discordo do Roberto Carlos quando ele disse na entrevista que a história da pessoa é da pessoa. A vida da figura pública é o tema de uma biografia, não quer dizer que ela vai ser apropriada — afirma o advogado Daniel Campello Queiroz, sócio do escritório de direitos autorais CQ Rights. — Mas eu entendo quando ele fala do aspecto comercial das biografias. O artigo 18 do Código Civil não permite que se use o nome de alguém em propaganda comercial sem autorização. Então, se a editora usar o nome do biografado e sua imagem para se promover comercialmente, é necessário discutir uma autorização ou remuneração. Não é que o autor tenha que pagar dízimo para escrever sobre alguém, mas é preciso preservar a imagem em propaganda comercial, mesmo que seja para a venda de um livro.
Nesta segunda-feira, Gilberto Gil, um dos integrantes do Procure Saber, também comentou a entrevista de Roberto Carlos.
— Ele foi muito cuidadoso, afinal é um tema muito polêmico, com uma carga de agressividade razoável. Hoje, tem um pouco do pensamento de “vamos nos livrar desses velhos de uma vez por todas”. É um convite ao desrespeito que a internet faz — disse Gil. — A imprensa entrou nesse debate de forma muito forte, exagerou na defesa à liberdade de expressão, mas sabemos também que grandes veículos são também editores, há outros interesses em jogo. Não queremos afirmar categoricamente a necessidade da autorização prévia, mas o que queremos dizer é que precisamos discutir. Não dá pra aceitar a liberação geral.


fonte: Extra (Coluna Retratos da Vida) - 29.10.2013
ROBERTO CARLOS DIMINUI AGENDA
Sempre com a agenda lotada, Roberto Carlos resolveu diminuir o ritmo nesta reta fina de 2013: serão apenas sete shows até o fim do ano. O Rei pediu a sua equipe que não fechasse mais apresentações (apesar dos pedidos). Ele quer mais tempo para descansar.


fonte: O Globo - 28.10.2013
MEMBROS DO PROCURE SBER VÃO DIVULGAR VÍDEOS SOBRE A POLÊMICA DAS BIOGRAFIAS
Grupo que reúne medalhões da MPB como Caetano Veloso, Roberto Carlos, Gilberto Gil e Chico Buarque tomou a decisão para 'unificar' o discurso.

No sentido horário: Caetano, Chico, Djavan, Roberto Carlos, Gil e Erasmo Carlos: alguns dos integrantes da Associação Procure Saber
RIO - Os integrantes da associação Procure Saber, capitaneada pela empresária Paula Lavigne, estão gravando vídeos, que serão divulgados a partir desta terça-feira. O objetivo é "unificar" o discurso de seus membros. Por isso, haverá versões de depoimentos individuais de Roberto Carlos - que recebeu os colegas para mais uma reunião na semana passada, a fim de definir a nova estratégia, iniciada com a entrevista de domingo no "Fantástico" - Erasmo Carlos, Djavan, Caetano Veloso e outros. Haverá também uma versão que reúne o grupo.
Na página do Procure Saber no Facebook, um comunicado prepara o público: "Se você ouviu a opinião do Roberto Carlos no Fantástico, aguarde até terça-feira o pensamento de outros artistas que fazem parte deste movimento #procuresaber".
A ideia, segundo fontes ligadas à associação, é mostrar que não houve recuo, mas sim a intenção de focar no argumento primordial: a questão da privacidade, que acabou diluída, segundo eles, diante de tantas abordagens.
Roberto Carlos gravou sua participação no domingo e os demais devem fazer o registro nesta segunda-feira. A única dúvida é a participação de Chico Buarque, que ainda está em Paris.


fonte: O Globo (Anselmo Gois) - 28.10.2013
LEI ROBERTO CARLOS
Tem o dedo de Dodi Sirena, empresário de Roberto Carlos, nesta operação que afastou Paula Lavigne, a presidente do grupo Procure Saber, da linha de frente do debate sobre biografias. A idéia é que a empresária cuide de outros assuntos, como as questões de direitos autorais. Com o mando de campo nas mãos do pessoal ligado a Roberto Carlos, será reforçado o trabalho do famoso advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que conhece todo mundo em Brasília. O “impeachment” de Paula provocou ruídos entre os artistas do grupo Procure Saber.


fonte: Adoro Cinema Online - 28.10.2013
ROBERTO CARLOS DESEJA PRODUZIR UM FILME SOBRE SUA VIDA
A intenção do cantor é que sua cinebiografia chegue a todo o mercado latino.

Nos últimos anos vários cantores brasileiros renderam cinebiografias de sucesso, como Cazuza (Cazuza - O Tempo Não Pára), Renato Russo (Somos Tão Jovens), Luiz Gonzaga (Gonzaga - De Pai pra Filho) e Zezé Di Camargo & Luciano (2 Filhos de Francisco). Outros tantos estão com filmes em diferentes estágios de produção, como Tim Maia (Tim Maia), Erasmo Carlos (Minha Fama de Mau), Pixinguinha (Pixinguinha - Um Homem Carinhoso) e a dupla Joelma e Chimbinha (Isto é Calypso). Pois agora aquele que é considerado por muitos como o maior dos cantores nacionais pode em breve ter também sua vida contada no cinema: Roberto Carlos.
Na verdade não houve um anúncio oficial de que um filme será produzido, mas uma resposta reveladora sobre as intenções do cantor. A Rede Globo desejava produzir uma minissérie baseada em sua vida e para tanto ofereceu R$ 10 milhões pelo projeto. Roberto Carlos recusou a proposta, dizendo que pretendia produzir uma cinebiografia.
"Não negamos, mas sinalizamos que preferimos produzir um filme primeiro, com distribuição nacional e em todo o mercado latino internacional", declarou o empresário do cantor, Dody Sirena. A ideia é que, a partir do filme, seja exibida uma minissérie, assim como a Globo já fez com O Bem Amado, Chico Xavier e Gonzaga.
Apesar da revelação, até o momento não há qualquer notícia sobre quando a cinebiografia de Roberto Carlos sairá do papel. Vale lembrar que o cantor conseguiu na justiça a proibição da venda de uma biografia não autorizada, "Roberto Carlos em Detalhes", escrita por Paulo César de Araújo, tendo como principal argumento a proteção de sua privacidade. Diante disto, não chega a surpreender a decisão em produzir um filme sobre sua vida ao invés de ceder os direitos a uma produtora ou até mesmo a uma parceira de longa data, como é o caso da Rede Globo, quando não teria controle sobre o material que seria produzido.


fonte: Zero Hora Online - 28.10.2013
"ELE FLEXIBILIZOU A POSIÇÃO", DIZ ADVOGADO DE ROBERTO CARLOS
O cantor concedeu entrevista ao Fantástico, na qual se disse favorável às biografias sem autorização

Roberto Carlos concede entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo
Em entrevista concedida ao Fantástico na noite de domingo, o cantor Roberto Carlos se declarou favorável às biografias sem autorização, desde que com "alguns ajustes". A posição do cantor surpreendeu, uma vez que ele faz parte do grupo Procure Saber – junto com Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Djavan - que defendem a proibição das biografias não autorizadas. De acordo com um dos advogados do Rei, Marco Antonio Bezerra de Campos, o que aconteceu foi uma "flexibilização" da posição de Roberto.
— Em uma reunião de atualização do assunto, informei a ele em que pé estava a situação toda, inclusive no STF. Aí, ele tomou a decisão de conceder a entrevista — disse.
— Ele flexibilizou a posição. Não no sentido da proteção à privacidade - o que ele ainda defende - mas ele não quer restrição a todas biografias. Quer que haja debate — continuou Campos.
Ainda segundo o advogado, o Procure Saber têm revezado as reuniões entre o estúdio de Roberto e a casa de Paula Lavigne. Eles todos estariam de acordo com essa posição um pouco mais maleável e devem se manifestar nos próximos dias.
— Todos gostariam que houvesse maior discussão do tema na sociedade, na imprensa, no governo.
Na entrevista de domingo, Roberto Carlos revelou ainda que está preparando uma autobiografia. "Eu vou contar tudo que eu acho que tem sentido contar em relação ao que eu vivi", afirmou. Também disse que vai abordar o acidente que o fez perder parte da perna direita ainda na infância. A menção do acidente no livro Roberto Carlos em Detalhes foi apontada como motivo para a proibição da obra.
"Pessoas têm dito que eu sou contra por causa do meu acidente, que foi contado, essa coisa toda. Não é isso, não. Eu, quando escrever, vou contar do meu acidente. Ninguém poderá contar do meu acidente melhor que eu. Ninguém poderá dizer aquilo que aconteceu com todos os detalhes que eu posso. Porque ninguém poderá dizer o que eu senti e o que eu passei", disse ao Fantástico.


fonte: Pure People Online - 28.10.2013
Depois de proibir judicialmente, em 2007, a comercialização da biografia não autorizada 'Roberto Carlos em detalhes',
o cantor revelou neste domingo, 27 de outubro de 2013, no 'Fantástico'
que é a favor do projeto de lei que está no Congresso
e que pretende liberar a publicação de biografias sem a autorização do biografado

Roberto Carlos resolveu falar sobre a polêmica que envolve a liberação das biografias não autorizadas. E surpreendeu. Em entrevista ao programa "Fantástico" de domingo (27), o cantor afirmou que é a favor do projeto de lei que está no Congresso e que pretende liberar a publicação de biografias sem a autorização do biografado. "Eu sou a favor. Tem que se conversar e chegar a esse equilíbrio", ponderou.
Mas nem sempre Roberto Carlos pensou assim. Após uma ação judicial movida pelo cantor, milhares de exemplares da biografia"Roberto Carlos em detalhes", escrita pelo jornalista e historiador Paulo César de Araújo, foram recolhidos das livrarias em 2007. Em outubro de 2013, o grupo Procure Saber, formado por Roberto Carlos e outros artistas, anuncia: querem que o biografado continue a ter o direito de vetar uma obra não autorizada.
Apesar disso, o cantor garante que não mudou de opinião. "Não é que eu mudei de opinião. Há algum tempo, pra gente proteger o direito à privacidade, só existia uma forma. Não permitir uma biografia não autorizada". E explicou que, mesmo podendo processar o autor da biografia, o dano já está causado após o livro ser lançado. "Depois que todo mundo já leu, já viu na internet. Alguns já compraram até os livros, aqueles que foram colocados à venda. Isso não funciona muito não".
Para o cantor, o caminho é o diálogo. "Chegar a uma conclusão que seja mais razoável pra todo mundo", afirmou. O Rei, no entanto, não confirmou se permitiria que sua biografia, lançada em 2007, pudesse voltar a ser vendida: " Isso tem que ser discutido", limitou-se a dizer.
E anunciou: "Eu estou escrevendo a minha história. E informando muito mais a essas pessoas sobre a minha vida, sobre as minhas coisas, muito mais do que qualquer outra fonte". E garantiu que no livro vai falar sobre o acidente que o fez perder a perna aos seis anos de idade. "Ninguém poderá contar do meu acidente melhor que eu. Ninguém poderá dizer aquilo que aconteceu com todos os detalhes que eu posso. Porque ninguém poderá dizer o que eu senti e o que eu passei".
Em 2013, Roberto Carlos vai completar 40 anos de TV Globo. E segundo informações da colunista Gisele Vitória, da revista "Istoé", a comemoração será em grande estilo. O tradicional especial de final de ano será inspirado na cerimônia de entrega do Oscar. A gravação, que vai contar com grande parte do elenco da emissora, vai acontecer na Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro e terá no lugar do tapete vermelho, um tapete azul, cor favorita do Rei.


fonte: A Tarde Online - 28.10.2013
Mais famoso artista a recorrer a uma regra do Código Civil para proibir a comercialização de uma biografia não autorizada por ele, o cantor e compositor Roberto Carlos afirma agora que concorda com o projeto de lei que muda essa norma. No entanto, destaca que está preparando uma autobiografia.
Se for aprovado pelo Congresso, o projeto vai permitir a publicação de biografias sem necessidade de autorização da pessoa biografada. Questionado se é a favor ou contra o projeto, ele foi enfático: "Sou a favor". A entrevista foi veiculada ontem, 27, pelo Fantástico, da TV Globo.
Em 2007, Roberto Carlos recorreu à Justiça para exigir a proibição da venda de "Roberto Carlos em Detalhes", escrita por Paulo Cesar de Araújo. Ele se baseou no artigo 20 do Código Civil, que prevê: "Salvo se autorizadas (...), a divulgação de escritos, a transmissão da palavra, ou a publicação, a exposição ou a utilização da imagem de uma pessoa poderão ser proibidas, a seu requerimento e sem prejuízo da indenização que couber, se lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se destinarem a fins comerciais". Roberto Carlos foi atendido pela Justiça, e o livro está fora do mercado até hoje.
Questionado durante a entrevista se atualmente liberaria a publicação do livro, Roberto impôs condições. "Isso tem de ser discutido. Há algum tempo, para a gente proteger o direito à privacidade, só existia uma forma: não permitir uma biografia não autorizada", disse.
Segundo ele, caso o autor da biografia faça afirmações mentirosas, a reparação posterior feita pela Justiça "não funciona". "O resultado é um pouco tardio. Todo mundo já leu, já viu."
Roberto defendeu que seja criada uma lei mais flexível sobre as biografias. "(Que permita a publicação) Sem autorização, porém com certos ajustes", afirmou. O músico não esclareceu quais seriam esses "ajustes". "Isso tem de se discutir, são muitas coisas, tem de haver um equilíbrio. Que não fira a liberdade de expressão nem o direito à privacidade", ressaltou.
Gravações. Roberto Carlos anunciou também que está gravando depoimentos sobre sua vida para serem usados em uma biografia. "Vou contar tudo o que eu acho que tem sentido contar em relação ao que vivi", afirmou. Questionado sobre quem daria a forma final ao livro, ele respondeu: "Eu". No entanto, Roberto estaria procurando um escritor, segundo afirmou para a TV Globo.
O cantor disse que em sua biografia vai narrar o acidente que sofreu quando ainda era criança e morava em Cachoeiro de Itapemirim (ES), cidade natal. Atropelado por um trem, perdeu parte da perna direita. Roberto teria se aborrecido com a narração dessa história por Paulo Cesar de Araújo e por isso teria proibido a obra. Ontem, Roberto negou que esse tema seja tabu e disse que vai descrevê-lo. "Só eu sei o que senti", disse.
A polêmica. Além do projeto de lei, em trâmite no Congresso Nacional, a proibição da publicação de biografias não autorizadas também é discutida na Justiça. Em 2011, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros impetrou uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal contra o artigo 20 do Código Civil. Biógrafos e editores evocam a liberdade de expressão para justificar a mudança dessa regra.


fonte: Clic RBS Online - 27.10.2013
ROBERTO CARLOS DIZ SER A FAVOR DAS BIOGRAFIAS NÃO AUTORIZADAS, MAS COM AJUSTES

Assim, diante de tantas celebridades abrindo as cabeças para falar sobre biografias, eis que me coloco de mente aberta para palpitar sobre o assunto – talvez em função do risco zero que tenho em ter alguém gastando as pontas dos dedos para escrever minha história. Sabem bem como tudo começou, né? Roberto Carlos. Todos devem lembrar que 2007 o cantor moveu uma ação contra o jornalista e historiador Paulo César de Araújo, autor de “Roberto Carlos em detalhes”, e conseguiu que o livro fosse recolhido das lojas e tivesse sua venda proibida. Tenho lá em casa a biografia não autorizada do Rei. Não tem nada demais, mas a história é dele, não? Assim como todas as outras que são contadas e recontadas mundo afora. Mas eis que o Rei resolveu falar ao Fantástico sobre o assunto e surpreendeu. Sim, bem conversadinho ele até toparia umas poucas páginas contando os pormenores de sua vidinha de Rei.
“O que eu acho é que tem que conversar. Tem que se conversar e chegar a esse equilíbrio. Há algum tempo, pra gente proteger o direito à privacidade, só existia uma forma. Não permitir uma biografia não-autorizada”, disse.
Quer saber do papo da íntegra? Pois cá está:

Renata Vasconcellos: Contra calúnia, difamação, o caminho da Justiça não basta? Não cabem processos, pedidos de indenização?
Roberto Carlos: É. Só que o resultado vem um pouco tardio. Depois que todo mundo já leu, já viu na internet. Alguns já compraram até os livros, aqueles que foram colocados à venda. Isso não funciona muito não.

Renata: As pessoas não podem julgar pelo critério próprio se vale a pena dar respaldo para o que está escrito ou não? Deixar as pessoas avaliarem?
Roberto Carlos: Não. Nesse caso, não.

Renata: Qual seria o caminho, então?
Roberto Carlos: Conversar, discutir. Chegar a uma conclusão que seja mais razoável pra todo mundo. Para ele, o ideal seria não proibir ou exigir aprovação prévia, mas sim promover um diálogo entre autores e biografados ou seus representantes. Os “ajustes” que defende, no entanto, não foram detalhados.

Renata: Você hoje é favor das biografias sem autorização prévia?
Roberto Carlos: Sem autorização. Porém, com certos ajustes.

Renata: Que ajustes seriam esses?
Roberto Carlos: Isso aí tem que se discutir. São muitas coisas. Tem que haver um equilíbrio e alguns ajustes para que essa lei não venha a prejudicar nem um lado, nem outro. Nem o lado do biografado, nem o lado do biógrafo. E que não fira a liberdade de expressão e o direito à privacidade.

Renata: Você permitiria a biografia que foi feita a seu respeito há alguns anos?
Roberto Carlos: Isso tem que ser discutido.

“O biógrafo também pesquisa uma história que está feita. Que está feita pelo biografado. Então ele, na verdade, não cria uma história. Ele faz um trabalho e narra aquela história que não é dele. Que é do biografado. E, partir do que escreve, ele passa a ser dono da história. E isso não é certo. Isso, na minha opinião, não é justo”, concluiu o cantor.


fonte: A Tarde Online - 27.10.2013
ROBERTO CARLOS VAI ABORDAR ACIDENTE EM AUTOBIOGRAFIA
Cantor falou sobre a polêmica das biografias ao Fantástico

Nem o acidente que lhe arrancou uma das pernas quando era criança ficará de fora da autobiografia de Roberto Carlos. Quem garantiu foi o próprio cantor em entrevista ao Fantástico deste domingo, 27. "Pessoas têm dito que eu sou contra [a publicação do livro Roberto Carlos em Detalhes] por causa do meu acidente, que foi contado, essas coisa toda. Não é isso, não. Ninguém poderá contar do meu acidente melhor que eu. Ninguém poderá dizer aquilo que aconteceu com todos os detalhes que eu posso. Porque ninguém poderá dizer o que eu senti e o que eu passei", disse a Renata Vasconcelos.
A repórter ainda questionou sobre o fato de que algumas pessoas querem manter fatos passados escondidos do público. Roberto Carlos afirmou que não fará isso na autobiografia, mas vai "contar tudo que eu realmente acho que tem sentido de contar em relação àquilo que eu senti, que eu vivi.". O cantor ainda disse que a obra sobre a sua vida poderá se dividida em duas ou até três partes.
Roberto Carlos se mostrou flexível sobre a questão da biografia não-autorizada, acreditando que é possível haver uma conversa entre o biógrafo e o biografado. "O caminho é chegar a uma conclusão que seja mais razoável pra todo mundo.", completou, sem explicar que tipo de conclusão seria essa.


fonte: Veja Online - 27.10.2013
ROBERTO CARLOS AGORA DEFENDE 'BIOGRAFIA COM REGRAS'
Na TV, cantor diz não ser contra publicação de livros sem aval de personagens,
mas anuncia que fará sua autobiografia por ser "o melhor" para falar de si
Roberto Carlos: “Ninguém poderá contar do meu acidente melhor do que eu"

“O biógrafo pesquisa uma história que está feita pelo biografado. Ele não cria uma história, ele narra aquela história que não é dele, é do biografado. E a partir do momento que ele escreve, ele passa a ser dono da história. E isso não é certo”, crê o cantor
O cantor e compositor Roberto Carlos afirmou neste domingo ser favorável ao projeto de lei 93/2011, que pode acabar com a restrição à publicação de biografias sem autorização prévia no país. No entanto, ele defendeu que é necessária uma nova legislação que dê limites às informações publicadas. Roberto Carlos disse que os juristas devem “estabelecer regras que não prejudiquem o biografado” e chegar a “uma solução razoável para todo mundo”.
O músico é um dos pivôs da proibição encampada pelo movimento Procure Saber, que tem apoio de Chico Buarque e Caetano Veloso, por exemplo. A Associação Nacional dos Editores de Livros (Anel) batalha contra o Procure Saber no Supremo Tribunal Federal, com uma ação direta de inconstitucionalidade contra os artigos 20 e 21 do Código Civil, que condicionam a publicação de biografias ao aval dos personagens retratados ou de seus herdeiros. Em 2007, Roberto Carlos conseguiu retirar das livrarias a obraRoberto Carlos em Detalhes, escrita pelo repórter Paulo Cesar Araújo sem o seu consentimento. Uma possível liberação do texto de Araújo, segundo ele, “tem de ser discutida”.

“Sou a favor das biografias sem autorização, porém com certos ajustes que tem de acontecer”, disse o cantor em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, emissora com a qual mantém contrato. “[Os ajustes] têm de ser discutidos. Tem que haver um equilíbrio e alguns ajustes para que essa lei não venha a prejudicar nem um lado nem outro, nem o do biografado nem o do biógrafo. E que não fira a liberdade de expressão nem o direto à privacidade.”
O cantor disse que a proposta defendida por biógrafos e jornalistas para a liberação das publicações não teria efeito. Os escritores defendem os textos não precisem de aval prévio – considerado um tipo de censura – e que os biografados procurem a Justiça para reparar eventuais erros, calúnias ou difamações presentes nos livros. “Isso não funcionaria muito não”, disse o cantor, ao argumentar que a obra já estaria publicada na internet.
Autobiografia – Roberto Carlos aproveitou a entrevista para anunciar que está preparando a própria biografia. Segundo ele, a própria história talvez não caiba em um só livro: “Vou contar tudo o que acho que tem sentido de contar em relação ao que senti e ao que vivi”.
O cantor prometeu abordar o acidente em que perdeu uma perna, ao ser atropelado por um trem. “Ninguém poderá contar do meu acidente melhor do que eu. Ninguém poderá dizer o que aconteceu, o que eu senti e passei com todos os detalhes que eu posso. Isso aí só eu sei”.
Roberto Carlos também argumentou que os escritores passam a ser donos da história alheia quando publicam uma biografia – o que para ele é incorreto. “O biógrafo pesquisa uma história que está feita pelo biografado. Ele não cria uma história, ele narra aquela história que não é dele, é do biografado. E a partir do momento que ele escreve, ele passa a ser dono da história. E isso não é certo”, acredita o cantor.


fonte: Terra Online - 27.10.2013
ROBERTO CARLOS MOSTRA ESTAR MAIS FLEXÍVEL E PREPARA A PRÓPRIA BIOGRAFIA
Roberto Carlos prepara autobiografia e diz que vai falar de acidente na infância

Roberto Carlos falou pela primeira vez sobre a polêmica das biografias não autorizadas em entrevista aoFantástico, exibido neste domingo (27). Ele apresentou um ponto de vista mais flexível e revelou à Renata Vasconcellos que está preparando a própria biografia e que contará sobre o acidente na infância.
Em consequência de uma ação judicial movida por Roberto Carlos, em 2007, milhares de exemplares da biografia Roberto Carlos em detalhes, escrita pelo jornalista e historiador Paulo César de Araújo, foram recolhidos das livrarias em todo o País.
O grupo Procure Saber, do qual o rei faz parte, ao lado de outros artistas, fez um anúncio em outubro de 2013: eles não aceitam mudanças na lei que trata de biografias no Brasil. Querem que o biografado continue a ter o direito de proibir uma obra não-autorizada.
O artista deu sua opinião sobre o projeto de lei que está no Congresso e que permite, que pretende liberar a publicação de biografias sem a autorização do biografado. “Acho que tem que se conversar e chegar a esse equilíbrio. Não é que mudei de opinião. Há algum tempo, para proteger o direito a privacidade, era preciso não permitir uma biografia não autorizada”.
Sobre tomar uma atitude apenas depois da publicação, com um pedido de indenização, ele salientou: o resultado é um pouco tardio.
Questionado se não daria para as pessoas julgarem pelo critério próprio se vale a pena dar respaldo para o que está escrito ou não, o cantor diz: “não dá para as pessoas avaliarem. Nesse caso não. Precisa conversar, discutir e chegar a uma conclusão para todo mundo”.
Ele agora se diz a favor das biografias “porém com certos ajustes que têm que acontecer”. “Tem que haver equilíbrio para que a lei não venha a prejudicar o lado de um nem do outro. Que não fira liberdade de expressão e nem a privacidade”.
Renata Vasconcellos perguntou se Roberto permitiria a biografia dele que foi feita há alguns anos. “Isso tem que ser discutido”, despistou o rei.
“O biografo pesquisa uma historia que está feita pelo biografado. Narra uma história que não é dele. E a partir do momento que escreve ele passa a ser dono dessa história”, defendeu.
O astro afirmou estar escrevendo sua história com detalhes que sabe “muito mais que outra fonte”. A jornalista questionou: “quem escreveria a biografia do Roberto com as bênçãos do rei?” Roberto foi direto: “eu”.
“Às vezes os biografados não querem contar tudo, não é roberto? “, insistiu Renata. O cantor disse que vai abordar tudo, inclusive o acidente que sofreu aos 6 anos de idade, em que teve a perna prensada, atropelado por um trem. “Ninguém poderá contar do meu acidente melhor do que eu. Ninguém poderá contar o que eu senti e passei”.
Roberto atualmente procura um autor que finalize o livro, ou livros, afinal, são muitos anos de vida e carreira.


fonte: O Globo Online - 27.10.2013
ROBERTO CARLOS DIZ SER A FAVOR DAS BIOGRAFIAS NÃO AUTORIZADAS, MAS COM AJUSTES
‘Temos que conversar, discutir e chegar a uma conclusão que seja boa para todo mundo’, disse.
Roberto Carlos deu entrevista ao 'Fantástico'.

· RIO - Um dos principais personagens da polêmica das biografias que se instaurou a partir da atuação do grupo Procure Saber, o cantor Roberto Carlos falou, pela primeira vez, em entrevista ao “Fantástico” deste domingo, sobre sua posição em relação ao assunto. O cantor disse ser a favor da biografia não autorizada, desde que sejam feitos alguns ajustes.
— Temos que conversar, discutir e chegar a uma conclusão que seja boa para todo mundo. O jurista tem que estudar muito bem e estabelecer algumas regras que protejam o biografado. Tem que fazer alguns ajustes para que essa lei não venha a prejudicar nem o biografado nem o biógrafo. Que não fira a liberdade de expressão e o direito à privacidade — disse ele.
Rei afirmou que sua posição anterior contra as biografias não autorizadas nada tem a ver com o episódio do acidente de trem que o fez perder parte da perna quando tinha seis anos de idade. Roberto Carlos revelou que ele mesmo está escrevendo sua história e que irá informar “muito mais as pessoas do que qualquer outra fonte”. Ao ser questionado pela jornalista Renata Vasconcellos se o autor de sua própria biografia omitiria, por vezes, certos episódios de sua vida, ele respondeu que irá contar tudo com relação ao que sentiu e ao que viveu. E assegurou que que não deixará de contar detalhes sobre o acidente.
— As pessoas dizem que eu sou contra as biografias por causa do meu acidente. Não é isso. Eu vou contar do meu acidente. Ninguém poderá contar do meu acidente melhor do que eu. Ninguém poderá contar com todo os detalhes, o que eu senti e o que eu passei, porque disso só eu sei — afirmou.
Roberto Carlos contou que está gravando seus depoimentos e que ainda está procurando um autor para dar a forma final do livro. E mais: disse que não sabe se sua vida caberá em um só volume. Indagado sobre quem teria a benção do rei para escrever suas memórias, ele limitou-se a responder: “Eu”.
Em 2007, o cantor conseguiu bloquear o lançamento e venda da biografia “Roberto Carlos em detalhes”, escrita por Paulo Cesar Araújo. Na entrevista veiculada ontem, Roberto Carlos disse que atualmente não permitiria a publicação dessa obra. Ele alegou que “o biógrafo pesquisa uma historia que é feita pelo biografado”.
— O escritor não cria uma história. O biógrafo só narra uma historia que não é a dele. Ele passa a ser dono de uma história que não é a dele e isso não é certo.
Durante a entrevista, Roberto Carlos falou até em aceitar a publicação de biografias, desde que haja um acordo prévio, mas não explicou que acordo seria esse. O cantor exalta a importância de se discutir o projeto que libera a publicação de biografias não autorizadas, que tramita na Câmara dos Deputados, e disse ser a favor da medida. Ao ser perguntado se havia mudado de opinião, ele disse que não.
— Há algum tempo, para a gente proteger o direito a privacidade só existia uma forma não permitir a biografia nao autorizada.
Questionado sobre se não bastava processar depois contra calúnia a difamação, o cantor respondeu:
— O resultado é um pouco tardio. Todo mundo já leu, ja viu pela internet . Isso não vale muito, não.


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 26.10.2013
NO ESPECIAL DO ROBERTO
Não é só Anitta. O funkeiro Naldo também vai participar do especial de Natal de Roberto Carlos. O critério para a escolha dos convidados do programa é: ter ficado em evidência ao longo do ano. Críticas à parte, isso os dois fizeram.


05fonte: Tribuna Hoje Online - 23.10.2013
ROBERTO CARLOS QUER PRODUZIR FILME BASEADO NA PRÓPRIA VIDA
Procurado pela TV Globo sobre uma minissérie, cantor sinalizou que deseja lançar longa-metragem internacionalmente

Em meio à polêmica sobre biografias não-autorizadas, Roberto Carlos pensa em um... filme baseado em sua vida. A ideia foi sinalizada para a TV Globo, que o procurou para conversar sobre uma minissérie contando a história do Rei.
"Não negamos, mas sinalizamos que preferimos produzir um filme primeiro, com distribuição nacional e em todo o mercado latino internacional", disse Dody Sirena, empresário de Roberto, ao Portal Virgula nesta terça-feira (23). A partir disso, a ideia é adaptar o longa-metragem para a televisão, preferencialmente para a Globo.
De acordo com a revista Veja, a emissora chegou a oferecer, sem sucesso, R$ 10 milhões pelo projeto de série.


fonte: O Globo (Coluna Patrícia Kogut) - 23.10.2013
PODEROSA
Além de Tiago Abravanel e Tatá Werneck, Anitta cantará com Roberto Carlos no seu especial de fim de ano. As gravações serão na Cidade da Música, na Barra, sob a direção de João Daniel Tikhomiroff (núcleo Jayme Monjardim).


fonte: O Dia (Coluna Leo Dias) - 23.10.2013
ESPECIAL DE ROBERTO CARLOS VAI TER TRAJE DE GALA E TAPETE... AZUL!
A Globo prepara um luxuoso especial para comemorar os 40 anos de Roberto Carlos nos fins de ano da emissora. O show acontece no dia 23 de novembro na Cidade das Artes, na Barra, e a ordem é que todos usem trajes de gala. Os convidados vão passar por um tapete azul. Sim, caro leitor. Você não leu errado. No lugar do tradicional tapete vermelho,entrará em cena o tapete azul, que é a cor preferida do Rei. A emissora já começou a convidar cantores para participarem do programa especialíssimo. No último domingo, a Globo gravou Roberto Carlos desfilando com sua Lamborghini na Via Dutra. Por volta das 5h da manhã, o Rei pisou fundo no acelerador e – dizem – queria chegar aos 250 km/h de seu possante. Não conseguiu, é claro.


05fonte: Boa Informação Online - 20.10.2013
ROBERTO CARLOS VETA MINISSÉRIE BIOGRÁFICA DA GLOBO

Há 39 anos contratado da Globo, onde emplaca anualmente um especial que carrega o seu nome,Roberto Carlos não está para brincadeira quando o assunto é o veto às biografias não-autorizadas.
Segundo Lauro Jardim, o cantor vetou uma minissérie biográfica da Globo. O projeto, que corria em segredo até então, vem sendo discutido com frequência, mas o “rei” segue irredutível. Na última proposta, a emissora chegou a oferecer, sem sucesso, R$ 10 milhões pelos direitos de imagem.
Atualmente, Roberto Carlos está envolvido numa polêmica. Junto com Caetano Veloso, Gilberto Gil eChico Buarque, o cantor e compositor ligou-se ao Procure Saber, grupo comandado por Paula Lavigneque é contrário à publicação de biografias não autorizadas.


fonte: Exame Online - 19.10.2013
BIOGRAFIA DE ROBERTO CARLOS? NEM POR R$ 10 MILHÕES
Segundo Lauro Jardim, Globo teria oferecido R$ 10 milhões ao cantor por uma série sobre sua vida

Roberto Carlos: 1 bilhão de reais investidos em condomínios comerciais e residenciais, com ruas batizadas com suas músicas.
Segundo a coluna, Roberto Carlos teria recusado 10 milhões de reais da TV Globo para permitir que uma série sobre sua vida fosse ao ar em uma espécie de biografia autorizada e remunerada.
Personagem principal da disputa entre biografáveis e editoras, o cantor já tirou de circulação uma biografia não autorizada sobre si. “Roberto Carlos em Detalhes”, do historiador Paulo César Araújo, chegou às livrarias no começo de dezembro de 2006, pela editora Planeta, mas ficou poucos meses em circulação.
Dias depois do lançamento o cantor entrou com duas ações, uma contra o historiador e outra contra a editora, e, em 27 de abril de 2007, um acordo foi selado e o livro saiu das prateleiras.
A disputa entre direito à privacidade, como alegam os biografáveis, e à liberdade de expressão, — o argumento dos biógrafos — ganhou um novo capítulo no mês passado, quando uma consulta das editoras sobre o tema chegou ao Supremo e personagens como Gilberto Gil, Chico Buarque e Caetano Veloso se disseram contra as biografias não autorizadas.


fonte: G1 Região dos Lagos Online - 18.10.2013
SHOW DE ROBERTO CARLOS EM CABO FRIO, NO RJ, É ADIADO
Prefeito Alair Corrêa divulgou notícia nesta sexta por uma rede social.
Não há previsão para nova data; motivo é falta de patrocínio.

O prefeito Alair Corrêa divulgou no início da noite desta sexta-feira (18) o adiamento do show do cantor Roberto Carlos na cidade de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Através da página pessoal do Facebook, o prefeito disse que o motivo foi que a organização não atingiu o valor geral do projeto, através de repasses de patrocinadores. A apresentação do rei estava marcada para o dia 13 de novembro, dia do aniversário da cidade, na Praia do Forte. Confira abaixo a nota na íntegra:
''Em virtude dos repasses que patrocinariam a vinda do Rei Roberto Carlos não terem atingido o valor geral do projeto, e como a Prefeitura de Cabo Frio entende que, nesse momento difícil para todos os brasileiros, e em especial os cabofrienses, não podemos arcar com o restante das despesas, resolvemos adiar o show para outra ocasião, até que consigamos parceiros para o pagamento integral de 100% dos custos deste projeto'', declarou.


fonte: Facebook do Chico Buarque - 16.10.2013
Estamos diante de um debate em que estão em jogo dois direitos fundamentais em uma democracia: o direito de expressão e o direito à privacidade. A segunda tem se tornado cada vez mais rara. Vale a reflexão: até que ponto um terceiro tem o direito à livre expressão dos fatos da sua vida? Até que ponto a esfera particular de uma figura pública interessa tanto pra narrar sua história de forma fidedigna? Até onde o direito de expressão de um não invade o direito de privacidade do outro? Onde está o limite? O que sentiu Gloria Perez ao ver a vida e a morte de sua filha ser minuciosamente contada em um livro? Uma biografia não autorizada garante a realidade dos fatos? O autor não irá querer um livro extremamente comercial pra vender mais? Quem ganha? Quem perde?
Alguns dizem que cabe ao "ofendido" pela biografia não autorizada recorrer à justiça para o devido ressarcimento de danos, etc. Danos? Quem mede os danos? A perna mecânica do Roberto Carlos tem um significado pra mim. Pra ele com certeza o significado é outro e, ainda, carregado de significantes. Só ele tem a dimensão do que isso representa intimamente. Só ele sabe o que isso provoca. Só nós mesmos sabemos o que nos trava a garganta, o que nos desconcerta e o verdadeiro significado disso em nossa vida intima. Pra mim fica a contribuição histórica desses grandes artistas para a construção da democracia nesse país. E, sinceramente, a mim não interessa se ele fumou, bebeu, traiu... A vida íntima desses artistas não diminuem a importância de suas obras.
Direito de privacidade? Eu, simples mortal, a quem a vida não é interessante pra ninguém, desejo e cultivo e defendo. Sempre!


fonte: Caras Online - 16.10.2013
GLÓRIA PEREZ: NINGUÉM VAI PEDIR DESCULPAS AO ROBERTO CARLOS? CHOCADA.
Glória Perez usa seu Twitter nesta sexta-feira, 18, para comentar a questão das biografias não autorizadas, discutido no programa Saia Justa desta quarta-feira, 16

A novelista Gloria Perez usou seu Twitter nesta sexta-feira, 18, para desabafar sobre o programa Saia Justa, exibido na quarta-feira, 16, que discutia a questão das biografias não autorizadas.
Em certo momento, a jornalista Bárbara Gancia mencionou um acidente sofrido por Roberto Carlos na infância, acrescentando que a informação é um fato pessoal da vida do cantor que é de conhecimento público.
"Ninguém vai pedir desculpas ao Roberto Carlos pela grosseria no Saia Justa? Só eu que fiquei chocada????", lamentou a autora, que conseguiu recolher e evitar a comercialização do livro A História Que o Brasil Desconhece, deGuilherme de Pádua, condenado pelo assassinato da sua filha, Daniella Perez.
Essa não é a primeira vez que Gloria usa o Twitter para se manifestar sobre o assunto. No dia em que o programa foi exibido, a autora já havia manifestado seu apoio a Paula Lavigne, porta-voz do movimento Procure Saber.
"A Paula Lavigne desenhou o que é exposição de intimidade do outro. Gente, eu queria que discutissem o que a Paula está propondo: uma conversa! Pelo visto não vai rolar. A Bárbara está empenhada em desviar o foco: gente, vamos falar dos direitos fundamentais e conflitantes", disse, referindo-se à liberdade de expressão e o direito à privacidade.
"Que grosseria com o Roberto Carlos, afff! Achei que a Paula se saiu muito bem. Pena que nã havia espaço para rebater ideias com ideias. Bom, tchau pra vocês, vou cuidar da minha série nova. E lastimo a virulência e a intolerância com que o assunto esta sendo tratado", completou Glória, que pouco depois voltou ao assunto.
"Já disse o que penso: concordo com o Ministro Barbosa. O ideal é biografias livres e indenizaçoes muito pesadas para desencorajar abusos. Patético é o direito fundamental à intimidade ser entendido como censura. Deviam ensinar a a constituiçao nas escolas: triste um povo não conhecer seus direitos", finalizou.


fonte: Cotia Todo o Dia Online - 14.10.2013
GLOBO DEFINE ESPECIAIS DE FINAL DE ANO

Não apenas a Record está com sua lista de especiais definida para este final de ano. A Globo também já definiu os shows, despedida de temporada de séries e demais especiais para fechar 2013.
Como o RD1 havia antecipado, dentre as novidades, está o show sertanejo que será gravado no próximo dia 26, no Festival Villa Mix Goiânia. O show, com direção de Luiz Gleiser, terá apresentações de Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, Gusttavo Lima e Paula Fernandes.
De acordo com a coluna de Flavio Ricco, a programação da Globo também terá o especial “Alexandre e Outros Heróis”, do diretor Luiz Fernando Carvalho, uma nova edição do “Festival Promessas”, “Vídeo Show Retrô”, “Retrospectiva 2013?, “Show da Virada” e o “Roberto Carlos Especial”, que este ano celebrará os 40 anos do ‘Rei’ na Globo, com ares de Oscar.
A Globo também irá exibir edições especiais de “Tapas & Beijos”, “Pé na Cova” e “A Mulher do Prefeito”, além dos finais de temporada de “The Voice Brasil” e “Amor & Sexo”.
Em dezembro o canal estreia, ainda, o “Sai do Chão”, programa que será exibido durante o verão e terá o comando dos atuais sucessos da música nacional.


fonte: Blog Mauro Ferreira - 14.10.2013
SHOW 'ELES CANTAM ROBERTO CARLOS'JÁ ESTÁ PROGRAMADO PARA 2014, NO RIO

Em maio de 2009, elas cantaram Roberto Carlos em show feito em São Paulo (SP) e eternizado em CD, DVD e blu-ray. Em setembro de 2014, vai ser a vez deles cantarem músicas do Rei em espetáculo previsto para acontecer no Rio de Janeiro (RJ), mais precisamente no Forte de Copacabana. Já está sendo articulado o show Eles cantam Roberto Carlos com a intenção de gravar o espetáculo para posterior edição em CD, DVD e blu-ray pela Sony Music. Caetano Veloso, Chico Buarque e Gilberto Gil são nomes já cogitados para o elenco masculino do show.


fonte: Pure People Online - 14.10.2013
ESPECIAL 'ELES CANTAM ROBERTO CARLOS' ESTÁ SENDO ORGANIZADO EM SIGILO,
NOTICIOU O JORNAL 'O DIA' DESTA SEGUNDA-FEIRA, 14 DE OUTUBRO DE 2013
Caetano Veloso , Chico Buarque e Gilberto Gil estão entre os cantores
cotados para o elenco do show no estilo "Eles cantam Roberto Carlos"
que está sendo articulado de forma sigilosa.
Segundo o colunista Mauro Ferreira, do jornal "O Dia" desta segunda-feira (14), o especial viraria CD e DVD.

Ele seguiria o modelo do "Elas cantam Roberto Carlos", de 2009, em que vozes femininas da música popular brasileira, entre elas, Ivete Sangalo, Sandye Claudia Leitte, interpretaram canções do Rei. Na época, teve também o "Emoções Sertanejas", com cantores sertanejos cantando músicas de Roberto.
Este novo especial que está sendo organizado vem aumentar as homenagens que aguardam Roberto Carlos nos próximos meses. O especial dele de fim de ano na TV Globo, por exemplo, será no estilo Oscar, a premiação do cinema norte-americano.
Para a chegada de Roberto Carlos e dos convidados, a produção está preparando um "blue carpet" (tapete azul), ao invés do "red carpet" (tapete vermelho) tradicional, por causa da cor preferida do cantor. A emissora quer a plateia lotada com as maiores estrelas de seu casting e a chegada dos convidados, inclusive, será acompanhada pelo canal.
E, para completar as novidades, ele está cotado para abrir ou encerrar a Copa do Mundo de futebol, em 2014. A possibilidade dele realizar esses shows é tão grande que sua turnê internacional, feita a cada dois anos, foi marcada para setembro, após a Copa.
"Roberto Carlos está para a Copa do Mundo aqui assim como Paul McCartney esteve para a Olimpíada em Londres, no ano passado", disse Dodi Sirena, empresário do cantor, ao jornal "Folha de S. Paulo


fonte: Terra Online - 11.10.2013
ROBERTO CARLOS ESPECIAL DESSE ANO SERÁ GRAVADO EM CLIMA DE OSCAR

A Rede Globo está preparando uma grande festa para comemorar os 40 anos do programa 'Roberto Carlos Especial', que vai ao ar todo final de ano na programação da emissora.
De acordo com a coluna Outro Canal, da Folha de S. Paulo, o programa especial será no estilo Oscar, com direito a blue carpet (tapete azul), a cor favorita de Roberto Carlos. A gravação já tem data marcada: 23 de novembro na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.
Para fazer jus a uma noite como o Oscar, a emissora já começou a convidar todo o seu elenco para rechear a platéia de celebridades. Todos os famosos vão desfilar pelo tapete azul, posar para fotos e dar entrevistas.
No palco, o rei vai cantar com Erasmo Carlos, Lulu Santos e até com Tiago Abravanel, que interpretará Tim Maia, como em seu famoso musical. Nessa mesma noite, a Globo pretende fazer uma homenagem também a Tim Maia, que morreu em 1988.
''Roberto Carlos Especial'' terá direção geral de João Daniel Tikhomiroff e irá ao ar, conforme manda o figurino - e aprogramação da Globo - no dia 25 de dezembro.


fonte: Cruzeiro do Sul Online - 06.10.2013
MUITAS EMOÇÕES NO SHOW DO REI

Após nove anos sem vir a Sorocaba, o rei Roberto Carlos brindou os fãs com um show no último sábado, no Recreativo Campestre. Apesar de o show estar marcado para as 21h, e começar com uma hora de atraso, às 19h o clube já estava praticamente lotado de espectadores ansiosos para a entrada do rei. Ao lado da orquestra e coral, Roberto encantou os fãs com algumas das canções de seu vasto repertório. Vestindo um terno azul, como de costume, o cantor saudou os fãs com Emoções, dedilhou o violão em Detalhes e se emocionou ao falar de sua mãe, Laidy Laura. Em todas as canções, Roberto contou com as vozes do público que, como um grande coral, embalou as canções, especialmente em Nossa Senhora e Esse cara sou eu. No final, a tradicional distribuição das rosas emocionou os fãs que correram para a frente do palco garantir a sua. Esse show faz parte da turnê nacional do cantor que já passou por outras cidades do interior, como São José do Rio Preto e Campinas. (texto: Mariela Almeida)


05fonte: BH NOtícias - 05.10.2013
ROBERTO CARLOS GANHA APOIO DE GIL, CHICO E CAETANO CONTRA BIOGRAFIAS NÃO AUTORIZADAS

O cantor Roberto Carlos, que já tirou de circulação obras sobre sua vida, conseguiu um apoio de peso. Os músicos Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Djavan e Erasmo Carlos agora estão do seu lado contra o comércio de biografias não autorizadas. Os artistas criaram o grupo Procure Saber, que, segundo a produtora Paula Lavigne, presidente e porta-voz do grupo, deve entrar na disputa para manter a exigência de autorização prévia antes da venda dos livros. Em posição contrária, a Associação Nacional dos Editores de Livros (Anel) move no Supremo Tribunal Federal uma Ação Direta de Inconstitucionalidade em que questiona os dois artigos do Código Civil que impedem a publicação sem a anuência prévia dos biografados ou de seus herdeiros. Segundo a Anel, as normas atuais violam a liberdade de expressão e o direito à informação. Lavigne contesta: "usar esse argumento para comercializar a vida alheia é pura retórica", disse. Ela ressalta que o Procure Saber é contrário à comercialização, e não à publicação, das biografias. "Se alguém quiser escrever uma biografia e publicá-la na internet sem cobrar, tudo bem. O problema é lucrar com isso", completou. Em setembro passado na Bienal do Rio, um manifesto assinado por autores como Boris Fausto e Ruy Castro diz que a proibição às biografias não autorizadas é um "monopólio da história, típico de regimes totalitários”. "Biógrafos e jornalistas têm o dever de contar a história do país e de suas personalidades públicas, inclusive expondo suas contradições. Os artistas estão defendendo algo obscurantista, a biografia chapa-branca", afirmou Lira Neto, autor de livros sobre a vida de Getúlio Vargas."Muitas obras usam jornais como fonte. Ninguém pede para ler antes o que é publicado em jornais, porque isso é visto como utilidade pública", afirma Sônia Jardim, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros. Informações da Folha


fonte: Folha de São Paulo Online - 03.10.2013
Roberto Carlos em campo
O cantor Roberto Carlos pode abrir ou encerrar a Copa do Mundo de 2014. O rei estuda ainda convites para shows privados e até para cantar em um transatlântico que estará ancorado no Rio de Janeiro para hospedar torcedores.

Selo
“Roberto Carlos está para a Copa do Mundo aqui assim como Paul McCartney esteve para as Olimpíadas em Londres no ano passado”, diz Dodi Sirena, empresário do brasileiro. O ex-Beatle encerrou a cerimônia de abertura com “Hey Jude”.

Circuito
A turnê internacional que Roberto Carlos faz a cada dois anos foi marcada para setembro, depois da Copa. Ele viajará por 12 cidades.


fonte: Bonito Online - 02.10.2013
ROBERTO CARLOS FARÁ XHOW EM CAMPO GRANDE (MS)
Está confirmado para o dia 7 de novembro, em Campo Grande (MS), a apresentação do "Rei" Roberto Carlos. O show será realizado no Guanandizão.
A última apresentação do cantor na cidade foi em 2008, no Rádio Clube.
Roberto Carlos virá acompanhado pela orquestra de 16 músicos para cantar clássicos dos 54 anos de carreira e algumas canções recentes.
De acordo com informações do site Campo Grande News, a pré-venda será de 03 a 07 de outubro, exclusivamente para clientes Credicard e Dinners, com máximo de 4 ingressos por cartão. Só no dia 9 será aberta ao público em geral.
Os preços começam em R$ 70,00 a meia-entrada de arquibancada superior, com inteira a R$ 140,00. Será o único setor com desconto. Todos os demais são open bar, com água, cerveja e refrigerante.
Os ingresso de arquibancada especial inferior custam R$ 220,00. Os de setor 2, de cadeiras numeradas, têm o valor de R$ 320,00 e os do setor 1, mais próximo do palco, também com cadeiras, saem por R$ 480,00.


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 02.10.2013
Tapete azul para o Rei
O programa anual de Roberto Carlos na Globo vai ser ainda mais especial este ano porque será sua 40ª edição. Para comemorar a data redonda, o show será gravado durante uma cerimônia ao estilo do Oscar, com toda a pompa, traje de gala, decoração caprichada, etc. Convidados passarão pelo tradicional tapete vermelho – que desta vez será azul a pedido de Roberto.

Palavra que incomoda
O programa vai ser gravado no dia 23 de novembro, na Cidade das Artes. O nome do lugar, aliás, deixa Roberto Carlos bastante incomodado. O cantor pediu para que todos os envolvidos na produção só se refiram a ela no singular: “Cidade da Arte”.

A razão do incômodo
É que Roberto percebeu o cacófato em “das artes”. Soa como “azar”, palavra que, você sabe, ele não pronuncia de jeito algum. Então é isso: o show na “Cidade da Arte” vai ao ar em 25 de dezembro, dia de Natal.

Participações especiais
E os músicos convidados? Quem vai participar? É aí que começa a ficar difícil. De toda a megaprodução, esta é a parte que está mais atrasada. É que o programa tem a tradição de convidar para uma participação especial um ou dois músicos que tenham se sobressaído durante o ano. E 2013 tem sido fraco de novidades, de grandes sucessos. Talvez Anitta. Mas seu nome sofre certa rejeição nos bastidores.


fonte: Isto É Gente - 02.10.2013
QUARENTÃO
Roberto Carlos vai apagar 40 velinhas. É neste ano que o rei comemora 40 anos de Rede Globo. Por isso, o tradicional especial de fim de ano do cantor será uma homenagem à sua trajetória na telinha. O glamour do Oscar em Hollywood serviu de inspiração para o show, que terá a participação de todo o elenco da Globo, numa noite de gala. Com direção de Jayme Monjardim, a gravação acontece em 23 de novembro, na Cidade das Artes, no Rio. Depois disso, o cantor se prepara para uma turnê que fará em 2014 pelos Estados Unidos e América Latina. Com agenda apertada, Roberto Carlos não conseguirá participar da missa de um ano da morte de Hebe Camargo, celebrada domingo 29.


fonte: Pure People Online - 30.09.2013
ROBERTO CARLOS COMEMORA 40 ANOS NA GLOBO E GANHA ESPECIAL INSPIRADO NO OSCAR
Roberto Carlos está há 40 anos na TV Globo e vai comemorar a data em grande estilo, no seu tradicional especial de fim de ano. Segundo informações da colunista Gisele Vitória, da revista "Istoé", o rei vai ganhar um programa em homenagem a toda sua história na televisão inspirada na cerimônia de entrega do Oscar. Segundo informações da colunista, para a celebração com requintes de premiação internacional será convocado grande parte do elenco da TV Globo em uma noite de gala, como nunca antes vista. A gravação deve ocorrer no dia 23 de novembro, na grade sala da Fundação Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.
O complexo foi recentemente inaugurado é uma das melhores e mais bonitas salas cênicas da cidade. O espaço comporta confortavelmente 1222 pessoas e devem se emocionar com o espetáculo que será dirigido por Jayme Monjardim . Logo após as festividades de quatro décadas, o cantor deve seguir para uma série de shows internacionais.
Roberto deve se apresentar nos Estados Unidos e na América Latina. O rei recentemente participou de reportagens especiais da emissora que é contratado e chegou a pilotar um carro de corrida . Além de declarar o seu amor pelo filho, Dudu. Aos 72 anos ele declarou em um show que sexo e amor separados não são ruins.


fonte: Assessoria de Imprensa TV Record - 27.09.2013
"CÂMERA RECORD ESPECIAL" 60 ANOS DE RECORD
Nesta sexta-feira, 27 de setembro, a TV Record completa 60 anos de história. Uma edição especial do Câmera Record celebra a trajetória da emissora nestas seis décadas, uma saga de ousadia, redenção e criatividade.
O programa, comandado por Marcos Hummel, conta como a emissora, fundada em 1953, superou inúmeras dificuldades e conseguiu se tornar o segundo maior grupo de comunicação do Brasil.
Artistas e apresentadores comentam imagens raras, shows inesquecíveis e cenas que fizeram história na dramaturgia brasileira. O elenco relembrou programas históricos, como os Festivais da Música Popular Brasileira; A Praça da Alegria, comandada por Manoel da Nóbrega; a Jovem Guarda, com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa e o sucesso da novela Mutantes. Grandes fatos que marcaram época também foram citados, como o tsunami que devastou a Tailândia em 2004; o resgate dos mineiros chilenos, em 2010, e a abertura das Olimpíadas de Londres, em 2012.
O Câmera Record também conta como a vida de cinco brasileiros mudou quando o caminho deles cruzou com a Record, como o garoto salvo por um repórter, o craque de bola descoberto por um motorista da emissora e o casal que se conheceu em cima do palco.
Câmera Record Especial: 60 anos de Record, vai ao ar nesta sexta-feira, 27/09, logo depois de "A Fazenda".


fonte: G1 Sorocaba e Jundiaí - 26.09.2013
FÃS AGUARDAM ANSIOSOS PARA SHOW DO REI ROBERTO CARLOS EM SOROCABA
Apresentação desta sexta-feira (27) faz parte da turnê nacional do cantor.
Ainda há ingressos disponíveis para a apresentação.

Roberto Carlos se apresenta nesta sexta-feira (27) no Clube Recreativo Campestre, em Sorocaba (SP), e os fãs do rei já estão contando as horas para ficar pertinho do ídolo. O show faz parte da turnê nacional do cantor que já passou por outras cidades do interior, como São José do Rio Preto (SP), e tem o apoio da TV TEM. Os ingressos começaram a ser vendidos há um mês, mas ainda estão disponíveis para a venda.
Em Sorocaba, será um reencontro com os fãs. Há nove anos o cantor não se apresenta na cidade. Os fãs esperam que o rei compense esse tempo todo longe com mais um show impecável, ao lado do coral e de uma orquestra.
Na casa da Maria Tereza Santana, os preparativos já começaram. Ela e a irmã, Aparecida de Fátima Rodrigues, fizeram um mutirão na vizinhança e juntaram diversos discos do Rei Roberto Carlos. Querem estar craques até a hora do show. Pela primeira vez, elas vão juntas a um show do grande ídolo.
Maria Tereza conta que já assistiu ao Roberto Carlos outras vezes, mas agora é diferente. "Fiquei feliz de, mais uma vez, poder prestigiar o Roberto Carlos. Eu estou contando os dias e as horas, que já estão próximas, para a gente ver ele de novo", comemora.
Já a dona Aparecida esperou 60 anos para realizar o sonho. Quando soube que o sobrinho iria presenteá-la com o convite do show, até chorou de alegria. "O nosso coração está muito emocionado, eu nunca senti isso. É a primeira vez, então eu estou feliz" destaca.
Enquanto os fãs aguardam ansiosos pelo show, no Clube Recreativo Campestre, local da apresentação, é hora de muito trabalho. Cerca de 25 funcionários preparam cadeiras, camarotes e mesas que vão receber cerca de 2.400 pessoas.
Serviço:
Clube União Recreativo Sorocaba
Rua Francisco Paulo Braion, 650 - Jardim Pagliato, Sorocaba (SP)
Ingressos: a partir de R$ 100
Classificação 16 anos

Enquanto os fãs aguardam, funcionários preparam o local da apresentação


fonte: G1 Online - 25.09.2013
CAETANO, ROBERTO CARLOS E CLARICE FALCÃO DISPUTAM GRAMMY LATINO
'Um abraçaço' e 'Esse cara sou eu' concorrem ao prêmio de canção do ano.
Cerimônia de premiação acontece em 21 de novembro, nos EUA.
Os indicados ao Grammy Latino 2013 foram divulgados nesta quarta-feira (25) durante uma entrevista coletiva no teatro Avalon, em Hollywood. Concorrem produções lançadas entre 1º de julho de 2012 e 30 de junho deste ano.
"Um abraçaço", de Caetano Veloso, concorre aos prêmios de gravação e canção do ano, enquanto o disco "Abraçaço" disputa ao de melhor álbum de compositor. Roberto Carlos também concorre com "Esse cara sou eu". A atriz e cantora Clarice Falcão disputa ao prêmio artista revelação.
O 14º Grammy Latino tem 48 categorias, uma a mais que no ano passado. Os artistas com mais indicações este ano são o duo argentino Illya Kuryaki and The Valderramas e o cantor colombiano Carlos Vives, com cinco cada. Roberto Menescal receberá o prêmio à excelência musical da academia latina da gravação.
A premiação acontece dia 21 de novembro e será transmitida ao vivo nos Estados Unidos a partir das 20h (local, 23h em Brasília) no centro de evento.


fonte: Paulinea Vip - 19.09.2013
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EXTRA NA REGIÃO

Com ingressos esgotados para o show do dia 28 de setembro, Roberto Carlos faz uma apresentação extra no dia 29, às 19h, no Expoamérica, localizado na entrada de Nova Odessa, na região de Campinas.
Depois de 9 anos sem se apresentar em turnês pela região de Campinas, o cantor volta com seu novo espetáculo. No repertório, sucessos de mais de 50 anos de carreira, incluindo canções como “Emoções”, “Detalhes”, "Lady Laura", “Jesus Cristo”, “Nossa Senhora”, “Como é Grande o Meu Amor por Você”, “Além do Horizonte” e “Cama e Mesa”.
O show também traz músicas mais recentes, como “Esse Cara Sou Eu”, que foi tema da novela “Salve Jorge”, da TV Globo, e “Furdúncio”. As duas canções estão presentes no mais recente EP do cantor, lançado em 2012. O trabalho alcançou sucesso de público e vendeu mais de 2 milhões de cópias.
O cantor sobe ao palco acompanhado de uma orquestra de 16 músicos, sob regência do maestro Eduardo Lages, e promete mais uma vez emocionar os fãs em uma apresentação impecável. A realização é da DC Set Promoções.
Os ingressos para o show extra estão à venda e podem ser adquiridos na FNAC do Parque D. Pedro Shopping (ponto de venda oficial sem cobrança de taxa de conveniência), pelo site do Ingresso Rápido, pelo telefone 4003-1212, além de outros pontos de venda em Campinas. Os valores variam de acordo com a localização e custam entre R$ 120 e R$ 540.
Serviço:
Show Roberto Carlos
Local: Expoamérica. Rod. Anhanguera, Km 119 – Trevo de Nova Odessa
Data: 28 e 29 de setembro
Horário: sábado, às 21h; e domingo, às 19h
Classificação: 16 anos (menor desacompanhado) / 12 anos (menor acompanhado do responsável legal)
Entrada: R$ 540 (Setor Azul Numerado - inteira), R$ 270 (Setor Azul Numerado – meia), R$ 380 (Setor Amarelo Numerado – inteira), R$ 190 (setor Amarelo Numerado – meia), R$ 240 (setor Branco Numerado – inteira) e R$ 120 (Setor Branco Numerado – meia) Informações e vendas: www.ingressorapido.com.br / Telefone: 4003-1212
Pontos de venda:
FNAC - Parque D. Pedro Shopping
Varandas Shopping – Griffe de Viagens - Avenida José de Souza Campos, 929 loja 16 -Norte Sul
Oficina do Estudante - Avenida Brasil, 601 - Jd. Guanabara


fonte: O Globo (Coluna Gente Boa) - 18.09.2013
A próxima novela das sete, “Além do horizonte”, terá como tema de abertura a música homônima de Roberto e Erasmo, que está há décadas no repertório imutável dos shows de Roberto. Mas desta vez quem canta é Erasmo.


fonte: Revista Época Online - 17.09.2013
NOVIDADE? ROBERTO CARLOS EM ESTÚDIO AO LADO DE MILTON GUEDES

Roberto Carlos está na ativa. Depois do sucesso do EP de Esse Cara Sou Eu, lançado no fim do ano passado, é provável que o Rei tenha novidades brevemente. O cantor publicou uma foto nas redes sociais ao lado do saxofonista Milton Guedes, no Estúdio Amigo, no bairro carioca da Urca. Em tempo: o Rei vai cantar com Tatá Werneck, sucesso como a piriguete Valdirene em Amor à Vida, no especial de fim de ano do cantor na TV Globo - Roberto é fã de novelas e adora as confusões da atriz.


fonte: O Globo - 16.09.2013
ROBERTO POSTA FOTO TIRADA NO SEU ESTÚDIO COM SAXOFONISTA MILTON GUEDES

Roberto Carlos pode estar preparando gravação inédita para lançar neste segundo semestre de 2103. O cantor tem passado boa parte de seu tempo no Estúdio Amigo, montado pelo Rei em sua casa, na Urca, no Rio de Janeiro (RJ). A foto postada pelo cantor em rede social - imagem na qual Roberto aparece no seu estúdio com o saxofonista Milton Guedes - sinaliza que novo single já pode estar a caminho, no rastro do sucesso do EP Esse cara sou eu, lançado em 2012.


fonte: O Estado de São Paulo - 15.09.2013
O Projeto Canteiro, do empreendimento imobiliário de Roberto Carlos na Avenida JK, ganha, esta semana, o Prêmio Master Imobiliário na categoria Responsabilidade Social.


fonte: O Globo (Coluna Patrícia Kogut) - 14.09.2013
Inteligência pura
Tatá Werneck, a Valdirene de “Amor à vida”, dividirá o palco com Roberto Carlos no especial de fim de ano dele. Como é sabido, o cantor é fã de novelas. E foi ganho pela periguete, uma das mais queridas personagens das 21h.

Mantendo a fama
O Rei quer homenagear seu companheiro da Jovem Guarda, Erasmo Carlos. Portanto, parte significativa do show será unicamente dedicada a músicas daqueles tempos, como “Se você pensa” e “Gatinha Manhosa”, e com ele fazendo dueto com o Tremendão .

Em pessoa
O próprio Roberto Carlos está escolhendo o repertório. As gravações serão na Cidade da Música, no Rio de Janeiro.


fonte: Correio 24 Horas Online - 14.09.2013
TATÁ WERNECK CANTARÁ COM ROBERTO CARLOS EM ESPECIAL, DIZ JORNAL
Cantor quer homenagear seu companheiro de Jovem Guarda, Erasmo Carlos

A atriz Tatá Werneck, a Valdirene de 'Amor à vida', dividirá o palco com Roberto Carlos no especial de fim de ano dele. A informação foi divulgada pela jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo deste sábado (14). O próprio Roberto Carlos está escolhendo o repertório. As gravações serão na Cidade da Música.
Ainda de acordo com Kogut, o Rei quer homenagear seu companheiro de Jovem Guarda, Erasmo Carlos. Portanto, parte significativa do show será unicamente dedicada a músicas daqueles tempos, como 'Se você pensa' e 'Gatinha manhosa', e com ele fazendo dueto com o Tremendão.


fonte: G1 Ribeirão e Franca - 12.09.2013
JUSTIÇA SUSPENDE ENTRADA GRATUITA EM SHOW DE ROBERTO CARLOS EM FRANCA
Benefício é concedido por lei municipal a idosos, aposentados e deficientes.
Músico se apresenta em 22 de setembro, às 20h, no ginásio 'Pedrocão'.
A produção do cantor Roberto Carlos obteve uma liminar na Justiça suspendendo a entrada gratuita de idosos, aposentados, portadores de necessidades especiais e profissionais da imprensa no show que o músico realizará no próximo dia 22 de setembro, no Ginásio Poliesportivo Pedro Morilla Fuentes, o “Pedrocão”, em Franca (SP).
Em setença assinada na terça-feira (10), o juiz Aurélio Miguel Pena considerou inconstitucional a lei municipal que determina gratuidade de ingressos para essas pessoas em eventos artísticos, culturais, esportivos e recreativos realizados em prédios públicos - como no caso do Pedrocão. De acordo com o magistrado, apenas a União pode legislar sobre esse assunto. A decisão ainda cabe recurso, mas a Prefeitura de Franca informou que não pretende recorrer.
"O magistrado também levou em consideração que, quando foi locado o espaço, há mais de 30 dias, também não houve comunicado prévio sobre essa lei. Então a nossa preocupação é que houvesse uma balburdia social e prejuízos não só para os organizadores do show, mas também aos fãs do rei que já haviam adquirido seu espaço", explicou o advogado dos organizadores, Antônio de Pádua Faria.
A partir de agora, os produtores do show só deverão cumprir com os descontos de meia-entrada para estudantes e idosos, como previsto em lei federal.
O caso
O impasse sobre a cobrança ou não de ingressos para idosos, aposentados e portadores de necessidades especiais no show do cantor Roberto Carlos teve início na última semana, após a Prefeitura de Franca alegar que a produção do músico poderia ser multada em R$ 2.140 por pessoa, caso os beneficiados pela lei municipal fossem barrados na portaria.
A lei em questão está em vigor na cidade desde 1990 e garante gratuidade de ingressos a pessoas com mais de 60 anos, além de portadores de necessidades especiais, profissionais da imprensa e aposentados que ganhem até três salários mínimos - neste último caso escolhidos por meio de triagem – para eventos realizados em espaços públicos de Franca, como o ginásio Pedrocão.
As entradas para o show custam R$ 220 (arquibancada superior), R$ 640 (arquibancada inferior) e R$ 1.080 (setor azul numerado).



fonte: Blog Affonso Ritter - 02.09.2013
O REI QUE É EMPREENDEDOR
Cantor Roberto Carlos é um grande investidor imobiliário (em prédios azuis) da sua incorporadora Emoções. Dois anos após lançar e vender seu primeiro empreendimento em São Paulo, o luxuoso Horizonte JK de 40 andares, o rei já tem na fila cinco novos, quatro em São Paulo e um em Aracaju


fonte: Paulínea Vip online - 30.08.2013
ROBERTO CARLOS VOLTA À REGIÃO APÓS NOVE ANOS
Emerson Fittipaldi foi buscar o Rei para pilotar uma super máquina no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

O cantor Roberto Carlos faz show na região de Campinas no próximo dia 28 de setembro, às 21h, no Expoamérica (trevo de Nova Odessa). Os ingressos já começaram a ser vendidos e variam entre R$ 120 e R$ 540.
Depois de 9 anos sem se apresentar em turnês pela região de Campinas, o cantor agora volta com seu novo espetáculo. No repertório, sucessos de mais de 50 anos de carreira, incluindo canções como “Emoções”, “Detalhes”, "Lady Laura", “Jesus Cristo”, “Nossa Senhora”, “Como é Grande o Meu Amor por Você”, “Além do Horizonte” e “Cama e Mesa”. O show também traz músicas mais recentes, como “Esse Cara Sou Eu”, tema da novela “Salve Jorge”, da TV Globo, e “Furdúncio”. As duas canções estão presentes no mais recente EP do cantor, lançado em 2012. O trabalho alcançou sucesso de público e vendeu mais de 2 milhões de cópias.
Serviço:
Show: Roberto Carlos
Local: Expoamérica. Rod. Anhanguera, Km 119 – Trevo de Nova Odessa
Data: 28 de setembro
Horário: abertura dos portões: 19h, início do show: 21h
Classificação: 16 anos (menor desacompanhado) / 12 anos (menor acompanhado do responsável legal)

Entrada: R$ 540 (Setor Azul Numerado - inteira), R$ 270 (Setor Azul Numerado – meia), R$ 380 (Setor Amarelo Numerado – inteira), R$ 190 (setor Amarelo Numerado – meia), R$ 240
(setor Branco Numerado – inteira) e R$ 120 (Setor Branco Numerado – meia)

Informações e vendas: www.ingressorapido.com.br / Telefone: 4003-1212
Pontos de venda:
FNAC - Parque D. Pedro Shopping
Varandas Shopping – Griffe de Viagens - Avenida José de Souza Campos, 929 loja 16 -Norte Sul
Oficina do Estudante - Avenida Brasil, 601 - Jd. Guanabara


fonte: MSN Entretenimento online - 26.08.2013
ROBERTO CARLOS PILOTA CARRO DE CORRIDA E DIZ: "É UMA MARAVILHA!"
Emerson Fittipaldi foi buscar o Rei para pilotar uma super máquina no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Roberto Carlos mostrou seu lado piloto de Fórmula 1, no comando de uma máquina que chegava a duzentos e setenta quilômetros por hora, durante corrida promovida pelo amigo e ex-piloto Emerson Fittipaldi.
Usando macacão personalizado nas suas cores favoritas, azul e branco, Roberto chegou animado ao autódramo de Interlagos, em São Paulo. "Eu estou ansioso, nervoso... O que me acalma é a confiança no motorista", brincou o cantor, em referência ao amigo Fittipaldi.
Pela segunda vez na pista de alta velocidade, Roberto relembrou sua visita ao autódromo na década de 70, quando filmou o longa "A 300KM por Hora". "É verdade, uma maravilha, eu adoro. Acompanho desde a época do Emerson", disse ele, que foi no carona do amigo na primeira volta do percurso. "Olha, foi muito bom, essa máquina anda mesmo", declarou o cantor.
Para completar o figurino, antes de Roberto Carlos assumir o volante, Emerson Fittipaldi presentou o amigo com um capacete azul e brincou: "Olha é azulzinho igual ao seu calhambeque. Agora você está completo, é um piloto", disse o ex-piloto, que há cinco anos foi o responsável pela reforma do carro do amigo.


fonte: site do Fantástico - 25.08.2013
FITTIPALDI E ROBERTO CARLOS ANDAM A 220 KM/H E SE DIVERTEM EM SÃO PAULO
Emerson Fittipaldi foi buscar o Rei para pilotar uma super máquina no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Duzentos e setenta quilômetros por hora, em apenas dez segundos
O campeão Emerson Fittipaldix está mais do que acostumado com essa adrenalina. Só que desta vez resolveu convidar um grande amigo para dividir a emoção de pilotar um carro de corrida, ninguém menos que o Rei Roberto Carlos.
Emerson Fittipaldi foi buscar o Rei em um ônibus onde o Roberto Carlos fica, e funciona como uma espécie de um apoio - um motor home.
Fantástico: E aí, encontrou o amigo, tá na expectativa?
Emerson Fittipaldi: Muito legal, agora nós vamos dar uma volta com o carro normal.
Fantástico: Vamos lá, olha, o Roberto já vem de macacão. Tá ansioso?
Roberto Carlos: Tô! Tô ansioso, nervoso.
Fantástico: Mas você confia no motorista, né?
Roberto Carlos: Com certeza! Isso é o que me acalma.
Primeiro, um reconhecimento da pista. Roberto vai super animado.
Esta não é a primeira vez do Rei em Interlagos. Parte das gravações de um de seus filmes, "A 300 quilômetros por hora" foi aqui. Mas isso foi nos anos 70. Dá para ver que o circuito mudou bastante.
Fantástico: Você está voltando a Interlagos, Roberto, depois de tanto tempo.
Roberto Carlos: É verdade, é uma maravilha, né? Eu adoro, eu adoro! Acompanho, tudo, né? Desde o tempo do Emerson.
Hora de conhecer a super máquina. O modelo é um protótipo brasileiro, nos moldes dos carros que participam da “Le Mans”, prova internacional de velocidade de longa duração, que pela segunda vez vai acontecer no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, no dia primeiro de setembro.
Roberto Carlos: Preciso ver se ele vai andar a 200 por hora comigo dirigindo.
Fantástico: Você tem coragem de andar com o Roberto pilotando?
Emerson Fittipaldi: Olha, eu falei pro Roberto: ‘nós colocamos o freio de mão, qualquer coisa, eu freio o carro. Não, eu tenho confiança’.
Antes de entrar no carro, um presente para o Rei. Emerson dá um capacete para Roberto.
Roberto Carlos: Ô, rapaz, e azulzinho, hein?
Emerson Fittipaldi: Azulzinho como o calhambeque.
Roberto Carlos: Obrigado!
Foi Emerson Fittipaldi quem cuidou, há pouco mais de cinco anos, da reforma do calhambeque do Roberto. Um modelo de 1929. Na época, o Fantástico mostrou a surpresa do Roberto quando viu seu calhambeque tinindo.
Emerson Fittipaldi: Agora tá completo. É um piloto já.
Roberto Carlos: Que maravilha! Lindo! Obrigado, Emerson! Obrigado!
Hora de encarar a pista.
Roberto dá uma olhada no protótipo e diz: Agora é pra valer, agora é! Mas é o Emerson que vai dirigir agora, né? Primeiro ele vai dirigir.
Tudo bem então. O Emerson primeiro. Mas de repente - o carro para no meio da pista, logo na primeira volta. Nada demais. Faltou só um detalhe.
Emerson Fittipaldi: Ficar sem gasolina em Interlagos.
Engenheiro: Que vergonha, né?
Tanque cheio e os dois amigos seguem com a aventura.
De volta ao Box.
Fantástico: Como é que foi?
Roberto Carlos: Muito bom! Muito bom! Essa máquina anda mesmo, viu.
Fantástico: Quanto que foi a velocidade a que você chegou, Emerson?
Emerson Fittipaldi: Ah, mais ou menos uns 220, 200 e pouco.
Fantástico: E o Roberto ficou bem o tempo todo?
Emerson Fittipaldi: Ficou, ficou!
Chega a vez do Rei assumir o volante. Mas antes, uma pequena aula para aprender a se posicionar dentro do protótipo.
Fantástico: Tem muita diferença, Jaime, para pilotar esse carro?
Engenheiro: Ah, tem! Como ele tem muita potência de motor, a embreagem é muito pesada, o freio também não tem o auxilio que tem um carro de rua. Só tem a direção hidráulica. Então para quem não tá acostumado, é bastante complicado.
Mas, com Fittipaldi como co-piloto, Roberto Carlos ganha confiança e acelera.
Na pista, Roberto faz bonito e mantém o carro sob controle.
Fantástico: O que é que você achou, Emerson? Ele tá aprovado?
Emerson Fittipaldi: Olha, ele tá aprovado.
Fantástico: Agora é minha vez, agora sou eu que vou dar uma volta!
Roberto Carlos: Opa!
Fantástico: Pode me emprestar o macacão.
Roberto Carlos: Com certeza!


fonte: Diário da Manhã Online - 24.08.2013
BEM-VINDO A BRASÍLIA REI ROBERTO CARLOS
Dias 23 e 24/08 serão especiais para milhares de fãs, súditos e admiradores brasilienses do maior símbolo da MPB de todos os tempos, o Rei Roberto Carlos, que após dois anos retorna a Brasília com sua nova turnê, cantando sucessos inesquecíveis no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Na qualidade de fã e admirador desse extraordinário fenômeno que há mais de cinqüenta anos, vem encantando as platéias, sacudindo os corações e os sentimentos das crianças, adolescentes e adultos não só do Brasil como da América Latina, Europa e dos Estados Unidos, com quase 130 milhões de discos vendidos, sendo um dos poucos astros do mundo, a ter a proeza de cantar para uma platéia de mais de dois milhões de súditos e fiéis, na presença do saudoso e inesquecível Santo Papa João Paulo II, peço vênia para desejá-lo boas vindas a Brasília e sugerir ao Rei Roberto Carlos, a gravação da música de minha autoria, intitulada: Brasília Capital da Bossa Nova (Um Tributo aos ícones da Bossa Nova e aos 53 anos de Brasília), sem falsa modéstia uma das músicas mais lindas composta em homenagem a nossa querida Capital da República, disponível: http://www.youtube.com/watch?v=7OAC0DXMSpg Eis a letra: Quem me dera ter o lirismo do Vinícius/A batuta do maestro Tom Jobim/ A batida do meu mestre João Gilberto (Maravilha)/ Pra compor e cantar/ As belezas da minha Brasília/Ela é a Capital do meu país/ Detentora de uma singularidade È a Capital da Esperança/ Patrimônio Cultural da Humanidade/ Quando aqui cheguei/ De cara me apaixonei /Pela sua arquitetura esplendorosa/ Projetada por Niemeyer e Lúcio Costa/ Tem uma beleza rara/ Que nasceu do sonho do D. Bosco/ Construída pelo nosso JK/ E hoje todos querem te amar/ Sinto um brado de ufanismo e sou feliz/ Na Capital do meu País/ Que possui o melhor IDH/ É aqui que eu resolvi morar/ Oitava maravilha do mundo/ Santuário de mulheres nota 10/ Dentre elas a loirinha da Anatel/ Que beldade encantado aos seus pés/ Como eu te adoro Brasília/ Com a sua natureza exuberante/ Sues ipês e suas flores do cerrado/ Que me deixa ainda mais apaixonado/ Como eu te quero também/ Celeiro de poetas e cantores/ Terra prometida e generosa/ É também a Capital da Bossa Nova. O Brasil o ama Rei Roberto Carlos e eu também.


fonte: G1 Espírito Santo Online - 24.08.2013
MUSEU QUE FOI CASA DE ROBERTO CARLOS NA INFÂNCIA É ROUBADO NO ES
Aparelho de som e disco de vinil foram levados durante a madrugada.
Casa de Cultura Roberto Carlos foi casa do rei até seus 13 anos de idade.

Casa de Roberto Carlos hoje é patrimônio cultural em Cachoeiro
A Casa de Cultura Roberto Carlos, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, local que foi casa do cantor durante sua infância, foi arrombada durante a madrugada deste sábado (24). O museu foi invadido e de lá levaram um aparelho de som e um disco de vinil que fazem parte do acervo da casa de cultura. Nascido em Cachoeiro, Roberto Carlos passou lá toda a sua infância e morou na casa até os 13 anos de idade. Segundo a Secretaria de Cultura de Cachoeiro, um vigia faz a segurança do local, mas faltou na última noite. Nenhum material do cantor foi roubado, por isso, ele não foi comunicado, segundo a secretaria. A polícia investiga o caso.
Na ação criminosa, a maçaneta da porta da cozinha foi forçada e a porta arrombada. Eles levaram um aparelho de som que estava na sala da casa e um disco de vinil do rei, mas o acervo de fotos, os instrumentos e os quadros não sofreram danos.
Segundo a secretária de cultura de Cachoeiro de Itapemirim, Joana Darck, o roubo não prejudicou o acervo histórico do museu porque só foram levadas doações feitas por fãs do cantor: “Tivemos apenas prejuízo material, mas não histórico. Não foi roubado nada que pertencesse ao cantor, apenas doações”, disse a secretária.
Ela contou ainda que a segurança noturna do museu é feita por um vigia todas as noites, mas, na madrugada em que a casa foi roubada, o funcionário não compareceu ao trabalho: “Quando os funcionários chegaram de manhã, viram que ele não tinha assinado o ponto. Não sabemos o motivo pelo qual ele não foi trabalhar. Já levamos o caso para a polícia, que vai investigar o que aconteceu, e agora estamos contratando um sistema de alarme para melhorar a segurança”, disse.
O local é um dos principais pontos turísticos de Cachoeiro de Itapemirim e recebeu, somente em 2013, mais de 8 mil visitantes, segundo a prefeitura.
A casa de Roberto Carlos A Casa da Cultura Roberto Carlos fica na Rua João de Deus Madureira, no bairro Recanto, em Cachoeiro de Itapemirim. Ela abriga retratos e objetos que recordam a infância do rei. Em uma das paredes da residência é possível encontrar a certidão de nascimento do cantor, que morou no local com pais e irmãos até os treze anos de idade. Em 2012, também foi inaugurado o Corredor Cultural Roberto Carlos, que dá acesso ao museu.
Quem visita a casa encontra retratos, o piano em que Roberto fazia aulas na infância e o transmissor da Rádio Cachoeiro prefixo ZYL-9, primeira rádio em que o rei cantou, aos nove anos, em um programa infantil. O cantor visitou a casa em 2009 durante sua ida à Cachoeiro de Itapemirim para o show de 50 anos de carreira e disse que também pretendia fazer um acervo da Jovem Guarda lá. Além disso, a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim chegou a investir mais de R$ 800 mil em obras de revitalização no entorno da casa.
A estrutura da casa é original e todos os objetos foram doados por fãs de Roberto Carlos



fonte: Jornal Alô Online - 23.08.2013
TANTAS EMOÇÕES
A simplicidade de um rei
Roberto Carlos retorna à capital federal para mais uma noite inesquecível

Rei Roberto faz duas apresentações nesse fim de semana
O grande rei da música brasileira retorna à capital com um show que promete emocionar o público com canções de amor, amizade e fé. Roberto Carlos desembarca em Brasília nesse final de semana e traz canções que marcaram décadas como: Emoções; Eu te amo; Cama e Mesa; Detalhes; Desabafo; O Portão; Lady Laura; Nossa Senhora; Mulher Pequena; Proposta, entre outros sucessos inesquecíveis. Roberto subirá ao palco acompanhado de sua orquestra de 16 músicos e três vocais, com regência do maestro Eduardo Lages. Os shows acontecem hoje (23) e amanhã (24), às 21h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.
Com 54 anos de carreira e mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo, Roberto Carlos é o artista número um do Brasil e da América Latina. Cantor e compositor de mais de 500 músicas, Roberto se tornou ídolo da juventude e o maior expoente do movimento denominado Jovem Guarda, na década de 60. Primeiro e único artista no país a gravar um disco por ano, já cantou para o Papa João Paulo II, em 1997, e com o tenor Luciano Pavarotti. A admiração pelo cantor rendeu até uma homenagem no carnaval 2011 pela escola de samba Beija-Flor que foi campeã do carnaval carioca com o enredo “A simplicidade de um rei”. A azul e branco contou com todo o carisma de Roberto Carlos, que saiu no último carro alegórico e levou a Marquês de Sapucaí ao delírio.
Serviço:
Show com Roberto Carlos acontece hoje (23) e amanhã (24), às 21h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.
Ingressos: de R$ 420 a R$ 580 (meia).
Informações: 3248-5221.
Classificação indicativa: 16 anos.


fonte: G1 Online - 22.08.2013
ROBERTO CARLOS VOLTA A BRASÍLIA PARA DOIS SHOWS NO ULYSSES GUIMARÃES
Espetáculos acontecem nesta sexta e sábado (23 e 24), a partir das 21h.
Repertório inclui sucessos como 'Emoções', 'Detalhes' e 'Esse Cara Sou Eu'.

Fãs de Roberto Carlos disputam espaço para ganhar uma flor do 'Rei'
O cantor e compositor Roberto Carlos volta aos palcos de Brasília para dois shows, nesta sexta sábado (23 e 24). Os espetáculos acontecem no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a partir das 21h.
As apresentações ocorrem dois anos depois do último show do rei na capital. Naquela ocasião, 15 mil pessoas estiveram na plateia do ginásio Nilson Nelson.
Roberto Carlos desembarca em Brasília para mostrar sucessos de seus mais de 50 anos de carreira, incluindo canções como “Emoções”, “Detalhes”, "Lady Laura", “Jesus Cristo”, “Nossa Senhora”, “Como é Grande o Meu Amor por Você”, “Além do Horizonte” e “Cama e Mesa”.
O show também traz músicas mais recentes, como “Esse Cara Sou Eu”, que foi tema da novela “Salve Jorge”, da TV Globo, e “Furdúncio”. As duas canções estão presentes no mais recente EP do cantor, lançado em 2012. O trabalho alcançou sucesso de público e vendeu mais de 2 milhões de cópias.
O cantor sobe ao palco acompanhado de uma orquestra de 16 músicos, sob regência do maestro Eduardo Lages.


fonte: O Estado de São Paulo - 22.08.2013
COBRANÇA REAL
Não só de shows viverá Roberto Carlos, hoje e amanhã, em Brasília. O cantor cobrará promessa do governo Dilma em criar instituto para regular e fiscalizar o Ecad – insistindo na tecla de que a composição tenha 51% de autores.


fonte: Diário do Grande ABC - 18.08.2013
Em meio aos preparativos da novela de Manoel Carlos, o diretor Jayme Monjardim já está envolvido com o próximo especial de Roberto Carlos.


fonte: Diário do Comércio - 16.08.2013
SALIENTE...
Quem diria: durante seu show no Forte de Copacabana, no Rio, Roberto Carlos resolveu falar de sua vida sexual. E disparou: “Eu nunca fui inocente. Nem quando eu nasci. Sexo e amor são bons quando estão juntos, mas separados não são ruins”. Mais: no final, artistas foram cumprimentar Roberto no camarim e todos que conseguem chegar até ele, querem ser fotografados a seu lado. Só que apenas o fotógrafo oficial dele é que faz as fotos e anota o endereço da pessoa. Roberto escolhe a melhor e envia depois. Uma que estava lá era a atriz Lizandra Souto.


fonte: Portal Agência Brasil - 15.08.2013
NOVA LEI SOBRE DIREITOS AUTORAIS ENTRA EM VIGOS EM 120 DIAS
A matéria recebeu apoio de diversos cantores e compositores de fama nacional,
como Roberto Carlos, que estiveram no Congresso no mês passado
para acompanhar a votação do projeto de lei no Senado.
Brasília - A lei que define as condições de cobrança, arrecadação e distribuição de recursos pagos por direitos autorais de obras musicais foi publicada hoje (15) no Diário Oficial da União. Aprovada pelo Congresso em julho, a legislação foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e passa a valer em 120 dias.
A Lei 12.853 altera a maneira como o Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad) repassará os recursos dos direitos dos músicos e estabelece formas de fiscalização da arrecadação desses valores. Entre as mudanças, em relação ao que ocorre atualmente, está a fiscalização da entidade por um órgão específico.
A taxa administrativa de 25% cobrada atualmente pelo Ecad será reduzida gradativamente, até chegar a 15% em quatro anos, garantindo que autores e demais titulares de direito recebam 85% de tudo o que for arrecadado pelo uso das obras artísticas. No ano passado, o Ecad arrecadou R$ 624,6 milhões e distribuiu R$ 470,2 milhões em direitos autorais.
A matéria recebeu apoio de diversos cantores e compositores de fama nacional, como Roberto Carlos, que estiveram no Congresso no mês passado para acompanhar a votação do projeto de lei no Senado.


fonte: O Globo - 13.08.2013
AS SUPERSTIÇÕES DO REI
- O Projeto Emoções, que em sua estreia internacional, em 2011, levou Roberto Carlos e seus fãs a um show histórico em Jerusalém, este ano iria para Itália. Iria. Não vai mais porque estamos em 2013 – número que o cantor considera negativo. Ficou para 2014. O 13 continha incomodando Roberto até na hora de dobrar as mangas da camisa. Ele conta quantas vezes dobrou para evitar terminar na 13ª.
- Em seus shows no Forte de Copacabana, no fim de semana, Roberto Carlos ficou no mesmo camarim que é montado em qualquer uma de suas apresentações, onde quer que ele esteja. Quatro divisórias brancas de madeira formam um quartinho sempre igual, com poltrona, mesa, banheiro químico e minicozinha. Roberto não gosta de novidades, do inesperado.
- Onde quer que vá, RC faz questão de sair sempre pela mesma porta que entrou. Quando está de carro, o caminho de volta tem que ser o mesmo da ida, ainda que ela saiba que terá que passar por um engarrafamento de muitos quilômetros.
- Foi esta mania que o fez chegar com uma hora e meia de atraso num show em dezembro no Maracanãzinho, depois de participar do “Domingão do Faustão”. Ele saiu do Projac e fez questão de voltar pela Barra, por onde tinha ido, apesar de saber que o trânsito estava péssimo. A Grajaú-Jacarepagá era melhor opção.
- Se tem uma coisa que tira Roberto do sério é ver uma pessoa botar a mão no sapato – como um homem que senta, cruza as pernas e apoia a mão no pé. Ele não consegue parar de prestar atenção. Se tiver intimidade, pode até pedir para a pessoa lavar a mão.
- Perguntado sobre as superstições de Roberto, Dodi Sirena, empresário do cantor, diz que seu TOC se manifesta em três frentes: “Higiene, caminhos e números”. “Ele melhorou. Tanto que agora faz shows importantes em agosto, como estes do Forte. Em outros tempos seria impossível”.


fonte: Terra Online - 10.08.2013
FAMOSOS CURTEM SHOW DE ROBERTO CARLOS NO RIO DE JANEIRO

Roberto Carlos fez a primeira de cinco apresentações no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. O cantor subiu ao palco na noite dessa sexta-feira (9) para uma plateia de famosos como Glória Maria e os jogadores Fred e Léo Moura. Como sempre faz, o cantor se aproximou da plateia para jogar rosas vermelhas.
A série de shows de Roberto Carlos no Forte ainda possuem datas neste sábado (10), domingo (11) e na próxima semana, nos dias 16 e 17. Depois do Rio, o cantor faz dois shows em Brasília, nos dias 23 e 24.


fonte: Ego Online - 10.08.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA DE AZUL MARINHO EM SHOW EM COPACABANA

O Rei não ousou desta vez e recorreu à combinação sempre tradicional de sua cor preferida para receber público de fãs famosos.

Roberto Carlos no Forte Copacabana
Azul marinho para combinar com as cores do mar de Copacabana. Foi com a cor queRoberto Carlos se apresentou no primeiro de uma série de shows que far´[a no Forte Copacabana a partir desta sexta-feira, 9. Entre os fãs famosos, Glória Maria, que apresentou o Show do cantor em Jerusalém.
A repórter já esteve incontáveis vezes na plateia do Rei e o entrevistou em várias ocasiões. Os jogadores Fred, do Fluminense, e Leo Moura, do Flamengo, deixaram a rivalidade do FlaxFlu, que rola no domingo, 11, e posaram juntos.

Roberto Carlos no Forte Copacabana

Roberto Carlos entrega rosas vermelhas ao fim do show


fonte: Quem Online - 09.08.2013
ROBERTO CARLOS: "SEXO E AMOR SÃO BONS JUNTOS, MAS SEPARADOS NÃO É RUIM"
Em show inédito no Forte de Copacabana, cantor emocionou uma multidão e famosos como Glória Maria e o jogador Fred

Roberto Carlos voltou a emocionar uma multidão na noite de sexta-feira (9). O Rei soltou a voz durante uma apresentação realizada no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. Tradicionalmente vestido de azul, o cantor interpretou vários sucessos.
"Que prazer rever vocês. Primeira vez aqui no Forte de Copacabana. Que lindo! Obrigado pelas coisas lindas que recebi de vocês desde que nasci e isso tem tempo", disse ele, no palco. Ao longo da apresentação, ele homenageou a mae Lady Laura, que morreu em abriu de 2010, e o cachorro Axaxá.
Ousado, ele também soltou o verbo ao falar sobre vida sexual. "Eu nunca fui inocente. Nem quando eu nasci. Sexo e amor são bons quando estão juntos, mas separados não é ruim", disparou, bem humorado.

Alguns famosos estiveram na plateia como a jornalista Glória Maria. “Não sei em quantos shows eu vim, estou há mais de 30 anos trabalhando nos shows dele. Gosto de tudo o que o Roberto faz, ele serpre toca a gente. Cada vez que a gente vai assistir, está com um sentimento. Hoje, eu estou muito feliz”, contou.
A integrante do Globo Repórter, que também apresentou o show do cantor em Jerusalém, falou um pouco sobre a influência de Roberto em sua casa. “Canto Como É Grande o Meu Amor Por Você para as minhas filhas”, disse ela que é mãe de Laura, de 4 anos, e Maria, de 5.
Lisandra Souto apareceu no local acompanhada de um amigo. Os jogadores Fred e Leo Moura, que levou a mulher, Camilla Silva, e a filha, Isabella, também estiveram por lá.










fonte: O Globo - 09.08.2013
HOJE TEM
Pessoas próximas tentaram convencer Roberto Carlos a contratar um profissional ou uma voz famosa para refazer a gravação que precede seus shows: “Senhoras e senhores, com vocês... Roberto Carlos!!”, mas, por superstição, ele nunca autorizou a mudança. Por isso, a voz que será ouvida hoje, no show de RC no Forte de Copacabana, é de José Carlos Romeu, funcionário de Roberto há 30 anos. O Rei costuma dizer que não mexe no que está dando certo.


fonte: Extra Online - 09.08.2013
ENQUANTO CANTA, ROBERTO CARLOS VENDE QUASE TODAS AS UNIDADES DOS SEUS PRÉDIOS AZUIS

Roberto Carlos foi como empresário acompanhar o lançamento do prédio Horizonte Jardins, em Aracaju
Além do horizonte existe um lugar. De concreto, decorado em azul e branco e com direito a outras superstições de Roberto Carlos. Ouvindo o ídolo cantar, em carne e osso, fãs com grana para gastar podem garantir o seu espaço em um dos empreendimentos imobiliários do Rei. Após um showzinho particular dele, um prédio inteiro foi praticamente vendido no último dia 25, em Aracaju.

Roberto Carlos canta para compradores do prédio Horizonte Jardins
Segundo Jaime Sirena, sócio da Incorporadora Emoções, a maioria dos compradores admira o astro, além de buscar conforto e beleza. O Rei faz questão de comparecer aos lançamentos para as classes A e B, circula entre os interessados, mostra os estandes e até atende pedidos para cantar.
— Ele não é garoto-propaganda nem vai para fazer show. Roberto vai como empresário, mas acaba cantando duas ou três músicas que pedem — conta Sirena, comemorando o sucesso: — Quase todas as 384 salas comerciais do Horizonte Jardins, em Aracaju, foram vendidas no mesmo dia.

Cada metro quadrado no Horizonte Jardins custa a partir de R$ 7.500
Diante da presença do ídolo, os detalhes são coisas muito grandes para esquecer. As construções, em que impera o azul, levam nomes de músicas dele. Os lançamentos são proibidos em agosto e o projeto foi imaginado sem o 13 andar:
— Estamos vendo com a prefeitura se é viável tirar esse andar, pois os prédios trazem a personalidade do Rei. Nem sempre dá para seguir à risca. Reforçamos o azul e branco, mas não conseguimos, por exemplo, eliminar o marrom da madeira.

A decoração do Horizonte JK também é azul e branca, menos a madeira
O momento lindo vai do palco aos negócios. Há dois anos, o primeiro prédio foi lançado em São Paulo, o Horizonte JK, que deve ficar pronto em 2014. É tão chique que o próprio Rei reservou um apê de 250m² para ele.

Roberto Carlos terá um apartamento no luxuoso Horizonte JK, em São Paulo. Cada metro quadrado vale R$ 18 mil
Mais quatro prédios serão construídos em terras paulistas. Roberto, que sonhava ser arquiteto (ou caminhoneiro), terá emoções de sobra...

Roberto Carlos circula entre os compradores, em Aracaju
Horizonte JK
O prédio comercial e residencial em Itaim Bibi tem 40 andares e 346 unidades. O preço médio é de R$ 18 mil por m².
Horizonte Jardins
O m² custa R$ 7.500. São 12 andares e 384 salas comerciais, que devem ser entregues em 2017.

No interior do Horizonte Jardins, também impera o azul


fonte: O Dia Online - 09.08.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA PELA PRIMEIRA VEZ NO FORTE DE COPACABANA
Ele canta neste e no próximo fim de semana sua vasta coleção de sucessos

Rei Roberto Carlos fará uma série de shows no Forte
Rio - Aqui no Rio, tem um morador que é uma celebridade, mas que é praticamente impossível de ser encontrado zanzando pelas ruas. E ele não habita só a capital carioca. Está em todo lugar. É conhecido no País inteiro. Todos cantam juntos cada refrão e vibram com ele. Neste fim de semana (e também no próximo!), seus fãs têm novas oportunidades de repetir seu nome: esse cara é o Roberto Carlos.
Desta vez, a apresentação será no belo cenário do Forte de Copacabana. Mesmo para um Rei que acumula mais de 50 anos de carreira, com passagens por alguns dos principais palcos do Brasil e do mundo, que lançou tendências e revolucionou a história da música, a vida ainda reserva surpresas capazes de tirar o fôlego. Recentemente, ele fez turnê por Peru, México e Estados Unidos, além de chegar também ao Oriente Médio. Mas, acreditem: o cantor e compositor nunca havia se apresentado no Forte.
O cenário pode ser inédito, mas o show já é bem conhecido de seus admiradores. E tudo indica que eles não querem algo diferente do que Roberto promete: arrebatá-los com espetáculos impecáveis, ao lado de sua orquestra e coral. No repertório, além das inesquecíveis e emblemáticas ‘Emoções’ ou ‘Jesus Cristo’, estarão, claro, seus mais recentes sucessos: ‘Esse Cara Sou Eu’ e ‘Furdúncio’ — que fizeram parte da trilha sonora da novela ‘Salve Jorge’, na Globo.
Zeca Pagodinho, que faz shows também neste fim de semana, só que em outro canto da cidade, enaltece o ídolo e amigo e descarta dividir público: “Não existe competir com o Rei!”, decreta. “Eu sou fã dele, ele tem seu público e eu tenho o meu. Sempre que vou em suas apresentações, ele me chama ao camarim, é muito generoso”, define Zeca.
Serviço:
FORTE DE COPACABANA. Praça Coronel Eugênio Franco 1, Copacabana (2521-1032). Hoje e amanhã, às 21h30. Dom, às 20h. De R$ 180 a R$ 600 (estudantes e maiores de 65 anos pagam meia). 16 anos.


fonte: Guia da Semana - 07.08.2013
ROBERTO CARLOS
O rei faz uma série de cinco shows pela primeira vez no Forte de Copacabana

Rei Roberto Carlos fará uma série de shows no Forte
INFORMAÇÕES DO EVENTO
· Data(s): 9, 10, 11, 16 e 17 de agosto de 2013.
· Horário(s): Sextas e Sábado (10/8), 21:30; Domingo (11/8) e Sábado (17/8), 20h
· Preço(s): R$ 180 a R$ 600
· Onde: Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana
Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Posto Seis - Copacabana |
· De volta aos palcos cariocas, o rei da canção latino-americana Roberto Carlos apresenta-se pela primeira vez no Forte de Copacabana, acompanhado de sua orquestra e coral. Os shows acontecem nos dias 9, 10, 11, 16 e 17 de agosto.
Depois de uma série de apresentações nos palcos da América Latina, Estados Unidos e Europa, Roberto Carlos foi até o Oriente Médio, onde se apresentou para milhares de pessoas em Jerusalém, em show transmitido para 115 países.
Recentemente, o Rei esteve na trilha da novela global "Salve Jorge" com duas músicas: o sucesso absoluto "Esse cara sou eu" e "Furdúncio".
Para as apresentações no Forte, o público pode esperar os maiores sucessos de um cantor que vendeu mais de 100 milhões de discos em sua carreira.


fonte: Veja Rio Online - 07.08.2013
ALISTAMENTO MILITAR
Em cinco apresentações no Forte de Copacabana, a partir de sexta (9), Roberto Carlos passeia por seus grandes sucessos

Roberto Carlos: repertório recheado de hits como Detalhes, Emoções e Eu Te Amo
Aos 16 anos, apesar da pouca idade, o garoto vindo de Cachoeiro de Itapemirim costumava frequentar o Snack Bar, na Rua Raul Pompeia. Em 1979, já adulto e consagrado, morou por um tempo no anexo do Copacabana Palace. De volta ao bairro, onde, na praia, cantou para 400?000 pessoas no Natal de 2010, Roberto Carlos aventura-se por um palco inédito. De sexta (9) a domingo (11), além dos dias 16 e 17, o Rei solta a voz no Forte de Copacabana. Protegido, o espaço criado tem capacidade para abrigar 3?500 espectadores por noite. Entre o pot-pourri instrumental de abertura e o já tradicional momento de jogar as rosas, depois do bis, para alegria das fãs na fila do gargarejo, o repertório abrange numerosos hits: entre outros, Emoções, Como É Grande o Meu Amor por Você, Jesus Cristo, Amor Perfeito, Eu Te Amo e Detalhes. Novidades não são do feitio do cantor, mas ninguém reclama. No ano passado, no entanto, Roberto surpreendeu ao lançar o funk-melody Furdúncio, composição feita em parceria com o amigo Erasmo Carlos e incluída na trilha sonora da novela Salve Jorge. Ao vivo, o astro é acompanhado pelos quinze músicos da orquestra RC9, comandados pelo pianista e maestro Eduardo Lages. 16 anos.
Forte de Copacabana. Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Copacabana, ? 2521-1032. Sexta (9) e sábado (10), 21h30; domingo (11), 20h. R$ 300,00 (setor verde) a R$ 600,00 (vip azul). Até dia 17.


fonte: Pure People Online - 07.08.2013
QUASE TODOS OS APARTAMENTOS DO EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO DE ROBERTO CARLOS
FORAM VENDIDOS EM 25 DE JULHO DE 2013

Roberto Carlos, ídolo da música brasileira, está obtendo sucesso em outro ramo, fora da indústria fonográfica. O Rei, dono da Incorporadora Emoções, lançou novo empreendimento em Aracaju, chamado Horizonte Jardins, e vendeu quase todas as salas. O cantor, é claro, deu uma palinha cantando algumas de suas canções, incentivando os fãs com bom poder aquisitivo a comprarem os seus luxuosos imóveis. A informação é da coluna "Retratos da Vida", do "Jornal Extra", publicada nesta quarta-feira (7).
Segundo Jaime Sirena, sócio da Incorporadora Emoções, a maioria dos compradores tem em comum a admiração pelo artista e a busca por conforto e beleza. Roberto Carlos costuma comparecer aos lançamentos, circular entre os interessados, mostrar os estandes e chega até a atender pedidos para cantar.
"Ele não é garoto-propaganda nem vai para fazer show. Roberto vai como empresário, mas acaba cantando duas ou três músicas que pedem", conta o sócio, que comemora o sucesso: "Quase todas as 384 salas comerciais do Horizonte Jardins, em Aracaju, foram vendidas no mesmo dia". O m² custa R$ 7.500 e as salas devem ser entregues em 2017.
Em todas as construções existe a tentativa de seguir as superstições e o estilo do cantor, de 72 anos, fazendo prevalecer o azul e colocando os nomes de músicas dele, por exemplo. Os lançamentos são proibidos em agosto e o projeto foi imaginado sem o 13º andar: "Estamos vendo com a prefeitura se é viável tirar esse andar, pois os prédios trazem a personalidade do rei. Nem sempre dá para seguir à risca. Reforçamos o azul e branco, mas não conseguimos, por exemplo, eliminar o marrom da madeira"


fonte: Correio de Brasília Online - 28.07.2013
CANTOR ROBERTO CARLOS LANÇA EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO NO NORDESTE



O projeto ocupará uma área de 6,2 mil metros quadrados na cidade de Aracaju, em Sergipe.
Rei da música brasileira, o cantor Roberto Carlos também atua no ramo da construção civil. E, na última quinta-feira (25), lançou seu primeiro empreendimento no Nordeste. O empreendimento chama-se Horizonte Jardins Offices & Hotel, que será erguido pela Emoções Incorporadora, empresa do cantor, em Aracaju. O projeto é realizado em parceria com a AAM Incorporadora.
O empreendimento ocupará uma área de 6,2 mil metros quadrados, onde 5.776 metros quadrados serão utilizados para o empreendimento e 424 metros quadrados para faixa verde nos acessos.
O empreendimento é próximo ao Shopping Jardins, no bairro que leva o nome do centro de compras. Depois de construído, a AAM e a Emoções serão as donas dos escritórios a serem comercializados, enquanto o empresário Noel Barbosa - um dos fundadores do Grupo GBarbosa - terá a posse do hotel. A AAM e a Emoções farão a administração e gerenciamento do empreendimento.
Jaime Sirena, sócio-diretor da Emoções Incorporadora, diz que a qualidade é o fator preponderante do lançamento. “O projeto do Horizonte Jardins compõe um conjunto harmonioso entre um hotel e uma torre corporativa. Chama a atenção o impacto estético, tecnológico e arrojado que o projeto vai causar na área. O primeiro pensamento que temos é que estamos planejando um grande presente para Aracaju. Quando pronto, experimentaremos um formidável conjunto de benefícios, destacando maior geração de empregos, expansão do comércio local e valorização imobiliária”, explica.
A Emoções Incorporadora existe desde 2011. Roberto Carlos é dono de 30%, sendo que o percentual restante é dividido entre os amigos e sócios Dody Sirena, Jaime Sirena e Ubirajara Guimarães. A empresa não informou se vai fazer investimentos na Bahia.
Ficha técnica
ÁREA 6,2 mil metros quadrados é a quantidade total de espaço do empreendimento
EDIFICAÇÕES 5,7 mil metros quadrados serão usados para o espaço do empreendimento
MOBILIDADE 424 metros quadrados serão usados para a faixa verde de acessos


fonte: Jornal da Cidade Net Online - 27.07.2013
O REI CANTOU
A Blue Party, uma referência ao azul, cor preferida do Rei, foi ainda mais especial com a presença esperadíssima de RC.
A quinta-feira do dia 25 de julho de 2013 acabara de entrar para história. Em noite glamourosa, foi realizado o lançamento oficial do Horizonte Jardins Offices & Hotel, das incorporadoras AAM e Emoções, esta última pertencente ao cantor Roberto Carlos. A Blue Party, uma referência ao azul, cor preferida do Rei, foi ainda mais especial com a presença esperadíssima de RC, que veio direto de Miami, nos Estados Unidos, para encantar o público com toda a simpatia e o carisma dele.
Entre os inúmeros convidados, nomes importantes como os de João Alves Filho, prefeito de Aracaju, do empresário Albano Franco, do empresário João Neto, presidente da Habitacional Construções, e de representantes da Caixa Econômica Federal, a exemplo de Rubens Fülber, gerente de Construção Civil e Alvaro Neto da Petrox.


fonte: Portal do Profissional de Turismo de Aracaju - 26.07.2013
ARACAJU GANHARÁ HOLIDAY INN DE 136 APARTAMENTOS Perspectiva do novo hotel de Aracaju

Foi lançado ontem (quinta-feira, dia 25) o empreendimento imobiliário e hoteleiro “Horizonte Jardins Office & Hotel”, que pertence à empresa “Emoções Incorporadora”, do cantor Roberto Carlos, em parceria com a AAM Incorporadora, e será construído em Aracaju, em frente ao Shopping Jardins.
O hotel será administrado pela bandeira internacional Holiday Inn. O terreno onde o empreendimento será construído possui uma área de 6,2 mil m². O hotel contará com 12 andares e 136 suítes. A torre comercial terá 384 conjuntos, distribuídos em 16 pavimentos.
"Este é o primeiro empreendimento da empresa fora de São Paulo e a chegada de um hotel deste porte em Sergipe, com esta proposta empresarial, só promove ainda mais o turismo de eventos negócios e Aracaju", disse o secretário de Turismo de Sergipe, Elber Batalha.


fonte: O Fuxico Online - 19.07.2013
DE FÉRIAS NOS EUA, ROBERTO CARLOS FICA FORA DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE
Apesar de ser católico fervoroso, o cantor volta ao país somente após o evento

Apesar da ansiedade por conta de seus shows no Rio de Janeiro, em agosto, Roberto Carlos está curtindo merecidas férias nos Estados Unidos, desde o início do mês.
Apesar de não confirmado oficialmente, comenta-se nos bastidores que o Rei adquiriu uma mansão na Terra do Tio Sam, após o carnaval deste ano. A assessoria do cantor disse à reportagem de O Fuxico que ele está hospedado em um hotel.
Católico fervoroso, Roberto só lamenta não estará presente à Jornada Mundial da Juventude. Seu retorno ao Brasil será após o evento.


fonte: MSN Entretenimento - 18.07.2013
ROBERTO CARLOS VIAJA PARA OS EUA E NÃO PARTICIPA DA JMJ

Os fãs que esperavam ver o cantor Roberto Carlos durante os shows da JMJ (Jornada Mundial da Juventude) vão se decepcionar. De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, ele viajou para os Estados Unidos a passeio e só voltará em agosto quando terá seu show no Forte de Copacabana.
Recentemente, o jornal carioca "O Dia", publicou nota afirmando que o cantor havia comprado uma mansão nos EUA e já estaria preparando uma festa de inauguração da mesma. Entre os convidados para comemoração estão inclusive suas ex-namoradas.
Algumas mulheres já foram apontadas como affairs de Roberto Carlos, de 72 anos, mas nenhuma foi assumida. O último nome da lista foi a produtora baiana Luciana Sobreira, que trabalhou em um especial do cantor.
Através de um comunicado oficial enviado pela sua assessoria de imprensa,Roberto fez questão de negar o romance. "Conheço a Luciana sim, ela trabalhou com a gente no meu Especial, na equipe do Césio Lima, que é nosso light designer. Me pareceu competente, uma moça bonita, mas nós nunca namoramos. Não sei porque estão dizendo isso não. Também não sei porque estão dizendo que eu comprei um apartamento em Salvador. Isso não aconteceu. Eu não tenho apartamento lá"


fonte: Extra - 14.07.2013
OS PRÉDIOS AZUIS DO REI
‘Horizonte JK’, projeto em São Paulo: todas as 346 unidades vendidas

SÃO PAULO - O cantor Roberto Carlos quer fazer fortuna com seus prédios azuis. Dois anos depois de lançar o primeiro empreendimento imobiliário que leva sua assinatura em São Paulo, o luxuoso home and office de 40 andares “Horizonte JK”, no Itaim Bibi, o rei já tem na fila cinco novos empreendimentos — quatro deles em terras paulistas e um em Aracaju.
No mercado imobiliário, Roberto vive um momento lindo. Estão vendidas todas as 346 unidades do primeiro empreendimento da “Emoções Incorporadora”, que mantém em sociedade com o amigo Ubirajara Guimarães, seu empresário Dody Sirena e o irmão de Dody, Jaime Sirena. Liquidou tudo a R$ 18 mil o metro quadrado, confirmando Valor Geral de Venda (VGV) de quase R$ 300 milhões.
— O Roberto sempre falou que, se não fosse cantor, queria ser caminhoneiro ou arquiteto — conta Jaime Sirena, que jura contar com a presença do cantor nas reuniões mais importantes de discussão dos projetos arquitetônicos da firma (outros profissionais que participaram dos projetos não confirmam a assiduidade do rei).
Sirena viaja o Brasil prospectando negócios e deixando a sociedade local em polvorosa com a possibilidade de abrigar um empreendimento com a assinatura do cantor mais popular do país. Foi assim recentemente em Natal e Salvador.
— No início, parecia um devaneio, uma ideia passageira. Mas o Roberto foi insistindo até o primeiro projeto sair — explica o empresário, que no fim deste mês lança em Aracaju o “Horizonte Jardins”, que reúne num único edifício 136 apartamentos de hotel e 364 salas comerciais.
Além do “Horizonte” — projeto voltado para as classes A e B — a Emoções finaliza detalhes de uma segunda linha, focada em salas comerciais para a classe C, que se chamará “Coletânea”. Uma casa também está sendo construída em Tamboré, na Grande São Paulo.
Em comum, todos os prédios trazem o predomínio da cor azul, tanto do lado de dentro quanto do lado de fora. Está nos vidros e paredes da fachada. Em detalhes do hall, sofás, almofadas, azulejos e quadros na parede. Nas imagens de propaganda dos projetos, o GLOBO identificou tons de azul-marinho, azul-turquesa, azul-piscina, azul-violeta, azul-cobalto e azul-royal.
— O projeto tem que ter unidade, o que está dentro não pode ser divorciado do que está fora. Mas tem que tomar cuidado para não ficar cansativo — admite o arquiteto Jonas Birger, responsável pelo projeto de Aracaju.
Itamar Berezin, arquiteto do “Horizonte JK” resume o dilema:
— A proposta inicial do JK era fachada de vidro prateado, que reflete o céu e fica bonito em dias de sol. Mas como ia fazer com a fachada cinza em dia nublado? Inviável.
Pode tirar o 13º andar?
Nos negócios, não faltam as manias do músico mais supersticioso do Brasil. Tons de marrom, roxo, lilás e preto são vetados nos empreendimentos, admite Jaime Sirena. Evento de lançamento no mês de agosto é proibido. No dia 13, então, nem se fala. Vai chamar a imprensa e mercado para conhecer um novo projeto? Que seja em noite de lua cheia ou lua nova.
— O Roberto já está até fazendo show no dia 13 — tenta contemporizar Sirena, admitindo, logo em seguida, que o número é, de fato, um problema:
— Tentamos tirar o 13º andar do Horizonte JK, mas a prefeitura não achou viável. É um absurdo, porque nos Estados Unidos existem vários prédios sem o 13º andar — reclama.
Perguntada sobre os motivos legais que impedem a supressão do 13º andar em um projeto residencial, a Secretaria Municipal de Habitação disse não ter localizado o insólito pedido em seus arquivos. “Nossa legislação não impede que o interessado construa um andar sem uso e sem acesso, porém exige que a área do andar seja computada no cálculo do coeficiente de aproveitamento”, explicou, em nota.
Lançamento com direito a karaokê
Quando o prédio ficar pronto, Roberto pretende usá-lo de apoio nas visitas à cidade. Em vez de um duplex, unidade mais luxuosa, preferiu quebrar paredes e unir duas unidades compradas no 22º andar.
— Ele não gosta de ambientes divididos, prefere plano — explica Sirena.
— Quando visitou o apartamento decorado, deu para observar que ele ia e voltava pelo mesmo caminho, prezava por uma boa área de circulação. Não gosta de zigue-zague — confidencia Berezin.
Há 12 dias, 250 corretores de Aracaju foram convidados para conhecer o lançamento da cidade nordestina. O eterno maestro dos shows de Roberto, Eduardo Lages, apareceu de surpresa e comandou do piano um karaokê. Teve “Detalhes”, “Nas curvas da estrada de Santos” e, claro, “Emoções”.
— Os corretores eram desses cantores das horas vagas. Sucesso total — comemora Sirena.
Antes de levantar o primeiro edifício, a ideia original da Emoções Incorporadora era construir condomínios de casas nas principais cidades do Brasil. As ruas teriam nomes de músicas de Roberto; não faltaria um coreto. O projeto não vingou por falta de terreno adequado. Mas Sirena avisa: o rei ainda não desistiu.


fonte: Isto É nº 2277- 10.07.2013
O REI GANHA A CAUSA, MAS PERDE O VOO
Após ganhar uma batalha no Congresso e ter 20 minutos a sós com Dilma Rousseff, o Rei perdeu o voo. O jato de Roberto Carlos, um gulfstream V, não decolou como o previsto de Brasília para o Rio na noite de quarta-feira, 3. O tráfego aéreo intenso à noite impediu o Rei de voltar para a casa. O cantor e diversos artistas estiveram na capital federal para acompanhar a votação do projeto que aprovou mudanças nos direitos autorais sobre as músicas. Como a sessão terminaria tarde, o plano de voo demorou a ser apresentado. No dia seguinte, ele decolou para o Rio, onde corre para terminar o disco com sucessos remixados.


fonte: Folha de São Paulo - 08.07.2013
BEM DE PERTO
Roberto Carlos decidiu acompanhar com lupa a tramitação da lei que facilita a publicação de biografias não autorizadas. Ele á contra a ideia. E terá até pessoas de sua confiança em Brasília para seguir o tema, que está em discussão no STF (Supremo Tribunal Federal) e no Congresso. O Rei contratou Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para ser consultor jurídico. O advogado tem um dos escritório mais procurados de Brasília.


fonte: Folha de São Paulo - 08.07.2013
IRMÃO CAMARADA
Mesmo sendo um dos artistas que mais recebem direitos autorais no país, Roberto Carlos aderiu com entusiasmo à Procure Saber. Sua presença em Brasília, na semana passada, foi crucial para a aprovação da lei que dá maior transparência ao Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).


fonte: Folha de São Paulo - 08.07.2013
AMIGA DE FÉ
É grande a expectativa, entre parlamentares, relação à posição que a organização Procure Saber terá sobre a lei de biografias, tão cara a Roberto Carlos. Dela fazem parte Caetano Veloso, Chico Buarque, Erasmo Carlos, Djavan, Milton Nascimento e Gilberto Gil. O grupo de estrelas, que ainda não se manifestou, é liderado pela produtora Paula Lavigne.


fonte: O Globo - 07.07.2013
O CENÁRIO É UMA BELEZA
Uma tenda com capacidade para 3.500 pessoas sentadas será montada na parte mais alta do Forte de Copacabana para os shows de Roberto Carlos, em agosto. Foi o próprio Rei – que deve cantar em ritmo dance pelo menos uma música de seu repertório – que sugeriu o Forte como cenário.


fonte: R7 Online - 04.07.2013
DILMA SE EMOCIONA AO ENCONTRAR ROBERTO CARLOS E DIZ QUE AS MÚSICAS DELE MARCARAM SUA VIDA
Artistas se reuniram com a presidente para tratar de mudanças no Ecad

Presidente Dilma Rousseff se emociona ao abraçar Roberto Carlos e diz que as canções do rei marcaram a vida dela
A presidente Dilma Rousseff chegou a se emocionar, nesta quarta-feira (3), ao se encontrar com Roberto Carlos durante a reunião com artistas para tratar de direitos autorais.
Além do rei, cantores como Erasmo Carlos, Caetano Veloso, Carlinhos Brown, Fafá de Belém, Lenine, Gaby Amarantos, Fernanda Abreu e Rogério Flausino participaram do encontro, para discutir com a presidente mudanças no Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).
Ao abraçar Roberto Carlos, a presidente ficou visivelmente emocionada. Os outros artistas também se comoveram e ficaram de pé para aplaudir o abraço dos dois.
Dilma Rousseff desligou os microfones e disse a Roberto, Caetano e Erasmo que os três a fizeram lembrar da juventude dela e que as canções dos artistas foram marcantes em sua vida.
O encontro com os artistas durou aproximadamente uma hora e ocorreu em um clima bastante amistoso. Os servidores da presidência mais próximos de Dilma também aproveitaram para tietar os cantores.
O grupo deixou o Planalto somente depois que a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, ligou para o gabinete de Dilma avisando que os senadores estavam iniciando a votação do projeto de lei que determina, entre outras coisas, que o Ecad seja fiscalizado pelo governo.
Enquanto os artistas se apressavam para partir para o Congresso Nacional, Roberto Carlos pediu para ficar mais um pouco, em conversa privada, com Dilma.
Depois do encontro particular, Roberto Carlos, supersticioso, saiu pela mesma porta que entrou.


fonte: Folha Paulistana Online - 04.07.2013
PEC DO ECAD - ROBERTO CARLOS E CAETANO VELOSO JUNTOS NA APROVAÇÃO DO SENADO

Diante de muitos músicos de fama nacional, o plenário do Senado aprovou na última noite (3) a proposta de emenda à Constituição (PEC) que define as condições de arrecadação e distribuição de direitos autorais de obras musicais. Conhecida como PEC do Ecad, a matéria altera a maneira como o Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad) repassará os direitos dos músicos e estabelece formas de fiscalização da arrecadação desses direitos.
Pela proposta aprovada, o Ecad passa a ser fiscalizado por um órgão específico e precisa prestar informações precisas sobre a distribuição dos recursos. O relator, senador Humberto Costa (PT-PE), acatou emenda do líder do PSDB, senador Aloysio Nunes Ferreira (SP), que estabelece que o órgão fiscalizador deverá ser ligado à administração pública, mas não necessariamente ao Ministério da Cultura.
Outra emenda do líder oposicionista que foi acatada estabelece que as emissoras de rádio e televisão terão prazo até o dia 10 de cada mês para repassar ao Ecad a lista com as músicas que foram utilizadas no período, o que deve facilitar a cobrança e a fiscalização sobre o repasse dos recursos.
O projeto também estabelece a redução da atual taxa administrativa cobrada pelo escritório de 25% para 15%, garantindo que os autores recebam 85% de tudo o que for arrecadado pelo uso das obras artísticas.
Outra mudança que a proposta faz é em relação aos créditos retidos quando o Ecad não identifica os autores da obra. Pelo texto, essas arrecadações só podem ficar retidas durante cinco anos e, depois, precisam ser distribuídas proporcionalmente pelos detentores de direitos. A mudança evita que o dinheiro seja usado para equilíbrio de finanças ou pagamento de prêmios, por exemplo.
O projeto foi proposto após a apresentação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ecad, que funcionou no Senado no ano passado. Hoje um grupo de cerca de 20 artistas, que incluía nomes como Roberto Carlos, Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Lenine e Carlinhos Brown, acompanhou as negociações para a votação e alguns deles tiveram reuniões com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e com a presidenta Dilma Rousseff. Eles foram acompanhados pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, e depois assistiram à sessão de votação da PEC.
As alterações, no entanto, ainda não estão valendo. A PEC precisa passar pela Câmara dos Deputados, onde será votada em dois turnos. Se receber alterações, a matéria precisará voltar ao Senado para última análise antes de seguir para promulgação.


fonte: Grupo Um Milhão de Amigos - 04.07.2013
ARTISTAS NO SENADO






fonte: Plenário - A Notícia Online - 04.07.2013
ROBERTO CARLOS TEM ENCONTRO COM DILMA NA VOTAÇÃO DO ECAD EM BRASÍLIA
A presidenta Dilma Rousseff recebeu na quarta-feira (3), no Palácio do Planalto, artistas que apoiam o projeto que estabelece novas regras de arrecadação e distribuição de direitos autorais. O projeto já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e vai a votação no plenário da Casa.
Roberto Carlos, Caetano Veloso, Lenine, Gaby Amarantos, Fernanda Abreu, Alexandre Pires, Thiaguinho, Frejat, Fafá de Belém, Erasmo Carlos, Carlinhos Brown, Rogério Falusino, Otto, Jorge Vercilo, Nando Reis, Waguinho, Emicida, a empresária Paula Lavigne, deputados e senadores ligados à área artística, além da Ministra da Cultura Marta Suplicy, acompanharam a votação do projeto, que altera as normas de arrecadação e pagamentos de direitos autorais pelo ECAD (Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais). O texto foi aprovado, mas ainda precisa passar pela Câmara dos Deputados.
A PLS 129/2012 quer que artistas e compositores recebam 85% da arrecadação de direitos autorais. Caso seja aprovado pela Câmara, o governo ainda terá que indicar um órgão responsável pela fiscalização da arrecadação pelo Ecad. O projeto também pede a redução da atual taxa administrativa cobrada pela entidade, de 25% para 15%.
Os artistas entregaram à Dilma uma série de reivindicações sobre direitos autorais, que mostra os líderes em arrecadação no País. O documento destaca que Roberto Carlos, o maior arrecadador individual, aparece em desvantagem para 11 multinacionais que o antecedem na lista da Ecad.
Emocionada, a presidente Dilma disse a Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Caetano Veloso que suas músicas marcaram momentos de sua vida. E propôs que os presentes formassem uma comissão para fiscalizar a atividade do Ecad.
Ao fim da reunião, Roberto Carlos pediu alguns minutos a sós com a Presidente e os dois conversaram por cerca de 20 minutos.


fonte: O Dia Online - 04.07.2013
BRASIL TEM NOVAS REGRAS PARA DIREITOS AUTORAIS
Pressionado por artistas, Senado aprova projeto de lei que muda cobrança, arrecadação e distribuição do Ecad

Artistas e produtores foram a Brasília pressionar governo a votar projeto que muda várias regras do Ecad. Dilma se emociona ao encontrar Roberto Carlos
Brasília - O Plenário do Senado aprovou, na noite desta quarta-feira, o projeto de lei que estabelece novas regras para a cobrança, arrecadação e distribuição dos direitos autorais de obras musicais. O PLS 129/2012 foi elaborado a partir do trabalho da CPI do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), criada pelo Senado para investigar denúncias de irregularidades contra a entidade.
O Ecad controla a arrecadação e a distribuição dos direitos autorais, em nome das associações de compositores e intérpretes afiliadas. Mais cedo, diversos músicos, entre eles Caetano Veloso, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Fafá de Belém, Otto, Lenine, Gaby Amarantos e Carlinhos Brown, foram recebidos em Brasília pelo senador Renan Calheiros e pela ministra da Cultura, Marta Suplicy. A presidenta Dilma Rousseff estava lá e teve seu momento de descontração, tietando o Rei Roberto.
Os artistas comemoraram a aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado do relatório que muda as regras para arrecadação e distribuição de direitos autorais e receberam do presidente da Casa a promessa de que apressaria a votação.
A versão aprovada na CCJ, de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE), substituiu texto original proposto pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que presidiu no ano passado a CPI do Ecad. O projeto impõe mais rigor e transparência para a gestão dos valores pagos pela execução de obras protegidas por direitos autorais, inclusive produções audiovisuais.


fonte: site CBN - 03.07.2013
SENADO APROVA NOVAS REGRAS PARA ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS NA MÚSICA
A votação foi acompanhada por vários artistas, como Caetano Veloso e Roberto Carlos.

O Senado aprovou na noite desta quarta-feira o projeto de lei que estabelece novas regras de cobrança, arrecadação e distribuição dos direitos autorais de obras musicais. A proposta foi elaborada a partir do trabalho da CPI do Ecad, criada pelo Senado para investigar denúncias de irregularidades no orgão. A votação foi acompanhada por vários artistas, como Caetano Veloso e Roberto Carlos, que haviam se reunido mais cedo com a presidente Dilma, para pressionar pela aprovação do projeto.


fonte: O Globo Online - 03.07.2013
COM A PRESENÇA DE ARTISTAS, SENADO APROVA PROJETO DE LEI COM NOVAS REGRAS PARA O DIREITO AUTORAL
Roberto Carlos, Caetano Veloso, Carlinhos Brown e outros estavam presentes na sessão Mais cedo, mudanças haviam sido aprovadas na CCJ e artistas foram recebidos por Renan Calheiros e pela presidente Dilma Rousseff O próximo passo é a votação na Câmara dos Deputados

O senador José Sarney cumprimenta o cantor Roberto Carlos no plenário do Senado, durante votação de projeto de lei sobre direitos autorais
BRASÍLIA - Sob o olhar de grandes nomes da música brasileira, como Roberto Carlos e Caetano Veloso, o Plenário do Senado aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que estabelece novas regras para a cobrança, arrecadação e distribuição dos direitos autorais de obras musicais. O PLS 129/2012 foi elaborado a partir do trabalho da CPI do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), criada pelo Senado para investigar denúncias de irregularidades contra a entidade.
O texto aprovado teve relatoria do senador Humberto Costa (PT-PE) e prevê que o Ecad continua a ser formado pelas associações que congregam compositores e intérpretes. Mas essas entidades terão de se credenciar junto ao Ministério da Cultura para demonstrar que têm condições de administrar os direitos autorais. Antes, essa formalidade não era necessária. A matéria agora segue para a Câmara, onde o presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) pretende apreciá-la antes do recesso parlamentar, dia 17.
Artistas permaneceram durante o dia todo em Brasília para pressionar os parlamentares. Eles também se encontraram com a presidente Dilma Rousseff para pedir a criação, por meio de projeto de lei, de uma entidade que sirva como mediadora de conflitos. Esse órgão seria vinculado ao Ministério da Cultura.
Roberto Carlos e os outros artistas - como Erasmo Carlos, Caetano Veloso, Gabi Amarantos, Nando Reis e Roberta Miranda - assistiram à votação de dentro do plenário e toda hora eram requisitados pelos parlamentares para tirar fotos e dar autógrafos.
Monopólio com regulação
Nas palavras do relator Humberto Costa, o Ecad manterá o monopólio da arrecadação e distribuição dos recursos, mas, a partir de agora, isso será regulado. A maioria dos artistas que desde cedo lotou a sala onde foi realizada a reunião da Comissão de Constitução e Justiça (CCJ) aplaudiu o relatório. Eles reclamavam da falta de transparência do Ecad. Mesmo quem foi contrário não criticou o mérito do relatório, mas pediu mais tempo para discutir o assunto, como foi o caso de Jair Rodrigues e de representantes do próprio Ecad.
À tarde, os artistas voltaram a se reunir com os senadores, na sala do presidente Renan Calheiros (PMDB-AL), para pedir urgência na votação da matéria. Como o projeto ainda precisava passar pela Comissão de Educação e Cultura antes de ir ao plenário, somente com aval dos líderes essa etapa poderia deixar de ser cumprida, adiantando a tramitação. O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) não queria abrir mão, mas resolveu atender aos apelos dos artistas e dos demais colegas.
O relator disse ainda que o projeto deveria ser votado imediatamente para se acelerar a necessária reforma dos gastos coletivos dos direitos autorais.
— Precisamos acabar com a cultura que admite a pirataria e que não acha justo o pagamento de direitos autorais. Precisamos cada vez mais criar as condições para que se cumpra esses pagamentos dos direitos autorais. Para que se pague o justo.
O relatório determina ainda que a taxa paga pelos autores para o Ecad, hoje de 25%, seja no máximo de 15%. A entidade terá quatro anos para se adaptar a esta determinação.


fonte: Alagoas 24 Horas - 03.07.2013
ARTISTAS PEDEM A RENAN REGIME DE URGÊNCIA PARA APRECIAÇÃO DE PROJETO
Diversos artistas foram recebidos por Renan e outros parlamentares em Brasília

Roberto Carlos, Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Lenine, Fernanda Abreu, Nando Reis, Alexandre Pires, Rogério Fausine, Roberta Miranda, Leone, Otto, Gaby Amaranto, Fafá de Belém, e dezenas de outros artistas foram recebidos na tarde desta quarta, 3, pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que vieram a Brasília para pedir regime de urgência na votação do projeto de lei 129/12, que muda as regras de arrecadação dos direitos autorais e interfere no funcionamento do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad).
Após uma reunião dos artistas com os líderes do Senado e ainda com a produtora cultural Paula Lavigne ficou acordado, acatada a demanda da classe artística, a matéria será levada a votação ainda hoje a noite. A matéria foi aprovada pela manhã na Comissão de Constituição, Justiça, e Cidadania. Com relatoria do senador Humberto Costa, o projeto é resultado da CPI realizada em 2012, que investigou supostas irregularidades na arrecadação e distribuição de direitos por execução de músicas por parte do órgão.
A produtora Paula Lavigne explicou ao presidente Renan Calheiros que a princípio muitos artistas de renome haviam se manifestado contra o projeto. "Contudo, depois de vários ajustes e reuniões com artistas, produtores e parlamentares chegamos a um acordo sobre a questão dos direitos autorais da classe artística brasileira", informou Paula Lavigne. De acordo com ela, a presença de alguns dos mais renomados artistas no Senado comprova a importância da aprovação da matéria para a classe.


fonte: Agência Brasil - 03.07.2013
SENADO APROVA PEC DO ECAD EM SESSÃO COM PARTICIPAÇÃO DE CAETANO VELOSO E ROBERTO CARLOS


Brasília - Diante de muitos músicos de fama nacional, o plenário do Senado aprovou hoje (3) a proposta de emenda à Constituição (PEC) que define as condições de arrecadação e distribuição de direitos autorais de obras musicais. Conhecida como PEC do Ecad, a matéria altera a maneira como o Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad) repassará os direitos dos músicos e estabelece formas de fiscalização da arrecadação desses direitos.
Pela proposta aprovada, o Ecad passa a ser fiscalizado por um órgão específico e precisa prestar informações precisas sobre a distribuição dos recursos. O relator, senador Humberto Costa (PT-PE), acatou emenda do líder do PSDB, senador Aloysio Nunes Ferreira (SP), que estabelece que o órgão fiscalizador deverá ser ligado à administração pública, mas não necessariamente ao Ministério da Cultura.
Outra emenda do líder oposicionista que foi acatada estabelece que as emissoras de rádio e televisão terão prazo até o dia 10 de cada mês para repassar ao Ecad a lista com as músicas que foram utilizadas no período, o que deve facilitar a cobrança e a fiscalização sobre o repasse dos recursos.
O projeto também estabelece a redução da atual taxa administrativa cobrada pelo escritório de 25% para 15%, garantindo que os autores recebam 85% de tudo o que for arrecadado pelo uso das obras artísticas.
Outra mudança que a proposta faz é em relação aos créditos retidos quando o Ecad não identifica os autores da obra. Pelo texto, essas arrecadações só podem ficar retidas durante cinco anos e, depois, precisam ser distribuídas proporcionalmente pelos detentores de direitos. A mudança evita que o dinheiro seja usado para equilíbrio de finanças ou pagamento de prêmios, por exemplo.
O projeto foi proposto após a apresentação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ecad, que funcionou no Senado no ano passado. Hoje um grupo de cerca de 20 artistas, que incluía nomes como Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Roberto Carlos, Lenine e Carlinhos Brown, acompanhou as negociações para a votação e alguns deles tiveram reuniões com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e com a presidenta Dilma Rousseff. Eles foram acompanhados pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, e depois assistiram à sessão de votação da PEC.
As alterações, no entanto, ainda não estão valendo. A PEC precisa passar pela Câmara dos Deputados, onde será votada em dois turnos. Se receber alterações, a matéria precisará voltar ao Senado para última análise antes de seguir para promulgação.


fonte: R7 - 03.07.2013
ROBERTO CARLOS E ERASMO CARLOS VÃO AO CONGRESSO PARA PEDIR MUDANÇAS NO RECOLHIMENTO DE DIREITOS AUTORAIS
Artistas se reúnem com presidente do Senado para defender alterações no Ecad

Erasmo Carlos e colegas querem mudar arrecadação de direitos
Os cantores Roberto Carlos e Erasmo Carlos são alguns dos cantores que estão reunidos, na tarde desta quarta-feira (3), com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) para reivindicar mudanças no sistema de arrecadação e distribuição de direitos autorais.
Artistas como Caetano Veloso, Nando Reis, Alexandre Pires, Otto, Carlinhos Brown, Fagner e Fafá de Belém também estão no Congresso para defender alterações no sistema do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).
Os artistas apoiam um projeto, em tramitação no Congresso, que muda a legislação de direitos autorais ao criar uma empresa no Ministério da Justiça para fiscalizar a arrecadação dos recursos feita pelo Ecad.


fonte: G1 Online - 03.07.2013
SENADO DEVE VOTAR NESTA QUARTA NOVA DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS
Proposta destina 85% da arrecadação para titulares das obras artísticas.
Músicos e produtores foram ao Senado pressionar pela aprovação.
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou em plenário que deve colocar em votação ainda nesta quarta-feira (3) um projeto de lei que cria novas regras para a cobrança, arrecadação e distribuição de recursos pagos por direitos autorais na produção musical. Apoiado por vários artistas e produtores musicais, o texto destina 85% da arrecadação para os titulares dos direitos, como compositores e intérpretes.
O texto foi aprovado pela manhã na Comissão de Constituição, Justiça e, se passar pelo plenário da Casa, segue para votação na Câmara dos Deputados.
Na tarde desta quarta, mais de uma dezena de artistas e produtores musicais acompanharam a votação na CCJ e depois se reuniram com Renan Calheiros e outros parlamentares para pressioná-los em favor da aprovação. Estiveram no gabinete de Renan nomes consagrados como Roberto Carlos, Caetano Veloso e Erasmo Carlos.
O Ecad é uma vitória para a classe artística, mas nós estamos encontrando novos caminhos." (Carlinhos Brown, músico e compositor)
Pelo texto aprovado, o Ministério da Cultura fica responsável pela fiscalização da arrecadação pelo Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad), que poderá reunir várias associações de autores, mas permanecerá como o órgão que vai centralizar o recolhimento e a distribuição dos valores devidos pelo pagamento de direitos autorais no meio musical.
Presente na reunião com Renan Calheiros, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, informou que ainda será definida como ocorrerá essa fiscalização.
“O ministério ainda não tem essa estrutura. Mas conversei hoje com a presidenta [Dilma] e ela entendeu que nós temos que estudar a forma: se vai ser uma instituição vinculada, uma estatal que vai fazer isso, ou se vai ser dentro do ministério, ampliando o nosso departamento de direito autoral. Acho provavelmente que vai ficar dentro do ministério”, disse Marta.
Segundo o parecer da proposta, somente no ano passado,o Ecad arrecadou R$ 624,6 milhões e distribuiu R$ 470,2 milhões em direitos autorais. O Ministério da Cultura também poderá mediar eventuais conflitos decorrentes do pagamento de direitos autorais e sua distribuição aos titulares.
Proposta
A versão aprovada na CCJ, de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE), substituiu texto original proposto pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que presidiu no ano passado a CPI do Ecad.
O projeto impõe mais rigor e transparência para a gestão dos valores pagos pela execução de obras protegidas por direitos autorais, inclusive produções audiovisuais.
Quem paga ao Ecad pelo uso e músicas passará a ter acesso, pela internet, ao custo das obras. Já o autor passará a saber, também pela internet, quanto vai ser arrecadado e quanto vai ser distribuído por cada música. O projeto garante o direito à privacidade do artista, sem permitir que o valor pago ao autor da obra seja publicado.
O projeto ainda pretende aperfeiçoar a gestão, prevendo penas para dirigentes das entidades que atuem com dolo ou culpa, e também para usuários que descumpram obrigações de informar a utilização de obras e fonogramas.
O cantor e compositor Carlinhos Brown participou da reunião em defesa de mudanças nas normas de arrecadação do Ecad. “Não é uma desavença [com o Ecad]. É muito importante dizer isso. O Ecad é uma vitória para a classe artística, mas nós estamos encontrando novos caminhos”, afirmou o artista.


O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), cumprimenta Caetano Veloso e Roberto Carlos em reunião de artistas com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)


fonte: O Globo Online - 03.07.2013
ROBERTO CARLOS E OUTROS ARTISTAS SÃO RECEBIDOS POR RENAN CALHEIROS
O presidente do Senado garantiu que a votação do projeto de lei do direito autoral será votado ainda esta noite no plenário
Grupo espera conseguir conversar com a presidente Dilma Rousseff
Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o texto nesta quarta-feira

Presidente do Senado, Renan Calheiros, durante reunião com Roberto Carlos, Caetano Veloso e outros artistas. O encontro aconteceu depois da aprovação, por unanimidade, pela CCJ, do relatório que muda regras para arrecadação de direitos autorais
BRASÍLIA - A chegada do cantor Roberto Carlos ao Senado na tarde desta quarta-feira foi cercada de fãs e curiosos. Houve até gritaria entre os mais eufóricos. O Rei foi a Brasília, junto com outros artistas, para tentar convencer os líderes dos partidos a apressar a votação em plenário do projeto de lei que estabelece novas regras para a cobrança, arrecadação e distribuição dos direitos autorais. O grupo formado por ele, Erasmo Carlos, Caetano Veloso, Alexandre Pires e Paula Lavigne conseguiu a garantia do presidente da casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), de que a pauta será votada ainda esta noite.
Mais cedo, os artistas comemoraram a aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado do relatório que muda as regras para arrecadação e distribuição de direitos autorais.
O cantor Erasmo Carlos disse estar feliz por presenciar um momento histórico para a classe artística.
— Muito bom. Estou feliz de estar vivo hoje para ver isso. No futuro meus netos vão dizer: olha lá o vovô, o vovô foi um dos responsáveis, estava lá no dia deste momento histórico para os músicos do Brasil. Obrigado a quem contribuiu. Músico não é contrário a ninguém. Músico é amor. Músico quer que todos vivam em paz, todo mundo com o coração aberto, que todo mundo ganhe bem.
Para se tornar lei, o projeto ainda precisa passar pela Comissão de Educação e Cultura para, depois, ir a plenário do Senado e, em seguida, à Câmara. Por isso, artistas e senadores estão pressionando o colégio de líderes a cortar etapas. Se conseguirem convencer os líderes partidários, a matéria seguiria direto para votação.
Ainda na noite desta quarta-feira está previsto um encontro dos artistas com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.


fonte: A Crítica Online - 03.07.2013
ROBERTO CARLOS E CAETANO VELOSO VÃO AO SENADO NESTA QUARTA-FEIRA (03)
O palco, por ser diferente dos eventuais frequentados pelos artistas, tende a render boas novidades

Caetano e Roberto Carlos visitam o Senado
Os cantores brasileiros, Roberto Carlos e Caetano Veloso estarão no plenário do Senado nesta quarta-feira (03), segundo o jornal Agora São Paulo.
A visita será com intuito de tentar adiar a votação de um projeto de lei que muda a maneira de gerir os direitos autorais no País.
O palco, por ser diferente dos eventuais frequentados pelos artistas, tende a render boas novidades.


fonte: Ego Online - 02.07.2013
MISSA DE UM ANO DE MORTE DE IVONE KASSU REÚNE FAMOSOS NO RIO
Ivone, que foi assessora pessoal do cantor Roberto Carlos por mais de 30 anos, recebeu a homenagem nesta terça-feira, 2.



Foi realizada na noite desta terça-feira, 2, na Igreja da Ressureição, no Arpoador, Zona Sul do Rio, a missa de um ano de morte de Ivone Kassu. Ivone foi assessora pessoal do cantor Roberto Carlos por mais de 30 anos. Rosamaria Murtinho, Leda Nagle e Aracy Balabanian foram algumas das personalidades que estiverem na cerimônia. Kassu sofreu uma parada cardíaca em seu apartamento em Copacabana, na Zona Sul do Rio, no dia 3 de julho de 2012.


fonte: O Globo - 30.06.2013
UM REI NO SENADO
Roberto Carlos, ele mesmo, vai quarta-feira a Brasília acompanhar no Senado a votação do projeto de lei 129 que cria um sistema de fiscalização no Ecad (Escritório de Arrecadação de Direito Autoral). Estará em companhia de outras estrelas da nossa MPB, como Caetano Veloso, Erasmo Carlos e Carlinhos Brown. Desde março, uns 50 autores, entre eles Chico Buarque e Gilberto Gil, vêm se reunindo para criar a Associação Procure Saber, em defesa do direito autoral.


fonte: Lux Online (Portugal)- 26.06.2013
ROBERTO CARLOS VAI SER AVÔ PELA SEXTA VEZ
Roberto Carlos vai ser avô pela sexta vez. A filha mais nova do cantor brasileiro, a jornalista Luciana Braga, usou a sua página no Facebook para espalhar a grande notícia: «Grávida de quatro meses e três semanas. Tão feliz».
A jornalista já tem uma filha, Ava, de 3 anos.
Além de Ava, Roberto Carlos é avô de João Paulo e Maria José, filhos de Rafael Braga, e Giovanna e Gianpietro, filhos de Dudu Braga.


fonte: O Dia - 25.06.2013
Apesar das expectativas, Roberto Carlos não estará no Brasil durante a Jornada Mundial da Juventude, entre os dias 23 e 28 de julho. O Rei estará nos Estdos Unidos, não se sabe se a passeio ou para cumprir agenda de shows.


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 24.06.2013
O SHOW DO ANO
Roberto Carlos está em avançadas negociações para fazer uma temporada de shows no Forte de Copacabana, em agosto.


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 19.06.2013
PARA BOM ENTENDEDOR...
Roberto Carlos, que não é de se manifestar politicamente , postou anteontem em sua página oficial no Facebook , um trecho da música “Verde e amarelo”, de 1985, quase um hino patriótico: “Boto fé / Não me iludo / Nesta estrada ponho o pé / Vou com tudo / Terra firme, livre / Tudo o que eu quis do meu país”.


fonte: A Cidade Online - 13.06.2013
SHOW DE ROBERTO CARLOS EMOCIONA FÃS EM RIBEIRÃO PRETO
O show começou às 21h40 e terminou às 23h30, anteontem no Centro de Eventos Pereira Alvim, com o tradicional arremesso de rosas
Das mãos do rei
“Quero dizer uma coisa pra vocês”, disse o cantor Roberto Carlos, e cantou: “Quando eu estou aqui, eu vivo esse momento lindo...”. Foi como o rei entrou no palco do Centro de Eventos Pereira Alvim, anteontem. O show começou às 21h40 e terminou às 23h30, com o tradicional arremesso de rosas para a plateia, que as mulheres da área VIP Azul correram para pegar na frente do palco. Algumas entregaram até presentes a ele.

Parou tudo
O show de Roberto Carlos mudou a rotina dos moradores e de quem passava anteontem pela Avenida Maurílio Biagi. Perto das 20h, um congestionamento se formou ao longo dos dois lados da avenida, chegando até ao viaduto Ayrton Senna. Foram cerca de 4 mil pessoas no local. O cenário não foi diferente na saída.

Fé no palco
Um dos momentos mais emocionantes do show foi quando o rei cantou a música “Nossa Senhora”. Muita gente se emocionou e um coro se formou na plateia, como numa espécie de oração.

Atrasados
O cantor Vinicius, da dupla sertaneja João Bosco & Vinicius, chegou ao local acompanhado da mulher, Audrey Kelly Franco, 20 minutos após o início do show. Dentro da área VIP Azul, na frente do palco, os dois não conseguiram encontrar as duas cadeiras reservadas e tiveram de assistir à apresentação em pé na lateral.

Moderninho
No palco, Roberto Carlos cantou para o público a música “Fera Ferida” remixada. “Eu não sei como esses DJs conseguem fazer esse som com a música”, brincou ele.

Mais caliente
Antes de cantar a música “Proposta”, Roberto Carlos disse que sempre faltava algo que falasse diretamente do amor (referindo-se ao sexo). “Criei coragem e falei”, disse ele e cantou em seguida: “Eu te proponho, nós nos amarmos”. Houve gritos e aplausos.

Recuperada
Após sua internação por problemas de saúde, a prefeita Dárcy Vera (PSD) compareceu a um evento social. Ela esteve no show com o marido, Mandrison Almeida, e sentou-se na terceira fileira da área VIP Azul, bem em frente ao palco. Com boa aparência, Dárcy chegou sorrindo e cumprimentando todo mundo ao redor.

Sem transtornos
A organização do show não deixou a desejar – cada uma das três áreas tinha uma entrada e todos assistiram ao show sentados. O ambiente foi familiar – de menores acompanhados com os pais aos mais velhos de 80 anos.

Sacrifício
Maria Mirtes Ganzerli (na foto), mesmo em recuperação de uma cirurgia feita há 15 dias no braço e proibida pelo médico, foi assistir ao show de Roberto Carlos. “Fui a primeira a entrar e sentar. Viria nem que fosse de maca ou cadeira de rodas”, disse.

VIPs no camarim
Após o show, Roberto Carlos recebeu alguns convidados numa sala reservada. A prefeita e o marido e a família Pereira Alvim estiveram entre os recepcionados. Ao lado do rei, só deu tempo de dar um beijo e um abraço, dizer que foi um prazer e tirar uma foto feita pela sua equipe – é sempre tudo muito rápido.

Regras
Roberto Carlos tem várias regras que são seguidas. Duas delas são não dar autógrafos e atender a imprensa numa coletiva promovida uma vez por ano. Fotos com ele, somente feita pelo seu fotógrafo oficial – a imagem é enviada posteriormente por e-mail. Isso vale também para os hotéis onde fica hospedado.

Regras 2
Foi assim no Hotel Araucária. Acompanhado do seu fotógrafo, ele parou para tirar fotos com funcionários e hóspedes, mas nada de celular ou máquina fotográfica pessoal.


fonte: Diário de São Paulo Online- 11.06.2013
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EM RIO PRETO AMANHÃ
O rei da música brasileira promete embalar o coração dos que vão comemorar o Dia dos Namorados
O cantor é o cara mesmo. Roberto Carlos dispensa apresentações.
O Dia dos Namorados tem tudo para ser ainda mais romântico em São José do Rio Preto. Isso porque o cantor conhecido como o rei da música brasileira, Roberto Carlos, fará um show inesquecível no Centro Regional de Eventos da cidade, às 21h.
O show é parte das comemorações dos 10 anos da TV Tem e já está com os ingressos esgotados. Quem for assistir ao rei já desembolsou um valor entre R$ 160 e R$ 420. O menor valor é para a arquibancada superior, e este local é o único que tem a meia-entrada (R$ 80). Assim como os demais eventos no local, a meia-entrada é válida para estudantes e idosos acima de 60 anos.
"Esse cara sou eu"
O cantor é o cara mesmo. Ele é o cantor solo que mais vendeu álbuns em toda a história do Brasil: ao todos foram 120 milhões de discos comercializados.
Roberto Carlos dispensa apresentações. É um dos primeiros ídolos jovens da cultura brasileira e foi um dos pioneiros no Brasil do movimento rock'n'roll, surgido nos Estados Unidos ao longo da década de 1950. No show, vai cantar sucessos que vão dos clássicos da época da Jovem Guarda até o seu último hit - que embalou a novela global "Seu Jorge" - "Esse cara sou eu".
São José
A última vez que o rei veio a São José do Rio Preto foi em 2011. O show desta quarta-feira promete reunir um público diversificado, de diferentes gerações.


fonte: Ribeirão Preto Online - 11.06.2013
O REI FAZ ESCOLA
Roberto Carlos faz show em Ribeirão nesta terça-feira
Roberto Carlos, se apresenta nesta terça-feira (11), no Centro de Eventos Pereira Alvim, em Ribeirão, à partir das 21h. Três anos após seu último show na cidade, o Rei volta para cantar grandes sucessos de carreira e as canções de sua mais recente produção “Esse cara sou eu”.
O show tem direção musical e arranjos do maestro Eduardo Lages, e conta com uma orquestra de 16 músicos. Os ingressos custam entre R$ 110 e R$ 480.
O Centro de Eventos Pereira Alvim fica na avenida Maurílio Biagi, 1.800 – Ribeirânia. Mais informações pelo telefone (16) 3421-3072


fonte: Folha de São Paulo Online - 10.06.2013
RIBEIRÃO PRETO TERÁ SHOW DE ROBERTO CARLOS NESTA 3ª; HÁ INGRESSOS
O cantor Roberto Carlos se apresentará nesta terça-feira (11) em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo). Ainda há ingressos à venda.
A apresentação será no Centro de Eventos Pereira Alvim (avenida Maurilio Biagi). O cantor volta a Ribeirão Preto após ter se apresentado na cidade em 2010, quando atraiu mais de 25 mil pessoas ao estádio Santa Cruz em um show de comemoração ao aniversário do município.
Para o show de amanhã, foram disponibilizados 4.000 ingressos. Os bilhetes ainda à venda são para o setor mais caro (R$ 480) --na tarde desta segunda-feira (10) restavam lugares somente nas cinco últimas fileiras da área vip.
Roberto Carlos em entrevista coletiva durante cruzeiro "Emoções em Alto Mar"
SERVIÇO
Show de Roberto Carlos
Quando: 11 de junho, às 21
Ingressos: R$ 350 e R$ 480
Onde: Centro de Eventos Pereira Alvim, em Ribeirão Preto
Informações: (16) 3421-3072 ou no site oficial do cantor


fonte: Diário do Grande ABC - 06.06.2013
AUTORA NÃO FAZ ACORDO COM DEFESA DE ROBERTO CARLOS
De um lado, a editora Estação das Letras e Cores e a pesquisadora Maíra Zimmerman. De outro, o advogado Marco Antonio Campos e o cantor Roberto Carlos. No centro, um livro sobre a força da Jovem Guarda nas transformações da moda e da juventude. Nos bastidores, uma surpreendente tentativa de acordo.
Há menos de um mês, Roberto Carlos, representado legalmente por Campos, pediu dez dias para que o livro Jovem Guarda - Moda, Música e Juventude, de Maíra, fosse retirado das lojas, alegando abordagem de sua privacidade e uso indevido de sua imagem na capa. Maíra primeiro levou um susto. Depois, decidiu enfrentar a situação. O livro, financiado pela Fapesp, resultado de uma tese de mestrado no curso de Moda, Cultura e Arte do Centro Universitário Senac, não traz menções à vida íntima do cantor. Sua imagem aparece na capa ao lado de Wanderléa e Erasmo Carlos em forma de caricatura. Quem escreve a apresentação é a própria cantora Wanderléa.
Decididos a não jogar a toalha, os advogados da autora e da editora responderam à notificação enviada por Campos com uma firme contranotificação. "O meu livro é uma pesquisa acadêmica, baseada em fontes do período, e não há análise da intimidade dos integrantes do movimento. A história da Jovem Guarda não deve ser tratada de forma patrimonialista", diz Maíra.
Dias depois, Campos pediu um acordo com os representantes da pesquisadora, que redigiram os termos do documento e o enviaram ao advogado. A intenção das partes era a de eliminar o conflito, mas não tem sido tão simples. Ao receberem o mesmo documento de volta por e-mail, com as correções em vermelho feitas no escritório de Campos, os representantes da autora e da editora se surpreenderam. De forma objetiva, o documento dizia agora que "as notificadas (Maíra e sua editora) pedem autorização ao notificante (Roberto Carlos) para a utilização de seu nome e sua imagem na obra". E completava: "O notificante concede a autorização solicitada para todos os efeitos de direito".
As colocações de Campos no documento que faria o assunto ser esquecido e o livro circular livremente indignaram a autora e seu advogado. "Assim, ele coloca Maíra em uma situação de erro, como se ela tivesse obrigação de ter pedido autorização antes de lançar um livro que nem é uma biografia. Isso fere a liberdade de expressão", diz o advogado de Maíra, Rodrigo Correa. A editora se alinhou à sua cliente e entendeu que assinar tal declaração seria o mesmo que redigir uma confissão de culpa: "Uma retratação da autora está fora de cogitação. Ela não pode fazer isso, uma vez que não cometeu erro algum", diz Gilberto Mariot, que fala em nome da Estação das Letras e Cores.
A reportagem entrou em contato com o escritório de Campos por dois dias. Na terça, sua secretária informou que ele estava em uma reunião em Brasília, mas que poderia responder a e-mails.
Perguntas foram enviadas para seu endereço eletrônico, mas as respostas não vieram. Ontem (5), sua secretária informou que ele estava em reunião. Até o fechamento desta edição, Campos não havia respondido aos pedidos de entrevista do jornal.
O que seria um acordo de paz para ambas as partes se tornou um impasse e os e-mails e telefonemas pararam de ser trocados. Mariot não descarta a possibilidade de Roberto ir à Justiça, já que até o momento foram trocadas apenas notificações extrajudiciais.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 29.05.2013
PROCURE SABER
Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Djavan e Roberto Carlos formam o conselho e são os sócios-fundadores da associação chamada “Procure saber”, que acaba de ser criada e vai discutir os problemas do mercado da música. A meta número um é a fiscalização do Ecad, mas o grupo quer ir além. Assuntos como a meia-entrada e a lei do direito autoral também estarão em pauta nas reuniões, que já vêm acontecendo com frequência mesmo antes da “oficialização” e da criação do nome do grupo. Sim, Roberto Carlos tem ido e participado ativamente.


fonte: Uai Online - 27.05.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA PARA PÚBLICO EMOCIONADO NO MINEIRINHO
Cantor venceu com elegância e competência a sofrível acústica do local

Esse cara tá diferente. Roberto Carlos repetiu o sagrado ritual de todos os anos no show de sábado, no Mineirinho: o ginásio lotado cantou os clássicos trintões e quarentões do Rei, mas a ovação veio em uma “nova” canção: 'Esse cara sou eu' – o hit responsável por providencial upgrade na recém-finada novela de Gloria Perez. A outra novata, 'Furdúncio', com sua batida moderninha, também trouxe algum frescor ao repertório formado por antigos sucessos.
Outro momento chamou a atenção, fazendo muitas cabeças prateadas balançarem ao ritmo da eletrônica: a “rave” do Rei. 'Fera ferida', ícone da redenção dos mal-amados, perdeu aquele jeitão dor de cotovelo para ganhar clima de “fui!” graças ao celebrado DJ Memê. Roberto fez o comercial: vem aí o disco de remixes de seus clássicos, assinados por craques das picapes. O cantor contou ao público que jamais imaginou participar de algo dessa natureza, rasgou seda para Memê e transformou seu palco em pista multicolorida. Funcionou. Profissional, ele sabe que a fila anda. Já passou da hora de pelo menos tentar compartilhar com os netos de seus súditos.
Big band afiada sob comando de Eduardo Lages e ao lado de seus fiéis instrumentistas, Roberto transita como poucos entre o sagrado e o profano. Fez muita gente erguer as mãos, como na missa, ao cantar 'Nossa Senhora'. 'Lady Laura' é sempre aquele momento emocionado de comunhão do filho devoto com o público, e 'Jesus Cristo' o tradicional grand finale da “celebração”. Mas a carne se fez presente – sem culpa. Homenageando os textos 'calientes' de Ronaldo Bôscoli, autor de roteiros de shows que fizeram dele ícone do show business nacional, RC exibiu alegremente sua verve “sem-vergonha”, devidamente acompanhado pelos súditos. Foi assim em 'Proposta' e no que ele batizou de pot-pourri sensual. Velhinhas de cabeça branca e jovens cantaram a plenos pulmões versos de 'Seu corpo' e de 'Falando sério'. No refrão de 'Esse cara sou eu', um tiozinho não se segurou: levantou-se da cadeira e bateu no peito, feliz da vida.
Profissional do ramo, RC toureou com a tradicional competência a sofrível acústica do Mineirinho, mas algo quebrou o clima: no intervalo entre as canções, as luzes se apagavam, via-se o Rei cochichando com o maestro Lages no escuro, para os spots se acenderem longos segundos depois. Os súditos não pareciam ligar para a sucessão de “miniblackouts”, mas eles não combinaram com o caprichado jogo de iluminação. E tome estrelas azuis, quando a canção assim o pedia, enquanto tons quentes e vermelhos lembravam o “clima motel” nas mais animadinhas.
Súditos Aos 72 anos, Roberto parece de bem com a vida. Ficaram para trás os tempos de luto e de canções tristonhas para Maria Rita. Vem aí o disco de remixes. 'Esse cara sou eu' comprova: o Rei não perdeu sua famosa “pegada”. Agora ele fica devendo o tão esperado discão de inéditas.
Roberto, como sempre, fez a sua parte. Observar a multidão de súditos é outro show. A gente vê jovens, fãs em cadeiras de rodas, velhinhos e velhinhas amparados por familiares e o cover Fredson de Souza, todo simpático e sorridente, posando para fotos com dezenas de pessoas.
Entretanto, não dá para entender: do lado de lá da avenida está o novo Gigante da Pampulha, astro da propaganda oficial, à espera da Copa do Mundo, cartão-postal da BH de Primeiro Mundo e pronto para receber turistas do exterior. Do lado de cá da avenida, o calvário do contribuinte: na calçada de acesso ao Mineirinho, buracos e mais buracos dificultam os passos daqueles senhores e senhoras que foram ver o Rei. Um casal de cabeça branca quase se estatela no chão. Enquanto se ouvem os últimos acordes lá dentro e RC distribui suas rosas, Jesus Cristo — definitivamente — não está aqui.


fonte: Hoje Em Dia Online - 26.05.2013
ROBERTO CARLOS ENCANTA 18 MIL FÃS COM O VELHO E BOM ROMANTISMO
Com remixes de alguns clássicos, Roberto Carlos cantou mais de 20 músicas no Mineirinho

O rei arrisca pegar uma onda na música eletrônica, mas o que os seus súditos parecem querer mesmo é atradição daquilo que ele faz melhor: o romantismo. Roberto Carlos subiu atrasado ao palco do Mineirinho com quase meia hora de atraso na noite deste sábado (25). Desfiou seu repertório conhecido e idolatrado, mas causou um certo estranhamento no público de 18 mil pessoas ao apresentar “Fera Ferida”, em arranjo mixado pelo DJ Memê, o que fez o ginásio virar cenário de balada – por pouco tempo, felizmente.
A inovação, depois de interpretar a sedutora “Mulher Pequena”, veio com explicação. “Neste ano, vou lançar um disco de remixes. As músicas virão com uma roupagem diferente, como nunca imaginei cantar. Todas minhas com o Erasmo (Carlos)”, anunciou o cantor capixaba. Com o primeiro batidão do remix, o público gritou, mas parou no quarto ou quinto verso da canção. “Show do Roberto Carlos é para ouvir juntinho”, observou um fã.
Ele veio trajando sua cor preferida, calça, casaco e uma camisa com um toque de ousadia na gola mostrando um pedaço do peito real. Tradicionalmente, abriu o espetáculo que teve ingressos esgotados com “Emoções”.
Outro toque de inovação do repertório veio com “Esse Cara Sou Eu” e “Furdúncio”, esta última em funk, mas “melody”, mais no jeitão de Roberto Carlos firmado em 52 anos de carreira. Ambas canções estão nas paradas de sucesso por todo país há quase um ano.
Ainda na abertura, interpretou “Eu Te Amo”, driblando a microfonia dos equipamentos, e “Além do Horizonte”. Na mais tradicional e amada de todas do seu repertório, “Detalhes”, ele tocou violão.
O de sempre, por favor!
A crítica que ecoa pela cabeça de alguns é: O show do Roberto Carlos é sempre igual, com as mesmas músicas. Isso não cansa? Numa corridinha básica pelos setores do ginásio é possível entender que o Rei parece manter a tradição no palco é porque o povo gosta. “Ele é romântico. Isso não cansa nunca!”, resume Betsy Mello Pinheiro, de 71 anos, moradora de BH.
“Um clássico é um clássico”, resumiu a designer de moda Mariel Dodd, de apenas 23 anos. A jovem veio com os pais e não se importa com o repertório invariável. “Ele é o Rei. Ele pode”, autoriza.
Ana Carolina da Silva, 63 anos, em seu 25º show de Roberto Carlos no currículo, também não reprova o que é quase sempre igual, mas que segundo ela, é bom. "Venho de Santa Luzia todo ano. Sempre estou na primeira fila", ressalta, esbanjando o look azul. (Adivinhe em homenagem a quem?)
Quem também “pegou estrada” para ver o show foi a moradora da cidade de Luz, no Centro-Oeste mineiro, Maria Augusta Ventura, de 63 anos. “Eu sou aventureira”, diz, fazendo trocadilho com o sobrenome. “Espero chorar muito vendo esse homem de perto”, completou ela, que ainda trouxe filhos e nora.
Mas quem sabe se ele fizesse shows temáticos? Roqueiro, erótico, religioso, ecológico... Repertório para isso Roberto Carlos tem. “Essa ideia não me agrada muito”, opina a bancária aposentada Léa de Simone, de 63 anos.
Aos 90 anos, Ana Pinto de Oliveira Rocha, diz que o Rei, mesmo repetitivo, merece o sacrifício dela para subir escadas e chegar até o Mineirinho. “Mas é tão bonito, né? É meu terceiro show. O primeiro foi em Marataízes (ES) e ele ainda usava jaqueta de couro”, lembra.
Mas roupa escura, hoje, é coisa que o cantor deixou enterrada no passado rocker. As amigas Maria Antônia Mota Batista e Geralda Rodrigues sabem disso. Mesmo vindo com roupas escuras, elas não esqueceram o gosto de Roberto: colocaram fitas azuis no pescoço. “É para não deixar ele chateado”, diz Maria Antônia. E sobre o repertório, o voto a favor se confirma: “É o romantismo que manda”.
Agarrada a uma das disputadas rosas jogadas pelo cantor para o público, no fim da apresentação, a empresária Socorrinha Almeida já perdeu a conta de quantos shows de Roberto Carlos assistiu. “Aqui em Minas vou em todos. Já fui no show do navio também”. Não cansa? “Funk para o Roberto não dá. Prefiro o Roberto romântico”.
"A gente sempre faz o que elas querem", emenda Roberto, no palco. "Porque é assim que está certo", completa, ensinando que no gosto musical ou no amor, a mulherada é quem tem sempre razão.
Repertório de Roberto Carlos, no Mineirinho:
“Emoções”
"Eu te amo,te amo, te amo”
“Além do Horizonte”
“Cama e Mesa”
“Detalhes”
“Desabafo”
“O portão”
“Lady Laura”
“Nossa Senhora”
“Mulher Pequena”
“Fera Ferida”
“Proposta”
“POUT PORRI Sensual”
“Seu Corpo”
“Café da Manhã”
“Os Seus Botões”
“Falando Sério”
“O Côncavo e o Convexo”
“Esse Cara Sou Eu”
“Fundúncio”
"Apresentação RC9"
"POUT PORRI Rock"
“É Proibido Fumar”
“Namoradinha de um Amigo Meu”
“Quando”
“E Por Isso Estou Aqui”
“Jovens Tardes de Domingo”
“Como é Grande o meu Amor por Você”
“Jesus Cristo”


fonte: O Tempo Online - BH - 25.05.2013
ROBERTO CARLOS EMOCIONA PÚBLICO NO MINEIRINHO EM SUA VOLTA A BELO HORIZONTE
Mesmo sem grandes inovações e com um repertório mais do que esperado, o Rei ainda cria êxtase

A tal história clichê de que quem é Rei nunca perde a majestade parece perfeita para “o cara”. Em um show sem grandes inovações, com um repertório mais do que esperado, Roberto Carlos ainda cria êxtase. Na noite desse sábado (25), por quase duas horas, fez a multidão esquecer a aventura enfrentada para vê-lo e ouvir suas canções. É que chegar até Pampulha foi difícil (nada que se compare ao trânsito da região em dia de ex-beatle, é claro). Pior ainda, foi garimpar um lugar para ver o Rei na arquibancada do Mineirinho.
Uma disputa acirrada e demasiadamente dura para quem já passou dos 50. Aliás, a grande maioria. Gente espremida até nas escadas de acesso. Pessoas sentadas no chão frio em dia gelado. Muitos em pé no parapeito. Brigas para enxergar. Discussões ácidas, não condizentes com a ocasião. Até na pista faltaram cadeiras. Superlotação. Será que era de fato o Mineirinho o estádio ideal para receber a produção?
Parece que o Rei advinha a saga e quer recompensar. Às 21h45, com 15 minutos de atraso, finalmente começa o show na capital mineira, com Emoções. A fórmula é a de sempre: acompanhamento de músicos impecáveis, antigos sucessos e carisma. A acústica duvidosa do Mineirinho é despistada pelo coral de milhares de vozes.
Um cenário simples no fundo do palco - pequenos pontos de luz simulam um céu de estrelas – e uma iluminação bem produzida ajudam a compor o clima de romantismo. E não falta emoção. Mesmo extremamente previsível, Roberto Carlos faz chorar. Foi assim em “Nossa Senhora” , “O Portão” e “Como é Grande o meu Amor por você”. Ele tem o dom de fazer o piegas ficar bonito. Mãe e filhas se olham e retomam a ternura. Casais relembram o passado. O rei canta o amor. Mais que isso, o traz à tona.
A única novidade, de fato, ocorreu às de 22h55, com uma mostra do que será o CD lançado pela Sony Music ainda neste ano. Algo que, segundo o próprio Roberto, nem ele nunca imaginou: Fera Ferida na batida da música eletrônica. Sensacional. Fora isso, os tantos sucessos... E diante da extensão deles, alguns acabam agrupados em forma de potpourri em dois momentos. O primeiro deles, com as românticas. Depois, os guardados da Jovem Guarda.
Mais do que esperado, o sucesso da novela “Salve Jorge”, de Glória Perez, “Esse Cara Sou Eu” foi entoado por milhares de pessoas. Bem melhor ao vivo com “o cara” do que nas cenas do folhetim global. No gran finale, "Jesus Cristo", para levantar todo mundo e abençoar também. Aos 72 anos, Roberto se reinventa no “mais do mesmo” e mantém todo o encanto de rei.


fonte: O Tempo Magazine - BH - 24.05.2013
ROBERTO CARLOS VOLTA A BELO HORIZONTE E PROMETE EMOCIONAR OS FÃS
NO MINEIRINHO NO PRÓXIMO SÁBADO A PARTIR DAS 21H30
Fora da festa
Esse "cara" não sou eu Repertório dos shows de Roberto deixa de lado algumas pérolas espalhadas e escondidas em seus álbuns
Roberto Carlos costuma manter nos shows um repertório sem grandes novidades

Não é só o título de rei que parece imutável em relação a Roberto Carlos, que se apresenta amanhã no Mineirinho. Seu repertório, nos shows dos últimos anos também. Claro, existem exceções, mas elas mais confirmam a regra do que a desmentem. Ricardo Koctus, baixista do Pato Fu, lembra que a montagem de repertório é difícil para qualquer artista, principalmente para Roberto Carlos. “São clássicos, né? Não tem jeito. Ele teria que entrar numa pilha de fazer um show completamente diferente”.
Mais do que isso, podemos dizer que um show de Roberto hoje é uma pequena edição de sucessos. “Se ele fosse pensar só no público, o show precisaria ter mais de dez horas”, diverte-se Koctus. O extenso repertório do artista poderia possibilitar vários formatos de shows, segundo o músico. “Adoraria ver um show do Roberto com clássicos a mais e um show só de ‘não hits’”, sonha Koctus. Dá para apostar que o desejo do baixista do Pato Fu é comum a muitos fãs de Roberto.
“A imutabilidade do repertório combina com o pensamento conservador do Rei”, resume Tárik De Souza, um dos maiores críticos musicais do país. Quem esbarrou nessa postura do cantor foi o historiador Paulo César de Araújo. Autor de “Roberto Carlos Em Detalhes” (2006), possivelmente a melhor obra já publicada sobre o cantor, ele teve sua publicação embargada judicialmente pelo artista, que alegou invasão de privacidade. O livro teve de sair de circulação.
“Roberto é uma figura obsessiva, é compulsivo, um maníaco da repetição, Repete a mesma roupa, gestos, e isso acaba se refletindo no repertório de seus shows”, nota Araújo. Ele garante que o cantor poderia renovar seu show a cada temporada, já que é o artista com o maior número de sucessos populares na história da música brasileira, o campeão das paradas de sucesso, autor de canções com moradia permanente no inconsciente coletivo.
“Gastei 15 anos escrevendo o livro, boa parte deste período na expectativa de entrevistar o Roberto. Com todo esse tempo, cheguei a `montar´ um show inteiro com título, repertório. Meu plano era deixar na mesa dele no final da entrevista, como uma sugestão. Coloquei músicas que sentia falta e achei que formariam um bom espetáculo”, revela Araújo.
Ele ilustra essa questão relembrando um episódio ocorrido durante a produção de seu livro quando foi entrevistar um dos músicos do Roberto, o guitarrista Aristeu Alves. “Mostrei esse set list para ele, que achou sensacional, bacana, mas pediu, rindo: `Paulo, não faz isso, não. Está tão bom assim, a gente vai ter que ensaiar, vai dar um trabalho´. É isso, está tudo mundo mais ou menos acomodado nisso aí. Mesma coisa, mesmos arranjos, nada muda”. O tal “set list” criado por Araújo, segundo ele, está perdido entre sua papelada.
Tanto Araújo quanto Koctus citaram outro ídolo de grande estatura como exemplo possível de ser mais criativo no repertório: Paul McCartney. Na turnê que passou recentemente pelo país, o britânico fez alterações sensíveis no set list dos shows, sem deixar de tocar as imortais “Hey Jude”, “Yesterday” ou “Let It Be”. Araújo compara: “Para Roberto, estas seriam `Detalhes´ e `Emoções´. Não dá para não tocar essas. Mas assim como Paul, ele conseguiria renovar, acrescentar novas músicas a cada turnê”.
Há canções de Roberto que parecem proibidas em seu repertório. O grande exemplo é “Quero que Vá Tudo pro inferno”, “uma música que se tornou emblemática de uma época, mas que ele próprio baniu de seu repertório”, como lembra Tárik de Souza.
Paulo César de Araújo amplifica o coro dos descontentes: “Imagina um show dos Rolling Stones sem `Satisfaction´? É a mesma coisa. `Quero que Vá Tudo pro inferno´ é minha música preferida dele e só vou dar alta para o Roberto quando ele cantar esta. Aí poderei dizer que Roberto está melhorando. É a música que o colocou onde ele está. É a música mais importante do repertório, ele não a canta desde meados dos 1980, por uma superstição, problema do TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo)”, diagnostica.
Com uma discografia tão extensa e bem-sucedida, seguramente existem várias joias da coroa musical de Roberto que dificilmente veem a luz do palco. Canções que não são “o cara”, mas são músicas valiosas no coração de alguns fãs e especialistas.
Agenda
O QUÊ. Show de Roberto Carlos
QUANDO. Amanhã, a partir de 21h30, no Mineirinho (av. Antônio Abrahão Caram, 1.000, Pampulha)
QUANTO. Ingressos esgotados. Exceção Setor VIP Azul,a R$420
Set List
Último show de Roberto Carlos na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, dia 20 de abril
1.“Emoções” “Eu te Amo, te Amo, te Amo”
2. `Além do Horizonte´
3. “Cama e Mesa”
4. “Detalhes”
5. “Desabafo”
6. “O Portão”
7. “Lady Laura”
8. “Nossa Senhora”
9. “Mulher Pequena”
10. “Proposta”
11. Pot-pourri sensual
13. “Furdúncio”
14. Apresentação RC9
15. Pot-pourri rock
16. “Como É Grande o meu Amor”
17. “Jesus Cristo”


fonte: O Globo (coluna Ancelmo Gois) - 23.05.2013
O grupo de artistas da MPB que discute mudanças na lei de direito autoral voltou a se reunir na terça-feira. Desta vez, na casa da empresária Paula Lavigne, em Ipanema. E contou com a presença de Roberto Carlos, que já apoiava o grupo, mas nunca tinha ido a um encontro, e Marisa Monte.
Foi a quinta reunião do grupo, que, como se sabe, ganhou o apelido de G6 da MPB por reunir o que há de melhor na música: Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Milton Nascimento e Djavan.


fonte: O Globo Zona Sul (coluna Abalo) - 23.05.2013
ESSE CARA RALA
Finda a temporada que cumpre no Espaço das Américas, em Sampa, Roberto Carlos terá pouco tempo para o lar, doce lar. O Rei fecha o semestre com shows em Minas, Brasília e pelo interior de São Paulo.


fonte: Super Notícia - BH - 22.05.2013
ROBERTO CARLOS VOLTA A BELO HORIZONTE E PROMETE EMOCIONAR OS FÃS
NO MINEIRINHO NO PRÓXIMO SÁBADO A PARTIR DAS 21H30

No repertório, o rei promete apresentar as músicas que embalaram gerações, como “Emoções”, “Eu Te Amo”, “Cama e Mesa”, “Detalhes”, “O Portão”, “Lady Laura”, “Nossa Senhora”, “Mulher Pequena” “Desabafo”, “Proposta”, “Como é Grande o Meu Amor Por Você”, dentre outros sucessos inesquecíveis. Ele, é claro, não deixará de fora o seu novo hit, “Esse Cara Sou Eu”, que integrou a trilha sonora da novela “Salve Jorge”.
Com mais de 54 anos de carreira, Roberto Carlos já vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo. Ele é considerado o principal expoente da Jovem Guarda, movimento musical da década de 60, e possui mais de 500 músicas autorais.
Para a apresentação, só restam ingressos de camarote no esquema open bar, no valor de R$ 650. Os interessados podem adquirir as entradas no site www.centraldoseventos.com.br apenas até sexta-feira, dia 24. Para outras informações, entre em contato pelos telefones (31) 4102-1400 ou (31) 3221-0860.


fonte: Uol - 21.05.2013
MÍLTON NASCIMENTO, MICHEL TELÓ E ROBERTO CARLOS FAZEM SHOWS DURANTE A SEMANA

O show de Roberto Carlos nesta terça no Espaço das Américas foi o primeiro da temporada de 11 apresentações em São Paulo
O fim de semana em Belo Horizonte conta com shows de dois nomes que marcam a história da música brasileira desde a década de 1960: Milton Nascimento e Roberto Carlos.
Nos palcos da cidade, destaque também para o encontro de Renato Teixeira e Sérgio Reis nesta quarta (22), além de novos nomes, como Michel Teló, O Teatro Mágico e a cantora argentina S ol Alac. No domingo, um bom programa é curtir o som do chorinho na Praça do Papa, com entrada gratuita.
Roberto Carlos
O cantor se apresenta neste sábado no Ginásio do Mineirinho, a partir de 21h30, em turnê que celebra o novo momento, alavancado, sobretudo, pela música "Esse cara sou eu", da novela Salva Jorge. Além de sucessos como "Detalhes", Roberto Carlos traz no show novos temas presentes em seu mais recente disco, como "Furdúncio", em ritmo de funk, e "A mulher que eu amo". Os ingressos já estão esgotados para a arquibancada, restando apenas para o camarote.
Quando: sábado (25), às 21h30
Onde: Ginásio do Mineirinho (Avenida Antônio Abraão Caram, 1001 – Pampulha)
Quanto: camarote – R$650; ingressos esgotados para arquibancada e setor Vip Branco
Vendas: Leitura Megastore, Fnac BH Shopping e na loja Ingresso Rápido do shopping 5ª Avenida
Vendas online: www.ingressorapido.com.br
Mais Informações: (31) 4003.1212


fonte: Jornal do Comércio - 17.05.2013
NOTÍVAGO
O Rei Roberto Carlos voltou aos velhos tempos, quando frequentava com regularidade o restaurante Antiquarius. Amante de bons vinhos e peixe, o cantor conversou bastante, noite dessas, com outro cliente, o cantor Djavan.


fonte: G1 Rio Preto e Araçatuba - 15.05.2013
INGRESSOS PARA SHOW DO REI EM RIO PRETO SÃO V ENDIDOS EM SHOPPINGS
Três lojas em shoppings da cidade poderão vender os ingressos do show.
Roberto Carlos se apresenta no dia 12 de junho no Centro Regional.

A partir desta quarta-feira (15), os ingressos para o show do Rei Roberto Carlos, que será realizado no dia 12 de junho em São José do Rio Preto (SP), começam a ser vendidos para clientes de qualquer cartão de crédito pela internet e também em dinheiro ou cartão em três lojas em shoppings da cidade.
O show será realizado no Centro Regional de Eventos. A apresentação faz parte das comemorações dos 10 anos da TV Tem. Até esta terça-feira (14) apenas clientes dos cartões da Credicard tinham direito a comprar os ingressos pela internet. As lojas Chilli Beans nos três shoppings da cidade.
A última vez que Roberto Carlos veio a Rio Preto foi em 2011. O público se emocionou com as canções do Rei. Para o show do dia 12 de junho, não será diferente. Músicas como “Esse Cara Sou Eu”, “Emoções” e “Detalhes” vão estar no repertório, dentre outros sucessos do cantor.
Os valores dos ingressos variam de R$ 160 a R$ 420. O menor valor é para a arquibancada superior, e este local tem a meia-entrada (R$ 80). A meia-entrada é válida para estudantes e idosos acima de 60 anos, somente na arquibancada. Será exigida a carteira de estudantes na entrada com o pagamento da última mensalidade e, do idoso, a Carteira de Identidade. Os ingressos estarão a venda no site Ingresso Rápido. Para mais informações, basta ligar no telefone (17) 3121-9177.
História Com 54 anos de carreira, mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo, Roberto Carlos é o artista número um do Brasil e da América Latina. Cantor e compositor de mais de 500 músicas, ídolo da juventude e maior expoente do movimento denominado Jovem Guarda, na década de 60, encontrou sua identidade nas canções românticas e consolidou o sucesso na década de 70.
O Rei é o primeiro e único artista no país a gravar um disco por ano, já cantou para o Papa João Paulo II, em 1997, e com o tenor Luciano Pavarotti. A admiração pelo cantor rendeu uma homenagem no carnaval 2011. A escola de samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro, foi a campeã do carnaval carioca com o enredo "A simplicidade de um rei". A azul e branco contou com todo o carisma de Roberto Carlos, que saiu no último carro alegórico e levou a Marquês de Sapucaí ao delírio.



fonte: Estado de Minas - 15.05.2013
ENQUANTO O REI NÃO CHEGA
Roberto Carlos, que faz show dia 25 no Mineirinho, chega de manhã a Belo Horizonte a bordo de seu jatinho. A princípio, a secretária Carminha viajará com ele. O staff do Rei é grandioso: 50 pessoas trabalham na produção do espetáculo. RC dormirá em Belo Horizonte e no domingo volta para o Rio de Janeiro. A montagem dos equipamentos, que pesam 200 toneladas, e do palco começa na segunda-feira. Pouco resta dos 16 mil ingressos colocados à venda. A expectativa é de que se esgotam até o fim da semana.


fonte: PQN Online - 13.05.2013
ROBERTO CARLOS VOLTA A BH
Atenção pessoal, os ingressos para o show do rei Roberto Carlos já estão à venda. No dia 25 de maio Roberto Carlos chega ao Mineirinho para única apresentação acompanhado O Rei está de volta e promete emocionar os inúmeros fãs mineiros com suas canções de amor, amizade e fé. Depois de uma turnê de oito shows pelo sul do país, e uma temporada de dez shows no Espaço da América em São Paulo, Roberto Carlos desembarca em Belo Horizonte, para única apresentação, no dia 25 de maio, sábado, no Ginásio do Mineirinho (Av. Antônio Abraão Caram, Nº 1001). O show começa às 21h30.
A produção nacional é da DCSET e a local é da Artbhz Produtora de Espetáculos, que vai montar uma estrutura especial no ginásio para garantir conforto e segurança ao público.
No set list, músicas que marcaram décadas, passagens e momentos diferentes da carreira do artista, como Emoções, Eu te amo te amo tem amo, Cama e Mesa, Detalhes, Desabafo, O Portão, Lady Laura, Nossa Senhora, Mulher Pequena e Proposta, entre outros sucessos inesquecíveis. Roberto subirá ao palco acompanhado de sua orquestra de 16 músicos e três vocais, com regência do maestro Eduardo Lages.
Com 54 anos de carreira, mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo, Roberto Carlos é o artista número um do Brasil e da América Latina. Cantor e compositor de mais de 500 músicas, ídolo da juventude e maior expoente do movimento denominado Jovem Guarda, na década de 60, encontrou sua identidade nas canções românticas e consolidou o sucesso na década de 70. Primeiro e único artista no país a gravar um disco por ano, já cantou para o Papa João Paulo II, em 1997, e com o tenor Luciano Pavarotti.
A admiração pelo cantor rendeu uma homenagem no carnaval 2011. A escola de samba Beija-Flor foi a campeã do carnaval carioca com o enredo "A simplicidade de um rei". A azul e branco contou com todo o carisma de Roberto Carlos, que saiu no último carro alegórico e levou a Marquês de Sapucaí ao delírio.
Serviço
“Roberto Carlos no Mineirinho”
Data: 25 de maio, sábado - Horário: 21:30
Local: cc – Fone: 4003-1212)
Ingressos: A partir de R$50,00
VENDAS:
De 24 de abril a 28 de abril - Vendas Exclusivas para clientes Credicard
A partir do dia 29 de abril - Vendas para o público em geral
PONTOS DE VENDA:
INGRESSO RÁPIDO – 4003 1212 – www.ingressorapido.com.br – COM TAXA DE CONVENIÊNCIA DE 18%
• LOJA INGRESSO RÁPIDO - SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA
5ª Avenida R. Alagoas, 1314 Loja 27C
Horário de Atendimento:
Segunda a Sexta das 10:00 às 19:00 - Sábado das 10:00 às 16:00.
• LOJA LEITURA MEGASTORE BH SHOPPING COM TAXA DE CONVENIÊNCIA DE 18%
Rod. BR 356, 3049 Loja OP51 - Belvedere
Horário de Atendimento:
Segunda a Sábado das 10:00 às 21:00 - Domingo das 14:00 às 19:00.
• FNAC COM TAXA DE CONVENIÊNCIA DE 18%
Rodovia BR 356, 3049 Loja MA 61 - Belvedere
Horário de Atendimento:
Segunda a Sábado das 10:00 às 20:00 - Domingo das 12:00 às 18:00.


fonte: Diário de Votuporanga - 12.05.2013
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EM RIO PRETO
Já começou a pré-venda dos ingressos para o show especial do Rei Roberto Carlos, que será realizado no dia 12 de junho, em São José do Rio Preto. A apresentação também faz parte das comemorações dos 10 anos da TV Tem. O show será no Centro Regional de Eventos.
Até o dia 14, os ingressos vão ser vendidos exclusivamente pela internet para os clientes da Credicard. O limite é de quatro ingressos por cartão. A partir do dia 15, a venda será aberta ao público em geral.
A última vez que Roberto Carlos foi a Rio Preto foi em 2011. O público se emocionou com as canções do Rei. Para o show do dia 12 de junho, não será diferente. Músicas como “Esse Cara Sou Eu”, “Emoções” e “Detalhes” vão estar no repertório, dentre outros sucessos do cantor.
Os valores dos ingressos variam de R$ 160 a R$ 420. O menor valor é para a arquibancada superior, e este local tem a meia-entrada (R$ 80). A meia-entrada é válida para estudantes e idosos acima de 60 anos, somente na arquibancada. Será exigida a carteira de estudantes na entrada com o pagamento da última mensalidade e, do idoso, a Carteira de Identidade. Os ingressos estarão à venda no site Ingresso Rápido.


fonte: O Fuxico Online - 12.05.2013
ROBERTO CARLOS FAZ BELA HOMENAGEM À SUA MÃE, LADY LAURA
O cantor postou uma foto antiga dos dois

Roberto Carlos prestou uma bela homenagem à sua mãe, Lady Laura, neste Dia das Mães, em sua página do Facebook. O cantor postou uma foto dos dois quando eram mais jovens, em que ele a presenteia com uma flor.
"‘Toda vez que eu te abraço e te beijo, sem nada dizer, você diz tudo que eu preciso escutar de você’ FELIZ DIA DAS MÃES!”, ele escreveu na legenda da foto. A mãe de Roberto Carlos, eternizada no hit Lady Laura, morreu em 2010, aos 96 anos, vítima de infecção pulmonar.


fonte: O Globo (coluna Ancelmo Gois) - 09.05.2013
G6 DA MPB
O grupo de autores que anda se encontrando para discutir o monopólio do Ecad reúne pesos-pesados. Veja só: Chico Buarque, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Milton Nascimento e Djavan. Estão sendo chamados de G6 da MPB.


fonte: My Way Online - 08.05.2013
ROBERTO CARLOS PODE SE APRESENTAR NA VISITA DO PAPA AO BRASIL
O cantor Roberto Carlos recebeu um convite da organização da Jornada Mundial da Juventude para se apresentar no evento, que contará com a primeira visita do Papa Francisco ao Brasil. A Jornada será realizada no Rio de Janeiro entre os dias 22 e 28 de julho.
A assessoria de Roberto Carlos informou que o Rei está negociando a possível participação no evento. Caso os detalhes sejam certados,o cantor poderá se apresentar na Cerimônia de Acolhida, marcada para o dia 25, na praia de Copacabana.
Cantar para o Papa não será uma novidade para Roberto Carlos. Em 1997, o Rei se apresentou na visita de João Paulo II. Acompanhado da esposa Maria Rita, que morreu em 1999, Roberto Carlos cantou a canção “Nossa Senhora”, um de seus maiores sucessos cristãos.


fonte: O Dia - 07.05.2013


fonte: My Way Online - 07.05.2013
ROBERTO CARLOS PRÓIBE CONVIDADOS EM SEU CAMARIM PARA NÃO PEGAR GRIPE
O cantor Roberto Carlos não está mais permitindo nenhum convidado em seu camarim por medo de pegar gripe, segundo afirma Mônica Bergamo, colunista da Folha de São Paulo. O Rei sempre teve como costume receber convidados nos bastidores, antes de realizar os seus shows.
Roberto Carlos está no momento em turnê. Hoje a noite ele tem um show completamente lotado no Espaço das Américas, em São Paulo. O cantor se apresenta ainda nos dias 10, 11, 12, 17, 18 e 19, no mesmo local.


fonte: Correio do Estado Online - 07.05.2013
MADURO IRONIZA 'USO INDEVIDO' DE MÚSICA DE ROBERTO CARLOS
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ironizou na TV o cantor brasileiro Roberto Carlos, que pretende pedir indenização pelo "uso indevido" da música "Detalhes" em uma propaganda do chavista.
"Agora temos de ter cuidado com o que cantamos, porque estão me processando por ter cantado uma canção do mundo", disse Maduro, em um evento no sábado no Estado de Miranda. "Agora há de ter cuidado. Temos de pedir direitos autorais para poder cantar", seguiu Maduro, provocando risadas da plateia.
Em reportagem publicada na Folha de S.Paulo no sábado, a assessoria jurídica de Roberto Carlos informou que o uso de "Detalles" em uma propaganda de Maduro veiculada na TV estatal há duas semanas "não foi autorizada". Segundo seu advogado, Marco Campos, indenização pelo uso indevido será pedida na Justiça.


fonte: Folha de São Paulo Online - 06.05.2013
CELEBRIDADES SE ARTICULAM PARA LANÇAR MANIFESTO CONTRA LEI DAS BIOGRAFIAS
Um grupo de celebridades tendo Roberto Carlos como símbolo está se articulando para lançar um manifesto contra o projeto de lei que autoriza biografias sem a autorização da pessoa retratada ou de sua família. A proposta já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.
Uma das ideias é propor que as biografias possam, sim, ser feitas sem autorização. Desde que não pudessem ser comercializadas, ou seja, lançadas por editoras em livrarias e em outros pontos de venda. Elas seriam apenas distribuídas em escolas e bibliotecas. "O projeto fala em acesso à cultura. Mas desde quando deixar um oportunista escrever para ganhar dinheiro é cultura?", diz Dody Sirena, empresário de Roberto Carlos.
O manifesto, caso seja mesmo divulgado, deve sofrer fortes críticas de escritores, intelectuais e editores.


fonte: Terra Online - 06.05.2013
ROBERTO CARLOS NEGA NAMORO COM PRODUTORA BAIANA'

Roberto Carlos negou que esteja namorando a produtora baiana Luciana Sobreira, apontada recentemente como seu novo affair. Em seu site oficial, o cantor afirmou que não sabe por que as pessoas estão dizendo isso.
"Conheço a Luciana sim, ela trabalhou com a gente no meu Especial, na equipe do Césio Lima que é nosso light designer, me pareceu competente, uma moça bonita, mas nós nunca namoramos. Não sei porque estão dizendo isso não", afirmou.
O rei aproveitou para negar que tenha comprado um apartamento em Salvador. "Também não sei por que estão dizendo que eu comprei um apartamento. Isso não aconteceu, eu não tenho apartamento lá", completou.
Em janeiro, surgiram rumores de que Roberto Carlos teria comprado um apartamento de 600 metros quadrados com vista paronâmica, no bairro da Barra, que custaria R$ 15 milhões.


fonte: Achei USA Online (jornal brasileiro nos Estados Unidos) - 06.05.2013
ROBERTO CARLOS PROCESSARÁ NICOLÁS MADURO
Cantor brasileiro não gostou que o novo presidente da Venezuela usou música sua para propaganda política

O cantor brasileiro autorizou seu advogado a abrir um processo contra o recém-eleito presidente venezuelano, Nicolás Maduro, emu ma de suas propagandas políticas.
O mandatário que substituiu Hugo Chavez mas, ainda, pode ter sua eleição impugnada pela justiça eleitoral, caso seja acatada a acusação de fraude feita pela oposição usou trechos da música "Detalhes", do artista brasileiro de 72 anos.
A propaganda foi veiculada na televisão local para mostrar a vida do novo presidente após uma visita de Maduro à Amazônia venezuelana no mês passado. Na propaganda, são citados os versos "Detalles tan pequeños de los dos / Son cosas muy grandes para olvidar", da versão em espanhol do grande sucesso de Roberto Carlos.
O advogado do cantor e compositor brasileiro, Marcos Campos, disse que ele autorizou a abertura do processo judicial "porque Roberto Carlos nunca permitiu que suas canções fossem usadas com fins políticos".


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 06.05.2013
PAPA FRANCISCO EM COPACABANA
Há uma negociação em curso para que Roberto Carlos faça uma participação especial no evento da Praia de Copacabana. Deve cantar, entre outros sucessos, “Jesus Cristo” e “Nossa Senhora”.


fonte: Terra Online - 04.05.2013
ROBERTO CARLOS PEDIRÁ INDENIZAÇÃO POR USO DE CANÇÃO EM CAMPANHA DE MADURO
O cantor Roberto Carlos solicitará perante a Justiça venezuelana uma indenização pelo uso não autorizado de sua canção "Detalhes" na campanha política do atual presidente do país, Nicolás Maduro. "Fizemos a notificação jurídica a ser enviada via escritório da Venezuela, à qual se seguirão as medidas indenizatórias pelo uso indevido da obra", declarou o assessor jurídico do cantor, Marco Campos, ao jornal Folha de S. Paulo.
O advogado frisou que Roberto Carlos não costuma autorizar o uso de suas canções para fins políticos.
A televisão estatal venezuelana já tinha utilizado em fevereiro outra canção do cantor, "Amigos", em uma peça publicitária que apresentava o presidente boliviano Evo Morales e o falecido ex-mandatário venezuelano Hugo Chávez como "irmãos de luta".
Na nova campanha, apresentada há duas semanas na televisão estatal venezuelana, a letra da canção é ajustada para mostrar facetas na vida de Maduro, como sua antiga profissão de motorista de ônibus e sua atuação como sindicalisma, em um encontro com líderes indígenas.
A agência Polis, do publicitário brasileiro João Santana, que assessorava Chávez, negou ter vínculos com a utilização da música de Roberto Carlos e esclareceu que na atual campanha só participou da criação do vídeo de apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Maduro.


fonte: Jornal do Brasil Online - 04.05.2013
ROBERTO CARLOS PROCESSARÁ MADURO POR USO INDEVIDO DE 'DETALHES'

O cantor brasileiro Roberto Carlos vai processar o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por utilizar sem permissão a versão em espanhol da música Detalhes em um anúncio televisivo, informa o jornal Folha de S.Paulo citando a assessoria jurídica do artista.
A propaganda, de pouco mais de dois minutos, foi veiculada na televisão estatal VTV há duas semanas e está disponível na página da presidência venezuelana no Youtube.
Na peça, Maduro visita no Estado de Amazonas uma família de eleitores do opositor Henrique Capriles, derrotado nas recentes eleições do país, com a música de Roberto Carlos ao fundo. Segundo sua assessoria jurídica, o cantor não costuma autorizar a utilização de suas músicas para fins políticos e enviará uma notificação jurídica à Venezuela, assim como tomará medidas indenizatórias pelo uso indevido.


fonte: O Dia Online - 03.05.2013
CONHEÇA A NOVA NAMORADA DE ROBERTO CARLOS, LUCIANA SOBREIRA

Rio - Roberto Carlos tem um novo amor. A eleita do Rei é a baiana Luciana Sobreira, ex-executiva da Rede Bahia e ex-mulher do neto de Jorge Amado. Amigos próximos da moça confirmaram que o casal está junto há alguns meses. Os dois, porém, ainda preferem manter a relação em segredo. Procurada, a assessoria do cantor não negou nem confirmou o namoro: disse apenas que não comenta fatos de sua vida pessoal.
Cantor teria novo amor | Foto: Reprodução InternetRoberto e Luciana teriam se conhecido durante a gravação do especial de fim de ano de Roberto Carlos para a Rede Globo, em novembro do ano passado. Ela trabalhou na produção do evento. Na época, Luciana chegou a postar fotos dos bastidores e do encontro dos dois no Instagram. Numa das imagens, ela escreveu o refrão da música "Amiga da Minha Mulher", de Seu Jorge : "Não Pego! Eu Pego! Não Pego! Eu Pego", postou.
Ainda segundo depoimentos de amigos, Luciana já se mudou para o Rio, para ficar mais perto do cantor. Na quarta-feira da semana passada, dia 24 de abril, ela assistiu ao show que o cantor fez em São Paulo e a presença da "namorada do Rei" na plateia logo virou comentário nos bastidores. O irmão do cantor, Carlos Alberto Braga, entretanto, preferiu fazer segredo sobre a identidade da "cunhada". Luciana viajou de jato particular para assistir à apresentação.
Vale lembrar que em janeiro deste ano, Roberto Carlos comprou uma mansão em Salvador. A cobertura, que tem 600 metros quadrados e fica de frente para o mar na praia da Barra, custou cerca de R$ 15 milhões. A previsão é de que o apartamento seja entregue em 2014.
As informações são do iG.


fonte: Primeira Edição Online - 01.05.2013
"ELE NUNCA ESTÁ SOZINHO", DIZ IRMÃO DE ROBERTO CARLOS SOBRE NAMORADAS"
Cantor sempre foi discreto quando o assunto é sua vida pessoal

Roberto Carlos pode estar solteiro, mas não está sozinho. É o que diz o irmão do cantor Carlos Alberto Braga, que estava na plateia de seu show no Espaço das Américas, em São Paulo, na noite da última sexta-feira (30).
Questionado sobre a vida amorosa do cantor, Carlos Alberto ficou em silêncio por alguns segundos e, com um leve sorriso, respondeu: "Olha, o que posso dizer que ele nunca está sozinho", dando a entender que Roberto pode ter uma companheira.
De uma família de quatro irmãos, Roberto sempre foi discreto quando o assunto é sua vida pessoal. Neste mês, o cantor voltou a tentar censurar uma biografia que menciona seu nome.
O alvo é um trabalho acadêmico sobre moda e comportamento na Jovem Guarda escrito por Maria Zimmermann – que, embora traga um desenho de Roberto na capa e uma foto sua no miolo, não faz menção à sua vida íntima. Em 2006, ele impediu a venda da biografia não autorizada "Roberto Carlos em Detalhes", do escritor Paulo César Araújo.
Para Carlos Alberto, o irmão famoso só quer privacidade. "Sua história não envolve somente ele, mas também nomes de outras pessoas que talvez não pudessem ser citadas. Não tanto por ele. É isso que ele quer preservar", justificou ao UOL. O irmão também revelou curiosidades da infância do cantor. Disse que Roberto era muito levado, não gostava de matemática e que não era muito ligado aos estudos. Contou ainda que o cantor adora assistir a novelas e que sua comida preferida é macarrão. "Ele não come carne vermelha, por exemplo, mas adora carne de soja", ressaltou.
Sobre música, o irmão do Rei lembrou que desde criança a família o incentivava a cantar por perceber seu dom. "Mamãe o incentivava a tocar violão. Ele começou em rádio e foi se aprimorando. Não foi forçado a nada, tudo foi fluindo naturalmente. Ele é o que é hoje por seu talento. Ele é o cara", finalizou Carlos, em alusão a música "Esse cara sou eu", sucesso do cantor que faz parte da trilha sonora da novela "Salve Jorge".


fonte: MSN Online - 01.05.2013
CAMBISTAS FATURAM ALTO COM SHOW DE ROBERTO CARLOS
Ingressos eram vendidos por até R$ 1,2 mil nas imediações da apresentação;
nas bilheterias, entradas custavam entre R$ 150 e R$ 540
O cantor Roberto Carlos abriu ontem uma temporada de 10 shows com ingressos esgotados no Espaço das Américas (Barra Funda, zona oeste de São Paulo) fazendo a festa dos cambistas, que vendiam ingressos por até R$ 1,2 mil nas imediações. Nas bilheterias, custavam entre R$ 150 e R$ 540 (para estudantes, de R$ 75 a R$ 270). Ainda assim, eram poucos os cambistas que possuíam de fato ingressos.
Em meio à euforia pelo sucesso de seu novo hit, Esse Cara Sou Eu, na trilha da novela Salve Jorge!, da Rede Globo, o público compareceu em peso à repaginada casa de espetáculos: mais de 3 mil pessoas estavam na plateia, incluindo o ator e cantor Tiago Abravanel, que provocou um pequeno tumulto de tietagem no meio do público, ao lado de sua mãe.
Roberto vestia terno azul escuro e camisa sem gola aberta no peito por dentro do paletó. Houve problemas de serviços na casa - os garçons nas mesas não conseguiam dar conta dos pedidos e houve reclamações. Os estacionamentos cobravam em média R$ 30. Havia policiamento ostensivo na região - devido aos crescentes casos de violência em São Paulo, as autoridades reforçaram a segurança em locais de grande concentração de público.


fonte: Glamurama Online - 01.05.2013
ROBERTO CARLOS FECHOU COM A ONDA 'DISCO' E NÃO ABRE! GLAMURAMA EXPLICA

Roberto Carlos mostrou nessa terça-feira, na estreia de sua nova temporada no Espaço das Américas, em São Paulo, que fechou com a onda “disco” e não abre! No meio de seu repertorio, que encanta plateias do Brasil inteiro a cada show que apresenta, o Rei falou do novo CD que prepara só com remixes, de sua alegria e disse mais: que a canção que iria cantar estava melhor agora remixada pelo deejay Memê do que a original. E atacou de “Fera Ferida”, fazendo a plateia inteira se chacoalhar nas cadeiras. O Rei? Feliz, feliz. Soltinho, soltinho…


fonte: Rádio FM Stereo 96.5 Online - 01.05.2013
EM MEIO À POLÊMICA, ROBERTO CARLOS ABRE TEMPORADA EM SP
Roberto Carlos acaba de se envolver em mais uma polêmica ao tentar impedir a publicação de um livro sobre a influência da Jovem Guarda no comportamento e no consumo acolescente.
A data parecia ser das melhores, com a justificativa de que a obra contém detalhes de sua vida pessoal e, claro, virar alvo de críticas de todos os lados, inclusive da principal revista semanal brasileira.
O show também não prometia grandes novidades em relação ao que ele apresentou em uma tournée no final do ano passado.
Mas, alheio a polémicas e sem se importar nem um pouco em ouvir as mesmas músicas e as mesmas piadas durante duas horas, os fãs - ok, sobretudo as fãs - lotaram o Espaço das Américas, em São Paulo, na noite de terça-feira (30) e mostraram que, ao menos para eles, Roberto Carlos é mesmo "o cara".


fonte: Folha de São Paulo Online (Mônica Bergamo) - 30.04.2013
ROBERTO CARLOS NOTIFICA SEIS PRODUTOS QUE USAM SUA IMAGEM
Roberto Carlos notificou, neste mês, outros seis produtos que usavam sua imagem, além do livro sobre a Jovem Guarda lançado há alguns dias. Em negociação com a editora da obra, o cantor não abre mão da exigência de pedido formal de autorização para liberar o uso de seu nome.
SUA MAJESTADE
Entre os notificados estavam uma marca de chocolate, uma banda que incluiu sua imagem em um videoclipe e um shopping do Nordeste que usava fotos de Roberto dizendo que o cliente seria tratado como "uma majestade" no centro comercial.


fonte: Terra Online - 30.04.2013
JORNAL: ROBERTO CARLOS NOTIFICA CHOCOLATE POR USO INDEVIDO DA IMAGEM
Além do livro Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude, de Maíra Zimmermann, outros seis produtos foram notificado por Roberto Carlos, por uso indevido da imagem. Entre os notificados, estão uma marca de chocolate do Nordeste e uma banda que colocou sua imagem em um clipe, e um shopping, também do Nordeste, que diz que o cliente seria tratado como uma majestade. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.
Roberto Carlos também impediu o uso de sua imagem num loteamento há alguns meses, e o lançamento do Leite do Rei, de uma fábrica de laticínios. Segundo o advogado do cantor, Marco Campos, Roberto é muito "cioso com sua imagem" e a, única coisa que quer, é que "façam um pedido de autorização".


fonte: O Globo (coluna Ancelmo Gois) - 30.04.2013
COISA DE ADVOGADO
Um amigo de Roberto Carlos diz que o artista soube pelos jornais que tinha mandado censurar o livro de Maíra Zimmermann de Andrade “Jovem Guarda: moda, música e juventude”. E ficou chateado.
Ontem, Marco Antonio Campos, o advogado do Rei, soltou uma nota sobre a notificação à autora argumentando que o “ponto de discussão não é a censura do livro por seu conteúdo, mas o descumprimento da lei pela falta de autorização para o uso comercial da imagem de Roberto Carlos”.
A nota termina dizendo que “seguimos aguardando que a autora, em resposta à notificação e em cumprimento da lei, faça o pedido de autorização”.
É. Pode ser.


fonte: Extra (coluna Retrato da Vida) - 30.04.2013
UM PRIVILÉGIO SÓ DA REALEZA
Para satisfazer uma superstição do Rei Roberto Carlos (que só entra e sai pela mesma porta), a produção do musical “Tim Maia” teve que mandar reabrir a porta da galeria do Theatro Net Rio, que costuma ser fechada antes do encerramento do espetáculo.


fonte: Jornal do Brasil Online - 29.04.2013
TROFÉU IMPRENSA CONSAGRA 'AVENIDA BRASIL' E ROBERTO CARLOS
Um dos prêmios mais tradicionais da televisão brasileira, o Troféu Imprensa escolheu os melhores de 2012 na noite deste domingo (28), no SBT. Apresentado por Silvio Santos, o prêmio consagrou mais uma vez Roberto Carlos, eleito melhor cantor ao lado de Luan Santana pelo júri e que ganhou como melhor música, por Esse Cara Sou Eu, tanto o prêmio do júri quanto da internet.
Outras unanimidades na premiação foram o casal de atores de Avenida Brasil Adriana Esteves e Murilo Benício, que ganharam como melhor atriz e melhor ator - a novela também foi eleita em sua categoria. Confira abaixo os vencedores
JURADOS
Cantor: Roberto Carlos e Luan Santana
Apresentador: Rodrigo Faro
Revelação: Jean Paulo Campos
Apresentadora: Xuxa
Programa humorístico: A Praça é Nossa
Programa investigativo: Conexão Repórter
Atriz: Adriana Esteves
Programa de auditório: Eliana
Novela: Avenida Brasil
Programa de entrevista: Agora É Tarde
Música do ano: “Esse Cara sou eu”
Ator: Murilo Benicio
Jornal de TV: Jornal do SBT
Cantora: Paula Fernandes
Programa infantil: Carrossel Animado
INTERNET
Cantor: Gustavo Lima
Apresentador: Silvio Santos
Revelação: Larissa Manoela


fonte: Quem Online - 27.04.2013
ROBERTO CARLOS POSA COM FÃS APÓS ASSISTIR A ESPETÁCULO MUSICAL
Cantor assistiu a uma sessão de ‘Tim Maia Vale Tudo – O Musical’, no Rio de Janeiro

Depois de aplaudir a performance de todo o elenco do espetáculo Tim Maia Vale Tudo – O Musical, Roberto Carlos causou alvoroço na saída do teatro, na noite desta sexta-feira (26). O cantor foi assediado por vários fãs que notaram sua presença no local e, simpático, posou para fotos.
Na última semana, Roberto completou 72 anos de vida. Para marcar a data e homenagear o aniversariante, vários famosos deixaram mensagens para ele nas redes sociais.



fonte: Contigo Online - 27.04.2013
ROBERTO CARLOS CONFERE MUSICAL DE TIAGO ABRAVANEL NO RIO DE JANEIRO
Tim Maia - Vale Tudo, o Musical está em cartaz no Theatro Net Rio, em Copacabana

Cercado por seguranças, Roberto Carlos foi clicado deixando o local, sendo abordado por fãs,
sendo simpático e sorridente com todos que conversavam com ele. (MB)
Roberto Carlos surpreendeu quem foi ao teatro na noite da última sexta-feira (27). O eterno Rei esteve no Theatro Net Rio, em Copacabana, onde conferiu o espetáculo Tim Maia – Vale Tudo, o Musical, que conta com Tiago Abravanel no elenco.

Cantor ainda sorriu para os fãs que o seguiram na saída do teatro.


fonte: O Fuxico - 27.04.2013
ROBERTO CARLOS CAUSA TUMULTO AO SAIR DO MUSICAL TIM MAIA, NO RIO
O Rei conferiu o espetáculo que conta a história de seu amigo de juventude

Roberto Carlos causou verdadeiro tumulto, ao sair do Teatro Net em Copacabana, no Rio de Janeiro, depois de assistir ao espetáculo Tim Maia - Vale Tudo nesta sexta-feira (26). Isso por conta do assédio dos fãs, que se acotovelaram para tentar registrar uma imagem com o cantor. Mas as pessoas foram impedidas por seguranças de se aproximar do Rei.
O cantor, que não costuma aparecer em festas ou estreias, surpreendeu a plateia, quando ela percebeu sua presença.
O cantor foi conferir o espetáculo musical tão falaque tem feito grande sucesso, sendo protagonizado pelo neto de Silvio Santos, Tiago Abravanel. O enredo conta a vida de um dos maiores ídolos da música brasileira, que foi amigo de juventude de Roberto. Tim e o Rei da Joven Grarda, inclusive, formaram juntos a Banda Sputnik, que ainda tinha a participação de Erasmo Carlos.
No musical, Roberto Carlos é representado pelo ator Reiner Tenente, que também faz o personagem Nelson Mota.
Deve ter sido duro para Tiago Abravanel fazer o espetáuclo tendo na plateia uma figura tão ilustre, não?











fonte: Terra Online - 22.04.2013
JORNAL: ROBERTO CARLOS PEDE INTERRUPÇÃO DA VENDA DE LIVRO
Roberto Carlos pediu que o livro não seja mais vendido

Os advogados do cantor Roberto Carlos mandaram uma notificação extrajudicial que pede a interrupção da venda e o recolhimento do livro Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude, de Maíra Zimmermann. As informações são da coluna Olá, do jornal Agora São Paulo.
A notificação diz que o livro tem situações que envolvem Roberto Carlos e traz "detalhes sobre a trajetória de sua vida e intimidade". A caricatura da capa violaria os direitos do artista, afirma a notificação, segundo o jornal Folha de S.Paulo. Maíra Zimmermann disse que o livro é uma pesquisa séria, resultado de seu mestrado. O livro fala sobre o movimento com a cultura juvenil nos anos 60


fonte: GAZ Online - 22.04.2013
ROBERTO CARLOS TENTA BARRAR LIVRO QUE TRATA DE MODA DURANTE A JOVEM GUARDA
"Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", de Maíra Zimmerman, foi lançado no começo do mês

Os advogados do cantor Roberto Carlos enviaram, no início deste mês, uma notificação extrajudicial pedindo a interrupção da venda e o recolhimento dos exemplares à disposição, em livrarias, do livro "Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", de Maíra Zimmerman,lançado no último dia 4 de abril pela Estação Letras e Cores. Resultado de uma dissertação de mestrado em moda, cultura e arte no Centro Universitário Senac, o livro aborda a relação do movimento com a emergência de um estilo de vida jovem rebelde no Brasil dos anos 1960. No último dia 10, Roberto Carlos se apresentou em Santa Cruz do Sul e levou mais de 5 mil pessoas ao Ginásio Poliesportivo.
Segundo a notificação, "o livro traz uma série de situações que envolvem o notificante e traz detalhes sobre a trajetória de sua vida e intimidade". Além disso, diz o texto,"a própria capa do livro contém caricatura do notificante e dos principais integrantes da Jovem Guarda sem que eles fossem sequer notificados". Segundo Maíra, "o livro não trata da intimidade de Roberto Carlos". "Meu tema de pesquisa é a consolidação de uma cultura juvenil nos anos 1960. A impressão que dá é que eles não tiveram contato com o livro antes de enviar a notificação", ela diz.
A autora destaca que foi uma pesquisa toda baseada em arquivos e revistas dos anos 1960. "Não fui bisbilhotar fofocas. É uma pesquisa superséria, resultado do meu mestrado." A notificação diz que "a publicação das fotografias também violou o direito autoral de determinados fotógrafos, que não concederam autorização para publicação de suas fotos". O livro, diz a autora, tem apenas uma foto, posada, em que Roberto Carlos aparece com Erasmo Carlos, Wanderleia e outros personagens do movimento. A imagem foi comprada de uma empresa licenciada pela editora Abril, detentora dos direitos.
Mudança no Código Civil
A notificação se vale de trecho do artigo 5º da Constituição Federal que veda a violação da intimidade e da vida privada, bem como sua exploração indevida. Cita também o art. 20 do Código Civil Brasileiro sobre o tema (art. 20) --justamente o artigo cuja alteração, proposta pelo deputado Newton Lima (PT-SP), foi aprovada pela Câmara dos Deputados neste mês, visando a liberação de filmes ou a publicação de livros biográficos sem autorização da pessoa retratada ou de sua família. O projeto foi encaminhado para votação no Senado.
Procurado pela reportagem, o advogado Marco Antônio Campos, da Campos Escritórios Associados, que representa o cantor, diz que a notificação decorreu da utilização comercial não autorizada da imagem de Roberto Carlos. "Fazer aquela caricatura de forma desautorizada viola os direitos de imagem do Roberto", diz, referindo-se à capa do livro. "Não estamos tentando proibir a circulação do livro, não temos nenhuma objeção, nenhuma intenção censória quanto ao conteúdo do livro."
A notificação, no entanto, refere-se também ao que se entende por "imagem-atributo", "imagem relacionada à vida do indivíduo em sociedade. É a imagem que se tem de alguém em razão de seus pensamentos e de seu comportamento social". "É clara a conclusão de que a imagem e a vida privada do notificante [Roberto Carlos] estão sendo indevidamente exploradas pela notificada [Zimmerman]", diz o texto.
Sobre a imagem de capa, a autora diz que não se trata de uma caricatura, que se caracteriza por distorções de proporção para acentuar aspectos de uma pessoa e satirizá-la. "É uma ilustração baseada em croquis de moda e não é de nenhuma maneira ofensiva. Pelo contrário, é uma homenagem", diz a autora.
Dody Sirena, empresário do cantor, disse que "todo mês, há três, quatro situações de livros ou shows explorando indevidamente a imagem do Roberto". "Fazemos a notificação porque a lei nos protege. São tantos casos que eu já passo direto para o escritório jurídico. Fazemos isso em situações que não configuram uma homenagem ao Roberto, mas em casos que usam a imagem dele para ganhar dinheiro", diz o empresário. O livro saiu com tiragem de mil exemplares.


fonte: O Povo Online - 22.04.2013
ROBERTO CARLOS TENTA BARRAR LIVRO SOBRE JOVEM GUARDA
O livro "Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", de Maíra Zimmermann,
aborda a relação do movimento com a consolidação da cultura juvenil no Brasil dos anos 1960.

Os advogados do antor Roberto Carlos enviaram uma notificação extrajudicial pedindo a interrupção da venda e o recolhimento dos exemplares à disposição do livro"Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", de Maíra Zimmermann, lançado no último dia 4 de abril pela Estação Letras e Cores.
O livro é resultado de uma dissertação de mestrado em moda, cultura e arte no Centro Universitário Senac e foi publicado com apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). No volume, Zimmermann aborda a relação do movimento Jovem Guarda com a consolidação da cultura juvenil no Brasil dos anos 1960.
Segundo a notificação, "o livro traz uma série de situações que envolvem o notificante [Roberto Carlos] e traz detalhes sobre a trajetória de sua vida e intimidade".O texto também fala que "a própria capa do livro contém caricatura do notificante e dos principais integrantes da jovem guarda sem que eles nem sequer fossem notificados".
A autora contratou um advogado e enviou uma contranotificação em que diz que a obra não trata da intimidade do cantor. Ela alegou que “ a impressão que dá é que eles não tiveram contato com o livro” e destacou que a pesquisa se baseou em arquivos e revistas dos anos 1960.
Outra acusação da notificação é que "a publicação das fotografias também violou o direito autoral de determinados fotógrafos, que não concederam autorização para publicação de suas fotos". Maíra Zimmermann, entretanto, disse que o volume tem apenas uma foto de Roberto Carlos, posada, junto com Erasmo Carlos, Wanderléa e outros personagens do movimento. De acordo com a autora, a imagem foi comprada de uma empresa licenciada pela editora Abril, detentora dos direitos.
Código Civil
Em 2007, a Justiça proibiu a comercialização da biografia"Roberto Carlos em Detalhes", de Paulo Cesar de Araújo, baseada no trecho do artigo 5º da Constituição Federal, que veda a violação da intimidade e da vida privada, bem como sua exploração indevida.
Uma alteração do artigo, proposta pelo deputado Newton Lima (PT-SP), foi aprovada pela Câmara dos Deputados neste mês. O projeto, que visa a liberação de filmes ou a publicação de livros biográficos sem autorização da pessoa retratada ou de sua família, foi encaminhada para votação no Senado.


fonte: Vida e Estilo Online - 22.04.2013
CRUZEIRO DE ROBERTO CARLOS TERÁ 10ª EDIÇÃO EM "CASA NOVA"


Roberto Carlos não foi apenas importante para a música brasileira, mas também inovou ao embarcar em navios de cruzeiro com o espetáculo Emoções em Alto Mar. A viagem temática é um grande sucesso, e terá sua 10ª edição em 2014 com uma novidade. Pela primeira vez o passeio será em um navio da MSC Cruzeiros. E justamente no mais novo, luxuoso e moderno, o MSC Preziosa, entre os dias 8 e 12 de fevereiro.
Durante as nove edições anteriores, o cruzeiro foi realizado em navios da Costa Cruzeiros. Recebeu a incrível marca de mais de 35 mil hóspedes, que ano após ano corriam para adquirir seus pacotes, que eram esgotados muitos meses antes da viagem. No MSC Preziosa devem ser estar mais 4.345 expectadores para os shows de Roberto Carlos em alto mar nas 1.751 cabines.
“A MSC já é uma empresa especializada em realização de grandes eventos, mas o Roberto Carlos abre um marco, pois é o pioneiro, um grande nome, e um grande artista”, comenta o diretor de Marketing e Comercial da MSC Cruzeiros, Adrian Ursilli.
Na viagem são preparadas muitas atrações. Todos os ambientes do navio estarão disponíveis, como piscinas, SPA, atividades de recreação e restaurantes, que no caso do Preziosa, estão entre os grandes destaques. Mas tudo é coroado pelo show de Roberto Carlos. A apresentação perpassa a carreira do cantor, com um passeio por músicas de suas fases bossa nova, Jovem Guarda e romântica, até sucessos atuais, como Esse Cara Sou Eu.
O cruzeiro Emoções em Alto Mar partirá de Santos no dia 8 de fevereiro do próximo ano e percorrerá praias do sudeste brasileiro até dia 12. Os pacotes para a 10ª edição já estão disponíveis. Variam de R$ 1.735 a R$ 4.560 por pessoa e podem ser pagos em até 10 vezes sem juros. Os pacotes incluem o show de Roberto Carlos em assentos marcados por ordem de compra e pelo tipo de cabine, bebidas no almoço e janta nos restaurares principais, transfer de ida e volta entre São Paulo, Guarulhos e Santos, ou em um ponto de encontro ainda a definir no Centro de São Paulo, e todo o entretenimento a bordo.
2005 - Navio Costa Victoria, com 2.005 passageiros.
2006 - Navio Costa Victoria, com 4.593 passageiros (em duas edições no ano).
2007 - Navio Costa Fortuna, com 3.116 passageiros.
2008 - Navio Costa Magica, com 3.250 passageiros.
2009 - Navio Costa Magica, com 3.358 passageiros.
2010 - Navio Costa Concordia, com 3.400 passageiros.
2011 - Navio Costa Serena, com 3.400 passageiros.
2012 - Navio Costa Pacifica, com 3.400 passageiros.
2013 - Navio Costa Favolosa, 3.400 passageiros.


fonte: Zero Hora Online - 22.04.2013
O REI E OS SÚDITOS

Roberto Carlos apareceu surpreso quando, após encerrar um pot-pourri de canções da Jovem Guarda, já na parte final de seu show na Arena, na noite de sábado, sua banda emendou um "parabéns a você" para ele, que havia completado 72 anos na sexta-feira.
Oshow do Rei, celebração anual de sua música, se transformou em uma festa de aniversário com 50 mil convidados. Foi também a primeira oportunidade de testar a recém-inaugurada Arena do Grêmio como um novo local para grandes espetáculos em Porto Alegre.
É verdade que os súditos, de modo geral, foram bem tratados. Ao longo de aproximadamente 1h40min, Roberto fez aquilo a que está acostumado: distribuiu afagos, declarou-se apaixonado pela plateia, cantou sucessos obrigatórios de ontem com direito a É Proibido Fumar e Namoradinha de um Amigo Meu e de hoje.
Certa vez, recebi a visita de Glória Perez e mostrei para ela uma música contou, ao introduzir o sucesso recente Esse Cara Sou Eu. Eu continuo tentando disse, modesto, ao encerrar a canção, trilha do casal Théo (Rodrigo Lombardi) e Morena (Nanda Costa), em Salve Jorge.
Anunciada como um espaço multiuso, a Arena apresentou boas qualidades nos quesitos de visibilidade e conforto, mas teve problemas no esquema de som. Embora a voz do Rei soasse límpida em alguns setores, na Arquibancada Superior parte do público relatou dificuldades para escutar as músicas e as falas de Roberto, e teve de ser realocada no campo da Arena.
Quando a banda do Rei entrou no palco, por volta das 21h10min, o público e o próprio Roberto sabiam que as fortes emoções seriam a tônica da noite, embaladas por hinos como a própria Emoções, a contemporânea Furdúncio, a apaixonada Detalhes (com o Rei ao violão) e a sensual Proposta. O que não esperavam era que, antes do encerramento, com Como É Grande o Meu Amor por Você e Jesus Cristo, o Rei sopraria velinhas, receberia convidados no palco para dividir com ele um bolo de aniversário e brindaria à multidão sob uma chuva de fogos de artifício.
Ao fim de Jesus Cristo, enquanto o Rei, repetindo uma tradição já antiga em seus shows, distribuía rosas vermelhas e recebia dezenas de presentes do público privilegiado das primeiras fileiras, mais uma chuva de fogos de artifício multicoloridos tomou conta do céu, emoldurada pela cobertura do estádio do Grêmio. Por volta de 23h15min, o Rei deixou o palco e o povo iniciou o regresso para casa. No primeiro grande show realizado na Arena, o retorno reservou aos espectadores muitas das mesmas situações difíceis encontradas em outros espetáculos em estádios - quer o público tivesse ido até lá de carro, de táxi, de ônibus ou de trem.
Festa digna de rei
Roberto Carlos comemorou 72 anos na sexta-feira, com jantar e show intimista que levou 1,2 mil pessoas à Casa NTX, em Porto Alegre. O cardápio do chef Lúcio incluiu coquetel, camarões e filé mignon. Uma grande mesa de doces foi montada no jardim, decorado com lounges. O Rei compartilhou com os fãs algumas fatias do bolo de aniversário, todo branco, criado por Rosane Cardoso.
Perfeccionista, Roberto Carlos chegou cedo à Casa NTX, ainda antes das 20h, e ficou no camarim enquanto, no salão, era servido o jantar. Às 23h10min o Rei subiu ao palco, suspirou e agradeceu o carinho dos gaúchos:
Que prazer rever vocês em Porto Alegre, nesta casa, a NTX. Obrigado por terem vindo.


fonte: Boa Informação Online - 20.04.2013
DUDU BRAGA, FILHO DE ROBERTO CARLOS, CHORA EM EVENTO AO FALAR SOBRE DEFICIÊNCIA VISUAL
Diagnosticado com glaucoma congênito assim que nasceu, Dudu Braga soube driblar as dificuldades que encontrou durante a vida e, com seu talento, tornou-se radialista, apresentador, produtor musical e empresário.
Exemplo para muitos deficientes visuais, o filho de Roberto Carlos, que perdeu totalmente a visão aos 22 anos em decorrência de um descolamento de retina, conversou com 105 empresários na palestra É Preciso saber viver. Uma lição de superação, na noite desta quarta-feira (24). Ele revelou que um de seus maiores medos era não se sentir amado.
“Eu me considerava um protótipo fora do padrão para as mulheres. As pessoas com deficiência carregam este peso. Foi difícil saber que não poderia ser amado por um momento”, declarou.
Dudu, que se emocionou e chorou diante da plateia.
Por ser filho de um grande ídolo, o radialista contou que teve a oportunidade de conviver com pessoas de todas as classes sociais e isso lhe mostrou o que a sociedade tem dificuldade de ver.
“Precisamos sair do nosso casulo e ajudar. É importante voltar-se para fora e perceber o que mais acontece ao nosso redor”, ensinou Dudu, que é casado com Valeska Silva.


fonte: Zero Hora Online - 20.04.2013
ROBERTO CARLOS GANHA BOLODE ANIVERSÁRIO E CHUVA DE FOGOS DE ARTIFÍCIO NA ARENA

Público de 50 mil pessoas prestigiou o espetáculo de cerca de duas horas
Um dia após completar 72 anos, Roberto Carlos foi festejado com emoção em seu show na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Cantando para cerca de 50 mil pessoas, de acordo com a organização do evento, o Rei recebeu um parabéns coletivo com direito a bolo de aniversário e chuva de fogos de artifício.
No primeiro show realizado no novo estádio gremista, o trânsito teve momentos de lentidão antes do show. O local e o público, no entanto, foram parabenizados pelo Rei: — Está muito lindo isso aqui — disse.
O esquema de som mostrou-se bom na maior parte dos setores. Algumas reclamações, contudo, foram feitas por quem estava nas arquibancadas superiores.
O show começou com quase nada de atraso: as 21h10 as luzes da Arena se apagaram. A banda subiu ao palco sozinha tocando Como É Grande o Meu Amor por Você. Na sequência, acordes rasgados de guitarra preparam para a entrada do Rei que abre sua apresentação cantando Emoções, para delírio do público.
Em seguida, Roberto cantou o setlist programado e fez sua apresentação padrão. Após uma sequência de canções com temática de sexo, ele apresentou Furdúncio e Esse Cara Sou Eu, dois de seus mais recentes lançamentos.
Depois de um pot-pourri de músicas da Jovem Guarda, veio a surpresa. O bolo de aniversário foi levado ao palco e a banda tocou o Parabéns a Você, acompanhada das 50 mil vozes do público - que fez dos celulares pontos de luz - em um momento de grande emoção.
Na sequência, ele distribuiu pedaços aos que estavam à frente do palco e recebeu presentes. Como É Grande o Meu Amor por Você e Jesus Cristo foram as canções que encerraram o show. O espetáculo, no entanto, ainda reservava a chuva de fogos de artifício de cerca de cinco minutos e a tradicional distribuição de rosas.
Iluminado pelos fogos e depois de cerca de duas horas de espetáculo, o Rei deixou o palco ao som de muitos aplausos.


fonte: G1 Online - 20.04.2013
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EM PORTO ALEGRE E COMEMORA ANIVERSÁRIO
Cantor fez 72 anos na sexta; show deste sábado foi na Arena do Grêmio.
Homenagem tem bolo no palco e três minutos de fogos de artifício.

Roberto Carlos fez show para cerca de 50 mil na Arena


Além do encontro com os fãs, o show do cantor Roberto Carlos na noite deste sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, foi repleto de momentos especiais. Após completar 72 anos na sexta-feira (19), o Rei foi homenageado com "Parabéns a Você" pelo público, com direito a bolo de aniversário. A celebração ainda teve queima de fogos de artifício. Cerca de 50 mil pessoas acompanharam a apresentação, de acordo coma organização.

Arena ficou lotada para receber o Rei Roberto Carlos
Roberto Carlos subiu ao palco pouco depois das 21h15 e abriu o show com "Emoções" e em seguida saudou o público. Antes, a orquestra subiu ao palco sozinha e abriu a apresentação com "Como é Grande o meu Amor por Você". Na sequência, o Rei cantou "Eu te amo" e emendou outros sucessos que marcaram os mais de 50 anos de carreira. "Além do Horizonte" e "Cama e Mesa" deram sequência ao repertório.

Maria Conceição acompanha o Rei em shows pelo Brasil
Entre os fãs, a roupa de Maria Conceição Martins de Paula, 67 anos, se destacava. Natural de São Gabriel, ela segue o Rei em shows por todo o Brasil. "Ele é especial porque tem muito carisma. Imagina manter uma carreira depois de tantos anos? Ele me transmite muita paz", contou ao G1. Maria foi procurada por outros fãs para tirar fotos com o traje feito com fotos do cantor.
"Eu só não fui aos cruzeiros e ao show em Jerusalém, que era um sonho. Mas apesar de seguir o Roberto por todo o Brasil, eu nunca perco a emoção", contou.
O Rei encerrou o show cantando mais dois grandes sucessos, "Como É Grande o Meu Amor por Você" e "Jesus Cristo". Uma queima de fogos de artifício encerrou a apresentação.
No estado, Roberto Carlos já passou por Santa Cruz do Sul, Pelotas e Caxias do Sul. Em Porto Alegre, antes da apresentação na Arena, o Rei fez um show intimista na sexta-feira (19), dia de seu aniversário, para cerca de mil pessoas na Casa NTX.

Roberto Carlos distribui rosas para o público no final do show em Porto Alegre


fonte: Zero Hora Online - 19.04.2013
FOTOS DO SHOW DE ANIVERSÁRIO DE ROBERTO CARLOS














fonte: site oficial RC - 19.04.2013
WANDERLÉA PARABENIZA ROBERTO CARLOS



fonte: Terra Online - 19.04.2013
ÍDOLO DE GERAÇÕES, ROBERTO CARLOS COMPLETA 72 ANOS NESTA SEXTA

Um dos primeiros ídolos jovens da cultura brasileira liderando o primeiro grande movimento de rock feito no Brasil, Roberto Carlos completa 72 anos nesta sexta-feira (19), dos quais 50 foram dedicados á sua carreira.
Em parceria com seu amigo Erasmo Carlos, Roberto escreveu as primeiras canções que o fizeram despontar como artista do novo gênero musical - o rock -, como É Proibido Fumar, de 1964. Também gravou versões feitas de Splish Splash, em 1963, e O Calhambeque, em 1965, ambas de autoria de seu parceiro. Durante as cinco décadas de sucessos, foram mais de 60 discos lançados somente no Brasil.
Além da música, o artista estrelou o programa Jovem Guarda, da TV Record, e filmes como Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa e Roberto Carlos a 300 km por Hora. Até hoje ele se apresenta nos palcos nacionais e internacionais e produz anualmente um especial que vai ao ar na semana do Natal pela Rede Globo.
No mundo, Roberto Carlos já superou a marca dos 120 milhões de cópias vendidas durante toda sua carreira. Segundo um livro dos recordes brasileiro, o RankBrasil, ele é o 'Cantor Brasileiro Que Mais Vendeu Discos no Mundo'. No ano de 2010, durante uma premiação na casa de shows Radio City Music Hall, em Nova York, o então presidente da Sony Music, Richard Sanders, intitulou-o o 'Rei da Música Latina'.
Acompanhe a linha do tempo da carreira do Rei:
1941
19 de abril: nasce Roberto Carlos
1950
Roberto Carlos canta pela primeira vez no rádio
1955
Roberto Carlos se muda de Cachoeiro de Itapemirim (ES) para o Rio de Janeiro
1957
Roberto conhece Erasmo Esteves
1958
Roberto começa a trabalhar como crooner na boate Plaza em Copacabana, com cachê de 9 contos mensais
1959
Roberto Carlos grava seu primeiro disco de 78 rotações com as músicas João e Maria e Fora do Tom
1960
Acompanhado pela orquestra de Lírio Panicalli, Roberto Carlos lança seu segundo disco, agora pela Columbia, atual Sony Music, com Canção do Amor Nenhum e Brotinho Sem Juízo
1961
A CBS lança Louco Por Você, o primeiro LP de Roberto Carlos, que deixa para trás os tempos de Bossa Nova
1962
Roberto lança mais um 78 rotações, com a versão do twist Fim do Amor e o rock de Rossini Pinto: Malena
1963
Roberto grava a primeira música de sua parceria com Erasmo Carlos, Parei na Contramão e estoura nas rádios com Splish Splash
1964
A música Road Hog ganha sua versão em português e sob o nome de Calhambeque se torna uma das canções mais conhecidas na voz de Roberto Carlos
1965
Dia 22 às 16h30, na TV Record, estreia o programa Jovem Guarda, comandado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa
1966
Em setembro foi lançado o primeiro LP de Roberto Carlos nos Estados Unidos Brazil Top Tem Star, com repertório todo em português
1967
Em abril de 1967, RC começa a rodar, no papel de astro principal, seu primeiro longa metragem, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura
1968
Roberto vence o festival de San Remo interpretando a composição de Sergio Endrigo Canzone per te
1969
Roberto recebe o medalhão do Sagrado Coração de Jesus que usa até hoje, um presente de sua ex-professora Irmã Fausta
1970
É lançado o LP Roberto Carlos narra Pedro e o Lobo, uma fábula de Prokofiev, com a orquestra New York Philarmonic, sob a regência do maestro Leonard Bernstein.
Roberto, Erasmo e Wanderléa se juntam para o lançamento do filme Diamante cor de rosa.
1971
Roberto Carlos lança o filme A 300 km por hora, o único em que vive um personagem desvinculado da vida real, o mecânico Lalo. É também o ano do lançamento de Detalhes
1972
Roberto grava, de autoria de Antônio Marcos e Mário Marcos, Como Vai Você
1973
Roberto Carlos estreia seu novo show no Canecão: Roberto Carlos além da velocidade
1974
RC grava seu primeiro especial de fim de ano na Rede Globo. O programa alcançou o maior índice de audiência da emissora em todo o ano de 1974
1975
Roberto grava no LP de 1975 canções como: Olha, Além do Horizonte e Seu Corpo
1976
Roberto grava O Progresso, sua primeira música com tema ecológico
1977
Roberto homenageia jogadores de futebol em seu programa anual na Globo e convida Pelé e Mané Garrincha para participarem de seu especial
1978
Roberto estreia seu show Palhaço no qual homenageia o circo e a figura dos palhaços imortais. Ao final do show, enquanto retira a maquiagem e os adereços de palhaço, canta O Show Já Terminou
1980
Roberto Carlos canta Ave Maria de Franz Schubert em seu especial de final de ano 1981
Roberto lança um disco totalmente cantado em inglês. Em outubro se apresenta no lendário ginásio Madison Square Garden em Nova York, dividindo o palco com outras celebridades da música latina
1982
Em festa promovida pela CBS no Canecão, Roberto Carlos recebe o Globo de Cristal, prêmio por ter vendido 5 milhões de discos fora do Brasil
1983
Roberto inaugura o Palace em São Paulo no dia 5, com o show Emoções
1984
Roberto lança a música Caminhoneiro, que bateu um recorde no dia de seu lançamento
1986
Roberto mais uma vez inova com a letra da música Apocalipse
1987
Roberto é homenageado na Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro, pela escola de samba Unidos do Cabuçú com o samba enredo Roberto Carlos no reino da fantasia
1988
Roberto se apresenta em uma das mais tradicionais casas americanas: o Radio City Music Hall, em Nova York
1989
Roberto, ainda na luta ecológica, lança Amazônia
1990
Roberto Carlos apresenta o especial Verde é vida, no qual durante 4 horas tenta conscientizar a população da importância da natureza para a vida humana
1991
Roberto comemora seus 50 anos com um grande show em São Paulo
1992
Mulher Pequena é a música em homenagem às baixinhas no álbum anual do Rei
1993
Em novembro, Roberto Carlos entra para o livro Guiness de Recordes como o artista brasileiro que mais ganhou discos de ouro (18) e de platina (17)
1994
É lançado o CD Rei, um tributo da nova geração de roqueiros brasileiros a Roberto Carlos
1995
As homenagens continuam, e neste ano vão para as mulheres de óculos com a canção O charme dos seus óculos
1996
Dia 8 de abril: Roberto Carlos se casa com Maria Rita na Igreja Nossa Senhora do Brasil, no Rio de Janeiro
1997
Roberto lança o CD Canciones que amo, quase totalmente cantado em espanhol
1998
Roberto Carlos se apresenta no estádio Beira Rio, junto ao tenor italiano de Luciano Pavarotti
1999
Roberto lança o CD Mensagens, com uma coletânea de músicas religiosas
Em dezembro do mesmo ano, a mulher do cantor, Maria Rita, morre aos 38 anos, em consequência de um tipo de câncer bastante agressivo na região pélvica
2000
Após 1 ano longe dos palcos, em 11 de novembro, Roberto Carlos faz um show para 10 mil pessoas no Recife. Em dezembro, lança o álbum Amor sem limite
2001
Roberto lança o CD Acústico MTV, com a releitura de seus grandes sucessos. O programa gravado não vai ao ar e se transforma em DVD
2002
Roberto faz um mega show no Aterro do Flamengo em comemoração aos 90 anos do bondinho do Pão de Açúcar. Deste show surge o álbum de 2002
2003
Roberto lança o CD Pra Sempre, totalmente dedicado à Maria Rita e composto de 10 músicas inéditas
2004
RC lança seu segundo DVD, desta vez gravado ao vivo no Pacaembu
2005
Roberto Carlos inicia o Projeto Emoções em Alto Mar, um cruzeiro anual pela costa brasileira em um sofisticado transatlântico, onde o artista reúne seus admiradores, amigos e
jornalistas e se apresentada em show intimista todas as noites
2006
Roberto Carlos ganha um Grammy Latino como Melhor Álbum de Música Romântica pelo álbum Roberto Carlos, de 2005
2008
Roberto Carlos grava o DVD Roberto Carlos e Caetano Veloso e a Música de Tom Jobim
2009
Na celebração dos seus 50 anos de carreira, Roberto realiza 50 shows em todo o País para uma plateia de mais de 700 mil pessoas
2010
Em uma das maiores demonstrações de carinho no Rio de Janeiro, o tradicional especial de final de ano da Rede Globo foi transmitido da Praia de Copacabana, para uma plateia de aproximadamente 1 milhão de pessoas.
Em abril do mesmo anos, morre Lady laura, mãe de Roberto, aos 96 anos, em decorrência de uma infecção pulmonar
2011
É realizado o Projeto Emoções em Jerusalém, com Roberto Carlos de anfitrião de uma viagem pelos lugares sagrados de Israel, culminando com um show dia 7 de setembro no Sultan's Pool, anfiteatro em Jerusalém
A Beija-Flor de Nilópolis é campeã do Carnaval 2011 com o enredo A Simplicidade de um Rei,que homenageou Roberto Carlos
Ana Paula Braga, filha do primeiro casamento de Nice Braga, que foi a primeira mulher de Roberto Carlos, morre aos 47 anos, após uma parada cardíaca. Ela não era filha biológica do cantor, mas ele a assumiu quando se casou com Nice, com quem teve outros dois filhos: Roberto Carlos Segundo, o Segundinho, mais conhecido como Dudu Braga, e Luciana. Além disso, Ana Paula era casada com o guitarrista de Roberto Carlos, Paulinho
2012
O final do ano é marcado pelo lançamento das canções inéditas Fundúncio e Esse cara sou eu, partes do EP lançado
2013
19 de abril - Roberto Carlos completa 72 anos


fonte: Quem Online - 19.04.2013
ANIVERSARIANTE DO DIA, ROBERTO CARLOS RECEBE OS PARABÉNS DE ERI JOHNSON
Ator parabenizou o 'rei', que completa 72 anos nesta sexta-feira (19), em sua página do Instagram

ROBERTO CARLOS E ERI JOHNSON (FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM)
Esse cara (aniversariante) sou eu. Esta bem que poderia ser a chamada desta sexta-feira (19), quando o 'rei' Roberto Carlos completa 72 anos. E quem aproveitou o comecinho do aniversário do músico foi o ator Eri Johnson, que já desejou os parabéns durante a madrugada, em sua página do Instagram.
Admirador confesso e conhecido por imitar o jeito característico de falar do 'rei', Eri Johnson escreveu na legenda da imagem: "'Deus é paz, Deus é Luz, Deus nos fala, que a ele se chega, seguindo Jesus'. Roberto Carlos 72 anos de muito amor, parabéns".


fonte: Pioneiro Online - 18.04.2013
MAJESTADE CONFIRMADA NO PALCO
Roberto Carlos mostrou por que carrega a alcunha de Rei
Uma colega perguntava há alguns dias: “quando será que o Roberto Carlos virou Rei?” Ao redor, ninguém soube responder. Justamente porque ninguém ali tinha assistido a um show da estrela de Cachoeiro do Itapemirim, até então. Ao ver Roberto no palco pela primeira vez, o apelido que o acompanha há décadas parece nada menos que natural. Fica a certeza de que ele já era Rei quando cantava o amor de forma inocente na jovem guarda, e só reforçou a majestade agora que assumiu ser “o cara”.
Na apresentação que fez em Caxias do Sul na noite de terça, para um Ginásio do Sesi lotado com 6 mil pessoas, RC mostrou a característica que, atrelada à sensibilidade musical, o fez chegar onde chegou. Não dá para dimensionar o carisma do Rei, presente na forma como interage com a plateia e com a banda, nos sorrisos, no jeito como encolhe os ombros ou gira o microfone.
O repertório, com uma canção mais famosa que a outra, é quase um detalhe perto da aura mágica que envolve o artista. Com quase uma hora de atraso, o Rei surgiu no palco para exibir seu tradicional terno branco e puxar um de seus hits mais emblemáticos: Emoções.
– Obrigado por estas coisas lindas que tenho recebido de vocês desde... nem vou dizer desde quando – brincou, logo de cara.
Antes de praticamente todas as canções, Roberto contava alguma história, algumas delas comoventes, outras engraçadas, mas sempre em tom de conversa, como quem está entre amigos. Antes da setentista O Portão, por exemplo, revelou a identidade do cão citado na música. Era Axaxá, que ganhou o mesmo nome do personagem principal de um livro infantil.
E Detalhes? Um dos clássicos mais clássicos foi interpretado ao violão, com a voz suave do Rei ecoando pelo ginásio. Antes de Lady Laura, a canção que fez para a mãe, Roberto emocionou novamente. Sem mencionar que, nesta quarta, um dia depois do show, completavam-se três anos da morte dela, o Rei apenas desabafou:
– Essa canção fiz com muita alegria e amor. Hoje, a alegria é menor, mas o amor é cada vez maior.
Antes de Proposta, Roberto começou a falar sobre uma época em que se perguntava sobre o que faltava dizer nas canções. No silêncio, uma fã mais ousada gritou que faltava ele falar dela. Todos riram e o Rei quis saber o que ela tinha dito, antes de continuar a história. Depois da descontração, RC jogou uma afirmação quente ao público.
– Cheguei à conclusão que faltava falar de sexo – anunciou, precedendo gritinhos histéricos.
Como se não bastasse, o Rei ainda buscou energia para declamar trechos de um texto de Ronaldo Bôscoli. Entre as frases, coisas do tipo: “Minha vida tem sido um amar sem conta, lúcidas ou tontas, muitas, mas não tantas. Umas à luz do sol, outras em brumas, no sarro ou no carro, na febre da cama algumas. Que me perdoem as palavras que usei pensando nela, mas o suor dela ainda escorre no meu peito. Com ela, o gesto do amor é perfeito”. Isso tudo durante uma seleção de músicas que estava descrita no repertório como Pot-Pourri Sensual. Durma com um barulho desses...
E ainda vieram os hits atuais e noveleiros, Esse Cara Sou Eu e Furdúncio, e mais um pot-pourri, desta vez da fase roqueira. É Proibido Fumar, Namoradinha de um Amigo Meu, Quando e E Por Isso Eu Estou Aqui fizeram a alegria de alguns cabeludos da plateia.
No final, as tradicionais Como É Grande Meu Amor por Você e Jesus Cristo, com a mais tradicional ainda distribuição de rosas. Na saída, a sensação de ter estado na companhia de um rei de verdade, camaleônico em sua trajetória, mas grandioso desde sempre.


fonte: Zero Hora Online - 17.04.2013


A noite especialíssima que terá show de Roberto Carlos na Casa NTX, em Porto Alegre, nesta sexta-feira - dia do aniversário do astro -, tem gerado dúvidas em relação ao traje adequado. O blog consultou a produção e consultores de moda e explica: o traje é passeio completo.
Para homens, terno escuro e gravata. As mulheres podem apostar em conjuntos ou vestidos de seda e tafetá - bordados devem aparecem apenas em detalhes, como em uma bolsa pequena (clutch). Joias ou acessórios de impacto são bem-vindos.
FALANDO NISSO...
Nos bastidores das viagens, Roberto Carlos demonstra profunda felicidade com a longa turnê que tem feito pelo Sul. Depois dos shows em Santa Cruz, Pelotas e Caxias do Sul, oRei estava exultante. Ele passou um longo período longe de Porto Alegre e agora curte cada momento livre entre os shows.
Com muita discrição. Dividir seu aniversário com o público, amanhã, na Casa NTX, e, na noite seguinte, estrelar um espetáculo grandioso na Arena, cujos ingressos estão esgotados, serão seu melhor presente, conforme revelam fontes ligadas ao cantor. Amigos e familiares do Rei vão comparecer aos shows na Capital, cidade onde mora seu empresário, Dody Sirena, e onde a DC Set, que o representa há duas décadas, tem sede.


fonte: Isto É Gente - 17.04.2013
O BOLO DO REI
Nem champanhe nem traje de gala. O que importa para Roberto Carlos, no próximo dia 19, quando completa 72 anos, é o bolo. Deve ser, religiosamente, azul e branco por fora, com recheio de doce de leite e coco. E não há negociação. Em 2010, em Nova York, ele rejeitou um bolo americano por não ter as exigidas características. A produção teve que rebolar e, poucas horas antes do show, encontrou uma brasileira que fizesse o quitute do jeito que o Rei gosta para ele apagar as velinhas. O show de comemoração deste ano, em formato de jantar de gala para mil pessoas em Porto Alegre, revê seus ingressos de R$ 1,2mil esgotados em questão de horas.


fonte: site oficial RC - 16.04.2013
ANIVERSÁRIO DA SECRETÁRIA CARMINHA SILVA

Comemorado neste 16 de abril em Caxias do Sul o aniversário da secretária de tantos e tantos anos, Carminha Silva.


fonte: Zero Hora Online - 16.04.2013
ROBERTO CARLOS DEIXOU TRÊS PÉROLAS PARA O CINEMA BRASILEIRO
De 1967 a 1971, o Rei - que se apresenta em Caxias nesta terça -
levou cerca de 7,8 milhões de espectadores para a frente da telona

Cena do filme 'Roberto Carlos em Ritmo de Aventura' também foi usada na capa do disco homônimo.
Há quem diga que os filmes estrelados por Roberto Carlos na época da Jovem Guarda somente seguiram o que se configurava numa tendência para qualquer astro de rock da época. Elvis, Beatles e até os Monkees (com sua série de tevê) popularizaram a ideia de produções audiovisuais com roqueiros no elenco. Mais do que seguir a onda que vinha de fora, o Rei — que em sua fase ator ainda nem era chamado assim — deixou três pérolas para o cinema brasileiro e registros históricos de uma época em que os figurinos iam muito além do branco e azul.
De 1967 a 1971, o Rei estrelou Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, Roberto Carlos e o Diamante Cor de Rosa e Roberto Carlos a 300 km por Hora. Num tempo em que não existia locadora de vídeo, esses filmes levaram aproximadamente 7,8 milhões de espectadores às salas de cinema.
Todos os filmes foram dirigidos pelo carioca Roberto Farias — reconhecido por títulos como Assalto ao Trem Pagador, de 1962, e Pra frente, Brasil, de 1982. O cineasta contou que a ideia, na época, era fazer um pacote de cinco filmes, e não somente três. Especula-se que a agenda de shows cada vez mais lotada do Rei impediu a conclusão dos outros dois longas. Mas, em entrevista ao programa Domingão do Faustão, Roberto Farias deu outro palpite.
— Ele não se acha bom ator, talvez isso tenha sido a razão por não termos feito os outros dois filmes que estavam contratados. Mas o Roberto está enganado, gostaria de dizer que o Roberto é bom ator — opinou o cineasta.
O primeiro longa da lista, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, mostra o Rei como um mocinho perseguido por bandidos internacionais que querem levá-lo para os Estados Unidos. Entre as cenas antológicas e acrobáticas da produção, o roqueiro desce dentro de um carro pendurado num guindaste e atravessa o Túnel do Pasmado (RJ) pilotando um helicóptero. A trilha foi lançada em LP e integrava sucessos como Eu Sou Terrível, Por Isso Eu Corro Demais, Quando e Você Não Serve Pra Mim.
Em Roberto Carlos e o Diamante Cor de Rosa, sua majestade ganha a companhia do tremendão Erasmo Carlos e da ternurinha Wanderléa. Cenas quase surreais mostram o trio em figurinos nada discretos — com muitos medalhões dourados no pescoço, dedos cheios de anéis, peles nos casacos, calças pantalonas e coloridas — pelas ruas movimentadas do Japão. O Rei e Erasmo ainda mandam ver no karatê para se defender de um grupo que procura o mapa de um tesouro que, acidentalmente, foi parar nas mãos das estrelas da Jovem Guarda.
Roberto já era muito famoso quando gravou o último filme levando seu nome, Roberto Carlos a 300 km por Hora. Talvez por isso, pela primeira vez, ele não cante em cena, as músicas acompanham suas aventuras. Na trama, ele vive Lalo, um mecânico que faz de tudo para realizar o sonho de ser piloto de automobilismo. Os carros, grande paixão do Rei, são quase personagens na história que traz ainda atuações de Erasmo Carlos, Raul Cortez e Reginaldo Farias (irmão do diretor).
Depois disso, a carreira tomou outros rumos, Roberto Carlos correu demais e pode nem ter visto o tempo passar. Algumas das músicas que ele cantou nos três longas poderão ser vistas no show que o Rei apresenta em Caxias, hoje, mas os outros dois filmes que estavam previstos lá na década de 1970 se transformaram num débito da majestade com seus fãs.


fonte: Zero Hora Online - 16.04.2013
ROBERTO CARLOS RECEBE FÃ DE CAXIAS DO SUL EM PRÉDIO NO RIO
Vera de Oliveira Zago conheceu o Rei no hall de entrada do edifício dele, na Urca

A visita à filha Caroline Maria Zago, 31 anos, que vive no Rio de Janeiro, rendeu à empresária caxiense Vera de Oliveira Zago uma das histórias mais incríveis em seus 69 anos. Duas semanas atrás, as duas passeavam pela Urca, quando Vera quis conhecer o habitante mais célebre entre os 7 mil ocupantes das 17 ruas do bairro: o Rei Roberto Carlos.
Depois de muitos pedidos de informações e tentativas, a dupla conseguiu descobrir o endereço de Roberto Carlos, uma cobertura de frente para o mar, no Edifício Golden Bay, na Avenida Portugal. O Rei mudou-se para lá na década de 1980, conseguindo manter uma vida relativamente pacata, com direito a ida de carro ao próprio estúdio, a dois quilômetros de distância da residência.
Sabendo da proximidade do ídolo com o bairro onde se localiza o Pão de Açúcar, Vera parou, fotografou a frente do prédio e seguiu para a Igreja Nossa Senhora do Brasil, templo frequentado por ele. Queria saber os horários de missas, a fim de voltar no dia seguinte para tentar encontrá-lo. No final do passeio, ela caminhou novamente pela frente do Golden Bay e resolveu tocar o interfone para tentar conhecer o ídolo que passou a admirar ainda na década de 1960.
— Me deu um estalo e pensei 'por que não?'. Uma senhora atendeu e disse que iria verificar se ele não estava dormindo — conta.
Posteriormente, um segurança desceu e conversou com ela e a filha, para confirmar a história e o interesse. O homem saiu, olhou ao redor e disse que Roberto iria descer para atendê-la. Quando o Rei chegou ao hall de entrada do prédio — vestia calça e jaqueta jeans, camiseta branca e, segundo a fã, parecia mais bonito do que na tevê —, abraçou-a e beijou-a no rosto, gestos que ela retribuiu. Depois, pediu para que Caroline se aproximasse dele e os três pudessem tirar uma foto juntos. Vera deu o celular para o segurança, que registrou a imagem:
— Ela está na sala da minha casa, imagina só! E também no computador!
Vera comentou sobre o show em Caxias, e Roberto disse que gostaria de vê-la na plateia:
— É claro que vou estar lá. Esse encontro foi muito emocionante, inacreditável.


fonte: Zero Hora Online - 16.04.2013
ROBERTO CARLOS JÁ SE APRESENTOU CINCO VEZES EM CAXIAS DO SUL
A primeira foi em 1973, quando ele tinha 32 anos de idade

Roberto Carlos tinha 32 anos quando se apresentou em Caxias pela primeira vez, em 1973. Ainda não era considerado Rei, mas chamava a atenção como integrante da Jovem Guarda, que fazia o maior sucesso no país. O Recreio Guarany estava lotado para vê-lo, com cerca de 2 mil pessoas, e o cantor apresentava-se ao lado do RC7, um conjunto de sete músicos que em nada lembra a orquestra atual. Depois desse, fez quatro outros shows em Caxias, o último em 2002.
O representante comercial Gilberto Giongo, o Beto GG, foi DJ do Clube Guarany por 25 anos, entre as décadas de 1970 e 2000. Antes de começar a trabalhar como discotecário, em 1975, assistiu à primeira performance do Rei na cidade. Conta que estava curioso para conhecer o trabalho de Roberto Carlos.
— Não tinha esse auê, as pessoas gostavam mais das bandas, como Renato e Seus Blue Caps. Não foi um boom como é hoje — afirma, ansioso para conferir a apresentação de Roberto no dia 16.
Fã do Rei, considera-o o maior nome musical da atualidade e costumava tocá-lo nas boates nos salões do clube. Em festas mais dançantes, elegia canções mais animadas, como Eu Sou Terrível, e na "sessão salame", Como é grande o meu amor por você.
— As menininhas adoravam — lembra Beto, completando que naquela época, antes do auge da discoteca, as músicas estrangeiras não eram tocadas nas boates.
Roberto Carlos demorou mais de 20 anos para retornar à cidade. Foi em 9 de março de 1994, na Festa da Uva. Um ano depois, Roberto Carlos esteve no Teatro de Lona para o espetáculo Luz, em maio de 1995. A turnê foi a maior realizada pelo cantor até então, envolvendo 21 cidades somente na região Sul. Ele chegou de jatinho um dia antes da apresentação (foto Nica Id: 52301). Nesta passagem, visitou a Marcopolo para a compra de um ônibus.
Assim como Beto GG, o então produtor de shows e DJ Luiz Carlos Ferronato também presenciou o primeiro show de Roberto em Caxias, composto pelo repertório da Jovem Guarda. Ferronato ajudou a produzir, com o jornalista Renato Henrich, um show no Teatro de Lona, em 17 de abril de 1997, e outro no Ginásio do Sesi, em 26 de abril de 2002, Amor e Amor Sem Limite, respectivamente. A tarefa é considerada mais simples do que parece. Segundo ele, cabe ao produtor local encontrar um local e prepará-lo para o show, mas a estrutura chega pronta.
— A era pós-Dody (Sirena, empresário do cantor) é de um profissionalismo absoluto. Ele viaja com técnicos, seguranças, traz até os próprios geradores. Se a cidade ficar sem luz, o show acontece do mesmo jeito — explica, revelando que o camarim de Roberto Carlos já vem montado em um contêiner, e a equipe conta com maquiadora e camareira próprias.
Roberto Carlos hospedou-se três vezes no hotel Alfred Palace. Para Plínio Luchezi, gerente do hotel por 29 anos, a segunda visita foi a mais significativa, embora não tenha visto a apresentação do Rei. Ficou no hotel com a então mulher de Roberto, Maria Rita:
— Era uma pessoa muito simples. Ela foi para a cozinha preparar o jantar que foi servido ao Roberto quando voltou do show.
Para Luchezi, o Rei pareceu ser uma pessoa simpática, perfeccionista e sem extravagâncias.
— Ele trazia a camareira, que cuidava de tudo. Sempre usava a mesma roupa, calça desbotada e camisa jeans, e não passava por baixo de escadas de jeito nenhum — recorda.
Na última vinda de Roberto Carlos a Caxias, apresentou-se no Ginásio do Sesi homenageando a mulher morta em 1999. Cantou durante 90 minutos para 6 mil pessoas, emocionou-se, chorou e fez chorar.
— Ele estava sensível, havia uma tristeza nele. Foi diferente da apresentação em Porto Alegre, em 2009, quando parecia apaixonado — recorda a fã Rosângela Peteffi.
Rosângela sempre tenta ficar o mais próximo possível do Rei no palco — "o mais longe foi na nona fila" — e diz que vale sempre reviver os sentimentos despertados pelo rei:
— Sempre que puder, vou vê-lo. Sempre é muita emoção!


fonte: Brasil Turis Online - 16.04.2013
ROBERTO CARLOS FAZ PARCERIA COM A MSC CRUZEIROS
O navio Preziosa recebe o Rei Roberto Carlos de 8 a 12 de fevereiro de 2014

Um dos mais aguardados a cada temporada, o cruzeiro “Emoções em alto mar” com o cantor Roberto Carlos, ocorrerá pela primeira vez no MSC Preziosa, maior e mais luxuoso navio a visitar o litoral brasileiro em 2013/2014. O roteiro acontecerá de 8 a 12 de fevereiro de 2014, a bordo do MSC Preziosa, partindo do porto de Santos (SP) rumo às mais belas praias e pontos turísticos do Sudeste.
Esta edição promete ser um capítulo à parte na vida do rei e seus fãs, pois celebra o 10º aniversário do cruzeiro temático do cantor que já recebeu mais de 25 mil hóspedes. O lançamento oficial desta ação ocorrerá no próximo show do artista no Espaço das Américas em São Paulo (SP).
O MSC Preziosa é a mais nova joia da armadora italiana e tem a capacidade para 4.345 hóspedes em 1.751 cabines. O transatlântico, que conta com completa infraestrutura como quatro piscinas, 12 jacuzzis, academia, bares e lounges, restaurantes, discoteca, solarium, SPA, o exclusivo MSC Yacht Club – a primeira classe do navio, entre outros, promete tornar o 10º aniversário do cruzeiro “Emoções em Alto Mar” ainda mais especial, proporcionando uma experiência única de luxo aos fãs do cantor, que terão à disposição toda a excelência de atendimento e a qualidade dos serviços exclusivos oferecidos pela MSC Cruzeiros.


fonte: Panrotas Online - 15.04.2013
NAVIO DA MSC TERÁ SHOWS DE ROBERTO CARLOS EM 2014
Cruzeiro será de 8 a 12 de fevereiro de 2014

“Emoções em alto mar”, apresentação de Roberto Carlos em cruzeiros, agora acontecerá no MSC Preziosa (MSC Cruzeiros). Os shows serão na próxima temporada – roteiro de 8 a 12 de fevereiro partindo de Santos (SP) –, quando o navio, recém-inaugurado na Itália, navegará em águas brasileiras pela primeira vez. De acordo com a MSC Cruzeiros, esta edição “promete ser capítulo a parte na vida do rei e seus fãs, pois celebra o 10º aniversário do cruzeiro temático do cantor”. O evento já recebeu mais de 25 mil hóspedes, a bordo de embarcações da Costa Cruzeiros. O MSC Preziosa tem, ao todo, 18 deques e uma série de atrativos, como cinco restaurantes – sendo dois bufês self-service –, 20 bares, três piscinas – em uma delas está o Vertigo, maior toboágua do mundo em um navio, com 120 metros de extensão –, cassino, discoteca, teatro, boliche, cinema 4D, spa – que oferece aromaterapia, cromoterapia, ioga, hidromassagens, entre outros –, biblioteca e sala de reuniões


fonte: Pioneiro Online - 15.04.2013
'ROBERTO É UMA PESSOA ILUMINADA'
Dody Sirena, empresário e sócio do cantor, fala sobre a convivência com o Rei
Dody Sirena é amigo, empresário e sabe tudo sobre a vida profissional de Roberto Carlos. Da pessoal também, mas essa, assim como as demais pessoas que trabalham com e para o Rei, não abre por nada. Afirma que o cantor não gosta que ninguém fale de sua vida pessoal por gostar de discrição. Trabalhando com o cantor há 20 anos, fala diariamente com o artista e é um dos responsáveis pela sua vitoriosa carreira.
Caxiense, não visita a família na Serra há pelo menos sete anos. Não porque não goste da terra. Justifica a ausência em função da correria profissional.
Dody classifica o Rei como uma pessoa iluminada:
– Quando nasci, Roberto já era Rei. Sou muito feliz em estar ao lado dele sempre.
Pioneiro: Como é a relação de vocês? Vocês se veem todos os dias?
Dody Sirena: Não, ainda mais porque moramos em cidades diferentes. O Roberto mora no Rio e eu em São Paulo. Mas nos falamos diariamente. Falamos porque somos amigos, mas também porque temos um grande número de negócios juntos. Eu preciso colocar ele a par de tudo o que acontece.
Pioneiro: Mas tu avisas ele sobre tudo?
Dody: A função de um empresário, no caso de artistas do porte do Roberto Carlos, é de ser um radar. É preciso identificar todas as alternativas de mercado, as possibilidades, os riscos, as curvas, tudo para que ele possa tomar decisões. Eu trato sobre todos os negócios do Roberto que envolvem investimento. Administro tudo que envolva dinheiro, pessoal e profissionalmente.
Pioneiro: O que o Roberto faz quando não está no estúdio gravando?
Dody: Ele vai para o estúdio diariamente. É quase inimaginável pensar no quanto ele produz. Um artista que tem uma carreira como a de Roberto Carlos tem um nível de exigência muito grande. Ele precisa de um grande tempo para se inspirar, para compor.
Pioneiro: Mas ele fica sempre em função da carreira?
Dody: Há pouco tempo, o Roberto gravava dois discos por ano. Hoje, ele não se sente mais na obrigação de lançar, apesar de estar lançando. Por uma questão de estratégia de mercado, também diminuímos a quantidade de shows que ele faz por ano. Agora são só 50 apresentações por ano, apesar de ele receber pelo menos 500 convites.
Pioneiro: Então, estar em uma cidade do interior, como Caxias, é difícil?
Dody: Muito! O Roberto estar no interior é uma coisa única. Ele esteve em Caxias há muito tempo, então acho que ele só vai voltar para a cidade em 20, 30 anos. Não porque ele não queira, é que não temos condições de atender a todas as cidades. Ele adora Caxias. O ônibus dele, que ele tanto ama, foi todo projetado aí. Depois de um show, ele ficou uma noite inteira escolhendo cada parte do ônibus. Ele dirige esse ônibus, muitas vezes, de tanto que gosta.
Pioneiro: E o Roberto é mesmo do jeito que se vê, atencioso com os fãs, querido com quem gosta dele?
Dody: Sempre. Roberto é uma pessoa adorável, é impressionante. É um privilégio trabalhar com ele. O Roberto não sabe brigar. Por vezes, temos discussões de trabalho, divergências, mas ele não consegue brigar. Ele estudou para ser santo, de tão especial que é. Roberto é uma pessoa iluminada.
Pioneiro: E esse show que passará por Caxias é o mesmo que passa por todas as cidades dessa turnê?
Dody: Sim. Cada show é único, traz uma emoção diferente, mas a estrutura e o repertório dos shows são sempre os mesmos. Seja uma apresentação em um estádio de futebol ou em lugar pequeno, o Roberto exige a mesma qualidade técnic


fonte: Zero Hora Online - 14.04.2013
APÓS SHOW, ROBERTO CARLOS FICA EM HORAL DE PELOTAS
Contrariando a agenda, que previa uma ida direto para Porto Alegre após o espetáculo, cantor passa a noite na cidade

Por volta de 0h45min deste domingo, Roberto Carlos surpreendeu cerca de 30 fãs que aguardavam, na sorte, uma não muito provável noite do Rei em Pelotas. Segundo a agenda, ele iria voltar à Capital ainda nesta madrugada. No entanto, os planos foram modificados e o artista apareceu em um carro preto, com escolta policial em volta, entrando em uma garagem de um hotel no Centro da cidade do sul do Estado. Alguns fãs invadiram a garagem para tentar chegar perto do ídolo. A empresária Tatiane Madruga Pinto, 38 anos, foi uma delas: — Tentei chegar perto, mas os policiais não deixaram. Faria qualquer coisa para chegar perto dele! — afirmou.


fonte: Zero Hora Online - 14.04.2013
ROBERTO CARLOS DEIXA HOTEL EM PELOTAS EM DIREÇÃO A AEROPORTO
Cantor pegou jatinho para Porto Alegre para depois ir a Caxias, onde é o próximo show

Por volta das 15h deste domingo, Roberto Carlos saiu do hotel onde passou a noite em Pelotas, no sul do Estado, depois do show no Estádio Boca do Lobo. Ele abriu a janela do carro para a equipe de Zero Hora e se deixou fotografar, sorrindo. Depois foi para o Aeroporto Internacional de Pelotas, onde embarcou em um jatinho particular. O artista deve voltar para Porto Alegre para depois ir a Caxias do Sul, onde é o próximo show, no dia 16.
Para os pelotenses foi uma surpresa o Rei ter dormido na cidade, já que sua agenda oficial previa que o artista voltasse logo após o espetáculo para a Capital. O show em Pelotas foi o segundo dos cinco que o Rei irá fazer no Estado. A turnê no Rio Grande do Sul começou em Santa Cruz do Sul, no dia 10 de abril de 2013. Os próximos shows são em Caxias do Sul (16) e Porto Alegre (19 e 20), cujos ingressos já estão esgotados.


fonte: CentrosJC Online - 14.04.2013
ROBERTO CARLOS FAZ MINITEMPORADA NO ESPAÇO DAS AMÉRICAS EM ABRIL

“O mito, a voz, o carisma, o amor e toda a emoção…”, dizem os anúncios publicitários sobre a minitemporada que Roberto Carlos leva ao Espaço das Américas (zona oeste de São Paulo) a partir de 30 de abril.
Como em raras oportunidades, é difícil discordar. O superpopular cantor se apresenta nos dias 30/4, 1º/5, 3/5, 4/5, 7/5, 10/5, 11/5 e no dia 12/5, quando o show homenageará o Dia das Mães.

Roberto Carlos canta durante a primeira de quatro apresentações no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo
Os ingressos custam de R$ 150 a R$ 540 (meia-entrada: R$ 75 a R$ 270) e estão à venda no site www.ticket360.com.br, pelo telefone 2027-0777 ou na bilheteria do local.
O repertório foca os recentes lançamentos de Roberto, especialmente o single “Esse Cara sou Eu”, trilha da novela global “Salve Jorge”.
Clássicos da carreira do cantor, como “Emoções” e “Detalhes”, não devem ficar de fora.
Roberto Carlos – Espaço das Américas - r. Tagipuru, 795, Barra Funda, zona oeste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3829-4899. Ter. (30/4), qua. (1º/5), sex. (3/5), sáb. (4/5), ter. (7/5), sex. (10/5) e sáb. (11/5): 21h30. Dom. (12/5): 18h30. Ingr.: R$ 150 a R$ 540 (meia-entrada: R$ 75 a R$ 270) pelo site www.ticket360.com.br, pelo telefone 2027-0777 ou na bilheteria do local.


fonte: Zero Hora Online - 13.04.2013
AO SOM DE "EMOÇÕES", ROBERTO CARLOS SOBE AO PALCO EM PELOTAS
Multidão de 15 mil pessoas lota as dependências do Estádio Boca do Lobo

Roberto Carlos usou o tradicional terno branco na apresentação
Exatamente às 21h26min, Roberto Carlos subiu ao palco erguido no Estádio Boca do Lobo, em Pelotas, para delírio dos cerca de 15 mil fãs que o aguardavam desde a manhã deste sábado. Vestindo branco e cantando Emoções, o Rei fez o público ficar de pé e cantar junto com ele.
O show, porém, teve início às 21h20min, quando um maestro conduziu a orquestra em uma performance instrumental de Como é grande o meu amor por você, acompanhados pelas milhares de vozes.
Os espectadores se mostravam animados desde a abertura dos portões, às 19h. A cada novo teste de luz azul no palco, o público fazia a festa, como se o Rei fosse aparecer a qualquer momento. Às 21h05min, já surgiam os primeiros coros da arquibancada lotada: "Roberto Carlos, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver!".
Dez minutos depois, foi a vez da apresentadora da RBS TV local, Sabrina Ongaratto, levantar o público. Ela apareceu no palco para dar as boas-vindas e falar a frase que arrancou suspiros da multidão: "preparem seus corações".


fonte: Pioneiro Online - 13.04.2013
UM REI, MUITAS FACES
Roberto Carlos precisava de um sucesso-chiclete como Esse Cara Sou Eu. Às novas gerações, a canção serviu como um selo de garantia para comprovar a alcunha que carrega há décadas: Rei. Aos fãs de sempre, corroborou a máxima de que ele não perde a majestade.
A canção é tão simbólica que foi responsável por colocar Roberto Carlos de volta à estrada. Em turnê pelo Sul, o Rei estaciona em Caxias na próxima terça-feira, no Sesi, depois de ter passado por Joinville, Blumenau, Florianópolis e Santa Cruz do Sul – neste sábado, canta em Pelotas, e dias 19 e 20 faz apresentações em Porto Alegre. Tão expressiva quanto as vendagens do single, cujas unidades chegaram à espantosa marca de 2 milhões, foi a rapidez com que o público procurou as entradas para o show, 11 anos após a última passagem do Rei por Caxias – veja o setlist abaixo. Em duas semanas, os 4,8 mil ingressos colocados à disposição para o retorno do crooner à cidade acabaram. Na Capital, a situação é a mesma: não há mais bilhetes há dias nem para o megashow da Arena do Grêmio, onde foram colocados à venda 40 mil tíquetes – o outro show será intimista, na Casa NTX, para comemorar seu aniversário, dia 19.
Mas por que Roberto Carlos causa tanta comoção? Por que todos querem vê-lo? Surfamos na onda do hit Esse Cara Sou Eu para descobrir em vários segmentos das artes qual é a cara do Rei. E concluimos que são as várias facetas dele que explicam a imensa empatia pelo cantor mais famoso do Brasil.


fonte: Zero Hora Online - 13.04.2013
ROBERTO CARLOS DESEMBARCA EM PELOTAS
Pelo menos 30 fãs aguardavam o cantor, que faz show na cidade neste sábado


Roberto Carlos chegou em Pelotas, no sul do Estado, por volta das 16h deste sábado. Ele veio de jatinho e acenou para um grupo de cerca de 30 fãs que se amontoavam na grade que separava a pista de pouso do estacionamento do Aeroporto Internacional de Pelotas.
Dois carros pretos esperavam na pista a saída do Rei. A cada descida, o público que o aguardava duvidava:
— Será que é ele? — perguntava um.
— Acho que chega mais tarde — opinava outro.
E teve até quem achasse que uma passageira do jatinho que desembarcou antes de Roberto Carlos fosse o Rei:
— Olha lá, colocou peruca loira e botou bolsa pra não ser reconhecido! — especulou outro.
Mas Roberto Carlos não escondeu o rosto e desceu de camisa azul meio aberta — sua cor preferida — sorrindo e abanando, ovacionado por gritos:
— Roberto Carlooooooos, eu te amoooo! — gritava uma fã.
Deste cedo, a corte do rei esperava a majestade grudada na grade que divide o estacionamento da pista de pouso do aeroporto. Sentada em uma cadeira de praia, Elsa Félix, 55 anos, ansiava pela chegada:
— Vim de manhã, quando escutei os primeiros aviões. Não sabia se ia chegar pelo ar, mas resolvi arriscar — disse.
O marido, o aposentado José Francisco Félix, fazia companhia para a mulher. E se ela se apaixonar pelo rei? Não tem ciúmes?
— Depois de 36 anos de casado, não tem nada disso. Não perco ela nem pro rei — fala orgulhoso.
E ela concorda contando que o marido ficou das 8h até as 15h na fila para comprar ingresso para ela — e ele não vai!
— Esse aí que é o cara! — garante Elsa.
Roberto veio para um show marcado para as 21h com expectativa de público de 15 mil pessoas no Estádio Boca do Lobo, cujas cores do time, Esporte Clube Pelotas, são amarelo e azul. Azul, aliás, é a cor preferida de Roberto Carlos. Há dez mil cadeiras no gramado e outros lugares nas arquibancadas. Os ingressos antecipados custavam entre R$ 50 e R$280.
O palco e os equipamentos de som e iluminação montados lá pesam cerca de 150 toneladas. Segundo a organização do evento, essa é uma estrutura específica para estádios e será a mesma usada para o show na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, no dia 20 de abril de 2013.
O espetáculo deste domingo é o segundo dos cinco que o Rei irá fazer no Estado. A turnê no Rio Grande do Sul começou em Santa Cruz do Sul, no dia 10 de abril de 2013. Os próximos shows são em Caxias do Sul (16) e Porto Alegre (19 e 20), cujos ingressos já estão esgotados.
Apesar de ter um quarto reservado em Pelotas, é esperado que o rei volte ainda neste domingo para a Capital. Depois de sua chegada em Pelotas, Roberto Carlos foi direto para o local onde será o show, no Estádio Boca do Lobo.
O trânsito no entorno do estádio foi modificado. Desde às 14h até o término do evento, a rua Anchieta e a Doutor Amarante estão com fluxo interrompido e a Avenida Bento Gonçalves e Rua Gonçalves Chaves tem bloqueio parcial.


fonte: Jornal de Santa Catarina Online - 11.04.2013
ROBERTO CARLOS DÁ INÍCIO A TURNÊ PELO RIO GRANDE DO SUL COM SHOW EMOCIONANTE EM SANTA CRUZ DO SUL
Série de cinco shows pelo Estado ainda passará por Pelotas, Caxias do Sul e Porto Alegre
Foi ao som de Jesus Cristo que Roberto Carlos encerrou, nesta quarta-feira, o primeiro show de sua nova turnê pelo Rio Grande do Sul. Mais de cinco mil vozes emocionadas cantaram junto com o Rei por quase duas horas em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo.
Esse foi o primeiro de uma sequência de cinco shows que o Rei fará pelo Estado – passando ainda por Pelotas (no dia 13), Caxias do Sul (16) e Porto Alegre (19 e 20).
Foi uma noite de muitas emoções. Desde o apagar das luzes, às 21h40min, a plateia mostrou seu amor ao cantor, que foi ovacionado com gritos, aplausos e flashes ao subir no palco. Vestido com o tradicional terno branco e camisa azul, Roberto Carlos esquentou o clima logo de início, cantando Emoções, e foi acompanhado pelo coro de um público visivelmente emocionado.
Ao final da música de abertura, com muito bom humor e simpatia, o Rei interagiu com o público:
– É um prazer estar de volta. Obrigado pelo carinho, pelo amor e pelas coisas lindas que vocês fazem para mim.
Como já era esperado, o show da nova turnê seguiu com hits românticos, como Eu te Amo, te Amo, te Amo, Detalhes eComo é Grande o meu Amor por Você, além das canções religiosas e um pout-porri com sucessos da Jovem Guarda.
Um dos pontos altos do show, no entanto, foi quando o Rei cantou uma de suas novas canções, Esse Cara sou Eu. Trilha sonora da novela Salve Jorge, da Rede Globo, a letra estava na ponta da língua do público, que concordou em chamar a majestade a sua frente de "o cara".
Público começou a chegar no Ginásio Poliesportivo logo no início da tarde.
Nem o sol, nem o calor da tarde de ontem impediram que os fãs chegassem cedo para o show. Às 13h, as primeiras pessoas despontaram na fila. Duas horas depois, o público já começava a contornar o ginásio.
Munido de livro e uma almofada, Augusto Dalpiaz, de 22 anos, um dos primeiros da fila, demonstrou que as canções do Rei atravessam gerações.
– Até acho legal essas novas músicas dele, mas sou fã mesmo das antigas, daquelas baladinhas românticas – resume o estudante.
Homenagem ao filho
Para pelo menos uma das pessoas da plateia, a noite teve significado duplo. Aos 50 anos, Laize Becker realizou o sonho de ver o maior ídolo pela primeira vez. No entanto, a florista que mora em Candelária, a cerca de 40 quilômetros de Santa Cruz do Sul, também foi ao Ginásio Poliesportivo para prestar uma homenagem. – Eu cantei a música Como é Grande o meu Amor por Você a vida toda para os meus dois filhos, e um deles morreu em um acidente, há cinco meses. Então, fiz questão de estar aqui por ele, já que não existe amor maior do que o de mãe, inclusive depois da morte – conta Laize.
Vestindo uma camiseta com a foto do filho Bruno, ela foi a primeira a chegar na fila do show e guardou lugar na arquibancada para a filha Anna, de 28 anos. Juntas, dizem que viveram uma das maiores emoções da vida durante o show do ReI.


fonte: Promoview Online - 11.04.2013
ROBERTO CARLOS DÁ INÍCIO À TURNÊ PELO ESTADO


Foi ao som de “Jesus Cristo” que Roberto Carlos encerrou, na noite de ontem (10/04), o primeiro show de sua nova turnê pelo Rio Grande do Sul. Cerca de seis mil vozes emocionadas cantaram junto com o Rei por quase duas horas em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, no Ginásio Poliesportivo.
Esse foi o primeiro de uma sequência de cinco shows que o Rei fará pelo Estado – passando ainda por Pelotas (13/04), Caxias do Sul (16/04) e Porto Alegre (19 e 20/04).
Foi uma noite de muitas emoções. Desde o apagar das luzes, às 21h40, a plateia mostrou seu amor ao cantor, que foi ovacionado com gritos, aplausos e flashes ao subir no palco.

Público
Vestido com o tradicional terno branco e camisa azul, Roberto Carlos esquentou o clima logo de início, cantando Emoções, e foi acompanhado pelo coro de um público visivelmente emocionado.


fonte: JB Online - 11.04.2013
ROBERTO CARLOS DEIXA A COSTA CRUZEIROS

Não é mais a Costa Cruzeiros a empresa responsável pelo projeto Emoções em Alto Mar de Roberto Carlos. Amiga da coluna, interessada em fazer o próximo, entrou no site e ficou surpresa: agora os passeios al mare com o Rei serão pela MSC.
E quem quiser ir que trate de correr: seja lá qual for a companhia, os cruzeiros com Roberto vendem mais do que tomate a R$ 1 o quilo. Roberto Carlos fará shows a bordo do MSC.


fonte: Fátima News Online - 11.04.2013
SERTANEJOS E ROBERTO CARLOS ESTÃO ENTRE OS QUE MAIS GANHAM COM MÚSICAS
Sorocaba (da dupla Fernando & Sorocaba), o inglês Roger Waters (Pink Floyd), que se apresentou no Brasil no ano passado, Roberto Carlos, Victor Chaves (da dupla Victor & Leo), Thiaguinho e Chico Buarque foram os seis compositores que mais receberam dinheiro do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) no Brasil pela execução de suas músicas em shows em 2012.
BALADA
No ranking de músicas mais tocadas, "Ai, Se Eu te Pego" (cuja autoria será definida pela Justiça), "Balada" (Cássio Sampaio), "Fugidinha" (Rodriguinho/Thiaguinho), "Sou Brabo" (MC Vitinho), "Zoar e Beber" (Marquinhos Maraial/Luizinho) e "Amor Noite e Dia" (Humberto) foram as mais bem colocadas em 2012.
SOBE O SOM
O Ecad distribuiu em 2012 R$ 470 milhões em direitos autorais para 106 mil músicos, cujas canções foram exibidas em shows, eventos, rádio, TV, sonorização ambiental e música ao vivo. Foi um aumento de 14% em relação a 2011. Nos últimos cinco anos, a distribuição de direitos autorais cresceu 73%.


fonte: G1 Online - 11.04.2013
ROBERTO CARLOS LEVA CERCA DE 5 MIL A SHOW EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Rei iniciou turnê de cinco apresentações pelo estado na quarta (10).
Pelotas, Caxias do Sul e Porto Alegre também recebem o cantor.

Roberto Carlos encerrou o show presenteando as fãs com suas rosas
A turnê de cinco shows de Roberto Carlos no Rio Grande do Sul começou na quarta-feira (10), em Santa Cruz do Sul. Cerca de 5 mil pessoas lotaram o Ginásio Poliesportivo da cidade da Região Central do estado, como mostra a reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV (veja o vídeo). O Rei ainda se apresenta em Pelotas, no dia 13, Caxias do Sul, dia 16, e Porto Alegre em duas datas: 19 de abril, em show para mil pessoas, no dia de seu aniversário, e no dia 20, na Arena do Grêmio.
Em Santa Cruz do Sul o rei levou fãs às lágrimas. Logo ao subir no palco, no início do espetáculo, poupou palavras. "Eu gostaria de dizer muitas outras coisas no início desse show, mas meu negócio não é falar, não. Meu negócio é cantar", disse. A canção que encerrou o show foi Jesus Cristo.
"Eu já assisti ao show uma vez. Quem quis vir foi minha filha. Ela tem 23 anos e adora Roberto Carlos", disse a psicóloga Lúcia Raquel de Oliveira na plateia, antes de o Rei subir ao palco. Os fãs também levaram homenagens ao ídolo. "Aqui tem uma declaração de amor para o Roberto Carlos. Desde a minha infância eu sou admiradora dele. Quero dizer para ele que este cara é ele mesmo", contou Jane Alves, com o cartaz em mãos.
Foram quase duas horas de show. Roberto Carlos levou a Santa Cruz do Sul os sucessos românticos da sua carreira. Para se despedir do público, o Rei entregou as tradicionais rosas. A cabeleireira Aline Jappe recebeu o presente, que teria um destino certo. "A última vez que o Roberto esteve em Santa Cruz eu era pequena. Lembro que a minha família não tinha condições de vir no show. Hoje a minha mãe tá aqui. Essa rosa eu vou dar pra ela. Não tem como não dar pra ela".


fonte: GAZ Online - 10.04.2013
UMA ESTRUTURA DE REI PARA O SHOW DO ROBERTO CARLOS
Equipes ocupam 63 quartos em dois hotéis de Santa Cruz. Mas cantor não ficará hospedado


Oito caminhões abastecidos com todo o materialnecessário, cerca de 150 pessoas envolvidas na produção e um cantor que atrai multidões. O show de Roberto Carlos, que ocorre hoje à noite, às 21 horas, no Ginásio Poliesportivo, em Santa Cruz do Sul, já está organizado. A apresentação do Rei faz parte de uma turnê que percorre Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante o mês de abril.
Em Santa Cruz desde domingo, as equipes de Roberto Carlos estão hospedadas em dois hotéis do município. São cerca de 41 quartos ocupados no Hotel Charrua e 22 quartos no Aquarius Hotel. O cantor, no entanto, não deve ficar hospedado. A previsão é de que ele chegue poucas horas antes de sua apresentação e vá embora logo depois.
Segundo a coordenadora de produção do evento, que trabalha na equipe de Roberto Carlos na Região Sul do País, Ana Leite, são 36 pessoas que integram a equipe técnica e mais 11 pessoas na equipe de produção. Os setores de limpeza, de segurança e de carregadores fazem parte da produção local, que varia conforme a estrutura de cada show. Para a apresentação em Santa Cruz, são oito pessoas responsáveis pela limpeza, 42 seguranças, 46 carregadores e seis bilheteiras. Nesse pessoal ainda não está incluída a equipe exclusiva do cantor, que conta com mais seguranças e motoristas.
As cadeiras, já dispostas pelo Poliesportivo, foram trazidas em dois caminhões. Outros três trouxeram o material para a montagem de toda a estrutura do palco, que se iniciou no domingo. Os cinco caminhões apenas descarregaram o material e se dirigiram a Pelotas, onde Roberto Carlos se apresenta no sábado. Por conta do Rei, são outros três caminhões. Nesses, se encontram os itens de cenário e artefatos para a apresentação.
Cinco geradores de energia devem garantir o controle de som e luz. Além disso, são cerca de 600 metros de grade para a organização das filas e divisão dos setores e mais 80 metros de tapume. Hoje pela manhã ainda serão feitos os últimos ajustes de som e iluminação. As 16 dúzias de rosas brancas e vermelhas que serão distribuídas durante o show, marca registrada do Rei, também serão trazidas na manhã de hoje da Central de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS), em Porto Alegre. Para as flores, um pedido especial: nada de espinhos e folhas.
Esta será a quinta apresentação de Roberto Carlos em Santa Cruz. Três delas ocorreram no Ginásio Poliesportivo entre as décadas de 1990 e 2000. O primeiro show foi no final da década de 1960, na Sociedade Ginástica, quando Roberto Carlos ainda fazia parte da Jovem Guarda. Foram colocados à venda 5.700 ingressos. Outras informações sobre o show você confere no suplemento Mix desta edição.


fonte: G1 Online - 06.04.2013
FÃS SE EMOCIONAM E RELEMBRAM MÚSICAS NO SHOW DE ROBERTO CARLOS
Cantor se apresentou na noite deste sábado (6) em Florianópolis.
Mais de 15 mil pessoas compareceram no estádio Orlando Scarpelli.

Roberto Carlos cantou sucessos como "Esse cara sou eu"
Avós, pais e filhos. Gerações inteiras assistiram ao show de Roberto Carlos em Florianópolis, neste sábado (6). O público começou a chegar ao Estádio Orlando Scarpelli por volta das 15h. Quando os portões foram abertos, pouco antes das 19h, milhares de fãs do cantor já estavam preparados. Roberto Carlos subiu ao palco às 21h45, enquanto o estádio lotado, com mais de 15 mil pessoas, entoava em coro "como é grande o meu amor por você".

Amigas fizeram cartaz para o Rei
As amigas Zelda Silva, Nilda Irene Martins e Benilde Starosky fizeram uma faixa para o Rei. As três chegaram ao show de automóvel Maverick, levadas por Murilo, filho de uma delas, que comprou os ingressos e ficou com a missão de levar e trazer as três, mesmo sem assistir a apresentação. Nilda, quando adolescente, lembra que o pai desligava o rádio quando tocava músicas de Roberto Carlos. Depois, cresceu comprando os discos de vinil. Acumula 26 e ainda tem uma vitrola, especialmente para ouvi-los. Assistiu ao primeiro show em 1978, após ir ao enterro de uma amiga. "Chorei o show inteiro, de tristeza e emoção", disse.

Irmãs Nadir e Maria Helena Koerich assistem ao quinto show de Roberto Carlos
Maria Helena e Nadir Koerich, de 60 e 61 anos, quase perderam a conta de quantas vezes foram ver shows do cantor. Esta é a quinta vez. Na camiseta, as duas traziam imagens delas com o cantor em shows. Em uma delas, do segundo show a que foram, na década de 1970, a foto ainda era em preto e branco.
Maria Helena é cadeirante e lembra que o Rei a convidou para ir no camarim no primeiro show, em Florianopolis. "Mas tinha um ferro na porta que impediu a passagem", lembra ela. Animadas, elas foram novamente ao show no dia seguinte, em Joinville. Maria Helena foi ao camarim nesta e outras vezes. Guardou dentro de livros as quatro rosas vermelhas que recebeu. "Uma vez cortei o cabelo, entrei no camarim e ele disse 'Maria Helena, você cortou o cabelo', contou ela, feliz por ver o ídolo novamente. Já a irmã lembra das músicas que mais gosta, por um motivo especial: "Gosto de 'As curvas da estrada de Santos', porque adoro dirigir, adoro velocidade. Aumento o volume e vou ouvindo enquanto dirijo", diz ela, que conheceu Roberto Carlos quando ainda era adolescente.
O cantor empolgou em músicas como "Esse cara sou eu" e "Nossa senhora". Sucessos como "Mulher pequena" também fizeram parte do repertório.


fonte: G1 Online - 05.04.2013
SHOW DE ROBERTO CARLOS NA CAPITAL ENCERRA TURNÊ EM SANTA CATARINA
Estrutura do show começou a ser montada no domingo de Páscoa.
Esquema de segurança foi montado para a apresentação, neste sábado (6).
Os preparativos para o show do cantor Roberto Carlos em Florianópolis já movimentam a capital catarinense. A turnê no estado será encerrada no show deste sábado (6), no estádio Orlando Scarpelli. O músico Jeovanny de Luch é fã do artista e conta as horas para assistir ao show do cantor.
A estrutura do espetáculo está sendo montada por centenas de operários. Até os funcionários que são responsáveis pela montagem do palco revelam a emoção de participar do momento. A estrutura do show começou a ser montada no domingo de Páscoa, dia 31 de março.
"São muitas emoções mesmo. E não é só a área de segurança, tem toda a logística de produção, tem muita gente envolvida", disse Sandro Melo Rodrigues, técnico de segurança do trabalho.
"Está no coração, principalmente no coração mesmo. Ele é nosso irmão, trata todos com carinho, do mais graduado ao mais simples. É uma figura humana maravilhosa", disse Genival dos Santos, diretor técnico do show.
Um esquema de segurança foi montado para o show. Seis ruas foram bloqueadas na região do Bairro Estreito e outras duas foram transformadas em acesso livre, levando os motoristas aos três estacionamentos do show. "Vamos fazer que quem veio com seu meio próprio de locomoção passe por um caminho mais curto e seguro e mais fácil até o Estádio Orlando Scarpelli", disse o major Sandro Cardoso da Costa, da Polícia Militar. Segundo a organização, ainda há ingressos disponíveis em todos os setores.


fonte: Diário do Nordeste Online - 04.04.2013
APROVADA PUBLICAÇÃO DE BIOGRAFIAS NÃO AUTORIZADAS
O cantor Roberto Carlos é um dos personagens de uma das mais recentes novelas
envolvendo biografias não autorizadas no Brasil:
ele conseguiu a proibição do livro "Roberto Carlos em Detalhes"

· na Justiça A Câmara dos Deputados aprovou, na última terça-feira, uma proposta que permite a divulgação de filmes ou publicação de livros biográficos sem autorização da pessoa biografada ou de sua família. Um dos casos mais recentes envolvendo a questão no Brasil foi o do livro sobre a vida do cantor Roberto Carlos. Ele conseguiu, na Justiça, a proibição da circulação de "Roberto Carlos em Detalhes", do jornalista e historiador Paulo César de Araújo.
A proposta foi aprovada em caráter conclusivo pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara. Se não for apresentado recurso em cinco dias para análise em plenário, segue para votação no Senado.
O projeto estabelece que "a ausência de autorização não impede a divulgação de imagens, escritos e informações com finalidade biográfica de pessoa cuja trajetória pessoal, artística ou profissional tenha dimensão pública ou esteja inserida em acontecimentos de interesse da coletividade".
Mudança
Atualmente, o Código Civil brasileiro libera divulgação de imagens e informações biográficas de personagens públicos em quatro situações: com autorização direta da pessoa exposta; necessidade da administração da Justiça; manutenção da ordem pública; ou consentimento de parente, se a pessoa exposta já tiver morrido.
O relator, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), defendeu a aprovação da medida. "O Projeto é de fundamental importância para garantir no Brasil, de um lado, a liberdade de expressão dos pesquisadores e autores e, de outro, o direito à informação de toda a sociedade brasileira. Com sua aprovação, a nação passa a poder conhecer melhor a sua própria história. Demos um passo fundamental nesta direção hoje".


fonte: Diário do Grande ABC Online - 04.04.2013
ESCRITORES COMENTAM PROJETO QUE TRATA DE BIOGRAFIAS

A aprovação pela Câmara dos Deputados, na terça-feira, da publicação de biografias não autorizadas foi classificada pelo historiador Paulo César Araújo como o primeiro passo para o estabelecimento da plena liberdade de expressão no Brasil. Araújo faz parte do time de pesquisadores e autores que viram o trabalho, no caso dele de 15 anos, na Justiça por iniciativa dos biografados ou, mais frequentemente, de seus herdeiros.
Ele é autor de "Roberto Carlos em Detalhes", obra lançada em dezembro de 2006 que vendeu 47 mil exemplares até que o retratado, descontente, fizesse um acordo com a Planeta cerca de seis meses depois do lançamento. Os livros foram recolhidos, a editora se comprometeu a não fazer uma nova edição e deu os 11 mil exemplares que restaram a Roberto Carlos. O autor, de mãos abanando, passou a frequentar festivais literários para falar sobre essa questão que já afligiu, aqui, Ruy Castro, João Máximo e Fernando Morais, entre outros.
"O que estava em ameaça era a sobrevivência de um dos mais populares gêneros literários, que é também uma obra de história. Como historiador, sei que alguém pode contar a história de uma sociedade por meio de suas estruturas econômicas e sociais, das lutas de classe ou a partir de seus personagens. E não existe uma biografia sem que o autor tenha a liberdade de escrever sem precisar falar com o personagem e também se não puder falar sobre a vida pessoal dele. Terá só um ensaio."
Hoje, quatro exemplares estão à venda no Estante Virtual por valores entre R$ 190 e R$ 360, mas Paulo César Araújo não ganha nada com isso. Ele espera agora a decisão final - a proposta ainda tramitará no Senado - para tentar publicar seu livro por outra editora.
A notícia da aprovação do projeto e a expectativa de que os senadores compartilhem da mesma opinião não vai contribuir diretamente para que outra biografia importante, e proibida, volte às livrarias. No início de março, as herdeiras de Noel Rosa desistiram do processo que moviam contra João Máximo e Carlos Didier, que lançaram, em 1990, "Noel Rosa - Uma Biografia", pela UnB. Foram cerca de 20 anos de batalha judicial. Os autores, portanto, teriam tranquilidade para procurar nova editora.
"Mas isso tudo chegou muito tarde para nós. Hoje os parceiros não têm uma opinião muito afinada com relação à possibilidade de reedição do livro. Não digo que ele não será reeditado, só que será mais difícil porque não temos o mesmo convívio", conta João Máximo. "Não tenho projeto para esse livro do Noel Rosa, a não ser que alguma editora se interesse a ponto de tentar uma reaproximação dos dois autores."
Máximo não acredita que alguma editora vai querer relançar seu livro porque não seria um projeto barato - o volume traz muitas fotos. Mas os leitores esperam. Os exemplares remanescentes da edição original chegam a custar até R$ 700 também no site Estante Virtual.
Recentemente, João Máximo teve problema semelhante. Ele quis reeditar "Gigantes do Futebol Brasileiro", de 1965, com perfis de 22 jogadores e a editora Civilização Brasileira exigiu autorização de todos. "Tive que ir atrás das famílias, a viúva de Jair Rosa Pinto não autorizou. As editoras ficam com muito medo dessas coisas." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo


fonte: R7 Online - 04.04.2013
ROBERTO CARLOS JÁ VENDEU 2 MILHÕES DE CÓPIAS DE COMPACTO COM ESSE CARA SOU EU
Álbum com quatro faixas tem o hit e um funk melody, além de suas regravações


Roberto Carlos mostra que quem é rei nunca perde a majestade. O cantor vendeu dois milhões de cópias do disco com a música Esse Cara Sou Eu, que está na trilha sonora da novela Salve Jorge (Globo) e foi lançado no fim do ano passado.
A música do personagem Theo (Rodrigo Lombardi) alavancou as vendas do compacto composto por quatro únicas faixas, duas inéditas e duas regravações.
O álbum atingiu a marca dos 1,5 milhão de CDs vendidos, além de ter registrado mais de 500 mil downloads no iTunes, em cerca de dois meses nas prateleiras.
A outra inédita é Furdúncio, que assim como Esse Cara Sou Eu é uma parceria do Rei com Erasmo Carlos. A música chama a atenção por ser um funk melody.
Vale lembrar que o Rei promete um CD inteiro de inéditas. Esse compacto é só o aperitivo.


fonte: Blog Sidney Rezende - 03.04.2013
EIKE E ROBERTO CARLOS DIVERGEM SOBRE REVITALIZAÇÃO DA MARINA DA GLÓRIA
Uma nova audiência pública para discutir o projeto de revitalização da Marina da Glória ocorreu nesta terça-feira na Câmara do Rio. O empresário bilionário Eike Batista quer construir um shopping e centro de convenções na região.
Entretanto, 400 proprietários de barcos, dentre eles o cantor Roberto Carlos, teriam que deixar o local. O "rei", que ancora seu iate "Lady Laura" no local, não quer retirá-lo de lá. O diretor de uma das empresas de Eike, a Rex, Marco Adnet, prometeu o fim do esgoto na Marina e a criação de áreas de circulação públicas, como calçadões, ciclovias e parques.
Em 2009, a EBTE, antiga concessionária da Marina, foi condenada em processo judicial por alterações como grades, edificações provisórias e lojas. Por lei, o local deve voltar a apresentar características que possuía em 1965, ano de seu tombamento pelo Patrimônio Histórico.


fonte: G1 (Santa Catarina) - 03.04.2013
ROBERTO CARLOS PEDE 15 DÚZIAS DE ROSAS PARA CADA SHOW EM SC
Cantor solicitou 144 rosas vermelhas e 36 rosas brancas.
Apresentações ocorrem em Joinville, Blumenau e Florianópolis.

Rei entregou as tradicionais rosas para os fãs
O cantor Roberto Carlos deve entregar aos fãs pelo menos 15 dúzias de rosas durante cada show em Santa Catarina. As apresentações no estado ocorrem em Joinville, nesta quarta (3), nesta quinta (4), em Blumenau, e em Florianópolis, neste sábado (6). De acordo com os organizadores, o pedido inclui 144 vermelhas e 36 brancas por cidade.
Os shows serão de uma hora e quarenta minutos, duração que pode ser maior, de acordo com a intervenção do cantor com o público. Já o repertório da turnê será definido em Joinville, no primeiro show. Porém, ele já confirmou músicas como 'Detalhes', 'Esse Cara Sou', 'Eu te Amo, Te amo ,Te Amo', 'Além do Horizonte'.
Ainda conforme a empresa que organiza o show, o público esperado é cerca de 30 mil pessoas. Nesta quinta-feira (4), a apresentação será em Blumenau, no Parque Vila Germânica. Para esta apresentação e a de Florianópolis, sábado (6), ainda há ingressos disponíveis.
As pessoas interessadas em assistir ao show de Roberto Carlos também podem concorrer a um par de ingressos participando dapromoção do G1. Para participar, basta enviar um vídeo sobre o tema: “Por que o Rei mudou a minha vida?”. Os interessados podem participar até as 12h do dia 5 de abril. Os vídeos deverão ter no mínimo 30 segundos e no máximo um minuto de duração.


fonte: O Dia Online - 03.04.2013
BRIGA DE EIKE BATISTA E ROBERTO CARLOS TEM NOVO ROUND
Empresário promete melhorias em audiência. Cantor diz que iate não sairá de marina

Galerias da Câmara foram tomadas por partidários contra e a favor do projeto de revitalização da Marina
A briga de reis em que se transformou o projeto de revitalização da Marina da Glória ganhou mais um round nesta terça-feira, em audiência pública na Câmara do Rio. De um lado, o rei Roberto Carlos, que ancora o seu famoso iate Lady Laura na Marina e, junto com outros 400 proprietários de barcos, como O DIA noticiou em 23 de fevereiro, seria obrigado a deixar o local. Do outro, o bilionário Eike Batista, que quer construir um shopping e centro de convenções na região.
Nesta terça-feira, por meio do diretor de uma de suas empresas, a Rex, Marco Adnet, Eike abriu o baú de promessas, e o fim do esgoto na Marina e a criação de áreas de circulação públicas, como calçadões, ciclovias e parque, hoje inexistentes, foram citados como melhorias com as obras planejadas. Mas não convenceu a plateia na Casa. E o assunto voltará a ser tema de debates em novas audiências do Ministério Público e da Alerj.
O que o representante de Eike não disse é que todas as alterações feitas pela EBTE, antiga concessionária da Marina — grades, edificações provisórias e lojas —, foram condenadas em processo judicial de 2009. Por Lei, a Marina tem que voltar a ter as características que possuía no ano de seu tombamento pelo Patrimônio Histórico: 1965.
“Estamos aqui em audiência pública sem planta ou qualquer documento oficial, sem processo administrativo para avaliar. Disseram que o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) aprovou previamente o projeto, mas, até agora, nada foi publicado em D.O”, questionou a ex-vereadora e advogada Sonia Rabello.
Funcionários da Marina, que não quiseram se identificar, disseram que Roberto já decidiu não tirar seu iate da Marina, mesmo que, para isso, precise ir à Justiça. A assessoria do cantor foi procurada, mas não retornou os contatos.
"Promete o que não pode cumprir"
“O projeto deles acaba com os lugares destinados a pequenas e médias embarcações. Não pudemos explicar isso, mas vamos fazê-lo e recorrer a todas instâncias judiciais possíveis contra esse absurdo”, disse o presidente da Associação dos Usuários da Marina da Glória (Assuma), o advogado José Fernandes. Das cerca de 200 vagas secas, Eike quer manter apenas 50 e para veleiros. Em troca, promete ampliar as atuais 180 vagas no mar para 450. “Ocorre que, para isso, ele terá que construir píeres fora da área aforada, ou seja, está prometendo o que não pode cumprir”, questionou Fernandes


fonte: Jornal Santa Catarina Online - 01.04.2013
ENTREVISTA DE EDUARDO LAGES
Como você e o Roberto Carlos se conheceram?
Eduardo Lages — Aos 11 ou 12 anos, já tocava piano muito bem. Mas, por causa de um acidente que me deixou com uma limitação em um dos tendões da mão esquerda, achei que jamais seria um grande pianista clássico. Comecei, então, a ir para a música popular e, depois, entrei para um grupo chamado MAU (Movimento Artístico Universitário) do qual participavam Ivan Lins, Gonzaguinha, Aldir Blanc e outros. Na época, fomos contratados pra fazer o Som Livre Exportação, e eu entrei como arranjador. Depois de um ano, quando terminou o programa, fui contratado para ser maestro da TV Globo. Fazia o Fantástico, que na época era um programa musical, e o Globo de Ouro, de paradas de sucesso. Então, o Roberto Carlos estava lá toda semana, fosse em primeiro, segundo ou terceiro lugar. Foi aí que o conheci, em 1977.

Vocês logo começaram a trabalhar juntos?
Lages — Em 1978, ele me convidou pra ser maestro dele, já que, a partir daquele ano, queria fazer todos os shows com orquestra e achou que eu tinha perfil. Hoje, tenho por volta de 2,5 mil shows com ele. Ainda fiquei muito tempo na TV Globo, mas, depois de 18 anos, com tantas viagens com o Roberto, tive que sair.

Você também compõe músicas para o Roberto?
Lages — Entre os 18 e 25 anos, me dediquei muito a compor. Participei de vários festivais, ganhando uns e não ganhando outros. Com a proximidade, também me dediquei a fazer músicas para o Roberto e hoje tenho composições minhas gravadas por ele.

O que faz com que essa parceria já dure mais de 30 anos?
Lages — Muita transparência. Além de tudo, a gente é amigo. Existe um respeito mútuo, uma compreensão e, de minha parte, uma admiração muito grande pelo trabalho do Roberto Carlos. É uma parceria que, depois de tantos anos, a essa altura da vida, é muito difícil que venha a terminar. Apesar de eu ter meu trabalho solo, ele representa 70% da minha vida profissional e está presente, de certa forma, até na minha casa, pelo amor e admiração que minha família tem. Ele faz parte da nossa vida.

Quando se trata da música, a decisão final é sua ou dele?
Lages — Sempre levo ideias. Faço a maior parte dos arranjos, tanto nos shows como nos discos, inclusive os projetos especiais, como Jerusalém e Elas Cantam Roberto Carlos. Tudo relativo à parte artística e musical tem, de certa forma, a minha participação como maestro e arranjador. Nos shows é onde atuo mais, criando algumas coisas. Claro que a última palavra é dele, mas, depois de tantos anos, a aceitação que ele tem pelo meu trabalho é muito grande.

A que você atribui a durabilidade do sucesso de Roberto Carlos?
Lages — Roberto é o maior ídolo desse país. Acho, inclusive, que é o maior artista popular do Brasil de todos os tempos. Acredito que seja pela coerência com que ele leva a carreira e também porque está sempre inovando. Ele mantém a grandiosidade e, por isso, se destaca. Os ídolos vêm e vão, e o Roberto continua.


fonte: O Globo Online - 25.03.2013
ESQUEMA DE SEGURANÇA PARA SHOW DE ROBERTO CARLOS É DEFINIDO EM SC
Modificações no trânsito também foram discutidas nesta segunda-feira (25).
Cerca de 200 policiais, além de agentes privados, vão atuar no evento.
Integrantes de diversas entidades de Segurança de Santa Catarina se reuniram nesta nesta segunda-feira (25) e definiram o esquema de segurança para o show de Roberto Carlos em Florianópolis, no dia 6 de abril. Também foram definidas alterações no trânsito.
A reunião foi no Estádio Orlando Scarpelli, mesmo local do show. Representantes da Polícia Militar, Bombeiros e das delegacias de polícia do Estado discutiram como funcionará a segurança e o trânsito no dia do evento. As ruas ao redor do estádio serão interditadas às 12h do dia 6 e reabertas após a apresentação. Neste período, somente pedestre terão acesso no perímetro do evento. Além disso, estacionamentos oficiais serão montados e bolsões de ônibus na Beiramar continental, que vão auxiliar no transporte do público.
Conforme a empresa que organiza o show, um efetivo de cerca de 200 membros da Polícia Militar vão trabalhar junto com agentes privados. O trânsito também vai ter alterações, sobretudo em ruas próximas, que serão fechadas. São esperadas 20 mil pessoas. Para saber mais sobre o evento,


fonte: Revista Exame Online - 19.03.2013
6 GRANDES DISCOS DA CARREIRA DE ROBERTO CARLOS
Os melhores momentos da carreira discográfica de um dos maiores cantores da história brasileira

Roberto Carlos: cantor, que deve completar 72 anos em abril, já lançou 41 álbuns de estúdio
São Paulo - Alguém que não nasceu na nobreza e é chamado de rei merece atenção.Roberto Carlos deixou a modestíssima Cachoeiro de Itapemirim (ES) para trás e atravessou cinco majestosas décadas entre shows, filmes, especiais para a televisão e fez valer o tal poderoso apelido.
Às portas de completar 72 anos – ele nasceu no dia 19 de abril – e com impressionantes 41 álbuns de estúdio, Roberto, como retrata a matéria de capa do mês de Alfa, parece ter voltado a sorrir.
Passa por uma fase mais tranquila, contente com seu reinado e se dá o legítimo direito de ocupar o trono da nossa música popular. Ninguém foi capaz de sintetizar os sentimentos mais comuns a todos – súditos ou não, domésticas ou megaempresários – que ele: saudade, tristeza, alegria, ciúme, amor e traição.
Da tentativa frustrada do início de carreira em seguir os passos de João Gilberto e se tornar cantor de bossa nova ao patamar de grande crooner nacional, o nosso Tony Bennett. Os melhores momentos da carreira discográfica do maior cantor de nossa história você confere nas próximas linhas.
Roberto Carlos (1966) - O primeiro disco após o estouro da Jovem Guarda é para muitos o mais completo do artista. Com referência aos Beatles na capa – repare na semelhança com “With The Beatles”, o segundo dos Fab Four – e no som, a parceria Roberto-Erasmo chega ao ápice do rock chiclete despretensioso e direto.
Tudo emoldurado pelo hammond esperto de Lafayette, músico trazido novamente ao showbizz nos últimos anos por Gabriel Thomaz, líder da simpática banda carioca Autoramas. “Querem Acabar Comigo”, “Eu Te Darei o Céu”, “Nossa Canção”, “Negro Gato”, “Esqueça”, “Namoradinha de Um Amigo Meu” e “É Papo Firme”. Quer mais?
Em Ritmo de Aventura (1967) - Com (muito) dinheiro no bolso, sucesso avançando os limites geográficos brasileiros e ainda cheio de ideias na cabeça, Roberto segue firme os passos dos astros pop do exterior. Se era moda músicos irem parar no cinema, o que faria o rei não entrar nessa também?
“Como É Grande O Meu Amor Por Você”, “Eu Sou Terrível”, “De Que Vale Tudo Isso”, “Por Isso Corro Demais”, “Você Não Serve Pra Mim” e “Quando” entram em qualquer lista séria do melhor do rock nacional. Essa última, aliás, ganhou clipe filmado no telhado do edifício Copan, em São Paulo. Lembra alguma coisa?
O Inimitável (1968) – O último grande disco que ganhou nome – o título é referência aos seguidores, digamos, com menor qualidade musical que se proliferavam na época – abre também seu espectro artístico. Os primeiros traços da melancolia que tomaria conta dos clássicos da década de 1970 começam a dar mostras por aqui – vide “Eu Não Vou Mais Deixar Você Tão Só” e “As Canções Que Você Fez Pra Mim”.
Mas o outro lado da moeda também aparece. A admiração pelo soul americano dá suas caras em “Se Você Pensa”, “Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo” e “Ciúme de Você”, os hits inevitáveis da vez. Corais no estilo Motown e arranjos de sopros também têm sua première.
Roberto Carlos (1969) – A Jovem Guarda é coisa do passado, bicho. Lá estava o cantor mais popular do país cabisbaixo, quase desolado, numa praia deserta. “As Flores do Jardim de Nossa Casa”, “Sua Estupidez” e “Diamante Cor-De-Rosa” mostram a preocupação com os arranjos tomando uma forma mais séria.
Na outra ponta, o hit “As Curvas da Estrada de Santos” (que ganharia versão de Elis Regina) e as animadas “Nada Vai Me Convencer” e “Do Outro Lado Da Cidade” mostram que podia dar sol na vida do rei. Há ainda espaço para o amigo Tim Maia – até então desconhecido -, de quem Roberto toma emprestado o funk “Não Vou Ficar”. Obrigatório.
Roberto Carlos (1971) – Se você acaba de sofrer uma desilusão amorosa, mantenha distância de uma das maiores obras da história da música brasileira. Em votação popular organizada pelo jornal O Estado de S. Paulo no ano passado, o “Álbum Branco” de Roberto conseguiu a terceira colocação.
Talvez merecesse a medalha de ouro. Nos pouco mais de 43 minutos de disco não há um único eco do roqueiro do início de carreira. Mesmo assim, mais da metade das canções foram executadas ao limite do suportável na época do lançamento.
O petardo carrega nada menos que “Debaixo dos Caracóis Dos Seus Cabelos”, “Amada, Amante”, “Todos Estão Surdos”, “Como Dois e Dois” – presente do amigo Caetano Veloso direto do exílio londrino – e “Detalhes”, uma das canções mais regravadas da história do Hemisfério Sul.
Roberto Carlos (1972) – Sequência de alta qualidade do trabalho do ano anterior, tanto na capa quanto nos temas apresentados. “Coisas da vida”, diz ele em “À Janela”. E deveria ser uma vida não muito colorida, convenhamos.
Conflitos conjugais, dor de cotovelo, rupturas familiares, devaneios religiosos… Problemas de gente grande, afinal. Tudo só poderia acabar num divã, nome dado ao ponto mais alto do disco e, quiçá, de toda a trajetória como compositor.


fonte: O Fuxico - 16.03.2013
ALÉM DE GRAVAR CD PARA BALADA, ROBERTO CARLOS COGITA USAR VERMELHO
O cantor divulga em maio o CD Reimixed, com músicas remixadas por um DJ
Roberto Carlos está de olho no público jovem. E, para isso, prepara-se para lançar em maio o CD Reimixed, com batidas debalada, remixadas por um DJ. Segundo disse o empresário Dody Sirena à revista Alfa, o cantor está tão animado, que até cogita trocar o tradicional azul e branco por um figurino vermelho.
“Descobrimos que 30% do público de seus shows é composto por jovens. Roberto está bastante animado”, declarou Dody à publicação.
Na nova fase, o rei aparece com os dentes alvíssimos e a pele bronzeada, fruto do banhos de sol que toma todos os dias.
A cabeleireira do cantor, Adriana Santos, revela que ele está com hábitos renovados e que até a chamou para uma escova de gloss durante a noite.
“Ele tem trabalhado durante a noite. Numa delas, me chamou para fazer escova de gloss. Pedimos uma pizza e ele deixou os talhares de lado. Disse que pizza era gostoso comer com as mãos.”
Vale lembrar que em 2012 Roberto Carlos se arriscou no funk mélodico Furdúncio.


fonte: Tribuna Hoje Online - 15.03.2013
'NÃO DÁ PARA VIVER SEM BEIJO NA BOCA', DIZ ROBERTO CARLOS À REVISTA
Roberto Carlos, 71, estampa a capa da edição de março da revista "Alfa", lançada nesta sexta-feira (15).
À publicação, o cantor falou do sucesso da música "Esse Cara Sou Eu", e também da sua vida, agora que tem mais de 70 anos.“Não dá para viver sem beijo na boca e sem sorvete”, disse, quando questionado se estava solteiro.
O cantor não assume nenhum relacionamento desde a morte de sua esposa Maria Rita, em 1999. Recentemente, Roberto Carlos falou quais qualidades uma mulher precisa ter para conquistá-lo.
"Isso é muito difícil de estabelecer, porque quando a gente ama, a gente ama o que tem, o que vê, o que sente. Às vezes a gente até se apaixona pela pessoa errada e se acostuma... Mas a mulher tem que ser simplesmente ela, oferecer o que tem do jeito dela, e também tem que ser romântica e ter personalidade", confessou.
A música "Esse Cara Sou Eu" se tornou um dos grandes sucessos do verão, depois de aparecer na trilha sonora da novela "Salve Jorge".


fonte: O Globo (coluna Ancelmo Gois) - 08.03.2013
O CARA SEM LUZ
No temporal de terça, o prédio onde mora Roberto Carlos, na Urca, ficou... 15 horas sem luz. O rei subiu cinco andares de escada e passou a noite sem ar-condicionado.


fonte: Folha de São Paulo Online - 05.03.2013
ROBERTO CARLOS NÃO CANTOU AO VIVO NO 'DOMINGÃO DO FAUSTÃO'
A participação de Roberto Carlos no "Domingão do Faustão" (Globo) parecia, mas não era ao vivo. O cantor gravou sua participação antes do programa entrar no ar, mas a edição ficou perfeita. O que motivou a gravação foi a demorada montagem da orquestra no palco. O programa bateu recorde de audiência com o troféu "Melhores do Ano". A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta terça-feira (5).


fonte: Caras Online - 03.03.2013
ROBERTO CARLOS RECEBE PRÊMIO ESPECIAL NO 'DOMINGÃO DO FAUSTÃO'
De volta ao 'Domingão do Faustão', Roberto Carlos fala do sucesso de suas músicas em 'Salve Jorge'
e recebe o troféu de 'Personalidade da Música'

O cantor Roberto Carlos (71) voltou ao palco do Domingão do Faustão neste domingo, 3, para mais uma homenagem. Depois de receber o troféu Mário Lago no final de 2012, agora, ele levou para casa o Melhores do Ano Especial - Personalidade da Música pela sua carreira na música brasileira. Cantando seus sucessos que estão na trilha sonora deSalve Jorge, Furdúncio e Esse Cara Sou Eu, ele embalou o final da entrega dos prêmios Melhores do Ano para os atores da emissora.
“É um orgulho muito grande, prazer imenso de receber esse troféu, é o mais importante da minha vida, é um momento especial da minha carreira. Quero agradecer a todo mundo que contribuiu com a minha carreira, meus amigos, família, produtores, meu empresário. E tenho um agradecimento especial a Gloria Perez, que me deu a oportunidade de mostrar essa canção na novela Salve Jorge e, com certeza, contribuiu muito para que a gente tivesse um sucesso a esse nível. A novela é muito importante para o sucesso desta música”, afirmou.
Durante a conversa com Fausto Silva (62), o Rei ainda brincou com as suas superstições com o número 13. “Esse ano não dá pra driblar e passar por cima. Não posso sofrer mais”, afirmou ele, contando ainda a origem das músicas.“Furdúncio foi feita no dia que eu ouvi essa palavra. Consultei meus amigos, que disseram: ‘Não sei o que quer dizer, mas a palavra é legal’”, declarou. Já a canção Esse Cara Sou Eu foi uma doce surpresa para o cantor. "É uma sensação maravilhosa, por onde eu passo, ouço: ‘Olha o cara aí’ [risos]. No camarim me perguntaram: ‘Você é o cara?’, e eu disse: ‘Não, meu filho, estou tentando’. É uma vontade, um empenho para ser esse cara, acho que um dia eu chego lá”.
Ao cantar essa música no palco, emocionado, o Rei até errou a letra, mas a plateia o ajudou embalando a canção em coro.


fonte: Domingão do Faustão Online - 03.03.2013
FAUSTÃO SOBRE O HOMENAGEADO ROBERTO CARLOS: 'ELE VIVE UM MOMENTO DE GLÓRIA'.
Rei estará no programa recebendo uma prêmio pelo sucesso de suas novas músicas

Uma das novidades do Melhores do Ano é a presença do Rei Roberto Carlos. Aos 71 anos, ele continua no ápice do sucesso com músicas nas paradas: "Esse cara sou eu" e "Furdúncio". Para Faustão, os hits do Rei fizeram com que sua imagem se renovasse.
"O que aconteceu, em 2012, com o Roberto Carlos é digno de história, e muito raro. Só mesmo o maior nome da história da música brasileira, aos 71 anos, fazer o que está fazendo. Duas músicas de competência e de talento, mas principalmente renovou a imagem dele, como também conquistou um novo público. E isso dá a ele mais responsabilidade e muito mais energia. Ele vive um momento de glória. Um momento de muita satisfação."
Além do Rei, o Melhores do Ano recebe grandes nomes da dramaturgia, música e jornalismo da TV Globo. Todos eles terão a oportunidade de se conhecer melhor no lounge feito especialmente para eles. "Tão importante quanto este troféu, que o público, você de casa, vota, pela internet participa ativamente, é a confraternização. Nem sempre essa galera se encontra. Hoje eles têm que ficar numa concentração durante umas três horas de programa. E tem a chance de você ver o pessoal do sertanejo conversando com gente do jornalismo. O pessoal do jornalismo com o pessoal da novela. E essa confraternização do talento brasileiro é muito importante, é claro", conclui Faustão.


fonte: Diário Catarinense Online - 02.03.2013
INGRESSOS PARA SHOW DE ROBERTO CARLOS EM JOINVILLE TERÃO DESCONTO PARA ASSOCIADOS DO CLUBE DO ASSINANTE
Cem primeiras pessoas com cartão do clube terão redução de 50% no valor da entrada

A última vez em que Roberto Carlos esteve em Joinville foi em 2005 no Centreventos Cau Hansen
Os ingressos para o show de Roberto Carlos em Joinville começam a ser vendidos nesta segunda-feira para o público em geral. Os valores variam entre R$ 60 e R$ 350 e os assinantes de "A Notícia" terão descontos especiais.
Os cem primeiros assinantes com cartão do Clube do Assinante AN, que comprarem ingressos na loja Havan do Joinville Garten Shopping, terão desconto de 50% para o titular.
Os demais assinantes com cartão do clube terão ingressos 10% mais baratos para titular e acompanhante. A promoção é válida para todos os setores do Centreventos Cau Hansen, com exceção do azul.
A apresentação do Rei ocorre no dia 3 de abril, a partir das 21 horas, no Centreventos Cau Hansen. Os passaportes estão à venda pelo site Ingresso Rápido, na loja Havan do Joinville Garten Shopping e pelo telefone (47) 4003-1212.
Os ingressos custam R$ 60 para o segundo piso da arquibancada e camarotes frontais. O primeiro piso da arquibancada custa R$ 100. O setor amarelo tem o valor de R$ 250, enquanto os camarotes laterais R$ 300 e o setor azul R$ 350.
Esta vai ser a quinta vez em que Roberto Carlos se apresentará em Joinville. A última passagem foi em 2005, também no Centreventos Cau Hansen. O show deste ano faz parte da turnê do Rei pelo Sul do País e é uma promoção do Grupo RBS, uma coprodução da Engage Eventos e realização da DC Set Promoções.
Ainda em abril, ele se apresenta em Florianópolis, Blumenau, Porto Alegre, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e Pelotas.


fonte: Blog Antônio Aguillar - 24.02.2013
ROBERTO CARLOS FOI PROIBIDO DE CANTAR NA IGREJA!
Recebi recentemente do Antonio Aguillar, este arquivo gravado por ele em 1968, quando Roberto Carlos estava compondo músicas sacras e a primeira delas havia sido a hoje tão famosa “Jesus Cristo”.
Essa matéria foi publicada no jornal “O Estado de São Paulo” e na “Gazeta”.
Na época o Cardeal Arcebispo de São Paulo era Agnello Rossi e Roberto Carlos havia pedido para Antonio Aguillar que interferisse por ele junto ao cardeal, pois estava querendo se casar com Cleonice Rossi, uma mulher desquitada, mais velha que ele, com uma filha pequena, e se conquistasse o clero, talvez pudesse se casar na igreja.


Porém, seu intento não deu certo, conforme a negativa do arcebispo sobre a presença de Roberto no templo cantando.
Nas duas fotos a seguir, as páginas dos jornais A Gazeta e o Estadão, onde Roberto Carlos está concedendo entrevista sobre o assunto – eles falam sobre a música sacra.

Roberto Carlos concedendo entrevista sobre o assunto e os jornais A gazeta e o Estadão que falam sobre a composição sacra

Desta forma, Roberto se casou com Nice na Bolívia, em Santa Cruz de La Sierra, por ela ser desquitada e no Brasil não havia divórcio ainda naquela época; só foi assinada a lei do divórcio no Brasil em 1977.

Nesta foto, Antonio Aguillar conversa com Dom Agnello Rossi, a pedido de Roberto Carlos, Dom Agnello, que exerceu esta função de 01 de novembro de 1964, quando da sua nomeação pelo Papa Paulo VI para Arcebispo de São Paulo, até 22 de outubro de 1970, quando foi chamado a servir a Igreja na Cúria Romana.

Aguillar com o Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Agnello Rossi
Depois disso Roberto Carlos fez as canções “Jesus Cristo”, “Nossa Senhora” e outras mais neste estilo. Se fosse hoje ele cantaria em qualquer igreja, pois os próprios padres estão cantando e gravando suas músicas, inclusive o Pe. Antonio Maria gravou com ele a musica Jesus Cristo…
E o próprio Roberto cantou para o papa João Paulo II, em 1997…
Na época isso foi muito comentado porque o assunto acabou virando manchetes em dois jornais de grande circulação. Disse-me o Antonio Aguillar que Roberto sempre foi uma pessoa muito religiosa e desejava estar bem com o clero de qualquer forma. Tanto é verdade que no decorrer do tempo, ele acabou ganhando um medalhão de uma irmã de caridade e a ostentou pendurada no pescoço durante muitos anos. Depois fez amizade com padres que estavam na mídia, como os padres Marcelo Rossi, Antonio Maria e outros.
Porém, não conseguiu se casar na igreja porque era uma coisa impossível. Se isto ocorresse criaria um escândalo e o clero ficaria desmoralizado.
“Quando o Roberto conversa comigo no camarim, a gente fala dessas passagens de sua vida. Ele se lembra ate hoje. Quando entro no camarim, a primeira coisa que ele faz é abrir os braços para me abraçar e num largo sorriso grita: ALO JUVENTUDE FELIZ E SADIA… que é a frase que eu usava na abertura dos meus programas de radio e televisão da época.” (Antonio Aguillar)
O Pe. Antonio Maria cantando Jesus Cristo com Roberto Carlos ficou bonito, mas naquele tempo era tabu a participação de um padre cantando esse tipo de musica. Só depois que os evangélicos começaram a cantar em suas igrejas é que os padres também seguiram esse mesmo caminho, porque a musica é uma forma de influenciar as pessoas a seguirem suas religiões.
Hoje o Pe. Antonio Maria acompanha Roberto Carlos no Cruzeiro que realiza nos finais de ano, e neste mais recente, em dezembro de 2012, ele rezou missa na capela para os passageiros, e aproveito para mostrar esta foto dele com o casal Aguillar.

Curiosidades sobre o Início da Carreira do Rei da Juventude, Roberto Carlos!
Geraldo Alves foi o primeiro empresário artístico de Roberto Carlos. Ele é de Limeira, interior de São Paulo, onde era açougueiro e acordeonista. Nos circos tocava acordeom e Roberto com seu violão, cantava para fazer algum dinheirinho para o dia-a-dia de sua vida, isso nos tempo das “vacas magras”…

Geraldo Alves
Roberto Carlos foi uma das atrações do “Quem tem medo da verdade”, programa sensacionalista que foi ao ar entre os anos de 1968 e 1971 pela TV Record.
Apresentado por Carlos Manga, o programa julgava o artista convidado, se ele era culpado ou inocente, após uma bateria de perguntas feita pelo júri do programa (GB , Silvio Luis e Cléssius Ribeiro, entre outros). Cada participante tinha um advogado de defesa e, no caso do Roberto, foi o apresentador Silvio Santos.
Segue um vídeo do programa, que foi reprisado pelo Arquivo Record, e exibido originalmente em 1970.
Entre outras coisas, tivemos a oportunidade de saber que a canção “Namoradinha de um Amigo Meu” ele escreveu para os Beatniks gravarem…
Nesse trecho, Silvio Santos apresenta sua defesa a favor de Roberto Carlos. Este raríssimo vídeo foi exibido no programa “Em nome do amor”, do SBT, em 03-01-1999, quando o Rei foi liberado pela Rede Globo para ir receber seus troféus Imprensa, premio máximo da televisão brasileira.


fonte: O Dia - 23.02.2013
IATE DO REI ROBERTO PODE SER DESPEJADO DE MARINA
Projeto de Eike Batista, que prevê centro de convenções e shopping na Marina da Glória, desalojaria o famoso ‘Lady Laura IV’, assim como outras embarcações
Rio - O festejado iate "Lady Laura IV", do cantor Roberto Carlos, pode ser despejado, tendo que procurar um novo cais para ancorar. Não que o rei esteja inadimplente com aluguéis.
É que a Marina da Glória — porto seguro que há anos abriga a imponente embarcação que leva o nome da mãe do rei Roberto — está prestes a se transformar num megacentro de convenções e shopping. Pelo menos é o que pretende outro rei, Eike Batista, midas no mundo dos negócios.
Contra o projeto do Rei de Ouros, Eike, já se levantam súditos do Rei de Copas, o romântico Roberto Carlos. São pessoas que também ancoram suas lanchas e barcos na Marina e serão as mais prejudicadas no duelo de titãs na orla carioca.

'Lady Laura IV, iate de 120 pés de Roberto Carlos, é a embarcação mais famosa da Marina da Glória, que está na mira do empresário Eike Batista
Para onde vão os barcos?
O DIA teve acesso à planta do empreendimento e a submeteu a uma análise da arquiteta Andréa Redondo, ex-subsecretária municipal de Urbanismo. “Algumas perguntas ficam no ar. Por exemplo, para onde vão os barcos?”, questiona Andréa.
É uma boa pergunta. Os usuários da marina contam hoje com rampa para a entrada e saída de barcos de pequeno e médio porte e dique seco para reparos nas embarcações. Eles temem que a obra de Eike acabe com esses espaços para a construção de estacionamentos.
“Extraoficialmente, o que se sabe é que não haverá mais as vagas secas, mas a EBX (empresa de Eike) não apresentou o projeto aos interessados. Caso isso se confirme, vamos à Justiça, e certamente haverá uma enxurrada de processos”, alertou o ex-secretário de Justiça José Fernandes, que tem um barco na marina.

Se projeto de Eike Batista para marina for aprovado, Roberto pode perder seu iate
Nesta sexta-feira, o temor dos donos de embarcações aumentou com informação que circulou na página Prédios Históricos no Facebook de que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Brasília, pré-aprovara o empreendimento.
Projeto afetaria o mercado náutico do Rio
O projeto de Eike Batista prevê a construção de quatro píeres para grandes embarcações. “A Marina da Glória deixa de existir, e isso é inaceitável. Ali é um parque público. Seria o mesmo que construir centro de convenções e shopping no Parque Madureira ou nas areias de Copacabana”, protesta a arquiteta Andréa Redondo.
Na avaliação do capitão de mar-e-guerra da reserva Edmar Moreira, o iate do rei Roberto, de 120 pés, é considerado um barco de médio porte. “Isso prejudicaria cerca de 300 a 400 donos de barcos diretamente e afetaria todo o mercado náutico do Rio”, afirma.
A assessoria de Roberto Carlos disse que o rei preferiu não comentar o assunto. Já a assessoria de Eike informou, por nota, que “o projeto de revitalização da Marina da Glória contempla melhorias e será apresentado tão logo aprovado”.


fonte: Notícias BR Online - 21.02.2013
ROBERTO CARLOS COMPRA MANSÃO NOS ESTADOS UNIDOS

Segundo informações que vazaram na mídia essa semana sobre o cantor Roberto Carlos, o rei acabou comprando uma mansão nos Estados Unidos e tudo indica que ele já está organizando uma imensa festa para inaugurar o local. Na festividade vai haver muito champanhe e também muito camarão. Para completar a comemoração haverá até mesmo ex-affairs do cantor que já foram colocadas na lista de convidados. Todas as informações que saíram na mídia ainda não foram confirmadas pela assessoria de Roberto Carlos.
Tudo indica que o cantor está mesmo com a bola toda e com os bolsos cheios de dinheiro, já que a mídia divulgou uma informação que garante que ele comprou uma cobertura que vale R$ 15 milhões e está localizada de frente para o mar, na Barra, em Salvador. Segundo as informações a construtora previu a entrega do imóvel que tem um pouco mais de 600 metros quadrados para o ano de 2014. O apartamento terá pelo menos cinco suítes, todas com varandas e mais uma suíte máster. Além disso o apartamento tem tudo o que o um rei merece, desde sacada gourmet, piscina com a mais moderna borda (infinita), um deck molhado e uma área de lazer mais conhecida como solaruim.
Além disso, ele tem sete vagas na garagem e um depósito em uma delas. O que ninguém sabe ainda é quem serão as ex de Roberto que serão convidadas para a festa. Foi noticiado que ele esteve envolvido com a cantora Paula Fernadez, além da madrinha da bateria da escola Gaviões da Fiel. Todas desmentiram as acusações e garantiram que entre elas e o cantor existe apenas a amizade. Já sobre a compra do apartamento em Salvador, o que foi dito é que o cantor encontrou o verdadeiro amor por lá e acabou precisando encontrar um local discreto para encontra-la sem que seja visto pelos olhos da imprensa.


fonte: R7 Online - 19.02.2013
ROBERTO CARLOS COMPRA MANSÃO NOS EUA, DIZ JORNAL
Segundo O Dia, festa de inauguração vai contar com camarão e champanhe
Tá podendo! Roberto Carlos comprou uma mansão nos Estados Unidos e prepara uma festança de inauguração com direito a muito champanhe e camarão. É o que afirma o colunista Leo Dias, do jornal O Dia.
Ainda segundo a publicação, ex-affairs do cantor estão na lista de convidados para a celebração.


fonte: Cidade Verde Online - 19.02.2013
ROBERTO CARLOS TERIA COMPRADO MANSÃO NOS ESTADOS UNIDOS
Segundo "O Dia", festa de inauguração terá muito champanhe e camarão
Roberto Carlos acaba de comprar uma mansão nos Estados Unidos e prepara uma festança de inauguração com direito a muito champanhe e camarão, informou o colunista Léo Dias do jornal "O Dia" desta terça-feira (19).
De acordo com a publicação, ex-affairs do cantor estão na lista de convidados para a celebração. A assessoria do cantor não confirmou a informação.


fonte: Época Online - 15.02.2013
ENTRE DILMA E ROBERTO CARLOS, RENAN FICOU COM O REI
O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), causou o primeiro descontentamento no Palácio do Planalto com sua gestão. Ele retirou de votação o projeto de lei do senador Randolfe Rodrigues(PSol-AP), apoiado pelo governo, que muda a legislação de direitos autorais e cria uma empresa pública ligada ao Ministério da Justiça para fiscalizar a arrecadação feita pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). Calheiros exigiu que, para ser votado em plenário, o projeto tem que receber parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça e da comissão de Educação. A nova tramitação foi definida depois que o Ecad convidou o rei Roberto Carlos para fazer lobby contra a proposta. A ministra da Cultura, Marta Suplicy, está furiosa com a nova tramitação.


fonte: Terra Online - 15.02.2013
FRANK AGUIAR CONHECE IATE DE ROBERTO CARLOS EM ANGRA
o posa com rei e amigo Renato Frachi enquanto segura sua filha, a pequena Valentina
Conhecido pela alcunha de "cãozinho dos teclados", o músico Frank Aguiar fez uma rápida visita ao iate de Roberto Carlos, em Angra dos Reis, e divulgou uma foto do encontro, nesta sexta-feira (15). Nela, ele aparece sorridente com o rei, enquanto segura a filha Valentina no colo. Durante o Carnaval, Aguiar fez uma verdadeira maratona. Desfilou em São Paulo pela escola de samba Tom Maior, curtiu os desfiles da festa carioca e ainda participou de shows do Araketu e Daniela Mercury nos trios elétricos de Salvador (BA). De lá, partiu o litoral fluminense com a mulher, Aline, a filha e o amigo Renato Franchi, onde recebeu de Roberto Carlos o convite para conhecer sua embarcação, batizada de Lady Laura IV. No dia 15 de março, Aguiar inicia a turnê de seu novo disco, Safadin, em comemoração aos 20 anos de sua carreira. O giro abre com três shows na cidade norte-americana de Nova York. Desde 2008 Frank Aguiar é vice-prefeito da cidade de São Bernardo do Campo, uma das maiores do Estado de São Paulo.


fonte: Núcleo RBS Online - 07.02.2013
GRUPO RBS PROMOVE TURNÊ DE ROBERTO CARLOS PELO SUL DO PAÍS EM ABRIL
Pré-venda de ingressos para as apresentações em Florianópolis e Porto Alegre começa nesta quinta-feira (7)
O Grupo RBS promove a turnê de Roberto Carlos pelo Sul do País em abril, com co-produção da Engage Eventos e realização da DC Set Promoções. Seguindo sua tradição de trazer superproduções de renome internacional para as comunidades gaúcha e catarinense, a exemplo de Paul McCartney, a RBS, mais uma vez, é parceira dos realizadores no show do Rei.
Roberto Carlos abre a turnê em Florianópolis, no Orlando Scarpelli, Estádio do Figueirense, dia 6 abril, às 21h. No dia 19 de abril, completa 72 anos e irá comemorar a data em Porto Alegre com show especial de aniversário, a partir das 20h, na Casa NTX. A segunda apresentação do Rei na capital gaúcha está marcada para o dia 20 de abril, na Arena do Grêmio, a partir das 21h. O espetáculo marca, em grande estilo, a estreia do novo estádio como palco de atrações musicais.
A pré-venda de ingressos para clientes Credicard, Citi e Diners começa nesta quinta-feira (7), seguindo até a próxima quarta-feira (13). Sócios adimplentes do clube Figueirense (SC) também têm vantagens de compra de entradas durante o período de pré-venda. A venda para o público inicia-se na próxima sexta-feira (15). Todos os bilhetes podem ser adquiridos pelo site www.ingresso rapido.com.br.
Além das três apresentações confirmadas, Roberto Carlos fará shows em cidades do interior do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina – datas e locais serão divulgados a seguir.
Informações de serviço sobre os shows em Porto Alegre e Florianópolis – preços de ingresso, outros pontos de venda e mais detalhes – podem ser obtidas com o Atelier523 pelo telefone (51) 3023.4444 e pelo e-mail redacao@atelier523.com.br. Mais informações sobre Roberto Carlos no site oficial:www.robertocarlos.com


fonte: Portal PH Online - 06.02.2013
ROBERTO CARLOS IRÁ COMEMORAR SEU ANIVERSÁRIO EM PORTO ALEGRE
Roberto Carlos escolheu Porto Alegre para a apresentação de um show inédito. A data não poderia ser mais especial: 19 de abril – dia do aniversário do Rei. O evento será realizado na casa de festas NTX.
O show, no entanto, custará a bagatela de R$1,2 mil por pessoa. Serão apenas mil ingressos à venda, mas dentro deste valor, o fã terá direito a um luxuoso jantar à francesa.
No dia 20, Roberto Carlos fará show na Arena do Grêmio, provavelmente os ingressos custem mais barato. Os valores ainda não foram divulgado


fonte: BBC Brasil Online - 06.02.2013
CONVITE PARA CANTAR NA COPA COROA 'RETORNO' DE ROBERTO CARLOS
Cantor Roberto Carlos se apresenta em navio de cruzeiro ancorado no RIo de Janeiro

Após quase dez anos sem apresentar nenhuma música nova, o cantor Roberto Carlos iniciou recentemente uma vigorosa retomada do sucesso de sua carreira. Em 2012, o artista lançou canções novas – que são tema de novela e já venderam cerca de dois milhões de discos – e negocia agora sua participação na Copa de 2014.
O "Rei", como é conhecido no Brasil, já vendeu mais de 110 milhões de discos na carreira. Ele se tornou um ídolo na década de 1960 à frente da Jovem Guarda, o primeiro grande movimento de rock do Brasil. Na década seguinte, mudou para o atual perfil romântico e lançou grande parte de seus maiores sucessos.
Porém, o artista vivia uma espécie de "bloqueio criativo" desde o fim da década de 1990, realizando apenas seus shows, mas sem apresentar músicas novas, segundo o crítico de música Antônio Carlos Miguel, autor do livro "Guia de MPB em CD".
O último disco com músicas inéditas de Roberto Carlos – antes do atualEsse Cara Sou Eu - , havia sido lançado em 2003.
"Ele continua um ótimo cantor, tem uma obra enorme, mas ir a um show dele é como assistir aos Rolling Stones: você vai ouvir a maioria de músicas da década de 60 e 70 e uma ou duas novas", disse o crítico.
Retomada
De acordo com o crítico, há alguns anos Roberto Carlos começou a autorizar que outras bandas como Titãs e Nação Zumbi gravassem suas músicas – tornando-as mais populares entre os jovens.
Porém, a grande retomada veio no ano passado, com um disco de quatro músicas – duas delas totalmente inéditas – que segundo sua equipe vendeu dois milhões de cópias em CD e teria sido baixado 700 mil vezes pela internet. Sua gravadora, a Sony Music, confirma apenas a venda de 1,7 milhão de CDs.
A coroação desse processo pode ser as eventual escolha do artista para participar da abertura da Copa de 2014. Um assessor direto de Roberto Carlos disse à BBC Brasil que ele já foi convidado para a tarefa pela Sony Music – empresa patrocinadora que teria o poder de apontar à Fifa os artistas que participarão da cerimônia.
As equipes do cantor e da Sony Music negociam atualmente os termos e valores de sua eventual participação no mundial. Ambos dizem esperar a concretização do processo.
"Olha, eu vou ficar muito nervoso em participar de uma abertura dessas porque é uma coisa totalmente diferente na minha vida. Eu nunca fiz, mas com certeza que é uma honra muito grande ser convidado para um evento como esse", afirmou Roberto Carlos no último dia 27 em entrevista à imprensa.
Questionado pela imprensa local, o artista comparou sua eventual participação na Copa com o desfile da escola de samba carioca Beija-Flor em 2011, quando ele foi tema do enredo.
"São duas emoções diferentes. A homenagem da Beija-Flor era uma homenagem em que eu tinha que só receber e desfilar".
"Uma abertura da Copa do Mundo é um momento que eu tenho que cantar, e cantar sob uma emoção daquelas e sob um nervosismo daqueles, a responsabilidade de fazer, em fim, é um pouco diferente", disse.
Na ocasião da entrevista, Roberto Carlos não admitia publicamente o convite, embora sua equipe confirmasse reservadamente a informação.
O grupo Sony – formado por cinco empresas, entre elas a gravadora Sony Music - é um dos patrocinadores do Mundial da Fifa desde 2007 e teria poder para indicar os artistas e as canções que serão apresentados no evento. Atualmente, Roberto Carlos é o principal artista da Sony no Brasil.
A empresa não fez comentários sobre o convite a Roberto Carlos. Afirmou apenas, por meio de sua assessoria de imprensa, que presta "consultoria artística ao Comitê Organizador da Fifa em relação aos eventos relacionados ao mundial".
Exemplos desses eventos, segundo nota divulgada pela Sony Music, são a cerimônia de abertura, que deve ocorrer na Arena Corinthians, em São Paulo, e as Fun Fests – festas temáticas criadas em 2010 que acontecem em diversas cidades, no Brasil e no exterior.
A consultoria da Sony Music inclui ainda participação na composição da trilha sonora da Copa do Mundo Fifa 2014, que resultará na gravação de um CD, de acordo com a assessoria de imprensa.
No mundial de 2010, a cantora colombiana Shakira, da Sony Music, foi a escolhida pela organização do evento para protagonizar a música "Waka Waka" - carro-chefe do CD oficial da Copa da África do Sul.
Decisão final
A palavra final sobre quem ser apresentará no evento cabe à Fifa. A entidade disse à BBC Brasil por meio de nota que a questão ainda não foi resolvida e que nenhuma informação será divulgada oficialmente no atual estágio de negociações.
"Nem os artistas e tampouco os conceitos para a Cerimônia de Abertura da Copa do Mundo de 2014 não foram finalizados ainda", diz a nota.
O Comitê Organizador da Copa 2014 no Brasil foi procurado pela BBC Brasil, mas não se manifestou antes da publicação da reportagem.
Segundo o crítico Antônio Carlos Miguel, embora Roberto Carlos não represente todos gostos do público brasileiro, ele faz uma "síntese do Brasil", misturando rock, samba e as músicas românticas e italianas.
"Ele tem um pouco da estética de João Gilberto, com seu canto mais suave. Ele está atualmente no auge da sua técnica", disse.
Em paralelo à negociação sobre a o mundial, a equipe de Roberto Carlos planeja aumentar sua influência nos mercados latino e italiano. O artista deve lançar ainda neste ano de um disco em português e outro em espanhol. Em 2014, deve voltar a gravar em inglês.
"Não é um artista vivendo do passado e em 2014 estará em forma", disse Antônio Carlos Miguel.


fonte: O Fuxico Online - 06.02.2013
FÃS DE ROBERTO CARLOS SÃO VÍTIMAS DE GOLPE
Um site estaria vendendo ingressos falsos para shows do Rei
Um golpe na internet envolvendo o público de Roberto Carlos foi denunciado nesta quarta-feira (6) pela assessoria de imprensa do cantor.
De acordo com comunicado oficial divulgado pelo estafe do cantor, o site (www.magicaeventos.com.br) está lesando os fãs do Rei.
“Eles estão vendendo ingressos para shows, pacotes para o navio, mas quando a pessoa chega no local não existe nada disso. É uma fraude, não existe o show naquele local, não existe o pacote. Portando deixamos claro que as informações oficiais de agenda e programação de shows do Roberto só são verdadeiras no site oficial do artista, que é owww.robertocarlos.com “, informou a assessoria do Rei a O Fuxico.
Em nota oficial, a assessoria do cantor informa que já denunciou o golpe e todas as medidas para responsabilizar os criminosos já estão sendo tomadas.


fonte: O Fuxico Online - 05.02.2013
ROBERTO CARLOS PARTICIPA DE JANTAR SHOW EM SEU ANIVERSÁRIO
O local escolhido para o Rei passar seu aniversário, em 19 de abril, foi Porto Alegre. E ele fará o que mais gosta no dia: cantar. A apresentação, bem intimista, será na casa de festas NTX.
O ingresso, que vai custar cerca de mil ingressos (R$ 1,2 mil por pessoa) dará direito a um jantar à francesa, assinado pelo chef Lúcio, ao som das lindas canções de Roberto Carlos.
Já no dia 20 do mesmo mês, Roberto fará show na Arena do Grêmio.
A turnê pelo Sul começa no dia 6 de abril, em Florianópolis, e engloba várias cidades gaúchas


fonte: Zero Hora Online - 02.02.2013
OUTRA CANÇÃO DE VERÃO
Depois de algum tempo, certas canções adquirem vida própria. Isso acontece quando elas deixam o território da música e são acolhidas no terreno da paródia. Foi bem o que aconteceu com Esse Cara Sou Eu, que abandonou a voz de Roberto Carlos e a circunstância para a qual foi escrita, uma trilha de novela, para entrar firme no território do humor. Há de tudo: paródias bem-humoradas, paródias pornográficas, transformações azaradas e até mesmo desinspirações inacreditáveis.
É bem este o ciclo da canção: quando ela surge, é ouvida aos poucos; depois, é ouvida cada vez mais; então, vai adquirindo significações extramusicais num movimento avassalador que termina numa inflexão para o humor. O que era sério revela insuspeitadas brechas para a anedota. Ultrapassado esse derradeiro estágio, resta à canção o que resta a todas as canções: ser devolvida ao silêncio (no caso da música, o esquecimento) ou entrar para o repertório, cantada para sempre.
Há 600 anos, quando alguém queria homenagear uma canção e seu compositor, tomava da canção e acrescentava a ela novos materiais, uma moldura musical para um quadro igualmente musical. Ou seja: se construía uma nova música em torno da música homenageada, conservando-a intacta, mas disfarçando-a sob um novo material. Conceito difícil? Por certo, mais ainda porque estamos imbuídos do conceito de plágio, no qual se apropriar de obra alheia assume ares de crime. No entanto, plágio é um construto jurídico ou uma invenção burguesa. Os renascentistas de 600 anos atrás não sabiam nada disso, e o que hoje chamaríamos de "cópia", eles chamavam de "homenagem".
Assim, quem quiser homenagear uma canção nos dias de hoje terá dois caminhos. Ou as inúmeras e indigentes versões cover dessas que inundam o YouTube, ou a sátira, a ironia e a paródia. A poesia de Vinicius de Moraes, na sua fase mais desbragadamente romântica, foi uma vítima fácil desse processo. Pois não é que aquele trecho do Soneto da Fidelidade (?Eu possa me dizer do amor (que tive): / Que não seja imortal, posto que é chama / Mas que seja eterno enquanto dure?) já foi alvo umas tantas vezes de inspirações discutíveis, rapsódias humorísticas e interpretações gaiatas? Então, por que não Roberto Carlos?
O que mais surpreende em Esse Cara Sou Eu é ser uma canção que se transformou logo em objeto transgeracional, transocial, transformando seu refrão/título em dito popular nas bocas mais imprevisíveis. Isso tudo aconteceu ainda no ano passado, como único produto durável de uma telenovela fracassada.
Por um lado, não é uma canção simples: as quatro estrofes dizem coisas diferentes, sem repetições, embora a música seja a mesma, com os movimentos harmônicos reforçando as rimas e uma modulação horrorosa no meio da coisa toda. A roupagem é o que se pode chamar de arquirromântica: uma bateria suave, violinos arrastados que não descansam nunca, uma guitarra rascante que faz mesura a certa modernidade. Nada que indique algo potencialmente transgeracional ou transocial.
Por outro lado, a esperteza da canção e de muitas canções está no refrão e na expressão que se tornou símbolo dos meses de verão. Ouçam: além de ser título, a frase "esse cara sou eu" é cantada 12 vezes. Uma vez depois da primeira estrofe e também uma vez depois da segunda estrofe. Depois da terceira estrofe, está o pulo do gato: quatro repetições da mesma frase, e eis a magia. A frase começa a ultrapassar a canção para se imprimir na memória. Ao final da quarta estrofe, já não há limites: ?esse cara sou eu? é repetido seis vezes, e a mágica está completa. A frase escapa do seu contexto e se transforma em dito popular, aplicável às circunstâncias mais inusitadas, atravessando idades, geografias, estágios sociais.
Que Roberto Carlos tenha conseguido isso numa canção de 2012, uma de suas raras canções inéditas e ainda mais raro que tenha sido feita sob encomenda da teledramaturgia, este é o verdadeiro fenômeno. O livro No Embalo da Jovem Guarda, de Ricardo Pugialli, localiza o início dos sucessos de Roberto Carlos em 1962, no máximo em 1961, por meio dos índices de então: pedidos nas rádios, reportagens nos fanzines, vendas de discos. Assim, Esse Cara Sou Eu é bem a comemoração de um aniversário e mostra que a canção de três minutos, essa invenção do rádio e do disco, já conseguiu ultrapassar décadas e desmentir a idade dos seus criadores.
É comum pensar que só os compositores eruditos têm direito à longevidade. Não, não mais. Depois de 50 anos de canções e aos 71 anos de idade, continuar produzindo já é um imperativo. O que me surpreende em Roberto Carlos, e surpreende mais uma vez, é o poder de transformar uma frase desprovida de sentido e que vem de uma canção de pouca inovação em coisa que todos dizem e todos usam em diferentes contextos. Mais uma vez, a canção brasileira dá provas da sua centralidade social, para além do que se possa dizer desta ou daquela indigência musical, desta ou daquela desimaginação.
Pensando bem, ao ver-se e confirmar-se como cancionista, Roberto Carlos parece estar falando dele mesmo, o compositor: "esse cara sou eu".


fonte: O Povo Online - 02.02.2013
ROBERTO CARLOS VENDE MAIS DE UM MILHÃO DE CÓPIAS

Pode até não parecer, mas Roberto Carlos vem buscando certa ousadia nos últimos anos. Uma ousadia bem medida e, até certo ponto, medrosa, é fato. Ainda assim, é ousadia. Fazendo uma retrospectiva, somente na primeira década do novo milênio, o Rei realizou feitos inéditos numa carreira que já conta mais de 40 anos. Buscou conexão com a geração MTV, revisitou seus especiais de fim de ano num projeto de duetos e voltou à sua origem bossanovista numa homenagem a Tom Jobim, que, de quebra, veio junto com seu primeiro disco dividido com outro artista, no caso, Caetano Veloso. Honra como essa, nem Erasmo Carlos teve ainda.
Por falar no Tremendão, já tinha um tempo que o parceiro esperava um sinal de Roberto para retomarem as composições. O sinal verde veio junto com mais uma novidade do velho amigo, um compacto de apenas quatro músicas. O formato econômico, muito usado décadas atrás para testar um novo produto, não era usado pelo Rei desde 1964, quando ele vendeu um disquinho de vinil com "É proibido fumar" de um lado e "Minha história de amor" do outro. Sem nada inédito desde 2005, esse formato pareceu bem viável para um módico retorno.
A moral da história é que o tal compacto vendeu mais de um milhão de cópias físicas em três semanas, foi um dos mais baixados do ITunes e tomou conta das rádios do Brasil inteiro. Além do preço baixo (R$ 9,90), um dos principais responsáveis pelo sucesso avassalador é a balada "Esse cara sou eu". É bem verdade que "boas vendas" e "sucesso popular" não são sinônimos de alta qualidade (vide o fenômeno Paula Fernandes). Aliás, a julgar pelos nomes mais tocados no País segundo o ECAD - João Lucas e Marcelo, com "Eu quero tchu, eu quero tcha", e Michel Teló, com "Humilde resistência" - o cenário é desolador.
Embora esteja anos-luz dos melhores momentos de Roberto Carlos , "Esse cara sou eu" também não se iguala a bobagens popularescas como "O charme dos seus óculos" ou "Mulher pequena". Além disso, a canção traz junto um detalhe simbólico importante: a adesão de Jorge Ailton (baixo) e Chocolate (bateria), ambos da banda de Lulu Santos. Pra quem não sabe, raríssimamente Roberto abre espaço na banda para novos músicos. Aqui, e a exceção foi para retribuir os shows que Lulu vem fazendo dedicados ao seu repertório, com direito a "Emoções", que há tempos ele não libera para ninguém.
Também incluída no compacto e na trilha de Salve Jorge, o funk melody "Furdúncio" é uma parceria inédita com Erasmo. Embalada pelas batidas do DJ Batutinha, a canção aponta para um disco de remixes, batizado previamente de Reimixes, prometido para este ano (a versão de "Fera ferida" apresentada no último especial da Rede Globo foi uma prévia). Pra completar as canções do compacto, foram incluídas outras duas trilhas de novelas que permaneciam inéditas em discos de carreira. De 2009, "A mulher que eu amo" foi feita para Viver a vida, enquanto "A volta" foi lançada em 1965 pelo tecladista Lafayette e regravada no ano seguinte pelos Vips. A versão do autor só veio em 2004, no folhetim América.
Além da comemoração pelas boas vendas, 2012 também trouxe outras alegrias para Roberto Carlos . Sempre ligada ao mundo do samba, a cantora Tereza Cristina se aliou ao quarteto roqueiro Os Outros e realizou o sonho antigo de gravar velhos sucessos do Rei. A veterana Célia também cedeu sua experiência a canções famosas na voz do ídolo (mas não compostas por ele) no tributo Outros românticos. Para 2013, fica o projeto Rock Symphony - nos moldes do Elas cantam Roberto, mas com a adesão de membros do rock nacional - que está sendo adiado há quatro anos. Há também a promessa de um disco de inéditas que, se ele se permitir, pode trazer outras boas surpresas.


fonte: Gazeta do Povo Online - 28.01.2013
ROBERTO CARLOS ANUNCIA O LANÇAMENTO DE TRÊS CDS
Lançamentos terão canções antigas remixadas e músicas em espanhol.
Cantor fez show especial no navio Costa Favolosa.
Entre elogios e suspiros, a coletiva também trata de projetos musicais. Em 2013, Roberto Carlos pretende lançar três discos. Um deles é de canções antigas remixadas. "Estou muito entusiasmado com o trabalho dos DJs", diz. Outro deve ser de músicas cantadas em espanhol. "Faz tempo que não lanço um disco em espanhol", justifica. E o terceiro é um disco com dez músicas das quais quatro serão as mesmas já lançadas no compacto que inclui "Esse Cara Sou Eu". "Acho que o ideal é que o CD tenha 10 12 músicas, mas não deu tempo de compor as outras 6, então eu lancei esse com 4", brinca. "Mas vou fazer as outras e juntar com essas."
Graças ao sucesso de "Esse Cara Sou Eu", o compacto já vendeu 2 milhões de cópias, número que impressiona em meio à crise do mercado fonográfico. Outras 700 mil cópias foram comercializadas em formato digital, pela internet. O rei anunciou ainda que fará show em Porto Alegre, no novo estádio do Grêmio, em abril, como parte da comemoração de seu aniversário (ele completa 72 anos em 19 de abril), e sua turnê vai passar por outras capitais.
No show de domingo, promovido enquanto o navio estava ancorado no Rio, não faltou mulher bonita e gente famosa, Luma de Oliveira, Luana Piovani, Fernanda Paes Leme, Eri Johnson e o ex-jogador Junior, entre outros, atraíram muitos flashes. A maioria dos famosos foi ao navio exclusivamente para jantar e ver o show, que teve como um dos pontos altos um brinde com espumante servido ao público em taças de plástico enquanto o rei cantava "Champagne", sucesso de Peppino di Capri.


fonte: Terra Online - 28.01.2013
ROBERTO CARLOS ENCHE NAVIO, FLERTA COM FUNK E PROMETE DISCO

Roberto Carlos lotou navio com apresentação no Rio de Janeiro
Roberto Carlos é o cara e está mais do que comprovado. Música como sucesso absoluto de novela em horário nobre, shows sempre lotados, cruzeiros marítimos super disputados, e aos 72 anos, depois de escrever dezenas de canções sobre seu tema preferido, ainda não se sente plenamente satisfeito.
“Ainda quero fazer uma canção de amor que eu ainda não tenha feito, de uma forma mais sublime e mais forte”, confessou, na coletiva de abertura para a imprensa do projeto Emoções em Alto Mar, já em sua nona edição, agora no luxuoso transatlântico Costa Favolosa.
Roberto Carlos abriu na noite desse domingo (27) a nona edição do evento, no Rio de Janeiro. O público seleto de mil fãs no teatro da embarcação delirou com os sucessos de um dos maiores nomes da música brasileira. As apresentações foram divididas em três noites para que os 3 mil passageiros pudessem ver o Rei bem de perto.
Regido pelo maestro Eduardo Lages, a orquestra que acompanha Roberto Carlos subiu ao palco às 23h15, com introduções dos sucessos Como é Grande o Meu Amor por Você, e É Preciso Saber Viver. Dez minutos depois, as luzes se apagam para a entrada triunfal do Rei, que no solo de piano, abriu a apresentação com o clássico Emoções.
Além da aparentemente eterna obsessão em falar sempre melhor sobre o amor, o Rei da música nacional tem a capacidade ainda de se reinventar. Para 2013, são três os projetos que ele pretende colocar em prática no prosseguimento de sua brilhante carreira. O primeiro será um disco com músicas remixadas por DJs, que promete incluir até elementos do funk.
“Eu gosto muito de tentar algo sempre, como o caso do funk, quando cantei com o MC Leozinho, foi minha primeira oportunidade, e eu senti que o funk pode ter uma letra romântica”, disse sobre o ritmo que considera contagiante, pois “quando você entra numa festa, por mais sofisticada ou simples, quando toca (funk) todo mundo quer dançar, inclusive eu”, completou, arrancando risadas da plateia, que acompanhava a entrevista do ídolo.
Sobre a segunda empreitada, Roberto Carlos explica que neste momento tem vontade “de fazer um disco em espanhol que há muito tempo eu não faço”. E, por fim, fala em lançar um disco completo com dez músicas, sendo quatro destas já presentes no disco compacto que lançou as músicas Esse Cara Sou Eu e Furdúncio, e rendeu R$ 2 milhões em venda física, além de outros R$ 700 mil em renda digital.
“Eu digo sempre que existe um caso de amor muito sério entre meu público e eu. A gente se ama muito, existe uma troca muito grande, tenho muita certeza disso”, diz, sorridente, sobre os fãs. Alguns pagam somas grandes de dinheiro para um cruzeiro de quatro dias entre Santos e São Paulo, com muito luxo e um show bastante intimista do Rei.
A apresentação do último domingo para os convidados embarcados não tem muita novidade em relação ao que apresentou, por exemplo, no ginásio do Maracanãzinho no final do ano passado. Algumas falas de aproximação com o público foram as mesmas. A questão é que para mil convidados, ganhar um rosa das mãos dele, e ainda brindar com uma taça de champanhe são diferenciais.
Eles ainda são contemplados com a eterna filosofia sobre o amor, como na explicação em que quase interpreta o próprio personagem da canção que estourou na novela Salve Jorge, da TV Globo. “Eu imaginei aquilo tudo, no cara que toda a mulher gostaria de ter. Com certeza, no cara que todo cara gostaria de ser. Partindo desse princípio, o cara gentil, amoroso, cavalheiro, forte, e protetor. Pensando em todas essas coisas, e são essas coisas que agradam as mulheres, elas gostam de um homem assim”, completa, arrancando suspiros das fãs


fonte: O Repórter Online - 28.01.2013
EM ALTO MAR, ROBERTO CARLOS TENTA EXPLICAR POR QUE É O CARA

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - Os anos passam, os sucessos mudam, mas o carisma de Roberto Carlos continua encantando a todos. No tradicional encontro com os jornalistas a bordo do navio Costa Favolosa, no Rio, neste domingo (27), o Rei demonstrou muito bom-humor ao falar sobre a febre envolvendo a música "Esse cara sou eu". O bate-papo faz parte da comemoração de nove anos do projeto "Emoções em alto mar".
Com mais de mil quartos, piscinas aquecidas, salões luxuosos e uma decoração típica de grandes transatlânticos, a moderna embarcação de bandeira italiana é o palco dos sonhos para fãs de todas as idades que idolatram o artista. O Rei, que já fixa o evento como parte do calendário de shows, ressalta que fica até mesmo com uma certa tristeza quando tudo chega ao fim.
"Reina neste cruzeiro um clima muito bom de amor. É um sentimento bacana. Quando eu saio, até choro às vezes", afirma o cantor.
Além de grandes hits da carreira, como "Jesus Cristo" e "Como é grande o meu amor por você", a canção mais esperada da temporada foi mesmo "Esse cara sou eu", tema da novela Salve Jorge, da TV Globo. Segundo Roberto, a fórmula para compor a música foi muito simples.
"Pensei em todo o cara que a mulher gostaria de ter ao lado e em todo cara que o homem gostaria de ser. Por mais que a moça seja independente, ela quer atenção e carinho", conta.
Mas, e o coração do Rei? Além das fãs, Roberto está sendo "o cara" para apenas uma mulher? O artista nega que esteja namorando, no entanto, deixa no ar que está tendo uma vida amorosa agitada.
"Quem é que não gosta (de beijo na boca)? É saudável", brinca o artista.
E o pique do cantor não para. Ainda neste ano, Roberto Carlos lançará um CD com músicas antigas remixadas. Ele também quer gravar um novo disco com as quatro inéditas já lançadas no compacto de 2012 e mais seis obras, que ainda serão definidas. Também está marcada uma turnê especial de aniversário no Sul, em abril, que terá a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e o estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, como principais locais.
Sucesso absoluto de vendas, as cabines para o cruzeiro costumam esgotar com quase um ano de antecedência. As reservas para 2014, quando o projeto completará 10 anos com um grande "festa de arromba", já podem ser feitas pelo site www.projetoemocoes.com.br.
Regravação de "Esse cara sou eu" proibida
Há poucas semanas, circulou na mídia a informação de que o próprio Roberto Carlos teria proibido a execução da música "Esse cara sou eu" em uma versão produzida pela banda "Aviões do Forró" no "BBB13". Segundo o cantor, ele não tem qualquer restrição contra regravações de suas canções, ressaltando, entretanto, que é necessário pedir autorização.
"Eu não proibi nada. No momento, eu não quero que ninguém grave essa música porque ela ainda está comigo. Daqui a um tempo, no entanto, não terei problema nenhum em liberá-la. Eu só quero que as pessoas me peçam com antecedência. Acho uma falta de respeito ver que alguns cantores e bandas já gravaram essa música sem qualquer consulta", solta o verbo.
Rouco, mas com o carinho do público
Mesmo um pouco rouco, Roberto Carlos não deixou a desejar no show da noite. Com muita simpatia, ele avisou que a voz não estava muito firme na apresentação. A plateia, formada por fãs e artistas, não se importou e cantou bastante com o artista durante o espetáculo.


fonte: Folha de São Paulo Online - 28.01.2013
ROBERTO CARLOS DIZ QUE NÃO DÁ PARA VIVER SEM BEIJO NA BOCA
Não está namorando, mas beijo na boca também não tem faltado. Foi o que garantiu o cantor Roberto Carlos em entrevista coletiva à imprensa neste domingo (27), momentos antes do seu show no cruzeiro Costa Favolosa, no Rio, pelo projeto Emoções em Alto mar 2013.
"Não dá para viver sem isso (beijo) e sem sorvete", respondeu o cantor, quando questionado se tem beijado, apesar de ter dito que não possui namorada.
Ao ser indagado sobre o que uma mulher precisa ter para dizer "essa mulher sou eu", o cantor riu sem graça, mas deu dicas para as candidatas: "A mulher tem que ser simplesmente ela e buscar tudo que ela tem para oferecer do jeito dela. Mas para mim tem que ser muito amorosa e ter personalidade."
O show ocorre todos os anos durante a viagem em transatlântico da frota Costa Cruzeiros em um teatro dentro do navio. Em 2013, o evento tem lugar no Costa Favolosa, que possui capacidade para 3.780 passageiros. Esta é a 9ª edição do projeto que começou em 2005. No ano que vem, na comemoração de 10 anos, haverá uma programação especial, mas a organização e nem o cantor quiseram das detalhes.
Roberto Carlos fez questão de lembrar sua ex-assessora de imprensa, Ivone Kassu, falecida no ano passado. "Hoje senti muito a falta dela aqui. É muito difícil aceitar a falta da Ivone, mas o que a gente vai fazer?", confessou.
Antes de o cantor chegar, quem fez sucesso foi o seu sósia Robson Carvalho, 63 anos. Há cerca de oito anos no papel do cantor Roberto Carlos, Carvalho tira fotos e leva as fãs do cantor ao delírio com a semelhança.
"É um trabalho gratificante. Deus me deu o presente de ter nascido parecido com ele", diz Carvalho.
Ele conta que o cantor só o viu duas vezes e que não consegue viver só do trabalho de sósia. Por isso, ele também atua como empresário de confecções em Limeira, São Paulo, onde mora.
Mesmo assim, atualmente é o sósia de Roberto Carlos nos shows de Erasmo Carlos, ex-parceiro do cantor. "Quando eu apareço levo a plateia ao delírio", revela.
No cruzeiro, no entanto, ele veio como convidado, acompanhando a mãe.
TRÊS DISCOS
Roberto Carlos pretende lançar três discos este ano: um com músicas antigas remixadas até o fim do primeiro semestre, outro em espanhol e mais um que incluirá as quatro lançadas em 2012 e seis novas.
"Quero fazer um disco espanhol que há muito tempo eu não faço e esse disco remix é coisa nova para mim e esse disco que eu tava falando agora, usando essas quatro (do anterior) e mais seis", disse.
Roberto Carlos explicou que prefere fazer discos com cerca de dez músicas, mas no ano passado optou por um disco com menor quantidade de canções.
"A minha ideia é sempre lançar um disco de dez músicas, mas agora gostei disso. Esse negócio de ficar correndo para fazer um repertório... acho que isso não é legal, o bom mesmo é fazer aquilo que você realmente acredita", observou Roberto Carlos.
O cantor diz que as outras seis do novo disco já foram escritas. "Eu já tenho mais ou menos essas músicas. Eu tenho que entrar em estúdio e começar a cuidar delas, gravar e é isso", explicou.
Roberto Carlos também adiantou que fará um show especial para o seu aniversário em abril e será em Porto Alegre. O local escolhido é a nova Arena do Grêmio com capacidade para 55 mil pessoas. Também é possível que ocorra um show de gala para convidados na noite anterior.


fonte: Extra Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS FAZ SHOW EM NAVIO E DIZ SER "BEIJOQUEIRO" FORA DO PALCO
Roberto Carlos se apresenta na nona edição do proheto "Emoções em Alta Mar" a bordo do navio Costa Favolosa
Às 23h20 deste domingo (27), Roberto Carlos abriu a apresentação da nona edição do projeto "Emoções Em Alto Mar", que este ano saiu de Santos, com o navio Costa Favolosa, para uma viagem de quatro dias pelos litorais do Rio e de São Paulo. Depois de cantar "Emoções", o Rei conversou pela primeira vez com a plateia.
"Que prazer rever vocês, mais uma vez aqui no mar. Vivemos juntos essa coisa, morar sob o mesmo teto, não exatamente na mesma cama. Obrigado por esse carinho e esse amor. Vou fazer força para fazer esse show porque estou meio rouquinho. Acho que vamos ter uma linda viagem", afirmou.
Por volta de meia-noite, Roberto Carlos disse ao público que estava melhor da rouquidão. "A voz abriu. É por isso que digo que temos que insistir em tudo na vida. Obrigado pela compreensão", afirmou.


fonte: Caras Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS: 'QUANDO ME PERGUNTAM SE ESTOU FICANDO, DIGO QUE ISSO NÃO PODE FALTAR'
Em coletiva de imprensa durante a 9ª edição do projeto 'Emoções em Alto Mar',
Roberto Carlos revelou que está solteiro, falou sobre as mulheres, o sucesso de sua música ‘Esse Cara Sou Eu’
e disse gostar do ritmo das batidas do funk

Roberto Carlos comanda a 9ª edição do 'Emoções em Alto Mar'
Roberto Carlos (71) fez neste domingo, 27, coletiva de imprensa em sua 9ª edição do projeto Emoções em Alto Mar e mostrou que ainda tem muito romantismo a oferecer. Ao falar sobre o que pensa acreditar do que as mulheres gostam e precisam, o músico afirmou que elas precisam e merecem muita atenção dos homens.
“A mulher, por mais independente que seja, sempre gosta de muito carinho, atenção especial e bastante romantismo”, destacou ele, que ainda fez questão de dizer que está solteiro, ao ser questionado sobre a possibilidade de estar ao lado de alguém.
“Não estou namorando, só que quando me questionam se estou com alguém, se estou ficando com alguém e se ando dando uns beijinhos, sempre digo: ‘Ah não, isso todo mundo precisa fazer’ [risos]”, declarou com muito bom humor.
Durante a coletiva, a canção Esse Cara Sou Eu, grande sucesso dos últimos meses e um dos temas da novela Salve Jorge, foi um dos assuntos principais, como já era esperado. Ao falar da composição, Roberto Carlos agradeceu Gloria Perez (64), autora da trama global, e disse ter ficado um pouco espantado com tamanha repercussão e aceitação do público.
“Sempre tento acreditar no que faço e sempre procuro ter pensamento positivo, mas realmente foi uma surpresa toda essa repercussão com a musica”, declarou o Rei.
Já quanto a sua versão em funk de Furdúnçio, Roberto Carlos disse realmente gostar das batidas do estilo musical. “Acho muito legal os jovens gostarem das coisas que eu faço. Estou sempre antenado nas novas tendências musicais. No caso do funk, ninguém fica parado, nem eu!”, relatou.


fonte: G1 Online - 27.01.2013
'NÃO DÁ PARA VIVER SEM BEIJO NA BOCA E SORVETE', DIZ ROBERTO CARLOS, NO RIO
Cantor participou de entrevista coletiva a bordo de navio temático.
'Falta de respeito', diz de gravações não autorizadas de 'Esse cara sou eu'.

Roberto participou de coletiva dentro do navio (Foto: Lívia Torres/ G1)
A bordo do navio Costa Favolosa, que está no Rio de Janeiro, o Rei Roberto Carlos, que começou neste domingo (27) o nono ano da viagem “Emoções em alto mar”, declarou que está solteiro, mas que ninguém vive sem beijo na boca e sorvete. O cantor participou de uma entrevista coletiva com a presença dos jornalistas e dos fãs no mesmo local do show nesta noite.
Questionado sobre a inspiração que o levou a fazer a música “Esse cara sou eu”, tema do casal protagonista da novela “Salve Jorge”, o Rei já tem sua reposta pronta.
"Fiz essa música falando do cara que toda mulher gostaria de ter e que todo homem gostaria de ser. E é o cara que eu tento ser.” Embalado pelo tema da música, Roberto respondeu que tipo de mulher poderia dizer para ele: “Essa mulher sou eu pra você”.
“É muito difícil dizer porque a gente se apaixona às vezes até pela pessoa errada. A mulher tem que ser simplesmente ela. Tem que ser romântica, calorosa e com personalidade”, sugeriu.
Sobre as paródias e regravações feitas por outros artistas, Roberto demonstrou insatisfação. “Para alguém gravar essa música tem que ter autorização nossa. Ainda não é o momento da música ser regravada por qualquer outro artista. Têm muitas paródias que já foram feitas, mas gravar a gente ainda não está autorizando. Mas há quem já tenha regravado e eu acho isso uma tremenda falta de respeito. Não gosto desse tipo de comportamento”, afirmou.
Álbum remix
Entusiasmado com a versão remix montada junto com o DJ Memê para “Fera ferida”, Roberto disse que um álbum todo remixado chegará ainda no primeiro semestre deste ano. O cantor negou que tenho sido convidado para cantar na cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.
“Não recebi nenhum convite e acho que eu ficaria muito nervoso. Mas seria uma honra muito grande participar”, disse.
O Rei, que em 2012 lançou um disco com quatro faixas, disse que isso não é uma tendência. Segundo ele, o ideal é que um disco tenha dez ou doze músicas.
“Eu prometi um disco com músicas inéditas em 2012, mas não consegui fazer todas. Ano que vem eu lanço um com dez músicas. Mas vou repetir duas desse CD. Então eu só preciso fazer mais seis”, brincou.
Planos para 2013
Roberto já traçou planos para o ano de 2013. Além de continuar fazendo o que já faz normalmente, ele pretende gravar um disco em espanhol.
“Faz muito tempo que não gravo músicas em espanhol e quero fazer uma canção de amor. Mais uma. Mas que fale do amor de uma forma sublime, como nunca falei antes. Uma canção que ainda não fiz”, revelou.

Rei falou com a imprensa ao lado do seu empresário, Dody Sirena (Foto: Lívia Torres/ G1)


fonte: O Fuxico Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS SOBRE TRAGÉDIA EM SANTA MARIA: "GOSTARIA DE ENVIAR MEUS SINCEROS SENTIMENTOS"
O cantor está a bordo de transatlântico com o projeto Emoções em Alto Mar

Roberto Carlos aproveitou a oportunidade durante a coletiva de imprensa que concedeu na tarde deste domingo (27) no transatlântico Costa Favolosa, onde acontece mais uma edição do Projetos Emoções em Alto Mar, para lamentar a tragédia ocorrida durante um incêndio em Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul.
"Estamos muito tristes e comovidos com este acidente. Gostaria de mandar minha solidariedade às famílias destes jovens por tudo o que aconteceu. Eu gostaria de enviar os meus sinceros sentimentos", declarou emocionado.
Na madrugada deste domingo, um incêndio de grandes proporções tomou conta de uma boate, onde jovens participavam de uma festa. Por conta do acidente, cerca de 245 pessoas morreram.


fonte: Terra Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS SOBRE CRUZEIRO: "EU JÁ ATÉ CHOREI"
O cantor está a bordo do navio Costa Favolosa com o Projeto Emoções em Alto Mar 2013

O tempo passa e Roberto Carlos continua arrastando uma multidão por onde passa. A bordo do luxuoso transatlântico Costa Favolosa, que partiu neste sábado (26) do porto de Santos, litoral de São Paulo, o Rei comanda mais uma edição do Projeto Emoções em Alto Mar.
O navio atracou na manhã deste domingo (27) no Píer Mauá, Zona Portuária do Rio de Janeiro, onde Roberto recebeu fãs e a imprensa para uma entrevista coletiva, onde falou sobre a emoção de receber uma multidão de pessoas de todos os cantos do Brasil na 9ª edição do evento.
“É uma emoção muito grande estar aqui em mais um ano deste projeto. Quando a gente sai e vê este cruzeiro lá de fora é uma forte emoção, eu já até chorei. Eu estou muito feliz”, afirmou.
O encontro, que aconteceu em um grande teatro dentro do navio, contou com a presença de uma platéia repleta de fãs enlouquecidas, que gritavam e aplaudiam a cada resposta ou declaração de carinho que Roberto Carlos fazia questão de fazer.
“Eu não sei qual é a fórmula do amor, e não tem como a gente definir. A gente se ama muito e existe uma grande troca entre nós”, afirmou sobre a fidelidade do público em todos estes anos de Projeto Emoções em Alto Mar.
Sucesso com a música Esse Cara Sou Eu, tema do casal protagonista de Salve Jorge, Théo e Morena, Roberto Carlos também falou sobre o fato do hit ter estourado em tão pouco tempo e ser assunto por todo o país.
“Eu estou muito contente com a repercussão dessa música e muito feliz com a Glória Perez por ter colocado a canção na novela. Acho maravilhosa esta repercussão entre o público jovem. É uma coisa maravilhosa e fico muito feliz com isso, contou.
Declarando-se solteiro, o Rei afirma que o público sempre brinca com ele por conta da letra e do título da canção.
“O público brinca comigo e eu tento ser ao máximo esse cara", comentou aos risos.
Questionado sobre estar beijando muito na boca, o artista desconversou e disparou sem pensar duas vezes.
“Não dá para viver sem isso e sem sorvete”, brincou, caindo no riso depois.
O cantor completou dizendo o que uma mulher precisa ter para chamar sua atenção.
"Uma mulher precisa ser simplesmente ela. Pra mim, ela tem que ser romântica, muito amorosa e ter muita personalidade”, contou.
O Costa Favolosa é considerado um dos transatlânticos mais luxuosos navegando atualmente em águas brasileiras. O navio possui uma decoração que conta com artigos de luxo e tem em sua estrutura cinco restaurantes, quatro piscinas, SPA, sauna, cassino, pista poliesportiva, um teatro de três andares e outros atrativos de lazer.
Às 23h, Roberto Carlos vai contemplar os passageiros do cruzeiro com o momento mais especial da viagem, um show com seus grandes sucessos.



fonte: Ego Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS REALIZA COLETIVA DE IMPRENSA DURANTE CRUZEIRO
No fim da tarde deste domingo, 27, cantor recebeu jornalistas no projeto ‘Emoções em Alto-Mar’, que está em sua nona edição.

Roberto Carlos recebeu a imprensa neste domingo, 27, para uma coletiva realizada no navio Costa Favolosa, ancorado no Píer Mauá, no Rio de Janeiro. O projeto “Emoções em Alto-Mar” é conhecido do público desde 2005, quando teve sua primeira edição. Sorridente, ele apareceu no palco vestindo camisa azul e calça jeans clara.
Durante o bate-papo, além de negar que esteja namorando e falar sobre o comportamento feminino, Roberto se mostrou sensibilizado pela tragédia que aconteceu na boate em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, nesta madrugada de domingo, 27. "É lamentável, muito triste. Queria mandar minha solidariedade e meus sentimentos sinceros. Imagino a dor que essas famílias estão sentindo”.
A respeito da música "Esse cara sou eu", sucesso na trilha de "Salve Jorge", o Rei comentou que até ele se surpreendeu: "A gente sempre acredita e pensa positivo, mas fez muito mais sucesso que o imaginado. E estar na novela dá uma força muito maior para qualquer música e qualquer artista. Fico muito contente de ter atingido todas as idades. Vejo várias crianças falando: ‘Você é o cara’. Estou muito feliz”, disse ele, esclarecendo que até agora não recebeu nenhum convite para cantar na abertura da Copa do Mundo, em 2014: Seria um honra. Preciso confessar que ficaria muito nervoso em participar de um evento como esse”.
Na coletiva, ele também falou sobre o projeto Emoções em Alto-Mar, que fez com que Roberto reunisse mais uma vez seus fãs a bordo de um navio: "Já até chorei de emoção muitas vezes nesse navio. Isso aqui são quatro dias de sonho. Amor não tem fórmula pra gente definir. Digo sempre que existe um caso de amor muito sério entre nós."
Sobre os planos profissionais para 2013, o cantor adiantou que haverá um lançamento de músicas suas remixadas, previsto para este primeiro semestre. "Estou muito entusiasmado com esse trabalho com DJs. Será um disco que vai mostrar um lado diferente do meu trabalho. Inclusive o Meme está aqui, agitando todas”, disse ele sobre o DJ que remixou a música “Fera Ferida”, exibida no especial de fim de ano dele na Globo. Bem-humorado durante a entrevista, Roberto também saiu em defesa de outro ritmo: “Funk pode ter uma letra romântica também. É um ritmo contagiante, maravilhoso. Por mais simples ou sofisticada que seja, toda festa tem funk e as pessoas se empolgam. Todo mundo quer dançar funk, até eu”.
Roberto ainda deixou claro que não pretende nunca parar de falar de seu assunto preferido em suas músicas: "Quero fazer uma canção que fale do amor da forma mais sublime, da forma mais forte. Já fiz muitas canções de amor, mas sempre quero fazer uma que fale mais


fonte: Quem Online - 27.01.2013
SOLTEIRO, ROBERTO CARLOS PARTICIPA DE COLETIVA DE IMPRENSA E QUALIFICA MULHER IDEAL
Em sua 9ª edição, o projeto Emoções em Alto Mar do cantor romântico chega à capital fluminense:
"A mulher tem que ser simplesmente ela, oferecer o que tem do jeito dela,
e também tem que ser romântica e ter personalidade"

Roberto Carlos participou no final da tarde deste domingo (27) de uma coletiva de imprensa à bordo do navio Favolosa para apresentar a 9ª edição do projeto Emoções em Alto Mar. Em conversa com a imprensa, o cantor comentou sobre o sucesso da música tema da novela "Salve Jorge", "Esse Cara Sou Eu".
"As pessoas têm reagido bem à música, falam dela, brincam que eu sou o cara. E eu tento ser esse cara", riu o cantor, que ainda deixou claro que não está namorando. "Acho maravilhosa a repercussão da música, estou contente com os resultados. Vejo crianças dizendo que sou o cara. E eu digo que eu só estou cantando. Agradeço a Glória [Perez] por ter colocado na novela, é uma força para qualquer artista."
Questionado sobre as qualidades que uma mulher precisa ter para ser considera a número 1, Roberto Carlos respondeu: "Isso é muito difícil de estabelecer, porque quando a gente ama, a gente ama o que tem, o que vê, o que sente. Às vezes a gente até se apaixona pela pessoa errada e se acostuma... Mas a mulher tem que ser simplesmente ela, oferecer o que tem do jeito dela, e também tem que ser romântica e ter personalidade."
Apesar de solteiro, o Rei não deixa de fazer uma das coisas que mais gosta: beijar na boca. "Não dá para viver sem isso!".
Projetos para 2013
Este ano, Roberto Carlos pretende lançar um CD com músicas em espanhol, e também outro com novidades. "Quero lançar um disco com 10 músicas. Quatro já estão prontas e preciso ainda compor as outras seis." Sobre a composição de "Esse Cara Sou Eu", RC explicou: "Penso muito no cara que toda mulher gostaria de ter, e no cara que eu gostaria de ser. Essas coisas que são faladas na música são coisas que as mulheres gostam. As mulheres gostam de homem assim. A Luana Piovani [atriz e apresentadora] disse uma vez que, por mais que a mulher seja independente, ela gosta de proteção e de uma atenção especial. Gosta do cara romântico."
Em sua 9ª edição, o projeto Emoções em Alto Mar do cantor Roberto Carlos recebe mais de 3.780 pessoas, e partiu ontem de Santos, litoral paulista, e seguirá nos próximos dias para Angra dos Reis e Ilha Bela. Além da coletiva de imprensa, Roberto Carlos participará de um jantar e ainda encerrará a noite com uma apresentação.


fonte: Ego Online - 27.01.2013
'NÃO ESTOU NAMORANDO', AVISA ROBERTO CARLOS EM COLETIVA
Cantor falou com imprensa durante cruzeiro, neste domingo, 27: 'Quando a gente ama, ama o que sente. A gente se apaixona até pela mulher errada.'
As fãs podem suspirar: Roberto Carlos afirmou neste domingo, 27, em coletiva de imprensa realizada em um navio que está solteiríssimo: "Não estou namorando". Sobre a música "Esse Cara Sou Eu", que embala o casal protagonista de "Salve Jorge", ele comentou: "Esse cara é o cara que eu tento ser. É o cara que toda mulher gostaria de ter. Aquele cara que todo cara gostaria de ser: forte e protetor. São essas coisas que agradam as mulheres. A mulher, por mais independente que seja, gosta de uma proteção. Isso faz parte do romantismo", disse o cantor, na 9ª edição do “Projeto Emoções em Alto Mar”, no transatlântico Costa Favolosa, no Píer Mauá.
Durante conversa com a imprensa, Roberto Carlos contou como a mulher deve ser para dizer "Essa mulher sou eu", em trocadilho com a música. "Isso é muito difícil de estabelecer. Quando a gente ama, ama o que sente. A gente se apaixona até pela mulher errada muitas vezes. Só posso dizer que a mulher tem que ser simplesmente ela. Tem que ser romântica, amorosa e ter personalidade", deu a dica.
Questionado se está beijando na boca ou se está "ficando", o cantor não perdeu o jogo de cintura: "Não dá para viver sem isso e sem sorvete", disparou aos risos.
Desde mais cedo, fãs de Roberto já aguardavam por sua chegada ao local com frases estampadas em cartazes, na esperança de conseguiur chegarum pouquinho mais perto do ídolo. Sobrou até para Robson Carvalho, de 63 anos, sósia do Rei, que parou para posar com os fãs de Roberto. "Ele já me recebeu duas vezes. Na primeira vez, foi na gravação do DVD do Erasmos Carlos, em 2012. Fiquei emocionado, chorei compulsivamente e não consegui falar nada. Ele disse: 'Bicho, você é realmente muito parecido'", contou Robson.

Roberto Carlos chega para a coletiva em cruzeiro (Foto: Roberto Teixeira / EGO)


O cantor conversa com a imprensa e fala sobre namoro e mulheres (Foto: Roberto Teixeira / EGO)


Roberto durante a nona edição do “Projeto Emoções em Alto Mar” (Foto: Alex Palarea / AgNe


fonte: terra Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS CONVERSA COM IMPRENSA DURANTE CRUZEIRO NO RIO
Cantor acena para fãs e jornalistas no evento sobre o Projeto Emoções em Alto Mar, neste domingo

Foi promovida, na tarde deste domingo (27), uma coletiva de imprensa com Roberto Carlos, no píer Mauá, localizado na região portuária do Rio de Janeiro. O motivo para o inusitado local do evento é a passagem pela cidade do Projeto Emoções em Alto Mar, cruzeiro que saiu de Santos (SP), no sábado (26), e termina sua viagem na próxima quarta-feira (30).
Além dos sucessos de seus mais de 50 anos de carreira, o Rei apresenta no teatro do navio italiano Costa Favolosa, onde está ocorrendo o cruzeiro, as canções inéditas de seu mais recente EP, Esse Cara Sou Eu - que inclui, além da faixa homônima, a canção Furdúncio, escrita em parceria com o músico Erasmo Carlos. Ambas fazem parte da trilha-sonora da novela Salve Jorge, da TV Globo.
As passagens para o Emoções em Alto Mar, que traz apresentações do Rei ao lado de orquestra regida pelo maestro Eduardo Lages, foram esgotadas quase um mês antes do cruzeiro. As entradas para a temporada de 2014 já estão à venda.


fonte: terra Online - 27.01.2013
DURANTE CRUZEIRO, ROBERTO CARLOS COMENTA POLÊMICA COM BBB13
O cantor Roberto Carlos, 71 anos, concedeu entrevista à imprensa em coletiva realizada no píer Mauá, na região portuária do Rio de Janeiro

Durante entrevista da 9ª edição do Projeto Emoções em Alto Mar, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro, na noite deste domingo (27), Roberto Carlos comentou pela primeira vez a polêmica a respeito de seu grande sucesso atual, Esse Cara Sou Eu, ter sido regravada pela banda Aviões do Forró dentro de um VT especial gravado na edição 13 do Big Brother Brasil, da TV Globo. O escritório do Rei pediu à emissora que não utilizasse mais a canção, que no último Paredão foi trilha sonora do vídeo em que o participante Dhomini, eliminado posteriormente, tinha sua trajetória no reality retratada.
"Não tenho nenhuma restrição por ser cantada, o que eu tenho pedido, é que para alguém gravar precisa ter autorização nossa", salientou Roberto Carlos. Após o pedido, a TV Globo retirou o vídeo do ar no site do reality. O Rei da música brasileira explicou ainda que a canção, popularizada por ser tema da novela Salve Jorge, trama das 21h da mesma emissora, ainda é muito recente para ser gravada por outro artista.
"Não é o momento para a música ser regravada. Tocar e cantar minha música, não tem problema. Tenho visto muitas paródias, mas gravar não dá", disse. Roberto, que se apresenta esta noite, por fim, ainda criticou os artistas que não dão crédito para o seu trabalho. "Tem gente que já gravou a música, eu acho uma tremenda falta de respeito. Não gosto desse tipo de comportamento", finalizou.


fonte: Caras Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS COMANDA A 9ª EDIÇÃO DO 'EMOÇÕES EM ALTO MAR'
Roberto Carlos chegou na tarde deste sábado, 26, ao porto de Santos para dar início a 9ª edição do projeto 'Emoções em Alto Mar'

Cheio de estilo e dirigindo um conversível branco, Roberto Carlos (71) chegou ao porto de Santos neste sábado, 26, para dar início a 9ª edição do projeto Emoções em Alto Mar. Com direito a ronco de motor, o rei levou os passageiros ao delírio ao sair de sua máquina e acenar em direção às sacadas do transatlântico Costa Favolosa.
“Essa é a 9ª edição e a cada ano é uma emoção maior, uma emoção diferente. Tudo que faço sempre tenho a impressão de ser a primeira vez, seja o cruzeiro, shows, a sensação é que algo novo se inicia”, declarou ele.
Antes de se enveredar pelo Atlântico, que passará por Ilhabela, Rio de Janeiro e Angra dos Reis, e fazer a festa com os fãs, Roberto Carlos ganhou boas vindas do capitão do navio, Massimo Pennisi (41). “É difícil descrever a sensação quando chego e vejo todas essas pessoas. Fico sem palavras”, disparou.


fonte: A Tribuna Online - 27.01.2013
ROBERTO CARLOS PARA PORTO DE SANTOS ANTES DE EMBARCAR EM NAVIO
Músico chegou cheio de estilo ao Porto de Santos

O Rei Roberto Carlos mostrou, na tarde deste sábado, que é mesmo "o cara". A chuva que teimou em cair durante todo o dia deu uma trégua justamente na hora em que ele "pintou" na ponta do Armazém 25, no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, para embarcar no Costa Favolosa. O navio está realizando a nona edição do cruzeiro Emoções em Alto-Mar.
Dirigindo um Lamborghini branco conversível, ele desceu bem em frente à porta principal da embarcação, sem esquecer antes de dar uma ajeitada no cabelo, olhando no retrovisor.
De camiseta azul-clara e calça também azul e sapatos brancos, ele chegou sorridente sob gritos e aplausos dos passageiros que já esperavam por ele a bordo e se debruçavam no convés em vários andares do navio. Todos acompanhados por funcionários do próprio terminal e dezenas de jornalistas e fotógrafos que o aguardavam, desde as 15 horas, no terminal.


fonte: Blog Daniel Castro - 24.01.2013
ROBERTO CARLOS PROÍBE MÚSICA ESSE CARA SOU EU NO BIG BROTHER BRASIL 13

O cantor Roberto Carlos não gostou nada de ouvir Esse Cara Sou Eu, seu primeiro sucesso instantâneo em quase duas décadas, na edição do último dia 15 de Big Brother Brasil 13. Principalmente na versão dos Aviões do Forró.
A música-tema de Theo (Rodrigo Lombardi) em Salve Jorge apareceu em ritmo de forró em um videoteipe (VT) "estrelado" por Dhomini.
Ontem, o escritório de Roberto Carlos notificou a TV Globo pedindo que o trecho de BBB com a música fosse "imediatamente" retirado do ar na internet ou tornado indisponível "em qualquer outra mídia".
A Globo, prontamente, acatou a reivindicação do Rei.


fonte: Diário de Santa Maria Online - 23.01.2013
ROBERTO CARLOS SE APRESENTA EM SANTA MARIA NO DIA 15 DE ABRIL
O Rei trará para a cidade grandes sucessos da carreira e o hit do momento, Esse Cara sou Eu.
A sua chance de ver e ouvir, ao vivo, o Rei Roberto Carlos já tem data marcada: o cara vai tocar em Santa Maria no dia 15 de abril, no Clube Recreativo Dores.
Sem lançar músicas inéditas desde 2003, Roberto Carlos ressurgiu com o hit feito sob encomenda para a novela Salve Jorge, Esse Cara sou Eu, canção que permaneceu durante semanas entre as mais pedidas das principais rádios populares do país. Os preços dos ingressos para a já muito aguardada apresentação no Coração do Rio Grande ainda não estão confirmados pela produção.


fonte: O Globo - 15.01.2013
ESSE CARA É DA GAFIEIRA
Roberto Carlos canta semana que vem na Gafieira Estudantina, mas só para o elenco de “Salve Jorge”. A cena fará parte de um dos próximos capítulos da novela.


fonte: Zero Hora Online - 15.01.2013
"OUTROS TANTOS HITS ESTÃO POR VIR", ANUNCIA O EMPRESÁRIO DE ROBERTO CARLOS, DODY SIRENA
Amigo pessoal do cantor, ele conta que o Rei está em um momento "extremamente feliz" e deve fazer show em Porto Alegre no dia 19 de abril.
Empresário e amigo pessoal de Roberto Carlos, Dody Sirena conta que é com felicidade que ele e o Rei veem o novo público que está comparecendo aos shows. Quem está acompanhando os novos sucessos nas rádios tem o que comemorar: Roberto tem vários hits por lançar e deve fazer show em Porto Alegre no dia 19 de abril.
Confira a íntegra da entrevista:
Segundo Caderno: O Roberto ficou um longo tempo sem lançar músicas novas, mas quando o fez, foi esse sucesso todo. Por que, então, a demora? Por que tanto tempo sem lançar composições inéditas?
Dody Sirena: Roberto Carlos tem muitas música novas, mas por razões estratégicas outros projetos tem sido lançados. Assim foram os lançamentos de Dueto, Bossa Nova com Caetano Veloso, Elas Cantam Roberto, Emoções Sertanejas e Jerusalém. Mesmo assim ainda faltou atender Roberto Carlos 50 anos - show no Maracanã e o DVD Emoções em Alto Mar, projeto que realizamos há nove anos.

SC: A que você atribuiria o sucesso de Esse Cara Sou Eu? É uma típica canção do Roberto, romântica, ou tem algo mais ali?
Sirena: O sucesso é incontestável e mostra o quanto ele é inspirado. Em 2009, na novela Viver a Vida ele lançou a inédita A mulher que eu amo que foi um enorme sucesso digital. Roberto continua compondo, mostrando seu talento de autor de mais de 500 composições. Tive o privilégio de ouvir as novas composições e asseguro que são muito bonitas. Outros tantos hits estão por vir.

SC: Além de continuar o sucesso de Esse Cara Sou Eu, em 2013 também teremos o aguardado CD de remixes dos hits de Roberto Carlos. É uma forma de conquistar novas gerações de admiradores?
Sirena: O projeto de remixes, que está gerando o CD Reimixed, existe há mais de 10 anos e será lançado a partir de maio. Os DJs de várias gerações e tendências elaboraram este projeto com uma grande alegria e vibração. Temos avaliado nos últimos anos o público do artista, e já contamos com 30% de jovens abaixo de 28 anos em seus shows. É uma felicidade ver que Roberto Carlos atinge quatro gerações.

SC: Como você, que é empresário e amigo, avalia o atual momento dele? Podemos, por exemplo, esperar um novo disco de inéditas para este ano, motivado por esse sucesso de Esse Cara Sou Eu?
Sirena: Roberto Carlos vive um momento extremamente feliz, fazendo aquilo que gosta, com enorme energia e dedicação. Tenho um enorme orgulho de estar há quase 20 anos cuidando de sua trajetória, aprendendo sempre com ele.


fonte: Zero Hora Online - 15.01.2013
DEPOIS DE 10 ANOS SEM NOVIDADES, ROBERTO CARLOS GANHA O TOPO DE PARADAS POPULARES
Músico também deve ter uma dezena de seus clássicos remixados por grandes DJs
O rei é pop. De novo. Depois de mais de 10 anos dedicando-se somente a revisitar a própria obra, Roberto Carlos escanteou pagodeiros e sertanejos do topo das paradas de sucesso e agora prepara-se para invadir as pistas de dança, com uma dezena de seus clássicos remixados por grandes nomes das picapes. É o rei exigindo de volta sua majestade como há muito não fazia.
Mesmo figurando entre os artistas que mais arrecadam direitos autorais no país, Roberto Carlos não lançava nenhuma música inédita desde 2003. Abalado pela morte da mulher, Maria Rita, em 1999, o músico não compôs mais nada e dedicou-se a reler sua carreira. Nos últimos 10 anos, protagonizou uma série de projetos ao vivo, duetos e tributos, além de supervisionar o lançamento de sua discografia em formato digital para a inauguração da filial brasileira do iTunes.
O retorno do rei começou no final de 2012, quando Roberto Carlos emplacou a balada Esse Cara Sou Eu. Feita sob encomenda para a novela Salve Jorge, a faixa permaneceu durante semanas entre as mais pedidas das principais rádios populares do país, já ultrapassou a marca de 1,5 milhão de cópias vendidas e ganhou dezenas de paródias na internet – este, talvez o maior termômetro de sucesso da cultura pop atualmente.
Agora, outra faixa inédita do EP que contém Esse Cara Sou Eu começa a ganhar as rádios: o funk Furdúncio, que também está em Salve Jorge.
– Uma das leis que pode ser comprovada dentro da história da música popular é que a gente sempre pode esperar uma grande canção de um grande compositor. E foi o que aconteceu com o Roberto Carlos. Quando ele quer, não tem pra ninguém – opina o jornalista e crítico musical Zuza Homem de Mello.
Comunicador da Rádio Farroupilha, João Carlos Albani aponta que RC não fazia tanto sucesso no rádio com uma canção inédita desde Amor Sem Limites, de 2000. E que Esse Cara Sou Eu foi tão bem aceita que tirou do pódio artistas antes intocáveis, como Luan Santana e Jeito Moleque.
– Por ser pedido por ouvintes de todas as idades, Roberto Carlos acaba incomodando quem já estava estabelecido. E espero que ele não pare por aí – reitera Albani.
Um disco de músicas inéditas, no entanto, ainda parece uma ideia distante. Mas o projeto de remixagens de seus sucessos está perto de virar realidade. Programado para este semestre, Reimixed trará canções de Roberto Carlos remexidas por DJs renomados como Marky, Memê e Marlboro. Entre as faixas, estarão clássicos como Além do Horizonte, Todos Estão Surdos e Café da Manhã.
– Acredito que este projeto consolida a relação dele com o público jovem. Quando toquei o remix de O Portão na boate do (cruzeiro) Emoções em Alto Mar, no ano passado, me surpreendi com a quantidade de jovens na pista – relata o DJ e produtor Felipe Venancio, responsável pelo Reimixed.
Apesar de ainda não ter divulgado oficialmente as datas de sua próxima turnê, Roberto Carlos já adiantou que passará pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina. E não será apenas nas Capitais: o rei e sua comitiva viajarão, em seu avião particular, por uma dezena de cidades do interior.


fonte: Purepeople Online - 11.01.2013
ROBERTO CARLOS DESMENTE BOATOS DE QUE ESTARIA MAGOADO COM FAUSTÃO
Roberto Carlos desmentiu a nota publicada no início desta semana pela colunista Fabíola Reipert afirmando que o cantor estaria magoado com o apresentador Fausto Silva da TV Globo.
A jornalista disse que o rei ficou feliz de ter recebido o Troféu Mário Lago, no último "Domingão do Faustão" de 2012, exibido em 30 de dezembro. Entretanto, Roberto não gostou de ver o comunicador usando verbos no passado para se referir a ele.
A colunista ressaltou que o rei é supersticioso e leva a sério esse tipo de detalhe.
Nesta sexta-feira (11), o artista se manifestou e comentou que isso é um equívoco. Ao contrário do que diz a nota, ele não ficou chateado com o apresentador da TV Globo e achou uma satisfação ver seu trabalho reconhecido pela emissora.
"Isso é absurdo! Não sei de onde tiraram essa história. Fiquei emocionado e muito honrado por ter recebido o prêmio e em nenhum momento me chateei. Fiquei muito contente com tudo o que aconteceu no programa do Faustão, por todas homenagens que recebi e em momento algum parei para pensar no tempo do verbo em que o Faustão se referiu a mim", diz Roberto Carlos em nota enviada por sua assessoria.
Na ocasião, Roberto estava bastante sorridente. Ele recebeu o troféu das mãos de Regina Duarte e logo depois da homenagem foi aplaudido por um time de mulheres famosas da TV Globo


fonte: O Globo (coluna Gente Boa) - 10.01.2013
VIVA O REI!
Roberto Carlos está cada vez melhor do tratamento contra o TOC e outras manias. Mês passado, no casamento de um dos donos da Ambev, em Sorocaba, ele cantou uma música que havia excluído do seu repertório. Trata-se da belíssima “Minha namorada”, de Carlos Lyra e Vinícius de Moraes. RC implicava com aquele trecho da letra o “ser só minha até morrer”. A torcida agora é para que ele radicalize o processo e, para ter alta imediata na terapia, grave a música.


fonte: Cenário MT Online - 08.01.2013
ROBERTO CARLOS NÃO ESTÁ NADA CONTENTE COM FAUSTÃO

É claro que ele ficou satisfeito de ser agraciado com o Troféu Mário Lago pelo conjunto de sua carreira, no último Domingão de 2012.
Mas o problema que incomodou o Rei foi como Faustão se referiu a ele no ar, utilizando muitas vezes os verbos no passado.
Teve uma hora em que Fausto disse que "poucas pessoas tiveram uma imagem tão digna" quanto a de Roberto. Em vez de falar "poucas pessoas têm uma imagem...".
Roberto entendeu que o jeito que Faustão falava dava a entender que ele já estava mais para lá do que para cá.


fonte: Extra - 08.01.2013
REI CONVIDA TELÓ
A parceria que nasceu no “Especial Roberto Carlos – Reflexões”, no Natal, vai se repetir em alto-mar. Michel Teló estará no cruzeiro do cantor que parte dia 26. DJ Memê é outro que também estará no navio, mas não no show. Ele vai tocar na boate dos convidados.


fonte: O Globo Online - 06.01.2013
ROBERTO CARLOS: ESSE CARRO SOU EU
Roberto Carlos percorre a Urca, onde mora, em seu Lamborghini conversível
RIO - Quinze para as cinco da tarde de uma terça-feira, o Lamborghini branco vem deslizando rapidamente pela curva fechada que leva à Rua Marechal Cantuária, na Urca. O cara que pilota o arrojado carango veste azul claro, traz uma expressão confiante no rosto e tem os cabelos esvoaçados pelo vento. O ronco barulhento do exclusivíssimo conversível italiano ecoa pelo bairro. Ao longo da rua, alguns comerciantes e transeuntes fazem saudações. O motorista acena de volta, com gestos rápidos. Aquela é a hora do Rei, quando Roberto Carlos passa de repente com seu novo carrão
Não são nem dois quilômetros, nem cinco minutos diários. Em seu trajeto, Roberto sai de sua cobertura na Avenida Portugal, sempre entre 16h30m e 17h, e dirige até uma portentosa mansão no alto da ladeira da Rua São Sebastião, onde fica seu estúdio. Regressa para casa por volta das 21h. Embora rápida, sua passagem é um ritual cotidiano, uma atração no pacato bairro, onde muitos sabem de cor os carros dele e quase todos têm histórias — verídicas ou míticas — para contar sobre o Rei.
Natural de Campina Grande, Eraldo Silva está à frente do bar e restaurante Urca Grill há oito anos. Atrás do balcão, contemplou, por muitas vezes, Roberto passando a bordo da famosa Mercedes Benz SLC, de 1978. Viu, também, o calhambeque azul, assim como o Cadillac vermelho. De uns três anos para cá, acompanhou seu retorno aos luxuosos esportivos, com os dois Audis R8 conversíveis e o novíssimo Lamborghini Gallardo LP 570-4 Spyder Permormante, adquirido há poucos meses e avaliado em R$ 1,5 milhão (mesma faixa de preço de uma Ferrari). Especula-se no mercado automobilístico que o carro, o mesmo em que o Rei apareceu na abertura de seu especial de fim de ano da TV Globo, seja o único deste modelo no país, importado sob encomenda pelo cantor.
— O pessoal daqui está acostumado. Mas já vi fã tentando parar o carro dele, mulher querendo subir no capô. O segurança vem atrás, em outro carro. Quando ninguém acena, o Rei volta — conta Eraldo. — Quero trazer minha mãe da Paraíba e botar ela sentada aqui de frente, para ver ele passar.
São poucas as pessoas acostumadas a ver um Roberto Carlos no dia a dia. O eletricista Orlando Prado costuma ver dois: além de cruzar com o verdadeiro pelas ruas da Urca, onde trabalha, ele ainda é vizinho, na Lapa, de Carlos Evanney, o mais famoso sósia do Rei.
— Eu saio de casa e vejo a cópia do homem, chego no trabalho, e o original passa de carro. Esse mundo às vezes é engraçado, não é? — indaga o eletricista, que está preparando “um trabalho de crooner com canções de Roberto”.
O primeiro encontro de Orlando com o Rei aconteceu nos anos 60, quando o primeiro trabalhava na antiga “Revista do Rádio”. Depois, o eletricista esbarraria com o cantor por diversas vezes na TV Tupi — que ficava no prédio do antigo Cassino da Urca — e em boates onde trabalhou como iluminador. Enquanto faz reparos na iluminação de uma banca de jornal, ele conta que, recentemente, atravessava distraído a São Sebastião quando o súbito roncar de um Audi R8 vermelho o fez saltar de susto.
— Pô, Roberto. Assim você me mata — ele garante ter dito.
— Olha pra frente, meu camarada! — ele jura ter respondido um bem-humorado Roberto, dando sua tradicional gargalhada, acenando seu característico byyye e pisando forte no acelerador.
Morador da São Sebastião, o engenheiro Pedro Roitman teve alguns encontros com o cantor na estreitíssima rua. Dentro de seu Focus, ele já se viu frente a frente com alguns dos possantes do Rei. Apenas um dos dois podia passar.
— É um pouco inusitado estar nessa situação com o Roberto Carlos. Ele é paciente, mas prefiro manobrar para deixá-lo passar. Da última vez, me enrolei um pouco com outro carro que vinha atrás, ele encostou do lado e disse: “Agora resolve aí, bicho, hehehehe” — imita Pedro.
Ao longo das últimas décadas, o mais adorado e comercialmente bem-sucedido cantor do país foi se tornando um Rei cada vez mais discreto e distante de seus súditos. Pouco a pouco, Roberto Carlos recolheu-se dentro de seus palácios, rodeado por uma corte de funcionários sempre a postos. Desde então, sua única aparição pública, em grande parte dos dias, resume-se ao pequeno trajeto na Urca e às missas dominicais da Paróquia Nossa Senhora do Brasil, a poucos metros de sua casa.
O cantor mudou-se para o bairro em 1980, após se separar da primeira mulher, Nice. Comprou a cobertura do luxuoso prédio Golden Bay para si, e o apartamento de baixo para a mãe, Lady Laura, que morreu em 2010. Ali, viveu com Myrian Rios e depois com Maria Rita, falecida em 1999. A relação de Roberto com o bairro, que acaba de completar 90 anos, é um capítulo à parte. Para alguns estabelecimentos, ele envia CDs; para outros, ingressos de shows. Sabe-se que seu staff de empregados usa os serviços de oficinas, restaurantes, salões de beleza e mercados da região.
Em um dos salões, quando perguntada sobre Roberto, uma manicure morena desconfia:
— Ele sempre fala conosco, mas não posso contar mais nada. Foram eles quem te mandaram aqui, não é? — pergunta, em tom conspiratório.
Em 2009, uma repórter de Cultura de um jornal de São Paulo esperava, relativamente discreta, a passagem de Roberto em frente ao Golden Bay quando recebeu um telefonema de Ivone Kassu, assessora do cantor falecida no ano passado, informando que estava ciente de sua presença. Como ela sabia?
— Meu amor, a Urca cuida de Roberto Carlos — explicou Ivone.
Para o historiador e jornalista Paulo Cesar de Araújo, autor de “Roberto Carlos em detalhes”, biografia non grata pelo Rei e retirada das lojas após um acordo judicial entre ele e a editora Planeta, a Urca, com seu ar de cidade do interior, permite ao cantor uma certa liberdade que outros bairros da cidade não ofereceriam:
— É como se ele mantivesse os pés nas suas raízes, conservando de alguma forma o cenário da antiga Cachoeiro de Itapemirim. Além disso, por ser um bairro pequeno e fechado, é mais fácil de controlar. É como se a Urca fosse um universo particular onde ele pode circular relativamente livre. Se fosse Ipanema, Barra ou Copacabana isso seria impossível.
Para alguns comerciantes da Rua Marechal Cantuária, Roberto é um borrão vermelho, azul ou branco, dependendo do carro que usar, passando em frente à porta. Pela pequena entrada da locadora Vídeo Tudo, a mineira Alenir Duarte nem sempre dá a sorte de olhar a rua no exato momento em que Roberto está passando.
— Algumas vezes, aconteceu de o trânsito engarrafar, e ele parar justamente aqui na frente. Em Belo Horizonte, não perdia um baile, na época da jovem guarda. Quando eu poderia imaginar que o Roberto Carlos passaria na minha porta?
Até poucas semanas atrás, a Vídeo Tudo ainda exibia o charmoso letreiro “Abasteça aqui seu Vídeo K7”, que teve que ser retirado para se adequar às novas normas da prefeitura. A locadora existe há 26 anos e é um retrato de um dos lados do bairro, com um ar simples e antigo, como um lugar que parou no tempo. Myrian Rios e Maria Rita eram sócias e alugavam filmes lá. Luiz Abi Saber, marido de Alenir, conta que, certa feita, Roberto teria encomendado e comprado alguns filmes do humorista Mazzaropi, de quem é fã, ainda em VHS. Ele se lembra de quando foi chamado para instalar uma aparelhagem nova de vídeo pré-home theater na casa do Rei:
— Era tudo branco, paredes e móveis. Sóbrio, de uma simplicidade impressionante.
Roberto tem outra admiradora mineira na rua. Seu nome é Suely Cardoso, cabeleireira do salão Só Beleza e moradora do bairro há 40 anos, desde que chegou da pequena cidade de Serra dos Aimorés, com apenas 8,5 mil habitantes. O salão fica de frente para a entrada dos fundos da paróquia, usada muitas vezes pelo Rei para fugir do assédio de fãs e repórteres que o esperam na outra porta da igreja. Foi ali que Suely arriscou e conseguiu a única foto tirada ao lado de seu ídolo. Sua música preferida é “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos”.
— Ouvia essa música quando estava começando a namorar o meu marido. A gente cantava ela, foi muito marcante — lembra Suely.
Recentemente, ela estava cortando o cabelo na casa de uma cliente que mora na Rua São Sebastião, ao lado do estúdio do cantor. Pela janela indiscreta, Suely testemunhou Roberto fazendo algo que pouca gente viu até hoje:
— Ele estava com um cortador de grama, ensinando para um rapaz como deveria cortar. Achei engraçado ver o Rei assim, parecia uma pessoa comum, cuidando do jardim — descreve.
Em outro balcão ali perto, Vilma Lira ainda recorda o dia em que Roberto Carlos sentou na primeira classe de um voo da Varig. Por 20 anos, ela foi comissária na empresa gaúcha. Hoje, tem uma distribuidora de gelo e água na Urca. Vilma lembra a simpatia de Roberto, com quem conversou brevemente e aproveitou para fazer uma sugestão:
— Pedi para que ele fizesse uma música sobre aeromoças. Ele tem canções sobre várias profissões e vários tipos de mulheres — conta Vilma, que é fã de “Como é grande o meu amor por você”. — Talvez ele não tenha encontrado uma musa ainda...
O garçom Audálio Aragão também não esquece o encontro que teve com Roberto. Foi em 1986, quando Audálio, hoje no Belmonte, era garçom no restaurante do chef Claude Troisgros, no Jardim Botânico. Ele recita o menu degustação que serviu naquele dia para o Rei, saboreando cada iguaria: musse de agrião, folhado de dourado, sorvete de caju. Lembra também de um Roberto simpático, mas de pouca conversa, e se arrepende de não ter quebrado o protocolo para pedir um autógrafo. Lamenta que a ex-mulher tenha ficado com os LPs do Rei e cita a música “Do fundo do meu coração”: “Se você me perguntar se ainda é seu/Todo meu amor, eu sei que eu/ Certamente vou dizer que sim/Mas já depois de tanta solidão/ Do fundo do meu coração/ Não volte nunca mais pra mim.”
— É que me lembra uma garota — explica, e logo desconversa.
Apesar de ter sido Reginaldo Rossi quem homenageou a classe, nove entre dez garçons parecem ser fãs de Roberto. No Belmonte, ponto de observação privilegiado da rota do cantor, não é diferente. Vindo de Guaraciaba do Norte, Ceará, o maître do bar tem nome de parceiro do Rei — Erasmo — e não apaga da memória a canção “Guerra dos meninos”, que o pai colocava para ele ouvir na infância. Conterrâneo de Erasmo Franklin, o garçom Gilmar Chaves foi o único ali que conseguiu fazer um vídeo de Roberto no Lamborghini.
— Escuta só como faz barulho... A gente já sabe que ele vem vindo quando ainda está lá longe — diz, mostrando a imagem no celular.
Há oito anos no bairro, o farmacêutico Juan Müller garante que, em dezembro, o cantor costumava parar seu Mercedes na porta de um extinto pé-sujo e anunciar “que aquela noite era por conta dele”. Ao que todos os pinguços o saudavam euforicamente. Juan acha que o Rei é um vizinho de bom senso:
— Ele tem a exata noção do impacto que poderia causar na vizinhança e prefere ser discreto.
A paixão de Roberto por carros vem da infância — mesmo assim, ele não quis falar sobre o assunto para esta reportagem. Paulo Cesar conta que, ainda criança, em Cachoeiro, o cantor costumava correr atrás dos automóveis e, curioso, metia-se debaixo dos que estavam estacionados. Batia ponto na oficina da cidade e queria ser mecânico de caminhão, uma paixão pouco acessível, na época.
O biógrafo do Rei contextualiza a história:
— No Natal de 1947, ele tinha seis anos e pediu um Jeep de pedal que viu numa loja, mas o pai só teve como dar uma miniatura de madeira. O Roberto já declarou que esse gosto por colecionar carros é uma forma de compensar tudo o que ele não pôde ter na infância.
Roberto só conseguiu comprar o tão sonhado carango após emplacar o primeiro sucesso, “Splish splash”, em 1963. Era um fusquinha 1960 bege, usado. Ainda que modesto, foi um passo importante para o rapaz que ainda trabalhava como datilógrafo numa repartição no Centro do Rio.
Em seguida, ele emplacou seu primeiro hit automobilístico, “Parei na contramão”, parceria com Erasmo Carlos. Juntos, vieram o sucesso nacional e a primeira “máquina quente”: um Chevrolet Bel Air, com o qual sofreu um grave acidente ao volante, resultando na morte do empresário Roberto de Oliveira, que o acompanhava.
O estrelato trouxe os Mercedes, o Jaguar e até uma limusine, formando uma frota particular cheia de grifes. Roberto cantou a velocidade em sucessos como “O calhambeque”, “As curvas da estrada de Santos” e “120... 150... 200km por hora”, e pilotou carrões em filmes como “Roberto Carlos em ritmo de aventura” e “Roberto Carlos a 300km por hora”, no qual interpretava um mecânico de Fórmula 1 que sonhava ser uma estrela das pistas. Uma curiosidade revelada no livro de Paulo Cesar: ainda nos anos 60, uma menina de 11 anos enviou uma carta ao então prefeito de São Paulo, Faria Lima, pedindo a prisão de Roberto, pois acreditava que só assim ele não terminaria como James Dean, morto, ainda jovem, num acidente.
— O universo do rock, desde o início, falava de carros, garotas e velocidade. Está em Chuck Berry, em Elvis, nos Beatles. Além disso, não podemos nos esquecer que Roberto era adolescente na década de 50, época da consolidação do automóvel como sonho de consumo urbano no Brasil — explica Paulo Cesar.
Estamos numa quinta-feira, e Roberto passa novamente a bordo de seu Lamborghini, agora fazendo a curva que leva da Marechal Cantuária à subida da São Sebastião. Vem no mesmo horário, só que mais rápido, como se estivesse com pressa. A rua está livre.
Alguém grita:
— Meu Rei!
O cantor, que no passado parou na contramão e homenageou as curvas da estrada de Santos, acena rapidamente e... zuuum. Quem viu, viu; quem não viu, quem sabe amanhã?


fonte: Extra Online - 03.01.2013
ROBERTO CARLOS COMPRA COBERTURA DE R$ 15 MILHÕES E COM SETE VAGAS DE GARAGEM, NA BARRA, EM SALVADOR

Roberto Carlos andou de Lamborghini em seu especial
Roberto Carlos começa 2013 ampliando seus investimentos. O cantor desembolsou R$ 15 milhões para a compra de uma cobertura de pouco mais de 600 metros quadrados de frente para o mar, na Barra, em Salvador.
A previsão é que a construtora entregue o imóvel em 2014. O espaço tem cinco suítes, todas com varandas, uma outra suíte master, espaço gourmet, piscina com borda infinita, deck molhado, solarium (área de lazer) e sete vagas, além de um depósito na garagem.

Uma das imagens da cobertura que o Rei comprou por R$ 15 milhões
Será que o affair do Rei mora em Salvador e ele quer ficar perto da amada? No fim do ano passado, Roseana Beltrão, superintendente do Porto de Maceió, foi apontada como a eleita do cantor. A assessoria dele negou o envolvimento e a própria morena se apressou em desmentir: "Roberto Carlos é um homem íntegro, bonito, inteligente e que sabe valorizar as mulheres. Mas não sou a escolhida".
Entre os dias 26 e 30, Roberto estará em turnê com o projeto "Emoções em alto-mar".


fonte: R7 Online Online - 03.01.2013
ROBERTO CARLOS COMPRA COBERTURA DE R$ 15 MILHÕES, DIZ JORNAL
Imóvel tem pouco mais de 600 metros quadrados e fica em Salvador

Roberto Carlos comprou uma cobertura de pouco mais de 600 metros quadrados de frente para o mar, na Barra, em Salvador. A informação é do jornal Extra.
De acordo com a publicação, o imóvel custou R$ 15 milhões e a previsão é que a construtora o entregue em 2014. O espaço tem cinco suítes, todas com varandas, uma outra suíte master, espaço gourmet, piscina com borda infinita, deck molhado, solarium (área de lazer) e sete vagas, além de um depósito na garagem.


PÁGINA INICIAL VOLTAR MENU RARIDADES